Instruções para Implementadores

Volvo Truck Corporation
Substitui a edição 01 do VBI de 12.2005.
As alterações estão marcadas com um traço vertical (l) na
margem.
Nota! Sempre verifique a versão mais atualizada no site do VBI.

VM

Árvore de transmissão
BRA64094

Instalações
Árvore de transmissão
VM

Data 12.05

Edição 01

Pág. 1 (8)

All Rights Reserved

PROPS-XL 3 Árvore de transmissão com diâmetro extra grande • A árvore de transmissão que estiver conectada no eixo traseiro será chamada árvore de transmissão principal. A existência dessa árvore dependerá do valor do entre-eixos. Nota! Estas nomenclaturas são importantes para facilitar a comunicação entre o implementador e a Volvo. Se o veículo possuir apenas uma árvore ela será chamada de árvore de transmissão principal.árvore de transmissão principal. o veículo VM estará montado com uma das seguintes variantes: 1Veículos 2Veículos 3Veículos montados com a variante PROPS-S terão árvore de transmissão com acoplamento tipo garfo. C . 2(8) Árvores de transmissão Generalidades Os veículos VM usualmente possuem até três árvores de transmissão conectando a caixa de mudança ao primeiro eixo traseiro.Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. A instalação da árvore de transmissão é feita através de uma combinação de variantes que dependem da especificação do veículo. Esta árvore possui uma junta extensível (entalhado).eixo traseiro.05 Grupo Edição 95 01 Pág. . AVISO Para evitar erros na instalação de uma árvore de transmissão leia atenciosamente todos os itens desta instrução.primeira árvore de transmissão. B .mancal de apoio. Variante Significado PROPS-S1 Árvore de transmissão com diâmetro pequeno PROPS-M 2 Árvore de transmissão com diâmetro médio Se o veículo possuir duas árvores de transmissão elas terão a seguinte designação: PROPS-L2 Árvore de transmissão com diâmetro grande • A árvore de transmissão que estiver conectada na caixa de mudança será chamada de primeira árvore de transmissão e sempre irá possuir um mancal de apoio. Desta forma. D . • A árvore de transmissão entre a primeira árvore a árvore principal será chamada segunda árvore de transmissão e possui as mesmas características da primeira. no caso do esclarecimento de eventuais dúvidas. Esta árvore terá uma junta extensível (entalhado). C4088117 A . montados com a variante PROPS-M e PROPS-L poderão ter árvore de transmissão com acoplamento tipo garfo ou flange estriado. montados com a variante PROPS-XL poderão ter árvore de transmissão com acoplamento tipo flange estriado.

Árvore de transmissão (Variante) PROPS-S PROPS-M PROPS-L PROPS-XL Comprimento (mm) Série Tipo de acoplamento Mín.05 Grupo Edição 95 01 Pág. .Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. Máx. Árvore de transmissão principal São as árvores que possuem junta extensível (entalhado). dentre eles está o comprimento da árvore que influencia diretamente na posição angular da árvore. mas com comprimentos diferentes. 3(8) Dimensões das árvores A instalação da árvore de transmissão é definida através da combinação de vários fatores. Estas árvores estão disponíveis conforme tabela abaixo. Sendo assim. deve-se definir um comprimento de árvore adequado. Árvore de transmissão (Variante) PROPS-S PROPS-M PROPS-L Comprimento da árvore (mm) Série Tipo de acoplamento Mín. 700 2025 SPL100 Garfo SPL100 775 2100 SPL140 Garfo SPL140 775 2300 SPL140 Conificado Garfo SPL140 650 2225 C2045 Flange XS180 825 2150 1810 Garfo 1810 875 2275 C2055 Flange XS180 Nota! Os valores intermediários correspondem à árvores da mesma variante. Estão disponíveis conforme a tabela abaixo. conforme as tabelas anteriores. com incrementos de 25 mm no comprimento. devido ao encurtamento ou alongamento do chassi. mas com comprimentos diferentes. 850 1900 SPL100 Garfo SPL100 900 1950 SPL140 Garfo SPL140 1900 2150 SPL140 Conificado Garfo SPL140 600 2250 C2045 Flange XS180 800 2000 1810 Garfo 1810 900 2225 C2055 Flange XS180 2025 2300 C2060 Flange XS180 Nota! Os valores intermediários correspondem à árvores da mesma variante. Máx. com incrementos de 25 mm no comprimento. para facilitar uma nova instalação da árvore de transmissão. Quando o comprimento do chassi for alterado. as concessionárias Volvo disponibilizam para aquisição árvores de transmissão da seguinte forma: Primeira e segunda árvore de transmissão São as árvores que possuem rolamento para o mancal de apoio. AVISO O comprimento de trabalho da junta extensível (entalhado) não deve ser utilizado para prolongar a árvore de transmissão.

