Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07

MAP – S6 e S7
Material de Apoio Pedagógico - LISTA PREPARATÓRIA

FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I
Professor: Esp. Isaías de Jesus
EXERCÍCIO – 01
Energia cinética é a energia que está relacionada à movimentação dos corpos, ou seja, é a energia
que um corpo possui em virtude de ele estar em movimento. A energia cinética, em Joule, que um
carro de massa igual a 600 kg adquire ao percorrer 100 metros em 10s é igual a?
RESOLUÇÃO:
Dados:
M = 600 kg
∆𝑺 = 𝟏𝟎𝟎𝒎
∆𝒕 = 𝟏𝟎𝒔
Vamos calcular a velocidade: 𝑽𝒎
= 𝟏𝟎𝟎

= 𝟏𝟎𝒎/𝒔 𝟏𝟎

Calculemos a energia cinética: 𝑬𝒄
= 𝒎

.𝒗𝟐 𝟐

→ 𝑬𝒄 = 𝟔𝟎𝟎

.𝟏𝟎𝟐 𝟐

→ 𝑬𝒄 = 𝟑𝟎𝟎𝟎𝟎𝑱 = 𝟑. 𝟏𝟎𝟒 𝑱 (Joules).

EXERCÍCIO – 02
Um corpo apresenta 500Kg de massa, inicialmente em repouso, é colocado em movimento por
uma força F constante e adquire, após 7,5s, uma velocidade de 54km/h. Determinar o trabalho
realizado pela força F no intervalo considerado.
RESOLUÇÃO:
Dados:
m = 500 kg 𝒗𝟎
= 𝟎 (𝒓𝒆𝒑𝒐𝒖𝒔𝒐) 𝒗
= 𝟓𝟒𝒌𝒎/𝒉 = 𝟏𝟓𝒎/𝒔
∆𝒕 = 𝟕, 𝟓𝒔 (Segundos).
Vamos obter a aceleração média:
Professor: Esp. Isaías de Jesus

7 toneladas a uma altura de 30 metros. A potência média mínima do motor do elevador. 𝟐. Desprezando-se o atrito e a resistência do ar.25kg e velocidade de 2m/s choca-se com uma mola de constante elástica de 100 N/m. 𝟓𝟔. ∆𝑺 → 𝟐𝟐𝟓 = 𝟒∆𝑺 → ∆𝑺 = 𝟓𝟔. 𝒂. 𝟐𝟓 = 𝟓𝟔𝟐𝟓𝟎𝑱 (Joules). A máxima compressão da mola ao ser comprimida pelo carrinho é exatamente igual a: RESOLUÇÃO: Dados: 𝒎 = 𝟏𝟐. ∆𝑺 𝟏𝟓𝟐 = 𝟎𝟐 + 𝟐. em um tempo inferior a 40 segundos.𝒈. Isaías de Jesus . EXERCÍCIO – 03 Um elevador de 800 kg deve subir uma carga de 2. 𝟓 Para obter a variação da distância iremos utilizar a equação de Torricelli: 𝒗𝟐 = 𝒗𝟐𝟎 + 𝟐. 𝒅 𝑻 = 𝟓𝟎𝟎. 𝟐𝟓𝒌𝒈 Professor: Esp. EXERCÍCIO – 04 Um carrinho de massa 12. RESOLUÇÃO: Dados: m = 800 kg + 2700kg = 3500kg 𝒉 = 𝟑𝟎𝒎 ∆𝒕 = 𝟒𝟎𝒔 𝒈 = 𝟏𝟎𝒎/𝒔𝟐 𝑻 Saiba que que a potência média 𝑷𝒎 = ∆𝒕 Assim teremos: 𝑷𝒎 = 𝒎.𝒉 ∆𝒕 = 𝟑𝟓𝟎𝟎 .Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07 𝒂= ∆𝒗 𝟏𝟓 →𝒂= = 𝟐𝒎/𝒔𝟐 ∆𝒕 𝟕. 𝟐𝟓𝒎 Agora calculemos o trabalho: 𝑻 = 𝑭. 𝟐. 𝒂.𝟏𝟎 . em watts é exatamente: Considere: g = 10 m/s2. 𝒅 → 𝑻 = 𝒎.𝟑𝟎 𝟒𝟎 = 𝟏𝟎𝟓𝟎𝟎𝟎𝟎 𝟒𝟎 = 𝟐𝟔𝟐𝟓𝟎𝑾 (Watts).

Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07 𝒗 = 𝟐𝒎/𝒔 𝒌 = 𝟏𝟎𝟎𝑵/𝒎 𝒙 =? Vamos tratar da energia cinética (início do movimento) e da energia potencial elástica (final do movimento) onde teremos: 𝑬𝒄 = 𝑬𝒑𝒆. a força faz o bloco percorrer uma distância de 40m em 10s. 𝒙𝟐 𝟒𝟗 𝟏𝟐. EXERCÍCIO – 05 Uma força constante F de intensidade 30N atua sobre um bloco e faz com que ele sofra um deslocamento horizontal. 𝟒𝟗 → 𝒙 = 𝟎. 𝒄𝒐𝒔𝟔𝟎° → 𝑻 = 𝟔𝟎𝟎𝑱 (Joules). Calculando a potência média: Professor: Esp. 𝒄𝒐𝒔𝜽 Substituindo os dados teremos: 𝑻 = 𝟑𝟎.𝒗𝟐 𝟐 = 𝒌.87 e cos 60° = 0. 𝟐𝟓. Isaías de Jesus . 𝟒𝟎. Desprezando todos os atritos.5 RESOLUÇÃO: Dados: 𝑭 = 𝟑𝟎𝑵 𝜽 = 𝟔𝟎° ∆𝑺 = 𝟒𝟎𝒎 ∆𝒕 = 𝟏𝟎𝒔 Vamos tratar da fórmula do trabalho de uma força: 𝑻 = 𝑭. 𝒗𝟐 = 𝒌. 𝟕 𝒎 (metros). 𝟐𝟐 = 𝟏𝟎𝟎. 𝒙𝟐 → 𝒙𝟐 = 𝟏𝟎𝟎 → 𝒙𝟐 = 𝟎.𝒙𝟐 𝟐 Cancelaremos os denominadores para simplificarmos: 𝒎. Assim. A direção da força forma um ângulo de 60° com a direção do deslocamento. 𝒎. A potência desenvolvida pela força é de: Dados: sen 60° = 0. 𝒅.

então vamos tratar de 𝑬𝑴𝑨 = 𝑬𝑴𝑩 . A velocidade do corpo ao atingir o solo será exatamente: RESOLUÇÃO: Dados: 𝒎 = 𝟏𝟎𝒌𝒈 𝒉 = 𝟒𝟓𝒎 𝒈 = 𝟏𝟎𝒎/𝒔𝟐 𝒗 =? Seja: 𝑉𝐴 = 0 (repouso) 𝑉𝐵 =? Pela conservação da energia: A lei da conservação de energia estabelece que a quantidade total de energia em um sistema isolado permanece constante. vamos multiplicar 30 por 3. 𝒗𝟐𝑩 → 𝟗𝟎𝟎𝟎 = 𝟏𝟎𝒗𝟐𝑩 → 𝒗𝟐𝑩 = 𝟗𝟎𝟎 𝟐 Logo. 𝒉𝑩 𝟐 𝟐 Fazendo a substituição dos dados: 𝟏𝟎. Isaías de Jesus . 𝒈. 𝟒𝟓 = + 𝟏𝟎. 𝒈.Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07 𝑻 𝑷𝒎 = ∆𝒕 → 𝑷𝒎 = 𝟔𝟎𝟎 𝟏𝟎 = 𝟔𝟎𝑾 (Watts). 𝟎 𝟐 𝟐 𝟒𝟓𝟎𝟎 = 𝟏𝟎. 𝟎𝟐 𝟏𝟎. 𝒗𝟐𝑨 𝒎. 𝒗𝟐𝑩 + 𝟏𝟎. 𝟏𝟎. 𝒗𝟐𝑩 + 𝒎. 𝒗𝑩 = 𝟑𝟎 𝒎/𝒔 (𝒎𝒆𝒕𝒓𝒐𝒔 𝒑𝒐𝒓 𝒔𝒆𝒈𝒖𝒏𝒅𝒐) Utilizando o fator de conversão. 𝒉𝑨 = + 𝒎. EXERCÍCIO – 06 Um ponto material de massa 10 kg é abandonado de uma altura de 45 metros num local onde a aceleração da gravidade é igual a 10 m/s2 .6: 𝒗𝑩 = 𝟏𝟎𝟖𝒌𝒎/𝒉 (𝒒𝒖𝒊𝒍ô𝒎𝒆𝒕𝒓𝒐𝒔 𝒑𝒐𝒓 𝒉𝒐𝒓𝒂) Professor: Esp. 𝑬𝑴𝑨 = 𝑬𝑴𝑩 → 𝑬𝑪𝑨 + 𝑬𝑷𝑨 = 𝑬𝑪𝑩 + 𝑬𝑷𝑩 𝒎. 𝟏𝟎.

