You are on page 1of 12

Questões

:
1) A desconcentração pode ser conceituada como a repartição de
funções entre vários órgãos de uma mesma Administração. De
outro lado, a descentralização, a despeito de também ser técnica
de racionalização da prestação das atividades do Estado, implica a
criação de outras pessoas jurídicas. Sobre elas, é correto afirmar:
a) As autarquias, fundações públicas, empresas públicas e sociedades de
economia mista são exemplo do emprego, pela Administração pública, da
técnica da desconcentração, integrando, referidas pessoas, a Administração
pública indireta.
b)Os ministérios e as secretarias de estado originam-se do emprego da
técnica da desconcentração; constituem-se órgãos que integram a pessoa
jurídica que os criou, detendo, no entanto, em relação àquelas, autonomia
no que concerne aos assuntos que justificaram sua criação.
c)As autarquias são exemplo do emprego da técnica da descentralização,
possuem regime jurídico de direito público e suas relações com as pessoas
que as criaram são pautadas no princípio da hierarquia.
d)A Administração pública indireta tem origem no emprego da técnica da
descentralização, que implica a criação de pessoas com personalidade
jurídica própria, que assumem obrigações em nome próprio.
e)Tanto os órgãos destituídos de personalidade jurídica como os entes
personalizados mantêm com as pessoas que lhes deram vida relação
fundamentada no princípio hierárquico.
2) A empresa Eletropubli S/A é uma sociedade de economia mista
controlada pelo Estado X, criada no ano de 2000, com a finalidade
de atuar na área de geração de energia hidrelétrica. Baseado
nessas informações, é correto afirmar que se trata de
a)órgão estatal, que atua por meio de desconcentração, não havendo
delegação no caso em tela.
b) pessoa jurídica de direito público, havendo no caso descentralização por
delegação da União, titular do serviço em questão.
c)pessoa jurídica de direito privado, havendo no caso descentralização por
meio de delegação da União, titular do serviço em questão.
d)pessoa jurídica de direito público, havendo no caso descentralização por
outorga legal dada pelo Estadomembro, titular do serviço em questão.
e)pessoa jurídica de direito privado, havendo no caso descentralização por
outorga legal dada pelo Estadomembro, titular do serviço em questão.

Esse processo é denominado a)descentralização. sem fins lucrativos. enquanto as OSCIP’s exercem atividade de natureza privada (serviços sociais não exclusivos do Estado). d) as OS’s já são fundadas com a qualificação jurídica de organização social em seu estatuto social. após comprovarem os requisitos legais. ser beneficiária de recursos orçamentários e até de servidores públicos que lhe serão cedidos às custas do município. com a ajuda do Estado. c) ao contrário do que ocorre com as OS’s. que recebem tal qualificação pelo Poder Público. d)departamentalização.3) Uma entidade da administração pública direta pode realizar a distribuição de competências e de serviços entre as unidades da mesma pessoa jurídica. é correto afirmar que: a) as atribuições. e) às OS’s não poderão ser destinados recursos orçamentários e bens públicos necessários ao cumprimento do contrato de gestão. b)desconcentração. sem licitação. contratadas para gerir atividades que vão do ensino à saúde. enquanto que as OSCIP’s poderão receber tal aporte por atuarem visando ao interesse público. c)desdobramento. OS. a OS pode: a) receber bens públicos em permissão de uso. enquanto que o vínculo das OS’s com a Administração Pública é estabelecido por meio de termo de parceria. qualificadas livremente pelo titular do órgão supervisor ou regulador de uma determinada área social do governo. responsabilidades e obrigações do Poder Público e das OSCIP’s são definidas por meio de contrato de gestão. 4) Tanto as Organizações Sociais como as Organizações das Sociedades Civis de Interesse Público são entidades privadas. enquanto que as OSCIP’s somente recebem tal título por força de lei específica. são passíveis de qualificação como OSCIP’s as cooperativas. Uma vez qualificada. Conhecendo as peculiaridades que distinguem as Organizações Sociais (OS’s) das Organizações das Sociedades Civis de Interesse Público (OSCIP’s). as associações de classe ou de representação de categoria profissional. sem fins lucrativos. b) as OS’s recebem ou podem receber delegação para a gestão de serviço público. uma vez preenchidos os requisitos legais. . 5) As Organizações Sociais. são entidades privadas. os sindicatos.

