DIRETOR RESPONSÁVEL: José Ambrósio dos Santos

TRIBUNA POPULAR www.jornaltribunapopular.com Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007 R$

1,001

ANO 1 | N°

42 - JORNAL SEMANAL

SÁBADO, 15 DE SETEMBRO DE 2007

Redação:

(81) 3524-0213 | 8756-0598 Pág. 10

OAB-PE ENTRA NO CASO DA GUARDA MUNICIPAL DO CABO
O rumoroso caso que envolveu a Guarda Municipal do Cabo e dois cidadãos de Pontezinha, no domingo (2), atraiu a atenção da Ordem dos Advogados do Brasil, secção de Pernambuco. A Câmara Municipal acionou a sua Comissão de Direitos Humanos. Representante do Sintrac denunciou ameaças contra guardas. PÁGs. 5 e 6

IPOJUCA

Empresários vão contratar mão-de-obra local
Pág. 4

JABOATÃO

Deputada quer maior efetivo nas delegacias da mulher
Pág. 12

CULTURA

A Gema do Ovo da Ema está em cartaz no Teatro Barreto Júnior
Pág. 7 14

d E

Ex-deputado diz que vem conversando O rosto com líderes de Vlademir Bernardo e como ficou após a agressão. Houve fraturas da mandíbula alegre do sociólogo outros partidos e que eles compreendem a necessidade de se montar um arco de alianças para enfrentar o prefeito Lula Cabral (PTB). Betinho é o mais novo integrante do PSDB, do senador Sérgio Guerra, que prestigiou ato de filiação, ontem à noite, em sessão bastante concorrida na Câmara de Vereadores do Cabo. Pág. 3

SINTRAC REALIZA ELEIÇÃO COM TRÊS CHAPAS

ESPECIAL Págs. 8 e 9

Cidadãos “invisíveis” buscam cidadania

2

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Editorial
VIDA DE GADO

ARTIGOS

Textos a serem publicados devem ter no máximo 30 linhas, fonte Arial, 12. tamanho 12 O conteúdo é de total responsabilidade de seus autores.

Brasil, corrupção e hipocrisia
ELAINE TAVARES*

E

ste é um país que vai pra frente. Quem tem mais de 35 anos em geral, pelo menos em momentos de distração, entoou esse refrão ufanista do governo dos milita res. É claro que o país mudou muito desde o final da ditadura militar, em 1984. O avanço industrial e o tecnológico são inegáveis. Mas para muitos brasileiros esse progresso não lhes beneficia em nada. Aliás, muitos nem são considerados brasileiros, pois legalmente não existem, são invisíveis para a sociedade. Como milhões de sem-terra, sem-teto, sem-educação, sem-saúde, eles formam o contingente dos sem-cidadania. E o governo, que começa a identificar esses brasileiros anônimos, não precisa ir muito distante dos principais centros urbanos para localizar essas pessoas que vivem à margem da cidadania. Muitos sequer sabem a idade que têm. A reportagem das páginas 8 e 9 desta edição revela esse quadro em preto e branco da nossa sociedade. A apenas alguns quilômetros da área urbana dos municípios de Ipojuca e do Cabo de Santo Agostinho, famílias inteiras não tem qualquer documento. São famílias bastante pobres que não têm como custear a documentação e ignoram os seus direitos. Com isso, não têm acesso a programas assistenciais dos governos federal, estadual e municipal que lhes seriam essenciais. Desacostumados a receber qualquer benefício e desinformados, nem mesmo protestam contra a situação em que vivem, como constatou o repórter-estagiário do jornal Tribuna Popular, Jorge Lemos, ao entrevistar a família do agricultor Severino Bernardo da Silva, do Engenho Pirajá, em ipojuca. Ele, a mulher e oito filhos não têm qualquer documento. Enquanto isso, de suas confortáveis mansões nas principais capitais do país, fazendeiros monitoram seus rebanhos nas fazendas espalhados pelo Brasil e pelo mundo. Sabem, instantaneamente, peso, idade, vacinação e outras informações de cada um de seus bois e de suas vacas. O país segue em frente, mas em suas ‘locomotivas’ continua não havendo lugar para muitos ‘brasileiros’ que, desassistidos, continuam levando vida de gado.

O

Primeira Imagem - Consultoria, Planejamento e Assessoria de Imprensa e Comunicação LTDA.

Fundado em 30 de novembro de 2006 por José Ambrósio dos Santos e Wilson Firmo Editor Geral: José Ambrósio dos Santos (DRT/PE 1.433) Editor chefe: Wilson Firmo (DRT/PE 3.214) Repórter: Jorge Lemos (ESTAGIÁRIO) Fotógrafo: Marcelo Ferreira Site: www.jornaltribunapopular.com Email: jornalismo@jornaltribunapopular.com Telefones: (81) 3524-0213 / 8756-0598 - Redação/Comercial Endereço: Rua Teixeira de Sá, 57 - Sala 7 - Centro - Cabo de Santo Agostinho (PE) - CEP 54.500-000

Circulação: Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Escada e Jaboatão dos Guararapes Periodicidade: Semanal | Tiragem: 3 mil exemplares Gráfica: Jornal do Commercio

filósofo Enrique Dussel ção moderna do termo, que ouvir e obedecer a sua base. é, para mim, quem memachista, colonialista, racista e Nesse sentido, quando um lhor definiu o que seja exclusivista. Quando o poder é Renan ou outro qualquer usa corrupção. Ele deixa claro, no usado com esta conotação, de o poder para enriquecer, comseu livro “20 teses sobre Polítidomínio sobre o outro, deixa prar gado ou qualquer outro ato ca”, que estas denúncias que ende ser política e vira um fetique não aqueles para o qual foi volvem roubo, uso da influênche. Alguém que, no exercício eleito, ele está deslegitimado. E cia, malversação de verbas púdo poder, se considera o centro é o povo que o elegeu quem blicas, ilegalidades diversas no e a sede deste poprecisa fazer essa exercício da função pública, der, está corromdeslegitimação. abuso etc.., nada mais são do pido. E é essa a Quando o político Agindo como se que a capa visível de um procorrupção que pensa que, inves- fosse ele mesmo, cesso que é muito mais profundeve ser combatie não o povo, a tido do poder, do. Por isso, é a este pensador da. Os atos que se sede do poder, que recorro para falar de toda seguem a essa este político está pode fazer que essa polêmica envolvendo o seidéia de que quem quiser. Não pode! acabado. Dever nador Renan Calheiros. está num posto de ser riscado do Há que ouvir e Fatos como o que aconteceu mando tem a sede mapa. Daí que o esta semana no Senado levam do poder, nada absurdo não está obedecer a sua às pessoas a acaloradas discusmais são do que no fato de o Senabase. sões sobre a democracia, a ética conseqüências da do ter feito votae a política e, no mais das vezes, “grande” corção às portas feas opiniões recorrentes são as rupção. chadas, nem que tenha absolque não tem jeito mesmo, que Partindo desta idéia, o que vido o senador. Absurdo será se a política é um espaço de aconteceu esta semana no Seo povo brasileiro não comprecorrupção, que ninguém pode nado apenas se configurou ender que este tipo de político ser sério na política e coisa do num teatro, uma fantasmaprecisa ser varrido do cenário tipo. Multiplicam-se as análigoria. Condenar ou absolver nacional. ses morais. “Absurdo”, clama a Renan Calheiros no campo da Outro exemplo gritante de população nos ônibus, nas esmoral de nada adianta. É precomo estes políticos rasteiros se quinas, nas mesas de bar. Mas, ciso que as pessoas comecem a comportam no trato com o poa meu juízo, todo esse mopensar sobre a corrupção-mãe der foi a fala do deputado Raul ralismo no debaque se esconde Junggmann, quando se atracou te nada mais é do nos estúpidos com um segurança armado de O político, para que o desconheciatos ilícitos que os revólver de choque. “Ele não não ser corrupto, que estão no po- pode fazer isso com um repremento do que seja efetivamente a precisa saber que der se acham no sentante do povo”. Mas, são espolítica e, princideputados está representando direito de come- tes mesmos tropas paraos que palmente, a incater, sem qualquer chamam as repriuma gente que o punição. pacidade da nossa mir o povo que os elegeu quangente de agir de elegeu e que neste A política do este se arvora no direito de forma contuncomo grande poreclamar a sede do poder. Conestado de repre- lítica, segundo tra o povo, as balas e o choque, dente no exato momento em que sentante do povo Dussel, se expres- mas contra um deputado, não. se instala a coroutra é corrupção. a mãe precisa fazer o que sa numa exercer Issocorrupção. E éEssa éque as rupção. forma de da isso Dussel fala o povo lhe ordena o poder. Não mais gentes precisam observar se que, tal como o como dominaquiserem realmente um dia que seja feito. povo, a maioria ção, mas como viver num sistema político em dos políticos sepoder-obedienque aquele manda, obedece. quer sabe do exato momento cial. Ou seja, o político, para Ainda temos muito que camiem que começa a ser corromnão ser corrupto, precisa saber nhar para sair da seara da mopida. E que isso se deve ao fato que está representando uma ral e entender o verdadeiro de que, normalmente, quem gente que o elegeu e que neste significado da política. Mas, faz política, tampouco sabe o estado de representante do creio, um dia chegaremos a esse que significa esse fazer. Para o povo precisa fazer o que o povo patamar. filósofo, aquele que exerce um lhe ordena que seja feito. Não determinado poder precisa saestá nele o poder de fazer o que ber, de forma clara, o que é o lhe dê na telha. Essa é a corrup* ELAINE TAVARES é jornapoder. Poder, para Dussel, não ção. Quando o político pensa lista. Artigo publicado originalé um espaço de dominação, que, investido do poder, pode mente no site da Agência como quer fazer crer a concepfazer que quiser. Não pode! Há Adital.org.br

