Universidade Federal de Mato Grosso

Instituto de Computação

Redes de computadores
CAMADA DE REDE
- PARTE 01 -

Prof. Dr. Luís Cézar Darienzo Alves

Endereço IP

Objetivo
 Identificar, de forma única e individual, cada dispositivo da
inter-rede TCP/IP
 Também denominado endereço internet

Representação
 Número inteiro de 32 bits
 Permite até 232 endereços

0

31
11000000

10101000

00001010

00000001

Endereço IP

Notação decimal
 Representação por 4 números decimais separados por pontos
 Cada número decimal está associado a um determinado byte
do endereço

0
11000000 10101000 00001010

192 . 168 . 10 . 1

31
00000001

Endereço IP

Hierarquia de endereçamento
 Identificador de rede (prefixo de rede)
 Identifica cada rede de forma única e individual

 Identificador de estação
 Identifica cada estação da rede de forma única e individual

0

31

Identificador de rede

Identificador de estação

Endereço IP

Atribuição de endereços
 Endereços IP não são atribuídos às estações e roteadores
 Endereços IP são atribuídos às interfaces de estações e
roteadores
 Cada interface de estações e roteadores deve possuir um
endereço IP
 Estações multihomed e roteadores possuem diversos endereços
IP

Endereço IP

Atribuição de endereços
 Diferentes prefixos de rede devem ser adotados para diferentes
redes físicas
 Um único prefixo de rede deve ser compartilhado por
interfaces de uma rede física
 Um único identificador de estação deve ser atribuído a cada
interface de uma rede física

Endereço IP

Atribuição de endereços

E1 192.168.10.1

N1
E2

192.168.10.2

200.10.1.1
192.168.10.3

R1

200.10.1.3

E3

N2
200.10.1.2

E4

Classes de endereços
Classe A

01
0

78

31

Classe B

0 2
10

Classe C

0
3
110

31

Classe D

0
4
1110

31

Classe E

0
5
11110

15 16

31
23 24

31

Classes de endereços

Capacidade
 Permitem a configuração de um variado número de redes com
diferentes tamanhos

Classe

Número
de redes

Número de
estações

A

27

224

B

214

216

C

221

28

Classes de endereços

Espaço de endereçamento

Classe

Intervalo de endereços

A

0.0.0.0 - 127.255.255.255

B

128.0.0.0 - 191.255.255.255

C

192.0.0.0 - 223.255.255.255

D

224.0.0.0 - 239.255.255.255

E

240.0.0.0 - 255.255.255.255

Endereços especiais
Endereço de rede

Prefixo de rede

0...0

Broadcast direto

Prefixo de rede

1...1

1...1

1...1

0...0

0...0

127

X...X

Broadcast limitado

Rota default
Loopback

Endereços possíveis e válidos

Endereços possíveis
 Conjunto de endereços que compartilham um mesmo prefixo
de rede

Endereços válidos
 Conjunto de endereços possíveis que podem ser atribuídos às
interfaces

Classe

Prefixo
de rede

A

10

B

172.16

C

192.168.10

Endereços
possíveis

Endereços
válidos

10.0.0.0 - 10.255.255.255

10.0.0.1 - 10.255.255.254

172.16.0.0 - 172.16.255.255

172.16.0.1 - 172.16.255.254

192.168.10.0 - 192.168.10.255

192.168.10.1 - 192.168.10.254

Endereço privado

O que é?
 Conjunto de endereços reservados que podem ser usados de
forma aberta por qualquer organização

Classe

Endereços privados

A

10.0.0.0

B
C

172.16.0.0 -

172.31.0.0

192.168.0.0 - 192.168.255.0

Endereço privado

Benefícios
 Otimiza o uso do espaço de endereços IP
 Provê um mecanismo de segurança

Limitações
 Estações e redes privadas não podem ser visíveis externamente
na internet
 Datagramas com endereços privados trafegam apenas na
inter-rede privada

Solução
 Network Address Translator (NAT)

Endereços públicos x privados

Endereços públicos
 São alocados oficialmente em uma organização por uma
instituição autorizada da internet

 Possuem unicidade global
 Devem ser solicitados por organizações que desejam conectarse à internet

Endereços privados
 Não são oficialmente alocados por instituições autorizadas da
internet

 Possuem apenas unicidade local, sendo únicos apenas na
inter-rede privada

Máscara de rede

Objetivo
 Delimitar a posição do prefixo de rede e do identificador de
estação

Representação
 Padrão de 32 bits
 Possui bits 1 no prefixo de rede
 Possui bits 0 no identificador de estação

0

31
1...1

0...0

Máscara de rede

Notação decimal

Representada por 4 números decimais separados por pontos

Cada número decimal está associado a um determinado byte
da máscara

Notação de contagem de bits

Representada por um número inteiro que indica a quantidade
de bits 1 da máscara

0

11000000 10101000 00001010
11111111 11111111 11111111

31
00000001 Endereço IP
00000000

192.168.10.1 255.255.255.0

Máscara de rede

Exemplo

Configurando interfaces
E1

192.168.10.1

N1
E2

192.168.10.2

200.10.1.1

192.168.10.3

R1

200.10.1.3

E3

N2

200.10.1.2

> ifconfig eth0 192.168.10.3 netmask 255.255.255.0
> ifconfig eth1 200.10.1.3 netmask 255.255.255.0
> ifconfig lo 127.0.0.1 netmask 255.0.0.0

