Movimento Retilíneo Uniforme

1. (Pucrs 2008) O eco é o fenômeno que
ocorre quando um som emitido e seu
reflexo em um anteparo são percebidos
por uma pessoa com um intervalo de
tempo que permite ao cérebro distinguilos como sons diferentes.
Para que se perceba o eco de um som no
ar, no qual a velocidade de propagação é
de 340 m/s, é necessário que haja uma
distância de 17,0 m entre a fonte e o
anteparo. Na água, em que a velocidade
de propagação do som é de 1.600m/s,
essa distância precisa ser de:
a) 34,0 m
b) 60,0 m
c) 80,0 m
d) 160,0 m
e) 320,0 m
2. (Fuvest 2009) Marta e Pedro
combinaram encontrar-se em certo ponto
de uma autoestrada plana, para seguirem
viagem juntos. Marta, ao passar pelo
marco zero da estrada, constatou que,
mantendo uma velocidade média de 80
km/h, chegaria na hora certa ao ponto de
encontro combinado. No entanto, quando
ela já estava no marco do quilômetro 10,
ficou sabendo que Pedro tinha se
atrasado e, só então, estava passando
pelo marco zero, pretendendo continuar
sua viagem a uma velocidade média de
100 km/h. Mantendo essas velocidades,
seria previsível que os dois amigos se
encontrassem próximos a um marco da
estrada com indicação de
a) km 20
b) km 30
c) km 40
d) km 50
e) km 60
3. (Uerj 2010) Um foguete persegue um
avião, ambos com velocidades
constantes e mesma direção. Enquanto o
foguete percorre 4,0 km, o avião percorre
apenas 1,0 km. Admita que, em um
instante t1, a distância entre eles é de
4,0 km e que, no instante t2, o foguete
alcança o avião. No intervalo de tempo
t2 – t1, a distância percorrida pelo
foguete, em quilômetros, corresponde
aproximadamente a:
a) 4,7
b) 5,3
c) 6,2
d) 8,6

4. (Udesc 2010) Dois caminhões
deslocam-se com velocidade uniforme,
em sentidos contrários, numa rodovia de
mão dupla. A velocidade do primeiro
caminhão e a do segundo, em relação à
rodovia, são iguais a 40 km/h e 50 km/h,
respectivamente. Um caroneiro, no
primeiro caminhão, verificou que o
segundo caminhão levou apenas 1,0 s
para passar por ele. O comprimento do
segundo caminhão e a velocidade dele
em relação ao caroneiro mencionado são,
respectivamente, iguais a:
a) 25 m e 90 km/h
b) 2,8 m e 10 km/h
c) 4,0 m e 25 m/s
d) 28 m e 10 m/s
e) 14 m e 50 km/h
5. (Ufpr 2010) Segundo o grande
cientista Galileu Galilei, todos os
movimentos descritos na cinemática são
observados na natureza na forma de
composição desses movimentos. Assim,
se um pequeno barco sobe o rio
Guaraguaçu, em Pontal do Paraná, com
velocidade de 12 km/h e desce o mesmo
rio com velocidade de 20 km/h, a
velocidade própria do barco e a
velocidade da correnteza serão,
respectivamente:
a) 18 km/h e 2 km/h.
b) 17 km/h e 3 km/h.
c) 16 km/h e 4 km/h.
d) 15 km/h e 5 km/h.
e) 19 km/h e 1 km/h.
6. (Unimontes 2011) Um motorista
apressado passa em alta velocidade por
uma base da Polícia Rodoviária, com
velocidade constante de módulo v. Dez
segundos depois, uma viatura parte em
perseguição desse carro e o alcança nos
próximos 30 segundos. A velocidade
escalar média da viatura, em todo o
percurso, será de
a) v
b) 4v/3
c) 2v/3
d) 5v/3
7. (Ifsul 2011) Se um corpo se desloca
em movimento uniforme, é correto
afirmar-se que ele, com certeza,
a) tem vetor aceleração nulo.
b) encontra-se em MRU.

