You are on page 1of 4

RESUMO: TEORIA DOS VALORES

,
EDUCAÇÃO MORAL: SUJEITOS
AUTÔNOMOS E CIDADANIA.
Jaqueline, Joaquim,
Raquel e Sheila.
A educação em valores é uma exigência da sociedade atual
inserida no mundo globalizado e marcado, no início deste
século, por tantas mudanças tecnológicas e novos
paradigmas políticos, culturais e educacionais, ora
debatidos por diferentes agentes sociais. Sendo assim,
caberá às instituições de ensino a missão de ensinar
valores no âmbito do desenvolvimento moral dos
educandos, através da seleção de conteúdos e
metodologias que favoreçam temas transversais presentes
em todas as matérias do currículo escolar, utilizando-se
para tanto, de projetos interdisciplinares de educação em
valores, aplicados em contextos determinados, fora e
dentro da escola. Valores é tudo que podemos dizer que
adquirimos na nossa formação como indivíduos enquanto
cidadãos, como exemplos: justiça, dignidade, solidariedade
entre outros. O ensino de valores decorre de ocasiões que
surgem ao acaso, como um flagrante de uma cola durante
a realização de uma prova em sala de aula, ou de uma
briga entre alunos na hora do recreio. Para que a prática de
valores seja uma realidade, o educador terá que se
organizar, didaticamente para a instrução de valores,

estão mais abertos à socialização e mais efetivamente assimilaram e integram valores. É o princípio moral em nome do qual o direito deve ser respeitado. de modo que os valores assimilados tenderão a acompanha-los por toda a vida. atitudes e normas. A educação em valores está presente em todas as disciplinas do currículo escolar. reflexivas e conceituais sobre temas transversais. em diferentes ocasiões e os pais. Valor inspirado no princípio segundo o qual todos os homens são submetidos à lei e gozam dos mesmos direitos e obrigações. ter sua liberdade. no ensino fundamental e no ensino médio: *Igualdade de direitos. *Autonomia refere-se ao valor que reconhece o direito de um indivíduo tomar decisões livremente. que é justo. Para educar em valores. . observam que seus alunos ou filhos não apenas apresentam melhor rendimento escolar. nos lares. na prática social.dentro e fora de aula. na escola. Assim só podemos dizer que um aluno aprendeu valores quando: Após a ministração de conteúdos em sala. manifesta-se quando o mesmo é capaz de perceber ou avaliar aquilo que é direito. é necessário que o professor organize seu plano de ensino em atividades lúdicas. mas diminuíram os conflitos interpessoais. os professores. Na sequência abaixo há três temas transversais com seus conceitos básicos que podem ser trabalhados na educação infantil. *Justiça entre os temas transversais é o valor mais forte. No educando.

concepção de ser humano. em seu livro . agora. convivência humana. exemplos: capacidade de criar o clima moral escolar. ajudar os alunos a se desenvolverem como pessoas humanas e fazer possível ou real o desenvolvimento harmonioso de todas as qualidades do ser humano. A educação em valores se desenvolve na vida familiar. onde a atividade de ensinar era centrada no professor. Na sociedade atual. o aluno passa a ser o centro do processo didático-pedagógico e a educação escolar. no trabalho. É a capacidade apresentada pela vontade humana de se autodeterminar segundo uma norma moral por ela mesma estabelecida. métodos e evolução em educação em valores. O filósofo L. da sociedade de educação e de educação em valores. entendida como processo de desenvolvimento físico. nas escolas.independência moral ou intelectual. nas manifestações culturais nos movimentos e organizações sociais entre outros. Althusser. livre de qualquer fator estranho ou externo. intelectual e moral do educando. domínio sistematizado do conteúdo. A educação escolar não se restringe mais a mera transmissão de conhecimentos. O professor o aluno e a família são sujeitos do processo de formação escolar. de acordo com a LDB e também de acordo com essa lei. Os currículos dos cursos de formação de professores e demais profissionais da educação carecem de reformulação para melhor atender a necessidade de desenvolver competências nos professores de maneira que estes possam trabalhar de forma sistemática a educação em valores.

Vicente. REFERÊNCIAS ASSMANN. edição. DEWEY. e. Reencantar a Educação: rumo à sociedade aprendente. Governo do Estado. Desenvolvimento Local Sustentável. Salvador. Vicente Martins. Bilbao: Editorial Desclée de Brouwer. PUIG. Sobre a Pedagogia. que na realidade substitui o antigo aparelho ideológico de estado dominante. e estas normas são adquiridas pela educação. ou seja. Londres e Amsterdam: Leffer e Simons. BUXARRAIS. 1977. 3. M. J. MARTINEZ. 2001. Moral Principles in Education.com. L. o aparelho escolar. M. 1975. M. a Igreja. S. a sociedade burguesa estabeleceu como seu aparelho de Estado número 1. Rio de Janeiro: Vozes. Bilbao: Editorial Desclée de Brouwer. Barcelona: Paidós.br . Bilbao: Editorial Desclée de Brouwer.martins@uol. La Formación del Profesorado en Educación en Valores: Propuesta y Materiales. já a palavra ética é um conjunto de valores que orientam o comportamento do homem em relação aos outros homens na sociedade em que vive. KOHLBERG. normas e divergências. 1992. Moral está em tudo que se refere às coisas vitalmente importantes e que sejam fortes de conflitos. São Paulo: Casa do Psicólogo. M. Sicología del Desarrollo Moral. tradição e cotidiano. J. La Construcción de la Personalidad Moral. Bilbao: Editorial Desclée de Brouwer. portanto dominante. BAHIA. 1998. 1998. H. PIAGET. El Contrato Moral del Profesorado. PAYÁ.Aparelhos Ideológicos do Estado. 1996. 1997. Coordenação Agrícola Regional – CAR. Educación en Valores para una Sociedad Abierta y Plural: Aproximación Conceptual. ética é a forma como o homem deve se comportar no meio social. Moral é um conjunto de normas que regulam o comportamento do homem em sociedade. J. 1998.