ATOS DOS APÓSTOLOS / CAP 3

A cura de um coxo: O discurso de Pedro no templo

ATOS 3: 1‐ Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.
Após a descida do Espírito Santo estes homens jamais foram os mesmos (I Sm 10: 6‐ 7; I Sm 16: 1‐ 13; I Sm 17: 1‐
54).Pedro e João eram judeus e a oração da hora nona, quinze horas do nosso horário, ou três da tarde, era uma
ordenança (Mt 21: 13; II Cr 7: 14‐ 16) , portanto todo bom judeu conhecedor da lei não perdia esta oração (Gl 2: 1‐ 14).
O Templo além de ser um lugar de oração também era o lugar onde os escribas e fariseus discutiam a lei, e falavam
sobre Moisés (Atos 15: 6‐ 21). Pedro como um bom discípulo de Cristo, seguidor das pegadas do Mestre (Lc 4: 14‐ 15)
não podia perder a oportunidade de ministrar no Templo (Atos 2: 46; Atos 5: 42; Jo 7: 14; Is 52: 7; II Tm. 4: 1 – 5).
A chuva do Espírito estava caindo sobre Jerusalém, Pedro e os apóstolos ainda não tinha entendido a dimensão do
tamanho do poder que estava sobre eles, mas sabiam que estavam sendo dirigidos pelo Espírito Santo e que não
podiam deixar de falar do Senhor Jesus (Atos 4: 18‐ 20). Quanto mais você fala de Jesus, mais você desfruta da sua
presença (Lc 24: 13‐ 32). Quanto mais você fala de Jesus, mais próximo você esta Dele (Atos 18: 9‐ 10), e quanto mais
próximo você estiver Dele, mais você vai se surpreender com o seu poder (Mt 8: 23‐ 27).  Se você decidiu andar perto
do Senhor Jesus Cristo (Rm 10: 8‐ 10; Rm 8: 1; Jo 4: 23‐ 24), se prepare: você vai ver o sobrenatural de Deus (Ag 2: 5‐
7; Jo 7: 37‐ 38; Ag 2: 8‐ 9; Jo 7: 39). Havia uma unção muito grande na pregação (Atos 2: 14‐ 41), e então movidos pelo
Espírito Santo, pois este se movia de um lado para outro procurando novos crentes para encher (I Sm. 19: 12‐24; Atos
4: 1‐31; Atos 8: 14‐17; Atos 10: 1‐46; Atos 19: 1‐7), se dirigiram ao templo.
ATOS 3: 2 – E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos s dias punham à porta do
templo, chamada Formosa, para pedir esmolas aos que entravam.
 Este coxo não chegou ali por acaso; o texto diz que ele era levado por alguém. Alguém o colocava todos os dias na
porta do templo. Então Pedro e João sabiam que este homem estava na porta do templo? Os discipulos de Jesus
estavam acostumados a freqüentar o templo. Jesus freqüentava o templo e os seus discipulos, o seguia (Lc 4: 14‐ 21; Jo
7: 10‐ 14). O Espírito deve ter lembrado Pedro; deve ter falado ao seu ouvido: “Olha o coxo”. E Pedro deve ter falado
para João: Têm o coxo na porta do templo, mais uma oportunidade para pregar Cristo com poder (I Co 2: 1‐ 5; I Co 4:
20; I Co 1: 18‐ 24).  O palco estava armado. O templo, a hora da oração, a multidão e o coxo, tudo estava pronto
esperando a atuação do maior (Ex 3: 1‐ 14; Mt 18: 19‐ 20; Atos 1: 8).  A presença de Jesus na igreja confirmando os
testemunhos dos seus atalaias (Is 52: 6‐ 7; Jo 14: 18; Jo 15: 1‐ 27) era aguardada nas regiões celeste, no céu, na terra e
embaixo da terra (Fp 2: 9‐ 11).  Assim como, Ele esteve por quarenta anos guiando Israel no deserto através de uma
nuvem de dia e uma coluna de fogo à noite (I Co 10: 1‐ 4; Ex 13: 17‐ 22), agora ele vai à frente da igreja como um
poderoso guerreiro (Jr 20: 11; Hb 13: 8), de dia e de noite (Mt 28: 18‐ 20). Assim como Ele era a rocha que matou a
sede de Israel no deserto ele é Rocha que mata a sede da igreja (Ex 17: 1‐ 6; Rm 9: 30‐ 33; Jo 7: 35‐ 37; Ap 22: 17).
Este homem não era simplesmente manco, ele era coxo das duas pernas, ele não andava, ele rastejava. Alguém amava
aquele homem, alguém se importava com ele (Rm 13: 8; I Jo 3: 18). Quantos que conhecemos que são coxos? Quantos
que conhecemos e sabemos que não andam com suas pernas, e que não tem força nos pés para chegar à porta do
templo? (Ef 6: 14‐ 15).  Quantos que está precisando ser levado a porta (Jo 10: 9) do templo? A obra de João Batista é
a obra da igreja (Mt 3: 1‐ 2). João Batista mostrou para a igreja a porta do céu (Jo 1: 35‐ 51; Gn 28: 10‐ 17; Jo 14: 6; I
Tm 2: 1‐ 5). O que você está esperando para levar os coxos que você conhece a porta de céu? (Jo 7: 37‐ 39; Is 55: 1‐ 2;
Ap 22: 17; Lc 10: 25‐ 37). Deus tinha um plano com este homem, e o Espírito Santo tinha uma obra a fazer. Este coxo
era colocado todos os dias a porta do Templo. Em um dia e em um tempo determinados por Deus este coxo iria
conhecer a glória de Deus (Ec. 3: 1). Todos os dias aquele homem ficava na porta do templo esperando as migalhas.