c) percorre distâncias iguais em
intervalos de tempos iguais.
d) possui velocidade vetorial constante.
8. (Epcar 2011) Dois automóveis A e B
encontram-se estacionados
paralelamente ao marco zero de uma
estrada. Em um dado instante, o
automóvel A parte, movimentando-se
com velocidade escalar constante = 80
km/h. Depois de certo intervalo de
tempo, , o automóvel B parte no encalço
de A com velocidade escalar constante =
100 km/h. Após 2 h de viagem, o
motorista de A verifica que B se encontra
10 km atrás e conclui que o intervalo ,
em que o motorista B ainda permaneceu
estacionado, em horas, é igual a
a) 0,25
b) 0,50
c) 1,00
d) 4,00
9. (G1 – ifsp 2012) Em um trecho
retilíneo de estrada, dois veículos, A e B,
mantêm velocidades constantes VA=14
m/s e VB=54 km/h Sobre os movimentos
desses veículos, pode-se afirmar que:

a) ambos apresentam a mesma
velocidade escalar.
b) mantidas essas velocidades, A não
conseguirá ultrapassar B.
c) A está mais rápido do que B.
d) a cada segundo que passa, A fica dois
metros mais distante de B.
e) depois de 40 s A terá ultrapassado B.
10. (Uespi 2012) Um motorista em seu
automóvel deseja ir do ponto A ao ponto
B de uma grande cidade (ver figura). O
triângulo ABC é retângulo, com os catetos
AC e CB de comprimentos 3 km e 4 km,
respectivamente. O Departamento de
Trânsito da cidade informa que as
respectivas velocidades médias nos
trechos AB e ACB valem 15 km/h e 21
km/h. Nessa situação, podemos concluir
que o motorista:

a) chegará 20 min mais cedo se for pelo
caminho direto AB.
b) chegará 10 min mais cedo se for pelo
caminho direto AB.
c) gastará o mesmo tempo para ir pelo
percurso AB ou pelo percurso ACB.
d) chegará 10 min mais cedo se for pelo
caminho ACB.
e) chegará 20 min mais cedo se for pelo
caminho ACB.
01. (FUVEST) Um veículo parte do
repouso em movimento retilíneo e
acelera com aceleração escalar constante
e igual a 2,0 m/s2. Pode-se dizer que sua
velocidade escalar e a distância
percorrida após 3,0 segundos, valem,
respectivamente:
a) 6,0 m/s e 9,0m;
b) 6,0m/s e 18m;
c) 3,0 m/s e 12m;
d) 12 m/s e 35m;
e) 2,0 m/s e 12 m
02. (FUND. CARLOS CHAGAS) Dois móveis
A e B movimentam-se ao longo do eixo x,
obedecendo às equações móvel A: xA =
100 + 5,0t e móvel B: xB = 5,0t2,
onde xA e xB são medidos em m e t em s.
Pode-se afirmar que:
a) A e B possuem a mesma
velocidade;
b) A e B possuem a mesma
aceleração;
c) o movimento de B é uniforme e o
de A é acelerado;
d) entre t = 0 e t = 2,0s ambos
percorrem a mesma distância;
e) a aceleração de A é nula e a de B
tem intensidade igual a 10 m/s2.
03. (MACKENZIE) Um móvel parte do
repouso com aceleração constante de
intensidade igual a 2,0 m/s2em
uma trajetória retilínea. Após 20s,
começa a frear uniformemente até parar
a 500m do ponto de partida. Em valor
absoluto, a aceleração de freada foi:
a) 8,0 m/s2
b) 6,0 m/s2

