You are on page 1of 24

Relatório

Ricardo Reis & Paulo Raposo 7 de Novembro de 2008

Conteúdo
Introdução Actividades Emissão rádio . . . . . . . . . Website . . . . . . . . . . . . . Conferências . . . . . . . . . . Workshops . . . . . . . . . . . Concertos/actuações . . . . . Goethe-Institut . . . . . . Fábrica Braço de Prata . Projecto online - Soa-te a ISTo Encontro Radia . . . . . . . . . Documentação Entidades envolvidas Ficha técnica Oportunidades criadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2 3 3 6 7 10 12 12 13 16 17 17 19 19 20

Conclusões 20 O Festival em números . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Apêndice Material promocional . Cartaz . . . . . . Postal . . . . . . Grelha de programas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 22 22 23 23

1

INTRODUÇÃO

Resumo Descreve-se o contexto do Festival RadiaLx2008, assim como as actividades desenvolvidas, ligações estabelecidas e objectivos alcançados. Apresenta-se, em anexo, o descritivo financeiro como especificado no regulamento do subsídio outorgado.

Introdução
O RadiaLx é uma bienal Internacional de Arte Rádio que se realiza em Lisboa e reúne conjunto internacional de artistas, produtores e agentes culturais. O relatório que se segue diz respeito à sua edição de 2008 (RadiaLx2008), realizada de 20 a 28 de Setembro do presente ano e que foi apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian através de um subsídio para Actividades CircumEscolares. Com debates, workshops, seminários, transmissões e actuações, o Festival RadiaLx expande e aprofunda ideias em torno da rádio enquanto ferramenta social e meio de resistência criativa contra o espectáculo retiniano que nos rodeia. Sob o mote "novas e esquecidas formas de fazer rádio", o Festival promoveu, durante 10 dias, uma apresentação de práticas artísticas, explorando a ideia de localidade e reapropriação do espaço público de que a rádio e correspondente espectro electromagnético são parte integrante. RadiaLx focou-se em modos de produção e difusão, transformando práticas artísticas e culturais resultantes da apropriação e utilização de tecnologias de comunicação. É o único Festival em Portugal dedicado à redescoberta e reencontro com a rádio enquanto espaço aberto para a interactividade e experimentação colaborativas. Com a estreita colaboração do Goethe-Institut Portugal em Lisboa, do Instituto Superior Técnico e da Fábrica Braço de Prata, o Festival propôs-se criar novos espaços aurais, estimulando os ouvintes e catalisando as suas referências, histórias e memória, numa participação activa num universo imaginado, em constante reinvenção.

2

ACTIVIDADES

Actividades
Emissão rádio
Foi realizada uma emissão rádio especial durante todo o Festival (de 20 a 28 de Setembro, ver a grelha de programação no anexo). Através de uma chamada internacional a propostas , foram recebidos programas de 80 autores nacionais e estrangeiros, mostrando uma abordagem ao meio rádio muito diversificada. Acentuou-se a abordagem da rádio em directo, tendo-se realizado várias acções com esta abordagem, quer na vertente artística (abertura do Festival, rádio piquenique, concertos ao vivo no estúdio da rádio), quer enquanto suporte de divulgação (transmissão das conferências e concertos no Goethe-Institut e Fábrica Braço de Prata). Das actuações ao vivo, pensadas especificamente para a emissão, destacaram-se: Abertura do Festival A abertura do Festival realizou-se com uma transmissão em directo, a partir de uma casa particular. Esta emissão teve a duração de uma hora e consistiu numa improvisação livre de Knut Aufermann, Sarah Washington, Xentos Frey Bentos, Diana McCarty, Pit Schultz, Paulo Raposo e Ricardo Reis. A emissão teve participação à distância de vários ouvintes, através de comunicação móvel, fechando o anel de produção-emissão-audiência e promovendo um efeito de feedback real sobre a evolução da performance.

Figura 1: Várias cenas da abertura do Festival.

Transmissão de um filme mudo na rádio O filme mudo “Não quero ser um homem”, de Ernst Lubitch, foi projectado no jardim do Goethe-Institut. Xentos Frey Bentos realizou uma sonorização/banda sonora especial, Alexandra
3

Emissão rádio

ACTIVIDADES

Varela e Flávio Martins elaboram, para o filme em questão, um texto simultaneamente descritivo e paródico, interpretando a comédia de costumes a partir de um prisma contemporâneo e humorístico. Alexandra Varela fez a narração e Flávio Martins a manipulação de voz. Esta actuação, além do elemento de performance local, foi transmitido em directo na Rádio Zero, criando uma oportunidade de narração paralela através da reconstrução mental do filme a partir da sua componente sonora.

Figura 2: Um filme mudo na rádio.

