A agricultura portuguesa é influenciada por

fatores físicos e humanos.
Os fatores físicos tem 4 condicionantes essenciais na produção agrícola, são eles:
1.
Clima;
2.
Recursos hídricos;
3.
Fertilidade do solo;
4.
Relevo.
Clima: é um fator de influencia extrema para a produção agrícola, visto que envolve
tanto as variações de temperatura como as de precipitação.
Recursos hídricos: quantidade de água disponível para uso numa determinada área,
inclui as águas superficiais e subterrâneas; permite optimizar a agricultura em áreas
de precipitação abundante e regulares, já em áreas com recursos hídricos escassos é
necessário o recurso a ajudas, como os sistemas de rega artificial.
Fertilidade do solo: em Portugal, predomina os solos de fertilidade natural média ou
baixa, isto condiciona tanto a quantidade com a qualidade dos produtos agrícolas.
Relevo: existem dois tipos que acabam por condicionar o tipo de exploração utilizada:
1.
Relevo
plano: a fertilidade e
a modernização sãomaiores;
2.
Relevo
acidentado: fertilidade menor e limitações
dos
recursos tecnológicos agriculas,
bem
como
aorganização do espaço.

Fatores humanos condicionantes da agricultura
1- Passado Histórico
Permite:

 Compreender

a

actual

ocupação

e

organização

do

solo

Como é que a maior ou menor densidade populacional e
acontecimentos ou processos históricos influenciam as estruturas
fundiárias?

A elevada densidade populacional pode conduzir a:




Aumento da superfície cultivada
Parcelamento das propriedades
Intensificação do cultivo
Especialização dos sistemas agrícolas
A baixa densidade populacional pode conduzir ao despovoamento rural que leva:

Ao abandono dos campos

Ao desaparecimento de certas funções não agrícolas

No que se refere à dimensão da propriedade:

NORTE

Fragmentação da propriedade favorecida por:
 Relevo acidentado + abundância de água + parcelamento de terras pelo clero e nobreza
 Carácter anárquico da Reconquista + parcelamento de terras pelo clero e nobreza
 Elevada densidade populacional
 Sucessiva partilha de heranças beneficiando igualmente todos os filhos

SUL

Predomínio de grandes propriedades, graças a:
 Relevo mais ou menos aplanado + clima mais seco + menor fertilidade natural dos solos
 Feição mais organizada da Reconquista + doação de vastos domínios aos nobres + ordens
religiosas e militares

2- Objetivo da produção
Autoconsumo

Explorações de maior dimensão que utilizam técnicas mais artesanais = Menor
produtividade e Menor rendimento

Mercado

Explorações de maior dimensão e mais especializadas em determinados
produtos, utilizando tecnologia moderna = Maior produtividade e Maior rendimento

3 - Políticas agrícolas

Orientações e medidas legislativas, nacionais ou comunitárias (UE), que:
 Influenciam as opções dos agricultores relativamente a produtos cultivados
 Regulamentam práticas agrícolas e produtos cultivados (como a utilização de produtos
químicos)
 Criam incentivos financeiros
 Apoiam a modernização da agricultura
 Podem contribuir para a formação e rejuvenescimento dos agricultores

4- Fatores estruturais

 Estrutura das explorações agrícolas e estrutura fundiária (minifúndio, irregular e campo
fechado - prejudica a agricultura; média dimensão, latifúndio, regular, campo aberto - beneficia
a agricultura)
 Modos de exploração da terra
 Sistemas de cultivo (intensivo/ extensivo; policultura/ monocultura; regadio/sequeiro)
 Características da população agrícola (envelhecida com fraca formação profissional)

Outros fatores

 Reduzida utilização de maquinaria

 Recorre-se a métodos tradicionais de cultivo da terra
 Reduzida mecanização devido á falta de capital dos agricultores

 Envelhecimento da população e falta de formação técnica
 Elevada percentagem de agricultores idosos
 Elevada taxa de analfabetismo
 Insuficiente formação técnica e profissional

 Fraco cooperativismo e fragilidade da indústria agro-alimentar

 Persiste o individualismo agrário
 Deficiências nos sistemas de distribuição e comercialização dos produtos
 Fraca promoção no exterior

 Reduzido número de indústrias agro-alimentares