c) 4,0 m/s2
d) 2,0 m/s2
e) 1,6 m/s2
04. (UFMA) Uma motocicleta pode manter
uma aceleração constante de intensidade
10 m/s2. A velocidade inicial de um
motociclista, com esta motocicleta, que
deseja percorrer uma distância de 500m,
em linha reta, chegando ao final desta
com uma velocidade de intensidade 100
m/s é:
a) zero
b) 5,0 m/s
c) 10 m/s
d) 15 m/s
e) 20 m/s
05. (UFPA) Um ponto material parte do
repouso em movimento uniformemente
variado e, após percorrer 12 m, está
animado de uma velocidade escalar de
6,0 m/s. A aceleração escalar do ponto
material, em m/s vale:
a) 1,5
b) 1,0
c) 2,5
d) 2,0
e) n.d.a.
06. (UNIP) Na figura representamos a
coordenada de posição x, em função do
tempo, para um móvel que se desloca ao
longo do eixo Ox.

Os trechos AB e CD são arcos de parábola
com eixos de simetria paralelos ao eixo
das posições. No intervalo de tempo em
que o móvel se aproxima de origem dos
espaços o seu movimento é:
a) uniforme e progressivo;
b) retrógrado e acelerado;
c) retrógrado e retardado;
d) progressivo, retardado e
uniformemente variado;
e) progressivo, acelerado e
uniformemente.
07. (PUCC) Um vaso de flores cai
livremente do alto de um edifício. Após
ter percorrido 320cm ele passa por um

andar que mede 2,85 m de altura.
Quanto tempo ele gasta para passar por
esse andar? Desprezar a resistência do ar
e assumir g = 10 m/s2.
a) 1,0s
b) 0,80s
c) 0,30s
d) 1,2s
e) 1,5s
08. (PUCC) Duas bolas A e B, sendo a
massa de A igual ao dobro da massa de
B, são lançadas verticalmente para cima,
a partir de um mesmo plano horizontal
com velocidades iniciais. Desprezando-se
a resistência que o ar pode oferecer,
podemos afirmar que:
a) o tempo gasto na subida pela bola
A é maior que o gasto pela bola B
também na subida;
b) a bola A atinge altura menor que a
B;
c) a bola B volta ao ponto de partida
num tempo menor que a bola A;
d) as duas bolas atingem a mesma
altura;
e) os tempos que as bolas gastam
durante as subidas são maiores que os
gastos nas descidas.
09. (UFPR) Um corpo é lançado
verticalmente para cima, atinge certa
altura, e desce. Levando-se em conta a
resistência do ar, pode-se afirmar que o
módulo de sua aceleração é:
a) maior, quando o corpo estiver
subindo;
b) maior, quando o corpo estiver
descendo;
c) igual ao da aceleração da
gravidade, apenas quando o corpo estiver
subindo;
d) o mesmo, tanto na subida quanto
na descida;
e) igual ao da aceleração da
gravidade, tanto na subida quanto na
descida.
10. (UCPR) Num local onde a aceleração
da gravidade vale 10 m/s2 uma pedra é
abandonada de um helicóptero no
instante em que este está a uma altura
de 1000m em relação ao solo. Sendo 20s
o tempo que a pedra gasta para chegar
ao solo, pode-se concluir que no instante
do abandono da pedra o

helicóptero: (Desprezam-se as
resistências passivas)
a) subia
b) descia
c) estava parado
d) encontrava-se em situação
indeterminada face aos dados;
e) esta situação é impossível
fisicamente.

