You are on page 1of 2

Hospital 9 de Julho e você no COMBATE à DENGUE

Mantenha a DENGUE longe de você
A Dengue é uma doença infecciosa causada por quatro diferentes sorotipos de um mesmo vírus. Por isso, uma pessoa pode ter dengue mais de uma vez.

TRANSMISSÃO
A Dengue não pode ser transmitida de uma pessoa a outra. Sem o mosquito, não existe picada e sem picada, não há dengue. O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da doença. Ele se infecta picando uma pessoa doente e passa a picar e a contaminar outras pessoas.

SINTOMAS *
Dengue Clássica Febre alta (acima de 38°C) Fraqueza e prostração Náuseas e vômito Dor de cabeça Dor abdominal

---

-----

Dor no fundo dos olhos Dor no corpo e nas juntas Diarreia Sem resfriado ou coriza

Na dengue hemorrágica, os sintomas iniciais são os mesmos da dengue clássica, porém, evoluem rapidamente para manifestações hemorrágicas de gravidade variável. Os casos típicos são caracterizados por: Fenômenos hemorrágicos leves (sangramento gengivais) Fenômenos hemorrágicos graves (hemorragia gastrointestinal) Dor abdominal continua Febre alta Suor intenso Queda de pressão sanguínea

*A pessoa com dengue não tem, necessariamente, todos os sintomas.

O diagnóstico laboratorial é indicado a partir do 6º dia a partir do início dos sintomas. Antes do 6º dia, a sorologia pode ser negativa.

TRATAMENTO
A hidratação é fundamental para a boa evolução da doença. Não existe tratamento específico, apenas sintomático. Podem ser usados Tylenol e Novalgina, sendo contra-indicados medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (AAS®, Doril).

PREVENÇÃO
Para evitar sua propagação, é necessário eliminar os locais que acumulam água e servem de criadouro para o mosquito, principalmente em nossas residências, assim:

-

Pratos de vasos de plantas devem ser preenchidos com areia; Tampinhas, latinhas e embalagens plásticas devem ser jogadas no lixo e as recicláveis, guardadas fora da chuva; Latas, baldes, potes e outros frascos devem ser guardados com a boca para baixo; Caixas d’água devem ser mantidas fechadas (com tampas íntegras e sem rachaduras) ou cobertas com tela tipo mosquiteiro; Piscinas devem ser cobertas ou tratadas com cloro; Pneus devem ser furados ou guardados em locais cobertos; Lonas, aquários, bacias e brinquedos devem ficar longe da chuva; Entulhos ou sobras de obras devem ser cobertos, destinados ao lixo ou “Operação Cata-Bagulho”; Nas plantas que acumulam água, como Bromélias e Espadas de São Jorge, regue apenas a terra.