o STF tem entendido que a obrigatoriedade de realização de concurso público prévio à contratação de pessoal não se aplica aos mesmos. mas não recursos orçamentários e servidores públicos. fundações e empresas públicas podem ser qualificadas como Agências Executivas quando cumprirem os requisitos previstos em lei. as OS são constituídas e mantêm relação com o Estado nos mesmos termos de qualquer concessionária de serviço público. e) como entidades de direito privado. e)apenas as assertivas I. II.b) podem receber bens públicos para gerir. porém precedido de licitação. como tal. exceto as de falência. acidentes de trabalho e as sujeitas à Justiça Eleitoral e à Justiça do Trabalho. 6) Analise as assertivas abaixo e assinale a alternativa correta. receber bens públicos. com licitação. III. V – Os serviços sociais autônomos (SSA) são pessoas jurídicas de direito privado que atuam em cooperação com o governo. dado que são entidades privadas. uma vez que se trata de entidade privada. d) receber bens públicos. III e IV estão corretas. controlar e fiscalizar a execuções dos serviços públicos pelo setor privado. II – As agências reguladoras são criadas por decretos ou medida provisória com o objetivo de regulamentar. c)apenas as assertivas III e IV estão corretas. d)apenas as assertivas III e V estão corretas. em permissão de uso. rés. sem licitação. III – Compete à Justiça Federal processar e julgar as causas em que as empresas públicas federais forem interessadas na condição de autoras. possui personalidade jurídica de direito privado. porém manter seu quadro de pessoal próprio. não podendo dispor de funcionários públicos às custas do município. em certas condições especiais. . inclusive imóveis. c) podem. a)apenas as assertivas I. assistentes ou oponentes. ser beneficiárias de recursos do orçamento fiscal. b)apenas as assertivas I. Por tal motivo. e todos os demais custos serão cobertos pela receita própria da OS. levando em consideração a legislação pátria e o entendimento jurisprudencial dominante sobre o tema: I – As autarquias. IV e V estão corretas. II e IV estão corretas. IV – São penhoráveis os bens integrantes do patrimônio da Empresa Brasileira de Correio e Telégrafos uma vez que se trata de empresa pública e.

constituindo-se em pessoas jurídicas distintas do Estado. d)Somente as afirmativas I. b)Somente as afirmativas I. Respondem diretamente por seus atos. pois possuem elas (as fundações) orçamento constitucionalmente diferenciado. Todavia. a fim de evitarse a invasão da esfera legislativa. a)Somente as afirmativas I. criadas com a finalidade de disciplinar e controlar certas atividades. Essa competência regulatória deve se cingir a aspectos técnicos da atividade. assinale a alternativa CORRETA: I. em razão de sua total autonomia e poder decisório. II. sendo dotadas de personalidade jurídica de direito privado. de Direito Público ou de Direito Privado. cabendo ao Estado a responsabilidade subsidiária. . na desconcentração há transferência do plexo de competências para pessoa jurídica distinta. c) Agências executivas são instituídas como autarquias sob regime especial. mantendo-se o vínculo hierárquico. As sociedades de economia mista têm sua criação autorizada por lei. havendo conjugação de recursos públicos e privados na sua constituição. Na descentralização administrativa há distribuição interna de atividades administrativas. c)Somente as afirmativas II. II e III estão corretas. III e IV estão corretas. III e IV estão corretas. Já as empresas públicas são constituídas com capital exclusivamente público. e)Todas as afirmativas estão corretas. seu pessoal (servidores) encontra-se necessariamente submetido ao regime jurídico aplicável aos servidores públicos estáveis. 8) Assinale a alternativa correta: a) Os contratos celebrados pelas fundações públicas.7) Considerando as afirmações abaixo. bastando observar o limite máximo anotado no registro de preços estabelecido pelo órgão central. III. b) Os contratos celebrados pelas autarquias não se encontram sujeitos à licitação. que deve se dar na forma de sociedade anônima. podendo adotar qualquer forma societária admitida pelo Direito brasileiro. As autarquias são criadas por lei. mesmo possuindo a autarquia personalidade jurídica de direito privado. IV. II e IV estão corretas. não precisam ser precedidos de licitação. As agências reguladoras são autarquias sob regime especial. sem liame de subordinação direta. com o propósito de assegurar sua autoridade e autonomia administrativa.