Aquele homem não ficava naquele local para adorar, ele não estava naquele lugar em busca de um milagre para sua
vida, ele estava naquele lugar em busca do sustento para sua vida miserável (I Sm 2: 1‐ 6; Jó 5: 13‐ 15; Sl 9: 18; Zc 9:
12ª).
Quantos que estão na porta do templo, e não entram para adorar (Jo 4: 23‐ 24) por que estão atrás do sustento para sua
vida miserável (I Co 15: 19; Jo 6: 22‐ 27ª; Mt 6: 19‐ 33).  A porta Formosa, tratava se da porta de Susã (produzida com
bronze da cidade de Corinto) localizada na parte oriental do templo, que ficava próxima do pórtico de Salomão. Ela se
encontrava bem perto do mercado, onde se comercializava pombos e outros animais (Jo 2: 13‐ 14). Foi neste lugar
Jesus repreendeu os cambistas (Mt 21: 12‐ 13) A porta formosa, fazia a ligação da parte exterior do templo ao pátio dos

Pedro e os apóstolos estavam vivendo um momento novo em suas vidas (Jo 13: 1‐ 7. Mq 4: 1‐ 2. do que o Reino de Deus (Mt 13: 44‐ 46. Jo 4: 23‐ 24). Is 35: 1‐ 6. I Co 2: 9. Atos 1: 8). Encontraram um homem chamado Jesus e tudo mudou (Jo 1: 35‐ 51). o nazareno. Para aquele homem. vivendo da migalha (I Co 15: 19. Rm 8: 1‐ 37. Pedro movido pelo Espírito Santo olhou para aquele homem. I Jo 3: 18) e viu através dos olhos daquele homem que a sua alma clamava por algo maior do que aquelas migalhas que doavam para ele na porta do templo (Is 61: 1‐ 2. ATOS 3: 6 – E disse Pedro: Não tenho prata e nem ouro. Amós 8: 11). Jo 6: 60‐ 68). Ap 3: 20). Não conseguem andar (II Pd 3: 17‐ 18. não desvie os olhos. A promessa de Deus é para o crente (Gl 3: 8‐ 14). ATOS 3: 3 – Ele. e não o salvo (Rm 10: 8‐ 13. com João. só falam em dinheiro e riquezas (I Tm 6‐ 10). através dos ensinos dos apóstolos e profetas (Ef 2: 11‐ 22. I Co 15: 46‐ 49. completamente cheio de poder. fitando os olhos nele. Até quando vamos ficar com os nossos olhos voltados para este mundo? (Tg 4: 4‐ 5. Mt 6: 24). Jo 6: 60‐ 68. Atos 1: 8. O crente já recebeu de Deus (Jo 3: 16). vendo a Pedro e a João. Jo 3: 1‐ 12). Mt 6: 24). Naquele dia e naquele momento. Jo 1: 35‐ 51). Mc 16: 15). Gn 28: 10‐ 17. Mt 6: 19 ‐ 33. bênçãos materiais. vivendo de migalhas (Lc 4: 1‐ 7. I Jo 2: 15‐ 17. você pode entrar no na presença do Pai e adorar (Hb 10: 19‐ 23. Jr 9: 23‐ 24). Pedro era homem misericordioso se compadeceu. Temos uma geração de coxos do lado de fora do templo.   ATOS 3: 4 – E Pedro. até quando vamos ficar pensando nas coisas terrenas? (Cl 3: 1‐ 3). I Pd 2: 1‐ 5. não olhe para outra direção. Atos 10: 9‐ 29). este encontro iria mudar a sua história (Gn 28: 10‐ 17. Lc 4: 14‐ 21. Corpo. sentiu o coração atraído pela situação daquele homem. Mt 16: 13‐ 18. Jo 15: 18‐ 19. Do lado de fora o templo (Jo 14: 5‐ 12. Ministérios de prosperidade. Is 55: 1‐11. Porque Pedro se preocupou em que aquele homem olhasse para ele? Pedro amou aquele homem (Rm 13: 8. Jr 33: 3. Jo 7: 37‐ 39. Ele só não sabia que neste dia. Os apóstolos eram pessoas simples em sua maioria gente que vivia da pesca (Mt 4: 1‐ 22) e de poucas letras (Atos 