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

3

Política
TROCA-TROCA

Editor: José Ambrósio ambrosiosantos@jornaltribunapopular.com (81) 3524-0213 / 8837-9203

Deputado Elina Carneiro pede aumento de efetivo de delegacias das mulheres PÁG. 4

DINÂMICA DA POLÍJosé Ambrósio - (81) 8837-9203 ambrosiosantos@jornaltribunapopular.com

TICA

Apoio nacional
Presidente estadual do PSDB, o senador Sérgio Guerra disse à Rádio Calheta FM que a filiação de Betinho Gomes torna maior e melhor o Partido da Social Democracia Brasileira. Destacou que o ex-deputado estadual fez um trabalho sério na Assembléia Legislativa, que fará as mudanças que o Cabo precisa e assegurou o apoio do PSDB nacional.

SENADO FEDERAL

Betinho entra no PSDB pedindo unidade às forças de oposição para 2008
MARCELO FERREIRA / LUZES

Qualidade
O ingresso do ex-deputado Betinho Gomes no PSDB foi saudado com entusiasmo pelo presidente estadual, deputado Pedro Eurico. “Representa renovação com qualidade, pois Betinho é um jovem e importante quadro que sempre pautou sua vida pública pelo compromisso com a população do Cabo e de Pernambuco. Tem muito a contribuir com o fortalecimento do partido e do Estado.”

Estratégico
Ex-prefeito por três mandatos de Ipojuca, o deputado estadual Carlos Santana (foto) diz que o ingresso de Betinho Gomes vai fortalecer o PSDB na Região. Ressalta que assim como Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho é estratégico e a presença de dois prefeitos (já trabalham suas candidaturas para 2008) será decisiva para o crescimento do partido
ALEPE

Ex-deputado diz que vem conversando com líderes de outros partidos e que eles compreendem a necessidade de se montar um arco de alianças para enfrentar o prefeito Lula Cabral (PTB)
JOSÉ AMBRÓSIO
ambrosio@jornaltribunapopular.com

Ao formalizar o ingresso no PSDB, ontem à noite, na Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho, o ex-deputado Betinho Gomes disse que o mais decisivo, agora, é assegurar a união de todas as forças de oposição, para se ter uma chapa competitiva no embate com o prefeito Lula Cabral (PTB), nas eleições de 2008. “É natural que os tucanos estejam falando no meu nome para disputar a Prefeitura do Cabo, mas dois passos a partir de agora são fundamentais: a unidade das forças de oposição e a definição de um projeto para a cidade”, disse. “Nossa cidade precisa de um governo que tenha capacidade de investir em ações que possam gerar empregos para nosso povo, que se preocupe com a saúde pública e que invista na infra-estrutura, especialmente nas áreas mais carentes”, defendeu, para afirmar que o prefeito Lula Cabral poderia fazer muito mais. Betinho Gomes disse que tem conversado com represen-

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Ninho tucano
A rearrumação partidária no principal grupo de oposição ao prefeito Lula Cabral (PTB) também levou o vereador e presidente municipal do PPS, Manoel Carlos, para o ninho dos tucanos. Já a vereadora Ana Selma se mantém na sigla dos pós-comunistas.

Depois de 11 anos no PPS, Betinho passa a integrar no “ninho” tucano

tantes das forças de oposição e que todos compreendem a necessidade de se montar um arco de alianças para enfrentar “a arrogância e a prepotência de um prefeito que não dialoga com seu povo.” Entre os líderes políticos com quem tem conversado, destacou o professor e ex-candidato a prefeito nas eleições de 2004, Chico Amorim (PMDB), o empresário e presidente do PMDB do Cabo, Ayrton Cardoso, o vereador Luiz Solano (PV) e o presidente do PSB municipal, o superintendente de Gestão Fundiária e Patrimonial do Complexo de Suape, Inaldo Campelo. Além de líderes estaduais como os senadores Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Sérgio Guerra (PSDB), e o ex-governador Mendonça Filho (DEM). PSB - Em relação ao PSB, cujo presidente Inaldo Campelo reafirmou a busca da can-

didatura própria, na semana passada, observou que está claro que o partido não tem alinhamento com a Prefeitura, apesar de ter alguns nomes na administração. PT DIVIDIDO - Aproveitou para cobrar coerência a outros partidos que passaram a integrar a administração. “O que se observa é que mesmo cooptados, vê-se um PT dividido, um PC do B com integrantes que não dizem publicamente, mas contestam o apoio. Isso mostra que o prefeito não conquistou esses partidos. Ele os cooptou, impôs o apoio pela fragilidade de alguns líderes”, disse. O ato que formalizou o ingresso de Betinho Gomes no ninho dos tucanos reuniu representantes de diversos partidos, além de empresários e líderes políticos e comunitários. Betinho Gomes deixou o PPS, seu primeiro partido, no qual militou durante 11 anos.

Abaixo o nepotismo -

A Assembléia Legislativa poderá aprovar esta semana projeto de lei que combate a prática do nepotismo no Poder Executivo estadual. Passo importante foi dado na terça-feira (11), com a aprovação pela Comissão de Justiça. O projeto proíbe a contratação de parentes até terceiro grau de membros do membros do Executivo como o governador e secretários de Estado, para cargos de confiança ou funções gratificadas.

Estado moderno - Relator do projeto, o líder do Governo, deputado Isaltino Nascimento (PT), está confiante na sua aprovação. Ele está convencido de que o combate ao nepotismo no Executivo contribui para a modernização do Estado.

Tetra - O deputado estadual Carlos Santana (PSDB) prepara-se para disputar a prefeitura do estratégico município de Ipojuca, que já administrou por três mandatos. Assessores dizem que grande parte das obras e ações que o prefeito Pedro Serafim (PMDB) alardeia em outdoors pelas margens da PE60 é resultado de articulações de Santana, e não conquistas da atual gestão

4

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Política

DELEGACIAS DA MULHER

Elina Carneiro pede aumento do efetivo
DA REDAÇÃO DO TP
jornalismo@jornaltribunapopular.com

A deputada Elina Carneiro (PSB) advertiu nesta terça-feira (11) para a carência de funcionários nas delegacias especializadas da mulher de Jaboatão dos Guararapes e do Recife e cobrou providências ao Governo do Estado. Segundo a deputada, somente na Delegacia da Mulher de Santo Amaro, mais de 150 inquéritos envolvendoagressões,ameaçaseatétentativa de assassinato estão encalhados por falta de efetivo, enquanto a maioria dos agressores continua livre. Ela ressaltou que a fila de espera para prestar um simples depoimento na delegacia é muito grande, o que acaba tornando as vítimas ainda mais vulneráveis. Disse que a procura pelas delegacias especializadas cresceu a partir da Lei Maria da Penha e chamou a aten-

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

ção para os artigos 11 e 12 — que exigem que a autoridade policial garanta proteção da vítima, remeta o caso à Justiça em 48 horas, forneça transporte ao IML ou local o exame, além de identificar e ouvir o agressor. Ela disse que as instituições que integram o aparelho do Estado ainda não conseguiram se adaptar à lei, pois no caso da polícia, segundo ela, a falta de efetivo é o principal entrave. Lembrou ainda a deputada, que as delegacias especializadas da mulher devem ter competência para apurar os crimes de lesão corporal; ameaça; estupro e atentado violento ao pudor; maus-tratos; abandono de incapaz; constrangimento ilegal; seqüestro e cárcere privado; sedução; aborto provocado por terceiro; corrupção de menores e rapto. (Com informações do Serviço de Imprensa da AL).
INFORME PUBLICITÁRIO

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

5

Dia-a-Dia
Editor: Wilson Firmo wilson@jornaltribunapopular.com (81) 3524-0213

CLASSIFICADOS
Anuncie: 3521-5720 | 8756-0598

TRIBUNA

A cada 5 linhas (cada linha de 20 toques), você investe apenas R$ 7,00 por edição Agora chegou sua vez de anunciar na bun Popular ar. Tribuna Popular A cada semana, uma nova chance de fazer bons negócios.

