You are on page 1of 4

Didática e profissionalização docente

Profª Elaine

Identidade profissional

Natureza do trabalho docente ensinar como contribuição ao processo de humanização dos alunos historicamente situados ( PIMENTA,2005). Nesse contexto os conhecimentos da didática são necessários para a compreensão do ensino como realidade social e que o futuro professor possa desenvolver a capacidade de investigar a própria atividade para transformar seus saberes em um processo contínuo de construção de sua identidade profissional.

Objetivos

21/08/2015

Entender o significado da identidade profissional do professor;

 

Identificar os saberes docentes

Entender a importância da formação do professor que seja “ reflexivo”

Identidade profissional

A

identidade

profissional

é

dinâmica

(vai

se

transformando e adquirindo novas características diante das realidades sociais) e construída a partir :

Da significação social da profissão ( que emergiu em um dado contexto e momento históricos, como respostas a necessidades colocadas pela sociedade).

(O

conhecimento subdivide-se em três estágios: o da

e

Da

discussão

sobre

o

conhecimento

informação; o da análise, classificação

contextualização da informação e o da inteligência, sabedoria e consciência.

Vincular o conhecimento de maneira útil e pertinente Trabalhar com as informações classificando-as, analisando-as e

Vincular o conhecimento de maneira útil e pertinente

Trabalhar com as informações classificando-as, analisando-as e contextualizando-as

Os dados são analisados, processados e articulados

Isolados não apresentam utilidade

Pirâmide informacional ( MACHADO, 2011)

Os saberes docentes

Tardif ( 2002) destaca que:

o saber docente se compõe, na verdade, de vários saberes provenientes de diferentes fontes. Esses saberes são os disciplinares, curriculares, profissionais e experienciais.(p.33)

Saber docente saber plural ( integra vários saberes)

21/08/2015

Identidade profissional

Do entendimento sobre a realidade escolar - conhecer as realidades escolares, com o olhar de um futuro professor e não mais como aluno.

Os saberes docentes

Tardif( 2002, p. 36) elenca alguns tipos de saberes:

Saberes da formação profissional conjunto de saberes

de

professores Saberes pedagógicos concepções provenientes de reflexões sobre a prática educativa em seu sentido amplo, e que conduzem a sistemas de representação e orientação da atividade educativa. Saberes disciplinares saberes que correspondem aos diversos campos do conhecimento, na forma de disciplinas e emergem da tradição cultural e grupos produtores de saberes.

transmitidos

pelas

instituições

de

formação

Os saberes docentes

Saberes curriculares

objetivos , conteúdos e métodos a partir dos quais a instituição escolar categoriza e apresenta os saberes sociais por ela definidos e selecionados. Saberes experienciais Os professores, no exercício de suas funções e práticas de sua profissão, desenvolvem saberes específicos, baseados em seu trabalho cotidiano e no conhecimento de seu meio; eles aparecem as experiência e são por ela validados cultura docente em ação o ensino se desenvolve num contexto de interações que são condicionantes diversos para a atuação do professor.

aos discursos,

correspondem

O professor reflexivo

O prof. Donald Schon propôs uma formação profissional baseada na epistemologia da prática, ou seja, na valorização da prática profissional como momento de construção de conhecimento, através da reflexão, análise e problematização (PIMENTA E GHEDIN, 2002, p.19). Reflexão na ação diante de situações novas os profissionais constroem soluções por novos caminhos. Reflexão sobre a ação compreende uma investigação (compreensão das origens , uma busca, uma análise de uma determinada situação)

21/08/2015

O professor reflexivo

O professor reflexivo:

relativiza seus saberes, questionando-os sempre. Encontra-se numa busca constante de reformulação dos saberes através da reflexão sobre e na prática, o que aprimora a ação docente e ressignifica a identidade do professor.

Ser reflexivo não é um adjetivo do professor, mas sim um conceito, um processo a ser desenvolvido.

O professor reflexivo

O prof. Donald Schon propôs uma formação profissional baseada na epistemologia da prática, ou seja, na valorização da prática profissional como momento de construção de conhecimento, através da reflexão, análise e problematização (PIMENTA E GHEDIN, 2002, p.19). Reflexão na ação diante de situações novas os profissionais constroem soluções por novos caminhos. Reflexão sobre a ação compreende uma investigação (compreensão das origens , uma busca, uma análise de uma determinada situação)

Algumas reflexões

O que é ser um bom professor? Existe um modelo ideal?

O que é ter didática para ensinar?

Existem atribuições necessárias à prática docente?

Como transformar nossa prática pedagógica?

É necessário pesquisar nossa própria prática?

Referências

21/08/2015

MACHADO, N.J. Epistemologia e didática. 7ª edição. São Paulo: Cortez, 2011. MAIA, CHRISTIANE MARTINATTI; SCHEIBEL, MARIA FANI ; URBAN, ANA CLAUDIA. Didática : organização do trabalho pedagógico. Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2009. 340 p. PIMENTA, S.G.(org). Saberes pedagógicos e atividade docente. 4ª edição. São Paulo: Cortez, 2005. PIMENTA, S.G.; GHEDIN, E. (orgs). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um contexto. 5ª edição. São Paulo: Cortez, 2002. TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 5ª edição. Rio de Janeiro:Vozes, 2002.