Aula 04

Noções de Direito Administrativo p/ INSS - Técnico do Seguro Social - Com videoaulas 2015

Professor: Daniel Mesquita

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04

AULA 04: Poderes administrativos

SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO À AULA 04

2

2. PODERES ADMINISTRATIVOS.

2

2.1 ABUSO DE PODER

3

3. PODER HIERÁRQUICO

6

4. PODER DISCIPLINAR

13

5. PODER REGULAMENTAR

25

6. PODER DE POLÍCIA

36

6.1
6.2
6.3
6.4

36
37
41
42

CONCEITO
ATRIBUTOS
INDELEGABILIDADE
POLÍCIA ADMINISTRATIVA X POLÍCIA JUDICIÁRIA

7. PODER VINCULADO

60

8. PODER DISCRICIONÁRIO

61

9. RESUMO DA AULA

66

10. QUESTÕES COMENTADAS

70

11. REFERÊNCIAS

99

Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

1 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04

1. Introdução à aula 04
Nesta nossa Aula 04 de Direito Administrativo para Técnico do
INSS, abordaremos o conteúdo "5 Poderes administrativos: poder
hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia;
uso e abuso do poder.".
Sem mais delongas, vamos à luta! Rumo à aprovação!

2. Poderes administrativos.
Certamente, você já ouviu falar que na Administração Pública vige
o princípio da supremacia do interesse público sobre o interesse
privado, ou seja, os atos estatais se impõem perante os particulares,
pois o Estado age visando o interesse público.
Entretanto, como é que esse princípio se materializa? Como é que,
na prática, a Administração se sobrepõe ao particular?
Isso ocorre por meio dos poderes administrativos. O ordenamento
jurídico coloca esses poderes a disposição do Estado para que ele tenha
meios de impor a sua a supremacia.
Os agentes públicos, por gozarem desses poderes, encontram-se
numa posição superior ao cidadão comum. Assim, o Estado consegue
dirimir os conflitos da sociedade.
Esse poder não é uma faculdade da Administração. A professora Di
Pietro assim diz “Embora o vocábulo poder dê a impressão de que se
trata de faculdade da Administração, na realidade trata-se de poderdever, já que reconhecido ao poder público para que o exerça em
benefício da coletividade; os poderes são pois irrenunciáveis”.
Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

2 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

Agindo o administrador fora dos objetivos legais ele comete abuso de poder. por exemplo.Poder disciplinar.estrategiaconcursos. 2. ou fora do interesse público ou fora da finalidade prevista na lei para aquele ato específico. Prof Daniel Mesquita Aula 04 São poderes da Administração: 1. ou seja. vai além de sua competência definida em lei ou na Constituição. como o do controle dos atos administrativos. 4.Maria Erica Castelo Amâncio 3 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . 3.Poder regulamentar.com. Os poderes. Teoria e exercícios comentados. pelos princípios da proporcionalidade e da razoabilidade e por diversos outros postulados. é vício na competência. p. há o excesso de poder.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Bandeira de Mello (2010.br 07230149304 . contudo. pela lei. 407) observa que o desvio de poder pode se manifestar de duas formas: (a) o agente busca finalidade alheia ao interesse público. Excesso de poder.com. Assim. não são uma arma brutal que provoca um ataque sem defesa contra os administrados. temos o importante quadro. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. como o direito a ampla defesa e o contraditório. mas alheia à prevista para o ato que utilizou. Poder de polícia. 2.br danielmesquita@estrategiaconcursos.Poder hierárquico. por sua vez. Quando o agente atua transbordando de sua competência. eles são limitados pelos direitos individuais previstos na Constituição. o que está envolvido é a finalidade do ato. Como se vê: sempre. no desvio de poder. e se ao contrário não exerce os poderes a ele conferidos comete abuso de poder por omissão. (b) o agente busca uma finalidade de interesse público. com fundamento na doutrina de Vicente Paulo e Marcelo Alexandrino – SINAL DE ALERTA: Prof.1 Abuso de poder É gênero que abrange duas espécies: desvio de poder e excesso de poder.

e) excesso de poder e desvio de finalidade. pratica o ato por motivos ou com fins diversos dos objetivados pela lei ou exigidos pelo interesse público. Gabarito: E Prof.Maria Erica Castelo Amâncio 4 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Já o item II trata claramente de desvio de finalidade (vício na finalidade). d) uso de gestão do poder e excesso de poder. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. embora atuando nos limites de sua competência. Tais espécies configuram.br danielmesquita@estrategiaconcursos.br 07230149304 . A autoridade.com. Teoria e exercícios comentados.com. a) desvio de finalidade e uso de gestão de poder. embora competente para praticar o ato. b) desvio de poder e excesso de poder. técnica e respectivamente. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Desvio de poder – vício na finalidade Abuso de poder Excesso de poder – vício na competência Questão concurso 1. c) abuso de poder e uso regular do poder.estrategiaconcursos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. vai além do permitido e exorbita no uso de suas faculdades administrativas. analise: I. de (FCC – 2010 – MPE-RN – Agente Administrativo) Sobre o poder da autoridade. II. O item I é um exemplo perfeito de excesso de poder (vício na competência). A autoridade.

Abuso de poder é o gênero. não há medida judicial cabível. quanto da omissiva. Dependerá da forma em que a lei foi violada e causou lesão ao direito individual do Administrado.br 07230149304 . pode marcar errada.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.estrategiaconcursos. e) todo ato abusivo é nulo. Como se vê. é correto afirmar que: a) para combatê-lo.2010 . não a comissiva. Prof Daniel Mesquita Aula 04 2. Todo ato abusivo é nulo. Letra “e” é a alternativa correta. por excesso ou desvio de poder Existe sim medida judicial cabível para combater o abuso de poder.TRE-AM . Quando você se deparar com alguma questão que afirma a licitude do abuso de poder. enquanto o abuso pode ser lícito ou ilícito. (FCC . devendo o prejudicado recorrer à via administrativa. Teoria e exercícios comentados. b) o abuso de poder só pode revestir a forma omissiva.br danielmesquita@estrategiaconcursos. letra “d” errada.Técnico Judiciário) Sobre o abuso de poder. Sempre o direito individual do administrado for ofendido. improbidade não é uma espécie de abuso de poder. dependendo da finalidade. que abrange duas espécies: desvio de poder e excesso de poder. haverá a possibilidade de correção judicial.com. Letra “b” errada. por excesso ou desvio de poder. Gabarito: letra E Prof. Em nenhum caso será permitido o abuso de poder.Maria Erica Castelo Amâncio 5 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. d) a improbidade deve sempre ser considerada uma espécie de abuso de poder.com. c) o uso do poder é lícito. Letra “a” O abuso de poder pode ser tanto da forma comissiva. Letra “c” errada.

br 07230149304 . que é o vinculo de subordinação e coordenação entre órgãos e agentes superiores e inferiores”.com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. por exemplo.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.estrategiaconcursos.com. através do poder de coordenação e subordinação dentro da mesma pessoa jurídica. O poder hierárquico garante que o princípio da eficiência seja cumprido na administração pública. Os superiores controlam e fiscalizam a atuação dos inferiores. Poder Hierárquico Segundo Leandro Zannoni “o poder hierárquico decorre da hierarquia. Aqueles que são subordinados estão mais próximos da execução dos atos. Ou seja. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Vamos passar agora para a análise de cada um dos poderes da Administração Pública. resoluções. essas instâncias funcionam com independência umas das outras. em que não há subordinação jurídica aos tribunais superiores. pois os seus membros (juízes e parlamentares) gozam de independência funcional no exercício de suas funções típicas.Maria Erica Castelo Amâncio 6 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . portarias e instruções) com o intuito de ordenar genericamente os subordinados.br danielmesquita@estrategiaconcursos. o chamado poder hierárquico. Nos Poderes Legislativo e Judiciário a relação é diferente. tanto os órgãos como os agentes públicos estão organizados de forma hierárquica e dessa relação de superioridade surgem poderes. No Poder Judiciário. Prof. existe uma distribuição de competência entre as instâncias. Teoria e exercícios comentados. e prevalece o princípio da livre convicção do juiz. Zannoni ainda leciona que da hierarquia decorrem os seguintes poderes: i) De editar atos normativos (como decretos. 3.

com. tendo em vista que a lei prevê como regra o exercício da função pelo órgão ou agente originário. servidor público estadual e chefe de determinada repartição pública. Isso porque. quando há a delegação . adoeceu e. ficou impossibilitado de comparecer ao serviço Prof.. A avocação de atribuições. Prof Daniel Mesquita Aula 04 ii) De comandar os subordinados por meio de ordens específicas. Questões concurso 3- de (FCC – 2014 – TRT-19º.br 07230149304 . iii) De fiscalizar a atividade inferior. vi) De aplicar sanções aos infratores. sendo esse exercício temporário e discricionário.” MUITO CUIDADO: O poder hierárquico não chega ao ponto de excluir ou retirar a competência do subordinado.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. em razão de tal fato.Técnico) Carlos Eduardo. salvo se a ordem for manifestamente ilegal. v) De revogar os atos inferiores inoportunos ou inconvenientes. vii) De solucionar conflitos de atribuição (positivos ou negativos). viii) Delegar atribuições ix) Avocar atribuições.CRETELLA JR. Obviamente que havendo uma delegação ilegal o agente delegante não será obrigado a cumpri-la. ocorre quando a autoridade hierarquicamente superior chama para si. os quais devem obedecer. Assim sendo. as atribuições do seu subordinado. Teoria e exercícios comentados.Maria Erica Castelo Amâncio 7 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.com.estrategiaconcursos. por sua vez. deverá ser temporária e certa. iv) De anular os atos inferiores ilegais. a competência decorre de lei e não da vontade do administrador.br danielmesquita@estrategiaconcursos.“transferência de atribuições de um órgão a outro no aparelho administrativo”.

É muito importante essa observação!! Dito isso e por tudo que acabamos de ver na aula. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.Técnico Judiciário) O poder hierárquico encontra-se presente: a) nas relações entre a Administração pública e as empresas regularmente contratadas por meio de licitação.TRT . praticou o ato. deve haver uma relação Prof.estrategiaconcursos. Observe que a questão frisa que o ato foi praticado. vez que a lei autorizava a delegação. (E) normativo-disjuntivo.com. fica fácil né? Gabarito: D 4- (FCC .br 07230149304 .Maria Erica Castelo Amâncio 8 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . e) somente entre servidores e superiores militares.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. b) na relação funcional entre servidores estatutários e seus superiores.18ª Região (GO) . Teoria e exercícios comentados. (D) hierárquico. (C) regulamentar. A relação do poder hierárquico dá-se no âmbito da própria Administração Pública. O fato narrado corresponde a típico exemplo do poder (A) disciplinar. No entanto. Joaquim. vez que a lei autorizava a delegação. fazia-se necessária a prática de importante ato administrativo. servidor público subordinado de Carlos Eduardo. Prof Daniel Mesquita Aula 04 público. Assim. (B) de polícia. d) entre servidores estatutários de mesmo nível funcional. Em razão do episódio. Para que se configure hierarquia.br danielmesquita@estrategiaconcursos.2013 . não tem o que se falar de poder hierárquico entre Administração Pública e administrados ou contratados por licitação.com. justamente no dia em que o mencionado servidor faltou ao serviço. c) nas relações de limitação de direitos que se trava entre administrados e autoridades públicas.

que pode ser entre órgãos. ou entre servidores e seus superiores. Prof Daniel Mesquita Aula 04 de subordinação.com. da hierarquia decorre o poder de anular ou revogar atos praticados pelos subordinados. nos termos da lei.br danielmesquita@estrategiaconcursos.Maria Erica Castelo Amâncio 9 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . a) de Tutela. Prof. Chamar a si funções originariamente atribuídas a um subordinado significa avocar. II. como também não podem ser subdelegadas sem expressa autorização do delegante. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. e) Normativo.br 07230149304 . A revisão hierárquica é possível. As delegações quando possíveis. Gabarito: “B” 6- (FCC – 2012 – TJ – Analista Judiciário) Considere sob o foco do poder hierárquico: I. d) Regulamentar. não podem ser recusadas pelo inferior.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. III. b) Hierárquico. 5- (FCC – 2013 – TRT –Técnico Judiciário) A possibilidade de autoridade superior de órgão da Administração direta revogar ou anular atos praticados por seus subordinados. Como vimos.com. Gabarito: “b”. e só deve ser adotada pelo superior hierárquico e por motivo relevante. como informa a alternativa “b”. desde que o ato já tenha se tornado definitivo para a Administração ou criado direito subjetivo para o particular. Anular os atos inferiores ilegais. é exteriorização do poder. Teoria e exercícios comentados. c) Disciplinar.estrategiaconcursos. Revogar os atos inferiores inoportunos ou inconvenientes.

O item está perfeito. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.br danielmesquita@estrategiaconcursos. em todos os casos.com.Anulação ou Revogação dos Seus Próprios Atos . é correto afirmar: a) É possível a apreciação da conveniência e da oportunidade das determinações superiores pelos subalternos. Vamos lembra-la? STF Súmula nº 473 . a apreciação judicial. ou revogá-los. b) II e IV. e ressalvada. c) I. A subordinação e a vinculação política significam o mesmo fenômeno e não admitem todos os meios de controle do superior sobre o inferior hierárquico. III.estrategiaconcursos. III e IV. IV. II e III.A administração pode anular seus próprios atos.Subordinação e vinculação são dois institutos opostos! Gabarito: D 7- (FCC/2011/TRE-TO/Técnico Judiciário) Sobre o poder hierárquico.br 07230149304 . quando eivados de vícios que os tornam ilegais.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. respeitados os direitos adquiridos.com. b) Em geral.O erro pode ser justificado com a súmula 473 do STF. a responsabilidade pelos atos e medidas decorrentes da delegação cabe à autoridade delegante. e) I. d) I e III. porque deles não se originam direitos.Correto. por motivo de conveniência ou oportunidade. Teoria e exercícios comentados. III e IV. I.Maria Erica Castelo Amâncio 10 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . É isso mesmo!! II.Administração Pública . Prof. Prof Daniel Mesquita Aula 04 IV. Está correto o que se afirma APENAS em a) II.

estrategiaconcursos. O pior: cada qual se acharia no direito de fazer o que bem entendesse ou de não fazer nada.com. não se esqueça de que as ordens ilegais não deverão ser cumpridas. e) A avocação de ato pelo superior não desonera o inferior da responsabilidade pelo mencionado ato.Analista Judiciário) NÃO constitui característica do poder hierárquico: a) delegar atribuições que não lhe sejam privativas.br danielmesquita@estrategiaconcursos. não cabe aos subalternos avaliar a conveniência e oportunidade de seus superiores.20ª REGIÃO (SE) . Imagine só se as ordens dadas pelos superiores pudessem ser ampliadas ou restringidas? Os subordinados passariam a criar competências. que implica o dever de obediência. no entanto. d) Rever atos de inferiores hierárquicos é apreciar tais atos em todos os seus aspectos. Por óbvio. Resposta correta: Letra “d”. Por favor. Gabarito: “D” 8- (FCC . letra “e” errada.Maria Erica Castelo Amâncio 11 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Porém. letra “b” errada. o que só a lei pode fazer. tanto por vícios de legalidade quanto por razões de conveniência e oportunidade.br 07230149304 . Letra “a” errada. A autoridade que pratica o ato.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. para estes últimos. Prof. salvo para as ordens manifestamente ilegais. Prof Daniel Mesquita Aula 04 c) As determinações superiores . não se esqueçam que na avocação. mesmo quando esse ato decorre de uma atribuição delegada.2011 . Letra “c” errada.com exceção das manifestamente ilegais -. podem.TRT . isto é. b) dar ordens aos subordinados. como é o superior quem pratica o ato. ser ampliadas ou restringidas pelo inferior hierárquico. Teoria e exercícios comentados.com. devem ser cumpridas. deve se responsabilizar pelas consequências de suas ações. é ele quem será responsável pelas consequências desse ato.

Observe no primeiro item que a característica “de editar atos normativos (como decretos. Teoria e exercícios comentados. resoluções.com.estrategiaconcursos. Alternativa “b” correta. salvo se a ordem for manifestamente ilegal. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. e) editar atos normativos que poderão ser de efeitos internos e externos. Alternativa “c” correta iv) De anular os atos inferiores ilegais. -Alternativa “a” correta. portarias e instruções) com o intuito de ordenar genericamente os subordinados. Prof Daniel Mesquita Aula 04 c) controlar a atividade dos órgãos inferiores.br 07230149304 .br danielmesquita@estrategiaconcursos. v) De revogar os atos inferiores inoportunos ou inconvenientes.com. ii) De comandar os subordinados por meio de ordens específicas. resoluções. iii) De fiscalizar a atividade inferior. viii) Delegar atribuições. ix) Avocar atribuições. d) avocar atribuições.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. portarias e instruções) com o intuito de ordenar genericamente os subordinados. tendo o poder de anular e de revogar atos administrativos.Maria Erica Castelo Amâncio 12 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .” – Alternativa “d” correta.” não chega ao ponto de viabilizar a edição de atos com efeitos externos! O poder hierárquico se volta para dentro da administração! Letra “e” não é uma característica do poder hierárquico. vi) De aplicar sanções aos infratores. a atribuição de: i) De editar atos normativos (como decretos. Nessa questão não tem como fugir da listinha: Decorre do poder hierárquico. desde que estas não sejam da competência exclusiva do órgão subordinado. vii) De solucionar conflitos de atribuição (positivos ou negativos). os quais devem obedecer. Gabarito: “E” Prof.

Gabarito: E 4.com.TRT .estrategiaconcursos. esse poder disciplinar envolve também a atribuição que tem a Administração de punir o contratado por violação contratual? Prof.Maria Erica Castelo Amâncio 13 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. exerce o poder disciplinar em uma relação decorrente do poder hierárquico. c) regulamentar.20ª Região/SE . e) hierárquico. O enunciado descreve literalmente o poder hierárquico. Esse poder disciplinar está intimamente ligado ao poder hierárquico. d) de polícia.2011 . sujeitas à disciplina administrativa. Poder disciplinar O poder disciplinar é um poder-dever que cabe à Administração de examinar infrações cometidas por servidores públicos e demais pessoas com vínculo jurídico específico.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Portanto. Podendo ainda aplicar penalidades se necessário após a devida averiguação dos fatos. No momento em que à administração exerce o controle interno das pessoas a ela vinculadas.Técnico Judiciário) Dispõe o Poder Executivo de poder para distribuir e escalonar as funções de seus órgãos.br 07230149304 .com.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Prof Daniel Mesquita Aula 04 9- (FCC . Teoria e exercícios comentados. b) discricionário. que é o vinculo de subordinação e coordenação entre órgãos e agentes superiores e inferiores. ordenar e rever a atuação de seus agentes. Professor. Trata-se do poder a) disciplinar. a resposta é a letra "e". estabelecendo a relação de subordinação entre os servidores do seu quadro de pessoal. Lembre-se que o poder hierárquico decorre da hierarquia.