Cinco concertos ao vivo em estúdio Abrindo o seu estúdio a propostas de eventos em directo, a Rádio Zero fez a emissão ao vivo de cinco concertos, com artistas nacionais, repartidos pelos dois domingos do Festival, totalizando 6 horas de actuação: • Domingo 21 Francisco Janes + Nuno Mourão // Rui Chaves // Pedro Lopes + Mush von Namek • Domingo 28 Tsuki // Iff

Rádio nómada A rádio nómada envolveu várias emissões em directo, fora de estúdio, em diversas localizações na cidade de Lisboa. Estas emissões tiveram o propósito d de focar a permeabilidade da rádio com a cidade, demonstrando as possibilidades abertas pela evolução tecnológica de suster emissões em directo de locais remotos e explorar as potencialidades de comunicação e transmissão à distância abertas por essas mesmas tecnologias. Listam-se assim: Travessia do Tejo Esta emissão cobriu a travessia em cacilheiro (Cais do Sodré-Cacilhas) e almoço em Cacilhas. Nela Participaram Tetsuo Kogawa, Pit Schultz, Diana McCarty, Sarah Washington, Knut Aufermann, Xentos Frey Bentos, Paulo Raposo e Ricardo Reis.
4

Emissão rádio

ACTIVIDADES

Figura 3: Dupla Pedro Lopes + Mush von Namek.

Figura 4: Travessia do Tejo.

5

Website

ACTIVIDADES

Concerto na Ponte 25 de Abril Concerto na ponte, com a participação de João Castro Pinto, Gilles Aubry e Guillaume Beauron. Neste concerto os participantes improvisaram, utilizando vários instrumentos e jogando com o som contínuo gerado pela estrutura da ponte 25 de Abril.

Figura 5: Durante a performance ao vivo e em directo na Ponte 25 de Abril.

Piquenique Rádio Foi realizado um piquenique na Fonte Luminosa, na Alameda Dom Afonso Henriques, em que Patrick McGinley, Paulo Raposo, João Castro Pinto e Jay Needham promoveram uma discussão sobre a exploração e localização do espaço.

Figura 6: Pormenor do Piquenique Rádio com João Castro, Jay Needham, Patrick McGinley e Paulo Raposo e vista geral.

Website
Criou-se um website - http://radialx.radiozero.pt - de apresentação do Festival de onde partiu, em coordenação com a disseminação em listas de emails e fóruns especializados, a chamada a propostas para programas a serem transmitidos durante o Festival. O website mantém-se como um registo do Festival, disponibilizando vários dos programas produzidos propositadamente para a emissão assim como as gravações dos eventos em directo através de podcast. Na página flickr da Rádio Zero1 , são disponibilizadas várias fotos do evento, permitindo uma melhor
1 http://flickr.com/photos/radiozero/sets/72157607197060778/

6

Conferências

ACTIVIDADES

divulgação do mesmo através das comunidades virtuais. Ir-se-á também divulgar as várias reportagens vídeo realizadas numa plataforma como o YouTube, com o mesmo propósito de disseminação.

Figura 7: Website, página de rosto (PT), página introdução aos artistas (EN) e página flickr.

Conferências
Decorrendo no Goethe-Institut Portugal em Lisboa, as conferências promoveram uma salutar discussão sobre vários aspectos relacionados com a utilização e manipulação da rádio em contextos artísticos e relacionados com a evolução do meio. Foram convidados oradores com práticas e aproximações diversas relativamente à rádio, abrangendo várias dimensões diferentes e ligando rádio arte, rádios comunitárias, tecnologia e abordagens de rádio mainstream. As conferências atraíram um público diverso e interessado e, além de transmitidas em directo na Rádio Zero, foram tema de reportagens específicas emitidas pela Antena 2. MicroFM Tetsuo Kogawa realizou uma conferência-performance, ilustrando os vários conceitos de broadcasting, narrowcasting e microcasting através de
7

Conferências

ACTIVIDADES

ferramentas audiovisuais e projecção de filmes relacionados com a sua experiência neste âmbito no Japão. Levantando a problemática da rádio arte ter de transcender o paradigma de mensagem associado à rádio, fundindo o meio de transmissão com o seu uso, construiu um pequeno transmissor FM. Com este e outros previamente construídos, realizou um concerto/performance, ilustrando directamente os conceitos teóricos expostos anteriormente. Aproximadamente 50 pessoas assistiram a esta conferência.

Figura 8: Conferência MicroFM, Tetsuo Kogawa

Rádio: Reinvenção e localidade Sentaram-se à mesa Ed Baxter (director da Resonance104.4FM, Londres), João Almeida (director-adjunto da Antena 2) e Diana McCarty (Reboot.fm e Backyard Radio, Berlim), tendo moderado Ricardo Reis (Rádio Zero). Partindo dos diversos contextos de cada um dos interlocutores, debateu-se desde a abordagem promovida pelas tipologias de rádio à fomentação da cultura local e as dinâmicas sociais daí decorrentes. O público participou, levantando questões especialmente endereçadas à realidade nacional, ao contexto europeu e às possibilidades de exploração da rádio em cenários alternativos.Aproximadamente 40 pessoas assistiram a esta conferência. Tecnologia: transformação da rádio Cruzando um especialista em redes sociais, comunicações móveis e rádio (Pit Schultz), com uma artista especializada na manipulação de tecnologia rádio e rádios comunitárias (Anna Friz) e uma professora universitária atenta à evolução da rádio na sua vertente comercial (Paula Cordeiro), permitiu uma interessante digressão sobre os pontos de confluência e confronto destas várias abordagens à rádio e sobre a sua evolução futura. Aproximadamente 40 pessoas assistiram a esta conferência.
8

