Centro Universitário UNA Universitá Ubirany Ribeiro Professora: Inês Barreto Belo Horizonte julho de 2006

O que é Inovação Tecnológica? São implementações de produtos e processos tecnologicamente novos ou que contenham substanciais melhorias tecnológicas, seja no produto em si ou no processo para o seu desenvolvimento. FINEP.2006

1

Inovação e competitividade
A produção e investimento em conhecimento e inovação, vem crescendo e ocupando cada vez mais espaço entre os paises desenvolvidos em relação a investimentos em tangíveis, imóveis, máquinas e bens materiais. P&D são considerados vantagem competitiva para as grandes economias onde o esforço neste em financiar , desenvolver ou pesquisar ainda não se comparam ao dos paises em desenvolvimento, muitos conhecidos como copiados por absorver e aperfeiçoar, mais nunca por trabalhar com tecnologia de ponta

Evolução das exportações de tecnologia de informação e Telecomunicações

2

Paises desenvolvidos focam sua produção para a exportação de produtos com alta Tecnologia como aviões, TI e Biotecnologia Tecnologia.

Paises considerados em desenvolvimento ainda trabalham seu core business na indústria de base, comodities primários: Bebidas, Carne , Minério, Fumo e Cereais.

3

Foco nas exportações

Índice de produtividade O Índice de produtividade de um País é o resultado da divisão do PIB pelo número de pessoas empregadas, IP=(PIB /Nº de pessoas empregadas). Representa a sua economia, seu crescimento e a renda per capta.

Este índice no Brasil dobrou entre 1960 e 1980 mesmo assim representávamos apenas 35% da produção a produção do norte-americano. A partir de 1980 e houve uma queda na nesta produção devido às crises, políticas e mundiais e o crescimento retomou somente após 2002.

4

Paises como Taiwan, Brasil, Coréia e México se encontravam na mesma situação de estagnação econômica porém, houve estratégias diferentes para o crescimento. Enquanto Coréia e Taiwan buscaram a aprendizagem tecnológica ativa e se qualificaram para sair do denominado grupo de paises copiadores ,Brasil e México optaram pela aprendizagem passiva ficando para trás na corrida tecnológica.

Crescimento da Produção Cientifica
Contudo, entre 1981 e 2002, a produção de artigos científicos cresceu cerca de 500% O número desses artigos saltou de 1.887 para 11.285 no período. A produção científica brasileira cresceu a uma taxa mais de sete vezes superior à taxa média mundial, que aumentou 70%. Em razão desse dinamismo, os brasileiros residentes no Brasil, que eram responsáveis por apenas 0,44% da produção científica mundial em 1981, passaram a responder por 1,55% dessa produção em 2002. Apesar da expressiva expansão e conseqüente ampliação da capacidade de pesquisa, se tomarmos como base a produção científica no país entre 1999 e 2001, foram publicados 38,8 artigos científicos por 1 milhão de habitantes. Coréia do Sul e Taiwan publicaram respectivamente 206,8 e 330,3 artigos por milhão de habitantes.

5

O grande desafio

O grande desafio
Segundo Porter, existem duas formas de fazer o seu produto concorrer no mercado, por preço ou por diferenciação. A mais inteligente é a estratégia por diferenciação pois permite às empresas maiores ganhos e reconhecimento no mercado de sua excelência e know how . A outra se torna uma guerra por preços onde os produtos na verdade são os mesmos.

6

O grande desafio
Das empresas que inovam para o mercado, apenas 4,1% inovam em produto e 2,8% inovam em processos, é flagrante a desvantagem do Brasil cuja a taxa de inovação em produto é a mais baixa do paises da tabela. Com isto perdemos a capacidade de liderar tecnologias que estão despontando no mercado que poderiam dar sustentabilidade no P&D continuo e promissor.

Taxa de inovação para de produto para o mercado

7

Flávio Castelo Branco, economista-chefe de Política Econômica da CNI O PIB em 2006 deverá crescer 3,7%, ante os 2,3% de 2005, enquanto que o crescimento da indústria está estimado em 5%. (6,3%)

Para Chegar lá
Desigualdades sociais Baixo nível de educação Carga tributária Ineficiência na gestão juros nas alturas e poupança interna insuficiente Além de firmar mais parcerias entre o Estado e o setor privado, reduzir a burocracia e flexibilizar as leis trabalhistas.

8

Comparação
“Para ter uma idéia como estamos longe do ideal, a taxa de poupança doméstica da China é equivalente a 40% do PIB, ao passo que a taxa de poupança do setor público no Brasil é negativa.

Conclusão
TI é vista como uma das maiores alavancas para o crescimento sustentado, capaz de inserir o País de forma competitiva no cenário mundial, aumentando a produtividade e a eficiência das instituições e dinamizando o conhecimento.

9

Conclusão
“A TI é a base para a capacidade de adaptação e reação e para inovar”

10