bem como as autorizações e limites de suas atividades. com fins lucrativos. e) seus bens estarem protegidos pelo regime jurídico de direito público. cultura e pesquisa. tais como: a) submissão ao regime jurídico típico das empresas privadas. porque estão sujeitos ao regime jurídico de direito público. tributário ou processual. sempre merecedoras de amparo legal. embora seja obrigatória a composição de capital público e a submissão a concurso público para contratação de seus servidores. tais como as que impõem obrigatoriedade de licitação e concurso. criadas independentemente de autorização legislativa para o desenvolvimento de atividades de interesse público. São criadas por lei específica e regulamentadas por decreto. sempre merecedoras de amparo legal. c) de direito privado. como educação. criadas em virtude de autorização legislativa para o desenvolvimento de atividades de interesse público. independentemente de qualquer registro. 10) Com relação ao conceito de fundação pública. criadas independentemente de autorização legislativa para o desenvolvimento de atividades de interesse público. o que lhes predica impenhorabilidade e imprescritibilidade e derroga a lógica do regime jurídico privado a que estão submetidas essas pessoas jurídicas. c) o controle societário privado. como . o que acarreta a consequência de derrogar as normas típicas do regime jurídico de direito público. b) serem criadas por lei. qualquer privilégio administrativo. como educação. cultura e pesquisa. é correto afirmar que elas são entidades dotadas de personalidade jurídica a) de direito privado. havendo previsão constitucional para edição de lei específica sobre o tema destinada às pessoas jurídicas dessa natureza.d) Empresas públicas não possuem. valores que regem o mercado privado. São criadas por lei específica e regulamentadas por decreto. d) podem ser prestadoras de serviço público e se submetem a obrigatoriedade de licitação para contratação das chamadas atividades meio. só auferindo aqueles que a lei autorizadora ou norma especial expressamente lhes conceder. a fim de garantir a livre iniciativa e a livre concorrência. por natureza. possibilitando o exercício do poder de controle e do poder de tutela. com fins lucrativos. b) de direito público. Dessas pessoas jurídicas se destacam algumas características. instrumento que contém o escopo e finalidades institucionais de sua atuação. sem fins lucrativos. dependentes de registro. 9) As sociedades de economia mista são entes integrantes da Administração Indireta e fazem parte da organização administrativa descentralizada.

