You are on page 1of 4

05/01/2016

05/01/2016 Mensagemnº620 PresidênciadaRepública CasaCivil SubchefiaparaAssuntosJurídicos

Mensagemnº620

PresidênciadaRepública

CasaCivil

SubchefiaparaAssuntosJurídicos

MENSAGEMNº620,DE30DEDEZEMBRODE2015.

SenhorPresidentedoSenadoFederal,

ComunicoaVossaExcelênciaque,nostermosdo§1 o doart.66daConstituição,decidivetarparcialmente,por contrariedadeaointeressepúblico,oProjetodeLeideConversãon o 24,de2015(MPn o 691/15),que“Dispõesobrea administração,aalienação,atransferênciadegestãodeimóveisdaUniãoeseuusoparaaconstituiçãodefundos;alteraa Lein o 9.636,de15demaiode1998,eosDecretos­Lein os 3.438,de17dejulhode1941,9.760,de5desetembrode 1946,271,de28defevereirode1967,e2.398,de21dedezembrode1987;erevogadispositivodaLein o 13.139,de26

dejunhode2015”.

Ouvidos,osMinistériosdaDefesaedoMeioAmbientemanifestaram­sepelovetoaosseguintesdispositivos:

Alíneas‘a’e‘b’doincisoIIdo§1 o doart.8 o

“a)plano diretoraprovado nostermosdaLein o 10.257,de10dejulhode2001;e

b)PlanodeIntervençãoUrbanísticaouPlanodeGestãoIntegradaaprovadonostermosdaLein o 7.661,de16de

maiode1988.”

Razõesdosvetos

“Nostermosdoredigido,odispositivopoderiaserinterpretadocomopermitindoaalienaçãodequaisqueráreas

urbanasdeterrenodemarinha,inclusivesituadasforadeáreasurbanas,oquetrariariscostantoàdefesanacionalquanto

àpreservaçãodomeioambiente.”

OsMinistériosdoPlanejamento,OrçamentoeGestãoedaFazendaopinarampelovetoaosseguintesdispositivos:

IncisoIIdoart.12

“II­aprazo,mediantesinaleprincípiodepagamentode,nomínimo,10%(dezporcento)dovalordaavaliaçãoe

dosaldoematécentoevinteprestaçõesmensaiseconsecutivas,devidamenteatualizadas.”

Razõesdoveto

“Opagamentoparceladocontrariaoobjetivodapropostadebuscarmedidasqueresultememganhodeeficiência,

impliquemreduçãoouracionalizaçãodosgastoseaumentoimediatodearrecadação.Ademais,nostermosdaproposta

nãohaveriameioeficienteparaaUniãoobteraretomadadapossedoimóvelnocasodeinadimplemento,umavezque

estamostratando,numgeral,deaquisiçãoporpessoasquejásãopossuidoraslegítimasequepodemcontinuarsendo.

Porfim,existemváriasopçõesdefinanciamentoimobiliáriodisponíveisparaatenderopleito,inclusiveofertados

porbancospúblicosfederais.”

Art.17

“Art.17. AUniãorepassará20%(vinteporcento)dareceitapatrimonialdecorrentedaalienaçãodosimóveisa quesereferemosarts.3 o e4 o aosMunicípioseaoDistritoFederalondeestãolocalizados.”

05/01/2016

Razõesdoveto

Mensagemnº620

“OProjetodeLeideConversãocontemplarepasseparaosMunicípiosdepercentuaisdasreceitasdaUniãocom taxadeocupaçãoecomlaudêmiodeimóveisfederais.Quantoaestespontoshouveconcordância;contudo,acrescer ainda o repasse decorrente da alienação de imóveis,com a devida vênia,releva­se ônus excessivo sobre um ente específicodafederação.”

OsMinistériosdoPlanejamento,OrçamentoeGestãoedoMeioAmbientesolicitaramvetoaodispositivoaseguir

transcrito:

§3ºdoart.14

“§3 o ÉobrigatóriaatransferênciaaqueserefereocaputnocasodeMunicípiosquetenhamaprovado,até31de dezembrode2010,planodiretor,nostermosdaLein o 10.257,de10dejulhode2001.”

Razõesdoveto

“AtransferênciadagestãodepraiasmarítimasurbanasaMunicípioslitorâneosdeveserfaculdadedaUnião,já queaobrigatoriedadeafastariaanecessidadedeassinaturadetermodeadesão,resultandonadificuldadedeimposição aosMunicípiosderegulamentaçãoefiscalizaçãodaUniãoemdecorrênciadatransferência.Observe­se,poroutrolado,

queaspraias,emsentidoestrito,sãodomíniodaUniãopordeterminaçãoconstitucional(art.20,incisoIV),oquenão

podeserexcessivamenterelativizado.”

OMinistériodoPlanejamento,OrçamentoeGestãosolicitou,ainda,vetoaosdispositivosaseguirtranscritos:

SeçãoIXdaLein o 9.636,de15demaiode1998,inseridapeloart.19doprojetodeleideconversão

SeçãoIX

DaConcessãodeDireitodeSuperfície

Art.22­B.ASecretariadoPatrimôniodaUnião­SPUpoderáconcederdireitodesuperfícieaoocupantedeterreno

demarinhaouseusacrescidossituadosemperímetrosurbanosaprovadosporleimunicipal,inclusiveporcisão,pelo

prazodeatéquarentaanos,observadasasseguintescondições:

I­estarotitulardodireitodeocupaçãoemdiacomsuasobrigaçõesperanteaSPU;

II­aconcessãosejadestinadaàtransmissãododireitodesuperfícieparafinscomerciaisouresidenciais;

III­sejaapresentadoàSPUprojetodeconstruçãoaprovadopelaadministraçãomunicipal,aindaqueasuperfície

tenhaporobjetoedificaçãojáimplantada;

IV­sejapreviamentecertificadaaausênciadeinteressepúbliconoimóvel;e

V­aocupaçãotersidoefetivadaaté27deabrilde2006,naformadoart.9 o destaLei.