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04
Não, meus caros, o poder disciplinar não se associa ao poder
administrativo quando a administração pública sanciona um qualquer
por descumprir um contrato administrativo.
Tampouco se aplica o poder disciplinar quando o Poder Judiciário
aplica pena para crimes e contravenções próprias do Código Penal.
Nesse caso, o poder público está exercendo poder punitivo do Estado e
não o poder disciplinar.
Nas

próximas

aulas,

aprofundaremos

no

conceito

de

“discricionariedade”. Você verá que quando a lei confere alguma
margem de liberdade ao administrador para decidir sobre qual medida
será adotada na situação que se apresenta, o ato a ser praticado será
discricionário.
Agora, uma pergunta: o poder disciplinar é discricionário?
Em regra não.
Normalmente, a lei, de forma expressa, estabelece qual é a sanção
ideal a ser aplicada no caso concreto. Se ocorreu o fato X, a lei diz que
o superior deve aplicar a sanção Y.
Nesse caso, ocorrido o fato X, não há pra onde correr. A sanção Y
deve ser aplicada, não há discricionariedade.
Pode-se chegar a essa conclusão observando o posicionamento do
STJ: “6.1. A infração do art. 117, XI, da Lei 8.112/90 – ‘atuar, como
procurador ou intermediário, junto a repartições públicas, salvo quando
se tratar de benefícios previdenciários ou assistenciais de parentes até o
segundo grau, e de cônjuge ou companheiro’ –, impõe a aplicação da
pena de demissão, nos termos do art. 132, XIII, desse mesmo estatuto.
6.2. Portanto, nesse caso, o administrador não tem qualquer margem
de discricionariedade na aplicação da pena, tratando-se de ato
plenamente vinculado. Configurada a infração do art. 117, XI, da Lei
8.112/90, deverá ser aplicada a pena de demissão, nos termos do art.
132, XIII, da Lei 8.112/90, sob pena de responsabilização criminal e
Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

14 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04
administrativa do superior hierárquico desidioso” (MS 15.437/DF, Rel.
Ministro CASTRO MEIRA, PRIMEIRA SEÇÃO, julgado em 27/10/2010,
DJe 26/11/2010)
Há casos, porém, em que a discricionariedade existe. Isso porque,
algumas vezes a própria lei concede à autoridade competente a
prerrogativa de decidir o alcance da sanção.
Se, por exemplo, a lei prevê que para o fato A aplica-se a pena de
suspensão por até 90 dias, ocorrido o fato A, o superior hierárquico tem
a liberdade de escolher por quanto tempo suspende o seu subalterno:
por 10, 20, 50 ou 90 dias, por exemplo.
Por fim, IMPORTANTE ter em mente que, conforme determina o
artigo 5º, LV, da CF: “aos litigantes, em processo judicial ou
administrativo,

e

aos

acusados

em

geral

são

assegurados

o

contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela
inerentes;”.
Assim, para que a Administração utilize de seu poder disciplinar,
ela deve promover o contraditório e a ampla defesa do acusado, em
processo administrativo regularmente instaurado, antes de dar a
punição.
Para corroborar esse entendimento, destacamos também o § 1º do
art. 41 da Constituição Federal:

§ 1º O servidor público estável só perderá o cargo:
I - em virtude de sentença judicial transitada em julgado;
II - mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada
ampla defesa;
III - mediante procedimento de avaliação periódica de
desempenho, na forma de lei complementar, assegurada ampla
defesa.

Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

15 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04

NÃO CAIA NESSA PEGADINHA:
Juiz não é demitido com processo administrativo. Ele tem a
garantia da “vitaliciedade”.
O que é isso professor?
Isso quer dizer que ele só pode ser demitido por decisão judicial
transitada em julgado! Isso mesmo: só um juiz ou um tribunal
(composto de juízes) pode demitir um colega!
Veja o art. 95, I, da Constituição:
Art. 95. Os juízes gozam das seguintes garantias:
I - vitaliciedade, que, no primeiro grau, só será adquirida após dois
anos de exercício, dependendo a perda do cargo, nesse período, de
deliberação do tribunal a que o juiz estiver vinculado, e, nos
demais casos, de sentença judicial transitada em julgado;
Como se vê, a vitaliciedade é adquirida com 2 anos. Após a
aquisição da vitaliciedade, a demissão só ocorre com sentença judicial
transitada em julgado.
Vejam que esse assunto cai em prova! Vamos às questões!!!

ATENÇÃO! NÃO CONFUNDAM PODER HIERÁRQUICO COM PODER
DISCIPLINAR!!!
Questões
concurso

10-

de

(FCC - 2013 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) - Analista Judiciário) A

propósito do poder disciplinar da Administração pública, é correto
afirmar:
a) Afasta 7 se ater aos expressos termos da lei.
Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

16 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

assim. o poder disciplinar abrange sanções impostas a particulares. abrangendo atuação de controle. aos estudantes de escolas públicas. Prof Daniel Mesquita Aula 04 b) Aplica-se aos servidores em geral.br danielmesquita@estrategiaconcursos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. como os estudantes de escola pública. e) É expressão da relação de coordenação e subordinação. restando. por exemplo. sujeitos a disciplina interna da Administração.com. c) É excludente em relação ao poder hierárquico. 11- (FCC – 2013 – TRT – Técnico Judiciário) Entre os poderes atribuídos à Administração pública insere-se o denominado poder disciplinar. a alternativa “a” está errada. os detentos e estudantes de escola pública. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Como vimos. como visto.com. Teoria e exercícios comentados. que. não se estendendo a particulares. portanto.estrategiaconcursos.Maria Erica Castelo Amâncio 17 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . A alternativa “b” faz uma restrição quanto aos particulares passíveis de aplicação do poder disciplinar. Prof. salvo se tiverem celebrado contrato administrativo com a Administração pública. como por exemplo: os doentes de hospital público. a alternativa correta é a letra “d”. por isso restrito à esfera funcional. mencionar aqueles que tem uma relação jurídica especial. Gabarito: “d”. o poder disciplinar é intimamente ligado ao poder hierárquico. que corresponde ao poder de a) impor restrições à atuação de particulares.br 07230149304 . o poder disciplinar dá certa margem de discricionariedade para a autoridade. A alternativa “e” conceitua o poder hierárquico. que se aplica apenas na orientação das atividades dos servidores. Quanto à alternativa “c”. Assim. em prol da segurança pública. d) Abrange as sanções impostas a particulares.

com. redistribuindo as unidades de despesas. Letra “a”: trata-se de poder de polícia. d) organizar a atividade administrativa.br 07230149304 . (E) pelo dever da Administração pública em apurar infrações e aplicar penalidades aos seus servidores e demais pessoas sujeitas à disciplina administrativa.com. Letra “b”: poder hierárquico Letra “c”: poder regulamentar Letra “d”: poder hierárquico Letra “e”: Finalmente. Prof Daniel Mesquita Aula 04 b) coordenar e controlar a atividade de órgãos inferiores. e) apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos.Maria Erica Castelo Amâncio 18 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Teoria e exercícios comentados. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Prof. (C) pelo dever de obediência dos servidores públicos e seus superiores hierárquicos. (D) pela faculdade da Administração pública para aplicar sanção disciplinar aos seus servidores. verificando a legalidade dos atos praticados. (B) pela existência de níveis de subordinação entre os órgãos e agentes públicos da mesma pessoa jurídica.estrategiaconcursos. poder disciplinar Gabarito: E 12- (FCC – 2013 – AL-RN – Assessor Técnico) O poder disciplinar se caracteriza (A) pelo poder que detém o superior hierárquico para dar ordens aos administrados.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br danielmesquita@estrategiaconcursos. c) editar normas para disciplinar a fiel execução da lei.

com.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Também se aplica a particulares que se sujeitam à disciplina da Administração Pública. (E) aplicação de pena de inidoneidade a contratado que fraudou o prévio procedimento licitatório. qual seja.. Gabarito: E 14- (FCC . pela Administração pública.2012 .TRT . a Administração Pública Prof. como as empresas privadas que contratam com a Administração. ao tomar conhecimento de infrações.Analista Judiciário) A Administração Pública. Gabarito: E 13- (FCC – 2013 – MP-AM – Agente de apoio administrativo) Constitui exemplo do exercício de poder disciplinar. Poder Disciplinar é o poder atribuído a Administração Pública para aplicar sanções administrativas aos seus agentes pela prática de infrações de caráter funcional. o poder disciplinar.com. (D) edição de portaria disciplinando o exercício de atividade administrativa. Nesse caso. (C) edição de decreto disciplinando o cumprimento de lei.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria e exercícios comentados. (B) concessão de licença para portar arma de fogo.. letra “E”. cometidas por estudantes de uma escola pública. a (A) interdição de estabelecimento comercial. sujeitas à disciplina administrativa. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Vimos que o poder disciplinar é um poder-dever que cabe à Administração de examinar cometidas infrações por servidores públicos e demais pessoas com vínculo jurídico específico.Maria Erica Castelo Amâncio 19 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Portanto. Apenas relembrando. utiliza-se de um de seus poderes administrativos.11ª Região (AM) .br 07230149304 .estrategiaconcursos.

que. nessa hipótese. e) poderia utilizar-se de tal poder.com.br 07230149304 . c) poderia utilizar-se de tal poder. nessa hipótese. pode a Administração escolher entre punir e não punir.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Podendo ainda aplicar penalidades se necessário após a devida averiguação dos fatos. no entanto. Prof. respectivamente.Maria Erica Castelo Amâncio 20 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . ou seja. Teoria e exercícios comentados.br danielmesquita@estrategiaconcursos. em razão da discricionariedade do poder disciplinar. Prof Daniel Mesquita Aula 04 a) poderia utilizar-se de tal poder contra os estudantes da escola pública.estrategiaconcursos. será discricionário. não cabendo à Administração. sujeitas à disciplina administrativa. a apuração regular de infração disciplinar e a motivação da punição disciplinar são. Letra “a” correta. O poder disciplinar é um poder-dever que cabe à Administração de examinar infrações cometidas por servidores públicos e demais pessoas com vínculo jurídico específico. vez que ele somente é aplicável aos servidores públicos. pode impor sanções aos estudantes. b) faculdade da Administração Pública. a) indispensável para a legalidade da punição interna da Administração e prescindível para a validade da pena. em razão da discricionariedade presente no poder disciplinar e imprescindível para a validade da pena. b) não poderia utilizar-se de tal poder. Gabarito: “A” 15- (FCC – 2012 – TER-CE – Técnico Judiciário) No que diz respeito ao poder disciplinar. d) não poderia utilizar-se de tal poder. com fundamento no poder de polícia do Estado. ele está limitado à fase de averiguação. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. punir. porém.com.

vez que a motivação tanto pode ser resumida. disciplinadoras de atividades individuais. e) dispensável para a aplicação de penalidade. b) hierárquico autoriza a avocação.Maria Erica Castelo Amâncio 21 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . pelo Chefe do Poder Executivo. pelo Chefe do Executivo. como suprimida em alguns casos. tais como a criação de órgãos e cargos públicos. de normas gerais destinadas à coletividade.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Já vimos que a apuração regular de infração disciplinar e a motivação da punição disciplinar são indispensáveis e imprescindíveis para a validade da pena. em discricionariedade presente no poder disciplinar e prescindível para a validade da pena.com. c) disciplinar autoriza a Administração a apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos. d) normativo autoriza a edição. Gabarito: C 16- (FCC – 2012 – TRT-1º. de decretos em matéria de organização administrativa. Prof Daniel Mesquita Aula 04 c) indispensável para a legalidade da punição interna da razão da Administração e imprescindível para a validade da pena. de matérias inseridas na competência das autarquias a ele vinculadas. Teoria e exercícios comentados. é correto afirmar que o poder a) regulamentar fundamenta a edição. Prof.estrategiaconcursos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.br 07230149304 . se houver prova contundente acerca do cometimento da infração e imprescindível para a validade da pena. não alcançando as sanções impostas a particulares não sujeitos à disciplina interna da Administração.Juiz do Trabalho) A respeito dos poderes da Administração. d) faculdade da Administração Pública.com. pelo Ministério supervisor.

Prof Daniel Mesquita Aula 04 e) hierárquico é aquele conferido aos agentes públicos para proferir ordens e aplicar sanções a seus subordinados. As questões são bem repetitivas mesmo. Assim temos nossa resposta: letra “c”!! Gabarito: C 17- (FCC – 2012 – TRT – Analista Judiciário) Constitui exemplo do poder disciplinar da Administração pública a) a imposição de restrições a atividades dos cidadãos. as matérias inseridas na competência das entidades vinculadas (Administração Indireta). nos limites estabelecidos pela lei. c) a edição de atos normativos para ordenar a atuação de agentes e órgãos administrativos. basta treinar! Como vimos.. Assim.com.estrategiaconcursos.com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. b) a imposição de sanção a particulares que contratam com a Administração. não é possível que o Ministro (Administração Direta) avoque.Maria Erica Castelo Amâncio 22 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br 07230149304 .. Teoria e exercícios comentados. e) o poder conferido às autoridades de dar ordens a seus subordinados e rever seus atos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Vamos lá? As letras “b” e “d” tratam do poder hierárquico.br danielmesquita@estrategiaconcursos. não há hierarquia entre a Administração Direta e Indireta. a letra “E”. com vistas ao bom desempenho do serviço público. d) a edição de regulamentos para a fiel execução da lei.Por isso. pode impor sanções a particulares que contratam com a Administração. com base no Poder Hierárquico. Além disso. O poder disciplinar autoriza a Administração a apurar infrações e aplicar penalidades. Gabarito: B Prof. misturou os conceitos: poder hierárquico e disciplinar. Como já estudamos. em decorrência do poder disciplinar. a Administração.

TRE-SP . c) particulares que atuam em setores considerados de interesse público. em face da tutela exercida pelo ente instituidor.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Errado E) Esse é o poder de polícia! Gabarito: A 19- (FCC . exclusivamente. Prof. em face do poder da Administração de limitar a atuação privada em prol do interesse coletivo. Prof Daniel Mesquita Aula 04 18- (FCC – 2012 – TCE-AP – Técnico de Controle Externo) Submetem-se ao poder disciplinar da Administração: a) servidores submetidos ao regime estatutário e servidores ocupantes de emprego público.com. d) as entidades da Administração indireta.Maria Erica Castelo Amâncio 23 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . em caráter vinculado e com atributos de coercibilidade e auto. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.estrategiaconcursos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.Analista Judiciário) A atividade da Administração consistente na limitação de direitos e atividades individuais em benefício do interesse público caracteriza o exercício do poder a) regulamentar.executoriedade. b) de polícia. e) os administrados. C) Lembre-se que o poder disciplinar só alcança os particulares ligados a Administração mediante algum vínculo jurídico (ex: contrato administrativo). não exclusivamente aos funcionários públicos.br 07230149304 . Como essa questão pode gerar certa dúvida.2012 . B) A aplicação das punições é destinada aos agentes públicos. Teoria e exercícios comentados.com. dotados de autoexecutoriedade. tratarei dos itens mais importantes. b) funcionários públicos. exercido mediante a edição de atos normativos para fiel execução da lei e com a prática de atos concretos. Errado. exercido apenas repressivamente.

puníveis com pena de demissão. é correto afirmar: a) Existe discricionariedade quanto a certas infrações que a lei não define. poderá atuar também de forma preventiva. consistente na avaliação de conveniência e oportunidade para aplicação das restrições legais ao caso concreto.br 07230149304 . com o "procedimento irregular" e a "ineficiência no serviço". b) Há discricionariedade para a Administração em instaurar procedimento administrativo. Prof. Assim. como ocorre. c) Inexiste discricionariedade quando a lei dá à Administração o poder de levar em consideração.Maria Erica Castelo Amâncio 24 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . a natureza e a gravidade da infração e os danos que dela provierem para o serviço público. o que corresponde à denominada autoexecutoriedade. O poder de polícia decorre da prerrogativa que o Estado tem de restringir o exercício dos direitos individuais em prol do interesse coletivo. Prof Daniel Mesquita Aula 04 c) disciplinar. Mas vá com calma! A alternativa “b” diz que o poder de polícia é exercido apenas repressivamente. na escolha da pena.estrategiaconcursos. e) disciplinar.com. Gabarito: “D” 20- (FCC – 2011 – TER-TO – Técnico Judiciário) Sobre o poder disciplinar.br danielmesquita@estrategiaconcursos. exercido com vistas à aplicação da lei ao caso concreto. além de repressivo. por exemplo. só nos resta a alternativa “d”. que é a correta. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Evidente que o enunciado traz a definição de poder de polícia. Teoria e exercícios comentados. caso tome conhecimento de eventual falta praticada. exercido por meio de ações preventivas e repressivas dotadas de coercibilidade e autoexecutoriedade.com. d) de polícia. o que não é verdade.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. dotado de coercibilidade e autoexecutoriedade.

estrategiaconcursos. e) É possível. POIS ELE É UM DOS PODERES MAIS COBRADOS!!! A corrente majoritária dos doutrinadores aponta o poder regulamentar como sendo a competência exclusiva do Chefe do Poder Executivo para editar atos administrativos normativos. são expressões imprecisas. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt se enquadrem nas hipóteses que www. complementares à lei para a sua fiel execução. Teoria e exercícios comentados. punível com suspensão. Nas palavras de Marcelo Alexandrino “Os atos administrativos não têm destinatários determinados.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. nessa questão a banca utilizou os ensinamentos da professa Di Pietro. Peço vênia para a transcrição." Gabarito: A 5.com. e da "falta grave".com. Prof Daniel Mesquita Aula 04 d) O poder disciplinar é sempre discricionário e decorre da supremacia especial que o Estado exerce sobre aqueles que se vinculam à Administração. que a Administração deixe de punir o servidor comprovadamente faltoso.br danielmesquita@estrategiaconcursos. de modo que a lei deixou à Administração a possibilidade de enquadrar os casos concretos em uma ou outra dessas infrações. puníveis com pena de demissão. Vamos em frente! ABRA O OLHO NESSE PONTO. incidem sobre todos os fatos ou situações que Prof. "Discricionalidade existe também com relação a certas infrações que a lei não define. Poder regulamentar Tudo bem até aqui? Qualquer dúvida você pode me mandar um e-mail. Bom pessoal. em determinadas hipóteses.Maria Erica Castelo Amâncio abstratamente 25 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br 07230149304 . é o caso do "procedimento irregular" e da "ineficiência no serviço".

