ÉTICA NOS DIAS DE HOJE Texto básico: Salmo 14 Leitura diária Segunda: Convicção da nossa fé Daniel 3.

10-30 Terça: Corrupção do Ser Humano Romanos 1.28-32 Quarta: A Justiça Divina Gênesis 6.1-13 Quinta: A religião superficial Mateus 23.25-28 Sexta: Somos culpados Mateus 15.11-20 Sábado: União solução 1ª Coríntios 6.9-11 Domingo: Única verdade Salmo 19.1-14 Objetivo da lição: conhecer as alternativas éticas para a vida em sociedade. INTRODUÇÃO A Ética Cristã se constitui a alternativa para a nossa sociedade pluralista, superficial e relativista. Na linguagem de J. Scott é a contracultura cristã. Os princípios e os valores da Palavra de Deus devem ser usados como conteúdo para a formação de uma inteligência moral , hoje. Falar de ética nos dias de hoje é uma tarefa desafiadora, já que vivemos num mundo em que os valores e os costumes da sociedade têm se modificado com uma enorme rapidez. Podemos considerar que existem inúmeras posições éticas tomadas pelas pessoas. Não existe um padrão comum na maneira das pessoas encararem as questões que envolvem a vida. EXPOSIÇÃO 1. ALTERNATIVAS ÉTICAS 1.1. Deontológica Quando o conceito do certo e errado é determinado por padrões préestabelecidos, que pretendem valer para todas as pessoas em todas as épocas. Exemplo: Bíblia para os cristãos e o Alcorão para os muçulmanos. Deon significa dever, isto quer dizer que r dizer que o homem encontra nestes livros os seus deveres. O seu comportamento vai estar condicionado às normas destes livros e não ao contexto social em que vive. 1.2. Teleológica Quando o conceito do certo ou errado depende dos resultados positivos das nossas atitudes, o resultado define o que é certo e errado.

Exemplo: A pena de morte e a liberação das drogas são válidas se diminuírem a criminalidade . Neste caso, a norma é válida enquanto os resultados forem positivos. Temos então uma Ética Relativista. 1.3. Situacionista Quando o certo ou o errado está vinculado ao contexto social e cultural, onde a decisão é tomada. Nesta alternativa as normas mudam de acordo com as mudanças da sociedade. Exemplo: Mulher usar calça cumprida era proibido; já hoje não existe esta restrição; homossexualismo era algo combatido, hoje, porém, não encontra tanta resistência. Neste caso também a Ética se torna relativa, já que é definida de acordo com o contesto, e está sempre em mutação. 2. ÉTICA DOS DIAS DOS JUÍZES E A ÉTICA DE HOJE 2.1. Juízes 17.6 Não havia autoridade que estabelecesse as normas, ou que determinasse o cumprimento das normas da Lei. Cada qual fazia o que achava mais reto aos seus olhos. Este é o pensamento básico de nossa época também, quando a pessoa quer ter a liberdade de tomar a decisão que achar melhor sem ser questionada Vivemos num período em que as . pessoas não querem se submeter a qualquer autoridade, achando-se no direito de determinar as suas normas de acordo com os seus desejos, sem que haja limites impostos. É uma sociedade que vive debaixo da concupiscência da carne (Efésios 2.3). As autoridades foram constituídas por Deus para que estas normas escritas na consciência humana (Romanos 2.1415) fossem respeitadas pelos homens (Romanos 13.4). As instituições que deveriam ter autoridade sobre nós, infelizmente, não gozam mais de credibilidade; família, justiça, governo, polícia, escola. Com isso vivemos uma época difícil, com relação ao comportamento do ser humano, que não tem fundamentos para buscar a sua postura ética diante da sociedade, e a caba escolhendo o que lhe parecer melhor, de acordo com os seus interesses. 2.2. Juízes 17.1-5 A cada um define a sua religião, cria as suas doutrinas e organiza a sua liderança conferindo lhe títulos. 2.3. Juízes 18.1-9, 27-29 A propriedade não é respeitada. Vemos no texto que os danitas queriam uma terra mais segura do que aquela que habitavam próxima aos filisteus, e sem consultar a Deus mataram todo um povo para ficar com as suas terras. O povo de Israel não precisava de mais terras, mas sim de ser fiel a Deus, que o guardaria e o sustentaria. Hoje existem vários movimentos populares no Brasil que partem deste princípio, de que a necessidade é a principal lei dos homens. Dizem: Se nós precisamos de alguma coisa devemos