parcialmente. sempre merecedoras de amparo legal. c) ambas possuem regime especial. autárquica e fundacional. como educação. São criadas por lei específica e regulamentadas por decreto. os princípios da Administração Pública aplicam-se a) às entidades integrantes da Administração direta e indireta de qualquer dos Poderes. criadas em virtude de autorização legislativa para o desenvolvimento de atividades de interesse público. sujeitando. criadas por lei. estabelecido na lei instituidora. d) as agências executivas são empresas públicas ou fundações. cultura e pesquisa. 12) A respeito das agências reguladoras e agências executivas. d) à Administração direta. b) à Administração direta. exceto às sociedades de economia mista exploradoras de atividade econômica. sem fins lucrativos. cultura e pesquisa. com fins lucrativos. 11) De acordo com a Constituição Federal. exclusivamente. e) à Administração direta. como educação. . independentemente de qualquer registro. sempre merecedoras de amparo legal. independentemente de qualquer registro. sempre merecedoras de amparo legal.educação. integralmente. é correto afirmar que a) as agências reguladoras adquirem autonomia a partir de qualificação obtida em face de contrato de gestão celebrado com o respectivo Ministério supervisor. em face da apresentação de plano para melhoria de eficiência e redução de custos. atuando as agências executivas na regulação de atividade econômica e as agências reguladoras no controle e fiscalização de serviço público. São criadas por lei específica e regulamentadas por decreto. com autonomia ampliada a partir de decreto governamental. b) as agências executivas caracterizam-se como autarquias de regime especial. com autonomia administrativa. exclusivamente. criadas em virtude de autorização legislativa para o desenvolvimento de atividades de interesse público. São criadas por lei específica e regulamentadas por decreto. c) às entidades da Administração direta e indireta. e) de direito público. e à indireta de todos os poderes e às entidades privadas que recebem recursos públicos.se as entidades da Administração indireta ao controle externo exercido pelo Tribunal de Contas. d) de direito público. dependentes de registro. cultura e pesquisa. orçamentária e financeira.

sujeita ao regime jurídico geral de direito privado. no mercado de bolsa de valores. pode-se identificar na organização adminis-trativa pátria. como fruto da desconcentração. B) um ministério. lei específica aprovada pela Câmara Municipal.e) as agências reguladoras possuem regime jurídico especial. B) apenas passará a integrar a Administração Indireta se se transformar em empresa pública. Não houve. 13) De acordo com o ensinamento predominante na doutrina brasileira. integrante da Administração Direta. C) passará a ser considerada Administração Indireta. a sociedade anônima em tela A) passará a ser considerada sociedade de economia mista municipal. (C) as concessionárias de serviço público em geral.). (E) as organizações sociais. como entidade sui generis. integrante da D) integrará a Administração Indireta. (D) as fundações instituídas pelo Poder Público. 15) Integram a Administração Pública indireta (A) os serviços sociais autônomos (Senai. garantindo maior grau de autonomia administrativa e orçamentária que o conferido às demais autarquias. com natureza jurídica de direito público. A) uma fundação pública. Senac etc. Nessa hipótese. fixado na lei instituidora. D) uma sociedade de economia mista. 16) NÃO se ajusta ao regime jurídico das empresas estatais: . nem a Indireta. 14) Determinado Município adquire. no plano federal. na forma da legislação aplicável. ações representativas de 60% (sessenta por cento) do capital votante de uma sociedade anônima. empresa pública municipal. E) não integrará a Administração Direta. porém. (B) os partidos políticos. E) uma agência reguladora. passando a exercer o respectivo controle. sendo apenas uma companhia sob controle municipal. autorizando a operação. C) uma autarquia qualificada como agência executiva.

transferindo a titularidade e execução de determinado serviço público à pessoa jurídica de direito privado. e esta pretende se ressarcir junto ao empregado. respectivamente. (D) subjetiva e inexistente. (E) ato bilateral e discricionário. (B) subjetiva e subjetiva. causa danos a um terceiro. transferindo a titularidade de determinado serviço público à pessoa jurídica de direito público. O terceiro pretende cobrar os prejuízos da sociedade. transferindo a execução de determinado serviço público à pessoa jurídica de direito privado. Nessa situação. 17) Uma sociedade de economia mista. (D) ato unilateral. (B) ato administrativo unilateral. (E) a empresa pública depende de prévia autorização legislativa para alienação de bem imóvel. (D) a sociedade de economia mista não poderá usufruir de privilégios fiscais não extensíveis às empresas da iniciativa privada. 18) A descentralização dos serviços públicos por colaboração ocorre mediante (A)) contrato ou ato administrativo unilateral. 19) Considerando-se a organização administrativa brasileira. . (C) o regime de pessoal é o da legislação trabalhista. (A) objetiva e objetiva. (C) ato bilateral e precário. conservando o poder público a titularidade. prestadora de serviço público. transferindo a execução de determinado serviço público à pessoa física ou jurídica. por meio de um empregado seu que agiu com negligência ao desenvolver o serviço. (B) a criação de subsidiárias das sociedades de economia mista depende de autorização legislativa. há relação de hierarquia entre (A) um Ministro do Supremo Tribunal Federal e um Ministro do Tribunal de Contas da União. transferindo a titularidade e a execução de determinado serviço público à pessoa jurídica de direito público. a responsabilidade civil da sociedade e a do empregado são. (E) inexistente e subjetiva. discricionário e precário.(A) a empresa pública poderá ser constituída sob qualquer forma admitida em direito. (C)) objetiva e subjetiva.