Maria Erica Castelo Amâncio 26 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . em que “poder” se enquadrariam as resoluções. criando direitos e obrigações para as partes.” MUITO CUIDADO. existe regulamento autônomo no Brasil? Prof.estrategiaconcursos.” Veja o que a Constituição Federal diz a respeito: “Art. que é o poder da Administração de editar atos gerais (o ato não é dirigido a um sujeito específico. não pode inovar a ordem jurídica. pois sua função é de apenas detalhar o significado da lei: é ato normativo secundário.br 07230149304 . promulgar e fazer publicar as leis. 84. Teoria e exercícios comentados. fundado na Constituição. instruções normativas.. regimentos expedidos por outras autoridades administrativas? Nesse caso. mas para ser aplicado todas as vezes que ocorrer determinada situação descrita na norma). professor? Leandro Zannoni dá uma resposta precisa a essa pergunta: “a lei e o regulamento não se confundem. Já o regulamento.br danielmesquita@estrategiaconcursos.. não obstante ser geral e abstrato. MEUS CAROS.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Compete privativamente ao Presidente da República: (. fala-se em “poder normativo”. Os atos administrativos normativos editados pelo Chefe do Poder Executivo assumem a forma de decreto. pois aquela poderá inovar na ordem jurídica.com.com.” Mas se só o Chefe do Poder Executivo tem o poder regulamentar.) IV .sancionar. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. já que a lei é ato normativo primário. E qual seria a diferença fundamental entre lei e regulamento. bem como expedir decretos e regulamentos para sua fiel execução. Prof Daniel Mesquita Aula 04 preveem. ESSE É O PONTO FULCRAL DE NOSSA AULA!!! Existe no nosso ordenamento exceção a essa regra? Ou melhor. mas a uma generalidade) e abstratos (o ato não foi editado para incidir sobre um único fato.

em regra. Compete privativamente ao Presidente da República: (. quando vagos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. (d) há decreto autônomo para extinguir funções ou cargos quando vagos.Maria Erica Castelo Amâncio 27 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . 84. sobre: a) organização e funcionamento da administração federal. VI. que observarão os limites traçados nas respectivas delegações. (b) há decreto autônomo para a organização e funcionamento da Administração. da Constituição. Nesse sentido. primário. Esse “decreto autônomo” (como é conhecido o decreto com fundamento no art.com. VI. Teoria e exercícios comentados.poder regulamentar. da Constituição) pode ser delegado aos Ministros de Estado. ele pode editar um decreto autônomo para extinguir funções ou cargos públicos quando vagos. (c) esse decreto não pode aumentar despesa nem criar ou extinguir órgãos públicos.br 07230149304 . Vejamos: “Art.. para a:  “organização” e  “funcionamento” da administração federal DESDE QUE esse decreto não implique em:  “aumento de despesa” ou  “criação ou extinção de órgãos públicos”. mediante decreto. 84.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. ao Procurador-Geral da República ou ao AdvogadoGeral da União.. pode o Presidente (e os demais chefes do Poder Executivo: Governadores e Prefeitos) editar decreto autônomo. A prevista no art. Além disso.” Como se vê.estrategiaconcursos.dispor. 84. meus caros. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Há sim uma exceção. 84 da Constituição: Prof.com. o parágrafo único do art.) VI . b) extinção de funções ou cargos públicos. quando não implicar aumento de despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos. Lembre-se desse ponto da aula: (a) não há decreto autônomo.br danielmesquita@estrategiaconcursos.

É da competência exclusiva do Congresso Nacional: (. Parágrafo único. 49. para se alcançar apenas as hipótese elencadas na CF. MUITO CUIDADO NESSE PONTO! A autorização para o Presidente delegar essa atribuição não significa que os atos normativos possam ser delegados. aos Ministros de Estado. Prof Daniel Mesquita Aula 04 “Art.com. não podemos fechar esse tópico sem a menção à forma de controle que a Constituição traz para retirar do ordenamento jurídico um decreto que exorbite do poder regulamentar. 13. Confira a redação do art.com. V. ao Procurador-Geral da República ou ao Advogado-Geral da União. a previsão constitucional do art. Por fim. parágrafo único. Teoria e exercícios comentados.. o Congresso Nacional pode sustar o ato normativo. da Constituição: “Art.Maria Erica Castelo Amâncio 28 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . I. da Lei nº 9.784/99). XII e XXV. o que ocorre? Nesse caso. 84.sustar os atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa. primeira parte. é uma exceção e deve ser interpretada restritivamente. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. 84.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. que observarão os limites traçados nas respectivas delegações”.br danielmesquita@estrategiaconcursos. há previsão legal expressa no sentido de se vedar a delegação de atos normativos (art.) V . Ou seja: se o Presidente editar um decreto dizendo o que só a lei pode dizer.. Assim.estrategiaconcursos. O Presidente da República poderá delegar as atribuições mencionadas nos incisos VI.” Vamos ver como esse tópico cai em concurso? Vamos lá! Questões concurso de Prof. Como vimos acima.br 07230149304 .49.

Prof. sob o fundamento de que a restrição seria necessária para melhoria da qualidade do ar na região. o decreto autônomo. que é de competência do Chefe do Executivo. Como visto anteriormente.Procurador) O chamado poder regulamentar autônomo. comprovadamente inadequada por medidores oficiais. trata-se de: a) exercício de atividade normativa pelo Executivo. De fato. c) atividade normativa exercida pelas agências reguladoras.br danielmesquita@estrategiaconcursos. de controversa existência no direito nacional. considerando que o poder executivo municipal tenha competência material para dispor sobre a ordenação do tráfego e seja constitucionalmente obrigado a tutela do meio ambiente. A medida.Maria Erica Castelo Amâncio 29 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . na vigência de estado de defesa ou estado de sítio.com. Prof Daniel Mesquita Aula 04 21- (FCC . inova a ordem jurídica. nos setores sob sua responsabilidade. Teoria e exercícios comentados. conferida ao Conselho de Defesa Nacional. e) atividade normativa excepcional. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Portanto. d) prerrogativa conferida a todos os Poderes para disciplinar seus assuntos interna corporis.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Gabarito: A 22- (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) Decreto do Poder Executivo Municipal restringiu a circulação de veículos em determinado horário em perímetro identificado da cidade.br 07230149304 . sim. a alternativa correta é a letra "a".PB . b) poder conferido aos entes federados para legislar em matéria administrativa de seu próprio interesse. é controversa no direito brasileiro a legitimidade do poder regulamentar autônomo.2013 – AL . não complementa nenhuma lei existente no direito brasileiro. e. disciplinando matéria não regulada em lei.estrategiaconcursos.com.

que se restringe à disciplina de organização administrativa do ente.com. que pode editar atos normativos autônomos disciplinando os assuntos de interesse local da comunidade. Pública e não implique aumento de despesa/criação ou extinção de órgão públicos/nem extinga funções ou cargos públicos.br danielmesquita@estrategiaconcursos. que pode se prestar a restringir a esfera de interesses dos administrados. exceto quando vagos. e) insere-se no poder regulamentar do Executivo.br 07230149304 . devendo essas disposições constarem de lei formal. Teoria e exercícios comentados. c) insere-se no poder normativo do Executivo Municipal. dos direitos individuais dos administrados. ok? A letra “c” trata-se do denominado decreto autônomo! No caso em tela não se pode falar em decreto autônomo. b) é expressão do poder disciplinar. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. na medida em que houve limitação.com.estrategiaconcursos. d) excede o poder regulamentar. Assim. é fato que a Constituição Federal autoriza o Prof.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.Maria Erica Castelo Amâncio 30 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Nessa questão. Prof Daniel Mesquita Aula 04 a) é expressão da faceta disciplinar do poder regulamentar. Gabarito: Letra “E” 23- (FCC – 2012 – MPE-AL – Promotor de Justiça) Embora haja controvérsia acerca da existência do poder regulamentar autônomo em nossa ordem constitucional. Letra E é a certa. com vistas ao atendimento do interesse público. o candidato poderia ficar em dúvida na Letra “c” ou na letra “e”. vez que este é cabível apenas quando: diga respeito ao funcionamento e organização da Adm. ainda que legal. Mas não vamos deixar qualquer dúvida. se as disposições do decreto municipal estiverem explicitando normas legais que estabeleçam as diretrizes de ordenação do sistema viário com vistas a preservação da qualidade do ar.

d) organizar a atividade administrativa.com. dando ordem a subordinados e verificando a legalidade dos atos praticados. c) organização e funcionamento da administração federal. mediante decreto. né? Como vimos. b) regime disciplinar dos militares. Tranquilo. desde que eventual aumento de despesa decorrente da criação de cargos ou órgãos esteja contemplada na lei de diretrizes orçamentárias.br 07230149304 . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. b) controlar a atividade de órgãos inferiores. para a sua fiel execução. d) requisições civis e militares. inclusive com a avocação de competências e criação de órgãos. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Chefe do Poder Executivo Federal a dispor diretamente. complementares à lei para a sua fiel execução. Gabarito: C Prof. em benefício da coletividade.Maria Erica Castelo Amâncio 31 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . e) apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos e particulares que contratam com a Administração.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. o poder regulamentar consiste em editar atos administrativos normativos. quando vagos. sobre a) anistia ou remissão de tributos. em caso de iminente perigo e em tempo de guerra. Teoria e exercícios comentados. Coloquei essa questão apenas para reforçar o entendimento da última questão.estrategiaconcursos. e) extinção de funções ou cargos públicos. O treino leva à perfeição!! Gabarito: E 24- (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) O poder regulamentar da Administração pública consiste em: a) impor restrições à atuação de particulares. nos limites da lei. c) editar normas complementares à lei.com.br danielmesquita@estrategiaconcursos.

Teoria e exercícios comentados. e) não faz parte do poder normativo da Administração.2012 . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.Maria Erica Castelo Amâncio 32 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . nem impor obrigações que nela não estejam previstas.br 07230149304 . o Prefeito de Olinda é competente para tanto. Em primeiro lugar.Técnico Ministerial) No que concerne ao poder regulamentar. bem como impor obrigações que nela não estejam previstas. Gabarito: A 26- (FCC .Analista Judiciário) De acordo com Maria Sylvia Zanella di Pietro. que também pode editar decretos autônomos. tendo em vista a autonomia e independência do Poder Executivo. Referido poder regulamentar.com. c) pode contrariar a lei. Porém. Prof Daniel Mesquita Aula 04 25- (FCC – 2012 – MPE-PE. a) é competência exclusiva do Chefe do Poder Executivo. porém pode impor obrigações que nela não estejam previstas. d) pode contrariar a lei. b) não pode contrariar a lei. o poder regulamentar é uma das formas de expressão da competência normativa da Administração Pública. nos casos previstos.br danielmesquita@estrategiaconcursos. é correto afirmar que decreto regulamentar a) não pode contrariar a lei.TRE-PR . bem como impõe obrigações que não estão previstas na mencionada lei. Assim. considere a seguinte situação hipotética: o Prefeito de Olinda expediu decreto regulamentar cujo conteúdo contraria lei do mesmo Município.com. é vedado que o decreto regulamentar contraria lei e imponha obrigações não previstas. Sobre o tema. vez que não é da competência do Chefe do Executivo.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.estrategiaconcursos. Prof. reiteramos que o poder regulamentar é de competência exclusiva do chefe do executivo. porém não pode impor obrigações que nela não estejam previstas. de acordo com a Constituição Federal.

Prof Daniel Mesquita Aula 04 b) admite apenas a edição de decretos executivos. complementares à lei para a sua fiel execução.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. no que diz respeito aos servidores públicos. na medida em que admite a aplicação de sanções a todos os particulares. d) admite a delegação da competência originária em caráter geral e definitivo. A corrente majoritária dos doutrinadores aponta o poder regulamentar como sendo a competência exclusiva do Chefe do Poder Executivo para editar atos administrativos normativos.com. d) disciplinar. Teoria e exercícios comentados.com.estrategiaconcursos.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Gabarito: "a". é correto afirmar que o poder a) normativo é decorrência do poder vinculado da Administração. na medida em que se traduz no poder da Prof. 27- (FCC/2011/TCE-SP/Procurador) Em relação aos poderes da Administração Pública. complementares à lei.Maria Erica Castelo Amâncio 33 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . e. na medida em que só admite a prática de atos expressamente previstos em lei. é indelegável a edição de tais atos. quando houver lacuna na lei. quando houver lacuna na lei. A edição de decretos autônomos é permitida apenas em casos já previstos na CF/88. é decorrente do poder hierárquico. c) compreende a edição de decretos regulamentares autônomos sempre que houver lacuna na lei. e) compreende a edição de decretos autônomos e regulamentares. b) normativo é reflexo do poder discricionário nos casos em que é dado à Administração Pública o poder de substituir a lei em determinada matéria. não. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Sendo exclusiva a competência. c) disciplinar é decorrente do poder de polícia administrativo.br 07230149304 .

não podendo inovar na ordem jurídica. 28- (FCC – 2011 – TRT . Portanto letra “c” errada. Prof. Como vimos o poder disciplinar vem do poder hierárquico. A letra “e” está errada porque esses dois esses dois poderes não se confundem.Maria Erica Castelo Amâncio 34 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .4ªREG-RS . Prof Daniel Mesquita Aula 04 Administração de apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos sujeitos à sua disciplina. para dentro da própria administração e não a terceiros. a disciplina imposta pelo poder disciplinar é interna.com.Analista Judiciário) É correta a afirmação de que o exercício do poder regulamentar está consubstanciado na competência a) das autoridades hierarquicamente superiores das administrações direta e indireta. O poder hierárquico é o poder de distribuir as funções de seus órgãos. para a prática de atos administrativos vinculados. o administrador não tem liberdade de escolha. Já o poder normativo é utilizado para editar atos administrativos normativos. objetivando a fiel aplicação das leis. objetivando delimitar o âmbito de aplicabilidade das leis. ordenar e rever a atuação de seus agentes e o poder regulamentar é o poder de edição de normas complementares à lei. e) regulamentar.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. b) dos Chefes dos Poderes Executivo. porque não encontra estabelecidos em lei as hipóteses taxativas de sua incidência. Teoria e exercícios comentados. complementares à lei para a sua fiel execução. é discricionário. letra “a” errada.br danielmesquita@estrategiaconcursos.br 07230149304 . A Administração não pode substituir a lei. Portanto. ela atua nos limites desta. Gabarito: “d”. quando decorrente do poder hierárquico. Legislativo e Judiciário. mediante atos administrativos expedidos sob a forma de homologação. Quando se fala em poder vinculado. a letra “b” está errada. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.com.estrategiaconcursos.

com.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. para esclarecer textos controversos de normas federais.Maria Erica Castelo Amâncio 35 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . na medida que permite a imposição de sanções não previstas em lei. nos casos em que inexista disciplina normativa para o assunto. d) dos Chefes do Poder Executivo para editar atos administrativos normativos destinados a dar fiel execução às leis. que permite o exercício da função normativa do Poder Executivo com fundamento direto na Constituição Federal. com a finalidade de editar atos administrativos de gestão. que permite à autoridade superior a possibilidade de punição disciplinar independentemente de expressa previsão legal. c) regulamentar. não é mesmo? Ficou óbvio que a alternativa “d” é a correta. para a disciplina de situações não previstas pela legislação. Prof Daniel Mesquita Aula 04 c) originária dos Ministros e Secretários estaduais.estrategiaconcursos. que permite à Administração Pública a prática de atos administrativos. que permite à Administração Pública atuar sem expressa vinculação à lei. d) discricionário. aquele que pode ser qualificado como autônomo e originário em determinadas situações previstas na Constituição Federal é o poder a) hierárquico. b) disciplinar. Prof.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. e) de polícia. Gabarito: D 29- (FCC – 2009 – DPE-MA – Defensor Público) Dentre os chamados Poderes da Administração. e) do Chefe do Poder Executivo Federal. preventivos e repressivos.br 07230149304 . Essa nem precisamos comentar. de editarem atos administrativos destinados a esclarecer a aplicabilidade das leis ordinárias.com. Teoria e exercícios comentados.

por infração ambiental. 822-823) apresenta o conceito de poder de policia sob dois enfoques: sentido amplo e sentido estrito.estrategiaconcursos.br danielmesquita@estrategiaconcursos. O segundo seria relacionado às restrições realizadas pelo Poder Executivo (sejam elas gerais e abstratas ou concretas) com o propósito de coibir atos individuais contrários aos interesses sociais. concessão de licença de instalação etc.1 Conceito ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO! ESSE É O PODER MAIS COBRADO EM QUALQUER BANCA DE CONCURSO! O poder de polícia decorre da prerrogativa que o Estado tem de restringir o exercício dos direitos individuais em prol do interesse coletivo. ou seja.. aplicação de multa por construção irregular. O primeiro englobaria todas as atividades do Estado limitadoras do exercício da liberdade e da propriedade. ATENÇÃO: O poder de polícia se preordena a impor obrigações de não fazer. p. seja aplicando multa para quem viola a Prof.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. a Administração se vale do poder de polícia para evitar a ocorrência de danos. Teoria e exercícios comentados. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Para que fique claro na sua cabeça. demolição de casa construída em obra pública. inclusive as editadas pelo Poder Legislativo sob a forma de lei geral e abstrata. Nesse sentido.Maria Erica Castelo Amâncio 36 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . citamos alguns exemplos de poder de polícia: concessão de alvará de construção pelo Município. Prof Daniel Mesquita Aula 04 A questão trata do poder regulamentar autônomo! Bem tranquilo. Poder de polícia 6. por excesso de velocidade.com. etc.com. não? Gabarito: C 6.br 07230149304 . Celso Antônio Bandeira de Mello (2010. o conceito de poder de polícia não pode ser dado sem mencionar a ideia de restrição de atos individuais em prol da coletividade.

na maioria das vezes. Assim. como vimos acima.00. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Prof. observando se há essa margem de liberdade na lei. Ele poderá escolher se vai aplicar o ato desse ou daquele modo. o ato proferido no uso do poder de polícia é discricionário. a lei dá ampla margem ao agente (p.000. via de regra. São características ou atributos específicos – mas não exclusivos – do poder de polícia: discricionariedade. No que concerne ao atributo da discricionariedade. Por outro lado. pois. há casos em que a lei não confere ao agente público qualquer margem para avaliar se aplicará um ato de polícia ou como aplicará. Prof Daniel Mesquita Aula 04 legislação seja condicionando a execução de atividades a determinadas regras.com.2 Atributos Um tema IMPORTANTÍSSIMO para a sua prova quanto ao poder de polícia são os seus atributos. mas esta pode variar entre R$ 100. ex. deixando de prever todas as hipóteses possíveis de aplicação da restrição ou qual a sanção que se deve impor. coercibilidade e indelegabilidade. A discricionariedade será avaliada no caso concreto.estrategiaconcursos. a lei prevê que o administrador deve aplicar multa.: ocorrido um dano ambiental. o ato decorrente do poder de polícia será discricionário.br danielmesquita@estrategiaconcursos. é margem de liberdade que a lei confere ao agente público na prática de determinado ato. CUIDADO: A doutrina tradicional informa que a discricionariedade é um atributo do poder de polícia. se a lei não deixar margem ao agente. autoexecutoriedade. é o agente quem vai decidir o valor) Como vimos acima.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.00 e R$ 20. Teoria e exercícios comentados. o ato será vinculado. se a lei der certa margem de liberdade ao agente.br 07230149304 . Mas. Contudo. diz-se que esse poder é um poder negativo.com. 6.Maria Erica Castelo Amâncio 37 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .

contudo.Maria Erica Castelo Amâncio 38 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br 07230149304 . o agente deverá demolir a construção. como último atributo do poder de polícia. Por fim. o agente público deve determinar que João deixe o local e promova a demolição da casa. o ato é vinculado. não há outra saída. o agente não tem pra onde correr. Prof.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.com. c) quando inexistir outra via de direito capaz de assegurar a defender em cumprimento à medida de polícia. Esse atributo representa a imposição dos atos do Estado sobre os indivíduos. p. não pode ser aplicado irrestritamente pela Administração. A autoexecutoriedade. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Assim. Nessa situação. Se João não sair no prazo. tem-se a coercibilidade. 842) informa que o atributo da autoexecutoriedade pode ser colocado em prática nas seguintes hipóteses: a) quando a lei expressamente autorizar.com.br danielmesquita@estrategiaconcursos. no uso do poder de polícia. é o poder que a Administração tem de modificar imediatamente a ordem jurídica valendo-se de seus próprios atos ou instrumentos. Teoria e exercícios comentados. Bandeira de Mello (2010. sem precisar buscar as medidas executórias do Poder Judiciário. p. Esse atributo. 67). Como bem destaca Carvalho Filho (2005. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Por exemplo: se João construiu sua casa em área pública. esses atos decorrem do ius imperii estatal. por sua vez.estrategiaconcursos. b) quando a adoção da medida for urgente para a defesa do interesse público e não comportar as delongas naturais do pronunciamento judicial sem sacrifício ou risco para a coletividade. a Administração pode usar a força necessária para impor a vontade geral sobre o particular.

Maria Erica Castelo Amâncio 39 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Caso essa relação entre meios e fins não seja observada. Vimos que Celso Antônio Bandeira de Mello (2010. Governador Valadares/MG) Poder de polícia se revela por meio de ato normativo. No sentido amplo englobaria todas as atividades do Estado limitadoras do exercício da liberdade e da Prof.Órgão: Pref. No uso dos meios coativos. a Administração deve agir com os instrumentos estritamente necessários para fazer impor a sua vontade. deve ser o menos gravoso possível para se obter o resultado esperado. constitui elemento discricionário da atuação estatal. o agente incorrerá em abuso de poder. onde não há o que verificar. pois o estabelecimento é o mesmo que inicialmente foi licenciado. ou seja. 822-823) apresenta o conceito de poder de policia sob dois enfoques: sentido amplo e sentido estrito. Questões concurso 30- de (FUMARC . b) Não há exercício do poder de polícia na renovação de licença para localização.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. ao mesmo tempo. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.br 07230149304 . p. c) O direito de exploração de comércio em determinado local não inibe a municipalidade de alterá-lo em prol da comunidade. não tendo o invasor de má-fé direito à retenção.com.Advogado – 2009. como na seguinte hipótese: a) A construção clandestina em logradouro público está sujeita à demolição.estrategiaconcursos. nem à indenização pelo Município de eventuais benfeitorias. Teoria e exercícios comentados.com. o meio escolhido deve ser adequado para atingir o objetivo e. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Esse atributo coloca em destaque o princípio da proporcionalidade.br danielmesquita@estrategiaconcursos. d) Coerção fática exercida por aparato físico como o ocorre na apreensão de mercadoria.

nos limites da lei. apenas em caráter repressivo. o qual. Teoria e exercícios comentados. em prol do interesse público. limitando o exercício de direitos individuais para garantir a segurança e a ordem pública. entre os direitos individuais.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. utilizando meios diretos e indiretos de execução.br danielmesquita@estrategiaconcursos. inclusive as editadas pelo Poder Legislativo sob a forma de lei geral e abstrata. que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. a Administração pode usar a força necessária para impor a vontade geral Prof. Entre os poderes conferidos à Administração. 31- (FCC – 2012 – TRT – Juiz do Trabalho) A Constituição Federal estabelece. limitando o exercício de direitos individuais em benefício do interesse público. insere-se o poder de polícia. A questão trata do atributo que acabamos de estudar: coercibilidade. e) possibilita a atuação coercitiva da Administração. d) autoriza a imposição de restrições ao exercício de atividades econômicas.estrategiaconcursos. Conforme vimos. a cargo da polícia administrativa. Prof Daniel Mesquita Aula 04 propriedade. nos limites da lei. c) autoriza a atuação da Administração. inclusive tratando-se da exploração de comércio. podendo o Estado modifica-lo em prol da sociedade. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. não podendo atingir o exercício de atividades econômicas. Gabarito: Letra “C”. não podendo importar limitação ao exercício de direitos individuais. aplicado de maneira consentânea com o referido mandamento constitucional a) possibilita a atuação coercitiva da Administração.com.Maria Erica Castelo Amâncio 40 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . nos limites da lei. apenas nas hipóteses de ocorrência de conduta ilícita do particular. b) autoriza a Administração a atuar preventiva e repressivamente.com.br 07230149304 . no uso do poder de polícia.

Isso quer dizer que até os “pardais” ou os radares eletrônicos devem ser instalados e administrados pelo Estado.br danielmesquita@estrategiaconcursos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Prof Daniel Mesquita Aula 04 sobre o particular.3 Indelegabilidade Atualmente. assim. em regra. Gabarito: B 6. atuando. Quem vai aplicar a multa e cobrá-la é o DETRAN e não a empresa. tirar as fotos dos carros que passam em alta velocidade. essa é mais uma valiosa lição que você deve levar para a sua prova: o Estado pode contratar particulares e delegar a eles a atribuição de executar atos materiais relacionados às atividades tipicamente de polícia. o poder público não pode delegar à empresa que administra determinada rodovia privatizada a atribuição de aplicar multa aos motoristas que viajam em excesso de velocidade.Maria Erica Castelo Amâncio 41 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Assim. simplesmente. alguns doutrinadores colocam a indelegabilidade com um atributo do poder de polícia.com. temos que letra “b” que se encaixa perfeitamente nas características descritas. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. professor? Não. o poder de polícia não pode ser delegado para pessoas da iniciativa privada. Assim. o poder de polícia é utilizado de forma preventiva. de forma repressiva. Não seria possível sequer a delegação do poder de polícia às empresas concessionárias de serviço público ou às empresas estatais (empresas públicas e sociedades de economia mista). meus caros. 243-244). ele pode contratar uma empresa para. é bom que ele venha em tópico separado de nossa aula PARA VOCÊ NÃO SE ESQUECER NUNCA que o poder de polícia não pode ser delegado! Na lição de Marcelo Alexandrino (2010.br 07230149304 . p. Teoria e exercícios comentados. ou seja. Prof.estrategiaconcursos. As multas devem ser aplicadas pelo DETRAN do respectivo Estado.com. De qualquer forma. Porém.

p.br 07230149304 . se contrapõe à polícia judiciária. atividades a Incide sobre a própria pessoa dos indivíduos visa coibir a desordem social busca a responsabilização penal sujeita às normas administrativas sujeita. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Mas.br danielmesquita@estrategiaconcursos. que é aquela exercida.4 Polícia administrativa x Polícia judiciária Estamos estudando o poder de polícia no âmbito do direito administrativo. Segundo os ensinamentos de Gasparini (2008. www. Veremos isso na análise da última questão desta aula. lembre-se das iniciais: DACI 6. Assim. pela Polícia Militar e pela Polícia Civil. apresentamos o seguinte quadro que diferencia a polícia administrativa da polícia judiciária: Polícia administrativa atuação Polícia judiciária essencialmente atuação repressiva preventiva exercida por vários órgãos da exercida Administração Pública responsáveis pelos órgãos pela segurança pública (PM e polícia civil). Prof. falou em atributos do poder de polícia. Essa polícia.Maria Erica Castelo Amâncio às 42 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .Direito Administrativo p/ Técnico INSS.estrategiaconcursos. sob um enfoque tradicional.com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt essencialmente. exercido pela Administração Pública. normalmente. 131-132). CUIDADO! Hely Lopes Meireles admite a delegação limitada do poder de polícia. incide sobre liberdade e a as propriedade. Teoria e exercícios comentados.com.

br 07230149304 . Edição de decreto do Poder Executivo dispondo sobre a organização e funcionamento de órgãos administrativos. As situações descritas correspondem.estrategiaconcursos.Titular de Serviços de Notas e de Registros – Provimento) Analise as situações abaixo descritas que correspondem ao exercício de poderes da Administração: I. aos poderes a) regulamentar. disciplinar e regulamentar. Declaração de inidoneidade de particular para participar de licitação ou contratar com a administração pública. Vamos recapitular? Poder normativo ou regulamentar é o poder conferido à Administração para expedição de decretos e regulamentos. Teoria e exercícios comentados.2013 . respectivamente. III. d) normativo. e) hierárquico.br danielmesquita@estrategiaconcursos. É o que Prof. II. Concessão de licença de instalação e funcionamento para estabelecimento comercial. c) normativo. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. disciplinar e regulamentar.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. de polícia e regulamentar. de polícia e normativo. Prof Daniel Mesquita Aula 04 normas processuais penais caráter investigativo Questões concurso 32- de (FCC .com. disciplinar e de polícia. b) disciplinar.TJ-PE .com.Maria Erica Castelo Amâncio 43 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .

autuou e impôs multa aos infratores das normas que disciplinavam o segmento.TRT . Prof Daniel Mesquita Aula 04 justifica as portarias. b) de polícia. em regular fiscalização a estabelecimentos comerciais. d) regulamentar. e) regulamentar. É um poder que somente o faz porque quer proteger os interesses da coletividade. Também se aplica a particulares que se sujeitam à disciplina da Administração Pública. em sua faceta de poder de polícia. 33- (FCC .com. Teoria e exercícios comentados.18ª Região (GO) . em sentido estrito não o são. que permite que a Administração institua e aplique multas pecuniárias aos administrados. sendo o ato de imposição de multa dotado do atributo da discricionariedade.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. c) disciplinar. Prof.com. como as empresas privadas que contratam com a Administração. Gabarito: Letra “D”. Poder Disciplinar é o poder atribuído a Administração Pública para aplicar sanções administrativas aos seus agentes pela prática de infrações de caráter funcional.Analista Judiciário - Área Judiciária) A Administração pública.Maria Erica Castelo Amâncio 44 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Essa atuação da Administração é expressão do poder a) de polícia.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. mas que. sendo o ato de imposição de multa dotado de exigibilidade e coercibilidade. dotado do atributo de autoexecutoriedade.2013 . que permite que a Administração institua multas pecuniárias aos administrados.estrategiaconcursos. Poder de Polícia é o poder que a Administração tem para limitar o exercício de direitos e atividades econômicas dos particulares.br 07230149304 . os regimentos internos e uma série de atos que se assemelham às leis.

As questões seguem o mesmo modelo: identificar o tipo de poder! Vamos lá? Prof.Maria Erica Castelo Amâncio 45 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br danielmesquita@estrategiaconcursos. respectivamente. Para ilustrar essa questão. disciplinar e normativo.estrategiaconcursos. Se o fiscalizado infringir normas para as quais existe tal sanção prevista. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Será multado. d) de polícia. Lembre-se que a aplicação de multa não é ato discricionário. Teoria e exercícios comentados. Nesse caso. Vejam como as questões trazem conceitos repetido. suponhamos que a ANIVSA decida fiscalizar um restaurante. hierárquico e disciplinar. c) regulamentar. provando que concurso é treino à exaustão.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. representação do exercício. (ii) aplicação de pena de suspensão do direito de contratar com a Administração a particular que descumpriu obrigações decorrentes de contrato administrativo.com. hierárquico e disciplinar b) normativo. de polícia e hierárquico.br 07230149304 . pois não cabe ao administrador avaliar se irá ou não aplicá-la. (iii) edição de regimento disciplinando o funcionamento de órgão público colegiado. Referidos atos caracterizam. pela Administração. Gabarito: 34- (FCC – 2013 – TRT – juiz do Trabalho) Considere (i) imposição de restrição ao exercício de atividade que enseje risco à saúde pública. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Pessoal. hierárquico e regulamentar. não lhe resta saída.com. a) de polícia. ela está exercendo seu poder de polícia e a aplicação de multa e outras medidas como o fechamento do estabelecimento são decorrências do mesmo. e) disciplinar. de poder. o que já comentamos sobre o poder de polícia se aplica aqui.

Prof Daniel Mesquita Aula 04 I- Olha aí a Administração limitando o exercício de direitos e atividades econômicas dos particulares. suspensão temporária de particular contratado pela admissão para participar de licitação. A relação correta entre a atuação da Administração e o poder que a autoriza é a) I disciplinar II de polícia b) I de polícia e) I disciplinar Prof.Maria Erica Castelo Amâncio 46 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . II.com.estrategiaconcursos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. interdição de restaurante em face de risco à saúde pública.br danielmesquita@estrategiaconcursos.com. claro! Gabarito: D 35- (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) Considere a atuação da Administração pública: I. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt III de polícia regulamentar II regulamentar disciplinar regulamentar II c) I d) I III III de polícia II disciplinar disciplinar III hierárquico II regulamentar III hierárquico www. III. Teoria e exercícios comentados. edição de decreto contendo normas complementares para execução de lei. Só pode ser poder de polícia! II- Esse caso já está bem batido né? Sempre tomem cuidado com a diferença entre poder disciplinar e poder hierárquico! III- Esse item é tranquilo. Poder normativo.br 07230149304 .

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. hein? Gabarito: A (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) Durante regular 36- fiscalização. Os agentes municipais. Limita direitos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. d) multaram o estabelecimento e determinaram a instauração de processo de interdição do estabelecimento. Disciplina direitos. como expressão de seu poder hierárquico. como expressão de seu poder de autotutela. Teoria e exercícios comentados. Gabarito: C 37- (FCC – 2013 – TER-RO – Técnico) Considere as seguintes atividades: I. no correto desempenho de suas funções.com. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Coloquei essa questão só para vocês notarem como a banca é repetitiva ao tratar do tema. é decorrente do poder de polícia. no caso em tela.Maria Erica Castelo Amâncio 47 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .com. II. fiscais de determinada municipalidade identificaram que um estabelecimento comercial do setor de bares e restaurantes estava utilizando indevidamente a calçada para instalação de mesas e cadeiras. no exercício de seu poder de tutela administrativa. Vimos que a apreensão e multa. Prof. b) interditaram o estabelecimento.br danielmesquita@estrategiaconcursos. considerando que estavam devidamente autorizados pela lei. no exercício de seu poder disciplinar. c) apreenderam as mesas e cadeiras irregulares e multaram o estabelecimento.estrategiaconcursos. e) interditaram o estabelecimento e apreenderam todo o mobiliário da calçada. a) apreenderam as mesas e cadeiras e multaram o estabelecimento. no exercício do poder de polícia. Com tantos exercícios iguais é difícil errar.br 07230149304 .

III e IV. as atividades da Administração pública descritas em ( A) I e III. desde que preenchidos os demais requisitos legais.Maria Erica Castelo Amâncio 48 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Considera-se poder de polícia atividade da administração pública que. interesse ou liberdade. (D) III e IV. (C) II e IV. Vamos ver? Art 78. apenas. apenas. apenas. (D) normativo. à tranquilidade pública ou ao respeito à propriedade e aos direitos individuais ou coletivos. à ordem. à higiene. (C) de polícia. (E) I. Regula a abstenção de fato. Essa é uma questão bem legal! Abrange vários aspectos do poder de polícia! E foi retirada do Código Tributário Nacional. (E) hierárquico.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. (B) disciplinar. Agora fica fácil! Gabarito: E 38- (FCC – 2013 – MP-AM – Agente técnico jurídico) A concessão de licença para funcionamento de estabelecimento comercial constitui exemplo de atuação administrativa fundada no poder (A) regulamentar. à disciplina da produção e do mercado.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Considera-se poder de polícia.br 07230149304 . IV.com. Teoria e exercícios comentados. aos costumes.estrategiaconcursos. apenas. limitando ou disciplinando direito. Prof. regula a prática de ato ou abstenção de fato. II. Prof Daniel Mesquita Aula 04 III. ao exercício de atividades econômicas dependentes de concessão ou autorização do Poder Público. III e IV. ( B) II. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Regula a prática de ato.com. em razão de interesse público concernente à segurança.

Teoria e exercícios comentados. Gabarito: B 40- (FCC – 2012 – TRT-SE – Juiz do Trabalho) A respeito dos poderes da Administração. na medida em que não pode impor abstenções e proibições aos administrados. b) compreende a adoção de medidas repressivas para aplicação da lei ao caso concreto.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.Maria Erica Castelo Amâncio 49 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.com. inclusive para coibir a prática de ilícito penal. pode sim compreender medidas repressivas para a aplicação da lei. c) incide subsidiariamente à polícia judiciária. d) cria obrigações e limitações aos direitos individuais quando a lei não tiver disposto a respeito.Técnico) O conceito moderno de poder de polícia o define como a atividade do Estado que limita o exercício dos direitos individuais em benefício do interesse público. é correto afirmar que a) é exclusivo da autoridade superior do ente público competente para a fiscalização. Em relação ao poder de polícia administrativa. é correto afirmar que o poder Prof. a atuação da polícia administrativa é essencialmente preventiva. e) impõe apenas obrigações de fazer. Porém. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Vamos treinar!!! Essa concessão de licença que trata as questões são fundadas no poder de polícia! Gabarito: C 39- (FCC – 2012 – TRT-PE.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Essa é uma questão bem bacana! Primeiro porque trata da polícia administrativa. não exclusiva! Assim.estrategiaconcursos.br 07230149304 . Segundo porque pega o candidato que só decora! Lembra do quadrinho que coloquei diferenciando a polícia administrativa da judiciária? Ótimo! De acordo com o quadrinho.com.

