You are on page 1of 10

Credito 887 c.c.

com 585 l cpc
crédito é confiança que uma pessoa inspira a outra pessoa para cumprir
no futuro uma obrigação assumida no presente.
Elementos essenciais do credito é a confiança e tempo.(possibilidade de
segurança ao credor) confianca que o devedor inspira o credor e o tempo
que é uma obrigação contraida no presente mas quitada no futuro ex
banco exige não ter restrição no nome e a garantia .
Dos títulos de créditos típicos e nominados
1Conceito documento formal com força executiva representado de um
credito liquido e certo de circulação desvinculada ou não do negocio que lhe
deu origem
2 caracteristica documentabilidade o tc é sempre um
documento(cartularidade) necessário para o exercício do direito que
representa, ou seja para o credor exigir a divida. Excecção a lei da
duplicata admitindo a execução sem a cártula pelo credor lei 5474/68 artigo
15 paragrafo 2
3Literabilidade o tc vale pelo que esta escrito nele e somente isso,
Formalismo contem todos os requisitos exigidos por lei, cada tc tem suas
qualidades e leis especificas.
4- força executiva confere ao credor o direito de cobrar o seu credito pelo
processo de execução mais rápido do que ter que discutir com uma ação de
conhecimento
5-solidariedade como regra todos os devedores to tc são solidários para o
credor
6-autonomia a causa debendi(origem da divida) é desvinculada em relação
a todos os devedores do tc. Decreto 2044/1508 artigo 43 não poderá ser
oposto ao portador de boa fé as exceções pessoais entre os originários.
7-abstração é a separação da causa ao titulo por ele originado.(títulos
abstratos) Exceção existem os causais que são aqueles que declaram a
relação jurídica que deu causa(títulos causais) exemplo duplicata, como
regra o tc desvincula da causa debendi(há tc que são causas vinculadas a
causa debendi) mas após ser colocada em circulação(endosso) tornasse
independente do negocio jurídico.
8-circulacao é a possibilidade que o tc tem de circular ou seja transferir para
o outro. Por endosso através ao nominais 922c.c. ou ao portador circula
tradição 924c c .com . 905 c.c. e o extraviado 909 c,c com 896 sobre titulo
roubado.

c.c.não podem ser protestados e sim somente pela ação monitoria. Os tc podem quanto a circulação a. não obedecendo um padrão legal não são passiveis de processos executivos.Dos títulos de créditos típicos e nominados 1.duplicata. letra de cambio 2-dos tc atípicos e inominados criados pelas partes contratantes não obdecem um padrão legal.ao portador são emitidos sem o nome do beneficiário 904 c. estudado pelo direito empresarial. (pague) gera 3 pessoas emitente. 924 do c.ex letra de cambio Requisitos formais dos tc (essenciais) formalismo dos títulos de creditos para que o tc conserve a sua força executiva é necessário que ele preencha todas as exigências legais. a ordem circula pelo endosso divide em nominal a ordem são aqueles emitidos por uma pessoa determinada que pode trasferir por endosso.sacado e beneficiario ex duplicata e letra de cambio observação.sujeito a protesto e cobrados pelo processo executivo ex cheque. não trazem ao credor garantia total .nos títulos de créditos de ordem de pagamento o credor deve apresentar o tc por ele emitido para o devedor (sacado) em tempo hábil. b-nominal são emitidos em nome de um beneficiário art 922 do c.c. . circula pela tradição artigo 907c. quanto a estrutura pode ser a-titulos de promessa de pagamento são emitidos pelo próprio devedor(promitente) em favor do credor(beneficiário) (pagarei).nota promissória .alguns requisitos são essenciais outros facultativos .c. mas sim parcial. nominal não a ordem são aqueles onde a pessoa é determinada porem em razão da sua existência não a ordem ele não tem o efeito de endosso.Dos tc típicos e nominados são definidos pela lei especifica são números clausulos. rito processual mais rápido.estudados no c civil. gera 2 pessoas emitente e beneficiário ex nota promissória e cédula de credito b-titulos de ordem de pagamento são emitidos pelo credor(emitente ou sacador) da a ordem de pagamento para ser pago pelo devedor(sacado) e o beneficiario que é a pessoa que recebe o titulo. ou seja não circulação ele so poderá por meio da cessão civil de credito.