4: 13). Jo 14: 26. Fp 3: 12‐ 14). O véu já foi rasgado (Lc 23: 33‐ 45).gentios. Mt 16: 13‐ 18. permaneça olhando para o alvo (Hb 12: 1‐ 2. ATOS 3: 5 – E olhou para eles. Lc 22: 29). Jo 1: 35‐ 51. pois havia um fluxo muito grande de pessoas de um lado para o outro (Is 54: 1‐ 3. nem pensou nas pernas. Pedro e João eram mais alguém para lhe dar algumas migalhas (Atos 3: 3). Aquele homem já estava acostumado com as migalhas que recebia na porta do templo (Atos 3: 1‐ 2). I Co 11: 1). ela clama (Lc 4: 14‐ 21. Cl 3: 1‐ 3) preferem esmolas (I Tm 6: 3‐ 10. Jo 21: 15‐ 18). As estratégias da igreja são para alcançar o perdido (Atos 1: 8. se vêem cheio do Espírito Santo e do poder de Deus (Atos 2: 1‐ 4. Quando tudo parecia que iria virar um tempo só de perseguição e fuga (Lc 22: 31‐ 34 e 54‐ 62). Jo 6: 26‐ 27). entrar no templo e só adorar (Jo 4: 19‐ 24. Ap 3: 20). disse: Olha para nós. isso te dou. e no melhor entendimento. Mt 18: 19‐ 20. alma e espírito entregue aos e desejos e vontade do Espírito Santo (Jo 13: 1‐ 9. Ap 2: 1‐ 5). falando das maravilhas do Reino de Deus (Atos 1: 1‐ 3.  . as estratégias não (I Co 9: 19‐ 22). criar coragem. Esta chegando à hora da igreja dar um basta nisto (Mt 16: 13‐ 18). esperando receber deles alguma coisa. Jo 21: 15‐ 17) se alegraram com Jesus (Lc 10: 17‐ 24) aprenderam com Jesus (Mt 10: 23‐ 25) sofreram por Jesus (Mc 14: 43‐ 52) se deliciaram ouvindo a voz do Jesus ressurreto. Não foi isto que o Mestre nos ensinou (Lc 4: 1‐ 8. As igrejas de hoje estão abarrotadas de coxos que vivem pensando nas esmolas (Fp 3: 18‐ 19. ou seja. Aquele homem vendo Pedro e João pensou logo na esmola. É assim que o crente olha á igreja: Esperando receber alguma coisa. Em nome de Jesus Cristo. com a vida toda transformada pelo seu poder (I Sm 10: 6‐ 7). Até quando o salvo vai ficar no lugar do perdido? (Mt 9: 12). disse: Eu sei o que você esta querendo: O que você esta querendo eu não tenho para te dar (Lc 4: 4. I Tm 2: 5). Jo 7: 37‐ 39). e também para Pedro e João. levanta‐te e anda. mas o que tenho. I Co 12: 1‐ 13). A vinda de Cristo se aproxima (Ap 22: 12). que iam entrando no templo. disse: Olha para nós.). e não ser semelhante ao coxo (Dt 28: 13. Ap 1: 17‐ 18. pediu que lhe dessem uma esmola. Mt 6: 24). O crente nasceu para se assemelhar ao Mestre (Lc 6: 40. Pedro fitando os olhos nele. Andaram com Jesus durante três anos (Mc 1: 14‐ 17. Ap 5: 1‐ 10). mas a sua história iria mudar (Is 33: 20‐ 24. A alma desta multidão não aguenta mais estas migalhas. Hb 6: 13‐ 20. A igreja de Cristo tem o coração de Cristo (Lc 18: 35‐ 42). aquele homem não sabia. Pedro e João estavam entregue a o Espírito Santo. No meio daquela multidão que transitava de um lado para o outro havia dois que estavam totalmente tomados pelo Espírito Santo.  Um sentimento de misericórdia invadiu o seu coração (Mt 5: 7). Portanto era lugar estratégico para um mendigo. totalmente sobre sua direção (Jo 16: 7‐ 14.  Podemos deixar as migalhas do lado de fora. Mt 13: 44‐ 46). I Pd 3: 17‐ 22).

