You are on page 1of 27

EMT-055:“CIÊNCIA E

ENGENHARIA DE POLÍMEROS”

Ciência e Engenharia de
Polímeros

Prof. Rodrigo Oréfice

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
CURSO DE ENGENHARIA METALÚRGICA DA UFMG

1

Informações básicas

Ciência e Engenharia de
Polímeros






Disciplina: EMT055 - “CIÊNCIA E ENGENHARIA DE POLÍMEROS”
Número de créditos: 04 (60 horas)
Horário: segundas e terças: 15h45min às 17h25min
Sala: 1030 - BL 3
Professor responsável: Rodrigo Oréfice
LEPCom - Laboratório de Engenharia de Polímeros e Compósitos http://lepcom.demet.ufmg.br
 Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da UFMG
 Telefone: (31)3409-3668 - Fax: (31)3409-1815
 Email: rorefice@demet.ufmg.br

2

Sperling – Ed. 2006. L. Canevarolo Jr. Wiley. 3 . H..Informações básicas Ciência e Engenharia de Polímeros Referências principais: • Ciência dos Polímeros . • Introduction to Physical Polymer Science – L. 2012. 2006. Editora Artliber. Rosen – Ed. • Fundamental Principles of Polymeric Materials – S.Sebastião V. Wiley.

Informações básicas Ciência e Engenharia de Polímeros Avaliação: • Prova 1 = 40% • Prova 2 = 40% • Teste = 20% 4 .

Blendas Morfologia: estado não cristalino Morfologia: célula unitária Morfologia: teorias e cinética Propriedades mecânicas Propriedades mecânicas Transição vítrea Transição vítrea Transição vítrea Elasticidade da borracha Aplicações envolvendo polímeros/seminário Teste Revisão Prova 2 Ciência e Engenharia de Polímeros Cronograma – EMT-055 5 .Data 07-03-16 08-03-16 14-03-16 15-03-16 21-03-16 22-03-16 28-03-16 29-03-16 04-04-16 05-04-16 11-04-16 12-04-16 18-04-16 19-04-16 25-04-16 26-04-16 02-05-16 03-05-16 09-05-16 10-05-16 16-05-16 17-05-16 23-05-16 24-05-16 30-05-16 31-05-16 06-06-16 07-06-16 13-06-16 27-06-16 28-06-16 Dia Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Terça Segunda Segunda Terça Tópico Introdução ao Curso Reações de polimerização Reações de polimerização Copolimerização Configuração das cadeias poliméricas Cadeias lineares e redes Conformação de polímeros Conformação de polímeros Termodinâmica de soluções contendo polímeros Não haverá aula Termodinâmica de soluções contendo polímeros Avaliação de massa molar Avaliação de massa molar Avaliação de massa molar Revisão Prova 1 Diagramas de fase Copolímeros em bloco.

Ciência e Engenharia de Polímeros Materiais para a indústria automobilística Polipropileno ou poliuretanos Borracha SBR Copolímero butadienoestireno Nylon Borracha Poliisopreno Polietileno 6 .

Nylon.ionômero 7 . epóxi.Ciência e Engenharia de Polímeros Material Esportivo Fibras de carbono. Couro Surlyn . Nylon Couro e poliisobutileno Copolímero em Bloco poli(estirenobutadieno).

Nylon Celulose (algodão) 8 .Ciência e Engenharia de Polímeros Têxtil Poli(acrilo nitrila).Rayon Poliéster (PET) Spandex (poliuretano) Algodão. Nitrato de celulose .

poliestireno Polietileno. poliestireno 9 .Ciência e Engenharia de Polímeros Disco PVC Policarbonato. poliéster.

poli(tetra fluoretileno).Ciência e Engenharia de Polímeros Tapetes e recobrimentos Melamina-formaldeído Nylon. poliuretano PVC Polipropileno 10 .

Ciência e Engenharia de Polímeros Produtos farmacêuticos Polietileno e Nylon Poliuretano Poli(vinil pirrolidone) Hidroxietilcelulose Polietileno e Poli(ácido acrílico) 11 .

Ciência e Engenharia de Polímeros Biomateriais Polietileno Copolímeros ácido poliláticopoliglicólico Dacron (poliéster-PET) PDMS Hidrogel PVC c/plastificante 12 .

Aplicação dos conceitos de Ciência de Materiais a Polímeros Ciência e Engenharia de Polímeros 13 .

– Evitar alteração dos alimentos. – Manter transparência.Aplicação dos conceitos de Ciência de Materiais a Polímeros Ciência e Engenharia de Polímeros Substituição de garrafas de vidro para envasamento de bebidas carbonatadas Motivação e exigências para novas embalagens: – Necessidade de envasamento de quantidades maiores de líquido. – Evitar perdas gasosas (< CO2) 14 . – Aumento de resistência mecânica (Resistir a uma queda de 2m). – Redução de peso.

Seleção de materiais Ciência e Engenharia de Polímeros Candidatos:  Polietileno: flexível. elevado coeficiente de difusão gasosa. 15 . elevado coeficiente de difusão gasosa. translúcido. baixo coeficiente de difusão. caro.  Polipropileno: flexível. elevado coeficiente de difusão.  Acrílico (poli(metacrilato de metila)): transparente. opaco. elevado coeficiente de difusão. resistente.  Teflon (poli(tetrafluor etileno)): frágil . transparente (dependendo da estrutura).  Policarbonato: transparente. frágil.  PET (poli(tereftalato de etileno)): resistente. opaco. baixo coeficiente de difusão.

