You are on page 1of 2

PARECER

PARECERISTA: Frederico Maciente
SOLICITANTE: Mm. Sr. Juiz Dr. Marco Aurélio
Da 5º Vara de Família da Comarca de Nova Serrana - MG
ASSUNTO: Elementos a contribuir para com o Magistrado referente a
mudança de regime de guarda.
I. EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS: O pai solicita mudança de regime de guarda da
filha de 9 anos que não vem comparecendo as visitas quinzenais. O mesmo
infere-nos a hipótese e serve-se como base do relato e do pedido uma
possível alienação parental por parta da mãe. Em contrapartida a mãe
relata que o pai é agressivo e que a menor não sente vontade em
comparecer aos encontros bem como permanecer com o pai. Sendo assim
necessária a investigação dos fatores aqui colocados pelas partes.

II. DISCUSSÃO
• Considerando os relatos das partes podemos nos valer de 2 hipóteses.
Sendo a primeira uma possível alienação parental por parte da mãe e a
segunda uma agressividade do pai fazendo com que a filha não o queira
visitar.
Foi utilizado para averiguar esses 2 tópicos 2 métodos, Sendo o primeiro a
entrevista psicológica individual com as partes e com a criança envolvida e
1 teste para a averiguar a hipótese levantada pelo pai sendo o teste mais
especificamente o EATA – Escala para Avaliação de Tendência a
Agressividade – Firmino Fernandes Sisto.
Considerações das entrevistas:
O pai demonstra ser uma pessoa calma e preocupado com o
desenvolvimento da filha. Não apresentou nenhum traço de distúrbio
psíquico e suas capacidades cognitivas estão em conformidade com a
normalidade.
A Mãe demonstra ser uma pessoa ríspida também se preocupa com o
desenvolvimento da filha. Mas na entrevista se ateve aos pontos
relacionados ao pai não dando atenção as questões básicas inferidas pelo
Psicólogo no que diz respeito ao convívio com a filha e com o
relacionamento com o pai de sua filha.
A Filha não apresentou nenhum traço de distúrbio psíquico e suas
capacidades cognitivas estão em conformidade com a normalidade. Em
relato disse que gosta muito do pai e que sente falta do mesmo.
Considerações sobre o EATA - EATA – Escala para Avaliação de Tendência a
Agressividade
Tal teste foi utilizado para averiguar a acusação da mãe de que o pai seja
agressivo. Tendo como resultado desfavorável a acusação da mãe pois os
níveis de agressividade foram consideravelmente baixo.

NOVA SERRANA 15 Março 2016 Frederico Maciente Psicólogo CRP: 000. considerando o relato da filha de que sente falta do pai. o resultado desfavorável a acusação da mãe com base em teste dou parecer favorável ao relato pai confirmando a hipótese de uma alienação parental no campo relacional entre pai e filha.000 .CONCLUSÃO Tendo analisado criticamente a entrevista psicológica dos envolvidos. bem como.