agora louva. O que mais impressionavas os religiosos é que o milagre aconteceu na porta do templo (Jo 10: 9) e não dentro do templo (Mt 24: 1‐ 2). O Espírito Santo conduziu os apóstolos a colocar o homem de pé (Is 35: 1‐ 3). a enfermidade. aprendeu com o Mestre (Mt 8: 1‐ 9. Mt 21: 18‐ 20. o milagre não foi feito por escribas. saltando e louvando a Deus (Is 35: 1‐ 6). Pedro e João movido pelo Espírito Santo foram ao templo mudar a história de muita gente e começou por aquele coxo (Atos 3: 2‐4). cada um com seus próprios olhos viram aquele homem que não andava. Pv 14: 12). (Lc 4: 1‐ 6. pois era o que ele tinha de melhor (Mt 13: 44‐ 46). ele não entrava no templo. andou e entrou com eles no templo. não é este o objetivo do Espírito Santo e da igreja (Ap 22: 17. muitos milionários ficando bilionários (I Tm 4: 1). muitos daqueles acostumados com a oração do templo o conheciam. 6: 45ª). o homem.  O momento era mágico. I Jo 5: 19). que não faziam parte da elite. Vejo muitos pobres ficando ricos. Existe aqui um contraste com que Pedro ofereceu ao homem. Mc 16: 15‐ 17. obedecer e se dobrar (Fp 2: 9‐ 11). mas ele deu um salto para o sobrenatural (Jr 33: 3. ele vai oferecer o materialismo. Jo 7: 35‐ 37). Aquele homem já estava acostumado com aquela situação. e agora cheio do Espírito Santo fez o uso dela (Mc 16: 15‐ 17. não louvava e não entrava no templo. I Co 1: 26‐ 31). A obra do Espírito Santo é restaurar os pés e não paralisar (Ez 2: 1. ele não pulava. ele não louvava. riqueza. A igreja de Cristo em comunhão com o Espírito Santo não esta na terra para dar aquilo que os homens querem (Jr 17: 9. não pulava. muitos dos que estavam também. A multidão viu. só era percebido pelas migalhas que pedia na porta do templo (Atos 3: 2). Pedro ofereceu Cristo Jesus. andando. e do poder que esta em seu no nome (Atos 1: 8. I Jo 5: 19). pois ele era o que se assentava a pedir esmola â porta Formosa do templo e ficaram cheios de pasmo e assombro pelo que lhe acontecera. as pernas daquele homem precisavam escutar. tomando‐o pela mão direita. paralíticos e coxos andando e mortos sendo ressuscitados (Lc 4: 14‐ 19. que aprenderam e andaram com Jesus. Mt 11: 28). agora anda. Ele era conhecido. todos os dias era colocado a porta do templo para pedir esmolas (Atos 3: 1). I Co 12: 1‐ 13. Pv 13: 7). sentia desejo de entrar no templo para adorar. Is 35: 1‐ 7. Mt 28: 18‐ 20. ele não ficou tonto. pulando. Quando aquele homem se colocou de Pé. Pv 24: 16ª). Is 55: 1‐ 3). O nome de Jesus faz a natureza. O homem bom só pode oferecer a outro homem aquilo que ele tem de melhor (Lc 10: 25‐ 37). Atos 8: 1‐ 7. Dinheiro o mundo têm. Aquele homem não ficou parado no natural. cego enxergando. pois este. andando. O mundo não precisa de dinheiro. Mt 18: 19‐ 20). Pedro não trouxe para aquele homem aquilo que ele queria. Pedro já conhecendo esta autoridade (Mt 10: 1‐ 9). Is 33: 23‐ 24). Pedro deu uma ordem. pois é o que ele tem de mais precioso (I Tm. E conheciam‐no. os membros do homem. e louvando a Deus. o mais precioso (Jo 3: 16). Tinha vontade de andar e não andava. Sl 26: 12). meio sonolento. as regiões celestes. Pedro ofereceu aquilo que enchia o seu coração (Lc. ouro e prata o mundo têm (Lc 4: 6‐7. mas não vejo. Fp 2: 9‐ 11). Mt 17: 24‐ 27). A obra da igreja é colocar de pé e não derrubar (Hb 3: 17‐ 19. o inferno. e entrou com eles no templo. Atos 16: 31). ATOS 3: 7e 8‐ E. ouro ou prata. Atos 8: 1‐ 7. Lc 5: 1‐ 5).  As pernas daquele homem precisavam receber uma ordem. Foi realmente milagre de Deus (Is 66: 10‐ 14. pastores e pregadores oferecem hoje aos coxos da vida. e mais. O texto diz que logo pés e artelhos se firmaram e aquele homem saltando se pôs‐ se em pé (Jr 31: 25. Vemos em nosso meio vários ministérios para prosperar e trazer bênçãos materiais (I Co 15: 19). com aquilo que os ministérios. Homens simples de poucas letras. Jo 7: 35‐ 37. como quem não sabe o que esta acontecendo (I Co 14: 33). tinha medo e vergonha (Is 49: 15‐ 16). e saltando. Aquele homem precisava das pernas saudáveis e não de ouro e prata (Atos 8: 1‐ 8). pastores e pregadores o melhor é o materialismo. agora pula. A igreja de Deus não tem para oferecer ao perdido o que há mundo (I Jo 2: 15‐ 17).Pedro não tinha para oferecer aquele homem o que o mundo tem para oferecer (Tg 4: 4‐ 5).  E. I Co 2: 9). muitos ricos ficando milionários. A obra do Espírito Santo é oferecer ao mundo aquilo que ele não tem. Aquele homem estava preso não tinha motivo algum para louvar. Você pode perguntar: Pernas têm ouvido? (Lc 1: 37. agora entra. Ele saltou. louvando a Deus e entrando no templo com suas próprias pernas (Lc 14: 15‐ 23. (Atos 4: 1‐ 13). Satanás. mas sim aquilo que ele precisava. Jo 15: 16‐ 21 ). Is 35: 1‐ 6ª). pôs‐se em pé. e logo os seus pés e artelhos se firmaram. e andou. Is 55: 1‐ 3. Quando para o homem para os ministérios. e sua vida nunca mais foi à mesma (Is 41: 15‐ 20. Pedro logo estendeu a mão para aquele homem e o levantou (Is 53: 1‐ 5). mudo falando. de repente tem a sua oração (Atos 1: 1) interrompida por um homem que a até então. Embora Deus seja o dono de tudo (Is 45: 5‐ 7). cruzaram o seu caminho. 6: 3‐ 10. sacerdote ou qualquer outro parte da elite (Lc 10: 17‐ 21. Pedro falou ao mundo espiritual (Mt 16: 13‐ 19. O Espírito Santo naquele dia não trouxe para aquele homem aquilo que ele queria. aprisionados pelo pecado e pelo materialismo. mas sim aquilo que eles precisam (Ap 22: 17. a morte. surdo ouvindo. Pv 28: 20). tementes a Deus.  A multidão que já lotava o templo. o levantou. Ele não andava. Diz o texto: Andando. Quando aqueles que conheciam . os demônios. saltando ele. mas trouxe aquilo que ele precisava (Mt 6: 25‐ 33). ATOS 3: 9 e 10 – E todo o povo o viu andar e louvar a Deus. o mundo precisa do Desejado das nações (Ag 2: 5‐ 7 e 9). do ouro e da prata (Ag 2: 8). riqueza o mundo têm. A obra do Espírito Santo não é oferecer ao mundo aquilo que ele já tem. e sentir o quão maravilhoso é este nome (Is 9: 1‐ 7).

