FACULDADE ANHANGUERA

ENGENHARIA MECÂNICA

ATPS de PPCP
ALUNOS:

RA:

ANÁPOLIS-GO
05/10/2012

. Com isso mostra e faz que a importância da qualidade seja cada vez mais trabalhada no âmbito dos cursos universitários. em todos os setores ou departamento da organização. na busca de um processo de melhoria. A qualidade pode ser aplicada.INTRODUÇÃO Como a evolução dos negócios e o aumento da concorrência. isso dependerá do objetivo estratégico de cada organização. gerando uma constante busca na melhoria da qualidade. das organização e também disponibilizada em vários meios literários. que vem obrigando organizações a se preocuparem cada vez mais com a produção de seus produtos e serviços. A importância da qualidade pode ser trabalhada de muitas formas.

portanto. segundo as datas prometidas para entrega. O planejamento da produção é uma das funções de planejamento que uma firma precisa efetuar para atender às necessidades de seus clientes. Um plano de produção meticulosamente desenvolvido permite à empresa atingir os seguintes objetivos: • Minimizar custos/maximizar lucros • Maximizar o serviço ao cliente • Minimizar o investimento em estoque • Minimizar alterações nas taxas de produção . normalmente. como o planejamento de processos e da estratégia de capacidade. a quantidade total de produção que o departamento de manufatura deve produzir em cada período no horizonte do planejamento. O plano de produção precisa ser convertido em cronograma mestre de produção.Plano de produção Um plano de produção é a parte de seu plano de negócios de alcance intermediário do qual o departamento de manufatura/operações é responsável pelo desenvolvimento. a fim de programar o acabamento dos itens prontamente. toneladas. A produção é expressa. quilogramas) ou unidades do produto agregado (refere-se à média ponderada de todos os produtos de sua empresa). em termos de pesos ou outras unidades de medida (por exemplo. O plano declara. e. litros. As empresas precisam ter uma estratégia de planejamento de agregação ou de produção para assegurar que haja capacidade suficiente para satisfazer a previsão de demanda e determinar o melhor plano para atender a essa demanda. É uma atividade de planejamento de médio alcance subsequente ao planejamento de longo alcance em Gestão organizacional/Administração da produção. para evitar sobrecarga ou subutilização das instalações de produção. em termos gerais. para que a capacidade de produção seja usada com eficiência e baixos custos de produção resultantes. O plano de produção é a autorização do departamento de manufatura para produzir os itens a uma velocidade consistente com o plano corporativo global da empresa.

que afetam significativamente a demanda. as estratégias de aperfeiçoamento do serviço ao cliente. a percepção dos consumidores sobre os produtos. . processos e outros elementos da capacidade de produção. Envolve a condução das seguintes tarefas: Tarefas Descrição 1 Esboçar a previsão de vendas de cada produto ou serviço no período adequado do planejamento 2 Combinar cada demanda de produto/ serviço em uma só demanda agregada 3 Transformar a demanda agregada de cada período em pessoal. fatores externos. Há. há fatores aleatórios que podem afetar a exatidão das previsões de demanda. e o comportamento do consumidor segundo seu perfil sociodemográfico. Tais fatores internos abrangem o esforço de marketing da firma.• Minimizar alterações nos níveis da força de trabalho • Maximizar a utilização de instalações e equipamentos Como um plano de produção é preparado O planejamento da produção é determinar os requisitos para o horizonte do planejamento. ainda. os gerentes precisam estar cientes dos diversos fatores que podem afetar a exatidão da previsão de demandas e vendas. e a qualidade e o preço do produto. como a condição global da economia e a ocorrência de ciclos econômicos. o próprio design do produto. A previsão de demanda exerce um papel importante na condução dessas três tarefas. ou fatores de mercado. Trata-se de fatores empresariais que podem influenciar o nível de demanda por produtos da empresa. como o nível de competitividade ou a possível reação de concorrentes à estratégia empresarial da firma. Finalmente. Logo.