Maria Erica Castelo Amâncio 50 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . de normas complementares à lei. d) de polícia é exercido pelo Poder Executivo. pelo Chefe do Executivo. incluindo a criação de órgãos e de cargos públicos. limitando ou disciplinando direito.estrategiaconcursos. b) hierárquico fundamenta a avocação. concernentes. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Prof Daniel Mesquita Aula 04 a) de polícia constitui atividade da administração pública que. a letra “a” está perfeita! É isso mesmo! Levem esse item para a prova.br danielmesquita@estrategiaconcursos. à higiene.Oficial de Justiça) Em matéria do poder de polícia de que dispõe a Administração Pública. à segurança e à tranquilidade pública. à ordem e aos costumes.TJ-PE . à segurança.com. muito cuidado a pegadinha! O regulamento autônomo não pode criar órgãos! Apenas extinguir cargos. pela Administração direta. mediante a edição de normas gerais criando obrigações para toda a coletividade.br 07230149304 . por intermédio da autoridade competente. Teoria e exercícios comentados. considere: Prof. entre outros. admitindo-se o regulamento autônomo para matéria de organização administrativa. regule a prática de ato ou abstenção de fato. corresponde ao poder conferido aos agentes públicos para emitir ordens a seus subordinados e aplicar as sanções disciplinares não expressamente previstas em lei. e) hierárquico. entre outros.2012 . em razão de interesse público concernente.com. ok? Com essas informações é possível fechar vários itens relacionados ao poder de polícia! Quanto a letra “c”. de matérias inseridas na competência das autarquias a ela vinculadas. disciplinadoras de atividades individuais. quando vagos. c) regulamentar autoriza a edição. Pessoal. também denominado disciplinar.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. ok? Gabarito: A 41- (FCC . interesse ou liberdade.

Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. A finalidade do poder de polícia se restringe à defesa do Estado e de sua Administração. muito pelo contrário.br 07230149304 . No poder de polícia originário e no delegado observa-se que o primeiro é pleno no seu exercício e consectário. Prof Daniel Mesquita Aula 04 I. conferindo-lhe poderes para anular liberdades públicas ou direitos dos cidadãos. O poder de polícia tem atributos específicos. d) II e III. Você que é um aluno sagaz já percebeu que Poder de Polícia é o que mais cai nas provas de concurso quando o assunto é poderes! Como vimos. e) II. II e IV. o poder de polícia decorre da prerrogativa que o Estado tem de restringir o exercício dos direitos individuais em prol do interesse coletivo.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Prof.Maria Erica Castelo Amâncio 51 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . II. As condições de validade do poder de polícia são diferentes das dos demais atos administrativos comuns porque limitadas à proporcionalidade da sanção e à legalidade dos meios empregados pela Administração. Observe que o poder de polícia não age para anular a liberdade pública e nem os direitos dos cidadãos. III e IV. e tais são a discricionariedade. Teoria e exercícios comentados. mas passíveis de controle em geral. Está correto o que se afirma APENAS em a) I e II.br danielmesquita@estrategiaconcursos. b) I. o poder de polícia é limitado pelas garantias constitucionais conferidas ao cidadão. III. a autoexecutoriedade e a coercibilidade. IV. III e IV.estrategiaconcursos. ao passo que o segundo é limitado nos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução. c) I. peculiares.com.com.

2012 .br danielmesquita@estrategiaconcursos. é correto afirmar: a) A discricionariedade está presente em todos os atos emanados do poder de polícia.com.com. c) A autoexecutoriedade prescinde da coercibilidade. que não pode ver o seu direito individual anulado. da qual são desdobramentos a exigibilidade e a executoriedade.” Item “III” correto. São características ou atributos específicos do poder de polícia: discricionariedade.estrategiaconcursos. Segundo Hely Lopes Meirelles: “Deve -se distinguir o poder de polícia originário do poder de polícia delegado. b) A exigibilidade compreende a necessidade de provocação judicial para adoção de medidas de polícia. que pode ou não estar presente nos atos de polícia. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.br 07230149304 . autoexecutoriedade e coercibilidade. são as mesmas. 42- (FCC . através de transferência legal. ATENÇÃO: Alguns doutrinadores colocam também a indelegabilidade como atributo do poder de polícia. O poder de polícia originário é pleno no seu exercício e consectário. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Há uma via de mão dupla: o poder de polícia limita direitos individuais em prol da coletividade. mas também é limitado pelos direitos individuais do cidadão.Maria Erica Castelo Amâncio 52 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . a coercibilidade e a autoexecutoriedade. Prof. Item “IV” errado. Item “II” correto. Item “I” errado.TRE-PR . Gabarito: Letra “d”. Teoria e exercícios comentados. pois que aquele nasce com a entidade que o exerce e este provém de outra.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. ao passo que o delegado é limitado aos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução.Analista Judiciário) Considerando que sejam atributos do poder de polícia a discricionariedade. As condições de validade dos atos administrativos decorrentes do poder de polícia não são diferentes.

o ato será vinculado. O item “c” está errado. Prof Daniel Mesquita Aula 04 d) A coercibilidade traduz-se na caracterização do ato de polícia como sendo uma atividade negativa. por exemplo. Dessa forma a discricionariedade não está presente em todos os atos emanados do poder de polícia. ao construir.estrategiaconcursos. sem precisar buscar as medidas executórias do Poder Judiciário.Maria Erica Castelo Amâncio 53 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . na medida em que se presta a limitar a atuação do particular. porque a exigibilidade independe de provocação judicial. tem o dever negativo de não avançar além das medidas definidas na norma Prof. A doutrina tradicional informa que a discricionariedade é um atributo do poder de polícia. Teoria e exercícios comentados. há casos em que a lei não confere ao agente público qualquer margem para avaliar se aplicará um ato de polícia ou como aplicará. Enquanto a executoriedade refere-se à possibilidade de a administração modificar imediatamente a ordem jurídica valendo-se de seus próprios atos ou instrumentos. quando um município edita as regras de construção em determinado bairro. A professora Di Pietro argumenta que a exigibilidade está relacionada a prerrogativa de a administração pública impor obrigações ao administrado.com. O particular. e) O poder de polícia pode ser exercido por meio de atos vinculados ou de atos discricionários. Isso ocorre. Alternativa “b” errada. pois a autoexecutoriedade decorre da coercibilidade (prescinde = dispensa). Alternativa “a” errada. Nesses casos.com. neste caso quando houver certa margem de apreciação deixada pela lei. o poder público edita normas que impõem ao cidadão deveres que o impedem de exercer o direito de propriedade ou a atividade econômica da forma que bem entenderem. É óbvio que a alternativa “d” está errada. Atividade negativa é a imposição de um “não-fazer”.br 07230149304 .Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Contudo. ou seja. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.br danielmesquita@estrategiaconcursos.

estrategiaconcursos. as medidas repressivas. Apenas alguns comentários.Maria Erica Castelo Amâncio 54 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . como vinculado.br 07230149304 .com. 43- (FCC – 2012 – TER – Técnico Judiciário) Analise as assertivas abaixo concernentes ao poder de polícia. no que concerne à competência e à finalidade.com. Teoria e exercícios comentados. A medida de polícia. II. dentre outros. c) I e IV. O item III afirma que a medida polícia não esbarra em algumas limitações impostas pela lei (competência e finalidade). d) III e IV. b) II.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. por exemplo.br danielmesquita@estrategiaconcursos. como. Prof Daniel Mesquita Aula 04 (p. ressaltando-se que ele é vinculado na maior parte dos casos. e) I e II. O poder de polícia só poderá reduzir os direitos individuais quando em conflito com interesses maiores da coletividade e na medida estritamente necessária à consecução dos fins estatais. III. ex. I. II e III. Constituem meios de atuação do poder de polícia. quando discricionária. etc. III e IV. não é Prof. como por exemplo. Gabarito: Letra “e”.: não desnivelar a calçada.). Errado.. IV. não esbarra em algumas limitações impostas pela lei. Está correto o que se afirma APENAS em a) I. O poder de polícia tanto pode ser discricionário. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. dissolução de reunião. interdição de atividade e apreensão de mercadorias deterioradas.. Isso não tem qualquer relação com o atributo da coercibilidade. que se relaciona com a possibilidade que a Administração tem de usar a força necessária para impor a vontade geral sobre o particular. colocar o recuo adequado entre o muro e o início da construção.

Perito Médico Previdenciário) Quando a Administração Pública limita direitos ou atividades de particulares sem qualquer vínculo com a Administração. de modo de manifestação de poder da Administração conhecido na doutrina como poder Prof.com. forma.com. já estudamos que em regra o poder de polícia é discricionário. d) regulamentar. finalidade.estrategiaconcursos. b) de polícia. tendo constatado que um bar na cidade funcionava sem alvará nem habite-se. c) normativo. Teoria e exercícios comentados. o poder de polícia decorre da prerrogativa que o Estado tem de restringir o exercício dos direitos individuais em prol do interesse coletivo.br 07230149304 . Quanto ao item IV. Portanto. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.2012 . temos os itens I e II como corretos. Trata-se. no presente caso.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Gabarito: B. está atuando como expressão de seu poder a) hierárquico. motivo e objeto.br danielmesquita@estrategiaconcursos.INSS . e) disciplinar. Gabarito: E 44- (FCC . 45- (FCC – 2011 – TCE-SE – Analista de Controle Externo) Agente da Prefeitura do Município de Aracaju. Como já mencionado. resolve aplicar multa. e em claro desacordo com determinadas normas exigidas pela municipalidade no tocante a tratamento acústico e acessibilidade do estabelecimento.Maria Erica Castelo Amâncio 55 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Prof Daniel Mesquita Aula 04 mesmo? Como todo ato administrativo o poder de polícia deve observar os requisitos de validade que são: competência. com base na lei.

b) não está correta. de forma direta. tendo em vista que os atos de polícia administrativa são vinculados e.br 07230149304 .Analista Judiciário) A Administração Pública.estrategiaconcursos.Maria Erica Castelo Amâncio 56 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . d) não está correta. Prof Daniel Mesquita Aula 04 a) hierárquico. tendo em vista que nem todas as medidas de polícia administrativa têm a característica da autoexecutoriedade. inexiste discricionariedade na atuação da Administração Pública e) está correta. Teoria e exercícios comentados. c) disciplinar. atos de execução.com. Não ocorrendo o pagamento espontaneamente pelo administrado. aplicou multa a munícipe por infração ao ordenamento jurídico. e) de autoridade. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. tendo em vista o atributo da coercibilidade presente nos atos de polícia administrativa.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Gabarito: D 46- (FCC – 2011 – TRT-20ª. Tranquila né? Apenas para treino!! Esse é um clássico exemplo da manifestação do poder de polícia. Prof.br danielmesquita@estrategiaconcursos. no exercício de seu poder de polícia. A conduta da Administração Pública a) está correta. objetivando o recebimento do valor. d) de polícia. portanto. sem dependência à manifestação judicial.com. tendo em vista a prerrogativa da Administração de praticar os atos de polícia administrativa e colocá-los em imediata execução. c) está correta. tendo em vista o atributo da imperatividade existente nos atos de polícia administrativa. b) regulamentar. a Administração decide praticar imediatamente e.

Prof Daniel Mesquita Aula 04 Como estudamos. nada impede que haja vinculação. A cobrança de multa administrativa não é auto-executória!! Só poderá ser executada judicialmente. apenas medidas de caráter repressivo. não sendo facultado à Administração fazer uso de seus próprios meios de cobrança. a auto- executoriedade é atributo típico dos atos de polícia. são atributos do poder de polícia: a autoexecutoriedade. Não né? Embora a discricionariedade seja a regra no exercício do poder de polícia. Gabarito: B 47- (FCC – 2011 – TRT – Analista Judiciário) O poder de polícia a) possui. d) não é inerente a toda Administração. c) é sempre discricionário. na esfera administrativa dos Municípios.br 07230149304 .Direito Administrativo p/ Técnico INSS. não estando presente. pois limitam-se sempre a observância aos princípios da proporcionalidade e razoabilidade. A letra “d” também erra ao afirmar que não está presente nos Municípios.com. Gabarito: B Prof. como meio de atuação. A letra “c” afirma ser sempre discricionário o poder de polícia. mas não de todos.estrategiaconcursos. Porém. e) não tem como um de seus limites a necessidade de observância aos princípios da proporcionalidade e razoabilidade. b) delegado é limitado aos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução. Teoria e exercícios comentados.com. Vamos aos itens? A letra “a” está errada. vez que está presente em todos os níveis da Federação. A letra “e” também está incorreta.Maria Erica Castelo Amâncio 57 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . por exemplo.br danielmesquita@estrategiaconcursos. pois o poder de polícia também atua preventivamente. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. a discricionariedade e coercibilidade.

não estando presente.com. na esfera administrativa dos Municípios. informa que o poder de polícia pode ser Prof. Teoria e exercícios comentados.br 07230149304 .com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.estrategiaconcursos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. b) delegado é limitado aos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução. nesse ponto isolado (só ele pensa assim). Considerada até mesmo como um atributo desse poder por Di Pietro e Vicente Paulo e Marcelo Alexandrino. e) não tem como um de seus limites a necessidade de observância aos princípios da proporcionalidade e razoabilidade. É o atributo da coercibilidade. c) é sempre discricionário. Prof Daniel Mesquita Aula 04 48- (FCC – 2011 – TER-TO – Técnico Judiciário) No que concerne ao poder de polícia. d) Incide sobre pessoas. vimos um tópico especifico só sobre a indelegabilidade do Poder de Polícia. a doutrina tradicional de Hely Lopes Meirelles. d) não é inerente a toda Administração. Meus caros. Porém. como meio de atuação. Gabarito: E 49- (FCC/2011/TRT-14ªReg-(RO e AC)/Analista Judiciário) O poder de polícia: a) possui. b) Constitui-se somente por atividades preventivas.Maria Erica Castelo Amâncio 58 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . apenas medidas de caráter repressivo. ok? O Poder de polícia pode utilizar de meios indiretos de coação. Levem esse detalhe para a prova. e) É possível a utilização de meios indiretos de coação. c) É puramente discricionário. por exemplo. é correto afirmar: a) É vedada a utilização de meios diretos de coação.br danielmesquita@estrategiaconcursos.

ao passo que o delegado é limitado aos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução.br 07230149304 . incide sobre bens. O poder de polícia originário é pleno no seu exercício e consectário. Gabarito: B 50- (FUMARC – Administrador-2011-Pref. na segunda. Polícia administrativa atuação Polícia judiciária essencialmente atuação repressiva preventiva incide sobre liberdade e a as Prof. Prof Daniel Mesquita Aula 04 delegado de forma limitada. direitos ou atividades. incide sobre pessoas. c) o fato de ser preventivo e repressivo depende de pessoa jurídica que se aplica na administração centralizada ou descentralizada. com fundamento nessa doutrina. na segunda.com. sobre pessoas. Matozinhos/MG)O poder de polícia pode ser preventivo ou repressivo quando a) na primeira hipótese. incide sobre bens.Maria Erica Castelo Amâncio 59 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Teoria e exercícios comentados. pelo direito penal.estrategiaconcursos. e. Confira o que diz o autor: “Deve -se distinguir o poder de polícia originário do poder de polícia delegado. considerou-se a alternativa “b” como correta. e. na segunda. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt propriedade.” Assim. d) na primeira hipótese.com.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. b) na primeira hipótese. atividades a Incide sobre a própria pessoa dos www. através de transferência legal. sobre bens. e.br danielmesquita@estrategiaconcursos. pois que aquele nasce com a entidade que o exerce e este provém de outra. pelo direito penal. pelo direito penal sobre pessoas.

o ato praticado é vinculado.Maria Erica Castelo Amâncio 60 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . pois a lei determinou que o único comportamento possível e obrigatório a ser adotado para a hipótese era aquele. está observando o princípio da legalidade. inserto no art.com. ao exercer o ato vinculado. da Constituição. a atuação do administrador encontra-se tipificada na lei.br 07230149304 . Podemos analisar esse poder como um dever da Administração. Poder vinculado No estudo dos atos administrativos o administrador se deparar com uma situação em que não há margem alguma de liberdade para atuar. tendo em vista que a Administração. 7.estrategiaconcursos. Nesse caso. está exercendo um dever de observar as imposições legais.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Prof. não há avaliação acerca de conveniência e oportunidade (=mérito). ou seja.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Saiba que o poder vinculado. 37.com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. ele está amarrado. Teoria e exercícios comentados. engessado. fixado. congelado pelas imposições legais. caput. Prof Daniel Mesquita Aula 04 indivíduos Gabarito: Letra “d”. faz com que a Administração pratique os seus atos de forma limitada.

existe porque a atividade administrativa é dinâmica. ou seja.br 07230149304 . quanto ao seu motivo. por outro lado. Poder Discricionário O poder discricionário. Dentro das balizas conferidas pela Lei.com. não há como errar na prova: Poder vinculado: administrador Leis e atos normativos (Imagem extraída de http://serigreja. sendo o caso. ou seja.wordpress. Teoria e exercícios comentados. Caso o administrador se depare com uma situação para qual a lei confira margem de decisão.com/2012/04/11/antes-de-amarrar-satanas-11/ ) 8.”.Maria Erica Castelo Amâncio 61 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . o legislador não pode prever todas as situações presentes e futuras de possível ocorrência para a Administração.estrategiaconcursos. podendo valorar a oportunidade e conveniência da prática do ato. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Com esta imagem na mente. Através de um juízo Prof. escolher dentro dos limites legais. deve escolher a alternativa que mais se adéque ao interesse público.com.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br danielmesquita@estrategiaconcursos. o administrador público exerce o seu Poder discricionário no caso concreto. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. o seu conteúdo (objeto). e. é aquele em que o agente administrativo dispõe de uma razoável liberdade de atuação. Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo assim definem “Poder discricionário é conferido à Administração para a prática de atos discricionários (e a sua revogação).

