EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA _______VARA

DE FAMÍLIA
SUCESSÕES DA COMARCA DE SANTA MARIA – RS

Pedido de Assistência Judiciária Gratuita
Pedido de Alvará Judicial

XXXXX, brasileiro (a), estado civil, profissão, data de
nascimento, filha de XXXXX e XXXXX, portadora da
Carteira de Identidade (CI) nº XXXXX SSP/XX, inscrita do
Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) nº XXXXX, residente
e domiciliada no endereço XXXXX, telefone: (XX)
XXXXX, email XXXXX, vem, respeitosamente à presença
de Vossa Excelência, por intermédio de seu (ua)
advogado (a) e bastante procurador (a) (procuração
anexa), com fundamento nos artigos 982 e seguintes
do CPC, requerer a abertura de
INVENTÁRIO
do patrimônio deixado em virtude do falecimento, ab
intestato, de XXXXX, prestando para tanto,
as
primeiras declarações, consoante o art. 993 do CPC:
I – DA JUSTIÇA GRATUITA
Inicialmente, por ser a Requerente pessoa carente na
acepção jurídica do termo, não tendo condições de arcar com o pagamento
das custas processuais e honorários advocatícios, sem prejuízo de seu
próprio fim, conforme declaração anexa e com fulcro no art. 4º da
Lei 1.060/50, se requer a concessão de justiça gratuita.
Em face do que foi anteriormente relatado, faz-se
relevante respaldar o pedido nos diplomas legais, sendo os mesmos,
a Constituição Federal, que em seu artigo 5º, inciso LXXIV, garante o acesso
à justiça gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos, e também
a Lei 1.060/50, que rege todo o instituto da assistência judiciária.
II – DO AUTOR DA HERANÇA
I - o nome, estado, idade e domicílio do autor da herança, dia e lugar em que faleceu e bem
ainda se deixou testamento

XXXXX, faleceu em XXXXX, em XXXX, às XXXXXX horas
do dia XXXXX, conforme atesta a certidão de óbito anexa, exarada pelo
XXXXX Ofício de Notas, Registro Civil e Protesto do XXXXX. Era brasileiro,
filho de XXXXXX e XXXXX, estado civil, profissão, portador da CI nº XXXXXX
– SSP/XX, e do CPF nº XXXXXX, residia no endereço XXXXX. Não deixou
testamento conhecido ou disposição de última vontade, mas deixou bens a
inventariar e XXXXX filhos.

de 1º.o nome. (Redação dada pela Lei nº 5. filha de XXXXX e XXXXX.10. números das transcrições aquisitivas e ônus que os gravam. III . o regime de bens do casamento. com as suas especificações. limites. mencionando-se-lhes o número. de 1º. de 1º.10. conforme certidão de união estável ou casamento anexa.925. o peso e a importância. as jóias.a relação completa e individuada de todos os bens do espólio e dos alheios que nele forem encontrados.1973) .925. telefone: (XX) XXXXX.1973) b) os móveis. indicando-se-lhes as datas.10.10. é a administradora provisória natural da espólio. até que o inventariante preste compromisso. idade e residência dos herdeiros e. com os sinais característicos. profissão. de 1º. estado civil. e as pedras preciosas. todos residentes e domiciliados na XXXXXX.925. menor absolutamente ou relativamente incapaz. (Redação dada pela Lei nº 5.925. brasileiro.10. de 1º. (Redação dada pela Lei nº 5. email XXXXX.925. espécies.10. confrontações. entre o período compreendido de XXXX até a data de seu falecimento. brasileira.925.10. filho de XXXXX e XXXXXX assistido ou representado por sua genitora XXXXX. portadora da Carteira de Identidade (CI) nº XXXXX SSP/XX. bem como as ações. seu número. (Redação dada pela Lei nº 5.925.1973) g) direitos e ações. de 1º. nascido em XXXXX. data de nascimento. marcas e sinais distintivos.1973) d) o dinheiro. de 1º. (Redação dada pela Lei nº 5. solteiro. (Redação dada pela Lei nº 5. estado. (Redação dada pela Lei nº 5. Desde o falecimento do autor da herança. títulos. benfeitorias. bem como os nomes dos credores e dos devedores. nomeadamente local em que se encontram. havendo cônjuge supérstite. descrevendo-se: (Redação dada pela Lei nº 5. a requerente se acha na posse e na administração da herança. declarandose-lhes especificadamente a qualidade. Viveu em regime de união estável ou casamento com o de cujus. XXXXXX. os objetos de ouro e prata. IV – DOS HERDEIROS II .925. origem da obrigação. cotas e títulos de sociedade. (Redação dada pela Lei nº 5. brasileiro (a). extensão da área.1973) e) os títulos da dívida pública.1973) h) o valor corrente de cada um dos bens do espólio. origem dos títulos. inscrita do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) nº XXXXX. o valor e a data.10. V – DO ESPÓLIO IV .1973) c) os semoventes. (cópia das certidões de nascimento anexas).a qualidade dos herdeiros e o grau de seu parentesco com o inventariado. cabendo-lhe representá-lo ativa e passivamente. de 1º.10. de 1º.1973) a) os imóveis. divorciada. residente e domiciliada no endereço XXXXX.925.III – DA ESPOSA OU COMPANHEIRA SUPÉRSTITE/MEEIRA XXXXX. O falecido deixou os seguintes filhos: 1. sob o regime da comunhão XXX.1973) f) as dívidas ativas e passivas.