E4

Exemplo

Listando informações de interfaces

> ifconfig eth0
eth0 Link encap:Ethernet HWaddr 00:E0:7D:8E:BC:72
inet addr:192.168.10.3 Bcast:192.168.10.255 Mask:255.255.255.0
UP BROADCAST RUNNING MULTICAST MTU:1500 Metric:1
RX packets:179 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
TX packets:17 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
collisions:0 txqueuelen:100
RX bytes:17676 (17.2 Kb) TX bytes:1230 (1.2 Kb)
Interrupt:5 Base address:0xb000

> ifconfig -a
...

> netstat -i
Iface MTU
eth0
1500
eth1
1500
lo
16436

Met
0
0
0

RX-OK
461
210
64

RX-ERR
0
0
0

RX-DRP
0
0
0

RX-OVR
0
0
0

TX-OK
21
15
64

TX-ERR
0
0
0

TX-DRP
0
0
0

TX-OVR
0
0
0

Resolução de endereços

Problema
 Datagramas adotam endereços IP
 Quadros das redes físicas adotam endereços físicos

Solução
 Mapeamento de endereços IP para endereços físicos

A

IA

IB

FA

FB
IA IB
FA FB

B

Datagrama
Quadro

Resolução de endereços

Mapeamento direto
 Pressupõe que endereços físicos podem ser escolhidos
pelo administrador
 Endereço físico deve possuir o mesmo valor do
identificador de estação do endereço IP
Mapeamento dinâmico
 Permite endereços físicos configurados pelo
administrador ou fabricante
 Protocolo de baixo nível realiza o mapeamento de forma
transparente e sob demanda
Rede física deve suportar broadcast
 Implementado na arquitetura TCP/IP pelo protocolo
Address Resolution Protocol (ARP)

Protocolo ARP

Objetivo
 Mapear endereços IP para seus respectivos endereços físicos

A

X

Y

B
FA, IA, ?, IB

FA, IA, FB, IB

> tcpdump -ne arp
0:e:7d:8:bc:72 Broadcast
0:3:47:c:fb:9 0:e:7d:8:bc:72

arp 42:arp who-has
arp 60:arp reply

192.168.10.3 tell
192.168.10.3 is-at

192.168.10.1
0:3:47:c:fb:9

Protocolo ARP

Tabela ARP
 Função
 Armazena os mapeamentos mais recentes

 Torna o protocolo mais eficiente

 Manutenção
 Requisições ARP podem atualizar as tabelas de todas as estações
da rede
 Respostas ARP atualizam a tabela da estação requisitante

Protocolo ARP

Tabela ARP
 Listando entradas
> arp -n
Address
192.168.10.1
192.168.10.2

HWtype
ether
ether

HWaddress
00:E0:7D:AD:C4:2B
00:E1:5A:8B:DF:4D

Flags Mask
C
C

Iface
eth0
eth0

 Modificando entradas
> arp -d 192.168.10.1
> arp -s 192.168.10.1 00:E0:7D:AD:C4:2B
> arp -s 192.168.10.2 00:E1:5A:8B:DF:4D temp

 Interação do protocolo ARP
> tcpdump -ne arp
0:e:7d:8:bc:72 Broadcast
arp 42: arp who-has 192.168.10.3 tell 192.168.10.1
0:3:47:c:fb:9 0:e:7d:8:bc:72 arp 60: arp reply
192.168.10.3 is-at 0:3:47:c:fb:9

Figura 2.17

Protocolos para configuração
automática de endereços IP

Objetivo
 Mapear endereços físicos para endereços IP
 Também são utilizados para carregar informações como
máscara de rede e rota default

Protocolos

 RARP

Similar ao ARP, atua basicamente na camada de enlace

 BOOTP e DHCP

Utilizam IP e UDP

Utilizam o endereço de broadcast limitado

Protocolo DHCP
 Utiliza IP, UDP e broadcast limitado.
 Capaz de transportar vários tipos de informação. Exemplos:
 Máscara de rede
 Servidor de nomes

 Quatro mensagens:



DISCOVER

OFFER
REQUEST
ACK

Mecanismos de entrega

Entrega direta
 Estações de origem e destino estão conectadas na mesma
rede física

Entrega indireta
 Estações de origem e destino estão conectadas em redes
físicas distintas
 Pode ser representada por uma sequência de entregas diretas
 Datagramas são encaminhados através de roteadores
intermediários

Mecanismos de entrega

Entrega direta

A

IA

IB

FA

FB

Datagrama
IA

IB

FA FB
Quadro

B

Mecanismos de entrega

Entrega indireta

A
IR,N1

IA

N1

FA

IR,N1

FR,N1

R

IR,N2

N2

FR,N2

Datagrama

IA

Datagrama

IB

FA FR,N1
Quadro da rede N1

IA

IB

FR,N2FB
Quadro da rede N2

IB

FB

B