São Paulo, 1 a 14 de agosto de 2009

jornal da zona leste

Aniversário da Mooca vai acabar em pizza!

"Pizza é uma preparação culinária que consiste em um disco de massa fermentada de farinha de trigo, regado com molho de tomates e coberto com ingredientes variados que normalmente incluem algum tipo de queijo, carnes preparadas ou defumadas e ervas, normalmente orégano ou manjericão, tudo assado em forno por um pizzaiolo". Essa é uma definição genérica para um dos alimentos prediletos da nossa capital, que não faz justiça ao verdadeiro valor da

pizza. Quem nunca se reuniu com amigos para saboreá-las em uma pizzaria, em um ato que comumente simboliza celebração e acordo entre as pessoas. Prova da paixão paulistana está nos números: só na cidade de São Paulo já são 5.895 estabelecimentos cadastrados onde a pizza é a estrela principal do cardápio. Para se ter uma idéia, o paulistano consome tanta pizza em um ano, que se elas fossem colocadas lado a lado em uma linha reta, daria uma distância de 129 mi-

lhões e 500 mil quilômetros, o suficiente para ir e voltar à Lua 168 vezes. Conhecedor desta realidade, o Jornal da Zona Leste idealizou e promoverá o concurso "Pizza Mooca", o concurso é voltado a valorização da gastronomia mooquense e com o objetivo de incentivar e valorizar as pizzarias e pizzaiolos do bairro. O evento fará parte do calendário de festejos do aniversário de 453 anos do bairro, e contará com o apoio oficial da Subprefeitura Mooca. As três melhores pizzas se-

rão avalia das e premiadas da seguinte forma: "Pizza Mooca - Ouro", "Pizza Mooca - Prata" e "Pizza Mooca - Bronze". As pizzarias mooquenses interessadas em participar dessa celebração da pizza e do bairro da Mooca, deverão comparecer a sede do JZL à Av. Paes de Barros, 916 para fazer sua inscrição e conferir o regulamento do concurso. Maiores informações pelo

telefone: 2605 2211 ou pelo e-mail jornaldazonaleste@gmail.com.

5HFRPHQGDPRV FRQVXPLU VHPSUH TXH SXGHU QR QRVVR EDLUUR
7HUHPRV PXLWR SUD]HU HP DWHQGr ORV;

)HVWLYDO GH 6XVKL H 6DVKLPL
$OPRoR H MDQWDU Av. Paes de Barros, 906 Mooca )RQH
www.kojisushi.com.br $ YRQWDGH WRGRV RV GLDV