Isaque (Gn 22: 1‐ 19. Jo 16: 7‐ 14. Apocalipse 1: 17‐ 18. 2: 15). Rm 5: 1‐ 2. mas sim para Cristo (Sl. Jo 15: 16‐ 27. Lc 12: 32. apegando‐se o coxo. Lc 6: 17‐ 20). Este homem. do dia para a noite este homem ficou famoso (I Sm 2: 1‐ 6. pregadores. Devemos observar que Pedro era um homem com discernimento tremendo (I Co. A obra do Espírito Santo é fazer a multidão ver com os seus próprios olhos: (Atos 1: 8. ou o barulho das moedas que poucas vezes caiam em sua caneca (Is 49: 15‐ 16. com certeza vai chamar a atenção. Em um piscar de olho Deus mudou a sua história (Mt 12: 28. mas o objetivo de Pedro não. descendente do filho da promessa. disse ao povo: varões israelitas. Jo 7: 16‐ 7). É o que deveria fazer tantos lideres pastores. Atos 16: 31). 12: 6. É Ele quem opera (II Co. Pedro envolvido pelo Espírito Santo. por que vos maravilhais disso? Ou. promessa de Deus para o povo israelitas (Is 11: 1‐ 10. como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem?  Os apóstolos estavam revolucionando o mundo. O acontecimento foi tão sobrenatural que a multidão passou a ver Pedro e João como super homens. 115: 1. todos temos acesso a sala do trono (Hb 10: 19‐ 20. Mt 6: 25). Jo 3: 16). A multidão olhava para Pedro e João como se eles por suas capacidades teriam feito tal milagre. Atos 8: 1‐ 8). que gerou as doze tribos (Gn 29: 18‐ 35. É bom lembrar que o VT. 2: 1‐5. por que olhais tanto para nós. Mq 4: 1‐ 2). será que ele mudou? (Jo 16: 7‐14. Pv 18: 10). João e o homem que pouco antes era coxo. Pedro começa sua pregação levando a Palavra para o inicio do projeto de Deus para com eles. cantores e outros mais. Jo 10: 9). Abrão foi o inicio deste povo (Gn 12: 1‐ 3. Fp 2: 9‐ 11). como a que estava sobre Pedro. E. Atos 2: 22‐ 36). Quando alguém com uma manifestação poderosa do Poder de Deus. a Pedro e João. eram adorados pela multidão. I Sm 10: 6‐ 7. Is 53: 1‐ 7. agora na hora de receber a glória ele rejeitou. 2: 13). o Ungido de Deus profetizado pelos profetas (Jo 1: 35‐ 36. ao alpendre chamado Salomão. Jo 14: 26). glorificou a seu filho Jesus. que gerou Jacó (Gn 25: 24‐ 34). Sl 34: 5. ATOS 3: 11 e 12 – E. assim como mudou a vida e história deste homem (Mt 13: 44‐ 46. maravilhados de ver aquele homem que antes rastejava agora cheio de alegria e louvor se jogando de corpo alma e espírito no Reino de Deus (Rm 14: 17. tendo ele determinado que fosse solto. ATOS 3: 13 – O Deus de Abraão. I Co. I Co. a mensagem que o Espírito Santo lhe dava tinha outro objetivo em sua vida (Jo 15: 26‐ 27. Este Jesus que era filho da terra (Mt 13: 53‐ 56). o que não anda andando. sim. Rm 11: 33‐ 36). Atos 4: 1‐ 12. agora não é mais o desprezado. o Jesus o qual eles colocaram em sepulcro e Deus o tirou de lá (Atos 2: 22‐ 24. o Deus de nossos pais. quando Pedro viu isto. O Cristo prometido a Abraão (Gl 3: 13‐ 16). I Co 1: 18‐ 24. começa outra pregação. que fora curado. Jr 9: 23‐ 24). Jo 1: 35‐ 51. Agora o tema é: O NOME DE JESUS TEM PODER. Filipenses 2: 9‐ 11. povo hebreu (Atos 3: 25). pois entendia que não era para ele o olhar. Gn 30: 1‐ 26). Fp. O caído de pé. o Jesus que eles mataram (Lc 23: 33‐ 46). eles entregaram para ser crucificado e perante Pilatos o negaram (Lc 23: 1‐ 23). todo o povo correu atônito para junto deles. O objetivo do Espírito Santo estava sendo alcançado (Atos 1: 8). Pedro. da Graça de uma nova Dispensação. pois foi o Espírito Santo quem o colocou nesta situação. Pedro esta dizendo a eles: “Olha. dentro do templo (Jo 2: 13‐ 21. super poderosos. Jo 14: 23‐ 26. Era isto que acontecia. Deus quer que você adquira na sala do trono um tesouro que vai mudar a sua vida e sua história. não é mais aquele homem que todos os dias ficava na porta do templo ouvindo um não. filho de Jacó (Ap 5: 1‐ 5.o coxo. estão de fora do templo. que Deus o ressuscitou (Atos 2: 22‐ 36). I Co 2: 1‐ 5). Lc 4: 14‐ 21). o que não louva louvando e os que. Lc 17: 20‐ 21). o que não pula pulando. No começo do capítulo na porta do Templo ele chamou a responsabilidade para si ao dizer olha para mim (Atos 3: 3‐ 4). era desta maneira que o Espírito Santo agia. Pedro em sua pregação mostra para a multidão que Israel rejeitou o Cristo enviado pelo Deus dos patriarcas (Ex 3: 1‐ 6). e herdeiro da tribo de Judá. por isto qualquer pregação e ensino se quiser alcançar o objetivo que é a conversão e o arrependimento do ouvinte deve apontar para Cristo (I Co 1: 18‐ 24. Atos 3: 6‐ 8. 3: 4 ‐ 5. mas sim no templo. o viram totalmente renovado. Atribui a Jesus o milagre e exorta o povo a ter fé no nome de Jesus (Atos 3: 16. não o reconheceram o Messias. Gn 28: 10‐ 17. e de Isaque. transformado saltando e louvando a Deus ficaram espantados. Jo 14: 6). Hb 7: 11‐ 14). Aquela multidão enlouquecida e assombrada pelo que tinha acontecido agarrou o coxo. ou seja. ao alpendre chamado Salomão. agora não no cenáculo e nem nas ruas de Jerusalém. a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes. algo novo estava acontecendo. Pedro e João carregando os três como se carrega os campeões os levaram. Pedro tinha outro objetivo. vocês estavam tão cegos (II Co 4: 3‐ . que recebem com prazer a glória que é somente do Senhor Jesus (Ap 4: 10‐ 11. Pedro aproveita o momento para pregar Jesus (Pedro não perdia tempo) ele aponta para Jesus. O objetivo da igreja estava também sendo alcançado (Ap 22: 17). O véu do templo se rasgou (Mt 27: 32‐ 51). II Pd 1: 16‐ 17. Lc 22: 29. e de Jacó. Abraão gerou Isaque (Gn 21: 21‐ 3). a Lei os Profetas são sombras do NT. Lc 24: 1‐ 12). A primeira pregação de Pedro tinha o tema JESUS VIVE.

Pedro dentro da pregação mostra á eles. Atos 2: 22‐ 24. e não o mal. era Deus dando outra oportunidade e dizendo: ‘Olha o que vocês estão fazendo. Por ser o primeiro milagre feito por um líder da igreja. Aquele homem muitas vezes deve de ter pensado: “Quantas oportunidade eu perdi. no meu. Pedro continua: “olha. mas a morte não pode conte‐lo.  O texto diz que aquele homem era colocado todos os dias na porta do templo (Atos 3: 2). quantas vezes Jesus passou por mim e eu não tive coragem de lhe pedir misericórdia. mesmo depois de Pilatos mandar soltar o Cristo. Sl 12: 6). Pedro com autoridade de Deus e revestido do poder acusa os multidão e também a liderança judaica que era formada por príncipes e sacerdotes (Mt 27: 1). e se fosse usado outro nome que não fosse o nome de Jesus também nada aconteceria (Fp 2: 9‐ 11. Aquele que opera o milagre é Jesus. e conheceis”. dentro de você (Lc 17: 20‐21. eles estavam do lado inimigo (Jo 8: 39‐ 44). Sl 118: 20: Jo 10: 1‐ 9). ATOS 3: 14 – Mas vós negastes o Santo e o Justo e pedistes que se vos desse um homem homicida. O que aquele povo fez foi muito grave (Mt 23: 33‐ 39). Se o coxo vacilasse no crer nada aconteceria (Tg 1: 6‐ 7). Is 29: 13. II Tm 4: 1‐ 5). I Tm 2: 14‐ 21). pertinho. Quem foi que fez esta obra? A multidão eufórica exaltava e endeusava os dois apóstolos. Eles escolheram o mal. Jesus morreu no lugar de Barrabas (Mc 15: 7. Eles tiveram a oportunidade de escolher. Deus os ajudou. Fp 2: 9‐ 11). em nosso lugar (Jo 3: 16. escolheram o corrupto (Mc 15: 1‐ 11. Atos 18: 9‐ 10. que eles estavam do outro lado da guerra (Mt 27: 11‐ 25. Como assim? “Quando Pilatos resolveu soltar o Cristo (Lc 23: 1‐ 16). pela fé no seu nome. Jerusalém ainda estava debaixo de uma grande chuva (Atos 2: 1‐ 41. e a fé que é por ele deu a este. O que estamos escolhendo? (Mt 6: 19‐ 24). mas quem colocou o homem de pé foi à força poderosa do nome de Jesus ((Mt 28: 18‐ 20. quantas vezes me falaram dos milagres que ele realizava e eu não tive fé? (Lc 17: 11‐ 19. Sl 119: 11 e 105. estes também se encontravam no templo ((Mt 21: 13). I Co 3: 10‐ 11). O Espírito Santo esta ai.  