Sua interposição pressupõe a existência de vinculação hierárquica. para reexame da questão. d) atribuição de personalidade jurídica própria. à d) O recurso hierárquico é dirigido a autoridade superior àquela que proferiu a decisão atacada. (D)) o Presidente da República e um Ministro de Estado. a) Não existe poder de tutela entre a entidade descentralizada e a pessoa jurídica que a instituiu sem expressa previsão legal. conservando o poder público a titularidade do serviço. 20) É regra própria do regime constitucional de uma sociedade de economia mista que exerça atividade econômica a (A) não incidência da obrigatoriedade de licitação para contratar obras. 21) Descentralização administrativa por colaboração é: a) a transferência por meio de contrato ou ato administrativo unilateral da execução de determinado serviço público a pessoa jurídica de direito privado. (D) possibilidade de gozo de privilégios fiscais não extensíveis ao setor privado. comerciais e trabalhistas. geograficamente delimitada. Existe apenas uma vinculação para fins de controle. compras e alienações. . e) faculdade legal de celebração de contratos de prestação de serviços relativos a atividades materiais acessórias. (C)) sujeição ao regime próprio das empresas privadas quanto aos direitos e obrigações civis. b) a transferência por meio de contrato ou ato administrativo unilateral da execução e da titularidade de determinado serviço público a pessoa jurídica de direito privado. que não podem ser acrescidas. (B) não sujeição ao controle pelo Tribunal de Contas. de direito público. nem por analogia. (E) não incidência da obrigatoriedade de realização de concurso público para contratação de seus empregados.(B) um Senador e um Deputado Federal. c) Entes descentralizados não estão hierarquicamente subordinados Administração Direta. (C) um Governador de Estado e um Prefeito Municipal. b) A tutela não se presume. com capacidade administrativa genérica. serviços. c) a transferência por lei da titularidade e da execução de determinado serviço público para pessoa jurídica de direito público ou privado. (E) um Presidente de Assembléia Legislativa e um Presidente do Tribunal de Justiça do mesmo Estado. ela se constitui de uma soma de competências particulares atribuídas explicitamente por lei. na medida em que o poder de controle não pode invadir a liberdade de auto-administração atribuída ao ente descentralizado. 22) Assinale a alternativa que contém uma afirmação incorreta. a uma entidade local.

