You are on page 1of 5

Imagem digital - Redimensionar fotografias

Redimensionar fotografias
Objectivo: redimensionar imagens para reduzir o tamanho do ficheiro
Utilização: Visualização de imagens em blogues, sites web ou envios por e-mail
Formatos: Aplicável a todo o tipo de fotos. Será guardado em formato JPG
Tarefa: Para utilização na web pretendemos um tamanho final do ficheiro de imagem
abaixo dos 200 kb. Teremos de alterar as dimensões da imagem – proporcionalmente – e
no final compactar o ficheiro utilizando o formato JPG. A imagem original será
preservada.
Neste guia indicaremos duas alternativas: com software instalado ou edição online.

Opção A - Utilizar software instalado no computador
Pode utilizar qualquer programa de tratamento de
imagem mas vamos utilizar o Paint.NET por ser
gratuito, e ter um bom desempenho nesta operação para
além de poder tornar-se o seu editor de imagem de referência:
a) Download em http://www.getpaint.net/

1- Abrir o programa Paint.NET e
seleccionar a imagem a tratar,
utilizando o menu “Abrir”

ou,

2- Directamente na pasta que contém
a imagem a redimensionar, carregar
com o botão direito do rato na
imagem e escolher “Abrir com” ...
Paint.Net )

● Note que a imagem original
deve sempre ser preservada já
que a qualidade da imagem
(para impressão ou futuros trabalhos de edição) será afectada por esta alteração de
dimensões e compactação.

3- Já no programa, ir ao menu “Imagem” e seleccionar
“Redimensionar” para alterar as dimensões da imagem.

www.BiblioTeia.com Pag. 1 de 5
Imagem digital - Redimensionar fotografias

4- Na caixa de redimensionar:
a) Escolher “melhor qualidade”
b) Escolher “manter taxa de proporção” (para não
distorcer largura ou altura da imagem)
c) Alterar a dimensão maior (largura ou altura) para
o tamanho pretendido sendo que a outra
dimensão se irá alterar automaticamente ( no
exemplo uma largura de 450 px )
d) Carregar em OK para redimensionar

Nota: o valor em KB referido no topo é apenas o do
ficheiro não compactado!

5- Depois de redimensionar uma
foto será conveniente afinar a sua
nitidez já que se perdem detalhes.
a) No menu “Efeitos / Foto”
escolher “Aumentar
nitidez”
b) Não exagere na quantidade
de nitidez adicionada ou a
imagem ficará com
demasiado grão ficando assim
degradada: um valor de 2 é
suficiente para a maioria das fotos.

6- Guardar o trabalho como novo ficheiro
(preservando assim o ficheiro original) no menu “Arquivo / Salvar como”

a) Escolher
formato JPG
b) Alterar
nome do
ficheiro
(uma boa
prática é
adicionar a
dimensão
maior para distinguir de outras versões
do mesmo ficheiro.
c) Escolher “Guardar”

www.BiblioTeia.com Pag. 2 de 5
Imagem digital - Redimensionar fotografias

7- Ao guardar o ficheiro em
formato JPG, surge uma nova
caixa para definição da
qualidade de compactação
final.
a) Mudar a qualidade (de
preferência entre os 85 % e 95%) e controlar o tamanho final do ficheiro em KB
b) Quanto maior percentagem de qualidade maior será a qualidade de detalhe da
imagem. Contudo uma menor compactação origina um ficheiro final maior!
c) Antes de terminar carregando em “OK” verifique os detalhes da imagem, podendo
até deslocar a imagem no ecrã de visualização. Esta opção é muito útil em fotos com
graduações de cor ou com pessoas, já que a pele e os meios tons sofrem muito com
os efeitos da compactação.
d) Carregue em OK para terminar o trabalho.

Trabalho concluído!
Para quem não tenha possibilidades de instalar um software no seu computador, terá de utilizar
uma ferramenta online: será tratado na opção B deste guia.

Para os curiosos
Nota 1 - Se pretende reeditar uma imagem nunca guarde com o formato JPG os ficheiros
temporários (ou fases do trabalho) mas sempre em BMP ou TIFF por serem formatos sem
perda de qualidade.

Nota 2 - Trabalhos especiais com camadas e efeitos devem sempre ser guardados no
formato específico do programa utilizado (no caso do paint.NET é o .PDN) , já que permite
alterações posteriores dessas mesmas camadas. Os formatos especiais permitem ainda as
cópias de segurança automáticas.

Nota 3 - A compactação JPG (ou JPEG) é realizada em blocos de cor por vizinhança, pelo
que uma compactação muito elevada fará surgir blocos de cor na imagem em vez dos
meios tons desejados.

Nota 4 - Para imagens não fotográficas (desenhos, imagens com transparências) o formato
JPG não é o mais adequado em termos de qualidade final e dimensões do ficheiro. Nesses
casos é preferível utilizar os formatos GIF (imagens sem graduações de cores) e PNG
(imagens com múltiplos tons de cores). Em ambos os casos é possível definir cores/zonas
transparentes e são ambos visíveis em páginas web.

Informações sobre JPEG: http://pt.wikipedia.org/wiki/JPEG

www.BiblioTeia.com Pag. 3 de 5
Imagem digital - Redimensionar fotografias

Opção B - Utilizar recursos online
Existem diversos aplicativos online que permitem tratar uma foto. Neste guia
vamos utilizar o serviço Pcknik pois é gratuito, fácil de utilizar, não implica
registo (o registo gratuito permite opções adicionais). É uma ferramenta muito
completa no tratamento de imagem e em português. A versão comercial permite integração com
outras ferramentas e galerias de fotos online.

1- Abrir o site Picknik: http://www.picnik.com/

a) Carregar em “Fazer upload da foto” para enviar a
imagem a tratar

2- Escolher imagem a tratar
a) Carregar em “Abrir” para
enviar.
b) Note que a imagem original
deve sempre ser preservada já
que a qualidade da imagem
(para impressão ou futuros
trabalhos de edição) será
afectada por esta alteração de
dimensões e compactação.

3- No separador “Fotos” escolher “Redimensionar”

4- Na caixa “Redimensionar”
a) Escolher “manter proporções” (para não distorcer largura e altura da imagem)

b) Alterar a dimensão maior (largura ou altura) para o tamanho pretendido sendo que
a outra dimensão se irá alterar automaticamente (no exemplo uma largura de 450
px. )
a) Carregar em OK para redimensionar

www.BiblioTeia.com Pag. 4 de 5
Imagem digital - Redimensionar fotografias

5- Depois de redimensionar uma foto será conveniente afinar a
sua nitidez já que se perdem detalhes.
a) Menu “Efeitos / Nitidez”
Não exagere na quantidade de nitidez adicionada ou a
imagem ficará com demasiado grão ficando assim degradada: um valor de 2 é suficiente
para a maioria das fotos.

6- Guardar o trabalho como novo ficheiro
(preservando assim o ficheiro original) no menu
“Salvar”
a) Alterar nome do ficheiro (uma boa prática
é adicionar a dimensão maior para
distinguir de outras versões do mesmo
ficheiro.
b) Optimize a qualidade de
compactação (um valor de 8 ou
9)
c) Escolher “Salvar foto”
d) Indicar pasta do disco onde
guardar a nova foto.

- A foto será guardada no seu
computador

– Trabalho concluído!

Documento original sob Licença Creative Commons: Atribuição / Uso Não-comercial]
Ver licença em http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/
© Paulo Izidoro – Biblioteia.com

www.BiblioTeia.com Pag. 5 de 5