Isso ocorre porque. A autora acredita que a discricionariedade é uma prerrogativa. Teoria e exercícios comentados. o poder vinculado.com/curiosidades/curiosos-aquarios-em-vidro-soprado/ ) Prof.vidrado. como bem ensina Di Pietro.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.com. É por isso que Alexandrino e Paulo ensinam que “na prática de um ato discricionário a administração exerce o poder discricionário e. Prof Daniel Mesquita Aula 04 de conveniência e oportunidade (= mérito administrativo) ele decidirá qual conduta é mais adequada ao interesse público. esses poderes são atributos de outros poderes ou competência da Administração.com. também.estrategiaconcursos.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Na verdade. nem o poder vinculado nem o poder discricionário são autônomos. Você leu bem: “dentro das balizas conferidas pela Lei”.Maria Erica Castelo Amâncio 62 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .” Poucos concursos cobram “poder discricionário” e “poder vinculado” no edital. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Não há discricionariedade fora da lei. tenha em mente a seguinte figura: Poder discricionário Administrador Delimitação legal ou normativa (Imagem extraída de: http://noticias.br 07230149304 . Para que você visualize melhor o poder discricionário.

b) A discricionariedade é sempre relativa e parcial.Maria Erica Castelo Amâncio 63 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . visto que não há necessidade de se ater à enumeração minuciosa do Direito Positivo para realizá-la.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. é INCORRETO afirmar: a) Mesmo quanto aos elementos discricionários do ato administrativo há limitações impostas pelos princípios gerais de direito e pelas regras de boa administração. e) Na categoria dos atos administrativos vinculados. discricionário e vinculado. a qual diz exatamente o oposto sobre os atos vinculados. Gabarito: Letra "e". a liberdade de ação do administrador é ampla. Teoria e exercícios comentados. Lembrese que o poder vinculado faz com que a Administração pratique os seus atos de forma limitada. a atuação do administrador está engessada pelas imposições legais. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Questões concurso 51poderes de (FCC . d) A atividade discricionária encontra plena justificativa na impossibilidade de o legislador catalogar na lei todos os atos que a prática administrativa exige.com.br 07230149304 . Todas as alternativas estão corretas. c) Poder vinculado é aquele que o Direito Positivo – a Lei – confere à Administração Pública para a prática de ato de sua competência. Prof.Oficial de Justiça)No que se refere aos administrativo. à forma e à finalidade do ato. com exceção a alternativa "e". quanto à competência.TJ-PE . mas lembrando a dificuldade de se encontrar um ato administrativo inteiramente vinculado. desta forma.estrategiaconcursos.com.2012 . porque. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. determinando os elementos e requisitos necessários à sua formalização. a autoridade está subordinada ao que a lei dispõe.br danielmesquita@estrategiaconcursos.

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. c) vinculado. respectivamente.estrategiaconcursos. Teoria e exercícios comentados. O item II versa sobre o poder hierárquico. sobre os poderes administrativos. disciplinar e de polícia. disciplinar e hierárquico. b) arbitrário. d) de polícia.com. Faculdade de punir internamente as infrações funcionais dos servidores e demais pessoas sujeitas à disciplina dos órgãos e serviços da Administração. Gabarito: E 53- (FCC – 2011 – TER-AC. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. hierárquico e disciplinar.com. vinculado e disciplinar. subordinado e hierárquico.Analista Judiciário) Sobre os poderes administrativos. considere: Prof. vez que há punição. de modo explícito ou implícito.Maria Erica Castelo Amâncio 64 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Prof Daniel Mesquita Aula 04 52- (FCC – 2011 – TER-AM. I. Poder que o Direito concede à Administração.br danielmesquita@estrategiaconcursos. e) discricionário. o item III sobre o poder disciplinar. Poder de que dispõe o Executivo para distribuir e escalonar as funções de seus órgãos e ordenar a atuação dos seus agentes. Os conceitos acima se referem. aos poderes a) regulamentar. vez que há liberdade na escolha. II. e por fim. estabelecendo a relação de subordinação entre os servidores do seu quadro de pessoal. para a prática de atos administrativos com liberdade na escolha de sua conveniência e oportunidade.br 07230149304 .Analista Judiciário) Considere os conceitos abaixo. III. Vamos ao treino! O item I refere-se ao poder discricionário.

oportunidade e conteúdo. respectivamente. para a prática de atos administrativos com liberdade de escolha de sua conveniência. Faculdade de que dispõem os Chefes de Executivo de explicar a lei para a sua correta execução. Teoria e exercícios comentados. Poder que o Direito concede à Administração Pública. b) discricionário. III. quando há liberdade de escolha. Prof Daniel Mesquita Aula 04 I. d) hierárquico. Poder que a lei confere à Administração Pública para a prática de ato de sua competência. Gabarito: E Prof. a letra “e” é o gabarito.br danielmesquita@estrategiaconcursos. arbitrário e disciplinar. disciplinar e de polícia.com. Os conceitos acima se referem. estamos diante do poder vinculado. Por outro lado. discricionário e hierárquico. determinando os elementos e requisitos necessários à sua formalização. de modo implícito ou explícito. de polícia e regulamentar. aos poderes a) subordinado. ou de expedir decretos autônomos sobre matéria de sua competência ainda não disciplinada por lei. e) vinculado. estamos frente ao poder discricionário. c) vinculado.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.com.br 07230149304 .estrategiaconcursos. discricionário e regulamentar. II. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Portanto.Maria Erica Castelo Amâncio 65 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Quando a lei determina os elementos e requisitos necessários à formalização do ato.

salvo se a ordem for manifestamente ilegal. vi) De aplicar sanções aos infratores. portarias e instruções) com o intuito de ordenar genericamente os subordinados.com. ii) De comandar os subordinados por meio de ordens específicas.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Da hierarquia decorrem os seguintes poderes: i) De editar atos (como normativos decretos. com fundamento na doutrina de Vicente Paulo e Marcelo Alexandrino: Desvio de poder – vício na finalidade Abuso de poder Excesso de poder – vício na competência O poder hierárquico decorre da hierarquia. Prof Daniel Mesquita Aula 04 9. viii) Delegar atribuições ix) Avocar atribuições.br 07230149304 . Resumo da aula Lembre-se do importante quadro. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt administrativo”- CRETELLA JR. os quais devem obedecer.” Há a delegação . www..Direito Administrativo p/ Técnico INSS.“transferência de atribuições de um órgão a outro no aparelho Prof.com. vii) De solucionar conflitos de atribuição (positivos ou negativos). iii) De fiscalizar a atividade inferior.Maria Erica Castelo Amâncio deverá ser 66 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . iv) De anular os atos inferiores ilegais. v) De revogar os atos inferiores inoportunos ou inconvenientes. que é o vinculo de subordinação e coordenação entre órgãos e agentes superiores e inferiores. Teoria e exercícios comentados. resoluções.estrategiaconcursos.

a corrente majoritária dos doutrinadores aponta esse poder como sendo a competência exclusiva do Chefe do Poder Executivo para editar atos administrativos normativos. Obviamente que havendo uma delegação ilegal o agente delegante não será obrigado a cumpri-la. O poder disciplinar é um poder-dever que cabe à Administração de examinar infrações cometidas por servidores públicos e demais pessoas com vínculo jurídico específico. mas para ser aplicado todas as vezes que ocorrer determinada situação descrita na norma). Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. sendo esse exercício temporário e discricionário. A avocação de atribuições. (b) há decreto autônomo para a organização e Prof.com. sujeitas à disciplina administrativa. as atribuições do seu subordinado. mas a uma generalidade) e abstratos (o ato não foi editado para incidir sobre um único fato. as matérias de competência exclusiva do órgão ou autoridade. IMPORTANTE ter em mente que.”. tendo em vista que a lei prevê como regra o exercício da função pelo órgão ou agente originário. Podendo ainda aplicar penalidades se necessário após a devida averiguação dos fatos. Com relação ao poder regulamentar. Não podem ser objeto de delegação: a edição de atos de caráter normativo. Lembre-se do ponto mais importante da aula: (a) não há decreto autônomo. ocorre quando a autoridade hierarquicamente superior chama para si. e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa.Maria Erica Castelo Amâncio 67 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . da CF: “aos litigantes. conforme determina o artigo 5º.br 07230149304 . Prof Daniel Mesquita Aula 04 temporária e certa. LV. Teoria e exercícios comentados. em processo judicial ou administrativo. com os meios e recursos a ela inerentes. Poder normativo é o poder da Administração de editar atos gerais (o ato não é dirigido a um sujeito específico.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. em regra. complementares à lei para a sua fiel execução.com.estrategiaconcursos. por sua vez. a decisão de recursos administrativos.br danielmesquita@estrategiaconcursos.

” O poder de polícia decorre da prerrogativa que o Estado tem de restringir o exercício dos direitos individuais em prol do interesse coletivo.sustar os atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa. por sua vez. A discricionariedade será avaliada no caso concreto. ou seja. observando se há essa margem de liberdade na lei. Ele poderá escolher se vai aplicar o ato desse ou daquele modo.estrategiaconcursos. sem precisar buscar as medidas executórias do Poder Judiciário. É da competência exclusiva do Congresso Nacional: (. da Constituição: “Art.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria e exercícios comentados. A autoexecutoriedade. seja aplicando multa para quem viola a legislação seja condicionando a execução de atividades a determinadas regras. como vimos acima.com..) V .com. Prof. O poder de polícia se preordena a impor obrigações de não fazer.br 07230149304 . a Administração se vale do poder de polícia para evitar a ocorrência de danos. (d) há decreto autônomo para extinguir funções ou cargos quando vagos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. é o poder que a Administração tem de modificar imediatamente a ordem jurídica valendo-se de seus próprios atos ou instrumentos.49. Lembre-se também da redação do art.Maria Erica Castelo Amâncio 68 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . é margem de liberdade que a lei confere ao agente público na prática de determinado ato.br danielmesquita@estrategiaconcursos. V. (c) esse decreto não pode aumentar despesa nem criar ou extinguir órgãos públicos. São características ou atributos específicos – mas não exclusivos – do poder de polícia: DACI No que concerne ao atributo da discricionariedade.. 49. Prof Daniel Mesquita Aula 04 funcionamento da Administração.

Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt propriedade. Como bem destaca Carvalho Filho (2005.estrategiaconcursos. b) quando a adoção da medida for urgente para a defesa do interesse público e não comportar as delongas naturais do pronunciamento judicial sem sacrifício ou risco para a coletividade. incide sobre liberdade e a as Prof.Maria Erica Castelo Amâncio 69 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . o Estado pode contratar particulares e delegar a eles a atribuição de executar atos materiais relacionados às atividades tipicamente de polícia. Teoria e exercícios comentados. O atributo da coercibilidade representa a imposição dos atos do Estado sobre os indivíduos. Releia o quadro que distingue a polícia administrativa da judiciária. O poder de polícia não pode ser delegado! Entretanto. c) quando inexistir outra via de direito capaz de assegurar a defender em cumprimento à medida de polícia. no uso do poder de polícia.br 07230149304 .com.com. atividades a Incide sobre a própria pessoa dos www. esses atos decorrem do ius imperii estatal. p. 67).Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Assim. a Administração pode usar a força necessária para impor a vontade geral sobre o particular. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Esse atributo pode ser colocado em prática nas seguintes hipóteses: a) quando a lei expressamente autorizar. Polícia administrativa atuação Polícia judiciária essencialmente atuação repressiva preventiva exercida por vários órgãos da exercida Administração Pública responsáveis pelos órgãos pela segurança pública (PM e polícia civil).

embora competente para praticar o ato.estrategiaconcursos.com.com. e) excesso de poder e desvio de finalidade. Prof Daniel Mesquita Aula 04 indivíduos visa coibir a desordem social busca a responsabilização penal sujeita às normas administrativas sujeita. a) desvio de finalidade e uso de gestão de poder. Questões comentadas (FCC – 2010 – MPE-RN – Agente Administrativo) Sobre o poder da autoridade. às normas processuais penais caráter investigativo 10. devendo o prejudicado recorrer à via administrativa. 2. A autoridade.2010 . b) desvio de poder e excesso de poder.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Teoria e exercícios comentados. d) uso de gestão do poder e excesso de poder. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Tais espécies configuram. II. A autoridade. embora atuando nos limites de sua competência. vai além do permitido e exorbita no uso de suas faculdades administrativas. analise: I.Maria Erica Castelo Amâncio 70 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . técnica e respectivamente. essencialmente.Técnico Judiciário) Sobre o abuso de poder.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. 1. é correto afirmar que: a) para combatê-lo. (FCC . Prof. não há medida judicial cabível. c) abuso de poder e uso regular do poder.TRE-AM . pratica o ato por motivos ou com fins diversos dos objetivados pela lei ou exigidos pelo interesse público.br 07230149304 .

adoeceu e. d) a improbidade deve sempre ser considerada uma espécie de abuso de poder. dependendo da finalidade. em razão de tal fato.com. servidor público subordinado de Carlos Eduardo. (B) de polícia.TRT . servidor público estadual e chefe de determinada repartição pública.br 07230149304 . fazia-se necessária a prática de importante ato administrativo. justamente no dia em que o mencionado servidor faltou ao serviço. (D) hierárquico.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. por excesso ou desvio de poder 3. (FCC – 2014 – TRT-19º. e) todo ato abusivo é nulo.Técnico Judiciário) O poder hierárquico encontra-se presente : a) nas relações entre a Administração pública e as empresas regularmente contratadas por meio de licitação. (FCC . Em razão do episódio. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.2013 . Prof Daniel Mesquita Aula 04 b) o abuso de poder só pode revestir a forma omissiva. Prof. praticou o ato. b) na relação funcional entre servidores estatutários e seus superiores. 4.18ª Região (GO) . c) nas relações de limitação de direitos que se trava entre administrados e autoridades públicas.br danielmesquita@estrategiaconcursos. (E) normativo-disjuntivo. Teoria e exercícios comentados. não a comissiva. vez que a lei autorizava a delegação. No entanto. (C) regulamentar. ficou impossibilitado de comparecer ao serviço público.estrategiaconcursos.Técnico) Carlos Eduardo.com.Maria Erica Castelo Amâncio 71 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Joaquim. c) o uso do poder é lícito. enquanto o abuso pode ser lícito ou ilícito. O fato narrado corresponde a típico exemplo do poder (A) disciplinar.

e) somente entre servidores e superiores militares. (FCC – 2012 – TJ – Analista Judiciário) Considere sob o foco do poder hierárquico: I. Prof Daniel Mesquita Aula 04 d) entre servidores estatutários de mesmo nível funcional. 6. III. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.br danielmesquita@estrategiaconcursos. como também não podem ser subdelegadas sem expressa autorização do delegante. e só deve ser adotada pelo superior hierárquico e por motivo relevante. nos termos da lei. (FCC – 2013 – TRT –Técnico Judiciário) A possibilidade de autoridade superior de órgão da Administração direta revogar ou anular atos praticados por seus subordinados. A subordinação e a vinculação política significam o mesmo fenômeno e não admitem todos os meios de controle do superior sobre o inferior hierárquico. é exteriorização do poder. 5.com. A revisão hierárquica é possível. Prof. Chamar a si funções originariamente atribuídas a um subordinado significa avocar. Teoria e exercícios comentados. III e IV. d) Regulamentar. Está correto o que se afirma APENAS em a) II.com. IV.estrategiaconcursos. a) de Tutela. c) Disciplinar. e) Normativo. b) Hierárquico.Maria Erica Castelo Amâncio 72 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . desde que o ato já tenha se tornado definitivo para a Administração ou criado direito subjetivo para o particular.br 07230149304 . As delegações quando possíveis. não podem ser recusadas pelo inferior.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. II.

II e III. isto é. c) I. Prof. b) dar ordens aos subordinados. Prof Daniel Mesquita Aula 04 b) II e IV. ser ampliadas ou restringidas pelo inferior hierárquico. no entanto.2011 . 8. e) I. III e IV.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br 07230149304 .Analista Judiciário) NÃO constitui característica do poder hierárquico: a) delegar atribuições que não lhe sejam privativas. que implica o dever de obediência. d) Rever atos de inferiores hierárquicos é apreciar tais atos em todos os seus aspectos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. tendo o poder de anular e de revogar atos administrativos. c) controlar a atividade dos órgãos inferiores. Teoria e exercícios comentados. 7. é correto afirmar: a) É possível a apreciação da conveniência e da oportunidade das determinações superiores pelos subalternos.com. c) As determinações superiores - com exceção das manifestamente ilegais -.estrategiaconcursos. d) avocar atribuições.com. para estes últimos. devem ser cumpridas.20ª REGIÃO (SE) . b) Em geral. podem. (FCC/2011/TRE-TO/Técnico Judiciário) Sobre o poder hierárquico. tanto por vícios de legalidade quanto por razões de conveniência e oportunidade. salvo para as ordens manifestamente ilegais. e) A avocação de ato pelo superior não desonera o inferior da responsabilidade pelo mencionado ato.br danielmesquita@estrategiaconcursos. a responsabilidade pelos atos e medidas decorrentes da delegação cabe à autoridade delegante. d) I e III.TRT . desde que estas não sejam da competência exclusiva do órgão subordinado. (FCC .Maria Erica Castelo Amâncio 73 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .

Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. 9.br danielmesquita@estrategiaconcursos.20ª Região/SE . (FCC . (FCC . é correto afirmar: a) Afasta a atuação discricionária da Administração. Prof Daniel Mesquita Aula 04 e) editar atos normativos que poderão ser de efeitos internos e externos. por isso restrito à esfera funcional. e) hierárquico. como os estudantes de escola pública.estrategiaconcursos. abrangendo atuação de controle. salvo se tiverem celebrado contrato administrativo com a Administração pública. que se aplica apenas na orientação das atividades dos servidores.Analista Judiciário) A propósito do poder disciplinar da Administração pública.Técnico Judiciário) Dispõe o Poder Executivo de poder para distribuir e escalonar as funções de seus órgãos.br 07230149304 . 10. d) de polícia.2011 . b) discricionário.TRT .Direito Administrativo p/ Técnico INSS.com. ordenar e rever a atuação de seus agentes. não se estendendo a particulares. Prof. sujeitos a disciplina interna da Administração. b) Aplica-se aos servidores em geral.TRT . e) É expressão da relação de coordenação e subordinação. d) Abrange as sanções impostas a particulares. Trata-se do poder a) disciplinar.9ª REGIÃO (PR) . Teoria e exercícios comentados. c) regulamentar. estabelecendo a relação de subordinação entre os servidores do seu quadro de pessoal. que deve se ater aos expressos termos da lei. não havendo qualquer margem de apreciação possível a autoridade.com.Maria Erica Castelo Amâncio 74 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . c) É excludente em relação ao poder hierárquico.2013 .

br 07230149304 . (FCC – 2013 – AL-RN – Assessor Técnico) O poder disciplinar se caracteriza (A) pelo poder que detém o superior hierárquico para dar ordens aos administrados.com. redistribuindo as unidades de despesas. (D) pela faculdade da Administração pública para aplicar sanção disciplinar aos seus servidores.Maria Erica Castelo Amâncio 75 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . (FCC – 2013 – TRT – Técnico Judiciário) Entre os poderes atribuídos à Administração pública insere-se o denominado poder disciplinar. (B) pela existência de níveis de subordinação entre os órgãos e agentes públicos da mesma pessoa jurídica. c) editar normas para disciplinar a fiel execução da lei. e) apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos. que corresponde ao poder de a) impor restrições à atuação de particulares. b) coordenar e controlar a atividade de órgãos inferiores.br danielmesquita@estrategiaconcursos.com. (E) pelo dever da Administração pública em apurar infrações e aplicar penalidades aos seus servidores e demais pessoas sujeitas à disciplina administrativa Prof. em prol da segurança pública. 12. d) organizar a atividade administrativa. verificando a legalidade dos atos praticados.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Prof Daniel Mesquita Aula 04 11. Teoria e exercícios comentados. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.estrategiaconcursos. (C) pelo dever de obediência dos servidores públicos e seus superiores hierárquicos.

utiliza-se de um de seus poderes administrativos. que. nessa hipótese. 14. pode impor sanções aos estudantes.TRT . (FCC – 2013 – MP-AM – Agente de apoio administrativo) Constitui exemplo do exercício de poder disciplinar.com. Nesse caso. o poder disciplinar. porém. a (A) interdição de estabelecimento comercial. no entanto. (B) concessão de licença para portar arma de fogo.Analista Judiciário) A Administração Pública.11ª Região (AM) . c) poderia utilizar-se de tal poder.Maria Erica Castelo Amâncio 76 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br danielmesquita@estrategiaconcursos. não cabendo à Administração. nessa hipótese.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. qual seja. e) poderia utilizar-se de tal poder.com. ou seja. Prof. a Administração Pública a) poderia utilizar-se de tal poder contra os estudantes da escola pública. punir.estrategiaconcursos.2012 . ao tomar conhecimento de infrações. vez que ele somente é aplicável aos servidores públicos. d) não poderia utilizar-se de tal poder. (C) edição de decreto disciplinando o cumprimento de lei. Prof Daniel Mesquita Aula 04 13. b) não poderia utilizar-se de tal poder. (D) edição de portaria disciplinando o exercício de atividade administrativa. (FCC . pode a Administração escolher entre punir e não punir. cometidas por estudantes de uma escola pública. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. ele está limitado à fase de averiguação. pela Administração pública. (E) aplicação de pena de inidoneidade a contratado que fraudou o prévio procedimento licitatório. será discricionário. com fundamento no poder de polícia do Estado.br 07230149304 . Teoria e exercícios comentados.

estrategiaconcursos.br danielmesquita@estrategiaconcursos. respectivamente.Maria Erica Castelo Amâncio 77 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . pelo Ministério supervisor. c) indispensável para a legalidade da punição interna da razão da Administração e imprescindível para a validade da pena.br 07230149304 . e) dispensável para a aplicação de penalidade. como suprimida em alguns casos. b) faculdade da Administração Pública. a apuração regular de infração disciplinar e a motivação da punição disciplinar são. 16. d) faculdade da Administração Pública. de normas gerais destinadas à coletividade.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. de matérias inseridas na competência das autarquias a ele vinculadas. a) indispensável para a legalidade da punição interna da Administração e prescindível para a validade da pena. Teoria e exercícios comentados. pelo Chefe do Executivo. disciplinadoras de atividades individuais. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. c) disciplinar autoriza a Administração a apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos. b) hierárquico autoriza a avocação. não alcançando as sanções Prof.com. (FCC – 2012 – TER-CE – Técnico Judiciário) No que diz respeito ao poder disciplinar. em razão da discricionariedade do poder disciplinar. em razão da discricionariedade presente no poder disciplinar e imprescindível para a validade da pena. Prof Daniel Mesquita Aula 04 15. (FCC – 2012 – TRT-1º.Juiz do Trabalho) A respeito dos poderes da Administração. em discricionariedade presente no poder disciplinar e prescindível para a validade da pena. se houver prova contundente acerca do cometimento da infração e imprescindível para a validade da pena. vez que a motivação tanto pode ser resumida.com. é correto afirmar que o poder a) regulamentar fundamenta a edição.

(FCC – 2012 – TRT – Analista Judiciário) Constitui exemplo do poder disciplinar da Administração pública a) a imposição de restrições a atividades dos cidadãos. c) a edição de atos normativos para ordenar a atuação de agentes e órgãos administrativos. em face da tutela exercida pelo ente instituidor. c) particulares que atuam em setores considerados de interesse público. b) a imposição de sanção a particulares que contratam com a Administração. e) hierárquico é aquele conferido aos agentes públicos para proferir ordens e aplicar sanções a seus subordinados. 17. exclusivamente. pelo Chefe do Poder Executivo. de decretos em matéria de organização administrativa. e) o poder conferido às autoridades de dar ordens a seus subordinados e rever seus atos.br 07230149304 . d) as entidades da Administração indireta. Teoria e exercícios comentados. nos limites estabelecidos pela lei. tais como a criação de órgãos e cargos públicos. 18. b) funcionários públicos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br danielmesquita@estrategiaconcursos. d) a edição de regulamentos para a fiel execução da lei.estrategiaconcursos.com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Prof Daniel Mesquita Aula 04 impostas a particulares não sujeitos à disciplina interna da Administração. com vistas ao bom desempenho do serviço público.com. d) normativo autoriza a edição.Maria Erica Castelo Amâncio 78 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . (FCC – 2012 – TCE-AP – Técnico de Controle Externo) Submetem-se ao poder disciplinar da Administração: a) servidores submetidos ao regime estatutário e servidores ocupantes de emprego público. Prof.

Teoria e exercícios comentados.Analista Judiciário) A atividade da Administração consistente na limitação de direitos e atividades individuais em benefício do interesse público caracteriza o exercício do poder a) regulamentar. na escolha da pena. como ocorre. caso tome conhecimento de eventual falta praticada. dotados de autoexecutoriedade. (FCC . o que corresponde à denominada autoexecutoriedade. e) disciplinar.com. exercido com vistas à aplicação da lei ao caso concreto.2012 .Maria Erica Castelo Amâncio 79 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . por exemplo.com.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. b) de polícia. b) Há discricionariedade para a Administração em instaurar procedimento administrativo. em face do poder da Administração de limitar a atuação privada em prol do interesse coletivo. 20. d) de polícia. puníveis com pena de demissão. Prof Daniel Mesquita Aula 04 e) os administrados.br 07230149304 .br danielmesquita@estrategiaconcursos. é correto afirmar: a) Existe discricionariedade quanto a certas infrações que a lei não define. dotado de coercibilidade e autoexecutoriedade. exercido por meio de ações preventivas e repressivas dotadas de coercibilidade e autoexecutoriedade. (FCC – 2011 – TER-TO – Técnico Judiciário) Sobre o poder disciplinar.executoriedade. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.estrategiaconcursos. 19. exercido apenas repressivamente. a natureza e a Prof. c) disciplinar. em caráter vinculado e com atributos de coercibilidade e auto.TRE-SP . exercido mediante a edição de atos normativos para fiel execução da lei e com a prática de atos concretos. c) Inexiste discricionariedade quando a lei dá à Administração o poder de levar em consideração. consistente na avaliação de conveniência e oportunidade para aplicação das restrições legais ao caso concreto. com o "procedimento irregular" e a "ineficiência no serviço".

21. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. A medida.br 07230149304 . Teoria e exercícios comentados. disciplinando matéria não regulada em lei. trata-se de: a) exercício de atividade normativa pelo Executivo. nos setores sob sua responsabilidade. d) O poder disciplinar é sempre discricionário e decorre da supremacia especial que o Estado exerce sobre aqueles que se vinculam à Administração. (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) Decreto do Poder Executivo Municipal restringiu a circulação de veículos em determinado horário em perímetro identificado da cidade. Prof Daniel Mesquita Aula 04 gravidade da infração e os danos que dela provierem para o serviço público. 22. conferida ao Conselho de Defesa Nacional. que a Administração deixe de punir o servidor comprovadamente faltoso.Maria Erica Castelo Amâncio 80 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . em determinadas hipóteses. e) É possível.2013 – AL . d) prerrogativa conferida a todos os Poderes para disciplinar seus assuntos interna corporis. comprovadamente inadequada por medidores oficiais.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.estrategiaconcursos. e) atividade normativa excepcional. considerando que o poder executivo municipal tenha competência Prof.PB .com. b) poder conferido aos entes federados para legislar em matéria administrativa de seu próprio interesse. de controversa existência no direito nacional.br danielmesquita@estrategiaconcursos.Procurador) O chamado poder regulamentar autônomo. (FCC . c) atividade normativa exercida pelas agências reguladoras. sob o fundamento de que a restrição seria necessária para melhoria da qualidade do ar na região. na vigência de estado de defesa ou estado de sítio.com.

dos direitos individuais dos administrados. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. mediante decreto. b) é expressão do poder disciplinar. e) insere-se no poder regulamentar do Executivo.estrategiaconcursos. é fato que a Constituição Federal autoriza o Chefe do Poder Executivo Federal a dispor diretamente. Teoria e exercícios comentados. b) regime disciplinar dos militares. com vistas ao atendimento do interesse público.br danielmesquita@estrategiaconcursos. se as disposições do decreto municipal estiverem explicitando normas legais que estabeleçam as diretrizes de ordenação do sistema viário com vistas a preservação da qualidade do ar. c) organização e funcionamento da administração federal. (FCC – 2012 – MPE-AL – Promotor de Justiça) Embora haja controvérsia acerca da existência do poder regulamentar autônomo em nossa ordem constitucional. Prof Daniel Mesquita Aula 04 material para dispor sobre a ordenação do tráfego e seja constitucionalmente obrigado a tutela do meio ambiente.br 07230149304 . que se restringe à disciplina de organização administrativa do ente. que pode se prestar a restringir a esfera de interesses dos administrados. desde que eventual aumento de despesa decorrente da criação de cargos ou órgãos esteja contemplada na lei de diretrizes orçamentárias. na medida em que houve limitação. ainda que legal. Prof. sobre a) anistia ou remissão de tributos.com. d) excede o poder regulamentar.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. a) é expressão da faceta disciplinar do poder regulamentar. que pode editar atos normativos autônomos disciplinando os assuntos de interesse local da comunidade. devendo essas disposições constarem de lei formal.Maria Erica Castelo Amâncio 81 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . 23.com. c) insere-se no poder normativo do Executivo Municipal.

br danielmesquita@estrategiaconcursos. b) controlar a atividade de órgãos inferiores.Técnico Ministerial) No que concerne ao poder regulamentar. considere a seguinte situação hipotética: o Prefeito de Olinda expediu decreto regulamentar cujo conteúdo contraria lei do mesmo Município.estrategiaconcursos. c) editar normas complementares à lei. porém pode impor obrigações que nela não estejam previstas. para a sua fiel execução. d) organizar a atividade administrativa.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.com. bem como impor obrigações que nela não estejam previstas. dando ordem a subordinados e verificando a legalidade dos atos praticados. nem impor obrigações que nela não estejam previstas. Prof Daniel Mesquita Aula 04 d) requisições civis e militares. Teoria e exercícios comentados. (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) O poder regulamentar da Administração pública consiste em: a) impor restrições à atuação de particulares.br 07230149304 . Sobre o tema. é correto afirmar que decreto regulamentar a) não pode contrariar a lei. tendo em vista a autonomia e independência do Poder Executivo. inclusive com a avocação de competências e criação de órgãos. e) apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores públicos e particulares que contratam com a Administração. quando vagos. b) não pode contrariar a lei. e) extinção de funções ou cargos públicos. 24. em caso de iminente perigo e em tempo de guerra. c) pode contrariar a lei. Prof.com. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. nos limites da lei. 25. (FCC – 2012 – MPE-PE. em benefício da coletividade. bem como impõe obrigações que não estão previstas na mencionada lei.Maria Erica Castelo Amâncio 82 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .

br danielmesquita@estrategiaconcursos.2012 . na medida em que só admite a prática de atos expressamente previstos em lei. Teoria e exercícios comentados. Prof. de acordo com a Constituição Federal. d) admite a delegação da competência originária em caráter geral e definitivo. 27. a) é competência exclusiva do Chefe do Poder Executivo. Prof Daniel Mesquita Aula 04 d) pode contrariar a lei. porém não pode impor obrigações que nela não estejam previstas.com.com. que também pode editar decretos autônomos. b) admite apenas a edição de decretos executivos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Referido poder regulamentar. complementares à lei.br 07230149304 .Analista Judiciário) De acordo com Maria Sylvia Zanella di Pietro.Maria Erica Castelo Amâncio 83 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . é correto afirmar que o poder a) normativo é decorrência do poder vinculado da Administração. vez que não é da competência do Chefe do Executivo. nos casos previstos. o poder regulamentar é uma das formas de expressão da competência normativa da Administração Pública. quando houver lacuna na lei. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. 26. c) compreende a edição de decretos regulamentares autônomos sempre que houver lacuna na lei. e) não faz parte do poder normativo da Administração.estrategiaconcursos. (FCC . (FCC/2011/TCE-SP/Procurador) Em relação aos poderes da Administração Pública. b) normativo é reflexo do poder discricionário nos casos em que é dado à Administração Pública o poder de substituir a lei em determinada matéria. e) compreende a edição de decretos autônomos e regulamentares.TRE-PR .

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04
c) disciplinar é decorrente do poder de polícia administrativo, na
medida em que admite a aplicação de sanções a todos os particulares.
d) disciplinar, no que diz respeito aos servidores públicos, é
decorrente do poder hierárquico, na medida em que se traduz no poder
da Administração de apurar infrações e aplicar penalidades aos
servidores públicos sujeitos à sua disciplina.
e) regulamentar, quando decorrente do poder hierárquico, é
discricionário, porque não encontra estabelecidos em lei as hipóteses
taxativas de sua incidência.

28.

(FCC – 2011 – TRT - 4ªREG-RS - Analista Judiciário) É

correta a afirmação de que o exercício do poder regulamentar está
consubstanciado na competência
a)

das

autoridades

hierarquicamente

superiores

das

administrações direta e indireta, para a prática de atos administrativos
vinculados, objetivando delimitar o âmbito de aplicabilidade das leis.
b) dos Chefes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário,
objetivando a fiel aplicação das leis, mediante atos administrativos
expedidos sob a forma de homologação.
c) originária dos Ministros e Secretários estaduais, de editarem
atos administrativos destinados a esclarecer a aplicabilidade das leis
ordinárias.
d) dos Chefes do Poder Executivo para editar atos administrativos
normativos destinados a dar fiel execução às leis.
e) do Chefe do Poder Executivo Federal, com a finalidade de
editar

atos

administrativos

de

gestão,

para

esclarecer

textos

controversos de normas federais.

29.

(FCC – 2009 – DPE-MA – Defensor Público) Dentre os

chamados Poderes da Administração, aquele que pode ser qualificado
Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

84 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04
como autônomo e originário em determinadas situações previstas na
Constituição Federal é o poder
a) hierárquico, que permite à autoridade superior a possibilidade
de punição disciplinar independentemente de expressa previsão legal.
b) disciplinar, na medida que permite a imposição de sanções não
previstas em lei.
c) regulamentar, que permite o exercício da função normativa do
Poder Executivo com fundamento direto na Constituição Federal.
d) discricionário, que permite à Administração Pública atuar sem
expressa vinculação à lei, nos casos em que inexista disciplina
normativa para o assunto.
e) de polícia, que permite à Administração Pública a prática de
atos administrativos, preventivos e repressivos, para a disciplina de
situações não previstas pela legislação.

30.

(FUMARC - Advogado – 2009- Órgão: Pref. Governador

Valadares/MG) Poder de polícia se revela por meio de ato normativo,
como na seguinte hipótese:
a) A construção clandestina em logradouro público está sujeita à
demolição, não tendo o invasor de má-fé direito à retenção, nem à
indenização pelo Município de eventuais benfeitorias.
b) Não há exercício do poder de polícia na renovação de licença
para localização, onde não há o que verificar, pois o estabelecimento é
o mesmo que inicialmente foi licenciado.
c) O direito de exploração de comércio em determinado local não
inibe a municipalidade de alterá-lo em prol da comunidade.
d) Coerção fática exercida por aparato físico como o ocorre na
apreensão de mercadoria, constitui elemento discricionário da atuação
estatal.
Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

85 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Teoria
e exercícios comentados.
Prof Daniel Mesquita Aula 04

31.

(FCC – 2012 – TRT – Juiz do Trabalho) A Constituição

Federal estabelece, entre os direitos individuais, que ninguém será
obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de
lei. Entre os poderes conferidos à Administração, insere-se o poder de
polícia, o qual, aplicado de maneira consentânea com o referido
mandamento constitucional
a) possibilita a atuação coercitiva da Administração, apenas em caráter
repressivo, a cargo da polícia administrativa.
b) autoriza a Administração a atuar preventiva e repressivamente, nos
limites da lei, limitando o exercício de direitos individuais em benefício
do interesse público.
c) autoriza a atuação da Administração, nos limites da lei, limitando o
exercício de direitos individuais para garantir a segurança e a ordem
pública, não podendo atingir o exercício de atividades econômicas.
d) autoriza a imposição de restrições ao exercício de atividades
econômicas, nos limites da lei, em prol do interesse público, não
podendo importar limitação ao exercício de direitos individuais.
e) possibilita a atuação coercitiva da Administração, utilizando meios
diretos e indiretos de execução, apenas nas hipóteses de ocorrência de
conduta ilícita do particular.

32.

(FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas e de

Registros – Provimento) Analise as situações abaixo descritas que
correspondem ao exercício de poderes da Administração:

I. Edição de decreto do Poder Executivo dispondo sobre a organização e
funcionamento de órgãos administrativos.
II. Declaração de inidoneidade de particular para participar de licitação
ou contratar com a administração pública.
Prof. Daniel Mesquita
Twitter: @danielmqt

www.estrategiaconcursos.com.br
danielmesquita@estrategiaconcursos.com.br

07230149304 - Maria Erica Castelo Amâncio

86 de 100

Facebook: Daniel Mesquita

sendo o ato de imposição de multa dotado de exigibilidade e coercibilidade. e) hierárquico. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. de polícia e regulamentar. Teoria e exercícios comentados. disciplinar e regulamentar.Maria Erica Castelo Amâncio 87 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . em sua faceta de poder de polícia. b) de polícia.com. em regular fiscalização a estabelecimentos comerciais. Concessão de licença de instalação e funcionamento para estabelecimento comercial. 34.18ª Região (GO) . dotado do atributo de autoexecutoriedade. sendo o ato de imposição de multa dotado do atributo da discricionariedade. autuou e impôs multa aos infratores das normas que disciplinavam o segmento.com. c) normativo.br 07230149304 .estrategiaconcursos. d) regulamentar. (FCC . Referidos Prof. Prof Daniel Mesquita Aula 04 III. (iii) edição de regimento disciplinando o funcionamento de órgão público colegiado. que permite que a Administração institua multas pecuniárias aos administrados. e) regulamentar. que permite que a Administração institua e aplique multas pecuniárias aos administrados. c) disciplinar.br danielmesquita@estrategiaconcursos. 33. respectivamente. b) disciplinar. aos poderes a) regulamentar. (FCC – 2013 – TRT – juiz do Trabalho) Considere (i) imposição de restrição ao exercício de atividade que enseje risco à saúde pública. Essa atuação da Administração é expressão do poder a) de polícia. As situações descritas correspondem. (ii) aplicação de pena de suspensão do direito de contratar com a Administração a particular que descumpriu obrigações decorrentes de contrato administrativo.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.2013 .Analista Judiciário - Área Judiciária) A Administração pública. d) normativo.TRT . disciplinar e de polícia. disciplinar e regulamentar. de polícia e normativo.

disciplinar e normativo. interdição de restaurante em face de risco à saúde pública. de poder.estrategiaconcursos. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt disciplinar III disciplinar e) I disciplinar regulamentar II c) I disciplinar III hierárquico www. (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) Considere a atuação da Administração pública: I.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. hierárquico e disciplinar b) normativo.com.br 07230149304 . c) regulamentar.Maria Erica Castelo Amâncio 88 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . respectivamente. de polícia e hierárquico.com. a) de polícia. hierárquico e regulamentar. Prof Daniel Mesquita Aula 04 atos caracterizam. edição de decreto contendo normas complementares para execução de lei. representação do exercício. pela Administração. hierárquico e disciplinar. II. Teoria e exercícios comentados. e) disciplinar. d) de polícia. III. suspensão temporária de particular contratado pela admissão para participar de licitação.br danielmesquita@estrategiaconcursos. 35. A relação correta entre a atuação da Administração e o poder que a autoriza é a) I disciplinar II de polícia b) I de polícia III de polícia regulamentar II regulamentar d) I III de polícia II hierárquico II III regulamentar Prof.

no exercício do poder de polícia. Regula a prática de ato.Maria Erica Castelo Amâncio 89 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . (FCC – 2013 – TRT – Analista Judiciário) Durante regular fiscalização. II.estrategiaconcursos. III. e) interditaram o estabelecimento e apreenderam todo o mobiliário da calçada. no exercício de seu poder de tutela administrativa. b) interditaram o estabelecimento. Prof. apenas. 37. no exercício de seu poder disciplinar. Regula a abstenção de fato. a) apreenderam as mesas e cadeiras e multaram o estabelecimento.com. desde que preenchidos os demais requisitos legais. Considera-se poder de polícia.br danielmesquita@estrategiaconcursos. no correto desempenho de suas funções. fiscais de determinada municipalidade identificaram que um estabelecimento comercial do setor de bares e restaurantes estava utilizando indevidamente a calçada para instalação de mesas e cadeiras. (FCC – 2013 – TER-RO – Técnico) Considere as seguintes atividades: I. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. c) apreenderam as mesas e cadeiras irregulares e multaram o estabelecimento. ( B) II. Teoria e exercícios comentados. como expressão de seu poder hierárquico. d) multaram o estabelecimento e determinaram a instauração de processo de interdição do estabelecimento. considerando que estavam devidamente autorizados pela lei. como expressão de seu poder de autotutela. Limita direitos.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. as atividades da Administração pública descritas em ( A) I e III.br 07230149304 .com. Prof Daniel Mesquita Aula 04 36. IV. Disciplina direitos. apenas. III e IV. Os agentes municipais.

(E) hierárquico. (B) disciplinar. d) cria obrigações e limitações aos direitos individuais quando a lei não tiver disposto a respeito.Maria Erica Castelo Amâncio 90 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . na medida em que não pode impor abstenções e proibições aos administrados. (C) de polícia.com. (FCC – 2012 – TRT-PE. e) impõe apenas obrigações de fazer. III e IV. (D) III e IV. (FCC – 2013 – MP-AM – Agente técnico jurídico) A concessão de licença para funcionamento de estabelecimento comercial constitui exemplo de atuação administrativa fundada no poder (A) regulamentar. apenas.br danielmesquita@estrategiaconcursos. Em relação ao poder de polícia administrativa. é correto afirmar que o poder Prof.Técnico) O conceito moderno de poder de polícia o define como a atividade do Estado que limita o exercício dos direitos individuais em benefício do interesse público. (D) normativo. Teoria e exercícios comentados. (E) I.br 07230149304 . é correto afirmar que a) é exclusivo da autoridade superior do ente público competente para a fiscalização. 39. Prof Daniel Mesquita Aula 04 (C) II e IV. 38. II.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. b) compreende a adoção de medidas repressivas para aplicação da lei ao caso concreto. c) incide subsidiariamente à polícia judiciária. apenas.estrategiaconcursos. 40. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. (FCC – 2012 – TRT-SE – Juiz do Trabalho) A respeito dos poderes da Administração.com. inclusive para coibir a prática de ilícito penal.

entre outros. em razão de interesse público concernente. b) hierárquico fundamenta a avocação. peculiares. pelo Chefe do Executivo.2012 .TJ-PE . Prof Daniel Mesquita Aula 04 a) de polícia constitui atividade da administração pública que. entre outros. e tais são a discricionariedade. à segurança. e) hierárquico. interesse ou liberdade.br danielmesquita@estrategiaconcursos. à segurança e à tranquilidade pública. pela Administração direta. III.com. c) regulamentar autoriza a edição.estrategiaconcursos. 41. d) de polícia é exercido pelo Poder Executivo. ao passo que o segundo Prof. incluindo a criação de órgãos e de cargos públicos. mas passíveis de controle em geral.com.Maria Erica Castelo Amâncio 91 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . No poder de polícia originário e no delegado observa-se que o primeiro é pleno no seu exercício e consectário. mediante a edição de normas gerais criando obrigações para toda a coletividade.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. A finalidade do poder de polícia se restringe à defesa do Estado e de sua Administração. (FCC . concernentes. conferindo-lhe poderes para anular liberdades públicas ou direitos dos cidadãos. considere: I. também denominado disciplinar. regule a prática de ato ou abstenção de fato.Oficial de Justiça) Em matéria do poder de polícia de que dispõe a Administração Pública. por intermédio da autoridade competente. admitindo-se o regulamento autônomo para matéria de organização administrativa. de matérias inseridas na competência das autarquias a ela vinculadas. O poder de polícia tem atributos específicos. Teoria e exercícios comentados. à higiene. de normas complementares à lei. a autoexecutoriedade e a coercibilidade. limitando ou disciplinando direito. II. à ordem e aos costumes. corresponde ao poder conferido aos agentes públicos para emitir ordens a seus subordinados e aplicar as sanções disciplinares não expressamente previstas em lei.br 07230149304 . Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. disciplinadoras de atividades individuais.

é correto afirmar: a) A discricionariedade está presente em todos os atos emanados do poder de polícia. Prof. II e IV. Prof Daniel Mesquita Aula 04 é limitado nos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução.TRE-PR . b) I. b) A exigibilidade compreende a necessidade de provocação judicial para adoção de medidas de polícia. na medida em que se presta a limitar a atuação do particular.com. c) A autoexecutoriedade prescinde da coercibilidade.br 07230149304 . IV. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. 42. III e IV. e) O poder de polícia pode ser exercido por meio de atos vinculados ou de atos discricionários.com. III e IV.estrategiaconcursos. d) A coercibilidade traduz-se na caracterização do ato de polícia como sendo uma atividade negativa. e) II.Analista Judiciário) Considerando que sejam atributos do poder de polícia a discricionariedade. Teoria e exercícios comentados. que pode ou não estar presente nos atos de polícia. (FCC . Está correto o que se afirma APENAS em a) I e II. a coercibilidade e a autoexecutoriedade.Maria Erica Castelo Amâncio 92 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .2012 . c) I.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br danielmesquita@estrategiaconcursos. d) II e III. da qual são desdobramentos a exigibilidade e a executoriedade. neste caso quando houver certa margem de apreciação deixada pela lei. As condições de validade do poder de polícia são diferentes das dos demais atos administrativos comuns porque limitadas à proporcionalidade da sanção e à legalidade dos meios empregados pela Administração.

com.br 07230149304 . d) regulamentar. b) II. A medida de polícia. c) normativo. Teoria e exercícios comentados.2012 . Prof. com base na lei. III e IV. 44. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. I. Constituem meios de atuação do poder de polícia. interdição de atividade e apreensão de mercadorias deterioradas. quando discricionária. ressaltando-se que ele é vinculado na maior parte dos casos. como vinculado. e) disciplinar.Maria Erica Castelo Amâncio 93 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . dentre outros. dissolução de reunião.INSS .estrategiaconcursos. (FCC – 2012 – TER – Técnico Judiciário) Analise as assertivas abaixo concernentes ao poder de polícia. Prof Daniel Mesquita Aula 04 43. no que concerne à competência e à finalidade. (FCC . Está correto o que se afirma APENAS em a) I. as medidas repressivas. e) I e II.Perito Médico Previdenciário) Quando a Administração Pública limita direitos ou atividades de particulares sem qualquer vínculo com a Administração. O poder de polícia só poderá reduzir os direitos individuais quando em conflito com interesses maiores da coletividade e na medida estritamente necessária à consecução dos fins estatais. II. está atuando como expressão de seu poder a) hierárquico. b) de polícia. por exemplo. c) I e IV.com. III. como por exemplo. d) III e IV.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. O poder de polícia tanto pode ser discricionário. como. não esbarra em algumas limitações impostas pela lei. II e III.br danielmesquita@estrategiaconcursos. IV.

tendo em vista o atributo da imperatividade existente nos atos de polícia administrativa. Teoria e exercícios comentados. e em claro desacordo com determinadas normas exigidas pela municipalidade no tocante a tratamento acústico e acessibilidade do estabelecimento. resolve aplicar multa.Maria Erica Castelo Amâncio 94 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .com. b) regulamentar. objetivando o recebimento do valor.Analista Judiciário) A Administração Pública. tendo em vista que nem todas as medidas de polícia administrativa têm a característica da autoexecutoriedade. c) está correta. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. tendo constatado que um bar na cidade funcionava sem alvará nem habite-se. Prof.br 07230149304 . no presente caso.estrategiaconcursos. (FCC – 2011 – TRT-20ª. de forma direta. e) de autoridade.com. (FCC – 2011 – TCE-SE – Analista de Controle Externo) Agente da Prefeitura do Município de Aracaju. Não ocorrendo o pagamento espontaneamente pelo administrado. de modo de manifestação de poder da Administração conhecido na doutrina como poder a) hierárquico. 46. aplicou multa a munícipe por infração ao ordenamento jurídico. b) não está correta. Prof Daniel Mesquita Aula 04 45.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Trata-se. atos de execução. c) disciplinar.br danielmesquita@estrategiaconcursos. no exercício de seu poder de polícia. a Administração decide praticar imediatamente e. tendo em vista o atributo da coercibilidade presente nos atos de polícia administrativa. d) de polícia. A conduta da Administração Pública a) está correta.

é correto afirmar: a) É vedada a utilização de meios diretos de coação. na esfera administrativa dos Municípios. apenas medidas de caráter repressivo. e) não tem como um de seus limites a necessidade de observância aos princípios da proporcionalidade e razoabilidade.estrategiaconcursos. (FCC – 2011 – TER-TO – Técnico Judiciário) No que concerne ao poder de polícia. b) delegado é limitado aos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução. portanto.Maria Erica Castelo Amâncio 95 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . (FCC – 2011 – TRT – Analista Judiciário) O poder de polícia a) possui. 47.br 07230149304 . b) Constitui-se somente por atividades preventivas. c) é sempre discricionário. inexiste discricionariedade na atuação da Administração Pública e) está correta. tendo em vista a prerrogativa da Administração de praticar os atos de polícia administrativa e colocá-los em imediata execução. sem dependência à manifestação judicial. c) É puramente discricionário.com.br danielmesquita@estrategiaconcursos. tendo em vista que os atos de polícia administrativa são vinculados e. Teoria e exercícios comentados. d) não é inerente a toda Administração. (FCC/2011/TRT-14ªReg-(RO e AC)/Analista Judiciário) O poder de polícia: Prof. Prof Daniel Mesquita Aula 04 d) não está correta. 48. como meio de atuação.com. 49. d) Incide sobre pessoas.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. não estando presente. e) É possível a utilização de meios indiretos de coação. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. por exemplo.

(FUMARC – Administrador-2011-Pref. c) o fato de ser preventivo e repressivo depende de pessoa jurídica que se aplica na administração centralizada ou descentralizada. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.Oficial de Justiça)No que se refere aos administrativo.com. sobre bens. pelo direito penal sobre pessoas. apenas medidas de caráter repressivo.Maria Erica Castelo Amâncio 96 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . incide sobre bens. Prof Daniel Mesquita Aula 04 a) possui. na segunda. 51. como meio de atuação. Teoria e exercícios comentados. Matozinhos/MG)O poder de polícia pode ser preventivo ou repressivo quando a) na primeira hipótese. c) é sempre discricionário. por exemplo. poderes (FCC . incide sobre bens. b) na primeira hipótese. incide sobre pessoas. b) delegado é limitado aos termos da delegação e se caracteriza por atos de execução.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.br 07230149304 .2012 . e) não tem como um de seus limites a necessidade de observância aos princípios da proporcionalidade e razoabilidade. direitos ou atividades.estrategiaconcursos. d) não é inerente a toda Administração. na segunda.br danielmesquita@estrategiaconcursos. d) na primeira hipótese. discricionário e vinculado. e.TJ-PE . pelo direito penal. 50.com. e. sobre pessoas. não estando presente. e. é INCORRETO afirmar: a) Mesmo quanto aos elementos discricionários do ato administrativo há limitações impostas pelos princípios gerais de direito e pelas regras de boa administração. Prof. na segunda. na esfera administrativa dos Municípios. pelo direito penal.

com. III. Faculdade de punir internamente as infrações funcionais dos servidores e demais pessoas sujeitas à disciplina dos órgãos e serviços da Administração. a autoridade está subordinada ao que a lei dispõe. e) Na categoria dos atos administrativos vinculados. Poder que o Direito concede à Administração.Analista Judiciário) Considere os conceitos abaixo. II.br danielmesquita@estrategiaconcursos. porque. Teoria e exercícios comentados. visto que não há necessidade de se ater à enumeração minuciosa do Direito Positivo para realizá-la. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. Poder de que dispõe o Executivo para distribuir e escalonar as funções de seus órgãos e ordenar a atuação dos seus agentes. à forma e à finalidade do ato. para a prática de atos administrativos com liberdade na escolha de sua conveniência e oportunidade. c) Poder vinculado é aquele que o Direito Positivo – a Lei – confere à Administração Pública para a prática de ato de sua competência. (FCC – 2011 – TER-AM. Prof. a liberdade de ação do administrador é ampla.br 07230149304 .estrategiaconcursos. I. Prof Daniel Mesquita Aula 04 b) A discricionariedade é sempre relativa e parcial. sobre os poderes administrativos.com. d) A atividade discricionária encontra plena justificativa na impossibilidade de o legislador catalogar na lei todos os atos que a prática administrativa exige.Maria Erica Castelo Amâncio 97 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . estabelecendo a relação de subordinação entre os servidores do seu quadro de pessoal. 52. determinando os elementos e requisitos necessários à sua formalização.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. de modo explícito ou implícito. mas lembrando a dificuldade de se encontrar um ato administrativo inteiramente vinculado. quanto à competência.

Direito Administrativo p/ Técnico INSS. de modo implícito ou explícito. Prof Daniel Mesquita Aula 04 Os conceitos acima se referem. e) discricionário. Teoria e exercícios comentados. II. d) hierárquico. oportunidade e conteúdo. disciplinar e de polícia. e) vinculado. aos poderes a) regulamentar.estrategiaconcursos. disciplinar e de polícia. ou de expedir decretos autônomos sobre matéria de sua competência ainda não disciplinada por lei. c) vinculado.com. disciplinar e hierárquico. b) arbitrário.com. Poder que a lei confere à Administração Pública para a prática de ato de sua competência. subordinado e hierárquico. para a prática de atos administrativos com liberdade de escolha de sua conveniência.br 07230149304 . c) vinculado. (FCC – 2011 – TER-AC. arbitrário e disciplinar.Analista Judiciário) Sobre os poderes administrativos. discricionário e regulamentar. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. de polícia e regulamentar. determinando os elementos e requisitos necessários à sua formalização. discricionário e hierárquico. respectivamente. III. considere: I. 53. b) discricionário. respectivamente. Os conceitos acima se referem.Maria Erica Castelo Amâncio 98 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br danielmesquita@estrategiaconcursos. d) de polícia. Poder que o Direito concede à Administração Pública. aos poderes a) subordinado. Faculdade de que dispõem os Chefes de Executivo de explicar a lei para a sua correta execução. hierárquico e disciplinar. vinculado e disciplinar. Gabarito: 3) D 1) E 4) B 2) E 5) B Prof.

estrategiaconcursos. Referências Prof.com.Direito Administrativo p/ Técnico INSS. Prof Daniel Mesquita Aula 04 6) D 31) B 7) D 32) D 8) E 33) B 9) E 34) D 10) D 35) A 11) E 36) C 12) E 37) E 13) E 38) C 14) A 39) B 15) C 40) A 16) C 41) D 17) B 42) E 18) A 43) E 19) D 44) B 20) A 45) D 21) A 46) B 22) E 47) B 23) E 48) E 24) C 49) B 25) A 50) D 26) A 51) E 27) D 52) E 28) D 53) E 29) C 30) C 11.br 07230149304 .com.Maria Erica Castelo Amâncio 99 de 100 Facebook: Daniel Mesquita .br danielmesquita@estrategiaconcursos. Teoria e exercícios comentados. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www.

Teoria e exercícios comentados. Marcelo. 23ª ed. São Paulo. Vol. Direito Administrativo. São Paulo. São Paulo: Malheiros Editores. Prof Daniel Mesquita Aula 04 ALEXANDRINO. Forense. Editora Atlas.. Curso de Direito Constitucional Positivo – 24ª edição.br danielmesquita@estrategiaconcursos. ZANNONI. Curso de Direito Administrativo.Maria Erica Castelo Amâncio 100 de 100 Facebook: Daniel Mesquita . Ed. Vicente. Celso Antônio Bandeira de. Lumen Juris Editora. 2010. 2005. 2010. DI PIETRO.Direito Administrativo p/ Técnico INSS.com. Prof. Malheiros Editores. Direito Administrativo – Série Advocacia Pública. 2005.br 07230149304 . MEIRELLES. 2009. Rio de Janeiro. Direito Administrativo Brasileiro. MELLO. Direito Administrativo Descomplicado. 3. São Paulo.com... Método. Manual de Direito Administrativo. 1998. SILVA. Rio de Janeiro. 18ª Ed. São Paulo. 13ª Ed. 27ª Ed.estrategiaconcursos. CARVALHO FILHO. Daniel Mesquita Twitter: @danielmqt www. São Paulo: Malheiros Editores. José Afonso da.. Leandro. José dos Santos. 22ª Ed. Maria Sylvia Zanella. PAULO. Hely Lopes. Ed. 2011. Método.