7 Um automóvel percorre um trecho
retilíneo de estrada, indo da cidade A até
a
cidade B, distante 150 km da primeira.
Saindo às 10h de A, pára às 11h em um
restaurante situado no ponto médio do
trecho AB, onde o motorista gasta
exatamente
uma hora para almoçar. A seguir
prossegue viagem e gasta mais uma hora
para chegar a
B. A sua velocidade média no trecho AB
foi de: a) 75 km/h b) 50 km/h
c) 150 km/h d) 60 km/h e) 90 km/h 8
Um automóvel percorre a distância entre
São Paulo e São José dos Campos (90 km)
com velocidade média de 60 km/h, a
distância entre São José dos Campos e
Cruzeiro (100 km) com velocidade média
de 100 km/h e entre Cruzeiro e Rio de
Janeiro (210 km) com velocidade média
de 60 km/h. Calcule a velocidade média
do automóvel entre São Paulo e Rio de
Janeiro.
Um carro parte do repouso com
aceleração escalar constante de 2m/s².
Após 10 s
da partida, desliga-se o motor e, devido
ao atrito, o carro passa a ter movimento
retardado de aceleração constante de
módulo 0,5 m/s². O espaço total
percorrido pelo
carro, desde sua partida até atingir
novamente o repouso, foi de: a) 100 m b)
200 m c) 300 m
d) 400 m e) 500 m
54 Um automóvel trafega com velocidade
constante de 12 m/s por uma avenida e
se aproxima de um cruzamento onde há
um semáforo com fiscalização eletrônica.
Quando o automóvel se encontra a uma
distância de 30 m do cruzamento, o sinal

muda de verde para amarelo. O motorista
deve decidir entre parar o carro antes de
chegar ao cruzamento ou acelerar o carro
e passar pelo cruzamento antes de o
sinal mudar para vermelho. Este sinal
permanece amarelo por 2,2 s. O tempo
de reação do motorista
(tempo decorrido entre o momento em
que o motorista vê a mudança de sinal e
o momento em que realiza alguma ação)
é 0,5 s.
a) Determine a mínima aceleração (em
módulo) constante que o carro deve ter
para
parar antes de atingir o cruzamento e
não ser multado.
b) Calcule a menor aceleração constante
que o carro deve ter para passar pelo
cruzamento sem ser multado. Aproxime
1,7² para 3,0.
55 Ao iniciar a travessia de um túnel
retilíneo de 200 metros de comprimento,
um automóvel de dimensões desprezíveis
movimenta-se com velocidade de 25 m/s.
Durante a travessia, desacelera
uniformemente, saindo do túnel com
velocidade de 5 m/s. O módulo de sua
aceleração escalar, nesse percurso, foi
de:
a) 0,5 m/s² b) 1,0 m/s² c) 1,5 m/s² d) 2,0
m/s² e) 2,5
m/s²
56 Um motorista está dirigindo um
automóvel a uma velocidade de 54 km/h.
Ao ver o sinal vermelho, pisa no freio. A
aceleração máxima para que o automóvel
não derrape tem módulo igual a 5m/s².
Qual a menor distância que o automóvel
irá percorrer, sem derrapar e até parar, a
partir do instante em que o motorista
aciona o freio? a) 3,0 m b) 10,8 m c)
291,6 m d) 22,5 m e) 5,4 m
57 Um automóvel percorre 600 m em 20
s, sendo sua aceleração constante a =
1,5
m/s². Supondo que ele partiu da origem,
determine: a) A equação horária do
movimento.
b) A equação da velocidade.
58 Um ponto material percorre uma
trajetória retilínea partindo de um ponto
de abcissa 20 m, com uma velocidade
inicial de 1 m/s e uma aceleração de 2

m/s². a) Qual é a função horária do
movimento?
b) Em que instante ele passa pela
origem dos espaços ?
c) Qual é o instante e a posição em que o
ponto material pára?
59 Um ponto material parte do repouso
com uma aceleração constante de 8m/s².
a) Que distância terá percorrido após 10
segundos de movimento?
b) Qual será sua velocidade após ter
percorrido 1600 m?

c) Qual será sua velocidade escalar
média nos 10 primeiros segundos de
movimento?
60 Numa competição automobilística,
um carro se aproxima de uma curva em
grande velocidade. O piloto pisa no freio
durante 4 s e consegue reduzir a
velocidade do carro para 30 m/s. Durante
a freada, o carro percorre 160m. Supondo
que os freios imprimam ao carro uma
aceleração retardadora constante, calcule
a velocidade do carro no instante
em que o piloto pisou no freio.