You are on page 1of 3

11 Selecionando Líderes Multiplicadores Potenciais.

Extraído do livro. MULTIPLICANDO DISCÍPULOS – WAYLON B.MOORE – JUERP 1981.
Não é quantos homens, mas que tipo de homens.
— Dawson Trotman.
O DR. HUDSON TAYLOR, fundador da China Inland Mission, no fim do século XIX,
tinha, no interior da China, cerca de mil missionários, o que é um número surpreendente. Em
apenas um ano, o pugilo de trabalhadores de Taylor perdeu trinta e oito missionários e filhos de
missionários, por meio da morte, mas outros estavam prontos a substituí-los.
Muitas vezes p Dr. Taylor foi interrogado acerca de como era capaz de recrutar tantos
obreiros. Ele replicava que havia duas razões para esse fluxo extensivo de trabalhadores para a
China:
Oração — "Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara" (Mat. 9:38).
Cada ano, pela fé, Taylor e seus colegas pediam um número específico de pessoal novo, em suas
orações. Deus honrava a sua intercessão específica.
Vidas saturadas com a palavra de Deus — O Dr. Taylor dizia que, para conseguir trabalhadores,
precisa haver um aprofundamento da palavra de Deus diariamente, nas vidas de leigos de ambos os
sexos, de forma que eles não possam dizer "não" ao chamado de Deus.
Estes dois conceitos revolucionaram mais de um ministério.
COMO ENCONTRAR DISCÍPULOS POTENCIAIS
EM SUA IGREJA
Procurar um discípulo com quem você possa compartilhar a sua vida é uma aventura emocionante.
Aqui estão algumas diretrizes acerca de como consegui-lo.
Comece em oração. O foco da estratégia de oração de Jesus, em Mateus 9, era pedir "trabalhadores,
ceifeiros, obreiros e discípulos". Peça a Deus trabalhadores para a seara. Esta é a ordem de Cristo.
Jesus passou uma noite inteira em oração antes de escolher os doze (veja Luc. 6:12).
Procure uma pessoa faminta. Dawson Trotman, fundador dos Navegantes (The Navigators),
disse que precisamos "encontrar um homem que deseje o melhor que Deus tem para a sua vida, e
que esteja disposto a pagar qualquer preço para consegui-lo". 1"Bem-aventurados os que têm
fome e sede de justiça, porque eles serão fartos" (Mat. 5:6).
Uma pessoa dessas era um homem culto chamado Charles, que desejava obter respostas para as
suas interrogações acerca da Bíblia. O seu primeiro dia, em nosso programa da Escola Bíblica
Dominical, foi o começo de uma nova vida para Charles. O seu professor era um ex-missionário,
que não apenas respondeu às difíceis perguntas de Charles com textos bíblicos, mas visitou
pessoalmente Charles, para proceder ao seguimento. Eles se reuniram durante seis semanas, usando,
cada semana, estudos sobre o Evangelho de João, que nós ceávamos para todos os novos membros.
Depois disso, comecei a visitar Charles em sua casa. Encontrei um homem faminto. Ele havia
descoberto a palavra ic maneira nova. Começou a estudar a Bíblia, primeiro durante uma hora.
depois duas, por noite — descobrindo pessoalmente novos tesouros nas Escrituras. Levei-o para
visitar não-crentes e Charles começou a ganhar outras pessoas para Cristo.
Enquanto ele continuava a crescer espiritualmente, pedimos-lhe para dar aulas a uma classe de
jovens casados do sexo masculino. Depois ele se tornou diácono. Daquela mente questionadora,
científica, originou-se um homem piedoso e terno.
Agora alunos que saíram da sua classe estão espalhados por todo o mundo, e pelo menos oito deles
estão no ministério de tempo integral. Estão reproduzindo a vida de Charles repetidas vezes, através da
multiplicação espiritual.
Procure mais do que uma aparência exterior agradável. É difícil olhar para uma pessoa
apenas com os olhos da fé. Temos a tendência de olhar para a pessoa que tem aparência de líder.
