ORAÇÃO. SUJEITO E PREDICADO. 1. Observe e responda: O viajante amarra a mula no moirão.

a) Essa frase é uma oração porque contém um: ( ) substantivo ( b) Oração é frase que contém um _____________________________.

) adjetivo

(

) verbo

2. A oração, geralmente, se compõe de duas partes principais: sujeito e predicado. Siga o modelo, separando o sujeito do predicado: a) [ O viajante ] [ desce da cavalgadura.] b) O menino ouvia as histórias dos viajantes. c) Certos rios têm belas cachoeiras. d) Eu ouço o rugido das feras. e) As onças urravam. f) O rei premiou o bom juiz. g) Reclamou com razão o pedestre. h) João e Maria fazem uma boa dupla. i) Os estudos compensam. j) Lemos estes livros. k) Choveu muito. l) Manoel e Sebastião são grandes amigos. m) Caíram as folhas secas. n) Roubaram a minha mala. o) Sabes o caminho? p) Aqui mandamos nós. q) Ali está o córrego. r) Falou o famoso orador. 3. a) b) c) d) e) f) g) h) 4. a) b) c) d) e) f) g) Dê sujeitos adequados aos predicados abaixo: ........................................... pilota o avião. ............................................ cuida dos doentes. ............................................. assistem às aulas ...................................................... ensina aos alunos. ...................................................... é a capital do Brasil. ...................................................... produzem mel. ..................................................... brincam na rua. ...................................................... estão lendo jornal. Dê predicados adequados aos sujeitos: O bombeiro João Aristides ....................................................................................................................... Os pássaros deste bosque ......................................................................................................................... Os lavradores destas terras ....................................................................................................................... O sábio juiz Trevic ................................................................................................................................... Estas águas poluídas ................................................................................................................................. Este céu muito azul ................................................................................................................................... A dedicação aos estudos ...........................................................................................................................

Sujeito é o ser (pessoa, animal ou coisa) de que se fala. Predicado é o que se diz a respeito do sujeito.

5. Ponha S quando o sujeito é simples e C quando é composto:

a) ( b) ( c) ( d) (

) Jaime chegou cedo. ) A Lua e o Sol são astros ) A rosa, o cravo e o lírio são belos. ) Os trens partiam cheios..

6. Em muitas frases não precisamos expressar o sujeito, o qual se subentende. Neste caso, denomina-se sujeito desinencial. Sublinhe as orações em que o sujeito é desinencial e enuncie-o oralmente: a) Os viajantes vêm do Onça. Amarram as mulas nos moirões. b) Não faço perguntas. Apenas escuto as estórias deles. c) Você já esteve no Onça? Gostaria de ir lá? d) Nós é que não vamos lá! Temos medo de encontrar uma onça. e) Carlos treme de medo. De noite sonha com onças. 7. Distinga: ( A ) Ordem direta: sujeito antes do predicado. ( B ) Ordem inversa: sujeito depois do predicado. a) ( ) Viajantes chegam do Onça. b) ( ) Riem de mim os viajantes. c) ( ) Nas ruas do Onça passam muitas onças? d) ( ) As pessoas caminham junto com elas? 8. a) b) c) d) e) f) g) h) 9. a) b) c) Escreva as orações seguintes na ordem inversa: Dois moços de bigodes entraram no ônibus. As duas rolinhas deviam estar com muita fome. O pio da coruja dava-lhes medo. Os moradores do bairro estavam indignados. O fazendeiro Abel possui quantas reses? Estes imigrantes estão vindo de que país? A filha do embaixador era de impressionante beleza. As duas crianças teriam entrado no estádio despercebidas? Escreva as orações colocando o sujeito nas posições pedidas: Na pracinha rodavam de bicicleta Neli e Sônia. ( no início da frase) Os ônibus, à meia-noite, param de circular. ( no meio da frase) Cabem mais de cem pessoas nesta aeronave. ( no fim da frase)