§1 o Ficavedadaaconcessão de que trata este artigo para ocupaçõesque estejamconcorrendo ou tenham concorridoparacomprometeraintegridadedasáreasdeusocomumdopovo,desegurançanacional,depreservação ambientalounecessáriasàproteçãodosecossistemasnaturais,dasáreasdeimplantaçãodeprogramashabitacionaisou açõesderegularizaçãofundiáriadeinteressesocial,dasáreasocupadasporcomunidadesremanescentesdequilombose dasáreasdedomíniodasviasfederais.

§ 2 o Otitulardo direito de superfície responderá pelo recolhimento de receitas patrimoniais, na forma estipulada nosarts.1 o e3 o doDecreto­Lein o 2.398,de21dedezembrode1987.

05/01/2016

Mensagemnº620

§3 o Quandocaracterizadoointeressesocial,aconcessãododireitodesuperfícieseráoutorgadasemônusparao ocupante,enãoseaplicarãoascobrançasprevistasno§2 o .

§4 o OconcessionáriopoderácederseudireitodesuperfíciecomaanuênciapréviadaSPU,inclusiveparafinsde garantiadecrédito,restabelecendo­separaocessionário,noscasosestabelecidosemregulamento,oprazoinicialmente estabelecido.

§ 5 o Findo o prazo de concessão ou extinto o direito de superfície antes do prazo convencionado, será restabelecidooregimejurídicoaqueestavasujeitooocupanteanteriormenteàconcessão,resguardadosseusdireitos quantoàsbenfeitoriasexistentes,nostermosdalei.

§6 o Emcasodeexecuçãodocréditogarantidoporpropriedadesuperficiária,apenhoradeverásercomunicadaà SPUmedianteofíciodointeressadoinstruídocomcópiaautenticadadotermodepenhora.

§7 o Naexecuçãoextrajudicialdecréditodequetratamosarts.22a30daLein o 9.514,de20denovembrode

1997,apropriedadesuperficiáriaseráconsolidadanopatrimôniodocredorfiduciárioeseráofertadaempúblicoleilão,

salvose,antesdaconsolidação,forefetivadaadaçãododireitodosuperficiárioempagamentodadívida.

§8 o Arequerimentodocredoremcujopatrimôniotiversidoconsolidadaapropriedadenaformado§7 o ,aSPU ratificaráaconcessãododireitodesuperfíciee,noscasosprevistosemregulamento,restabeleceráoprazoinicialmente estabelecido.

§9 o Éexigívelopagamentodelaudêmioemrelaçãoàconsolidaçãodapropriedadesuperficiárianopatrimônio docredorfiduciárioe,sehouver,nasuavendaemleilão,nãoseaplicandoodispostonoart.1.373daLein o 10.406,de

10dejaneirode2002­CódigoCivil.”

Razõesdoveto

“Apropostatransformariaodireitoprecáriodeinscriçãodeocupaçãonodireitorealdesuperfície,semtrazer

contrapartidamonetáriaàUnião.Alémdisso,nãointeressaàUniãomantervínculocompropriedadequenãoatendaao

interessepúblico.”

IncisoIIIdo§2 o doart.21

“III­aremuneraçãopelosserviçosseráestabelecidaemPortariaconjuntadoMinistrodeEstadodaFazendaedo

MinistrodeEstadodoPlanejamento,OrçamentoeGestão.”

Razõesdoveto

“Aremuneraçãodequetrataodispositivopropostodecorrederelaçãocontratualcomentidadequeexplora

atividadeeconômica;portanto,nãocabeafixaçãounilateraldevalorespeloentepúblico.”

JáoMinistériodoMeioAmbientemanifestou­sepelovetoaoseguintedispositivo:

Art.26

“Art.26.Oart.7 o doDecreto­Lein o 271,de28defevereirode1967,passaavigoraracrescidodoseguinte§6 o :

‘Art.7 o

§6 o Aconcessãodeusodeterrenopúblicosituado,emáreaurbana,entreafaixaaqueserefereoart.62daLein o

12.651,de25demaiode2012,eterrenoprivadopoderásercontratada,atítulooneroso,portempoindeterminadoepara

05/01/2016

Mensagemnº620

finsdeaproveitamentosustentável,comoproprietáriodoterrenocontíguoqueaestejaocupandohámaisdedezanos

ininterruptosoucomautorizaçãodopoderpúblico.’(NR)”

Razõesdoveto

“Odispositivopropostofereointeressepúblico,umavezquedistorceriaousodasmargensdelagosartificiais. Com isso,traria riscos ao meio ambiente e geraria uma restrição indevida para a população,que poderia perder totalmenteoacessoataisáreas.”

Essas,SenhorPresidente,asrazõesquemelevaramavetarosdispositivosacimamencionadosdoprojetoem

causa,asquaisorasubmetoàelevadaapreciaçãodosSenhoresMembrosdoCongressoNacional.

EstetextonãosubstituiopublicadonoDOUde31.12.2015­Ediçãoextra