INVESTIGAÇÃO 1

OAB/PE entra no caso que envolve guardas municipais do Cabo e dois cidadãos
JORGE LEMOS / TP IMAGENS DIVULGAÇÃO

Wlademir teve o rosto deformado

à justiça. No primeiro, a autoridade policial registra a acusação de abuso de autoridade dos guardas municipais feita pelo sociólogo Vlademir Bernardo de

Souza (30) e pelo professor de capoeira Ednaldo Tenório Nascimento (36), que são primos. O segundo TCO inverte a situação, com os guardas municipais acusando os envolvidos de desacato à autoridade. Os guardas municipais envolvidos no episódio são Evandro Ribeiro dos Santos, Rivadábia Ribeiro de Souza Neto, José Fernando da Silva, Josimar Francelino e Ernandes Abreu de Oliveira. Todos foram afastados das funções pela Prefeitura do Cabo, que abriu sindicância para apurar responsabilidades. (Mais notícias sobre o caso Wlademir na página 6)
PROMO TP

O sociólogo Wlademir Bernardo durante encontro com o presidente da OAB-PE, Jaime Asfora

Assine hoje mesmo
O seu jornal semanal todos os sábados, nas bancas. E você ainda pode receber na sua casa. Ligue (81) 8756-0598 / 3524-0213 e faça agora mesmo a sua assinatura. A tribuna é toda sua. O prazer em tê-lo como assinante e leitor, é todo nosso.

Entidade entrou no caso a partir da quarta-feira (12), quando o sociólogo Vlademir Bernardo de Souza, que sofreu as maiores conseqüências, foi recebido em audiência pelo presidente da seccional, Jaime Asfora
JORGE LEMOS E JOSÉ AMBRÓSIO
jorgelemos@jornaltribunapopular.com ambrosiosantos@jornaltribunapopular.com

O rumoroso caso que envolveu a Guarda Municipal do Cabo de Santo Agostinho e dois cidadãos do distrito de Pontezinha, no domingo (2), acabou atraindo a atenção da

Ordem dos Advogados do Brasil, secção de Pernambuco, que passou a acompanhar o episódio, já sob investigação judicial. A OAB-PE entrou no caso a partir da quarta-feira (12), quando o sociólogo Vlademir Bernardo de Souza, que sofreu as maiores conseqüências, foi recebido em audiência pelo presidente da seccional, Jaime Asfora. Após ouvir os relatos do incidente que envolveu cinco guardas municipais, o sociólogo e seu primo, o professor de capoeira Ednaldo Tenório Nascimento, Asfora autorizou o presidente da Comissão de Direitos Humanos da entidade, Taciano Domingues, a entrar

nas investigações. “Vamos acompanhar o depoimento das vitimas no Ministério Público e também a questão dos TCOs (Termo Circunstancial de Ocorrência) abertos na delegacia. Acho que somando esforços teremos um resultado positivo”, afirmou o presidente da OAB-PE. O CASO O incidente ocorreu na madrugada do domingo (2), em Pontezinha. Horas depois o delegado de Plantão da Delegacia do Cabo, Marciano Bezerra, abriu dois TCOs (Termo Circunstancial de Ocorrência), por não ter aparecido testemunha do episódio e anunciou que o caso seria encaminhado

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

6

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Dia-a-Dia
INVESTIGAÇÃO 2

TRIBUNA POPULAR
JorgeLemos -SugestãodePauta(8804-3804) jornalismo@jornaltribunapopular.com

Câmara aciona Comissão de Direitos Humanos
JORGE LEMOS / TP IMAGENS

JORGE LEMOS

O POVO QUER SABER - BECO
JORGE LEMOS / TP IMAGENS

DA CARNE

Entra prefeito e sai prefeito e continuam os buracos da calçada na Rua Antônio Martins, no antigo Beco da Carne. Os moradores também não agüentam mais o mau cheiro do esgoto que fica a céu aberto.

SEJA UM PAI LEGAL –- A campanha que visa ao
reconhecimento voluntário e gratuito de paternidade disponibilizou um telefone para informações a partir do próximo dia 20. O número é 08002803443 ou em um link que estará disponível no site do Tribunal de Justiça de Pernambuco (www.tjpe.gov.br). O mutirão será realizado em todo o Estado de 1º a 12 de outubro.

Também a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho entrou no caso. O presidente Gessé Valério atendeu ao pedido da líder da oposição, vereadora Ana Selma, e autorizou a atuação da comissão que é formada vereadora Maria Carneiro (presidente), o vereador Luiz Solano (relator) e mais Clodovaldo Cavalcante e Abnoan Gomes. No início da tarde da terçafeira (11), a comissão ouviu o sociólogo, Vlademir Bernardo de Souza, o professor de capoeira Ednaldo Tenório Nascimento e o pai de Vlademir, o sargento aposentado Antônio Bernardo de Souza. Os vereadores ouviram os depoimentos na própria casa do sociólogo, em Pontezinha. Logo depois, a comissão foi à Policlínica Jamaci de Medeiros,

CADÊ OS MOVIMENTOS
Ninguém vê mais os protestos e vigílias denunciando a violência contra a mulher. A Delegacia da Mulher informou que, até a última segunda (10), 203 mulheres haviam sido assassinadas. No ano passado foram 319 assassinatos. Os movimentos feministas realizavam protestos em todos os municípios. O que está acontecendo?

NORDESTE DOENTE
Dados do Ministério da Saúde indicam que 90% da população do Nordeste dependem do atendimento do SUS. É a constatação da triste realidade das condições socioeconômicas dos nordestinos, que se agrava com a qualidade e quantidade dos serviços oferecidos e agora com as greves dos médicos.

Dirigente do Sintrac defende guardas denunciando
JOSE AMBRÓSIO

MORTALIDADE MATERNA – Representantes do Comitê Estadual de Mortalidade Materna discutiram na quinta-feira (13) metas e competências para a diminuição do índice, que tem se mantido nos últimos anos em patamar bastante alto. No Canadá, a razão de mortalidade é de nove para cada 100 mil nascidos vivos. Em Pernambuco, chega a 80. Estudos indicam que em média 90% dos casos podem ser evitados com ações preventivas e de conscientização.
Até 2008, todas as escolas estaduais deverão contar com um laboratório de informática conectado à rede através de banda larga. O anúncio foi feito pelo governador Eduardo Campos durante a reinauguração da Escola Engenheiro Lauro Diniz, no Ipsep, na quinta-feira (13).

BOA NOTÍCIA

O diretor de Formação do Sindicato dos Servidores do Cabo (Sintrac), José Francisco, o Chico Sem-teto, saiu em defesa dos guardas municipais envolvidos no episódio utilizando a tática do ataque, mesmo reconhecendo que houve excesso por parte de alguns e defendendo punição. O sindicalista, que também é guarda municipal e residiu em Pontezinha durante seis anos, disse que o capoeirista Ednaldo Tenório Nascimento é altamente preparado em artes marciais e temido no distrito até mesmo por guardas municipais, que estariam sendo ameaçados. “Não posso revelar os nomes dos guardas que estão sendo ameaçados por questão de segurança” jus, tificou. De acordo com o dirigente sindical, as ameaças surgiram já na Delegacia de Polícia do Cabo, no

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Comissão de Direitos Humanos da Câmara do Cabo visita o sociólogo

em Ponte dos Carvalhos, para investigar a passagem de Vlademir e Ednaldo na unidade hospitalar, para onde foram levados pelos guardas municipais. SEM ASSISTÊNCIA Até à visita da Comissão de Direitos Humanos da Câmara nenhuma assistência havia sido oferecida pela Prefeitura do Cabo ao sociólogo Vlademir Bernardo, como denunciou o seu pai, o sargento reformado

Antonio Bernardo de Souza. “Estamos com dificuldades com transportes e não temos plano de saúde para fazer alguns exames. O tratamento dentário nós conseguimos por articulação de amizade na Universidade Federal", queixou-se. Somente no início da noite da terça-feira o assessor do secretário de saúde, Heráclito Chagas, visitou as vítimas e garantiu toda a assistência médica, conforme Antonio Bernardo.

INVESTIGAÇÃO 3

domingo (2), durante o depoimento.“O que se deseja é que tudo seja devidamente apurado e esclarecido” disse Chico Sem-teto. , Ele admitiu o excesso de alguns na abordagem e defendeu punição, mas destacou que não se pode condenar a corporação pelo erro de uns poucos. O sindicalista criticou o secretário de Defesa Social da Prefeitura, João Batista de Moura, e também o comandante da Corporação, José Abílio da Silva, que teriam abandonado os guardas municipais, depois de tê-los afastado das funções. “Eles – os guardas – não têm qualquer assistência, nem mesmo psicológica ou jurídica” atacou.“O , comandante Abílio ficou uma semana sem ouvir os guardas” disse. , Segundo explicou, tem guardas enfrentando problemas psicológicos por cultuarem a paz e estarem sendo tratados como violentos sem nem mesmo terem se envolvido direta-

mente no episódio. PREFEITURA - O assessor especial da Secretaria de Assuntos Jurídicos e Defesa da Cidadania da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, Luiz Geraldo Leite, disse que o processo está em estágio bem acelerado. Já foram ouvidas oito pessoas e foram feitas apurações e diligências. “Uma comissão formada por três vereadores está acompanhando todos os procedimentos do inquérito que está andando com toda a celeridade. O processo tem 30 dias para acabar a partir do dia que foi dado entrada. Portanto, até o fim do mês sairá o resultado. É uma questão de prioridade para o Governo, uma vez que toda a formação da Guarda é fundamentada no Programa Nacional dos Direitos Humanos do Governo Federal. O inquérito corre em segredo de justiça, não pode ser divulgado nada a não ser para a comissão de direitos humanos da Câmara que acompanha o caso”, afirma. O assessor não comentou as acusações feitas pelo sindicalista de que os guardas foram abandonados pelo secretário João Batista de Moura e o comandante da Guarda, José Abílio da Silva.

Dia-a-Dia
SINDICALISMO

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

7

Sintrac realiza eleição com três chapas
As três chapas têm pontos em comum, entre eles, a defesa da elaboração do Plano de Cargos e Carreiras, o estatuto dos servidores e o reconhecimento dos anistiados, entre outros
DA REDAÇÃO jornalismo@jornaltribunapopular.com
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

gistro é que ficou sabendo que havia sido excluído. CHAPA 3 Em meio ao tiroteio, Claudivânio Francisco procura conduzir o processo espelhando-se no slogan da chapa, que é Consolidar a União dos Trabalhadores. “Nossa luta é pelo fortalecimento dos interesses dos trabalhadores”, disse, negando enfaticamente representar os interesses da Prefeitura. “Nosso adversário é justamente o governo municipal. Veja que nossa chapa reúne alguns dos principais líderes da greve”, ponderou. Ele nega que tenha traído Isaías de Moura. Diz que, ao contrário, se dispôs a atuar como “vilão” a serviço de Moura na missão de informar a alguns dirigentes que o seguem de que eram muitas as queixas contra eles e que seriam sacados da diretoria. E volta a pregar um entendimento. “Espero que isso seja superado, pelo bem da categoria. Amadureçam, pois novos embates virão e a unidade dos servidores será necessária”, defende. As três chapas, contudo, têm pontos em comum. Entre eles a defesa da elaboração do Plano de Cargos e Carreiras, o estatuto dos servidores e o reconhecimento dos anistiados, entre outros.

SEUS DIREITOS
Mande sua questão (dúvida ou esclarecimento) para a Rua Teixeira de Sá, 57, Sala 7 - Centro, Cabo de Santo Agostinho - CEO 54.500-000 ou para o email seudireito@jornaltribunapopular.com. O advogado JÚLIO CÉSAR estará respondendo à sua carta.

As dificuldades enfrentadas pelo Sindicato dos Servidores do Cabo (Sintrac) na recente greve que foi encerrada sem maiores conquistas e sob queixas de alguns sindicalistas estão sendo explicadas nas últimas semanas, com o processo sucessório na entidade. Os servidores vão às urnas nesta terça-feira (18) escolher a nova diretoria podendo optar por três chapas, o que deixa explícita a divisão. CHAPA 1 A chapa 1 (Reafirmando a
NOTA FÚNEBRE

Luta do Servidor) é liderada por Áurea Joaquim da Silva, servidora há 30 anos. “Decidi concorrer depois que constatei a fragilidade da atual diretoria, durante o movimento grevista”, destaca Áurea, denunciando a falta de compromisso de alguns dirigentes. “Em plena mobilização, podia-se ver dirigentes bebendo e até mesmo embriagados”, protestou. CHAPA 2 Liderando a chapa 2 (Continuando a Luta pela Dignidade dos Servidores), Isaías de Moura, que integra a atual direção, não deixa por menos. Ele acusa a chapa 3, liderada por Claudivânio Francisco, que até recentemente coordenava o Sintrac , de ter o apoio da Prefeitura do Cabo. Isaías de Moura denuncia ainda a tentativa dos integrantes da chapa situacionista de impedir o registro de sua chapa. Diz que vinha negociando a continuidade com o grupo dirigente e que somente no úl-

PRAZO CERTO

NÃO EXISTE ESTABILIDADE DURANTE CONTRATO DE EXPERIÊNCIA
leitor Adriano Oliveira, de Jaboatão dos Guararapes, con ta que no dia 25 de agosto, sofreu acidente de trabalho: ao ajudar a posicionar uma máquina, prendeu o dedo entre duas partes. Em outubro, ao fim do contrato de experiência, mas ainda durante o curso do benefício previdenciário, foi demitido sem justa causa. Quer saber se pode entrar com uma reclamação trabalhista, pedindo sua reintegração ao emprego ou o pagamento dos salários relativos ao período de estabilidade provisória decorrente de acidente de trabalho. A legislação relativa à prevenção de riscos no trabalho visa proteger a saúde do empregado, já que garante a estabilidade provisória ao lado mais fraco da relação para que este não volte ao mercado de trabalho de forma fragilizada, pois teria dificuldades de encontrar trabalho em razão do acidente sofrido. Porém, Adriano, em razão de seu contrato ter prazo certo para acabar, no Quando o trabalhador caso 03 (três) meses, você sofre acidente de tranão tem direito a referida estabilidade. balho no período de Arisco, até, estender esse experiência, não existe meu entendimento ao caso garantia de das trabalhadoras que, no curso do contrato de expeestabilidade provisória riência, engravidam, mas que podem ser despedidas ao final do contrato sem que o empregador seja obrigado a pagar o período de estabilidade da gestante. Tese essa que, claro, aceita opiniões contrárias. É o contrato de experiência, a exemplo do contrato de safra ou de obra certa, entre outros, é uma modalidade contratual com prazo determinado e, nesse período, não há estabilidade. Assim, quando o trabalhador sofre acidente de trabalho no período de experiência, não existe garantia de estabilidade provisória. Esse assunto inclusive já é objeto de Súmula, a de número 333, do Tribunal Superior do Trabalho. Por tanto, caríssimo leitor, não aconselho a Reclamação Trabalhista pretendida, vez que, por certo, será julgada improcedente.

O

3 anos de impunidade

8

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Especial
FOT OS D IVUL GAÇ ÃO / CEA COM

timo foi trabalhar no campo, atividade que exerce até hoje. Já a sua esposa nasceu no Engenho Califórnia, no município de Ipojuca. CIDADANIA A família foi encontrada pela equipe do Programa Balcão da Cidadania, do Governo do Estado em convênio com o Governo Federal, que é desenvolvido pelo Centro de Apoio a Produção Comunitária, Cidadania, Cultura e Comunicação Popular. “Encontramos a família durante uma ação no Engenho Pirajá. Levamos até à Casa da Cidadania, em Olinda, e iniciamos todos os procedimentos legais”, explica a assistente social Maria de Lourdes Teles. O primeiro passo dado pela Casa da Cidadania foi o encaminhamento de ofícios para todos os cartórios das cidades de Feira Nova, Escada, Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho, municípios pelos quais Severino Bernardo disse ter passado. O segundo passo foi o envio de ofício ao Instituto Tavares Buril (ITB) para levantar algum registro de documentação. “Em seguida, realizamos os exames de densitometria óssea para identificar a idade do casal. Também foi realizado o exame da arcada dentária. É um processo muito lento. Demos entrada em julho, mas até o final de setembro teremos o resultado”, estima Maria de Lourdes Teles.

DANIEL MEIRINHO

Programa identifica famílias “invisíveis” para lhes dar cidadania. Após os 12 anos de idade são necessários vários exames para que a pessoa possa obter a documentação básica
JORGE LEMOS
jorgelemos@jornaltribunapopular.com

Em plena era digital, em que fazendeiros têm informações instantâneas sobre idade, peso, vacinação e outras mais de milhares de animais espalhados por diversas fazendas no Brasil e no mundo, famílias inteiras ainda vivem sem qualquer do-

cumentação. São, dessa forma, invisíveis para a sociedade, não tendo como exercer a sua cidadania e ficando à margem de direitos como programas assistenciais dos diversos níveis de governo que lhes seriam essenciais. E isso acontece em plena Região Metropolitana do Recife, em municípios considerados importantes como Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho, dois dos mais prósperos do Estado. O agricultor Severino Bernardo da Silva, a esposa Maria Rosana Rodrigues e os oito filhos não têm nenhum tipo de documento. Eles moram com os filhos em uma casa de barro no Engenho Pirajá, no município de Ipojuca. Eles não sa-

bem nem mesmo a idade que têm. Severino aparenta ter 62 anos, enquanto a jovem esposa ainda chegou à casa dos 30. CARTEIRA CLANDESTINA “O único documento que eu tive foi uma carteira de trabalho clandestina, que fizeram por causa da fiscalização. Eu trabalhei na Fazenda Santa Luiza por

17 anos e já faz cinco anos que estou sem emprego. Ganhei cinco mil reais na indenização e comprei esse sítio de um hectare”, conta Severino. Típico homem do campo, Severino nasceu na cidade de Feira Nova (Mata Norte). Foi criado sozinho. Trabalhou na empresa Queiroz Galvão, em residências do Recife e por úl-

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Especial
DNA Na procura de familiares para fazer o DNA, Severino Bernardo teve um notícia ruim. “Fomos a Vitória, atrás da minha família. Quando chegamos lá fiquei sabendo que minha mãe tinha falecido há três anos. Quando chamei na casa tinha outra família morando”, conta emocionado o agricultor. DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO Maria de Lourdes explica que até 12 anos e seis meses só é preciso ir ao cartório de registro civil. Pelos menos dois filhos do casal deverão enfrentar os mesmo procedimentos dos pais. O Ceacom também encontrou famílias sem documentação básica também no Engenho Arariba de Baixo, no Cabo de S a n t o Agostinho, e no município de Escada. Idoso corta cabelo para

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

9

Programa leva cidadania às comunidades carentes
JORGE LEMOS

O Centro de Apoio a Produção Comunitária, Cidadania, Cultura e Comunicação Popular vem levando cidadania às

Mãe com filha no colo durante inscrição para o registro de nascimento

a foto da carteira de identidade

comunidades carentes do Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Ipojuca e Escada, através do Programa Balcão da Cidadania. São oferecidos os serviços de emissão de carteira de identidade, carteira de trabalho, encaminhamento para registro de nascimento e orientação e encaminhamento para benefício previdenciário, direitos do consumidor, mediação de conflitos e registro de nascimento tardio. “A gente

percebe o desejo das pessoas de exercerem a plenitude da cidadania. Esse projeto trabalha com as famílias menos favorecidas que moram principalmente nas divisas. O Ceacom vai buscar as pessoas que não existem para a sociedade”, disse o vice-presidente do Ceacom, Elmo de Freitas. SEM ACESSO Ao não existirem legalmente para a sociedade, as famílias ficam privadas também do acesso a programas que em geral lhes seriam essenciais. Os filhos de Severino Bernardo da Silva e Maria Rosana Rodrigues estão na escola, mas não recebem o dinheiro da bolsa-família. Maria Rosana quando vai ao médico precisa levar testemunha. O Projeto Balcão da Cidadania é uma parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, do Governo de Pernambuco e com a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

10

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Notícias dos municípios de Ipojuca, Escada e Jaboatão dos Guararapes Sugestão de pauta: jornalismo@jornaltribunapopular.com (81) 3524-0213 / 8758-0598

Regionais
CAPACITAÇÃO

CLASSIFICADOS
Anuncie: 3521-5720 | 8756-0598

TRIBUNA

A cada 5 linhas (cada linha de 20 toques), você investe apenas R$ 7,00 por edição Agora chegou sua vez de anunciar na bun Popular ar. Tri buna Popular A cada semana, uma nova chance de fazer bons negócios.

GARANTIA DE EMPREGO

Escola Nascedouro de Talentos tem nova turma
FOTOS WILSON FIRMO / TP IMAGENS

Empresas se comprometem a contratar mão-de-obra de Ipojuca
JORGE LEMOS
jorgeleo@jornaltribunapopular.com

sdf

Alunos terão aulas de reforço de matemática e português. O prefeito Pedro Serafim, em discurso, afirma que está “correndo para não perder a oportunidade” de garantar vagas aos ipojucanos nos novos empreendimentos

Durante 45 dias, 156 alunos vão estudar português e matemática com professores da UPE (Universidade de Pernambuco).
JORGE LEMOS jorgelemos@jornaltribunapopular.com
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Uma nova turma começou a se capacitar para trabalhar no Estaleiro Atlântico Sul. Na última quinta-feira (13), o prefeito de Ipojuca, Pedro Serafim (PMDB), o vice-prefeito Fernando Eduardo, o Dudu, e o secretário de Educação Cultura e Esportes, Romero Sales, participaram da aula inaugural de uma nova turma do reforço escolar. Durante 45 dias, 156 alunos vão estudar português e matemática com professores da UPE

(Universidade de Pernambuco). “Esses alunos vão passar por um processo de avaliação e depois serão encaminhados ao Senai. Hoje, temos 388 alunos com aulas práticas no Senai”, explicou a diretora da Escola Nascedouro de Talentos, Thyalle Alves. O prefeito Pedro Serafim ressaltou que está correndo “atrás do que chamou de tempo perdido”. “O poder público é muito lento e nós estamos correndo para não perder essas oportunidades. É uma realidade que vai se consolidando a cada dia. Essa segunda turma que está chegando vai fazer outras pessoas procurarem se aperfeiçoar e estudar”, disse. MELHORES CONDIÇÕES Pedro Serafim afirmou ainda que o município está ofere-

cendo os instrumentos e dando as ferramentas aos ipojucanos para que eles possam se inserir no mercado de trabalho. A Escola Nascedouro de Talentos foi inaugurada em junho, numa parceria entre o Estaleiro Atlântico Sul e a Prefeitura de Ipojuca.

As empresas Mossi & Ghisolfi (M&G) e a Tecmar, instaladas no Complexo Industrial e Portuário de Suape, comprometeram-se com a contratação de mão-de-obra entre moradores de Ipojuca, como uma das contrapartidas a serem dadas ao município que as abriga. O compromisso foi firmado durante audiência pública realizada na Câmara Municipal de Ipojuca, na segunda-feira (10), que aprovou incentivos fiscais às duas empresas. A audiência foi solicitada pelos vereadores Amaro Alves (PSL) e Fernando Oliveira (DEM). A M&G vai contratar 30% do seu pessoal terceirizado entre residentes em Ipojuca até dezembro de 2008. Já a Tecmar comprometeu-se em empregar funcionários do município, desde que devi-

Diretora Thyalle Alves

Empresas firmaram compromisso em audiência pública na Câmara Municipal

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

damente qualificados, esforço que a Prefeitura vem desenvolvendo nos últimos meses, com a oferta de cursos profissionalizantes voltados principalmente para sua juventude. A M&G também anunciou a construção de uma creche para crianças carentes do município. “Vamos manter a creche e fazer um trabalho educacional com as mães. Estamos desenvolvendo o mesmo projeto no Cabo de Santo Agostinho”, disse o diretor da M&G, Dárcio Silva. Outra ação da M&G será o apoio a quatro entidades do município na distribuição de cestas básicas, roupas e sapatos para crianças e adolescentes. A M&G também vai patrocinar uma festa para as crianças do Engenho Massangana, em Suape, no dia 12 de outubro.
L DOIS.COM

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

11

Prêmio Destaque Empresarial

Desempregotemmaiorquedaem10anos
A Pnad 2006 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), pesquisa mais abrangente feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para tratar de mercado de trabalho, aponta que a taxa de desemprego no Brasil registrou em 2006 a maior queda em dez anos. Já a renda dos trabalhadores atingiu o mesmo patamar de 1999.