10. Faça concordar os verbos com os sujeitos, no presente do indicativo: a) No fim do mês sempre ................................... alguns reais. ( sobrar) b) Aqui sempre ................................... turistas americanos. ( aparecer) c) Você e eu ainda .............................. inexperientes. (ser) d) Tu .......................... muito teimoso, Clementino! ( ser) e) ............................ satisfeitos o técnico e sua equipe. ( estar) f) No mar .......................... muitas riquezas. ( existir) g) Ainda ........................ muitas coisas para fazer. ( faltar) h) A gente dos morros ................................. para ver o desfile. ( descer) i) A multidão de torcedores ............................ os atletas. ( saudar) j) André e Paulo ........................... pulos de alegria. ( dar) k) Como ...................... as coisas? Você e Mauro ........................................ satisfeitos? ( ir – estar) 11. Escreva nos espaços o tipo de sujeito: simples? Composto? Desinencial? Oração sem sujeito? a) A fazenda ficava distante. ( ......................................................................) b) Trovejou muito. (...........................................................................) c) Já faz três meses. (...........................................................................) d) É tarde demais. (...........................................................................) e) Há muitos trabalhadores na fábrica. (...........................................................................)

f) g) h) i) j)

Vamos ao teatro? (...........................................................................) Os meninos e seus pais foram ao circo. (...........................................................................) Roubaram os documentos. (...........................................................................) Dizem tanta coisa por aí. (...........................................................................) Assisti ao espetáculo. (...........................................................................)

12. Transforme o sujeito simples ( um núcleo) em sujeito composto (mais de um núcleo), como no modelo: O pai estava feliz. (filhos) O pai e os filhos estavam felizes. a) O boi pastava. ( a vaca ) b) A rosa enfeita o jardim. ( o cravo, a dália ) c) O rei tomou a decisão. ( os ministros ) d) A mãe trabalha. ( o pai, a filha ) 13. Uma as duas orações num só período, transformando o sujeito simples em composto. a) O vale é verde. A montanha é verde. b) O juiz concordou. O rei concordou. c) O pai trabalha. A mãe trabalha. d) Ela disse a verdade. Ele disse a verdade. 14. Escreva as frases no plural e observe que o verbo haver com sentido de existir não possui sujeito e permanece sempre na terceira pessoa do singular. a) Há um papagaio na janela. b) Houve reclamação. c) Haverá novidade no bairro. d) Há esperança de vitória. e) Há um livro sobre a mesa. f) Haverá debate sobre o assunto. g) Houve cuidado para que nada acontecesse. h) Há uma rosa no vaso. i) Havia um policial na rua. j) Haverá protesto na reunião. k) Há uma pulseira sobre a mesa. DIZEM QUE O PRIMEIRO AMOR A ENTRAR NO CORAÇÃO É O ÚLTIMO A SAIR DA LEMBRANÇA. E O AMOR CURTIDO NA INFÂNCIA OU NA ADOLESCÊNCIA, MUITAS VEZES, DE UMA HORA PARA OUTRA, ENFRENTA UM OBSTÁCULO E NOS DEIXA PERDIDOS.

JOÃO
Agora eu era o herói E o meu cavalo só falava inglês A noiva do cowboy Era você além das outras três Eu enfrentava os batalhões Os alemães e seus canhões Guardava o meu bodoque E ensaiava o rock Para as matinês Agora eu era o rei Era o bedel e era também juiz E pela minha lei A gente era obrigado a ser feliz E você era a princesa que eu fiz coroar E era tão linda de se admirar Que andava nua pelo meu país

