You are on page 1of 2

TORRES, Cláudio.

A Bíblia do Marketing digital: tudo que você queria saber sobre
marketing digital e publicidade na internet e não tinha a quem perguntar. São Paulo: Novatec
Editora, 2009.
Categoria: Fichamento resumo (síntese das principais ideias contidas na obra com minhas próprias
palavras e interpretação).
Cap.1 A Internet do Consumidor
- Há cerca de 10 anos Internet consistia em rede de computadores onde informações eram
publicadas por especialistas, trazendo para o mundo dos negócios uma grande novidade: acesso
rápido às informações sobrepodutos e serviços. Antes, esses dados eram encontrados nos catálogos
telefônicos. Isso facilitou o contato do consmidor com a empresa (inclusive na hora de reclamar).
- Empresas correram para fazer seus sites, disponibilizando informações como catálogos e fotos
sobre empresa e produtos, o que reflete no tradicional menu "quem somos", "nossos produtos",
"entre em contato".
- Isso gerou disputa feroz entre empresas que queriam registrar URL´s fáceis de serem lembradas
ou o próprio nome da marca. E internet cresceu assim, como grande catálogo eletrônico.
- Não é só nos negócios que a realidade sofre mudanças, mas também no cenário político em que
pessoas com celulares conseguem abalar as estruturas de governos ditatoriais.
- Atualmente 60 milhões de brasileiros estão conectados e não adianta ignorá-los. Pesquisa mostra
que 86% dos internautas usam a Internet para lazer, sendo um número homogêneo nas classes
A,B,C. 47% leem jornais, revistas e blogs e 72% usa a Internet para educação.
- Consumidor online busca na Internet três coisas: informação, diversão e relacionamento.
- Informação: utilização de ferramentas de busca para achar o que quer.
- Diversão: jogos online, site de piadas e charges, sites de vídeos de animação. É o que atrai novos
usuários na Internet.
- Relacionamento: comunicação instantânea e redes sociais. Cria agradável sensação de
proximidade com todos e forma fenômeno cultural e ascensão e constante mudança.
Regras de ouro:
1) Interação deve ser consentida – marcas não podem invadir o ambiente do usuário sem
consentimento, isso pode gerar reações negativas para a empresa.
2) Experiência do usuário deve ser preservada – consumidor tem três ferramentas que garantem sua
experiência: o botão voltar, o botão fechar e antivírus que bloqueiam programas que se instalam na
máquina do usuário sem permissão. Sites que demoram muito a carregar, com animações
desnecessárias e enormes não prendem atenção do usuário.
3) Nunca engane o usuário – Não divulgue prazos, preços e condições que não têm como cumprir,
isso é propaganda negativa para a empresa, pois as pessoas vão para a Internet reclamar.
4) Pense sempre em pessoas, não em computadores – a propaganda deve atingir a mente e o coração
das pessoas, não seus computadores.
5) Acredite no boca a boca – Acredite na força de uma indicação de um amigo seu sobre
determinado produto. Pense na divulgação não focada no poder da disseminação de informações
que a internet tem, mas foque no boca a boca.
6) Todos querem ser ouvidos – Internet é meio de comunicação bidirecional, interativo, pessoas
querem ser ouvidas e através de blogs, fóruns e redes sociais, as pessoas são a mídia, a notícia em
seus grupos e querem manter sensação de que estão conversando com empresa.
7) Mantenha a simplicidade – Qualidade da experiência do usuário está na simplicidade do uso. É
preciso ser criativo para fazer algo complicado parecer simples. Apelo visual, design atraente, novas
funcionalidades e faça tudo parecer simples, intuitivo e natural para o consumidor.
- Ambiente on-line: Ferramentas de busca, sites e portais, redes sociais e blogs, ferramentas de
comunicação e mundos virtuais.

queroeconomizar. fóruns e blogs.Portais. textos. G1.2 Conceitos do Mkt Digital .Hoje não é possível fazer mkt sem a internet e também não é só criar um site que os problemas são resolvidos.Ou entende-se de como a Internet pode auxiliar nos negócios ou é devorado com ela. Fóruns – Reunião de pessoas interessadas em discutir um tema em comum. mensagens e vídeos. Importância de anunciar na própria ferramenta de busca através de links patrocinados que permite que você apareça com anúncio de texto ou banner enquanto o consumidor vê o resultado da busca. . MANTÉM TODO O SOFTWARE DO SITE NO COMPUTADOR DO SERVIDOR NAVEGADOR – BROWSE (MOZILA. Cap. .com. como campanha promocional. IE) VISITA – ATO DE ENTRAR EM SITE EXIBIÇÃO DA PÁGINA – EXIBIÇÃO DE UMA PÁGINA DO SITE NO SEU NAVEGADOR VISITANTES ÚNICOS – UMA PESSOA ACESSA MAIS DE UMA X SITE NÚMERO TOTAL DE VISITANTES – REPRESENTA O QUANTO O SITE FOI VISTO CONVERSÃO – VISITA A SITE GERA PEDIDO DE COTAÇÃO. Buscam aproveitar potencial intuitivo da URL como www.Redes sociais. na obra de Sófocles. além de interagir com outros membros criando lista de amigos. Terra. UOL. são ferramentas usadas para que a empresa apareça em maior destaque nas ferramentas de busca. Por isso se fala tanto em SEO (Search Engin Optimization). que após se inscreverem. Blogs – Monólogo em que pessoa fala sobre um ou mais assuntos de seu interesse. escrevendo artigos e abrindo para comentários Redes sociais – visam reunir pessoas. . comunidades. podem expor no seu perfil dados pessoais como fotos. como a Esfinge. e depois que passa o período sair do ar. CONTATO INICIAL OU VENDA TX CONVERSÃO = QTDE DE CONVERSÕES ________________________ Nº VISITAS SITE GOOGLE: PALAVRAS CHAVE BUSCA ORGÂNICA LINKS PATROCINADOS (GOOGLE ADWORDS) – PERMITE CRIAR CAMPANHAS GOOGLE ADSENSE – PERMITE QUE QUALQUER SITE INCORPORE ANÚNCIOS DE LINKS PATROCINADOS EM SUAS PÁGINAS E SEJA REMUNERADO POR ISSO. INTERNET – COMPOSTA DE REDE DE SERVIDORES QUE SÃO COMPUTADORES QUE SE COMUNICAM SERVIDORES – HOSPEDAM OS SITES.Ferrmanetas de busca – representam porta de entrada de mais de 80% da navegação na Internet.br . São implementados por e-mail ou dentro de redes sociais como Facebook. Hotsites – são criados para fins específicos. grupos e fóruns ou até escrevendo um blog. Buscam ser a "televisão" da internet. GOOGLE ANALYTICS – PERMITE MONITORAR VISITAS EM SITE E ANALISÁ-LAS POR MEIO DE RELATÓRIOS. sites e hotsistes – Conceito de portal é fixar o consumidor pra que ele tenha a sensação de que pode fazer tudo que necessita por meio daquele portal.