A palavra era dura e batia forte no coração da multidão (Ez 36: 25‐ 26). Poder? (Ef 5: 18. I Pd 5: 8). na presença de todos vós. louvar sete vezes no dia (Sl 119: 164) e comer a Palavra dia e noite (Sl 1: 1‐ 3. Dt 30: 19. podemos crer que este acontecimento serve para trazer para nós ensinamentos que serão fundamentais para a nossa carreira (II Pd 3: 15‐ 18. I Jo 2: 15‐ 17). Ou melhor. Jesus passou por aquele homem? Jesus foi muitas vezes no templo (Mt 26: 55. Eles mataram o Príncipe da vida. I Co 6: 19‐ 20. cuidado com a escolha”. ou dentro do templo? (Atos 3: 4‐ 8. Tg 4: 4‐ 5. Mt 28: 28‐ 20. Jo 15: 1‐ 5). E você o que lhe falta para ser como Pedro. Podemos entender que Pedro esta perguntando a multidão. o homem é apenas o vaso (II Co 4: 6‐ 7. As coisas de Deus acontece no tempo de Deus (Ec 3: 1). ATOS 3: 15 – E matastes o Príncipe da vida. do que nós somos testemunhas. Estamos rastejando ou de pé? (I Co 15: 45‐ 50. eles negaram o Justo. Ex 20: 13). Lc 18: 35‐ 43. Atos 16: 31). Pv 14: 12. Estamos saltando e louvando a Deus (Sl 9: 1. Atos 1: 8). I Co 2: 9) e você vai sentir a sua presença (Mt 18: 19‐ 20. Pedro era testemunha por que ele conviveu por quarenta dias com Jesus ressurreto  (Atos 1: 1‐ 3). Fé? (Rm 5: 1. Ef 2: 11‐ 22). Hb 11: 6). Tiveram a oportunidade de escolher o bem e escolheram o mal (Mt 23: 29‐ 39. Primeiro: Foi à fé no nome de Jesus (Mt 17: 14‐ 20).4. E Pedro continua: E nós somos testemunhas (Is 44: 1‐ 8). a fé no nome de Jesus fez o seu nome (nome de Jesus) fortalecer a esse que vedes. Mt 24: 1). Falavam que até mortos ele ressuscitou”. Primeiro milagre feito por Pedro já como pastor e líder da igreja (Jo 21: 15‐ 17). Ef 4: 27. Ele passou por cima da morte e VIVE (Ap 1: 17‐ 18. Estamos na porta do Templo (Atos 3: 1‐ 2. Ef 4: 27). JESUS VIVE e o NOME DE JESUS TEM PODER. Ml 4: 2). Lc 7: 11‐ 15). Ouvindo a pergunta de Pedro a multidão se cala. fez o seu nome fortalecer a esse que vedes. Eles negaram o Santo preferiram o profano (Ez 44: 23). Jr 17: 5‐ 9). Segundo: Pedro só estendeu a mão para o homem (Jo 13: 1‐ 17). Jr 18: 1‐ 6. Que você seja como Davi: Davi escolheu orar três vezes ao dia (Sl 55: 17). por duas vezes eles tiveram a oportunidade de escolher (Mt 23: 37). Mt 14: 13‐ 21. testemunha de Cristo? Aceita‐lo? (Rm 10: 8‐ 9. Mc 2: 1‐ 12. Quantas vezes Pedro e João passaram por aquele homem? Quantas vezes. Mt 21: 12. ou perdido com a cabeça nas coisas terrenas? (Cl 3: 1‐ 3. Pedro diz: Vós negastes o Santo e o Justo preferindo um homicida (Mc 15: 8‐ 15) . Que você escolha o bem. Rm 5: 12‐ 21‐ 26). Rm 15: 12‐ 13.  (Jo 11: 1‐ 45. A multidão conhecia aquele homem. no seu. Atos 4: 1‐ 31). Sl 101: 6‐ 7. porque vocês estão olhando para nós? Nós não fizemos nada. (Jo 4: 19‐ 24. vocês o recusaram (Mt 23: 33‐ 39). Hb 11: 6). Rm 1: 16‐ 17. e conheceis. Os apóstolos estavam revolucionando a cidade com as mensagens do poder de Deus (I Co 1: 18‐ 24. JESUS VENCEU. ao qual Deus ressuscitou dos mortos. esta perfeita saúde. Ez 37: 1‐ 10). Clame ao Senhor (Jr 33: 3. portanto o coxo foi o principal responsável pela realização do milagre (Rm 5: 11. ATOS 3: 16 – E. Jr 53: 1‐ 12. juntinho. preferiram um baderneiro e homicida (Lc 23: 13‐ 18. Is 43: 8). Hb 10: 19‐ 20). Aquele homem deve ter respirado fundo e pensado: Há seu tivesse outra . I Co 2: 1‐ 5). Ef 5: 18‐ 19). Lc 24: 13‐ 32. A fé no nome de Jesus realizou o milagre. Is 9: 1‐ 6. Jo 5: 1‐ 15). Atos 16: 31). a fé no nome poderoso fortaleceu os ossos da perna daquele homem (Rm 1: 16‐ 17). Atos 3: 14.