Contudo, Deus não nos escolhe baseado no que somos, mas no que podemos nos tornar, pela sua

. diáconos e administradores. trabalhando apenas um tempo parcial? Estabeleça o ritmo. terminou a universidade e cursou um seminário. nem muitos os nobres que são chamados. mas eles estavam trazendo cerca de cem crianças e adolescentes. Uma classe de Escola Bíblica Dominical é um lugar natural para encontrar discípulos (lembre-se do alcance do ministério de Eduardo Kimball. Ao considerar os membros médios da igreja no primeiro século. Aproveite-se de todas as reuniões de grupos. e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes. como poderá ajudar outras pessoas. Observe os que desejam ser instruídos apenas pelo pastor ou por determinada pessoa. Procure discípulos nas sessões de aconselhamento. em resposta às suas orações pedindo um discípulo para treinar. Paulo disse: "Ora. Usando a sua casa como base. Abandonou o emprego que lhe pagava um alto salário. O lar dá mais exposição à sua vida do que qualquer outra situação de discipulado. a sua fé em Cristo e a sua crença extasiante em respostas instantâneas à oração continuam a ministrar a mim e a me desafiar. O orgulho pode estar impedindo-os. Um pai pode reunir-se com o seu filho adolescente. Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios. Tínhamos quatro obreiros. discipulando pessoalmente adultos jovens. dos que têm menos qualificações que os recomendem. Não deixe de lado o óbvio: professores. Algumas pessoas irão a você vindas "do nada". e as desprezadas. Deus usou um problema para transformar um coração duro em um devotado fazedor de discípulos. todos os domingos! Outras pessoas. 16:7). Só os fiéis são qualificados para exercer um discipulado pessoal extenso. irmãos. devido a problemas no nascimento. ministério esse que produziu um fluxo constante de vidas transformadas. Retiros e conferências propiciam impulso extra.graça. Não ignore os membros de sua família. buscará a verdade em qualquer fonte que você sugerir em sua igreja. a vossa vocação. e fez uma decisão pública por Cristo. Hugo. com a filha. e Deus começou a virar a maré em sua vida. porém o Senhor olha para o coração" (I Sam. Esteja aberto para fontes inesperadas. no nosso ministério de ônibus (para buscar as pessoas para os cultos). Por exemplo. Deus pode obter mais glória. para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus" (I Cor. que estavam sempre atrasados. Utilize um grupo escolhido que já esteja servindo na igreja. Mas lembre-se: se uma pessoa está verdadeiramente faminta. através da multiplicação espiritual de Hugo. para a Escola Bíblica Dominical. Ele tinha pouco a ver com Cristo. e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo. e as que não são. iniciado na Escola Bíblica Dominical). um de nossos filhos é retardado. Não obstante. Um dos membros de nossa igreja. barcos caros e pressões nos negócios haviam cobrado um preço alto na sua vida. As pessoas menos prováveis freqüentemente se tornam as maio res fazedoras de discípulos. Hugo e sua esposa começaram um ótimo ministério. Fique alerta quanto aos que são fiéis e capazes de ensinar. Um orador cheio do Espírito e líderes fortes de grupos de estudo ajudarão os membros da igreja a avançar bastante no caminho do discipulado. Um de nossos leigos começou a aconselhar Hugo. estava tendo profundos problemas de pecado. para reduzir a nada as que são. Não despreze nenhuma fonte de mão-de-obra. Pode-se perguntar: Se você não pode desenvolver um discipulado em seus filhos. começando em casa. Tínhamos um grupo que orava diariamente por ele. parece. ele começou a crescer. Nível de vida alto. nem muitos os poderosos. Aos poucos. e uma série de mensagens acerca de dedicação. Bem pode ser que essas sejam as que Deus mandou atravessar o seu caminho. vede. 1:26-29). Muitos com menos cultura gastavam mais tempo ministrando na igreja do que os que tinham qualificações acadêmicas impressionantes. Não podemos negligenciar as pessoas mais importantes de nossa vida. tinham o coração mais aberto para contribuir. "0 homem olha para o que está diante dos olhos. que eram as mais pobres da igreja. em grupos pequenos. O seu casamento estava em fran galhos. Muitos moços estão no seminário agora. trabalhando com eles o tempo todo. através de interação intensiva. Pelo contrário. algumas vezes. Deus utiliza tanto os fracos quanto os fortes. que não são muitos os sábios segundo a carne. a mãe.

