You are on page 1of 3

E d i ç ã o n º 1 2 | 2 2 D E J U N H O D E 2 0 0 9

O retorno de incentivar
o aprimoramento
Uma das estratégias da Mongeral para crescer 25% em
DICAS DO BOB
2009 é o investimento de R$4 milhões em treinamento,
fidelização e programas voltados para os corretores Use o coração na hora
de seguros parceiros. Essas ações já começaram a
ser desenvolvidas no ano passado, quando a empresa
de dar o dinheiro
lançou o programa Trilha de Desenvolvimento, uma
Ofereça um bônus em dinheiro com os
espécie de plano de carreira em que o profissional
impostos previamente pagos.
tem acesso ao ingressar na companhia, seja como
parceiro ou através do curso de habilitação que a Dê uma recompensa em dinheiro aos
seguradora oferece. funcionários que recrutarem novos pro-
fissionais.
O programa é composto de seis etapas
(capacitação, especialização, comparti- Presenteie um membro de sua equipe com
lhamento, aprimoramento, certificação um vale-brinde.
e avanço) e tem como objetivo mostrar
aos profissionais que, como em toda Invista na educação do filho de um cola-
profissão, existem caminhos e etapas borador.
para alcançar o sucesso. Na opinião
da Mongeral, ser corretor de seguros é Quite a multa de trânsito de um membro
cada vez mais uma escolha, mas, para de sua equipe.
sobreviver às exigências do mercado, Pague uma parcela da prestação do apar-
é fundamental investir continuamente em treinamento tamento de um colaborador.
e especialização.
Pague por um serviço de limpeza na casa
Ao montar uma equipe qualificada, a empresa obtém de um funcionário.
o retorno desse investimento em boas vendas e um
alto porcentual de retenção de clientes. Outra ferra-
menta utilizada nesse processo é a TV Mongeral, Bob Nelson é uma das maiores
um canal corporativo que serve como um elo de autoridades mundiais em inspiração
comunicação entre as 24 sucursais da empresa, e motivação para o trabalho. Autor do
na qual são exibidos programas voltados para livro 1001 maneiras de premiar seus
colaboradores, da Editora Sextante.
os funcionários e corretores.

Faça Evite
• Descubra quais são os conhecimentos, habilidades e • Esquecer de medir em qual estágio seus colaboradores
atitudes que mais precisam ser desenvolvidas por seus se encontravam antes desse programa iniciar.
colaboradores. • Não estabelecer métodos de mensuração que mostrem a
• Elabore um programa de treinamento para seus funcio- evolução durante o processo.
nários. • Não analisar quais são os conhecimentos, habilidades e
• Busque sempre ajuda externa para melhorar seus pro- atitudes fundamentais para o perfil dos colaboradores de
gramas de desenvolvimento. sua empresa.

PARA ASSINAR: www.editoraquantum.com.br FALE CONOSCO: incentivos@vendamais.com.br 1


Incentivos & RESULTADOS

Porque dinheiro não é um bom prêmio de incentivos

b Assim que o dinheiro é usado ou depositado, ele começa a desaparecer da memória. Mas uma placa, uma foto do jantar de come-
moração, entre outros estão sempre lá, mostrando para a pessoa por que ela ganhou aquele prêmio e reforçando os sentimentos
positivos em relação à empresa.

b Se por um lado, 50 reais serão sempre 50 reais, por outro, uma viagem, uma palavra do presidente ou um reconhecimento dos
colegas não tem preço para muitas pessoas. Uma experiência, na maioria das vezes, vale muito mais para quem recebe.

b É a emoção que conta, por exemplo: se você tiver como prêmio uma viagem, as pessoas podem se imaginar naquele bom hotel,
curtindo a praia, chegam a sentir o cheiro do mar e a cerveja geladinha do lado. Prêmios em dinheiro não têm esse componente.

b Pode desmotivar. Vendo a diferença que um dinheiro a mais faz no fim do mês, o funcionário pode pensar que não ganha o sufi-
ciente, gerando assim insatisfação.

b Você não precisa ser racional. Quando recebe um prêmio em dinheiro, ele é automaticamente incorporado ao pagamento de contas,
ao supermercado do mês, a um uniforme novo para as crianças irem à escola, etc. Nunca é destinado a um aparelho de som ou
televisor novo. Dando esses itens, você se assegura que o funcionário aproveitará o prêmio ao máximo.

b Nenhum funcionário vai andar pelo escritório exibindo um cheque ou uma nota. Entretanto, irá mostrar para todos uma placa de fun-
cionário do mês ou uma foto daquele almoço com o presidente. Dê algo que ele possa se vangloriar e satisfazer um pouco seu ego.

Eventos
reuniões
ENVOLVA O COLABORADOR E O CLIENTE

A Sondaimarés possui 2 mil funcionários e precisava mudar a atitude


deles e motivá-los a lidar objetivamente com as complicações do
ambiente empresarial. Foi aí que tiveram a ideia de criar a campanha
Viacerta. O objetivo era alinhar as ações dos funcionários a fim de que
alcançassem as metas da empresa. E, para que isso fosse possível, as
áreas de RH, marketing, vendas e operações se uniram em um processo
de cooperação, trabalho em equipe e comunicação frequente.

Para envolver os funcionários, foi criado um programa de reuniões,


eventos, videochats semanais tratando de temas objetivos sobre videochat
a mudança, entre outros. Diversas sessões de treinamento foram
desenvolvidas para explorar o conhecimento e disseminá-lo na
organização. Deu certo!

Se você também quer que toda a sua equipe esteja efetivamente


envolvida em uma campanha, deve trabalhar com firmeza a comu-
nicação interna.

Muito além do plano de incentivos FOTOS: DIVULGAÇÃO

Na hora de incentivar sua equipe a produzir mais, veja todas as ferramentas que você tem à disposição:

b Cultura de sua empresa – O modo como as coisas são feitas em sua empresa pode ajudar a motivar ou desmotivar sua
equipe. Chefes acessíveis, pouca burocracia e planos de cargos e salários claros são a chave para ter funcionários comprome-
tidos sempre.

b Plano de carreira – Deixe bem claro o que sua organização espera de cada uma das pessoas que trabalha ali e o que elas
podem ganhar, que espaços e cargos podem galgar.

b Enxergue o funcionário como um todo – Distribua material que o ajude a controlar suas finanças, a balancear vida e
trabalho e a ter hábitos saudáveis. Assim, ele se sentirá valorizado e se tornará um funcionário mais feliz e produtivo e você
diminuirá as chances de estresse em sua empresa.

PARA ASSINAR: www.editoraquantum.com.br FALE CONOSCO: incentivos@vendamais.com.br 2


Incentivos & RESULTADOS

sua empresa possui intranet?

Para integrar a comunicação em sua organização e facilitar o treinamento das


diversas equipes, use a tecnologia a seu favor. Em muitas companhias, a intranet
é a responsável pela interação e integração dos mais variados setores.

Faça com que essa ferramenta esteja presente no dia a dia de seus cola-
boradores. Ela agrega funções de uma lista telefônica, promoções, vagas
internas, além do link Fale com o Presidente, no qual qualquer funcionário
pode comunicar-se com o chefe.

Não perca tempo e providencie a sua!

Melhor que cafezinho

Quando os funcionários precisam de uma pausa no trabalho, normalmente se reúnem em volta da mesa do cafezinho ou garrafão
de água, e quem fuma se refugia nos fumódromos. A empresa de design SuperGroup, dos Estados Unidos, criou uma forma mais
positiva de usar esse tempo. Lá, quando os funcionários precisam de uma folga, eles vão para um cantinho da sala de estoque, onde
vários instrumentos os esperam para uma rápida jam session (no Brasil, seria roda de samba, em que se versa de improviso).

Quem não é ligado à música aproveita para escrever crônicas ou roteiros para curtas-metragens. Segundo Chris Wallace, fundador
(e tecladista) da empresa, a única regra é manter a criatividade fluindo – fundamental para o trabalho de design. Wallace afirma
que, depois das sessões, a produtividade no trabalho aumenta.

Em vez de deixar a fofoca e a inatividade rolarem soltas em sua empresa nos intervalos, dê a seus funcionários algo relacionado
com o trabalho para fazerem. Assim, eles se distraem, mas a produtividade não cai.

um perfumado blog REFORÇO

A Natura encontrou uma forma muito inteligente de envolver Lembre-se sempre de que reconhecimento não é um
todas as suas consultoras de vendas e ainda lucrar com isso. evento, e sim um processo. Você não tem controle sobre
No ano passado, ela criou a campanha Arte em Perfume por o quanto um funcionário quer ou não atingir uma meta,
meio de um blog. Um ambiente em que as revendedoras tra- mas pode conseguir que ele se comprometa emocional-
çavam metas e encaravam os desafios para acumular pontos mente ao validar constantemente seu esforço através
em perfumaria, ganhar prêmios e lucrar muito mais. Todas as de palavras, cumprimentos públicos e elogios.
dúvidas também eram respondidas por esse canal.
Funcionários precisam sentir-se importantes e apreciados
Ponto para a Natura que aproveitou muito bem a tecnologia. quando se esforçam além do normal e esperado.

FRASES
“Édinheiro
bom ter dinheiro e as coisas que o
pode comprar, mas é bom
“ Senovocê toma uma decisão apenas baseada
dinheiro, você tomou uma má decisão

verificar se não estamos perdendo as “ Walter Meloon
coisas que o dinheiro não pode comprar
“ Omelhora
aumento de salário é como um Martini:
o ânimo, mas só por um tempo

George Horace Lorimer
Dan Seligman

Expediente
Diretor: Raúl Candeloro | Equipe Editorial: Brasílio Andrade Neto, Cione dos Santos, Cleverson Uliana , Francisco Tramujas e Karen Jardzwski
Direção de arte: Bruna C. Montenegro | Diagramação: Jonny Santos | Revisão: Tania Cheremeta

PARA ASSINAR: www.editoraquantum.com.br FALE CONOSCO: incentivos@vendamais.com.br 3