You are on page 1of 5

ETAPA

:

TD DE FÍSICA - IME
PROFESSOR (A):

ALUNO(A):

01. Uma

ALEXANDRE CASTELO

SÉRIE:

Nº QUESTÕES:

ENSINO:

APLICAÇÃO:

TURNO:

UNIDADE(S):

câmara de refrigeração opera de acordo com um ciclo termodinâmico no qual se retiram 13
kJ. A energia necessária para acionar o ciclo de refrigeração é obtida através de uma outra máquina
térmica que opera em um ciclo termodinâmico, cujo rendimento é 50% do máximo admissível.
Nesse caso, 20 kJ oriundos da queima de óleo combustível a 527°C são cedidos ao motor térmico.
Suponha que ambos os ciclos rejeitem energia para o ambiente, cuja temperatura é 27°C, e que o
rendimento do ciclo de refrigeração seja 40% do máximo admissível. Determine a temperatura, em
graus Celsius, no interior da câmara, considerando que 80% da energia disponibilizada pelo ciclo
motor é efetivamente utilizada para o acionamento do ciclo de refrigeração.

onde k é uma constante de proporcionalidade e θ é o ângulo de deslocamento. sabendo que ela foi fechada durante 10 s. que durante esse período o fluxo de carga pela chave se manteve aproximadamente constante e que. Determine: a) o valor de k. a placa possui dimensões infinitas.85. após a chave ser aberta. sabendo que o ângulo de equilíbrio do sistema nas condições iniciais é 45º. com um dos extremos conectado a uma mola espiral e o outro conectado a uma carga positiva pontual de 1 µC. não ideal. de resistência igual a 0.10-12 F/m .1 mΩ. o sistema atingiu o equilíbrio em um ângulo de 30º. Um dispositivo possui uma haste feita de material isolante de 10 cm de comprimento. Considerações: • para o problema em questão. O torque de reação da mola τ R é dado por τR = kθ. para as condições do item b. Uma placa de 50 cm de largura por 40 cm de altura possui uma carga positiva de 10 µC distribuída uniformemente em sua superfície. Dado: • Permissividade elétrica do meio: ε0 = 8. • despreze a massa da carga pontual e da haste. b) a corrente que circulou na chave S. Este dispositivo está montado em frente a uma escala graduada em graus. na qual a posição 0º corresponde ao ponto de equilíbrio no qual nenhuma força elétrica é aplicada à carga de 1 µC.02. c) a energia dissipada na chave.

constante e uniforme. No instante t = 0. . determine: a) a corrente elétrica mínima que a barra deslizante deverá suportar para não se romper. Esse sistema está imerso em um campo magnético externo.5 T. • ρbarra condutora = 3π . b) a potência dissipada pelo fusível aos 45 s. Observação: • Antes de t = 0.5 mm.0 cm.03. a barra condutora encontra-se a uma distância x0 da extremidade fechada da barra em U. mantendo o contato sobre dois trilhos horizontais formados por um fio metálico em forma de U. • r = 0.10-8 Ω. • B = 0.0 cm/s.m para a temperatura local.0 cm. • v = 5. • ρmetal em U = π. A figura acima apresenta um sistema composto por uma barra condutora que desliza com velocidade uniforme de módulo v. • x0 = 5.m para a temperatura local.10-8 Ω. o sistema não tem corrente induzida. Dados: • h = 10. Sabendo que a barra deslizante funcionará no circuito como um fusível. Os trilhos e a barra condutora deslizante são fios cilíndricos de raio r. com direção e sentido indicados na figura.

10-7 Tm/A.09 m. • comprimento da bobina: l = 0. • distância entre os pontos: d = 0. após a haste. a fim de permitir que a velocidade do corpo no momento em que ele atinge o ponto B seja 5 vezes a sua velocidade no ponto A. Dados: • número de espiras do eletroímã: n = 10. que se encontrava aberta. • massa do corpo: m = 0. Determine a expressão da corrente elétrica i(x). Um corpo ferromagnético de massa m é mantido parado sobre um plano inclinado sem atrito com ângulo θ com o plano horizontal. • comprimento do plano inclinado: L = 1.04.1 m. passar pelo ponto A. mediante controle da corrente elétrica da fonte.1 m. que é solidária ao corpo.1 kg. a chave Ch do circuito. • parâmetro associado à característica do corpo e demais características do meio: α.0 m. Ao final do plano inclinado existe um eletroímã conectado a  uma fonte elétrica.m3/Ts2. • altura do plano inclinado: h = 0. • Aceleração da gravidade: g = 10 m/s2. que impõe uma força F igual a  B no sentido do plano inclinado. Esta força x2 sobre o corpo é mantida constante. é fechada. O corpo é liberado da sua posição inicial e. . • permeabilidade magnética do meio: µ = 4π. • constante: α = (10 3/π) kg.   Observações: • vetor indução magnética: B .

Se o período deste pêndulo é 1 s à temperatura de 20 oC e o coeficiente de dilatação linear do fio do pêndulo é 1. • o processo de dilatação é instantâneo. 05. determine o valor da energia calculada pelo banhista. Dados: aceleração da gravidade: 10 m/s2. Considere que: • o banhista absorve toda a radiação incidente. intensidade da Radiação Solar: 1320 W/m2. em um dia de sol. no momento em que a temperatura ambiente é 50 oC. deitado na areia da praia.Um banhista resolve medir a quantidade de energia solar absorvida pelo seu corpo.0 x 10 -2 oC-1. ele estima a área do corpo exposta à radiação em 1 m2 e mede o tempo de exposição como sendo 3600 vezes o período de um pêndulo simples. Para tal. .