2-requisitos presentes nos tc A e b são importantes não pode faltar os demais pode faltar .o nome do beneficiário(caso o tc não seja emitido ao portador) h.o valor que deve ser liquido (quantia determinada). a importância da sumula 387 do STF.a assinatura do emitente(tc de promessa de pagamento ou ordem de pagamento i-outros. c-o nome e o numero de um documento daquele que tem a obrigação de pagar (devedor principal). 891 com 888 c. e. 2-o aceite é um elemento cambial presente apenas nos tc de ordem de pagamento com o vencimento a prazo(credor). debêntures etc b.pode indica também onde a execução devera ser movimentada.a cambial tc emitido(promessa de pagamento(devedor) ou a ordem de pagamento (credor)com omissões ou em branco pode ser completada pelo credor antes da cobrança ou do protesto de boa fé.c aceite 1.a praça de pagamento. 18 de agosto g.pois não ira alterar o resultado antes do protesto a.o aceite é o reconhecimento pelo sacado(quem tem o compromisso de pagar) dando validade da ordem . f.a indicação do lugar e data da emissão ex franca.alem desses existe mais um (n da nota fiscal é aquele n do negocio havido ente credor e devedor pois a duplicata é um titulo causal . a ausência implica no não validamento do mesmo ou seja sem força executiva ex nota promissória .letra garrafal e em portuque a ausencia implica no não validamento do mesmo ou seja sem força executiva.local onde o titulo devera ser pago.nos tc de promessa de pagamento(devedor) e de ordem de pagamento com vencimento a vista( credor)significa submeter o tc ao devedor para o pagamento já o tc de ordem de pagamento com vencimento a prazo primeiro passa o aceite.o numero da nota fiscal (fatura na duplicata). d.c. os requisitos formais não precisa estar presente no momento da emissão do tc mas devera estar completo no momento de sua cobrança no protesto .a data (ou momento) do pagamento) correspondente a data do vencimento se não constar o titulo é a vista art 889 paragrafo 1 do c.a sua denominação traz fundamentalmente conseqüência jurídica impedindo o devedor argüir o erro do direito pois a lei presume que ele sabia.pois o titulo pode ter mais que um devedor.

esta é a exceção quando menciona aceite parcial. Já o nominal não a ordem . mas no verso da duplicata aceita apenas parcial pois o valor não confere e assina Certo seria dar o aceite . Endosso em branco somente assina .ele tem duplo efeito transfere o tc e gera uma garantia do endossante para o endossatario. O endosso em preto permite o reendosse. O endosso nominal a ordem pode ser em preto ou em branco. pode cair na prova erro na nota promissória-valor maior cobrando Obs-o aceite pode ser apenas parcial Como faz? x vai dar o aceite .ja foi explicado dando os artigos logo no começo da matéria.devedor) para dar o aceite reconhecendo que deve aquela duplicata. aval o aval é a garantia que terceiro fornece da solvabilidade do tc.de pagamento mediante a sua assinatura que passa a condição de aceitante.ou seja da a anuência da aceitação. mas no verso da duplicata colocar aceite apenas parcial valor de x e vai assinar. Endosso em preto . mas não nos atípicos e inominados que so podem ser total .não especificando alguém.e so assinando tornando assim o tc como sem nome virando ao portador pela tradição .porem pode transferir o credito que esta no titulo (cessão de credito) contrato instrumento particular de cessão de credito.a duplicata é apresentada antes de vencida para o devedor da o aceite do reconhecimento de quem em o compromisso de pagar(sacado.ou qualificado-é quando coloca o nome para quem vai endossare se colocar clausula a ordem permite o reendosso Endosso não permite a trasferencia parcial e sim somente total.não circula.mas existe titulo de ordem de pagamento que é a vista o titulo é apresentado não para dar aceite e sim para efetuar o pagamento. autônoma e solidaria É permitido o aval parcial nos tc típicos e nominados. Garantia maior o avalista tem uma responsabilidade direta. endosso 3-o endosso é a forma de circulação dos tc emitidos nominal a ordem.

