You are on page 1of 8

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS- UFMG

INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS – ICA

Éder Ramos da Silva
Gbison Ferreira de Almeida
Luana Barbosa Durães
Mônica Costa Azevedo

Plano de Aula GMAIS: Teorema de Pitágoras

Montes Claros. MG .

sob Coordenação da Profª.UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS.UFMG INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS – ICA Plano de Aula GMAIS: Teorema de Pitágoras Aula apresentada ao Grupo de Estudos GMAIS da UFMG. Mirian Cristina Pontello B. MG Setembro. Lima. Montes Claros.2015 .

..... Objetivos Específicos............... Objetivo Geral........ Referência bibliográficas.........................2.........................................................3 1....................................1...2 1............................................................... Metodologia.................................................................................2 1 Objetivos.....................................................................................................SUMÁRIO Introdução....................................................4 ..................................1 Justificativa...............................................................................4 5..................................3 4.......

o príncipe Leon perguntou a ele como definiria a si mesmo. Ao chegar. Eu os chamo de filósofos. hoje parte da Grécia. o filósofo ama a sabedoria como a chave para os segredos da natureza. Voltou à ilha de Samos para fundar uma escola de filosofia e matemática e buscar o significado dos números. foi ao Egito e à Babilônia. recusou a oferta. Esse modo de pensar incomodava Pitágoras. Pitágoras respondeu: “Eu sou um filósofo”. foi perseguido por suas idéias e odiava ser contestado. Sabia que ele queria silenciá-lo! Fugiu para uma caverna. O príncipe ficou intrigado. Adulto. Era a chance que o mestre esperava para dar uma aula diferente. Mas não buscava diversão! Queria aprender matemática.. Para eles.). filósofo e matemático grego que viveu no século 6 antes de Cristo (a. Como queria transmitir conhecimentos… pagava um aluno! Criou a escola Semicírculo de Pitágoras e o estudante gostou tanto dele que passou a segui-lo 1 . Pitágoras a criticava.” O matemático fundou uma associação religiosa e secreta.INTRODUÇÃO — Quem inventou isso? Para que serve? — indagou outro estudante. falou sobre quem o criou: Pitágoras. na ilha de Samos. Antes de explicar o significado do teorema e sua aplicação. Embora nenhum homem seja completamente sábio. pois egípcios e babilônios faziam cálculos complexos para construir prédios.C. Mas entre eles.C. os cálculos deviam dar a resposta certa. Certa vez. outros à procura de lucros. Percebeu a harmonia dos sons e criou o talvez mais famoso teorema da matemática. Por que isso acontecia era irrelevante. soube que o tirano Polícrates governava e a sociedade se tornara intolerante e conservadora. Ele queria entender os números e não apenas utilizá-los. onde estudava sem temer perseguições. doutrina segundo a qual o homem deveria idolatrar o deus Dionísio para ser liberto. O filósofo olhou a seu redor e explicou: “Na multidão aqui reunida. alguns vieram observar e entender o que se passa aqui. por exemplo. Quando o tirano o convidou para participar da corte. pois achava que o caminho para a salvação era a matemática. alguns vieram em busca de fama. Polícrates seguia o orfismo. Ele deve ter nascido por volta de 580 a. que tornou mais precisas as construções. Suas descobertas revolucionaram a matemática e o conhecimento humano. enquanto assistia aos jogos olímpicos.

conheceu Milo — um homem forte que gostava de matemática e filosofia e deu sua casa para Pitágoras fundar a Irmandade Pitagórica. Estratégias/Procedimentos metodológicos: Levar os alunos para o pátio da escola para medir suas sombras Público Alvo: 7ª série/8º ano Tema: Grandezas e Medidas Conteúdo: Teorema de Pitágoras 2 . associação religiosa e filosófica com cerca de 600 membros. Pitágoras deixou sua terra natal com a mãe e o discípulo.sem ganhar dinheiro. cidade no sul da Itália. Ao sentir que precisava ensinar mais pessoas. identificando que a área do quadrado construído sobre o lado maior do triângulo retângulo é igual à soma das áreas dos quadrados construídos sobre os dois lados menores desse retângulo. os pitagóricos. Quem seriam eles? Não perca a continuação deste texto para descobrir! JUSTIFICATIVA Levar ao aluno a percepção do quanto a matemática está inserida ao nosso cotidiano. Propondo atividades que o levem a calcular a medida desconhecida do lado do triângulo retângulo em contextos tais como distâncias inacessíveis. Em Crotona.

Recursos: * Desenho demonstrativo. Elaboração de situações de aprendizagem em grupos.  Mostrar a importância e a aplicação do teorema no nosso dia a dia.OBJETIVO GERAL Apresentar o “Teorema de Pitágoras” de forma dinâmica. AVALIAÇÃO Será feita por meio da observação do professor sobre a ação dos alunos durante o desenvolvimento das atividades aplicadas. como eles estão compreendendo o conteúdo. * Régua * Barbante com nós. buscando no aluno a montagem de problemas e as soluções. se estão utilizando corretamente o Teorema de Pitágoras na resolução de situações problema e através de provas escrita. será feita em grupo com novos problemas envolvendo o Teorema de Pitágoras. 3 . OBJETIVO ESPECÍFICO  Levar aos alunos a compreensão da relação de Pitágoras e seu teorema.  Contextualizar historicamente seu desenvolvimento e contribuição para a evolução da matemática e suas tecnologias. Participação dos alunos nas atividades. afim de despertar o interesse dos alunos.

br /um-matematico Vida e Matemática.com/2013/06/17/plano-de-aula-teorema-de-pitagoras/-misterioso-da-greciaantiga-2/ 4 .uol.com. Teorema de Pitágoras. wordpress. Teorema de Pitágoras.Referências Ciência Hoje. Disponível em: https://profmatrpsp. Disponível em: http://chc.cienciahoje.