You are on page 1of 2

Unidade Didática 6 – Avaliação da Aprendizagem em EaD

3 FUNÇÕES DA AVALIAÇÃO NA EaD
No contexto educativo que desejamos a avaliação deve desempenhar
funções específicas que contribuam para alcançar os objetivos do processo
ensino-aprendizagem:
a) Diagnosticar
Esta é uma função básica e, como visto acima, este diagnóstico deve
transcender a simples constatação de quanto o aluno aprendeu. O projeto
de avaliação deve ser concebido de modo a permitir:
• Conhecer como e se os objetivos propostos estão sendo alcançados;
• Identificar os pontos-problema no aprendizado de cada aluno e qual sua
causa;
• Obter informações para a revisão do projeto pedagógico como um todo,
incluindo a qualidade e adequação dos materiais didáticos, do sistema de
apoio tutorial e do próprio sistema de EaD.
É com base no resultado da avaliação que será tomada a decisão de manter
o curso como está ou mudá-lo e, neste caso, quais mudanças são
necessárias e como deverão ser feitas.
b) Promover o autoconhecimento de aluno e professor/tutor
A avaliação deve fornecer a ambos informações sobre seu respectivo
desempenho. Ao aluno, a avaliação deve fornecer informações sobre o
quanto de conhecimento já domina, o quanto progrediu desde o início do
percurso, o quanto ainda precisa crescer e quais seus pontos fracos. Ao
professor e, no caso da EaD, também ao tutor, a avaliação fornece
informações sobre a qualidade e a adequação do seu procedimento didático
e da sua interlocução com os alunos, isto é, se está conseguindo manter um
nível adequado de comunicação através dos meios disponíveis, de modo
que o seu aluno não se sinta desamparado no seu processo de
aprendizagem. Deste modo, é a base para o desenvolvimento, pois é
necessário que cada um tenha consciência das próprias limitações e
potenciais, para a necessária tomada de decisão sobre o rumo a seguir.
c) Estimular o crescimento
Ao contrário do sistema de verificação convencional, que é desmotivador, a
avaliação permite o reconhecimento do ponto onde se está e, assim, do
quanto já se progrediu e para onde seguir no aprendizado. Este estímulo é
fundamental para o aluno que não se beneficia do confronto diário com o
professor. Neste sentido, devem ser evitados por parte do tutor,

. por sua vez. pois o objetivo do processo de ensino-aprendizagem é tornar o aluno competente na utilização do conhecimento e não na sua memorização. Quando se considera esta função. a competência do aluno. A realização de exercícios de avaliação bem elaborados é uma oportunidade de aprender de modo mais aprofundado. argumentação e confronto de idéias. Mais adiante voltaremos a discutir a este respeito. Isto pode ser conseguido formulando-se instrumentos de avaliação que permitam que o aluno manifeste a sua experiência. • A realização de provas com consulta também é um recurso interessante. Em um processo de avaliação bem conduzido espera-se que as notas ou conceitos traduzam a qualidade da aprendizagem e. e) Comprovar competências Esta é uma função social e administrativa de suma importância. que é a prova social que atesta a qualidade do aprendizado do aluno. que elabore processos mentais variados de modo a demonstrar capacidade de abordar e resolver situações complexas e o seu crescimento no domínio daquele determinado conteúdo. Isso o torna um momento privilegiado que pode e deve ser explorado para a aprendizagem e para a apreensão de conhecimentos.comentários desmotivadores ou desabonadores na avaliação. d) Aprofundar a aprendizagem A avaliação é um momento em que o aluno busca concentrar o máximo de suas capacidades e habilidades. por conseguinte. que. qualquer estratégia que contribua para o aprendizado deve ser explorada. pois permite discussão. • A realização de provas em dupla pode ser utilizada. É a partir dos seus resultados que se elabora o histórico escolar. capacidade de reflexão e análise. O histórico é a fonte de informações a partir da qual são elaborados os certificados e diplomas. estimulando o desenvolvimento da capacidade crítica-analítica. atestam a competência do profissional. que deve ser estimulada por atividades capazes de concentrarem a atenção do aluno em pontos-chave para o seu progresso.