tem por finalidade antecipar o vencimento do tc. Obs-o protesto indevido de um tc pode ser sustado pelo juiz a. Para sustar o protesto somente o juiz.c. a fiança no c. 48 hs para pagar no cartório. Quando se trata de ava lsucessivo .c. é possível o aval parcial nos tc típicos e nominados. o avalista que paga a divida tem direito regressivo contra devedor principal.3 do c. é a exceção também conhecido como aval em preto. a fiança como regra é subsidiaria. . mas não atípicos e inominados art 897 inciso único c. 3-havendo 2 avalista a regra é que eles são solidários salvo se o 2 avalista se colocar na condição de avalista sucessivo . É a exceção por falta de aceite que antecipa o pagamento do tc.O avalista se ele não constar o valor que ta sendo avaliado e so assinar estará avalizando toda a divida.pedindo de tutela antecipada para sustar o processo. 4-pessoa jurídica pode conceder aval desde que os seus atos constituidos não proíba 5-o aval como regra é solidário.o protesto é essencial para execução. sumula 189 do STJ. Em regra a não Ser quando o fiador abidica o beneficiário de ordem de pagamento. somente nos tc de ordem de pagamento com vencimento a prazo. se o segundo avalista nada escreve e apenas assina presume se que ambos são avalista solidários .o aval é garantia cambial. o 2 avalista deve escrever por aval sucessisivo e assinar. 6. Neste caso o 2 avalista é garantidor subsidiário (beneficio de ordem ).acao cautelar para sustar o processo 2b-acao de descontituição do titulo . pode ocorrer em qualquer tc.isso não é possível 2-o avalista casado deve obter a anuência do cônjuge art 1647.instrumento por falta de aceite nao suja o nome e sim antecipa o vencimento.civil (garante contratos) Protesto cambial é a apresentação publica do tc ao devedor feita pelo cartório de protesto para que o devedor pague o tc ou de o seu aceite 1-protesto por falta de pagamento. se não pagar o cartorio lavra o protesto(ato de apresentar o titulo ao cartório apontamento(não foi protestado ainda)e sim indicar o titulo ao protesto 2-protesto por falta de aceite.

... Letra de cambio(ordem de pagamento)(CREDOR) Decreto 57663/66 Conceito1.... .. 3-na letra de cambio são possíveis todos os elementos cambiais (endosso........... ....... Protestado data do protesto e se não foi protestado contado do vencimento......o protesto cambial atualmente interrompe a prescrição do tc....... tem que ser protestado antes nde prescreve........... Prescrição significa a perda do direito de cobrar por via executiva no prazo.........tc de ordem de pagamento onde o emitente ou sacador da uma ordem de pagamento ao sacador para que este pague o valor do titulo ao portador ou ao beneficiário indicado.......aval e o protesto por falta de pagamento e por falta de aceite) -prescrição é a perda da força executiva pela inércia do credor e decurso do prazo a-3 anos pára executar o sacado e o avalista b-1 ano para se executar o endossante c-6 meses para o exercício do direito de regresso do reendossante que pagar contra o endossante.......(credor) formas de vencmento( a vista e a prazo) forma de circulaçao nominal a ordem por endosso ao portador circula pela tradição observação a letra de cambio nunca pode ser emetida não a ordem pois a letra de cambio significa a circulação do documento................. emissor)........sacado(aquele que recebe a ordem de pagamento) e o beneficiário(tomador ou favorecido) ou as vezes por ser por portador circulando pela tradição......aceite........... assim so poderá em um processo de conhecimento(monitoria) rito mais rápido. estrutrura da letra de cambio a-emitente ...... contado da data do pagamento credor pode executar o sacado ou avalista(garantia) 3 anos depende... mas não mais executivo........3-Prescrição é a perda da força executiva do tc pelo decurso do prazo legal............... mas continua credor...... 2-participes da letra de cambio sacador(emitente ...........

................. FINALIDADE DE PROTESTO EM FALTA DE ACEITE............................ .....ANTECIPAÇAO DO VENCIMENTO TORNANDO O TITULO DEFINITIVO EX.b-sacador c-beneficiario.p traduz uma promessa de pagamento direta que o devedor emitente faz ao beneficiário (credor) razão pela qual ela não pode ser emitida na modalidade ao portador............... e apenas o protesto por falta de pagamento.1 ano para executar o endossante que pagou a agir regressivamente contra o endossante..... aval..podemos executar o avalista.. Observação-a n..........tc de promessa de pagamento abstrato. não se protesta avalista.......... Observação para executar o emitente devedor e o avalista não é necessário protestar 6´prescriçao a. mediante o qual o emitente e devedor se obriga a pagar ao beneficiário(credor)ou a quantia em dinheiro nela declarado.............3 anos para executar o emitente devedor e o avalista contado do venciimento ou do protesto b...... .................. Duplicata(ORDEM DE PAGAMENTO)CREDOR lei 5454/68 art 9 paragrafo 1 e 2 pagamentos da duplicata......participes. 4. somente se protesta o devedor principal . tipos de duplicata . nota promissória PROMESSA DE PAGAMENTO(DEVEDOR) Decreto 57663/66 1-titulo de promessa de PAgamento abstrato 2-conceito...... contado da data do pagamento.........emitente(devedor) e beneficiário (credor) 5 elementos cambiais na n.p Endosso...... protestado o devedor principal.. A ENVIA B..podendo ser ao portador ou para o próprio emitente.... LAVRO O PROTESTO FALTA DE ACEITE(PROTESTADO).... ELE DEVOLVE SEM ACEITE.

..............compra e venda mercantil e a prestação de serviços. Titulo causal .....aval..........preço.para a emissão da duplicata de prestação de serviços exige o contrato prévio e para a emissão da duplicata mercantil a fatura ou a nota fiscal fatura conceito..... Requisitos-contrato escrito para o credor emitir é necessário um documento chamado fatura consta quem vende.. mantem o liame com a sua causa de origem elementos cambiais na duplicata a-endosso.....data.. força executiva na duplicata a-duplicata com aceite basta o titulo (duplicata) b-duplicata sem o aceite deve ser juntado ao processo............hoje consolido e virou apenas um documento......................... o titulo (duplicata)o instrumento de protesto.........a-duplicata comercial ou mercantil b-duplicata de prestação de serviço obs....representativo de um saque que encontra justificativa ou em uma venda mercantil ou num contrato de prestação de serviço... Estrutura da duplicata a-emitente(credor)vendedor ou prestador de serviço b-sacado (deVEDOR)COMPRADOR DA MERCADORIA OU DO SERVIÇO .. .. Não pode ser emitido na modalidade portador ou nominal não a ordem e sim somente nominal a ordem através do endosso.... aceite(pode ser substituído ) e protesto... a nota fiscal fatura ou o contrato de prestação de serviços e o comprovante da entrega da mercadoria ou da prestação de serviço.endereço etc Nota fiscal fatura(antes era 2 documentos para exigir(tributário e a nota fiscal) . ....... circulante por meio do endosso.............tc formal.....PODE SER TANTO JURIDICA COMO FISICA.. Duplicata não pode ser emitida em qualquer negocio e apenas em 2 modalidades... OBSERVAÇÃO A DUPLICATA SOMENTE SERA EMITIDA POR UMA PESSOA JURIDICA . causal.........DEVEDOR..por falta de pagamento e por falta de aceite b-aceite pode ser subistituido pelo comprovante de entrega da mercadoria ou prestação de serviço.

para ser depositado tal dia x(dia que devera ser depositado).O CHEQUE É UM TC QUE CONTEM UMA ORDEM DE PAGAMENTO SEMPRE A VISTA. pois so permite um endosso e si não tem aceite não vai ter protesto por falta de aceite excluindo o acessorio 3 formas de emissão Ao portador circula pela tradição Nominal a ordem.endosso. só pode ser depositado. pois estão presentes os requisitos da confiança e do tempo Cheque com cruzamento geral.CHEQUE ordem de pagamento (devedor) LEI 7357/85 CONCEITO. reendosso não. Natureza jurudica dos tc. para que pague a pessoa nomeada . Prescrição 6 meses contados do prazo de apresentação Prazo para apresentação –mesma praça 30 dias franca a franca Praça diversa franca a rio de janeiro 60 dias. mas coloca bom para x dia(dia da emissão) Pos.circula por endosso Nominal não a ordem objeto de cessão de credito.emite hj.protesto so por falta de pagamento. Aval presente em todos os títulos . não pode ser descontado 9069/95 art 69 admite a emissão ao portador somente inferior a 100 reais Considera pagamento a vista o cheque art32 desta lei do cheque Elementos cambiais no cheque Aval. Os efeitos jurídicos do cheque pré ou pos datado Direito penal relativo ao cheque art 171 paragrafo 2 inciso 5 do cp . a soma em dinheiro constante do titulo depositada pelo emitente junto ao banco sacado. endosso sim. EMITIDA ou sacada contra um banco ou ente assemelhado. Cheque Pre e pos datado Pré datado -emite hoje. não tem aceite pois o aceite é um elemento de ordem de pagamento a prazo . a sua ordem ou ao portador.

beneficiário ou ao portador.credor . a-emitente ou sacador(correstista do banco) b-sacado(banco ou assemelhado) c.Participes do cheque.