Boa alimentação deve ser preocupação desde os primeiros anos de vida
Os pais estão trocando a alimentação saudável – e até mesmo a amamentação exclusiva – por alimentos ricos em gorduras e açúcares. A conclusão é de uma pesquisa realizada pela disciplina de Nutrologia do Departamento de Pediatria da UNIFESP, com 270 pais de crianças freqüentadoras de berçários de creches públicas e filantrópicas da capital paulista. O estudo aponta que a introdução de alimentos industrializados – como macarrão instantâneo, açúcar refinado, suco de frutas artificial e até mesmo salgadinhos e embutidos – começa antes dos três meses de idade e são ofertados às crianças por 67% dos pais que, em sua maioria, são jovens, com baixa escolaridade e menor poder aquisitivo. De acordo com Maysa Helena de Aguiar Toloni, nutricionista e autora da pesquisa, os resultados preocupam, uma vez que a obesidade infantil já é considerada um problema de saúde pública no Brasil, onde cerca de 10% das crianças apresentam excesso de peso e, aproximadamente 20% dos adolescentes estão acima do peso. “Vale lembrar que 60% das crianças e adolescentes obesos já sofrem de hipertensão e dislipidemia, que é o aumento do nível de gordura no sangue e que está intimamente ligada às doenças coronarianas”, afirma. A nutricionista explica que a ingestão precoce, continuada e excessiva de alimentos altamente calóricos e de baixo valor nutricional está associada ao abandono do aleitamento materno e ao baixo consumo de frutas, legumes, cereais e hortaliças. “Além de esse comportamento comprometer o crescimento e desenvolvimento infantil, também é comum desencadear processos alérgicos, carências de vitaminas e minerais, obesidade infantil e o surgimento, cada vez mais precoce, das chamadas Doenças Crônicas Não Transmissíveis que incluem o diabetes, hipertencontribuir com conteúdo nutricional. Apesar do preconizado, a pesquisa mostra que, até os três meses de vida, 31% dos pais afirmaram ter oferecido açúcar ao filho; 49%, chás e, 18%, mel. Até os doze meses, esse número é mais alarmante ainda. O açúcar atinge o índice de 87%; o chá, 88%, e, o mel, 73%. “O uso precoce de açúcar faz parte de hábitos culturalmente estabelecidos e utilizados erroneamente pelas mães para ‘satisfazer’ o paladar da criança”, explica a nutricionista. “Um exemplo disso é o uso do mel, que é totalmente contra-indicado no primeiro ano de vida devido à imaturidade da flora intestinal e ao risco de favorecer as intoxicações alimentares causadas pelo bacilo Clostridium botulinum, responsável pela transmissão do botulismo intestinal”. Outro dado que chama a atenção é a idade com que as crianças começam a conhecer os refrigerantes: entre o primeiro e o sexto mês de vida, 12% delas já experimentaram. Até os noves meses, esse índice sobe para quase 20% e mais da metade (56,5%) já teve a bebida incluída no cardápio até o primeiro ano de vida. A nutricionista ressalta a importância de se manter a amamentação exclusiva até os seis meses de vida, sendo desnecessária a oferta de água, chás ou qualquer outro alimento sólido ou líquido. “Somente depois dos seis meses é que a criança está apta a receber, de forma lenta e gradual, outros alimentos adequados à idade, mas sempre mantendo o leite materno até, no mínimo, os dois anos de idade”, afirma. “Além dos refrigerantes possuírem açúcar, contêm corantes e aditivos químicos e, mesmo em ocasiões especiais, como festas e comemorações, a criança deve receber alimentação especialmente preparada para ela de forma caseira e balanceada, evitando a integração precoce a uma dieta pobre em nutrientes e hipercalórica”.

'LFDV VLPSOHV H SUiWLFDV SDUD FULDU R KiELWR GD DOLPHQWDomR VDXGiYHO SDUD VHXV ILOKRV
• Evite refrigerantes, porque não oferecem nutrientes importantes à dieta da criança. Ainda podem tirar o apetite, pois o gás da bebida dá a sensação de saciedade. Incentive seu filho a ingerir frutas, legumes, verduras, carnes magras e cereais. Por outro lado, fuja de fast-foods, refrigerantes e alimentos industrializados. Use a criatividade e prepare pratos supercoloridos. Quanto mais cores tiverem os alimentos, maior será o valor nutritivo da refeição. Não utilize brinquedos para convencer a criança a comer e nem estimule-a a assistir a televisão durante a refeição. O horário da alimentação deve ser agradável, mas não pode tornar-se um entretenimento. As refeições devem ser realizadas sempre no mesmo local - de preferência, junto à família. Quando a criança começar a comer sozinha, dê uma colher para ela e use outra para alimentá-la ao mesmo tempo. Como a bagunça é inevitável, forre o chão com um plástico, coloque uma roupinha velha na criança e mãos à obra! Se seu filho não gosta de legumes e verduras, veja nossas dicas de receitas que fazem com que as hortaliças fiquem camufladas em pratos deliciosos. Nunca dê alimentos para seu filho como brinde ou castigo. As crianças devem ter limites: A criança sem limites vai abusar das calorias e das guloseimas. Devemos ter um dia por semana e situações em que podemos ser mais liberais. Lanche nos horários certos: o ideal são 6 refeições diárias e evitar as beliscadas fora desses horários. Não oferecer comida como recompensa: "Coma toda a sopa para ganhar a sobremesa". Passa a idéia de que tomar sopa não é bom e que a sobremesa é que é o máximo. Cuidados com os castigos: "Se não comer a salada, não vai ganhar presente". Isso somente vai aumentar o ódio que a criança sente das saladas.

• •

• •

• •

são arterial, obesidade, dislipidemias, acidente vascular cerebral, diversos tipos de cânceres, artroses, enfisema pulmonar, entre outras”.