𝒅 → 𝑻 = 𝟑𝟎. de massa 6kg. 𝒂 → 𝒂 = 𝟑𝒎/𝒔𝟐 Determinando a variação de distância: 𝑺 = 𝑺 𝟎 + 𝒗𝟎 𝒕 + ∆𝑺 = 𝒂. EXERCÍCIO – 08 O trabalho realizado por uma força que varia a velocidade de um corpo. RESOLUÇÃO: Dados: m = 10kg 𝑭 = 𝟑𝟎𝑵 ∆𝒕 = 𝟖𝒔 𝑻 =? Calculando a aceleração: 𝑭 = 𝒎. 𝒕𝟐 → ∆𝑺 = 𝟐 𝟐 (𝒑𝒐𝒊𝒔 𝒗𝟎 = 𝟎) 𝟑. 𝒕𝟐 𝒂. de 8m/s a 15m/s em um movimento retilíneo é exatamente: RESOLUÇÃO: Dados: 𝒎 = 𝟔𝒌𝒈 𝒗𝟎 = 𝟖𝒎/𝒔 𝒗 = 𝟏𝟓𝒎/𝒔 Pelo teorema da energia cinética (TEC): "O trabalho da força resultante é medido pela variação da energia cinética." Assim: 𝑻 = 𝑬𝒄𝒇 − 𝑬𝒄𝒊 Professor: Esp. 𝒂 → 𝟑𝟎 = 𝟏𝟎. passa a agir sobre ele uma força F = 30N durante 8s. 𝟖𝟐 → ∆𝑺 = 𝟗𝟔𝒎 𝟐 Obtendo o trabalho realizado por F: 𝑻 = 𝑭. 𝟗𝟔 = 𝟐𝟖𝟖𝟎𝑱 (Joules). inicialmente em repouso sobre um plano horizontal liso. Determine o trabalho realizado por F.Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07 EXERCÍCIO – 07 Um ponto material de massa 10kg. No instante t = 0. Isaías de Jesus .

𝟓 = −𝟗𝟔𝟎𝟎𝟎𝟎 em módulo: 𝑻 = 𝟗𝟔𝟎𝟎𝟎𝟎𝑱 𝑻 Saiba que 𝑷𝒎 = ∆𝒕. 𝟖𝟐 − = 𝟔𝟕𝟓 − 𝟏𝟗𝟐 = 𝟒𝟖𝟑𝑱 𝟐 𝟐 EXERCÍCIO – 09 Um guindaste eleva a cada 12 segundos. 𝒉 → 𝑻 = −𝒎. e à altura de 5 metros. 𝒈. 𝑷𝒎 = 𝟗𝟔𝟎𝟎𝟎𝟎 𝟏𝟐 = 𝟖𝟎𝟎𝟎𝟎𝑾(Watts) Como o enunciado solicita em cavalo-vapor: CV W 1 ____________ 735 X ___________ 80000 𝟕𝟑𝟓𝑿 = 𝟖𝟎𝟎𝟎𝟎 → 𝑿 = 𝟖𝟎𝟎𝟎𝟎 → 𝑿 =≅ 𝟏𝟎𝟗𝑪𝑽 𝟕𝟑𝟓 Logo. No sistema internacional se utiliza: Watt (W) e Quilowatt (kW) Onde 1kW = 1000W. 𝒗𝟐𝒇 𝟐 − 𝒎. 1CV = 735W. 𝒗𝟐𝒊 𝟐 𝟔. no entanto não é uma unidade reconhecida no Sistema Internacional de Unidades (SI). RESOLUÇÃO: Dados: ∆𝒕 = 𝟏𝟐𝒔 𝒉 = 𝟓𝒎 𝒎 = 𝟏𝟔 𝒙 𝟏𝟐𝟎𝟎 = 𝟏𝟗𝟐𝟎𝟎𝒌𝒈 𝑻 = −𝒑. A potência desse guindaste em CV é aproximadamente: Adote g = 10m/s2 .Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07 𝑻= 𝑻= 𝒎. 𝑷𝒎 = 𝟏𝟎𝟗 𝑪𝑽 (Cavalo-vapor) Importante! Cavalo-vapor (cv) é uma unidade de medida de potência. 16 fardos de 1200 kg cada um. 𝒉 𝑻 = −𝟏𝟗𝟐𝟎𝟎. 𝟏𝟎. Isaías de Jesus . 𝟏𝟓𝟐 𝟔. Professor: Esp.

Professor: Esp. Isaías de Jesus .Material de Apoio Pedagógico – Semana 06 e Semana 07 EXERCÍCIO – 10 Uma mola de constante elástica k = 600 N/m é comprimida de 15 cm.𝟏𝟓𝟐 𝟐 = 𝟔𝟕𝟓𝟎𝟎𝑱 (Joules). 𝒙𝟐 𝑬𝒑𝒆 = 𝟐 Substituindo os dados teremos: 𝑬𝒑𝒆 = 𝟔𝟎𝟎. A energia potencial elástica dessa mola é exatamente: RESOLUÇÃO: Dados: 𝒌 = 𝟔𝟎𝟎𝑵/𝒎 𝒙 = 𝟏𝟓𝒎 Saiba que a energia potencial elástica é dada por: 𝒌.