Ciência e Engenharia de Polímeros Síntese do PET: Reações de Policondensação HO C C O O H [ O OH + C C O O HO O H H C C H H H H C C H H OH ]n O H + H2O 16 .

Cristais: usualmente apresentam-se na forma de lamelas que se agregam em esferulitas. Parte amorfa Parte cristalina Esferulita 17 . AMORFA: cadeias não obedecem regularidade na sua disposição no espaço.Microestrutura do PET • • • • Ciência e Engenharia de Polímeros PET: polímero semicristalinos (possuem cristais) disseminados em uma matriz amorfa. CRISTAIS: cadeias se acomodam regularmente no espaço.

Cristais alongados Ciência e Engenharia de Polímeros Caso as cadeias poliméricas tenham sua forma alterada durante o processamento. cristais alongados podem ser gerados durante o resfriamento. Cadeia polimérica 18 .

Relação estrutura-propriedadesprocessamento do PET PROCESSO Têmpera Resfriado lentamente Estirado à 100°C Pós-tratamento à 150C ESTRUTURA Amorfo Esferulita 25% cristalino 40% cristalino Ciência e Engenharia de Polímeros RESISTÊNCIA MECÂNICA 55 MPa Frágil e opaco 170 MPa 350 MPa 19 .

Processamento de garrafas de PET: 1. Injeção de cilindro Ciência e Engenharia de Polímeros 20 .

Processamento de garrafas de PET: 2. Moldagem por sopro Ciência e Engenharia de Polímeros 21 .

Relação estrutura-propriedadesprocessamento do PET Ciência e Engenharia de Polímeros 22 .

Polímeros Ciência e Engenharia de Polímeros • Polímeros: macromoléculas (cadeias poliméricas) formadas pela repetição de unidades fundamentais (meros) CH2=CH2 Etileno -CH2-CH2-(CH2-CH2)n-CH2-CH2 CH2-CH2-. Polietileno n = número de repetições da unidade fundamental ou grau de polimerização Massa molar (peso molecular) da cadeia = n x massa molar do mero • Plásticos: polímeros + aditivos 23 .

Polímeros: unidades de repetição Ciência e Engenharia de Polímeros H H C C H H C C H H H H C C C C H H H H Polietileno [ ] n H PVC .poli(cloreto de vinila) H H H H C C H H H C C [ ] H H H H C C C C H Cl H Cl n H H Cl Cl H H ( C ( O ) n O ) n ( C H O ( ) C O n ) n H ( C O ) n ( C O ) n 24 .

quando ligado à alguma outra estrutura: H H C H C C H C C H C H Estrutura alifática .sem anéis de benzeno.com anéis de benzeno Ex. Ex.Polímeros: unidades de repetição Ciência e Engenharia de Polímeros Uma especialmente estável cíclica estrutura é um anel de seis carbono. Tal anel é chamado de anel de benzeno ou grupo fenil.: poliamida (Nylon 66) H [ N (C H2)6 H Estrutura aromática . onde simples e duplas ligações se alternam.: poliaramida (Kevlar) N C H O H (C H2)4 C ]n O H O [ N N C C H H O O ]n O H 25 .

Filmes (embalangens). recipientes. brinquedos. etc. termoplástico. termoplástico. Poli(metil metacrilato) (PMMA) Polímero amorfo. poliadição. peças para indústria automotiva. poliadição Poliestireno (PS) Polímero amorfo. termoplástico. Aplicações Recipientes. janelas. etc. [ Copos. filmes.Ciência e Engenharia de Polímeros Polímeros Comerciais Polímero Polipropileno (PP) Polímero semicristalino. Estrutura [ [ H H C C ] H C H3 H H C C ] n n H Poli(cloreto de vinila) (PVC) Polímero amorfo. etc. etc. isopor. copos. biomaterais. poliadição. poliadição. tubos. [ H H C C ] H Cl O C H3 H C C C H C H3 n O ]n 26 . lentes. utensílios domésticos. Recipientes (transparentes). termoplástico.

[ O C O O H Matriz para compósitos. policondesação. fibras (tecidos) [ Fibras. adesivos C C C H H H H C C H H (C H2)4 C O N C H O H C O ]n ]n O C H3 H O H n F C (C H2)6 N ] O O C C H H H C H H C H3 H Adesivos. termorrígido. termoplástico. termoplástico. biomateriais. termoplástico. copos. fitas. policondensação. biomateriais. policondensação. termorrígido.Ciência e Engenharia de Polímeros Polímeros Comerciais Polímero Poli(tetraflúor etileno) Teflon® Polímero semicristalino. policondensação. Poliamidas Nylon® Polímero semicristalino. Poliuretanos Polímero amorfo. peças. Resina de fenolformaldeído Aplicações Estrutura Recobrimentos. policondensação. Poli(tereftalato de etileno) PET Polímero semicristalino. OH C Polímero amorfo. etc. H Isopor. Resina epoxídica Polímero amorfo. etc. elastômeros C O R O n C N n O O H 27 . [ F F C C F Garrafas. poliadição. termorrígido. etc. peças automotivas.