CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS

CURSO DE FARMÁCIA
FARMACOTÉCNICA II – ATIVIDADE
PROFA. ANA PAULA N. DE DEUS F. SIQUEIRA
Alunos:

1)
“Suspensões são sistemas heterogêneos em que a fase dispersa é líquida ou semi sólida e a fase interna é
constituída por partículas sólidas insolúveis no meio utilizado.” Diante deste conceito, faça um desenho esquemático
de uma suspensão indicando as fases interna ou dispersa e externa ou dispersante.
2)
Existem vários fatores que levam a indústria farmacêutica a preparar um medicamento na forma de
suspensão. As especialidades farmacêuticas descritas abaixo são representam alguns destes exemplos. Pesquise o
motivo que levou à escolha da forma farmacêutica suspensão para as especialidades farmacêuticas descritas na
primeira colune e, em função desta razão, relacione a segunda coluna de acordo com a primeira.
(1)
Benzetacil
( ) Insolubilidade do fármaco
( ) Liberação prolongada do fármaco
(2)
Cloranfenicol suspensão 25mg/mL
( ) mascarar sabor
(3)
Otosporim
3)
Leia atentamente a bula dos medicamentos descritos acima e encontre, na formulação, o agente suspensor e
o agente molhante.
CLORANFENICOL
Composição de Cloranfenicol
suspensão: cada colher das de chá (5 ml)contém: cloranfenicol (na forma de palmitato) 125 mg; excipientes: água,
glicerina, ácido etílico, carboximetilcelulose, polissorbato 80, glicolato de amido, essência, dióxido de titânio, sacarina
sódica, ciclamato de sódio, metilparabeno.
Composição de Otosporin
cada ml de suspensão contém: sulfato de polimixina B 10.000U.I., sulfato de neomicina 5 mg, hidrocortisona 10 mg.
Excipientes: álcool cetoestearílico, metilparabeno, monolaurato de sorbitano, polissorbato 20 e água
Indicações de Otosporin
tratamento de otite externa ocasionada ou complicada por infecção bacteriana. O uso de Otosporin não exclui
tratamento sistêmico concomitante com antibióticos, quando for adequado.
Apresentação de Benzetacil
1.200.000 U (300.000 U/mL): Embalagem contendo 1 ou 10 frascos-ampola com 4 mL.
Composição:
Cada ml de suspensão contém:
benzilpenicilina benzatina.....................................................................300.000 U
excipientes* q.s.p.........................................................................................1 mL
Excipientes: citrato de sódio, povidona, edetato dissódico, propilparabeno, metilparabeno, metabissulfito de sódio,
lecitina de soja, polissorbato 80, água para injeção.
A penicilina G benzatina resulta da combinação de duas moléculas da penicilina com uma da NN´
dibenziletilenodiamina (benzatina). A benzilpenicilina (penicilina G) exerce ação bactericida durante o estágio de
multiplicação ativa dos microrganismos sensíveis. Atua por inibição da biossíntese do mucopeptídeo da parede
celular. A benzilpenicilina benzatina apresenta uma solubilidade extremamente baixa com conseqüente liberação
lenta a partir do local de administração. A droga é hidrolisada à penicilina G. Esta combinação de hidrólise e absorção
lenta resulta em níveis séricos mais baixos, porém muito mais prolongados, do que outras penicilinas para utilização
parenteral.
4)
Descreva, do ponto de vista físico químico, por que as partículas dispersas em uma suspensão tendem a se
agrupar.
5)
Quando, na preparação de uma suspensão, as partículas tendem a flutuar, que classe de adjuvante
farmacotécnico deve ser utilizada para solucionar o problema.

Propionato de testosterona Polissorbato 80 Agua purificada Proponha uma alteração na formulação que solucione o problema através da redução da diferença entre a densidade das partículas do Propionato de testosterona e do líquido dispersante. 7) Na preparação de uma suspensão é necessário que as partículas se encontrem homogeneamente dispersas no veículo por um período de tempo satisfatório e que sejam facilmente ressuspensas após deposição.1% de polissorbato 80 na formulação.6) Um farmacêutico preparou uma suspensão de hidrocortisona. Sabendo que a tensão superficial do sólido é 123 a tensão superficial do líquido passou de 75 para 69. esta equação pode ser utilizada para relatar tal fenômeno. Para solucionar o problema adicionou 0. considerada o mais utilizado. A) Qual é este processo? B) Que classe de adjuvante farmacotécnico deve ser adicionada à formulação para que se obtenha a redução de V. Lei de Stokes V = velocidade de sedimentação das partículas V= 2r2 g (D1-D2) dispersas 9η r = raios das partículas D1 = densidade da fase dispersa D2 = densidade da fase dispersante g = aceleração da gravidade η = viscosidade da fase dispersante A formulação descrita abaixo foi preparada e. verificou-se elevada velocidade de sedimentação das partículas. A velocidade de sedimentação das Partículas dispersas em uma suspensão não seguem inteiramente a Lei de Stokes mas. . de se garantir a redução na velocidade de sedimentação das partículas do Propionato de testosterona. pelo processo descrito na letra A? a) b) c) d) 9) Uma outra alternativa será diminuir o tamanho das partículas pela metade. há um outro processo. Contudo. para efeitos práticos. 8) Na questão 7 sugeriu-se intervir nas diferenças de densidade entre as fases dispersa e dispersante. Este adjuvante farmacotécnico reduziu a tensão interfacial sólido-líquido de 83 para 60. calcule o ângulo de contato entre aq hidrocortisona e o veículo mantes e após a adição do polissorbato 80. durante os ensaios de avaliação do produto final . Observou o efeito da flutuação das partículas. o que acontecerá com a velocidade? A velocidade de sedimentação dobrará A velocidade de sedimentação será diminuída pela metade A velocidade de sedimentação será 4 vezes maior A velocidade de sedimentação será 4 vezes menor. Neste caso.