You are on page 1of 4

2.1.

Axiomas de Incidência
Neste primeiro grupo estudaremos a incidência entre pontos e retas que terá o mesmo
significado de interceptar, passar por, estar sobre. Começaremos pelo axioma de ex
istência.
Axioma I.1: (de existência)
a)
Existe ponto.
b)
Existe reta e qualquer que seja a reta, existem pontos que pertencem à ret
a e pontos que não pertencem à reta.
O mais interessante deste axioma é que ele nos garante a existência dos objetos básico
s, ou seja, a geometria não constitui-se de um conjunto vazio e, portanto, fará sent
ido o estudo da relação entre esses objetos.
Axioma I.2: (de determinação): Dados dois pontos distintos existe uma única reta que c
ontém estes pontos.
Observações:
1. Como dois pontos determinam uma reta, quando falarmos de uma reta que passa p
or dois pontos distintos A e B, a denotaremos por rAB.
2. Este axioma constitui um bom teste de qualidade das réguas que utilizamos, ou s
eja, se você conseguir desenhar duas retas distintas passando por dois pontos dist
intos significa que esta régua não é adequada para esta geometria.
3. Dada uma reta r, que existe pelo Axioma I.1.b, tomamos um ponto P qualquer fo
ra de r e um ponto Q em r, que existem pelo mesmo axioma; unindo P com Q, teremo
s uma nova reta s que é univocamente determinada pelos pontos P e Q de acordo com
o Axioma I.2a. O ponto Q na reta r, é o que chamaremos de interseção de r e s, cuja no
tação será r ? s. Fazendo um abuso de notação, escreveremos r ? s = Q ao invés de r ? s = {Q
}. Isto será feito com o objetivo de simplificá-la.
Os axiomas de incidência não garante que tem infinitos pontos na reta. No entanto, c
olocar
axioma para garantir somente a existência de infinitos pontos não força a ser reta, po
is pode
haver saltos entre os pontos da reta como no conjunto {
1
n
: n ? N}. Para evitar que tenha
saltos, precisaria garantir que tenha pontos entre dois pontos quaisquer. Alem d
isso, uma reta
tem que continuar para ambos lados, o que requer que tenha pontos fora do segmen
to. Osaxiomas de ordem serve para este propósito.
O ponto B está entre os pontos A e C que será denotado por A * B * C , satisfazem os
seguintes axiomas.
Axioma 4. A * B * C então A, B e C são colineares, distintos e C * B * A.
Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). O próximo axioma ga
rante
que está bem definida (não há ambiguidade).
Axioma 5. Dados três pontos colineares e distintos, um e apenas um está entre outros
dois.
Axioma 6. Dados dois pontos A e C , existem pontos B e D tais que A * B * C e A
* C * D.
Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos, assim como distinguir segmento
de uma reta (com auxílio de outros axiomas).

Assim.Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. O próximo axioma ga rante que está bem definida (não há ambiguidade). Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a. Dados três pontos colineares e distintos. existem pontos B e D tais que A * B * C e A * C * D. Axioma 5. Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos. . existem pontos B e D tais que A * B * C e A * C * D. Dados três pontos colineares e distintos. um e apenas um está entre outros dois. Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a. Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. O próximo axioma ga rante que está bem definida (não há ambiguidade). Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. Dados dois pontos A e C . precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos. Axioma 6. Dados dois pontos A e C . Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos. assim como distinguir segmento de uma reta (com auxílio de outros axiomas). Axioma 6. assim como distinguir segmento de uma reta (com auxílio de outros axiomas). Dados dois pontos A e C . Dados dois pontos A e C . existem pontos B e D tais que A * B * C e A * C * D. O próximo axioma ga rante que está bem definida (não há ambiguidade). precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . Axioma 5. Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a. Axioma 5. Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). assim como distinguir segmento de uma reta (com auxílio de outros axiomas). assim como distinguir segmento de uma reta (com auxílio de outros axiomas). dividindo o plano. Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). Axioma 6. dividindo o plano. Dados três pontos colineares e distintos. Assim. um e apenas um está entre outros dois. Axioma 5. O próximo axioma ga rante que está bem definida (não há ambiguidade). um e apenas um está entre outros dois. Axioma 6. Assim. Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a. precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . dividindo o plano. precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . existem pontos B e D tais que A * B * C e A * C * D. Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos. Assim. Dados três pontos colineares e distintos. um e apenas um está entre outros dois. dividindo o plano.

1: (de existência) a) Existe ponto. Axioma I. Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos. O mais interessante deste axioma é que ele nos garante a existência dos objetos básico s. Como dois pontos determinam uma reta. Axioma 6. O próximo axioma ga rante que está bem definida (não há ambiguidade). passar por.Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . Axioma 6. Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a. precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . ou seja. a denotaremos por rAB. Assim. O próximo axioma ga rante que está bem definida (não há ambiguidade). a geometria não constitui-se de um conjunto vazio e. estar sobre. Dados três pontos colineares e distintos. Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). assim como distinguir segmento de uma reta (com auxílio de outros axiomas). Axioma 5.1. Axioma I. existem pontos que pertencem à ret a e pontos que não pertencem à reta. precisaria garantir que retas continuam indefinidamente . b) Existe reta e qualquer que seja a reta. Assim. dividindo o plano. Axioma acima é uma propriedade similar a reflexitiva (simetria). Axioma 5. dividindo o plano. existem pontos B e D tais que A * B * C e A * C * D. fará sent ido o estudo da relação entre esses objetos. Começaremos pelo axioma de ex istência. Os axiomas de ordem ainda não garante que os pontos fora do segmento não pode estar no segmento. assim como distinguir segmento de uma reta (com auxílio de outros axiomas). ou s . Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a.2: (de determinação): Dados dois pontos distintos existe uma única reta que c ontém estes pontos. portanto. 2. 2. Dados dois pontos A e C . um e apenas um está entre outros dois. Este axioma constitui um bom teste de qualidade das réguas que utilizamos. Axiomas de Incidência Neste primeiro grupo estudaremos a incidência entre pontos e retas que terá o mesmo significado de interceptar. Observações: 1. Axioma acima é necesário para garantir que não há saltos. quando falarmos de uma reta que passa p or dois pontos distintos A e B. Dados três pontos colineares e distintos. existem pontos B e D tais que A * B * C e A * C * D. Somente garantir que ponto fora do segmento não pode estar no segmento ainda permite objetos indesejáveis como um segmento aberto ser considerado uma ret a. Assim. um e apenas um está entre outros dois. dividindo o plano. Dados dois pontos A e C .

3. é o que chamaremos de interseção de r e s. Dada uma reta r. Fazendo um abuso de notação. unindo P com Q. Isto será feito com o objetivo de simplificá-la.2a. que existe pelo Axioma I. se você conseguir desenhar duas retas distintas passando por dois pontos dist intos significa que esta régua não é adequada para esta geometria.eja.1. . tomamos um ponto P qualquer fo ra de r e um ponto Q em r. O ponto Q na reta r. que existem pelo mesmo axioma.b. escreveremos r ? s = Q ao invés de r ? s = {Q }. cuja no tação será r ? s. teremo s uma nova reta s que é univocamente determinada pelos pontos P e Q de acordo com o Axioma I.