de compras e de finanças.Como atender aos requisitos É fundamental envolve a identificar as alternativas que a empresa pode empregar para atender às previsões de produção e. Para um processo de planejamento mais eficaz e eficiente. composta de gerentes da manufatura. do marketing. Esses dados compreendem: • informações de materiais/compras • informações de operações/manufatura • designs de engenharia/processos • informações de vendas. Quais são as informações necessárias para o processo de planejamento de produção Para que o processo de planejamento agregado possa ser realizado. em seguida. algumas informações devem estar disponíveis à equipe de planejamento da produção. a empresa deve avaliá-lo e. restringir os custos envolvidos. Especificamente. finalizá-lo para implementação. • informações financeiras e contábeis • informações de recursos humanos . recomenda-se a formação de uma equipe de planejamento de produção. ao mesmo tempo. marketing e distribuição. a atividade envolve as seguintes tarefas: Tarefas Descrição 1 Desenvolver esquemas alternativos de recursos para atender aos requisitos cumulativos de capacidade 2 Identificar o plano mais adequado que atenda à demanda agregada ao menor custo operacional Selecionado o plano mais apropriado.

São elas: as estratégias de (1) Perseguir demanda (2) Produção de nível e (3) Mista. horários de trabalho flexíveis ou horas extras) • Subcontratação/ terceirização. Quinta edição. Estratégia Mantém uma força de trabalho estável produzindo a Produção de uma taxa constante. James B. Estratégia Estas estratégias podem incluir a combinação do mista seguinte: • Uma força de trabalho estável. com faltas e sobras sendo nível absorvidas de uma destas formas: • Alteração nos níveis de estoque • Permissão de atrasos de ordens (combinar com o cliente a entrega dos produtos em data posterior à prometida inicialmente) • Emprego de estratégias de marketing (por exemplo. Estratégia Descrição Estratégia Correlaciona a taxa de produção com a taxa de ordens Perseguir ou de demanda. atividades promocionais).Como lidar com flutuações da demanda Há três estratégias básicas para planejamento de produção à disposição da empresa para lidar com flutuações de demanda. por meio de contratação e demissão de demanda funcionários ao sabor da variação dessa taxa. porém empregando horas de trabalho variáveis (por exemplo. Inc. aumento do número de turnos. • Alteração nos níveis de estoque Fonte: Dilworth. Production and Operations Management: Manufacturing and Services . 1993 Quais são as considerações importantes a fazer para a seleção da estratégia de planejamento da produção? . McGraw-Hill.

etc. estar disponíveis quando treinamentos.Estratégia Acompanhar a demanda Métodos específicos Contratar Custos Observações mais Custos de contratação Trabalhadores trabalhadores conforme a com anúncios. com produtos perecíveis data houver posterior. pode fazer usam este método com capacidade com que a empresa . viagens.equipamentos desemprego em para o pico da força de trabalho Estratégia Produção de nível Métodos específicos Custos Observações Produzir antecipadamente Custos de manutenção Operações de serviços e estocar até que o de estoque não produto seja necessário Oferta de entrega podem manter estoque de serviços do O atraso no Empresas de manufatura produto ou serviço em recebimento de receita. necessários Mudar os custos do prêmio se for adicionados mais turnos Dispensar trabalhadores Custos de pagamento A conforme a demanda de diminui desligamento empresa deve ter de investimento de capital funcionário e aumento adequado de custos com seguro. capacitados podem não demanda aumenta entrevistas. quando no mínimo.

Exemplifica marketing especiais para descontos ou a relação outros mútua defender a demanda em programas períodos de baixa Entre as funções em promocionais. firmas pode ser utilizada. frequência Emprego de esforços de Custos com anúncios.disponível. e mas há menos controle da de cronogramas e níveis de qualidade. despesas indiretas lucros subcontratada. perca clientes. uma organização Estratégia mista Métodos específicos Produzir em Custos Observações horários Pagamento de prêmio O tempo disponível para adicionais sem alterar o por horas extras trabalhos tamanho manutenção da força de trabalho de sem interrupção da produção é reduzido Emprego de pessoal com Excesso de A força de trabalho pode altos níveis de produção. períodos durante manutenção de baixa durante demanda Subcontratação trabalho externas de protelada períodos de baixa demanda de Despesas indiretas A capacidade de outras firmas contínuas da empresa. . remuneração de ser usada para realizar a para que não sejam pessoal necessárias horas extras.

Como você pode monitorar a eficácia de seus planos de produção As considerações importantes a fazer no monitoramento da eficácia de seu plano de produção são as seguintes: Sistemas e procedimentos Consideração Presente? Observações (se houver) Sim • Há uma documentação em vigor do planejamento da produção e dos sistemas e procedimentos de controle? Ela foi comunicada a todos os responsáveis? Não .Analisar decisões de fazer Desgaste de Estes métodos exigem ou comprar para adquirir habilidades. empresa não utilizados que serão subutilizados em períodos de baixa. em períodos de baixa. itens quando a ferramentas capacidade está a todo equipamentos vapor investimentos de capital e suficientes para o pico da da taxa de produção.

• O planejamento e o controle da produção têm um sistema de monitoramento formal para guardar e atualizar registros mestre de cronogramas? • Há um sistema de coordenação entre as previsões de vendas para que estas sejam preparadas com detalhes suficientes que permitam sua pronta conversão em planos de produção específicos? Planejamento da produção Consideração Presente? Observações (se houver) Sim Não • O planejamento e o controle da produção preparam um cronograma mestre de produção com todas as atribuições e alocação de horas da .

produção? • Os cronogramas de produção permitem um planejamento adequado de compras e níveis de estoque? • Existem sinais de perda significativa de tempo ou baixa taxa de produtividade dos trabalhadores? Os números dessas ordens parecem significativos? Controle da produção Consideração Presente? Observações (se houver) Sim Não • O status de qualquer ordem ou trabalho em andamento pode ser prontamente determinado? • Os níveis de produção reais apresentam um desvio significativo em comparação com os cronogramas planejados? • As expedições reais de ordens quase sempre ocorrem de acordo com o cronograma? .

bem como define políticas relacionadas com a função produção coerentes com o planejamento estratégico da organização. o plano-mestre de produção. Conhecendo a demanda desses produtos. evitando problemas no curto prazo. que devem ser executadas em um determinado período de tempo. mas que devem se relacionar para que o sistema produtivo possa apresentar um bom resultado. fruto do planejamentomestre da produção. Caso sejam identificados problemas podem ser tomadas medidas preventivas. analisa as necessidades dos recursos produtivos com a finalidade de identificar possíveis gargalos que possam inviabilizar esse plano quando de sua execução a curto prazo. Conforme foi apresentado. tem por principal finalidade possibilitar a adequação dos recursos produtivos à demanda esperada das famílias de produtos produzidos pela empresa. Desta forma. o planejamento estratégico da produção. Por sua vez. que estabelece um plano de produção para o longo prazo. . cada um dos níveis de planejamento apresenta atividades bem definidas. o planejamento-mestre da produção utiliza as informações advindas no nível hierárquico superior do planejamento em produção e decompõe o plano de produção para produtos individuais.CONCLUSÕES Este trabalho teve por objetivo apresentar a consolidação o planejamento e controle das atividades produtivas de um sistema de produção.

Refeerencia Bibliografica MONKS. 6. ed. Gestão de operações.2000. SLACK. TUBINO. al. Administração de produção. 1997. São Paulo: Atlas. RUSSOMANO. . Nada R. Manual de planejamento e controle da produção. 1. PPCP: Planejamento e controle da produção. Nigel et. Dalvio Ferrari. ed. 1987. São Paulo: Pioneira. ed. 2000. 2. 2002. Dan. R. SANDERS. H. São Paulo: Atlas. Joseph G. Administração da produção. São Paulo: McGraw-Hill. REID. Rio de Janeiro: LTC. V.