Conferências

ACTIVIDADES

Figura 9: Conferência Rádio: Reinvenção e localidade. João Almeida, Ed Baxter, Ricardo Reis e Diana McCarty. Apresentação de projectos recentes Jay Needham apresentou dois dos seus mais recentes trabalhos: a sua colaboração com uma ONG no Panamá, na esteira da desmilitarização da zona do Canal devido ao expirar do contrato de concessão aos EUA, e um projecto relacionado com a memória e o projecto Manhattan, na génese da primeira bomba atómica. Ambos detêm ligações com a rádio, quer pelo seu uso como ferramenta de criação artística, quer pela exploração da sua simbologia e códigos de comunicação inerentes. Através do projecto próprio mobile-radio2 , Knut Aufermann e Sarah Washington, realizaram uma digressão de dois anos pela Europa, contactando e participando em vários projectos rádio em diferentes contextos. A diversidade de abordagens apresentadas salientou o potencial em aberto da rádio enquanto ferramenta artística, de ligação social e instrumento de criação. Aproximadamente 25 pessoas assistiram a esta conferência.

Figura 10: Conferência sobre projectos recentes. Knut Aufermann, Sarah Washigton e Jay Needham.
2 http://mobile-radio.net

9

Workshops

ACTIVIDADES

Workshops
As oficinas e workshops, actividades de carácter pedagógico, foram completamente preenchidas, ultrapassando o número máximo de inscrições disponíveis. Todas elas contaram com a participação de participantes provenientes dos mais variados quadrantes e interesses, não necessária e directamente relacionados com o meio da rádio, como sejam backgrounds de teatro, artes visuais, psicologia, antropologia, entre outros. Os objectivos e expectativas que presidiam à realização das oficinas foram totalmente atingidos, senão excedidos, tendo possibilitado o contacto, a aprendizagem e a interacção nos campos técnico e artístico, com docentes prestigiados e consagrados na sua area de intervenção. Pit Schultz - Software de código aberto para comunidades rádio independentes Pit Schultz realizou um resumo sobre o estado da arte corrente abarcando software, hardware e projecto web. Detalhou as opções do projecto Backyard Radio, demonstrando o sistema acoplado router-linux-emissor FM para transmissão FM local com ligação através da Internet. Os participantes demonstraram o seu interesse na abordagem e provinham de vários contextos, congregando principalmente estudantes de engenharia e artistas sonoros. Participação de 15 pessoas, duração 1h30m.

Figura 11: Workshop sobre software de código aberto por Pit Schultz.

Tetsuo Kogawa - Como construir um transmissor microFM Foi a workshop mais concorrida, sendo necessário rejeitar várias inscrições devido ao limite imposto, decorrendo de forma excelente. Esta workshop articulava-se com a conferência/performance realizada por Tetsuo Kogawa no dia anterior no Goethe-Institut. Além da satisfação dos participantes, a workshop serviu como formação para elementos da Rádio Zero tendo em vista futuras repetições de maneira a satisfazer o interesse manifestado. Participação de dez pessoas, duração de 1h30m.

10

Workshops

ACTIVIDADES

Figura 12: Workshop sobre construção de um micro transmissor FM por Tetsuo Kogawa. Patrick McGinley - Field recordings: a ressonância dos lugares Esgotando as dez inscrições previstas, decorreu em sessões de três horas, durante três dias. No primeiro dia foram introduzidos conceitos teóricos, auxiliados pela escuta atenta de vários tipos de gravações de campo e noções de audição e exploração sonora de espaços. Os dois dias restantes foram dedicados à exploração de locais em Lisboa, com destaque para a Ponte 25 de Abril. Das gravações recolhidas resultou também um trabalho de composição em colaboração, realizado por Patrick e os vários participantes na workshop, trabalho que foi emitido posteriormente ao Festival na Resonance104.4FM em Londres e na Rádio Zero, no programa “Framework”. Participação de 10 pessoas, sessões de três horas, durante três dias.

Figura 13: Workshop sobre a ressonância dos lugares, de Patrick McGinley.