Sendo medido para cada uma das árvores. Quando o veículo possuir primeira e segunda árvore de transmissão deve-se proceder conforme ilustração. . Se as rotações críticas forem atingidas. com um deslocamento relativo de 0°. T9008071 Tipo de acoplamento Os acoplamentos disponíveis para o veículo são do tipo garfo e do tipo flange estriado de acordo com a tabela abaixo. O item Dimensões das árvores apresenta o comprimento possível para cada árvore disponibilizada pelas concessionárias Volvo.Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. o comprimento das mesmas não deve exceder determinados valores. Série Tipo de acoplamento SPL100 Garfo SPL100 SPL140 Garfo SPL140 1810 Garfo 1810 C2025 / C2045 Flange XS180 Ângulos dos acoplamentos O ângulo do acoplamento é o ângulo relativo entre a parte superior do quadro do chassi e a árvore de transmissão. a flexão da árvore de transmissão aumentará rapidamente até a quebra. danificando os componentes e a estrutura do conjunto.05 Grupo Edição 95 01 Pág.. os acoplamentos frontais e traseiros devem estar em fase um com o outro. Acoplamento das árvores Nas árvores de transmissão com juntas extensíveis (árvore de transmissão principal). 4(8) Rotação crítica das árvores Para evitar que as árvores de transmissão atinjam as rotações críticas. isto é.

Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. .5° — 8° Nota! Os valores são válidos para veículos totalmente carregados ou apenas com peso próprio.5° — 8° 0.05 Grupo Edição 95 01 Pág.5° — 8° α3 (mín — máx) — 0. Nota! As árvores de transmissão devem estar sempre balanceadas! C4088920 C4088919 A instalação das árvores de transmissão deverá obedecer as seguintes relações. 5(8) Instalação com uma árvore Instalação com duas árvores α2 (mín — máx) 0. Mancal de apoio A instalação do mancal de apoio também influencia diretamente na posição angular da árvore.

o mancal de apoio e a posição do eixo traseiro devem ficar exatamente nas condições originais do veículo. Dependendo do furo escolhido aumenta-se ou diminui-se a altura da árvore a partir da face da longarina. Nota! Na eventual adaptação do terceiro eixo auxiliar. Estes furos permitem a centralização da árvore entre as longarinas. Pág. o que significa posição angular da árvore errada.Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. ou seja. não haverá homocinetismo do conjunto. ou seja. ATENÇÃO Os suportes devem ser ajustados de tal maneira que o mancal fique perpendicular à árvore de transmissão. este mancal define a posição horizontal da árvore. este suporte define a posição vertical da árvore. 6(8) . SUPORTE H Este suporte possue alguns furos alinhados no sentido horizontal. SUPORTE V Este suporte possue diversos furos alinhados no sentido vertical.05 Grupo Edição 95 01 C9000140 V Suporte Vertical H Suporte Horizontal A posição angular da árvore é determinada pela posição de montagem do suporte V e H fixados na travessa intermediária do veículo. obviamente em veículos que não tenham. Nota! Se este mancal for fixado por furos errados.

4 Nos veículos com eixo auxiliar. além de outras características dos componentes que afetam a dinâmica do veículo.Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. . os pneus dos eixos traseiros devem ser do mesmo tipo e do mesmo fabricante. montadas entre o feixe de molas e o eixo traseiro. o ângulo da junta é a soma da inclinação do eixo de entrada com o eixo de saída. 6 Limpar totalmente os pontos de medição. C4001460 Medição dos ângulos de acoplamento Este procedimento é para verificar se o ângulo vertical da árvore está compreendido entre 0. A ferramenta para medição deve apresentar precisão de medição de 0. com desgaste igual e pressão de ar correta. Nota! Após carregar e descarregar o veículo devese conduzi-lo por alguns metros para ajustar a suspensão. 3 Fazer a medição com o veículo descarregado e depois com o veículo completamente carregado. com o objetivo de evitar medições de ângulos incorretos.5° e 8.5°.05 Grupo Edição 95 01 Pág. 5 Nos veículos 6x4. abaixar o eixo auxiliar. 7(8) Ângulo de cunha do eixo traseiro Dependendo do comprimento da árvore que será utilizada e da posição do mancal de apoio. o eixo traseiro poderá precisar de cunhas com variação angular. 2 Não movimentar o veículo durante a medição.0° 1 Colocar o veículo em piso plano. 7 Medir os ângulos em relação ao plano vertical com um goniômetro de nível ou o medidor de ângulos 9996212. Se as árvores de transmissão tiverem inclinação em sentidos diferentes. Estas cunhas servem para ajustar a inclinação entre o eixo traseiro e a árvore de transmissão.

Uma instalação incorreta poderá provocar desgastes desnecessários.Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Data 12. o ângulo é a diferença entre as inclinações. reduzindo a vida útil do trem de força. No caso de eventuais dúvidas consulte a Volvo. uma empresa especializada em árvores de transmissão deve ser consultada para garantir que todas as informações citadas nesta instrução sejam seguidas.05 Grupo Edição 95 01 T9006284 Se a inclinação das árvores de transmissão for para o mesmo lado. 8(8) . AVISO É muito importante identificar o tipo da árvore de transmissão. selecionar o comprimento correto e garantir que o(s) ângulo(s) da(s) árvore(s) esteja(m) dentro da tolerância indicada. Pág. T9006285 Consideração geral Quando ocorrer a alteração da configuração da árvore de transmissão (por exemplo devido a modificação da distância entre-eixos).