• •

'RFH" 6y R GDV IUXWDV
Segundo Maysa, já foi comprovado, cientificamente, que a criança nasce com preferência ao sabor doce. Entretanto, o Ministério da Saúde recomenda que a adição de açúcar deve ser evitada nos dois primeiros anos de vida, pois, antes dessa fase, é desnecessária e só aumenta a incidência de cáries e o valor calórico da dieta, sem

Alimentação de crianças
A alimentação e a nutrição adequadas são requisitos essenciais para o crescimento e desenvolvimento das crianças. Mais do que isso: são direitos humanos fundamentais, pois representam a base da própria vida. Conheça os dez passos da alimentação saudável para crianças brasileiras menores de dois anos:
Dar somente leite materno até os seis meses, sem oferecer água, chás ou quaisquer outros alimentos; A partir dos seis meses, oferecer de forma lenta e gradual, outros alimentos, mantendo o leite materno até os dois anos de idade ou mais; Apartir dos seis meses, dar alimentos complementares (cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas e legumes) três vezes ao dia se a criança receber leite materno e cinco vezes ao dia, se já tiver desmamado; A alimentação complementar deve ser oferecida sem rigidez de horários, respeitando-se sempre a vontade da criança; A alimentação complementar deve ser espessa desde o início e oferecida de colher; deve começar com consistência pastosa (papas, purês) e, gradativamente, deve ter sua consistência aumentada, até chegar à alimentação da família;

A versatilidade do cuscuz
O kuz-kuz ou alcuzcuz nasceu na África Setentrional. Inicialmente, feito pelos mouros com arroz ou sorgo, o prato se espalhou pelo mundo no século XVI, quando passou a ser preparado com milho americano. No Brasil, a iguaria foi trazida pelos portugueses e acabou se popularizando durante a fase Colonial. Nessa época, estava presente apenas nas mesas das famílias mais pobres e era a base da alimentação dos negros. Confeccionado pelos escravos, o cuscuz era vendido em tabuleiros pelos mestiços, filhos e netos de cuscuzeiras anônimas. Aos poucos, o prato foi sendo incorporado à nossa cultura e ganhou versões regionais e mais sofisticadas. Hoje, há basicamente dois tipos de cuscuz: do Nordeste e do Centro-Sul, ambos, preparados com massa de milho. Em São Paulo e Minas Gerais, o prato se transformou em uma refeição mais substancial. Confeccionado com farinha de milho e recheado com camarão, peixe ou frango e molho de tomate, nesses Estados o cuscuz é servido como entrada, acompanhamento e até como prato principal. No Nordeste, a massa de milho feita com fubá é temperada com sal, cozida no vapor e umedecida com leite de coco com ou sem açúcar. Nessa região, o prato é servido de manhã, acompanhado com manteiga, ou na ceia da noite, dissolvido em leite, quando se transforma em uma saborosa sopinha.

Passo 1

Passo 2

Passo 6

Oferecer à criança diferentes alimentos ao dia. Uma alimentação variada é uma alimentação colorida; Estimular o consumo diário de frutas, verduras e legumes nas refeições;

Passo 3

Passo 7 Passo 8

Passo 4

Evitar açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas nos primeiros anos de vida. Usar sal com moderação;

Cuscuz Paulista
Ingredientes
1 lata(s) de molho de tomate 1 copo(s) de água 1/2 copo(s) de óleo de milho 2 tablete(s) de caldo de galinha sem gordura 1 unidade(s) de pimentão verde picado(s) 1 unidade(s) de pimentão vermelho picado(s) 1 vidro(s) de palmito picado(s) 1 lata(s) de ervilha 1/2 xícara(s) (chá) de salsinha picada(s) 1 colher(es) (sopa) de molho de pimenta 2 unidade(s) de ovo cozido picado(s) 2 lata(s) de sardinha sem pele(s) e limpas 50 gr de azeitona verde 2 1/2 xícara(s) (chá) de farinha de milho

Passo 9

Passo 5

Cuidar da higiene no preparo e manuseio dos alimentos; garantir o seu armazenamento e conservação adequados;

Estimular a criança doente e convalescente a se alimentar, oferecendo sua alimentação habitual e seus alimentos preferidos, respeitando a sua aceitação.

Passo 10

3UDWR 3DXOLVWDQR
O cuscuz paulista, apesar ser consumido em todo o estado de São Paulo, pode ser considerado um prato típico paulistano. A iguaria, originária do Norte da África, é feita com sêmola moída e cozida no vapor. Servida com carne ou peixe, legumes e embutidos, recebeu novos ingredientes e importância histórica em terras paulistas, entre os séculos XVII e XVIII. Os tropeiros, que partiam da capital para a exploração do interior do Estado e em direção às minas das Gerais para comercializar seus produtos, costumavam levar em seus recipientes de alimentos farinha de milho com galinha, feijão ou milho. Durante a viagem, a farinha de milho absorvia o caldo do frango e os ingredientes se misturavam formando um virado. Mais tarde, ele foi chamado de cuscuz paulista.