E

MARIA

Não, não fujas não Finja que agora eu era o seu brinquedo Eu era o seu pião O seu bicho preferido Vem me dê a mão A gente agora já não tinha medo No tempo da maldade Acho que a gente nem tinha nascido Agora era fatal Que o faz-de-conta terminasse assim Pra lá desse quintal Era uma noite que não tem mais fim Pois você sumiu no mundo sem me avisar E agora um louco a perguntar O que é que a vida vai fazer de mim ( Chico Buarque de Holanda e Sivuca ) *************************************************************************************** VAMOS TRABALHAR O TEXTO 1. Procure no dicionário o significado das palavras bodoque, bedel e fatal. 2. De que forma é apresentado o texto João e Maria? 3. A palavra cowboy, da língua inglesa, é formada pela junção de duas palavras. Quais são essas palavras e o que significam? Qual é o significado de cowboy? 4. O texto contém várias rimas, duas delas em palavras de línguas diferentes. Que rimas são essas? Por que essas são possíveis? 5. A palavra cowboy apresenta duas letras que não fazem parte de nosso alfabeto; essas letras são usadas apenas em palavras estrangeiras e suas derivadas. Quais são essas letras? Há uma terceira letra que também só é usada em palavras estrangeiras; qual e essa terceira letra ? 6. O titulo da musica João e Maria lembra-nos de alguma outra historia? Em caso afirmativo, qual? 7. O texto está escrito em que pessoa do discurso? Quais são as palavras que indicam essa pessoa? 8. Cavalo falando inglês e cowboy são expressões que nos permitem relacionar o herói do texto com que outro tipo de herói ? 9. Os alemães e seus canhões nos permitem relacionar o herói do texto com que outro tipo de herói? 10. Qual a arma utilizada pelo herói para enfrentar os canhões dos alemães? 11. Em que cenário o eu do texto vive as suas fantasias? 12. Qual a palavra que indica a passagem de tempo do teto? 13. A palavra que responde á pergunta anterior aparece em seis versos.escreva-os na seqüência em que aparecem. 14. Na parte inicial do texto,a pessoa que nos fala vive,em suas fantasias,o papel de herói e de rei.No final do texto, como se caracteriza essa pessoa?Agora se trata de uma fantasia ou da vida real? 15. “Era uma noite que não tem mais fim”.Esse verso nos passa uma sensação de alegria ou de tristeza?Por quê? 16. Qual é a palavra que identifica o mundo de fantasias vivido pelo eu? 17. Qual a sua opinião sobre uma lei que obriga as pessoas a serem felizes? 18. Como deveria estar escrita essa lei na Constituição daquele reino? Use sua imaginação e redija-a. 19. E você, já teve um amor que, de repente, acabou? 20. Complete a afirmação com palavras do quadro:

Fantasia solidão

amargura rivalidade

aventura satisfação

ingenuidade preocupação

As duas primeiras estrofes de João e Maria revelam um clima de ... 21. Transcreva o verso em que o “herói” pede para que a “princesa” não se separe dele. 22. Ele conseguiu evitar a separação? Copie os versos que comprovem sua resposta. 23. Por que o “herói” passa a se considerar “louco” no final do texto?

JOGO COM PALAVRAS
Reúna-se com um colega e realizem as seguintes atividades: 1. Observem o tipo de palavras pedidas em cada quadro e escrevam outras palavras que rimem com as já indicadas. Esta atividade deve ser realizada em 10 minutos. Vencem as duplas que citarem, para cada item, o maior número de palavras corretas. Nome de homem inglÊS JoÃO Adjetivo pátrio

