You are on page 1of 2

VERDADE, VALIDADE E CONSISTÊNCIA OU SOLIDEZ

1

Mencionados termos na fala ordinária podem ser tomados um pelo outro. Contudo, na lógica possuem distinção precisa e, por isso, torna-se necessária uma acurada análise. Verdade – é um atributo de enunciados afirmativos. Validade – é um atributo de argumentos, e designa a correção com que uma conclusão foi inferida a partir de premissas. Consistência ou solidez – ocorre quando um argumento possui premissas verdadeiras e a conclusão é derivada validamente das premissas. Portanto, verdade, falsidade, validade e invalidade podem ser combinadas de diferentes maneiras em argumentos, dando origem às seguintes possibilidades: (1) as premissas podem ser verdadeiras e a inferência válida; assim, além de o argumento ser válido, também a conclusão será verdadeira – o argumento será, também, consistente ou sólido. Todos os homens são mortais. Sócrates é homem. Portanto, Sócrates é mortal. (2) as premissas podem ser verdadeiras, mas a inferência pode ser inválida; assim, a conclusão não decorre das premissas e o argumento será não-sólido. Todos os gatos são animais. Todos os porcos são animais. Portanto, todos os porcos são gatos. (3) uma ou mais premissas podem ser falsas, mas a inferência pode ser correta; assim, o argumento será válido, mas não-sólido. Todos os atores de novela são brancos. Milton Gonçalves é ator de novela. Portanto, Milton Gonçalves é branco. Neste caso a primeira afirmação é obviamente falsa, mas o raciocínio é correto e a conclusão decorre das premissas. A conclusão também pode ser verdadeira, mas não podemos determinar sua verdade a partir dos elementos do argumento. A conclusão, portanto, pode ser verdadeira apesar da falsidade da primeira premissa; mas ela também pode ser falsa apesar da correção do raciocínio. (4) uma ou mais premissas podem ser falsas, e além disso, a inferência incorreta. No caso, o argumento será invalido e não-sólido. Eu gosto deste curso. Todos os exames finais são fáceis. Portanto, obterei uma boa nota neste curso. Os elementos que surgiram nesta análise da verdade, validade e consistência ou solidez podem ser sintetizados desta forma:

1

Crédito: Pe. Werner Spaniol.

(a) verdade e falsidade são atributos de afirmações isoladas. (b) validade e invalidade se referem ao raciocínio, e são determinadas independentemente da verdade ou falsidade das premissas ou da conclusão do argumento. (c) se um argumento for inválido e suas premissas verdadeiras, a conclusão será necessariamente verdadeira – se for um argumento dedutivo – ou será provavelmente verdadeira – se for um argumento indutivo. (d) se além de ser válido, o argumento tiver premissas verdadeiras, ele deverá ser considerado consistente ou sólido. Portanto, todo o argumento sólido será também válido, mas argumentos válidos tanto podem ser sólidos como não sólidos. Dado que dentre os város tipos de argumentos discutidos apenas um, a saber, os argumentos com premissas verdadeiras e inferência correta, pode levar a conclusões necessariamente verdadeiras, poder-se-ía perguntar pelo motivo de nos interessarmos por argumentos cujas premissas são falsas. A razão é que às vezes não estamos em condições de saber se nossas premissas são verdadeiras. Se através de uma inferência válida chegarmos a uma conclusão sabidamente falsa, podemos ter a certeza de que ao menos uma das premissas será falsa. Isto porque uma conclusão falsa não pode ser deduzida validamente de premissas verdadeiras. Isto significa que se não estivermos de acordo com determinada conclusão, que parece seguir validamente de uma premissa, é possível que também não estejamos de acordo com a premissa.