tomá-la para suprir nossas necessidades. A grande parte dos crimes contra a pessoa é fundamentada neste ponto de vista. 2.4. Juízes 19.22-25 Vivemos uma época em que a imoralidade está dominando, quando o homem se acha no direito de realizar todos os desejos sexuais, sem qualquer tipo de condenação. O que acontece neste contexto é que a violência sexual começa a crescer, já que todos e stão em busca da satisfação de seus desejos Os homens de Israel tinham a audácia de bater na porta de uma família para obrigá a -la participar de uma orgia sexual. 2.5. Juízes 20.8-14 Existe uma divergência da sociedade com relação ao conceito de disciplina. Alguns acham que não devemos refrear nada, para não causarmos traumas nas pessoas. Em consequência, vivemos numa época em que estamos ficando traumatizados com a nossa sociedade e suas barbaridades. A tribo de Benjamim não concordou com a punição daquele homens, antes, se levantou para s defendê-los. 3. ÉTICA DE HOJE E OS VALORES HUMANOS DE TODOS OS TEMPOS 3.1. Lucas 17.26-30 Neste trecho, Jesus aponta para alguns valores comuns que iriam acompanhar a humanidade até a sua volta: Busca do prazer (v.26) comiam, bebiam e casavam-se. Busca da prosperidade (v. 28) plantavam, vendiam, e edificavam. Segundo a Palavra de Deus, a busca do prazer e a busca da riqueza são responsáveis pela deturpação do homem, e de suas atitudes. Vejam o exemplo de Salomão: Ecle siastes 2.1, 4-11. Hoje vivemos num tempo em que os valores que determinam as ações do homem são o prazer e a riqueza pessoal. Isso leva muitas pessoas a buscarem na religião um meio para se chegar a estes objetivos, que são totalmente contrários à vontade de Deus para as nossas vidas. Quantos cristãos não vivem somente buscando estes valores, pedindo a bênção de Deus para que possam conquistá-los? 3.2. 2 Timóteo 3.1-5 Paulo descreve a Timóteo como serão os homens dos últimos tempos, mostrando uma identificação total com o comportamento das pessoas nos dias atuais. Podemos destacar deste texto algumas atitudes que caracterizam as pessoas que formam a nossa sociedade: 3.2.1 Egoístas

Pessoas que só pensam em si mesmas, na sua vontade e seus desejos. O individualismo é uma característica marcante da nossa sociedade. 3.2.2. Blasfemadores Pessoas que lançam ofensas contra outros, fazem afirmações que não podem provar, como se fossem de fato verdade, sem qualquer preocupação com as conseqüências de suaspalavras. 3.2.3. Desobedientes aos pais As crianças não querem viver debaixo dos limites impostos pelos pais, querem ser donos de suas próprias vidas. 3.2.4. Irreverentes Pessoas que não respeitam, não acatam nenhuma autoridade, aliás, não tratam o semelha nte como alguém de respeito. Nem respeitam a si mesmos. 3.2.5. Sem domínio de si Pessoas que estão fora de controle. Não existem mais limites para o comportamento humano, tudo é uma questão de vontade momentânea. Não estão nem um pouco preocupados com as conseqüências de suas atitudes. 3.2.6. Inimigos do bem Existe uma inclinação total para as coisas que destroem o homem e seu semelhante. Exemplo: vícios, violência, promiscuidade etc (João 3.19). 3.2.7. Atrevidos Nem a morte tem limitado as ações de pessoas nos dias de hoje. Estão dispostas a correr qualquer risco para praticar os seus desejos. 3.2.8. Amigos dos prazeres A busca do prazer é um valor absoluto e comum na nossa sociedade. 4. ÉTICA DE HOJE E A VISÃO DO MUNDO DE NOSSOS DIAS 4.1. Visão do mundo sem Deus (Salmo 14) O salmista nos mostra que não existindo a noção de um Ser superior, que tenha a autoridade sobre nossas vidas para determinar o que devemos fazer, e, também para punir as transgressões cometidas pelos homens, a corrupção toma conta da h umanidade, e a prática do bem se torna algo incomum entre os homens. Boa parte das pessoas no nosso mundo vive nesta perspectiva de um mundo que surgiu do acaso, que a nossa existência se resume a esta vida, não existindo outra esperança para o ser humano. 4.2. Visão de um mundo sob a influência dos espíritos maus

Infelizmente, a visão religiosa que mais cresce em nosso meio, afirma que os males que assolam a nossa sociedade têm sua origem nos espíritos maus, que atuam sobre o homem, existe a necessidade de se libertar da influência destes espíritos nas nossas vidas. A questão ética será solucionada no mundo sobrenatural, o homem não é culpado e por isso responsável pelos seus atos, já que tomou aquelas atitudes debaixo da influência de espíritos poderosos.A palavra pecado e o conceito cristão de corrupção do homem não existem nesta visão (Romanos 6.23; Salmo 51.5). CONCLUSÃO Há muito tempo se tem afirmado que o problema da nossa nação é a corrupção. Já escutei várias vezes que resolvendo o problema da corrupção o nosso país encontrará um caminho de desenvolvimento e justiça social. Podemos concordar que resolvendo o problema da corrupção, o homem encontrará melhor caminho para a sua vida, mas sabemos que as soluções buscadas pelos homens têm as suas limitações. Só Jesus para libertar o homem do pecado e de toda injustiça por ele praticada. Neste aspecto entra a Missão da Igreja em proclamar o Evangelho e ser Luz no meio de uma sociedade perdida. PONTOS PARA DISCUTIR 1 Os valores e a postura ética da sociedade não estão se tornando influências comuns dentro da Igreja? (Romanos 12.2). 2 Qual o papel da Igreja dentro deste mundo corrompido? (Mateus 5.3-16). 3 É verdade que é mais difícil ser cristão nos dias de hoje? (Hebreus 11.36-39).

---------Artigo: Ética nos Dias de Hoje Autor: Carlos César Mendes Ribeiro Revista Educação Cristã volume 5 |Tema: Inteligência Moral (lição nº 1) Publicação: SOCEP EDITORA LTDA Rua Floriano Peixoto, 103 Centro Tel/fax: 19 3464 9000 CEP 13450-022 SANTA BÁRBARA D OESTE SP Site: www.socep.com E-mail: vendas@socep.com.br

ÉTICA DOS DIAS DOS JUÍZES E A ÉTICA DE HOJE

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful