You are on page 1of 2

Em torno da história da humanidade, e até mesmo da história de nossa nação

,
compreendemos que são muitas e distintas as sociedades e como tais, têm suas
especificidades e particularidades, que se mescla em um misto de formas culturais, o que
reflete em tipos de organização sociais diferentes e que vez ou outra se mostram como mais
de um tipo de organização em uma mesma sociedade. Nesse contexto, entende-se que há uma
distinção possível de ser esclarecida entre o que seja organização social, do que é estrutura
social, pois ambas se diferenciam em alguns aspectos e se evidenciam em toda e qualquer
sociedade como fator associável à dinâmica da convivência entre os sujeitos que compõem e
dão forma aos acontecimentos e movimentos que se constroem no cotidiano das relações
políticas, sociais e econômicas de dado agrupamento de pessoas.
Podemos entender que a estrutura social é a forma como uma sociedade se estrutura,
correspondendo as posições sociais, métodos e meios pelos quais os seres humanos interpõem
suas ações a fim de obter os fins pelos quais estes lutam, em contrapartida, a organização
social pode ser compreendida como sendo o conjunto de papéis sociais que dado indivíduo
pode ocupar em certos momentos, diz respeito à forma como os homens se relacionam
através de suas ações, levando em consideração aspectos como: período de tempo,
responsabilidade com os grupos, riqueza, a camada social na qual estão inseridos, entre outros
aspectos que podem contribuir para marcar a posição social do indivíduo para o desempenho
de seu papel.
Frente ao conhecimento do que sejam ambos os conceitos estudados, tomamos
também o conhecimento de que por ser um conceito amplo, a organização social irá se
demonstrar em múltiplos aspectos quer sejam sociais, econômicos ou políticos, porém em
todos estes, perceberemos que ocorrerá a relação entre dois eixos distintos, o que será
responsável por indicar o grau de organização social existente entre os sujeitos que formam
referida sociedade, pois para uma sociedade ser entendida e percebida como desenvolvida e
próspera, não basta somente que esta tenha bons indicadores econômicos, mas que aliados a
estes estejam também os bons indicadores sociais que caracterizam o grau de organização e as
possíveis relações de dominância entre os indivíduos, o que é responsável na maioria das
vezes por levante de conflitos e movimentos que se responsabilizam por constituir uma
sociedade como precária e atrasada socialmente.
Em suma, a organização social, é um conceito necessário para que se entenda a
dinâmica de um lugar e se compreenda o porquê de certas ações que se percebem entre os

para que se possa considerar e superar as dificuldades existentes na convivência dos indivíduos que formam as sociedades. . o que nos leva a entender algumas das causas estruturais e organizacionais que se colocam como obstáculos ao desenvolvimento e evolução de uma sociedade não só em sua face econômica. e também a perceber a importância da compreensão do que seja uma organização social.seres que constituem a estrutura de um povo. pois embora tenhamos uma sociedade com grande capital e acumulação de lucro pode-se ter concomitantemente. mas especialmente em seu lado social. uma sociedade frágil e desestruturada em múltiplos aspectos.