Acerolas, ricas em vitamina C
O gosto da acerola é “azedinho”. Se você deseja conhecer o gosto da vitamina C (ácido ascórbico), então coma essa fruta. Seu conteúdo em vitamina C é mais elevado do que em frutas como laranja, limão, abacaxi, caju, araçá, kiwi e morango e menor que o camu-camu (fruta da região amazônica). Cereja-das-antilhas, Cereja-de-barbados ou acerola, como é comumente conhecida no Brasil, possui certa semelhança com a cereja. O fruto apresenta cor vermelha forte quando maduro, variando entre os tons alaranjados e o púrpura, com sabor ácido, polpa macia e cheia de suco. A acerola é uma planta nativa das Antilhas, América Central e do norte da América do Sul. Por ser uma planta rústica e resistente, a acerola se propaga com facilidade em toda parte do mundo. O consumo de acerola é indicado para o combate de várias enfermidades humanas, como a gripe e afecções pulmonares, para o controle de hemorragias nasais e gengivais, auxilia no tratamento de doenças do fígado, além de evitar a perda de apetite e dores musculares. Combate gripes e previne debilidade, irritabilidade, fadiga e perda de apetite. Indicada para diminuir a ocorrência de doenças infecciosas e de dores musculares e articulares. Empregada contra hipovitaminose C, escorbuto, hemorragias nasais e gengivais, atua como coadjuvante em tratamentos do fígado ou disenterias. É empregada em tratamentos de afecções pulmonares em geral e, em particular, contra a tuberculose. Eficaz contra reumatismo e para acelerar processos de cicatrização de feridas. Fortalece o organismo como um todo e é eficiente no tratamento de anemia.

Modo de Preparo
Leve a água, o molho, o óleo, o caldo de galinha e os pimentões ao microondas por 3 a 4 minutos na potência alta. Reserve tiras de pimentão, sardinha e palmito para decorar. Acrescente os demais ingredientes e leve ao m icroondas por 6 a 8 minutos mexendo a cada 2 minutos. Coloque a pasta obtida em fôrma de anel untada e decorada. Pressione levemente e desenforme imediatamente.

jornal da zona leste
Participe da escolha da 22ª Festa do Empresário do Ano
Participe você também da 22ª Festa do Empresário do Ano, indicando um ou mais empresários(as), lojistas, industriais, profissionais liberais, autônomos, etc... O importante é saber se o escolhido sabe desempenhar bem suas funções no ramo. Você poderá ser sorteado para um jantar ou um coquetel na grande festa, com direito a acompanhante. Assim, a festa ficará mais democrática. É só preencher os seus dados e enviar para redação do Jornal, Av. Paes de Barros, 916 - Mooca - CEP 03114-000, com o nome do “Empresário do Ano 2009”
Empresa: ________________________________________________________________________________

22º Festa do Empresário do Ano do

CURIOSIDADES

• • •

FRUTARIA CEARÁ
Água de Côco e Frutas sempre fresquinhas
R. Juventus, 337 Disk Frutas

• •

;

A acerola é uma fruta de cor vermelha que possui um sabor ácido-azedo e o cheiro é semelhante ao da maça. Existem diversas espécies de acerolas, porém as mais plantadas no Brasil são: cabocla, cereja, apodi, frutacor, olivier, roxinha e rubra. É uma fruta típica de regiões tropicais e subtropicais, pois necessita muito dos raios solares no seu processo de vida. Uma fruta possui aproximadamente um grama de Vitamina C (ácido ascórbico). Além da vitamina C, a acerola apresentação boas quantidades de: cálcio, ferro, fósforo, vitamina A, B1, B2 e B3.