Qualidade malDADE canTOR

Profissão

2. Observem algumas rimas do texto e escrevam, livremente,outras palavras com o mesmo som final. Vencem as duplas que citarem, para cada caso, o maior número de palavras corretas. Bodoque, rock Brinquedo, medo Juiz, feliz, país VAMOS PRATICAR – SUJEITO 1. a) Identifique o sujeito das quatro orações. b) Explique por que os verbos aparecem na terceira pessoa do plural. Eles o ENCURRALARAM. Estavam em MAIOR NÚMERO. Fizeram dele um PRISIONEIRO. Eles estão em MAUS LENÇÓIS... 2.Aponte o sujeito das seguintes orações, dê seu núcleo e sua classificação. a) “... a gente nem tinha nascido.” b) “Eu era o seu pião” c) “Agora eu era o herói” d) “... você era a princesa...” e) “O que a vida vai fazer de mim” f) Eu e ela brincávamos de guerra. g) Chico Buarque e Sivuca são os autores dessa música. h) O primeiro amor é inesquecível. i) O meu cavalo e a noiva do cowboy só falavam inglês. j) Os sonhos mais lindos sonhei. 3.Classifique o sujeito em simples, composto ou desinencial. a) O cachorro-quente foi devorado em minutos.

b) c) d) e) f) g)

Dividiremos igualmente as responsabilidades. O álbum e as cartas estão num lugar bem seguro. O cachorro-quente e as batatas fritas estavam irresistíveis. Os víveres foram doados pelos supermercados à Campanha contar a Fome. Uma multidão de trabalhadores aguardava a decisão do juiz. Julgaste mal teus inimigos.

4.As fantasias de criança acabaram de repente. a) Qual o sujeito da oração? b) Qual o núcleo do sujeito? 5.Classifique em simples e composto os sujeitos das seguintes orações. a) “Não, não fuja não” b) A música conta a história de João e Maria. c) O cowboy, o rei, o bedel e o juiz eram personagens de sonho. 6.“Finja que agora eu era o seu brinquedo” a) Quantas orações temos no verso acima? Quais são os verbos? b) Temos período simples ou composto? c) Aponte e classifique o sujeito de cada oração. 7.Aponte e classifique o sujeito destas orações. a) Descobriste a chave do enigma? b) Resolvemos partir, mesmo sem a bagagem. c) Perdi todos os meus documentos ontem. d) Digam-me, afinal, qual a razão desta fuga. 8.Transforme os sujeitos compostos em simples. Exemplo: a) b) c) 9. Eu e meu irmão trabalhamos juntos.

Nós

trabalhamos juntos.

Adélia e sua tia fizeram compras a tarde toda. Meninos e meninas misturavam-se no pátio. Eu e meus amigos planejamos fazer uma excursão. a) Quantas orações temos na chamada do anúncio? Destaque o verbo de cada oração. b)Identifique o sujeito de cada oração. c) Explique a concordância entre o verbo e o sujeito de cada oração.

10.Classifique o sujeito das orações em: A- Sujeito simples B – Sujeito composto ( ) Os jogadores de basquete comemoraram a vitória. ( ) Eu e meu irmão somos ótimos amigos. ( ) Eu esperei por você a noite toda. ( ) Todos os professores participaram da comemoração. ( ) O silêncio e a escuridão amedrontavam os meninos. 11.Assinale em qual das alternativas o sujeito é indeterminado. ( ) Conversamos sobre o sucesso do governador. ( ) Falaram muito sobre o brilhantismo do seu discurso. 12. Assinale em qual das alternativas a oração é sem sujeito. ( ) Faz anos que nada acontece por aqui. ( ) Faço empenho no seu sucesso. 13. Classifique o sujeito das orações em: A _ sujeito simples B- sujeito composto C – sujeito desinencial D- sujeito indeterminado E- oração sem sujeito ( ) Comenta-se muito sobre o rodeio de Barretos. ( ) Faz muito frio aqui. ( ) As reformulações do plano de trabalho não surtiram efeito. ( ) Fecharam a porta ruidosamente. ( ) Os jornais e as revistas são instrumentos de cultura. ( ) Havia dezenas de pessoas na competição de natação. ( ) Gastamos muito tempo na nossa pesquisa. ( ) Os jornalistas e os artistas defendem a liberdade de expressão. ( ) Receberam uma homenagem do público o ator e a atriz. ( ) Voam as borboletas coloridas sobre as flores do jardim. ( ) Deixei um recado na minha agenda. ( ) Nevou a noite toda.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful