You are on page 1of 11

DISCIPULADO

João 1:35-42

.INTRODUÇÃO • Discipulado é uma relação comprometida e pessoal na qual um discípulo mais maduro ajuda a outros discípulos de Jesus Cristo a serem mais parecidos com Ele e assim reproduzirem.

IR A CRISTO • Porque foram à Cristo? • Testemunho confiável – João Batista • MENSAGEM DE ESPERANÇA – O Cordeiro de Deus em Genesis 22:8. • Confronto das intenções – Que buscais? .8. Servo sofredor Isaías 53. 7.12 • A comunicação do Evangelho é um passo decisivo na missão de discipular. Cordeiro Pascal Êxodo 12. ‘A primeira impressão é a que fica’ • Igreja Primitiva – Atos 2:42-47 testemunho e mensagem (Eles eram outdoor do Evangelho).

neste caso. . • O método adotado por Jesus consistia na transmissão de um modo de ser. pelo desejo de conhecer. "Vinde" indicava que o discipulado se dava pela iniciativa de Jesus que convocava para o seu seguimento. mais do que uma ciência. Na tradição rabínica. Cabia ao discípulo aceitar o convite. Era ele quem chamava. Esta atividade de caráter intelectual desenvolvia-se numa escola onde o mestre distinguia-se pela excelência do saber e o discípulo. consistia num duplo movimento. • O discipulado.ACEITAR O CONVITE DE CRISTO • O modo como se dava o discipulado de Jesus era muito distinto daquele dos rabinos. "Vede" supunha concentrar a atenção na pessoa de Jesus para captar os valores que regiam sua ação e deixar-se moldar por eles. o discípulo escolhia seu mestre e por este era instruído na arte de interpretar as Escrituras.

Ainda sobre este método de Jesus • João 15:12 . pelo contrário. • Intencional: “Não fostes vós que me escolhestes a mim.. eu vos escolhi a vós outros *. Amar outros cristãos como Cristo nos amou significa tomar a iniciativa.: “O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros.12). . ele toma iniciativa. O amor semelhante ao de Cristo não é passivo.16a).. Jesus não simplesmente esbarrou em seus discípulos. ele tomou uma amorosa iniciativa. Ele os escolheu.+” (João 15. assim como eu vos amei” (João 15.

O amor de Cristo por seus discípulos é propositado.• Propositado: “e vos designei para que vades e deis fruto. e o vosso fruto permaneça” (João 15. Em outras palavras. o bem espiritual dos nossos amigos e a glória de Deus por meio da alegria deles no evangelho. mas tem o compromisso maravilhoso de glorificar a Deus. certamente iremos compartilhar os objetivos de Jesus para conosco.16b). Se havemos de amar uns aos outros como Cristo nos amou. . o seu amor não é meramente sentimental. isto é. Ele os chamou a darem fruto para a glória de Deus.

. antes honramos e cuidamos. Nós não nos colocamos por cima.. muito embora esteja ele infinitamente acima e além de nós em majestade. então.15a). Certamente. Jesus condescende em ser nosso amigo.9) e “Já não vos chamo servos. [. nós devemos nos relacionar com toda a humildade com nossos irmãos e irmãs com quem compartilhamos a queda..• Humilde: Jesus diz: “Como o Pai me amou. Nós os tratamos como amigos a quem amamos. santidade e honra. não como “projetos” ou “inferiores”.] mas tenho-vos chamado amigos” (João 15. também eu vos amei” (João 15.

Cuidar de outros cristãos e encorajar o seu crescimento na graça pode ser trabalho árduo.11. Jesus nos ordena a amarmos uns aos outros a fim de conhecermos a sua alegria. ARC). Mas é um trabalho maravilhoso e Jesus diz que é um trabalho que traz alegria! .• Alegre: “Tenho-vos dito isso para que a minha alegria permaneça em vós” (João 15.

10). Jesus e os apóstolos não desejavam que o discipulado entre cristãos fosse excepcional. algo normal para todos os cristãos. • • “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal. como também estais fazendo” (1 Tessalonicenses 5. Não é surpreendente que você encontre essa conversa sobre o discipulado cristão básico ao longo da Palavra de Deus: • • “Exortai-vos mutuamente cada dia. • O Novo Testamento está cheio de tais exortações. a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado” (Hebreus 3. durante o tempo que se chama Hoje. assim.11). preferindo-vos em honra uns aos outros” (Romanos 12.13). e sim normal. .• Naturalidade: Jesus torna esse tipo de discipulado amoroso o seu mandamento básico para todo o seu povo e. pois. uns aos outros e edificai-vos reciprocamente. Ouça novamente: “O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros. • • “Consolai-vos. assim como eu vos amei”.

ESTAR COM E EM CRISTO • Permanecer em Cristo – João 15 Vital. • Mateus 16:19 – as chaves para o Reino dos Céus Mateus 28:18 – toda autoridade me foi dada nos céus e na terra. Orgânica e funcional. . • Para quê? Formação do caráter e identidade definidos em Cristo Jesus.

. Envolve aceitar a vida de Jesus • Desafio André – Anunciar a Boa Nova primeiro aos de casa. 3. 2. Envolver conhecer a mensagem de Jesus. Envolve aceitar o método de Jesus. 1.Conclusão • Venha e veja – primeira mensagem evangelística.