RECORTE E ENVIE

Empresário (a): ___________________________________________________________________________ Endereço: ________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________ CEP __________________ Tels.: _________________________ Fax: ______________________ E-mail: ________________________

SEUS

DADOS

PA R A S O R T E I O

Nome: ___________________________________________________________________________________ Endereço: _________________________________________________________ CEP __________________ Tels.: _________________________ Fax: ________________________ E-mail: ______________________

;

São Paulo, 1 a 14 de agosto de 2009

jornal da zona leste
in memoriam

3$5$ $181&,$5 ;

Bolo do Dia dos Pais
Ingredientes:
3 xícara(s) (chá) de açúcar União 250 gr de manteiga 1 garrafa(s) de cerveja escura 4 unidade(s) de ovo 4 xícara(s) (chá) de farinha de trigo 1 colher(es) (sopa) de fermento em pó 150 gr de ameixa picada(s) 200 gr de uva passa picada(s) 200 gr de nozes picada(s) 1 colher(es) (chá) de canela-da-china em pó quanto baste de sal

Bacalhau do Brás
Ingredientes
300 g de bacalhau, demolhado de véspera 1 cebola picadinha 2 dentes de alho 4 ovos ligeiramente batidos 2 xíc. (chá) de batata-palha ½ xíc. (chá) de salsinha bem picadinha Azeite azeitonas pretas para decorar

Cheesecake de aveia com calda de ameixa
Ingredientes
Massa: 1 xícara (chá) de farinha de trigo 1 xícara (chá) de aveia em flocos 1 xícara (chá) de margarina light Recheio: 1 envelope de gelatina em pó sem sabor ½ xícara (chá) de suco de laranja 1 copo de requeijão light 1 xícara (chá) de ricota 1 colher (café) de essência de baunilha 1 xícara (chá) de leite em pó desnatado ½ xícara (chá) de água 1 colher (sopa) de adoçante em pó Cobertura: 10 colheres (sopa) de geléia diet de ameixa 4 colheres (sopa) de água Misture a farinha e a aveia com a margarina até unir a massa. Forre o fundo e as laterais da fôrma e leve ao forno. Num recipiente, misture a gelatina com o suco de laranja, deixe hidratar por 1 minuto, em seguida, leve em banho - maria até derreter. Coloque todos os ingredientes no liquidificador, até formar um creme homogêneo e despeje sobre a massa assada. Leve à geladeira para endurecer. Sirva gelado com a geléia de ameixa.

Trouxinha de salsicha
Ingredientes
1/2 xícara de leite 1 xícara de água morna 2 colheres (sopa) de margarina 1 pitada de sal 3 ovos 1/2 xícara de açúcar 1 sachê de fermento seco para pães Farinha de trigo até dar o ponto Recheio: Salsichas cortadas em pedaços Cebola Tomate Gema para pincelar Queijo ralado para polvilhar

Misture todos os ingredientes na ordem, colocando por último as claras em neve e as frutas picadas. Asse em fôrma redonda, forrada com papel, e untada com margarina, em forno préaquecido em temperatura média. Cubra com chantilly e decore com cerejas.

Preparação:

Anel de Espinafre
Ingredientes:
Para o anel de espinafre 400 g de folhas de espinafre 50 g de manteiga (temperatura ambiente) manteiga para untar 50 g de bacon em tirinhas 1 cebola picadinha 1 dente de alho picadinho ½ xíc. (chá) de uvas passas claras 2/3 de xíc. (chá) de arroz italiano para risoto 1 ½ xíc. (chá) de caldo de galinha ¼ xíc. (chá) de vinho branco seco 2 ovos ligeiramente batidos 100 g de queijo parmesão ralado ½ xíc. (chá) de amêndoas em lascas farinha de rosca para polvilhar sal e pimenta-do-reino Para o molho de queijo cremoso (*) 1 vidro de requeijão cremoso 50 g de queijo gorgonzola esmigalhado Para o molho de limão 500 ml de creme de leite fresco raspas e suco de 1 limão e sal (*) escolha dos molhos para acompanhar

Leve ao fogo uma panela com água. Assim que ferver, junte os pedaços de bacalhau que ficaram de molho e cozinhe até que as lascas se separem. Escorra, separe as lascas, retire as espinhas e peles e reserve. Em uma panela média, aqueça um pouco de azeite e nele refogue a cebola. Quando a cebola estiver começando a dourar, junte o alho e aguarde soltar perfume. Junte as lascas de bacalhau, misture bem e deixe aquecer, regando com mais azeite para que fiquem bem úmidas. Imediatamente antes de servir, no fogo e bem quente, junte os ovos batidos ao bacalhau refogado e misture. Desligue o fogo, adicione a batata-palha e a salsinha, misture novamente e sirva a seguir. Se desejar, decore com azeitonas pretas.