O imóvel encontra-se devidamente registrado junto ao Ofício de Registros Públicos da Comarca de ____________. c) descrever bem. o que tem gerado o acúmulo de dívidas. por se tratar de bem comum do casal. sabendo informar o seu valor total. o Requerente passou a ser titular. Os pais do Requerente. o espólio deixado pelo inventariado é constituído dos seguintes bens: a) descrever bem. sua irmã ____________ foi nomeada curadora provisória. pelos fatos abaixo apresentados: a) descrever dívidas. tendo sido demandado judicialmente para sua interdição. Assim. já são falecidos. Com a morte de sua mãe. Assim remanescem aos sucessores da Sra. DAS DÍVIDAS E OBRIGAÇÕES DEIXADAS PELO FALECIDO O inventariado deixou as seguintes dívidas. ____________ direitos possessórios sobre dito imóvel. Na ação de interdição. DO PEDIDO DE ALVARÁ PARA A VENDA DO IMÓVEL O Requerente é pessoa incapaz de gerir sua própria pessoa. . ____________. em conjunto com sua irmã. VI. ____________ está disposta a adquirir a totalidade do imóvel. Os herdeiros não possuem meios de custear a manutenção do referido imóvel. A Sra. o espólio é composto por 50% (cinquenta por cento) dos bens abaixo descrito. conforme avaliação em anexo. A mãe da Sra. não VII. Importante afirmar que o imóvel atualmente está avaliado em R$ _______. Srs. Sra. ____________. ____________ e ____________. já era falecida desde ___ de ____________ de 19__. dispondo-se a pagar ao Requerente a quantia de R$ ______ (____________ reais) – vide contrato de promessa de compra e venda em anexo. de uma quota parte de 50% da residência de propriedade da mãe da Sra.Excluído a meação da requerente e cônjuge XXXXX. pelo que se verifica das certidões de óbito ora anexadas. ____________ possuía cinco (02) filhos. o qual tem desempenhado este cargo desde aquela data. nomeadamente a título de água e luz (vide comprovantes em anexo). A promitente compradora. adquirido na constância da união estável. devidamente descrita na certidão em anexo. b) descrever bem. conforme se aufere da certidão em anexo.

Local e Data Advogado/OAB . por todos os meios de provas em direito admissível. socorre-se deste Poder a fim de obter o respectivo alvará judicial autorizando a venda de sua quota parte dos direitos possessórios que detém. com base na Lei nº1. ainda provar o alegado. deferindo-lhe prestar compromisso. após regular processamento do feito. IX.Por ser inviável a manutenção de sua propriedade. VIII . ante à presença de interesse dos herdeiros absoluta/relativamente incapazes. por se declarar incapaz de custear as despesas processuais sem prejuízo a seu sustento e ao de sua família. b) Seja a requerente XXXX nomeada para o encargo de Inventariante na presente ação.060/50.DA PARTILHA Desnecessária a apresentação do plano de partilha eis que ambos os herdeiros necessitam da venda do único bem imóvel para custear suas sobrevivência. seja expedido o competente formal de partilha nos termos do plano de partilha a ser apresentado em momento oportuno nos autos. em razão de serem pessoas de baixíssimo poder aquisitivo. Dá-se a causa o valor estimado dos bens a inventariar. requer a esse egrégio Juízo: a) a concessão dos benefícios da Assistência Judiciária. f) a PROCEDÊNCIA do pedido para que. c) a admissão desta petição como PRIMEIRAS DECLARAÇÕES da requerente. Nestes termos. necessitando este do valor que poderia se obter com a venda do imóvel para utilização em seu próprio sustento. e) a intimação do (a) representante do Ministério Público. em homenagem à instrumentalidade do processo e de suas formas. Requer. sendo-lhes inviável a manutenção do mesmo. vez que é esposa/companheira do de cujuse encontra-se na administração dos bens por este deixado. R$ XXXXX (XXXXX). DOS PEDIDOS Diante do exposto. por conter as informações legalmente necessárias. d) a expedição do respectivo ALVARÁ JUDICIAL para a venda dos direitos possessórios que os requerentes possuem sobre o imóvel em questão. Pede deferimento.