Economia
Editor: Wilson Firmo wilson@jornaltribunapopular.com (81) 3524-0213

Os rotarianos Izidro Martins Pintinha e Jairo Mendes Miranda estão concorrendo com as suas empresas, Frigorífico Romanelli e Restaurante A Chácara, ao Prêmio Destaque Empresarial. O Destaque Empresarial - Prêmio de Competitividade para Pequenas e Micros Empresas é uma iniciativa do SEBRAE e do Grupo GERDAU.

GRANDES EMPREENDIMENTOS

MARCIA GUENNES
Especial para o TP

A proposta é utilizar os dados que farão parte do Banco de Dados a ser montado pela pesquisa, que começa dia 20, em Petrolina, para subsidiar todos os grandes empreendimentos que estão chegando ao Estado; o trabalho de coleta in loco tem início no dia 26 e, inicialmente, atenderá aos municípios do Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca e Escada
POR MÁRCIO MARKMAN
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Especial para Tribuna Popular

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o Complexo Industrial Portuário de Suape, a Petrobras, a Federação das Industrias de Pernambuco (Fiepe) e a Federação do Comércio de Pernambuco (Fecomércio) lançam, no próximo dia 20, em Petrolina, a Pesquisa Sócioprofissional em Pernambuco, a ser realizada pelo Fórum Prominp (Programa de Mobi-

lização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás). A Pesquisa Socioprofissional objetiva gerar um banco de dados que possibilitará implantar ações para inserir a população pernambucana nas oportunidades de emprego geradas pelos grandes empreendimentos que estão chegando ao Estado. “É importante deixar bem claro à população de Pernambuco que a Pesquisa Sócioprofissional realizada pelo Prominp vai muito além da Refinaria, muito além da área de Petróleo e Gás, que é o campo de atuação do Programa”, explica a gerente geral de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tarina Lenk. A proposta é utilizar os dados que farão parte do Banco de Dados a ser montado pela pesquisa para subsidiar todos os grandes empreendimentos que estão chegando ao Estado. “Refinaria, Fábricas do Pólo Petroquímico, Estaleiro Atlântico Sul, Canal do Sertão, Pólo Florestal do Araripe, Pólo de Celulose da Zona da Mata, uma futura montadora de automóveis, enfim, todo e qualquer empreendimento que necessite de mão-de-obra especializada, seja de que área for este empreendi-

do definidos e haverá uma ammento”, comenta Tarina Lenk. pla campanha de divulgação nos Para dimensionar a Pesquisa municípios, através de rádio, a todo o Estado e não restringir carros-de-som, cartazes, panflea coleta de dados apenas aos protos e faixas. fissionais da área de Petróleo e Serão convidados, para o Gás, o Governo do Estado evento do dia 20, em Petrolina, aportou recursos da ordem de representantes dos municípios R$ 700 mil. A partir da demando Sertão Central, da colocada pelo Sertão do São Estado, o trabalho foi ampliado para A Pesquisa é aber- Francisco, Sertão do Araripe e Vale todos os municíta a qualquer do Pajeú. pios, sendo 14 cipernambucano No dia 27 será a dades do entorno de Suape e os de- acima de 16 anos. vez dos municípios do Agreste comais municípios nhecerem as pernambucanos especificidades do projeto em podendo participar da Pesquisa um evento em Caruaru. As ciatravés do cadastramento no site dades da Zona da Mata e da Rewww.pesquisape.com.br. gião Metropolitana do Recife se reúnem no dia 05 de outubro, “PESQUISA NÃO É SELEÇÃO” na capital pernambucana. “É importante deixarmos O trabalho de coleta in loco bem claro à população de tem início no dia 26 e, inicialPernambuco que a pesquisa não mente, atenderá aos municípié uma seleção. Não é uma seleos do Cabo de Santo Agostinho, ção direta para empregos, não é Ipojuca e Escada. Os demais uma seleção direta para cursos municípios selecionados para a de capacitação, mas é muito imcoleta in loco – Jaboatão dos portante que todos participem. Guararapes, Moreno, Paulista, Pois o resultado do trabalho é Abreu e Lima, Camaragibe, São Banco de Dados que será, sim, Lourenço, Barreiros, Sirinhaém, utilizado para suprir as necessiIgarassu, Olinda e Recife – sedades dos grandes empreendirão atendidos nas outras etapas, mentos”, argumenta a gerente ainda a serem formatadas. geral de Projetos. A Pesquisa é aberta a qualquer pernambucano acima de 16 anos. Para participar, seja nos municípios onde haverá a coleta in loco, seja no cadastramento pela internet, é preciso ter em mãos a Carteira de Identidade, o CPF e um comprovante de residência. As equipes trabalharão durante duas semanas em cada município, nos dias úteis, de 8h às 17h. Os locais ainda estão sen-

O prefeito do Cabo, Lula Cabral, o presidente da CNI, Armando Monteiro, o presidente da Fiepe, Jorge Côrte Real, e o diretor regional do SENAI, Antônio Carlos Maranhão, participam nesta segunda-feira (17), às 10h, da solenidade de assinatura da ordem de serviço para a pavimentação do acesso à escola técnica da entidade no município (maquete abaixo). O projeto inclui a instalação de iluminação pública e a construção de uma ciclovia de 1,5 Km. A prefeitura e o SENAI já firmaram convênio da ordem de R$ 1,5 milhão. Localizada na avenida Almirante Paulo Moreira, a um quilômetro da PE-60, no centro do loteamento Cidade Garapu, a escola do SENAI não tem o acesso asfaltado, o que dificulta a chegada dos alunos. O SENAI Pernambuco está investindo cerca de R$ 11 milhões na ampliação da Unidade do Cabo, que terá a área física triplicada e sediará um Centro de Excelência de Solda. A escola passará de 26 para 47 ambientes educacionais (salas de aula, laboratórios e oficinas). A capacidade de atendimento da unidade terá um incremento de 80% no número de matrículas.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Pesquisa socioprofissional vai mapear mão-de-obra de Pernambuco

Prefeitura do Cabo e SENAI firmam parceria

12

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

TEATRO BARRETO JÚNIOR

Editor: Jorge Lemos jorgelemos@jornaltribunapopular.com (81) 8804-3804

DA REDAÇÃO

Encontro Pernambucano de Coco é finalista
O Encontro Pernambucano de Coco, realizado no Cabo de Santo Agostinho, com incentivos culturais da Prefeitura do Cabo e do Governo do Estado (Funcultura), é um dos 20 finalistas do 1º Edital Petrobrás de Festivais de Música, que está selecionando projetos de todo o País. O projeto foi inscrito em 2007 e caso seja aprovado será executado em 2008, durante a sua 10ª versão. O próximo passo para que o encontro aconteça é a defesa oral do projeto, que será feita pelos organizadores nos dias 17 e 18 de setembro no Centro Petrobrás de Referência da Música Brasileira, sediado no Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro.

O Teatro Barreto Júnior do Cabo de Santo Agostinho estará apresentando neste domingo (16), às 16h30, a peça A Gema do Ovo da Ema, de Sylvia Orthof. Sob a direção do consagrado Williams Sant’Anna, o espetáculo apresenta um novo grupo de teatro ao cenário das artes cênicas de Pernambuco – o Grupo de Teatro Vôo da Fênix, formado alunos e ex-alunos das oficinas de teatro da Refinaria Multicultural Sítio Trindade. A estréia do espetáculo e do grupo aconteceu ontem, no Te-

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Cultura&Social

Em cartaz A Gema do Ovo da Ema
atro Apolo, no Recife, onde cumprirá curta temporada. No Cabo, estão programadas mais duas apresentações, nos domingos 23 e 30 deste mês. O texto de Sylvia Orthof conta a história de Zefa, a filha do Coronel Mamão Macho que, obrigada pelo pai a casar-se com um homem rico, termina por se rebelar e reconstruir seu próprio destino. O cenário composto de fios, uma teia ao fundo em um painel branco e uma mandala ao chão, remete à relação do homem com a construção do seu próprio caminho. Uma Ema telegráfica é o meio de comunicação no sertão fictício da história que conta ainda com figuras e músicas da cultura popular nordestina como o Bumba-meu-boi, o maracatu, a embolada e a ciranda. No pano de fundo dessa história de busca do próprio caminho está a delicada história de amor entre Zefa e Marujim que, juntos, dão um novo colorido ao chão do sertão. SERVIÇO: Local: Teatro Barreto Júnior do Cabo de Santo Agostinho Espetáculo: A Gema do Ovo da Ema Dia: 16/09 Hora: 16h30 Ingresso: R$ 3,00
DIVULGAÇÃO