Modo de Preparo

Modo de Preparo

Coloque todos ingredientes no liquidificador, exceto a farinha. Bata por 1 minuto. Coloque a mistura líquida em uma bacia e junte a farinha, aos poucos, até desgrudar das mãos. Sove um pouco. Deixe a massa descansar por 40 minutos. Abra com um rolo, corte quadradinhos de 10x10 cm. Coloque a salsicha, um pedaço de cebola e um pedaço de tomate. Faça as trouxinhas e coloque em uma forma untada. Pincele com gema, coloque queijo ralado e orégano por cima. Leve ao forno pré aquecido por aproximadamente 15 minutos.

Modo de Preparo

Flan de canela
Ingredientes:
1/2 litro de leite 10 colheres (sopa) de açúcar 6 ovos 1 colher (sopa) de cravo-da-índia 1 colher (chá) de essência de baunilha 8 colheres (sopa) de açúcar mascavo 1 colher (chá) de canela em pó

Batatas Assadas com Legumes e Iogurte
Ingredientes
4 batatas grandes - 1 xícara (chá) de seleta de legumes - 4 colheres (sopa) de manteiga - 2 colheres (sopa) de tomilho picado - 1 xícara (chá) de iogurte natural integral - 3 colheres (sopa) de leite - 1 pitada de noz-moscada - sal a gosto

Espeto de carne moída
Ingredientes
500g de carne moída ½ cebola ralada 1 dente de alho amassado 2 colheres (sopa) de salsinha picada sal e pimenta-do-reino a gosto molho de soja para pincelar

Preparo do anel de espinafre Leve ao fogo uma panela com água. Assim que ferver, junte 1 pouco de sal e as folhas de espinafre. Deixe cozinhar por 2 minutos e escorra bem. Coloque as folhas bem secas sobre uma tábua e pique com uma faca. Reserve. Em uma panela média, aqueça metade da manteiga. Junte o bacon, a cebola e deixe fritar até que comecem a dourar. Adicione o alho e, assim que soltar perfume, acrescente o espinafre e as passas. Deixe no fogo por mais 1 minuto. Acerte o sal e a pimenta, retire do fogo e reserve. Em uma panelinha, leve o caldo ao fogo. Assim que ferver, junte o vinho e aguarde 1 minuto. Adicione o arroz e cozinhe até que esteja al dente. Retire do fogo, despeje em uma assadeira e misture para ajudar a esfriar. Aqueça o forno a 180ºC (forno médio). Unte uma fôrma para pudim de 20 cm de diâmetro com manteiga e polvilhe com a farinha de rosca. Coloque uma panela com água para ferver para o banho-maria. Em uma frigideira seca, doure ligeiramente as amêndoas. Reserve. Em uma tigela, misture o arroz, o refogado de espinafre, os ovos, o queijo e o restante da manteiga. Acerte o sal e a pimenta. Junte as amêndoas, misture e despeje tudo na fôrma preparada. Coloque a fôrma dentro de uma assadeira com a água fervendo e leve ao forno por aproximadamente 30 minutos, até que a crosta esteja corada e, enfiando um palito, ele saia limpo. Retire do forno, deixe repousar por 5 minutos e desenforme. Desvire o anel para que o lado crocante e mais bonito fique para cima. Despeje uma das opções de molho escolhido ao redor e sirva imediatamente. Preparo do molho de queijo cremoso Em uma panela pequena, aqueça o requeijão e o gorgonzola, misturando até derreter. Se estiver muito espesso, adicione um pouco de leite ou creme de leite fresco Preparo do molho de limão Leve ao fogo o creme de leite e deixe ferver por aproximadamente 5 minutos. Junte o suco de limão, acerte o sal e retire do fogo. Adicione as raspas de limão e misture.

Modo de Preparo

Coloque em uma panela o açúcar e 2 colheres (sopa) de água. Leve ao fogo, mexendo até o açúcar dissolver, durante 2 minutos. Em seguida, deixe ferver por mais 5 minutos, sem mexer, ou até obter uma calda encorpada e dourada. Espalhe a calda em uma assadeira de 20 cm de diâmetro e reserve. Bata por 5 minutos no liqüidificador, os ovos, o leite, o açúcar mascavo, a essência de baunilha, o cravo e a canela e despeje na assadeira. Asse em banho-maria, com água fervente suficiente para cobrir até a metade da altura da assadeira, em forno médio, preaquecido, por 35 minutos, ou até o creme ficar cozido e firme. Retire, deixe o flan amornar e leve para gelar. De preferência deixe de um dia para o outro. Desenforme no momento de servir. Se preferir, sirva com chantilly, polvilhado com canela em pó.

Modo de Preparo:

Bolo de Bombom
Ingredientes
Massa 5 unidade(s) de ovo 2 xícara(s) (chá) de Açúcar Cristal 2 xícara(s) (chá) de farinha de trigo 1 colher(es) (chá) de fermento químico em pó 1 xícara(s) (chá) de coco ralado(s) 1 xícara(s) (chá) de refrigerante sabor cola Calda 1 lata(s) de leite condensado 1 1/2 copo(s) de leite 1 vidro(s) de leite de coco 1 dose(s) de licor de cacau Cobertura 300 g de chocolate ao leite 100 g de chocolate meio amargo

Lave bem as batatas, sequeas com papel toalha e fure-as com um garfo. Coloque-as em um refratário e leve ao forno microondas em potência alta, por 20 minutos ou até ficarem macias. Retire do forno e deixe esfriar. A seguir, coloque as batatas sobre uma superfície lisa e faça um corte horizontal, retirando a tampa. Retire parte da polpa e misture com a seleta de legumes, 2 colheres (sopa) de manteiga, 1 colher (sopa) de tomilho e o sal. Recheie as batatas e volte ao forno por mais 2 minutos, ou até aquecer. Enquanto isso, misture o iogurte, o leite, a noz-moscada, o sal e o restante da manteiga e do tomilho. Leve para gelar um pouco. Despeje sobre as batatas depois de prontas e sirva.

Modo de preparo

Misture a carne com os temperos, exceto o molho de soja. Molde a carne com as mãos, colocando-a em espetinhos de madeira, próprios para churrasco. Arrume os espetos em um refratário retangular e pincele com o molho de soja. Leve ao microondas por 6 a 8 minutos na potência alta. Na metade do tempo, vire os espetos para que cozinhem por igual. Sirva acompanhado de salada de folhas verdes.

Modo de Preparo

Pão italiano com creme de queijo
Ingredientes
1 pão italiano redondo 1 copo de requeijão 100g de queijo roqueford 1 copo (requeijão) de leite 1 colher (sopa) de amido de milho

Peito de Peru com molho de pêssego
Ingredientes
1 4 1 1 2 1 peito de peru desossado colheres (sopa) de vinagre colher (sopa) de óleo colher (chá) de sal dentes de alho picados cebola pequena ralada

Suflê de Cenoura com Parmesão
Ingredientes.
2 unidade(s) de cenoura ralada(s) 1 unidade(s) de cebola picada(s) 50 g de margarina 1 1/2 copo(s) de leite 2 colher(es) (sopa) de farinha de trigo 1 lata(s) de creme de leite 2 unidade(s) de ovo 15 g de parmesão

Refogue a cebola picada na margarina, adicione 1 copo de leite. À parte, dissolva a farinha de trigo em 1/2 copo de leite e misture ao refogado. Mexa até endurecer um pouco. Com o fogo apagado, adicione o creme de leite e mexa. Adicione a cenoura ralada, os ovos inteiros e o queijo parmesão. Mexa tudo, despeje em uma fôrma de vidro refratária e leve ao forno. Desligue quando estiver um pouco moreninho.

Modo de Preparo.

Massa Bata as claras em neve. Acrescente as gemas e o açúcar. Bata até ficar cremoso. Acrescente a farinha, o coco, a coca-cola e, por último, o fermento. Misture bem. Coloque a massa em uma assadeira untada e polvilhada. Asse em forno médio (180ºC), pré-aquecido. Calda Misture os ingredientes da calda. Com o bolo ainda quente, fure com um garfo e molhe com a calda. Deixe esfriar e leve para o freezer ou congelador. O bolo deve estar congelado, para depois ser dado o banho de chocolate. O ideal é fazer o bolo à noite e dar o banho de chocolate no outro dia pela manhã Cobertura Pique o chocolate ao leite num refratário fundo. Leve ao microondas, em potência máxima, por cerca de 5 minutos, tomando cuidado para não deixar o chocolate ferver. Se preferir, derreta-o no banho-maria. Acrescente o chocolate meio-amargo picado e bata. Dê o choque-térmico colocando o refratário em uma bacia com gelo. Cuidado para que não pingue água no chocolate. Quando o chocolate estiver frio (faça o teste com o palito embebido no chocolate e encoste-o nos lábios para sentir a temperatura), retire o bolo do congelador ou freezer, corte-o em pedaços pequenos e dê o banho de chocolate no bolo, jogando um pedaço de cada vez no chocolate. É o mesmo processo de banho em trufas. Retire o bolo com um garfo e vá colocando em cima de um tabuleiro virado e coberto com papel alumínio. Esse banho deve ser dado rápido, para que o bolo não descongele. Caso você sinta que o bolo está descongelando leve-o novamente ao freezer por alguns minutos. Enrole os pedaços em papel alumínio e guarde na geladeira, (ou se preferir no freezer), retirando 1/2 hora antes de consumir.