11

Concertos/actuações

ACTIVIDADES

Concertos/actuações
Decorrendo tanto no Goethe-Institut (após as conferências e debates) como no espaço polivalente da Fábrica Braço de Prata, ambos ex-libris do actual movimento cultural em Lisboa, os 4 dias de concertos ofereceram uma visão inovadora, abrangente e diversificada da criação sonora e das múltiplas formas que encerram as relações entre som, música e rádio. Sob uma forma performativa, as diferentes actuações procuraram problematizar e questionar continuamente as fronteiras entre géneros, formas e temas subjacentes à rádio enquanto veículo de conteúdo, mas também como estrutura de transmissão. Estes eventos vieram reforçar a vitalidade da rádio enquanto forma de pensar o real na sua contemporaneidade e plataforma criativa para discutir temas que são profundamente identitários. Goethe-Institut Além da conferência/actuação de Tetsuo Kogawa e a actuação/transmissão de um filme mudo (ambas mencionada anteriormente), realizaram-se mais dois concertos no jardim do Goethe-Institut em Lisboa: o primeiro, com os artistas austríacos Lale Rodgarkia-Dara, Michael Fisher e Stephan Roth, partiu de um conjunto de citações e leituras de textos de governos e da União Europeia sobre o terrorismo. O segundo, com o português André Gonçalves em colaboração o austríaco Arnold Haberl Noid, desconstruiu os processos de descodificação e reinterpretação da rádio enquanto estratificação de feixes hertzianos e contínuas modulações através de um processo elaborado, considerando a rádio na sua lógica técnica de divisão electromagnética.

12

Concertos/actuações

ACTIVIDADES

Fábrica Braço de Prata

Figura 14: Fábrica Braço de Prata, instalação Anna Friz

Dia 26, sexta-feira Anna Friz criou uma instalação de transmissores e emissores que aliou a uma dimensão performativa, proporcionando uma escuta íntima da modularidade rádio e da voz enquanto fantasma parasitário, excrescente. Jay Needham improvisou uma banda sonora para dois filmes de sua autoria de natureza autobiográfica. Utilizou um piano preparado com receptores de rádio e a instalação de rádios suspensos de Anna Friz. Xentos Fray Bentos apresentou uma performance, com a participação de vários outros artistas presentes no Festival, focada no rádio enquanto jogo e na sua possibilidade lúdica e dualista de criação/destruição. Simulando um jogo de críquete onde as bolas são substituídas por rádios, Xentos refere de modo irónico (e icónico) o jogo da rádio enquanto estrutura absurda e eminentemente paródica. Gilles Aubry apresentou como proposta a exploração sonora, com carácter imersivo, de uma estrutura fabril em Berlim. Desenvolvendo as propriedades acústicas e arquitectónicas particulares ao espaço, devolveu à audiência um fluxo sonoro hipnótico onde pequenos detalhes, ignorados pela percepção mais imediata, são amplificados e tomam novos sentidos e interpretações.

13

Concertos/actuações

ACTIVIDADES

Figura 15: a partir do topo: Anna Friz, Jay Needham, Xentos Fray Bentos (com Ricardo Reis e Sarah Washington) e Gilles Aubry

14

Concertos/actuações

ACTIVIDADES

Dia 27, sábado Mike Cooper , com a colaboração de Paulo Raposo, na tradução in loco, realizou uma versão da peça "Beach Crossings - Pacific Footprints", que tem como cenário a Oceania. Combinou narração, dobro (steel guitar) e processamento em tempo real para esta peça que escreveu propositadamente para rádio, tendo sido comissionada pela RAI, em Itália. Knut Aufermann e Sarah Washington usaram instrumentos criados pelos próprios, num processo de exploração e apropriação de objectos electrónicos baratos. A actuação explorou as novas sonoridades obtidas e o uso de feedback rádio local, especialmente através da interferência do corpo sobre o transmissor. Patrick McGinley e Paulo Raposo utilizaram objectos, computador, voz e gravações da revolução de Abril, para solicitar, de modo subtil, a participação da audiência no próprio concerto.

Figura 16: a partir da esq., sentido horário: Mike Cooper (com Paulo Raposo), Sarah Washington e Knut Aufermann, Patrick McGinley e Paulo Raposo

15

Projecto online - Soa-te a ISTo

ACTIVIDADES

Projecto online - Soa-te a ISTo
O projecto “Soa-te a ISto” foi apresentado durante o Festival, divulgando-se as várias facetas que o compõem e suscitando uma discussão sobre a articulação de tecnologias recentes, disponíveis para criar novas plataformas de criação artística e dinamização social, assim como sobre o conceito de translocalidade e ligação entre locais separados geograficamente e culturalmente.

Figura 17: Soa-te a ISTo, página de rosto, versão em português

Figura 18: Soa-te a ISTo, página “Ouvir”, versão em português A apresentação realizada focou-se sobre os conceitos subjacentes ao projecto (Ricardo Reis), a sua concretização técnica (Daniel Zacarias) e possibilidades artísticas (Jay Needham). O interesse do público orbitou sobre as possibilidades de expansão do
16

Encontro Radia

DOCUMENTAÇÃO

website desenvolvido, quer na perspectiva de incorporação de novas funcionalidades, quer no estabelecimento de parcerias e trocas com iniciativas semelhantes online. Do ponto de vista artístico, além de questões sobre o trabalho de Jay Needham, explorando o estabelecimento de pontes/portais entre contextos/paisagens/histórias, debateram-se as potencialidades da plataforma ser apropriada enquanto ferramenta de narração multimédia. Audiência aproximada de 30 pessoas, duração 1h30m.

Encontro Radia
Decorreram, durante o Festival, duas reuniões internas dos representantes da rede Radia. A primeira decorreu a 22 de Setembro, estando presentes Diana McCarty e Pit Shultz (Reboot.fm e Backyard Radio, Berlim), Sarah Washington e Knut Aufermann (Resonance104.4FM, Londres), Lale Rodgarkia-Dara e Michael Fischer (Orange, Viena), Tetsuo Kogawa (Japão), Jay Needham (EUA) e Ricardo Reis e João Bacalhau (Rádio Zero, Lisboa). Remotamente, através de ligação internet, participaram Verena Kuni (Radio X, Frankfurt) e Antonio Dmitrov (Kanal 103, Skopje). Esta reunião permitiu realizar o balanço das actividades do ano corrente e planear possíveis actividades para o ano de 2009, assim como acolher um novo projecto, de Jay Needham, representando uma ONG sediada no Panamá. Aproveitando a chegada de Amélie e Floriane (Radio Grenouille, Marselha), foi realizada uma segunda reunião, dia 27, com a presença adicional de Anna Friz (Free103point9, Nova Iorque e CKUT, Montreal). Nesta reunião deuse continuação à elaboração do plano de actividades para 2009, com o afinar de futuros projectos de colaboração e extensão de convites a novos membros da rede.

Figura 19: Panorama segunda reunião Radia, Jardim Botânico.

Documentação
Além da actualização do website, realizou-se um catálogo DVD contendo os registos vídeo e áudio dos vários eventos do Festival. Será também promovida uma retrospectiva do evento, tendo sido realizada uma série de sete episódios em formato de programa rádio com este propósito. Estes episódios estarão à disposição de estações de rádio que desejem transmitir um panorama do Festival, tendo já sido acordada a sua transmissão completa pela

17

DOCUMENTAÇÃO

rádio Orange, em Viena. A Rádio Zero irá também emitir estes programas em data oportuna.

18

FICHA TÉCNICA

Entidades envolvidas
• Produção Rádio Zero (Associação dos Estudantes do IST), Sirr e Radia. • Parceiros Goethe-Institut Portugal em Lisboa, Instituto Superior Técnico e Fábrica Braço de Prata. • Apoios Fundação Calouste Gulbenkian, Embaixada da Áustria em Lisboa, Sony Portugal e Banco BPI. • DivulgaçãoAntena 2 e Câmara Municipal de Lisboa.

Ficha técnica
Direcção, Programação e Produção: Ricardo Reis e Paulo Raposo Assistência de Produção: Miguel Santos, Marta Fonseca Realização Técnica : Equipa Rádio Zero: • Directos de estúdio Pedro Lopes, Gil Brandão • Emissões nómadas Gil Brandão, Filipe Roque, Miguel Santos, João Bacalhau, Ricardo Reis,Filipe Palha • Directos Gil Brandão, Pedro Lopes, Filipe Roque, Ricardo Reis, João Bacalhau, Filipe Palha • Grelha de programação Paulo Raposo, Filipe Palha, Nuno Pinheiro, João Bacalhau • Transportes e alimentação Ricardo Reis, Miguel Santos, Marta Fonseca, Luís Martins • Divulgação Ricardo Reis, Miguel Santos, Filipe Roque, Joana Rosa, Diana Guerra, Rute Correia, Daniel Zacarias • Documentação Ricardo Reis, Paulo Raposo, Miguel Santos Design: Unidade Gráfica Web Design: Paulo Raposo, Carlos Santos (Spoon Design), Ricardo Reis

19

CONCLUSÕES

Oportunidades criadas
O Festival, ao colocar em contacto artistas do meio rádio, uma área de actividade muito pouco desenvolvida em Portugal, lançou as fundações para novos projectos de criação e troca, além de ter atraído novos artistas nacionais. Assim, e apenas citando alguns exemplos, a workshop de Patrick McGinley, além de originar novas peças de arte rádio, promoveu um trabalho de cooperação entre os participantes envolvidos, culminando num programa a ser emitido na Resonance104.4FM, em Londres, e na Rádio Zero. O seu programa “Framework” passou também a ser emitido na Rádio Zero. Várias novas propostas de programas foram feitas à Rádio Zero, mostrando abordagens novas ao meio rádio, vindas de pessoas atraídas pelo Festival. A rede Radia aumentou o número de membros associados e as reuniões realizadas permitiram planear novos projectos, a ser concretizados em 2009. O Goethe-Institut afirmou a sua intenção de continuar a apoiar o Festival, tornando-se uma parceria fundamental para a divulgação da arte rádio em Portugal e abrindo as suas portas a novos projectos a realizar em 2009. Várias rádios manifestaram interesse em realizar a transmissão dos episódios de documentação do evento.

Conclusões
O RadiaLx - Festival Internacional de Arte Rádio - realizou a sua segunda edição entre 20 e 28 de Setembro de 2008 e reuniu um conjunto notável de artistas e produtores oriundos de 10 países (Japão, Estados Unidos, França, Áustria, Alemanha, Espanha, Reino Unido, Canadá, Itália e Portugal) para colaborar, discutir novos rumos da rádio e produzir programas e eventos de grande qualidade especialmente para o evento. Apesar das limitações orçamentais e devido a um esforço de articulação com várias entidades, conseguiu-se realizar os vários objectivos inicialmente propostos, mantendo uma programação diversificada e de reconhecida qualidade. As parcerias com o Goethe-Institut de Lisboa e a Fábrica Braço de Prata, além do Instituto Superior Técnico, potenciaram grande diversidade de intervenções e audiências, cruzando géneros e fronteiras pré-estabelecidas e sensibilizando o público para novas formas de criação com os media e com a rádio em particular. O encontro da rede europeia Radia (menção honrosa do Prémio Ars Electrónica 2007), a presença de Tetsuo Kogawa, figura chave do movimento Micro FM, e Ed Baxter (director da Resonance104FM) bem como a multiplicidade de eventos e a autêntica maratona de arte rádio difundida pela Rádio Zero, marcaram esta edição do Festival. Em termos totais, foram apresentados 22 eventos, para além da emissão que contou com mais 80 contribuições de artistas internacionais. A atmosfera geral do Festival foi de entusiasmo e interacção entre os vários intervenientes e gerou excelentes apresentações. Foi manifesta a adesão, curiosidade e interesse do público, tanto nacional como internacional - através do stream - por novas formas de fazer e pensar a rádio.

20

O Festival em números

CONCLUSÕES

O evento teve, na totalidade, cerca de 2000 espectadores. Nos eventos in situ, estiveram presentes cerca de 300 espectadores. Na programação, destacam-se as contribuições de grandes nomes da rádio internacional como os Negativland, Brandon Labelle, James Webb e Felix Kubin. André Gonçalves, Alexandra Varela, Flávio Martins, João Castro Pinto, João Almeida, Paula Cordeiro, Ricardo Reis e Paulo Raposo marcaram a presença portuguesa no RadiaLx, para além de mais de 20 artistas e músicos portugueses que contribuíram e participaram na maratona de arte radiofónica disponível sob stream da Rádio Zero. Do Brasil, em língua portuguesa, participou a radióloga Liilian Zaremba, produtora radio na MEC-FM desde 1974, Doutora em Comunicação e Cultura na ECO-UFRJ, curadora do Projeto Rádio Fórum e organizadora, junto com Ivana Bentes, da colectânea de artigos Rádio Nova - Constelações da Radiofonia Contemporânea. Da Galiza, participaram Durán Vásquez e Xesus Valle, tendo Durán também tomado parte in situ no Festival e participado nos diferentes eventos. Participaram também rádios de Barcelona e Madrid que contribuíram com programas especiais, alimentando novas formas de colaboração futuras. O RadiaLx apresentou workshops e conferências com alguns dos mais importantes nomes e divulgadores da arte rádio internacional. As conferências colocaram em questão temas contemporâneos da arte e do meio rádio, destacando-se a elevada interacção e intervenção da audiência com cada painel. As workshops, que de forma bem sucedida esgotaram as inscrições, permitiram promover a experiência formativa e encetar contacto com novas técnicas, processos e tecnologias associadas à rádio, tendo contribuído este para desenvolver novos projectos de criação colectiva. Em torno dos eventos, decorreram projectos e actividades paralelas, muitas auto-organizadas pelos participantes, dando assim sinal da vitalidade e da urgência de criar mais encontros e diálogos. Com alguns dos artistas convidados para esta edição, surgiram propostas e projectos futuros. O RadiaLx marcou o panorama da arte rádio em Portugal, assumindo uma visibilidade internacional que coloca Lisboa como um dos pontos a ter em conta de futuro. Desejando-se bienal, esperamos aumentar a qualidade do Festival e aumentar a prática e apreciação da arte rádio no público português, fazendo crescer e promovendo o intercâmbio entre artistas nacionais e estrangeiros.

O Festival em números
168 horas de emissão 20 convidados presentes 120 artistas participantes 130 programas rádio 14 concertos 5 actividades paralelas 44 acções no total 12 espaços 2000 espectadores

21

APÊNDICE

Apêndice
Material promocional
Cartaz

Figura 20: Cartaz realizado para divulgação, tamanho A3, edição de 1000 exemplares.

22

Grelha de programas

APÊNDICE

Postal

Figura 21: Postal realizado para divulgação, edição de 5000 exemplares (frente e verso).

Grelha de programas

23

RADIALX 2008 - INTERNATIONAL RADIO ART FESTIVAL http://radiozero.pt/ouvir
H GMT 0 7:00 RADIO OPENING SATURDAY 00:00 LIVE |||||||||||||||||||||||||||||||||||||| ALL NIGHT SELECTION OF CLASSIC RADIA SHOWS SAT 20 SUN 21 MON 22 ERIC CORDIER TUE 23 SCHNITZELSWAP WED 24 THU 25 FRI 26 SAT 27 SUN 28

NEGATIVLAND how radio was done

NEGATIVLAND how radio was done

NEGATIVLAND how radio was done

NEGATIVLAND how radio was done

7:30

8:00

YANNICK DAUBY PRESENTS A SELECTION OF OF ETHNOGRAPHICAL SOUND WORKS

HAROLD HAROLD SHELLINX SHELLINX"BACK JetztErstJetztNeu TO BERLIN" koeln PAULO RAPOSO pickpocket radio 1

8:30

9:00

ALEXANDRE MATOSO Entre__Sortie

9:30

PAUL HENDRIKSE NikolausGansterer_

10:30

NATURAL MUSEUM OF SOUND throw your radio aaway

10:00

GUILLAUME GUILLAUME GUILLAUME BEAURON vignes BEAURON jungle BEAURON heri heroes altitude

GUILLAUME BEAURON tory island

BEUATIFUL SCHIZOPHONIC romantic radio

PABLO SANZ 20020_026

HAROLD SHELLINX some sounds are like shdows ANTONIO DELLA MARINA on air

MANUEL JOAO SILVA Em CARLOS SANTOS JOÃO CASTRO MICHAEL XASTRES 20.40 + que lingua falo eu modulations PINTO influx_0.01 RUESENBERG ffm live in the studio shows

JEPH JERMAN universal radio

RADIA SHOWS

11:30

AYMERIC DE TAPOL air water fire

streaming

plus

interviews

and recordings from the festival

12:00

PABLO SANZ

RADIO ACTION FREE POINT 109

SHORT PIECES BY PEDRO COEHO, INES ALMEIDA, KiM CASCONE, BRANDON LABELLE, ALFREDO COSTA MONTEIRO, ALESSANDRO FOGAR, DEBASHIS SINHA, SARAH BOOTHROYD, PAUL GLAZIER, PAU, LO RAPOSO, LIN-CHI-WEI, MICHAEL PULSFORD, JOAO CASTRO PINTO, LIN-CHI-WEI, DARIUS CIUTA, ALEXEI BORISOV+saMMAN, FELIX KUBIN

TEATRO SEM FIOS: rafael sanchez reconta aconteceu uma vez

12:30 RADIA SHOWS RADIA SHOWS

TIAGO MESQUITA CARVALHO a idade do silêncio + PEDRO COELHO peças curtas

ANDRE GONÇALVES resonant objects (oslo)

peggy's paradise + (steve roden)

NOMAD TRANSMISSION boat radio

15:00

15:30

16:00

WORKSHOP TETSUO KOGAWA

WORKSHOP PIT SHULTZ

RADIA SHOWS

16:30

4x3 LIVE PERFORMANCES AT RADIO ZERO STUDIO Pedro Lopes e Mush Von Namek, Rui Chaves, Nuno Morão

CHRISTOF MIGONE foursome 1

CHRISTOF MIGONE foursome 2

CHRISTOF MIGONE foursome 3

CHRISTOF MIGONE foursome 4

RADIA SHOWS

SHORT PIECES

19:00

TEATRO SEM FIOS: aconteceu uma vez

TEATRO SEM FIOS 3 Mulheres

ED BAXTER + DIANA MCARTHY + JOAO ALMEIDA (CONFERENCE, GOETHE INSTITUT)

TETSUO KOGAWA (CONFERENCE, GOETHE INSTITUT)

PIT + ANNA + P CORDEIRO

TEATRO SEM TEATRO SEM FIOS: 3 parábolas FIOS lilith (42.44)+

SAGRADA PARTITURA / ANTONIO CONTADOR

CONCERTO: CONCERTO: NOID LALE+M.FISCHER + ANDRE +

JAY NEEDHAM + KNUT A + SARAH W (CONFERENCE, GOETHE INSTITUT)

18:00

SOA-TE A ISTO conferência instituto superior técnico

PAULO RAPOSO pickpocket radio 3

20:00

FRAMEWORK 08.03.02 (steve roden)

RED Bull Music Academy Radio Bits & Pieces

FILME Ernst Lubitsch "Ich möchte kein Mann sein" SOS YANNICK DAUBY SOS MARC BEHRENS

PAUL DEVENS MOAB radio

RADIATOR rlx_autophones

ALEXANDRE MATOSO Entre__Sortie

SOS SOUND SOS MAKSIM TRANSIT / DEREK SHENTELIEV HOLZER

SOS GILLES AUBRY

SOS ULTRARED

21:00

FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o FADAS DO LAR: o que fazem que fazem que fazem que fazem que fazem que fazem que fazem que fazem que fazem mulheres mulheres mulheres mulheres mulheres mulheres mulheres mulheres mulheres

22:00

MASCAVADO (live século 02.2008)

MASCAVADO (live século 07.2008)

TAPE NOISE SIRR gesangder junglinge

AYMERIC DE TAPOL air water fire (radia 177)

VERENA KUNI Autophones

CONCERTO FABRICA

CONCERTO FABRICA

LUIS ANTERO p184-Radio Experiences

CONCERTO FABRICA

CONCERTO FABRICA

0:00

Red Bull Music Academy Radio Bits & Pieces

SHORT PIECES

DOIS AO QUADRADO NR 1

DOIS AO QUADRADO NR 2

YANNICK DAUBY

DOIS AO QUADRADO NR 3

1:00

PABLO SANZ 20020_026 SOS YANNICK DAUBY

GINTAS K and so on INTERVAL RECORDINGS by ido govrin

PHILIPPE PETIT rmx ryoji ikeda AYMERIC DE TAPOL air water fire (radia 177)

SOOPA mix rdio

JOÃO CASTRO PINTO influx_0.01

2:00

SIRR gesang der junglinge

ONDA SONORA Experimental Radio Sessions, madrid

DURAN VASQUEZ MAKSIM terror film for SHENTELIEV radio summer topolo perruel JOAO SILVA em TOMAS TILLY ta que lingua falo eu teste tone

Radio action_freepoint_10 9

3:00

BEAUTIFUL SCHIZOPHONIC radio romantic

XESUS VALLE Cronica de Cronicas

TIAGO MESQUITA CARVALHO a idade do silênco

JEPH JERMAN universal radio

CARLOS SANTOS TAPE NOISE modulations

6:00

ANTONIO DELLA PAUL GLAZIER MARINNA sosadm random unions

JULIEN OTTAVI (36.00) +noid -nach oben 22.17

5:00

LEE KWANG GOH 1

LEE KWANG GOH LEE KWANG GOH 2 3

SOS ULTRARED

AT C : MIGUEL CARVALHAIS E PEDRO TUDELA

PAULO RAPOSO pickpocket radio 3

1/1

URKUMA !"#$%$&%'( Psychopomp: the delivery of a deathmedium

BRANDON LABELLE & JAMES WEBB radio flirt

ANDRE GONÇALVES resonant objects (oslo)

4:00

CRONICA ELECTRONICA mix_essays2008

NATURAL MUSEUM OF SOUND Vicky_NHMoS

DOIS AO QUADRADO NR 4

MIGUEL SANTOS Sleeping Dogs Lie

DURAN VASQUEZ BEAUTIFUL terror film radio SCHIZOPHONIC radio romantic

PAULO RAPOSO N_Q_Quebec / pickpocket radio 2 Esquilo

PAUL GLAZIER random unions

TEATRO SEM TEATRO SEM TEATRO SEM FIOS: 3 parábolas FIOS lilith (42.44)+ FIOS 3 Mulheres

RADIO ACTION FREE POINT 109

23:00

CRONICA TOY BIZARRE kdi- FELIX KUBIN ELECTRONICA dctb-209 Raum fuer Crónica_RadiaLX. telemagnetische Medien / Bounce PTC LP lang

CONCERTO FABRICA

CONCERTO FABRICA

GOS_TERRE THAEMLITZ transsister radio

BRANDON LABELLE & JAMES WEBB radio flirt

URKUMA CHRISTOF !"#$%$&%'( MIGONE Psychopomp: the foursome 1 delivery of a deathmedium

CHRISTOF MIGONE foursome 2

CHRISTOF MIGONE foursome 3

CHRISTOF MIGONE foursome 4

RESPIRE A. FRIZ

RESPIRE A. FRIZ

4x3 LIVE PERFORMANCES AT RADIO ZERO STUDIO Pedro Boavida / Arruda, Tsuki

17:00

MIGUEL SANTOS FELIX KUBIN Sleeping Dogs Lie Molaradio Master 31:15

FELIX KUBIN Nachtspeicher Gesamtmix

FELIX KUBIN Raum LILIAN ZAREMBA PAUL GLAZIER fuer telemagnetische ,Rádio MEC FM random unions Medien + radio escuta Pataphysical Tape Club

FRAMEWORK

FRAMEWORK

focus jeph jerman | rob mullender | one minute vacation

RADIA SHOWS

ANDRE GONÇALVES resonant objects (oslo)

14:00

GOS_TERRE THAEMLITZ transsister radio

RADIATOR rlx_autophones

WORKSHOP PATRICK MCGINLEY - THE RESSONANCE OF PLACES

13:30

RUESENBERGFFM-CGN

LILIAN ZAREMBA ,Rádio MEC FM radio escuta

INTERVAL RECORDINGS BY IDO GOVRIN

JARDIM DO TOREL

13:00

RADIO GAGARIN shortwave sept08

MAKSIM SHENTELIEV summer topolo perruel

TOY BIZARRE kdidctb-209

PAULO RAPOSO pickpocket 2

11:00

MATHEW OSTROWSKI

FRAMEWORK 08.03.23

and

NEGATIVLAND how radio was done