6:6). assentem-se e avaliem juntos o que fizeram. e até os confins da terra" (At. reduza a sua lista de pessoas a cinco. Competência — A respeito de Jesus. Depois de um programa de visitação. as qualidades do multiplicador se tornam um modelo motivador para o discípulo.Vida devocional diária. 7:37). recebe um troco errado em uma loja.Expressão pessoal de fé no lar. Ela precisa aprender como alcançar pessoas além do seu ninho. A transmissão da verdade pelo exemplo é uma responsabilidade solene.O r e p a r a q u e o S e n h o r d a s e a r a l h e m o s t r e a s p e s s o a s q u e desejam conhecer melhor o seu Senhor. aqui estão alguns alvos específicos a estabelecer diante do seu discípulo. ou qualquer outra atividade no ministério com o seu discípulo. Tendo alvos. Estabeleça alvos e padrões elevados para você mesmo e para o seu discípulo. o discípulo em crescimento aprende a edificar qualidade no seu ministério. PERGUNTAS PARA ESTUDO E DISCUSSÃO 1. Desenvolvimento do caráter — A qualidade de vida é mais importante do que a quantidade de atividade no ministério. testemunho. Aqui estão algumas características espirituais estáveis que atrairão pessoas famintas aos seus discípulos: . 1:8). mas depois projete e cultive uma visão para alcançar o mundo todo. como em toda a Judéia e Samária. competência e estabilidade no seu discípulo.Memorização das Escrituras . _____________ . Elas precisam ser famintas e fiéis e aptas para ensinar. 16:10). Comece em casa. as suas cópias também serão claras. o que resulta em uma atitude positiva . também é injusto no muito" (Luc. Que duas maneiras são sugeridas por Hudson Taylor para conseguir "mais trabalhadores para a seara" através de sua igreja? 2. Paulo escreveu: "Não servindo somente à vista. da nação e do mundo. Se o original é distinto. tanto em Jerusalém. "Ser-me-eis testemunhas. Comece. falou-se: "Tudo tem feito bem" (Mar.Ser cheio do Espírito. A filosofia moderna é fazer o mínimo que pudermos. a desenvolver o caráter. do estado. como para agradar aos homens. planejamento e padrões. Ore com ela sobre mapas da cidade. Um ponto de vista compreensivo — Ensine à pessoa que você está discipulando a ter uma visão do mundo todo. A síndrome do "vai-levando" está tomando conta da igreja. c) Agora peça ao Senhor para mostrar-lhe especificamente uma ou duas pessoas deste grupo que ele gostaria que você discipulasse. e graciosamente envide os seus melhores esforços para o Se nhor.ALVOS-CHAVE PARA OS MULTIPLICADORES Para quando você começar a ensinar e treinar outros. quem é injusto no pouco. fazendo de coração a vontade de Deus" (Ef. por exemplo. O que pode fazer você agora para implementar essas duas idéias no ministério de sua igreja? Personalize a lição: a) Relacione o nome de pessoas de sua igreja que são discípulas em potencial: Outros ________________________________ b) Depois de orar. a visão mundial. que inclui estudo bíblico e oração intercessória . logo que possível. O seu discípulo é puro e honesto? Quais são os padrões de sua vi da diária? Se. Relacione os seus nomes aqui. mas como servos de Cristo. Como foi explicado no capítulo a respeito de se determinar o ritmo. também t iel no muito. ele imediatamente o devolve? "Quem é fiel no pouco. Estabilidade — O fazedor de discípulos tem apenas a força do amor e a sua estabilidade na vida para atrair e alcançar os outros. no trabalho e em ambien tes sociais .