Enredo revela a delicada história de amor entre Zefa e Marujim

Estamos aguardando sua visita

Cultura&Social
ORAÇÃO DOS CASAIS
Senhor, o amor já nos conduziu ao altar. E, na reciprocidade que o amor exige, juramos, prometemos e nos recebemos para todos os dias de nossa vida. Guiados pelo amor e por tua palavra, estamos procurando construir a nossa família sobre a rocha. Apesar da individualidade e do mistério que somos, queremos ser a arte-final que o amor deseja fazer de nós: uma só carne e uma só alma. O mundo faz de tudo para banalizar o amor. E somos fracos e passíveis de enganos. À nossa volta, há lares ruindo e famílias terminando por falta de amor. Há casais desnorteados, sem nenhum horizonte, porque traíram a si mesmos e a seus filhos. Nós estamos resistindo aos apelos do mundo. Por isso, te pedimos, Senhor, cuida de nós. Porque acreditamos que o futuro da humanidade passa pelo ventre fecundo da família. Dá-nos a graça de sermos fiéis até o fim. Amém. (Frei Zeca) (Mensagem para marcar o primeiro ano de imensas saudades de Manoel Firmino Pereira. Houve uma missa na Igreja de Nazaré, na Vila de Nazaré, no dia 10 de setembro, presidida pelo Pe. Inocêncio, da Paróquia de Nossa Senhora do Ó. Estavam presentes vários conhecidos e parentes)

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

13

WILSON FIRMO/TP IMAGENS

ANIVERSÁRIO - Quem festeja mais um ano de vida nesta segunda-feira (17) é o vice-prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Vado da Farmácia (PDT). Assessores asseguram que ele apaga as velinhas ainda acreditando com a manutenção de seu nome ao lado do prefeito Lula Cabral (PTB) na chapa de 2008. Isso, apesar da movimentação explícita de alguns nomes de peso e das articulações do núcleo político do petebista, que busca ampliar a representatividade quem sabe com um representante do PSB, partido do governador Eduardo Campos.
MARCELO FERREIRA/TP IMAGENS

WILSON FIRMO/TP IMAGENS

VIDA LONGA
Quem recebeu muitos abraços e desejos de vida longa, ontem, foi o empresário Zezito Lacerda (fundador da Faculdade de Ipojuca), que ainda exerce forte influência também na política de Ipojuca, onde foi vereador por dez mandatos. Já são 82 velinhas. Parabéns.

MARCELO FERREIRA/TP IMAGENS DIVULGAÇÃO

PARABÉNS -

O Assessor do vereador Manoel Carlos, Melquesedeque, completa idade nova neste domingo (16).

AXÉ, MUITAS FELICIDADES
Luiz Carlos de Amorim, o popular Axé, completou 48 anos, na última segunda-feira (10). Ele comemorou agradecendo a Deus com um culto em ação de graças.

Todo sábado nas bancas o seu Tribuna Popular

CREDIBILIDADE – O diretor da empresa do Gruppo Mossi & Ghisolfi (M&G), Dárcio Silva, disse que entrega um cheque em branco ao cantor e compositor Nando Cordel (foto), por saber que o dinheiro será bem aplicado em obras sociais.

A Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agostinho aprovou projeto do vereador Amaro do Sindicato (PRP) que dá título de cidadão cabense ao presidente do Sindicato dos Cultivadores de Cana-de-Açúcar no Estado de Pernambuco, Gerson Carneiro Leão.

CIDADÃO CABENSE -

14

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Religiões
EVANGÉLICOS
PASTOR ERIVALDO ALVES * onta-se que numa cidade havia um circo que para atrair o povo para seus espetáculos, estava sempre a anunciar atrações que não aconteciam. O povo cansado das mentiras dos anúncios deixou de ir ao circo. Acontece, que um certo dia, um incêndio de grandes proporções, começava a tomar conta da cidade. O prefeito, desprovido de outros recursos para avisar ao povo do perigo, contratou o palhaço para alertar a todos. Lá ia o palhaço ruas a cima, ruas a baixo anunciado: “A cidade está em chamas! Saiam todos já...” Acontece que ninguém acreditou na advertência e todos foram vitimados pelo incêndio. A mensagem era verdadeira, mas o mensageiro era falso. Resultado: ninguém acreditou e todos morreram por causa do palhaço mentiroso. Refletindo um pouco nesse contexto tiramos as seguintes

TRIBUNA DA FÉ
Wilson Firmo - Sugestão de Pauta (8756-0598) wilson@jornaltribunapopular.com
Para publicação de artigos, pede-se no máximo 25 linhas ( fonte arial, tamanho 12)

...E o circo pegou fogo

Pessoas com HIV sentem-se discrminadas pelas igrejas
POR SUSANA BARRERA
da ALC especial para Tribuna Popular

C

Pessoas que convivem com o vírus da imunodeficiência adquirida (HIV) em países da América Central sentem-se discriminadas pelos religiosos, revelou pesquisa realizada pela empresa Cid Gallup. Durante encontro na Cidade da Guatemala, dias 24 e 25 de julho, que reuniu pessoas portadoras do vírus da aids (PVVS), comunicadores e representantes de igrejas da região centroamericana, ficou claro que além de professores, pessoal de saúde, agentes penitenciários e patrões, as igrejas ainda continuam discriminando as PPVS. O encontro foi coordenado pela Organização Panamericana para o Mercado Social (PASMO) que retomou a pesquisa da Cid GALLUP para demonstrar que algumas igrejas consideram a pandemia da aids como “um castigo de Deus”, explicou Giovanni Meléndez, da PASMO.

FESTA CANCELADA
As celebrações que marcariam os 50 anos de sacerdócio do Pe. Paulo foram canceladas, em virtude de problemas de saúde do sacerdote.

mam conta do rebanho. Vocês não fortalecem a fraca nem curam a doente e nem enfaixam a ferida. Vocês não trazem de volta as desviadas e nem procuram as perdidas” (34.2-4). Jesus adverte: “Muitos me conclusões: dirão naquele dia: Senhor, Se1. Os que fazem da fé cristã nhor, não profetizamos nós em um entretenimento, logo logo teu nome? E, em teu nome, irão se tornar desacreditados; não fizemos muitas maravi2. Os que estão vendendo oblhas? E, então lhes direi abertajetos de fé (coisas que não podem mente: nunca entregar); vos conheci; apa3. Os que fazem o trocadilho fiel- Os que enganam e rtai-vos de mim, cliente e vice versa; traem a boa fé das vós que praticais 4. Os que engapessoas estão con- a iniqüidade” (Mateus 7.22nam e traem a boa tribuindo para 23). fé das pessoas estão Parafraseando contribuindo para manter as pessoas Jesus eu ousaria: manter as pessoas distantes de Deus e distantes de Deus e Senhor, Senhor em teu nome, incentivando o ceincentivando o ticismo (aqueles ceticismo (aqueles não reunimos multidão? E, eu que não crêem que não crêem teu nome não mais em nada). usamos uma mais em nada) emissora de teleO profeta Ezevisão? E, em teu quiel adverte: “Ai nome, não fizemos muitos dedos líderes que só cuidam de si putados, prefeitos e agora quemesmos! (que não têm comremos eleger um presidente? promisso com a verdade). Acaso não deveriam cuidar do re* PASTOR ERIVALDO ALVES banho? Vocês comem a coalhaé da Igreja Evangélica Batista da da, vestem a lã e abatem os Cohab melhores animais, mas não to-

JESUS SAI DAS CAMISETAS
A Federação Internacional de Futebol (FIFA) pode tirar o nome de Jesus das camisas brancas que jogadores vestem debaixo das camisetas de seus clubes, “mas não pode tirá-lo do coração”, disse o presidente de Atletas de Cristo brasileira, Jorge Amorim Campos (Jorginho).

PREGAÇÃO LÚDICA
A coordenação de comunicação da Igreja Batista da Cohab comunica que amanhã (domingo, 16) haverá apresentações teatrais e coreografias no templo. É a forma de comunicar a Palavra com toda sua expressão, não somente com palavras mas com todo o corpo.

CERCO DE JERICÓ
A Paróquia de Santo Antônio, no Cabo de Santo Agostinho, começa neste domingo, 16, o Cerco de Jericó. Será uma semana intensa de adoração perpétua (24 horas por dia) ao Santíssimo Sacramento. Terá início logo após a missa da noite, na Igreja Matriz, com a procissão solene do Santíssimo com destino à Igreja de Nossa Senhora do Livramento. Até o domingo, 23, haverá revezamento dos vários grupos, pastorais e movimentos da paróquia com muito louvor, adoração e missas. Depois da missa de encerramento do Cerco, o Santíssimo retorno à sua capela na Igreja Matriz.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

ESPÍRITAS

Para quê lexotan?
JAIRO LIMA * mundo parece andar depressivo. Não é raro, mas ao contrário, é comum encontrarmos quem anda dizendo ser infeliz, ter-se sempre triste, angustiado e envenenando-se com caixas e mais caixas de antidepressivos. Dizer não à depressão é dizer o mesmo à obsessão. Uma anda de mãos dadas com a outra, pegando os desprevenidos, armadilha para os não-vigilantes. Não ignoremos as constantes interferências dos espíritos em nossas vidas. Somos pura energia condensada (quando no corpo), que se intercambia com outras energias em toda a vida universal. Os dois planos da vida estão em permanente comunicação. Daí, portanto, não aceitar a influência do mundo espiritual, sendo ela boa ou má, é não as-

PADROEIRA DOS COMERCIANTES
Os comerciantes do Cabo de Santo Agostinnho celebram a sua padroeira, Nossa Senhora do Livramento, de 19 a 22 de setembro. A festa coincide com todo o clima de adoração ao Santíssimo Sacramento, a partir do Cerco de Jericó.

A O Igreja e o Mercado “Jesus en-

similar a questão da sintonia vibratória e, por conseguinte, não arejar a casa mental com oração e, sobretudo comportamentos que elevem os valores morais. Os remédios só exercem efeitos sobre a matéria, entorpecendo-a. O lenitivo para o espírito está em cada um de nós. Somos nossa própria farmácia que, diga-se de passagem, tem remédios para muitos males e ainda por cima não dói no bolso. Deus não pune a ninguém. Somos responsáveis pelo que passamos. É com o nosso livre arbítrio que escolhemos nossos caminhos. O deprimido encontra-se intoxicado, fruto de fatores e vivências negativas que fazem morada no seu consciente. Manter a alta freqüência nas sugestões, opini-

ões, idéias e pensamentos significa blindar-se dos ataques dos espíritos obsessores, que nada mais são do que semelhantes nossos em condições vibratórias inferiores, dado o estado de perturbação em que se encontram. Na vida escolhemos de tudo, desde a roupa que vestimos à nossa cor predileta. E por que não sabermos também escolher as nossas companhias, entendendo serem também elas, as espirituais? Somos o que pensamos e teremos ao nosso lado quem se afina com nossa vibração. Jesus nos deixou bem claro: Orai e viajai. Pela prática do bem, da caridade, da oração, semelhante atração se tem, mas dos Espíritos Superiores. O mal atrai o mal, como o bem só atrai o bem. *JAIRO LIMA é diretor de Comunicação e Eventos da Sociedade Espírita Casa do Caminho Cidade Garapu.

Dia-a-Dia
OPORTUNIDADE

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

15

Militantes sem-teto querem seguir exemplo de cabense que estuda medicina em Cuba
Além das duas vagas que o MTST já articula para 2008 junto à Embaixada de Cuba, estuda-se a possibilidade de se conseguir bolsas também com a Venezuela e a Inglaterra.
JOSÉ AMBRÓSIO
Ambrósio@jornaltribunapopular.com

A reportagem com o militante sem-teto do Cabo de Santo Agostinho que estuda medicina na Escola Latino-americana de Medicina (Elam), de

Cuba, Paulino Máximo dos Santos Filho, agitou a juventude que atua no movimento. A reportagem foi publicada no jornal Tribuna Popular, na edição de número 40, do sábado 1º de setembro. Pelo menos 25 jovens já procuraram o coordenador regional do Movimento dos Trabalhadores Sem-teto (MTST), José Francisco, o Chico SemTeto, manifestando o interesse de concorrer a uma vaga, do Cabo e de outros municípios. Diante da grande procura, além das duas vagas que já articula para 2008 junto à Embaixada de Cuba, ele estuda a pos-

sibilidade de conseguir bolsas também com a Venezuela e a Inglaterra. RECONHECIMENTO E a determinação do militante sem-teto Paulino Máximo dos Santos Filho de atuar em áreas carentes do Cabo de Santo Agostinho logo que concluir o curso de medicina, em Cuba, está mais fácil de ser concretizada. A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (12) a Mensagem do Executivo para

a validação dos diplomas de medicina cubanos no Brasil. A validação deverá ser automática, a menos que falte alguma disciplina curricular exigida pelo Brasil. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, elogiou a aprovação. “A Faculdade de Medicina cubana é de alta qualidade e eles estão sendo formados pela filosofia de atendimento exatamente em cima da nossa proposta do Saúde da Família”, disse. “A maioria desses estudantes está disposta a trabalhar em

municípios pobres onde não temos médicos. Eles vão trazer uma grande contribuição”, reforçou o ministro. Décimo-primeiro de uma família de 14 irmãos e filho de motorista, Paulino Máximo estudou no Colégio F. Pessoa de Queiroz, na Vila da Cohab, onde residia e agora está no terceiro ano de medicina. Ele foi beneficiado por um programa do governo socialista de Cuba que anualmente concede bolsas de estudos a brasileiros selecionados a partir de movimentos sociais e partidos de esquerda.

CRIANÇA E ADOLESCENTE

Cabo disputa com Jaboatão delegacia
MARCELO FERREIRA / TP IMAGENS

JORGE LEMOS

As delegacias de Apuração de Atos Infracionais praticados por Adolescentes e de Apuração de Crimes Contra a Criança e Adolescente são disputadas pelos municípios do Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes. Na quinta-feira (13), durante a audiência pública na Câmara Municipal do Cabo, o delegado da Gerência da Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), Fábio Gaudêncio, afirmou que a ação faz parte do Pacto pela Vida. “O secretário de Defesa Social está aguardando a conclusão do curso com 100 policiais e as respectivas nomeações. Depois disso será definido o local”, garantiu Gaudêncio. O vereador Clodovaldo Cavalcante (PDT) apresentou uma indicação de número 098/2007 solicitando a instalação da Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente no Cabo. Entende o vereador que além do Cabo, a definição beneficiará as populações de mu-

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

OPERAÇAO VERÃO Audiência foi solicitada pelo presidente da Câmara, Gessé Valério

nicípios como Palmares, Ribeirão, Escada, Barreiros, Tamandaré, Rio Formoso e Ipojuca. Ele também comemorou o anúncio da instalação da Delegacia da Mulher no núcleo de segurança da Torrinha, que se encontra abandonado. A solicitação foi feita através da indicação de número 109/2007. AUDIÊNCIA A audiência pública que discutiu a Operação Verão nas praias do Cabo foi solicitada pelo presidente da Câmara, Gessé Valério (PHS), e contou

com a presença de representantes das polícias Militar e Civil, da Guarda Municipal, da Rocam, da Delegacia da Criança e do Adolescente e da Delegacia do Turista. “Encaminhamos várias propostas como a abertura da Delegacia de Polícia de Gaibu e também a realização de operações conjuntas. Estou colocando também a Câmara à disposição para recuperar as viaturas que estão quebradas”, disse o presidente da Câmara, Gessé Valério.

16

TRIBUNA POPULAR Edição N° 42 - Sábado, 15 de setembro de 2007

Últimas
Ministério do Turismo libera recursos para duplicação de estrada em Ipojuca
DA REDAÇÃO DO TP

O Ministério do Turismo liberou recursos do Prodetur Nordeste II para as obras de duplicação da estrada que liga Porto de Galinhas à Praia de Maracaípe, em Pernambuco. A obra custará R$ 12,4 milhões, dos quais R$ 11,2 milhões provenientes do MTur, e R$ 1,2 milhão do governo estadual. A obra beneficiará o turismo na região da Praia de Porto de Galinhas, um dos principais destinos turísticos de Pernambuco, eleita várias vezes a praia mais bonita do Brasil. Estão previstas obras de drenagem, pavimentação, duplicação e recuperação da pista, além de pavimentação da ciclovia, passeios para pedestres, áreas de estacionamento, sinalização, proteção ambiental e paisagismo. O programa foi criado para promover o desenvolvimento do turismo no país, com financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O Prodetur Nordeste II investirá US$ 400 milhões, até 2009, em benefício de 191 municípios, nos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais e do Espírito Santo. (Com informações do Pe360graus.com)

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○