(D) natureza da atividade a ser desempenhada e forma de organização. entre outras. ainda que qualificadas como agências executivas. (Procurador do Município de São Paulo/2004) . c) Têm plena capacidade de auto-administração. necessariamente submetem-se às regras gerais de dispensa de . C) todas as entidades e serviços vinculados à Presidência da República. d) Podem ser conceituadas como serviço público descentralizado. as concessionárias e permissionárias de serviço público. 25. independente de expressa previsão legal. 24) É certo que na organização administração direta compreende administrativa da União a A) os órgãos públicos da Presidência da República. entre outras. podendo assumir personalidade de direito público ou privado. e) Não se sujeitam à lei de licitações. b) Contra seus atos cabe mandado de segurança mas não ação popular. o que lhes confere poder para criar o próprio direito. assim como os serviços administrativos que estão a cargo do Legislativo. dos Estados. (Procurador do Estado de Pernambuco/2004) . os principais traços diferenciadores entre as empresas públicas e as sociedades de economia mista são os relativos à (A))composição do capital e forma de organização. 23)Sobre as autarquias. (E) composição do capital e personalidade jurídica. (C) personalidade jurídica e natureza da atividade a ser desempenhada. é correto afirmar que (A) as autarquias de regime especial. B) os serviços integrados na estrutura administrativa da Presidência da República e na dos Ministérios.e) Recurso hierárquico impróprio é aquele dirigido a autoridade de órgão diverso daquele que proferiu a decisão atacada. (B) forma de criação e personalidade jurídica. Judiciário e Tribunal de Contas. sendo decorrência do princípio do contraditório e da ampla defesa. assim como as agências executivas e reguladoras. à exceção dos Ministérios. visto que estes integram a administração indireta. empresas públicas e sociedades de economia mista vinculadas aos Ministérios. D) todos os órgãos e entidades como as autarquias. do Distrito Federal e dos Municípios.No direito brasileiro. Sua interposição é sempre possível. E) também as fundações. 26. assinale a afirmação correta: a) Só podem ser criadas por lei. sendo que os Ministérios e Secretarias integram a administração indireta.Em relação às entidades que integram a Administração Indireta.

destinada à prestação de serviço público de saneamento básico. somente do Poder Judiciário. portanto. 28. A entidade em questão caracteriza-se como (A) sociedade de economia mista. (E) as autarquias ditas agências reguladoras assim se denominam em razão da impossibilidade de revisão judicial de suas decisões acerca de conflitos entre aqueles que se submetem à sua gestão. tem capital (C) autarquia municipal. na forma de sociedade anônima. sendo. inclusive quanto a limites de (B)a qualificação de agência executiva autoriza dispensa de licitação para contratações de valor superior à regra geral. (D) Empresa Pública de Saneamento Básico Campo Verde. 27. (C) Fundação de Saneamento Básico Campo Verde. já que tem a forma de Sociedade Anônima. .666/93. (C) a autarquia é pessoa jurídica de direito público. o Prefeito de Campo Verde criou pessoa jurídica de direito privado. constituída mediante capital público e privado. não se submete a controle da Administração. ainda que o contrato de gestão que confere aquela qualidade à pessoa jurídica em questão tenha sido celebrado com fundação ou autarquia preexistentes. (Analista Judiciário – Jud/Exec Mand – TRT 9ª R/2004) . a qual deverá observar a seguinte denominação: (A) Saneamento Básico Campo Verde S/A. pois desenvolve atividade privativa do Estado.Por meio de lei específica. mas como possui poder de auto-administração.Após autorização legislativa. independentemente da forma. estabelecidas pela Lei no 8. o chefe do executivo da cidade de Campo Verde obteve autorização para instituir pessoa jurídica de direito privado. destinada à prestação de serviço de limpeza pública com recursos exclusivos do Município. integralmente público. (E) Organização Social de Saneamento Básico Campo Verde. pessoa pública política e administrativa.licitação valor. à qual aplica-se integralmente o regime jurídico de direito público. (D) a autarquia submete-se integralmente ao regime jurídico público. (B) empresa pública. (Analista Judiciário – Jud – TRT 9ª R/2004) . pois. (B) Autarquia de Saneamento Básico Campo Verde.

D. pois tem capital integralmente público. 13)B. 6)D. 16. 4)B.(D) fundação pública. (E) agência reguladora. 14)E. 8)D.27. 7)B.28. GABARITO 1)D. D. B . 25. 11) A. 5)A. E. 10)D. A. B. E. 20. 2) C. 17. uma vez que presta serviços públicos. 19. B. 26. 15) D. A. 22.9)D. E. 12)E. 3)B. A. 24. 18. 23. 21. C. A.