Modo de Preparo

Molho 1 xícara (chá) de suco de pêssego 1 xícara (chá) de leite desnatado 1 colher (sopa) de amido de milho 2 colheres (sopa) de água 1 colher (sopa) de molho de soja light 1 colher (chá) de gengibre fresco ralado Para salpicar cheiro-verde picado Para cobrir papel-alumínio Retire a pele que cobre o peito de peru e faça furos pequenos com o auxílio de uma faca. Em uma tigela grande, misture o vinagre, o óleo, o sal, o alho e a cebola e coloque o peito de peru. Reserve por 1 hora na geladeira, virando por 3 vezes. Preaqueça o forno em temperatura média (180° C). Coloque o peito de peru em uma assadeira pequena (28 x 18 cm), cubra com papel-alumínio e leve ao forno preaquecido por 40 minutos. Retire o papel-alumínio e deixe por mais 30 minutos ou até dourar. Retire do forno, fatie o peito de peru e passe para uma travessa. Reserve. Molho Coloque a assadeira onde foi assado o peito de peru sobre a chama do fogão, junte o suco de pêssego e o leite desnatado e deixe ferver por 5 minutos. Retire do fogo, passe por uma peneira e coloque o líquido em uma panela pequena. Dissolva o amido de milho na água e acrescente à panela pequena. Junte o molho de soja light e o gengibre e cozinhe, mexendo sempre, por mais 5 minutos ou até formar um molho liso. Coloque na travessa ao redor das fatias de peito de peru, salpique o cheiro-verde e sirva em seguida.

Faça um circulo na parte superior do pão e tire uma tampa. Remova o miolo com cuidado, fazendo com que fique com se fosse uma cumbuca. Reserve o pão e o miolo. Em uma panela, junte os demais ingredientes e leve ao fogo até que o queijo derreta e o creme fique encorpado, mas não muito. Enquanto isso, coloque o pão no forno pré-aquecido, para aquecer levemente (cerca de 5 minutos). Depois, despeje o creme dentro do pão e sirva com o miolo. Se quiser, utilize outros tipos de pães para mergulhar no creme.

Modo de Preparo

Modo de Preparo

Bucatini ao cacau e cogumelo
Ingredientes
300 g de macarrão bucatini (furadinho) 300 g de cogumelos paris in natura 1 colher (sobremesa) de cacau em pó 3 colheres (sopa) de manteiga sem sal 1 colher (sopa) de azeite de oliva Pitada de açúcar Sal a gosto

Modo de Preparo
Ferver o macarrão al dente. Fatiar os cogumelos e refogar na manteiga derretida juntamente com o azeite, em frigideira tampada para não perder muita água. Assim que os cogumelos estiverem macios polvilhar o cacau e tampar novamente para que cozinhe durante 2 minutos em fogo baixo. Acrescentar o sal e o açúcar e mexer delicadamente, (experimente e veja se está bom de sal, caso esteja um pouco amargo junte mais um pouco de manteiga). Desligar o fogo e deixar descansar por 5 minutos. Em uma panela grande misture o macarrão e o molho, em fogo baixo, mexendo sempre. Sirva com salada de agrião e alface lisa, temperados apenas com limão, azeite e sal.

48(5 $/8*$5 6(8 ,0Ð9(/" /LJXH
Não perca tempo, nem faça experiências. Escolha a Cimino Imóveis, uma das mais antigas e seguras imobiliárias da região. Com 34 anos no ramo em sede própria. Av. Paes de Barros, 916. A maneira honesta de vender, alugar e administrar imóveis

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful