You are on page 1of 6
Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de

Faculdade Independente do Nordeste

Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

CURSO DE FARMÁCIA

Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 – DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35

Componente Curricular: Assistência e Atenção Farmacêutica

Código: FAR - 111

CH Total: 60h

Pré-requisito: -

Período Letivo: 2013.1

Turma: 5° Semestre

Professor: Alana Soares Carvalho

Titulação: Pós-graduada

PLANO DE CURSO

EMENTA

Histórico e conceito brasileiro de Assistência Farmacêutica. Ciclo da Assistência Farmacêutica: seleção, programação, aquisição, armazenamento e distribuição. Uso racional de medicamentos. Conceitos, filosofia e evolução da Atenção Farmacêutica, no Brasil e no mundo. Atenção Farmacêutica no contexto da Assistência Farmacêutica. Problemas relacionados com medicamentos (PRM): detecção, avaliação e prevenção. Ferramentas no exercício da Atenção Farmacêutica: Entrevista ao paciente, enfocando as características da comunicação, e buscas bibliográficas. Metodologia da Atenção Farmacêutica (avaliação inicial, plano de cuidado e avaliação de resultados). O processo de seguimento farmacoterapêutico. Transtornos menores e Atenção Farmacêutica. Apresentação e discussão de casos clínicos.

OBJETIVO GERAL

Apresentar a Assistência Farmacêutica como uma das atividades prioritárias da assistência à saúde devido a sua transversalidade com as demais ações e programas de saúde, e proporcio- nar ao aluno a metodologia, as habilidades e os instrumentos para a implantação e o desenvol- vimento da Atenção Farmacêutica, uma prática que se insere na Assistência Farmacêutica, nos diversos níveis de atenção à saúde.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Desenvolver

uma

visão

crítica-reflexiva

sobre

o

trabalho

farmacêutico, na Assistência Farmacêutica;

desenvolvido

pelo

Orientar sobre a utilização de princípios epidemiológicos como ferramentas indispensáveis na prática da Assistência Farmacêutica;

Apresentar os componentes do ciclo da Assistência Farmacêutica com aspectos de natureza técnica, científica e operativa;

Descrever os requisitos básicos para avaliação e acompanhamento da qualidade da Assistência Farmacêutica;

Apresentar o conjunto de estudos abrangidos pela farmacoepidemiologia: estudos de utilização de medicamentos, a farmacovigilância e a farmacoeconomia;

Promover a reflexão sobre a prática da Atenção Farmacêutica como resposta a uma ne- cessidade social;

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de

Faculdade Independente do Nordeste

Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

Preparar o estudante para a prática clínica, contribuindo para sua formação a partir da perspectiva humanista e centrada no paciente;

Orientar

ferramentas

Atenção

sobre

a

utilização

de

envolvidas

na

prática

da

Farmacêutica;

Promover a discussão sobre a prática da Atenção Farmacêutica, em nível de atendi- mento primário (farmácias, unidades básicas de saúde), secundário (hospitais de cará- ter geral) e terciário (hospitais e clínicas especializados).

HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

Promover o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias para:

A condução de ações destinadas à melhoria do acesso e promoção do uso racional de medicamentos;

A avaliação das necessidades farmacoterapêuticas do paciente;

A elaboração de planos de cuidado como auxilio para atingir os objetivos terapêuticos;

A avaliação dos resultados obtidos pelo paciente.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I

Assistência Farmacêutica

1 Introdução e histórico da Assistência Farmacêutica no Brasil.

2 O setor farmacêutico no Brasil.

3 Bases conceituais da Assistência Farmacêutica.

4 O papel do farmacêutico.

5 Assistência Farmacêutica no SUS.

6 Ciclo da Assistência Farmacêutica: Seleção, programação, aquisição, armazenamento, distribuição e dispensação de medicamentos.

7 Uso racional de medicamentos.

8 Informação sobre medicamentos.

9 Estudos de utilização de medicamentos, Farmacovigilância e Farmacoeconomia.

UNIDADE II

Atenção Farmacêutica

1

Princípios

Básicos

da

Atenção

Farmacêutica:

histórico,

conceitos,

componentes,

fundamentos.

2 O processo de Atenção Farmacêutica: aspectos legais e éticos.

3 Identificação, resolução e prevenção dos PRMs.

4 Metodologia de acompanhamento de pacientes:

4.1 O seguimento farmacoterapêutico como prática assistencial.

4.2 O Método Dáder de seguimento farmacoterapêutico.

4.3 Entrevista farmacêutica e coleta de dados do paciente.

4.4 A fase de estudo.

4.5 A fase de avaliação.

4.6 A fase de intervenção.

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de

Faculdade Independente do Nordeste

Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

4.7 Avaliação do resultado da intervenção.

4.8 Documentação.

5 Dispensação.

6 Educação sanitária.

7 Indicação farmacêutica

8 Comunicação na Atenção Farmacêutica.

9 Buscas bibliográficas.

10 Apresentação e discussão de casos clínicos

UNIDADE III

Atenção Farmacêutica

1 Apresentação e discussão de casos clínicos.

2 Atenção farmacêutica em transtornos menores:

2.1 Automedicação.

2.2 Medicamentos isentos de prescrição.

2.3 Automedicação responsável e Indicação farmacêutica.

2.4 Atenção Farmacêutica na insônia.

2.5 Atenção Farmacêutica na constipação intestinal.

2.6 Atenção Farmacêutica na tosse.

2.7 Atenção Farmacêutica na diarréia infantil.

2.8 Atenção Farmacêutica no resfriado.

2.9 Atenção Farmacêutica a pacientes com dor.

2.10 Atenção Farmacêutica na pediculose. 2.11 Atenção Farmacêutica em aftas bucais.

METODOLOGIA

Aula expositiva e dialogada, com auxílio de recursos áudio-visuais; leitura e discussão de artigos, casos clínicos e textos em sala de aula; estudo dirigido; seminários sobre temas relevantes.

AVALIAÇÃO

1 Instrumentos: Prova escrita – Seminário – Trabalho individual e/ou em grupos – Discussões de casos clínicos.

2 Critérios : Observar-se-á a apreensão do conteúdo programático e a visão crítica sobre os temas expostos em sala de aula.

3 Avaliações do Semestre 2012.2 (Previsão):

3.1 Avaliação 1 – Prova teórica, seminários com temas relevantes (apresentação e trabalho

escrito), estudo dirigido, leitura e discussão de artigos.

3.2 Avaliação 2 – Prova teórica, leitura e discussão de artigos.

3.3 Avaliação 3 – Prova teórica, trabalho de casos práticos de seguimento farmacoterapêutico

(apresentação e trabalho escrito), estudo dirigido, leitura e discussão de artigos. OBS: Na composição do conceito final, além das avaliações acima mencionadas (todas obrigatórias), também serão considerados a participação do aluno nas atividades desenvolvidas em aula (trabalhos, apresentações de textos, seminários) e a freqüência às

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de

Faculdade Independente do Nordeste

Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

aulas. As datas das avaliações estão indicadas no cronograma e estão sujeitas a alterações. Os detalhes sobre a execução de cada atividade de avaliação serão comunicados em sala de aula, bem como as alterações que porventura sejam necessárias.

RECURSOS

Quadro e pincel, data show, artigos científicos disponíveis em base de dados da web.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Textos de leitura obrigatória e comum para todos os alunos. Assistência Farmacêutica BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Assistência Farmacêutica no SUS. Brasília: CONASS, 2007.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos e Estratégicos. Assistência farmacêutica na atenção básica: instruções técnicas para sua organização. 2 ed. Brasília:

Ministério da Saúde, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos e Estratégicos. Planejar é preciso:

uma proposta de método para a aplicação à assistência farmacêutica. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2006.

CORDEIRO, B.C; LEITE, S.N. O Farmacêutico na atenção à saúde. Itajaí: Universidade do Vale do Itajaí, 2005. 189p.

MARIN, N. Assistência farmacêutica para gerentes municipais/ Organizado por Nelly et al. Rio de Janeiro. OPAS/OMS, 2003.

Atenção Farmacêutica BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC 44, de 17 de agosto de 2009. Dispõe sobre Boas Práticas Farmacêuticas para o controle sanitário do funcionamento, da dispensação e da comercialização de produtos e da prestação de serviços farmacêuticos em farmácias e drogarias e dá outras providências.

IVAMA, A.M. et al. Consenso brasileiro de atenção farmacêutica: proposta. Brasília:

OPAS/OMS, 2002. 24 p.

CORDEIRO, B.C; LEITE, S.N. O Farmacêutico na atenção à saúde. Itajaí: Universidade do Vale do Itajaí, 2005. 189p.

DADER, M.J.F; MUNOZ, P.A.; MARTÍNEZ-MARTÍNEZ; F. Atenção farmacêutica:

conceitos, processos e casos práticos. São Paulo: RCN Editora, 2008. 246p.

MARQUES, Luciene Alves Moreira. Atenção farmacêutica em distúrbios menores. São

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de

Faculdade Independente do Nordeste

Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

Paulo: Medfarma, 2005. 230 p.

ZUBIOLI, A. Ética farmacêutica. Ed. Sobravime, 2004.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

Textos de leitura opcional, particularmente recomendada.

ACURCIO, F.A. Medicamentos e Assistência Farmacêutica. Belo Horizonte: Editora Coopmed, 2004. 124p.

BISSON, M.P. Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica. São Paulo: Manole Saúde, 2ª ed.

386p.

FONSECA, Almir Lourenço da. Interações medicamentosas. 2. ed. Rio de Janeiro:

Publicações Científicas, 1994.

GOMES, M J V M; REIS, A M M. Ciências Farmacêuticas: uma abordagem em farmácia hospitalar. São Paulo: Atheneu, 2001.

GOODMAN, L S; GILMAN, A G. As bases farmacológicas da terapêutica. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1996.

ROQUAYROL, M.Z. & ALMEIDA FILHO, N. Epidemiologia & saúde. 5a ed. Rio de Janeiro, 1999.

ROVERS, J.P.; CURRIE, J.D. Guia prático da atenção farmacêutica: manual de habilidades clínicas. São Paulo: Pharmabooks, 2010. 303p.

ZUBIOLI, A. A Farmácia Clinica na Farmácia Comunitária. Brasília. Ethosfarma: Cidade Gráfica 2001.

Aprovado em

/

/

Homologado em

/

/

Profº Felipe Oliveira Bittencourt Coordenador do Colegiado do Curso de Farmácia

Profº Edgard Larry Andrade Soares Presidente do Conselho Acadêmico

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de

Faculdade Independente do Nordeste

Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.