irmãos. Gl 3: 8‐ 14). e ser realmente sua testemunha. mas o que tenho. Sl 34: 5). A conversão passa por um arrependimento profundo. usou o poder da Palavra (Atos 3: 1‐ 15). Ele é a tua saúde. com a voz rouca e cheio de medo. I Co 18: 14. se não fosse por este acontecimento passariam despercebidos (Atos 3: 1). os profetas falaram sobre o assunto. o arrependimento produz a conversão. os príncipes e sacerdotes fizeram foi muito grave (Mt 23: 33‐ 39. O arrependimento verdadeiro é maior sinal da fé em Deus (Hb 11: 6). Rm 10: 4‐ 13). pois. levanta‐te e anda (Atos 3:4‐ 5). O arrependimento alivia. Rm 11: 15‐ 28). Mt 21: 33‐ 44). tudo que está profetizado vai acontecer (I Ts 4: 13‐ 17. Hb 10: 19‐ . I Tm 2: 5. Mandaram crucificar‐ lo. o Messias veio. Eles ouviram a pregação de Pedro e três mil se arrependeram e se converteram (Atos 2: 37‐ 41). O povo estava cego e surdo (Mt 13: 1‐ 15. Jr 17: 7‐ 8. Rejeitaram a benção e a salvação (Dt 30: 19). A fé no nome de Jesus deu aquele homem à perfeita saúde. fitando os olhos nele. nada disso têm validade se não houver o arrependimento profundo (Hb 6: 1‐ 6). Como assim por ignorância? Pedro teve a mesma revelação de Jesus (Lc 23: 1‐ 34). Os profetas falaram desse tempo. Rm 5: 1‐ 11.   Para fazer parte da igreja de Cristo. E. no nome de Jesus. ele vê aqueles dois.oportunidade? (Mt 25: 1‐ 13). que isto? Fé. Pedro usou a Palavra. ele pede a esmola: (Atos 3: 3). passar pelo batismo das águas (Atos 2: 38). ele é a tua resposta (Jr 29: 7‐ 11. e soltar um bandido (Lc 23: 1‐ 23). e venham. Eles ouviram a vós do Espírito Santo e aceitaram a mudança que Deus estava fazendo em seus corações (Atos 2: 42‐ 47. II Co 4: 3‐ 4). como também os vossos príncipes. a conversão traz os tempos de refrigérios (Rm 4: 16‐ 20. assim como o nome de Jesus foi uma resposta para o coxo. mas eu sei que vocês fizeram por ignorância (Atos 17: 30). Tudo que estava profetizado tinha que acontecer (Is 53: 1‐ 12. Estava escrito: Que Cristo havia de padecer. mudar a direção. Quando ele ouviu Pedro dizer o nome de Jesus. O fato dos judeus não conseguirem interpretar as profecias messiânicas fazia e faz parte dos planos de Deus (Rm 11: 1‐ 12). Hb 12: 14. um dia sem menos ele esperar. diz: Não tenho prata e nem ouro. A fé produz arrependimento. que diante daquela multidão. tira o fardo do pecado. Dn 9: 17‐ 27. Mesmo sendo na ignorância é necessário haver arrependimento. havia tempo para o perdão de Deus (Atos 2: 38‐ 39). se a Palavra primeiramente foi escrita para eles? Por que eles não entenderam. a realização do milagre (Atos 3: 16). Is 6: 9‐ 10. o nazareno. sendo que eles buscavam o Messias nas escrituras desde os primeiros acontecimentos? (Jo 5: 26‐ 39). Aquela multidão ouvia atentamente Pedro dizer: Estava escrito. Se não houver arrependimento não há conversão. assim. Não deposite a sua confiança e tua esperança no homem (Jr 17: 5‐ 6 e 9). é preciso reconhecer o erro e produzir o arrependimento verdadeiro (Lc 3: 1‐ 14). Se não houver o arrependimento profundo. O arrependimento antecede a conversão. ATOS 3: 20 – E envie‐o a Jesus Cristo. e eles não o reconheceram (Jo 5: 36‐ 39). Ez 36: 24‐ 27). Deus não largou o coxo em um lugar de esquecimento (IS 49: 15‐ 16). Como ter a presença do Senhor se não mudamos as nossas atitudes? (Tg 4: 1‐ 5. eu sei que o fizestes por ignorância. Pedro esta dizendo: “O que vocês fizeram foi muito grave. para que sejam apagados os vossos pecados. Sem arrependimento não há perdão de Deus (Ez 18: 31‐ 32. mas vocês por ignorância não entenderam as escrituras (Os 4: 6. I Jo 5: 19). Eles esperavam o Messias. se eu me arrependi. Deus não se esqueceu de mim (Jo10: 16). e convertei‐vos. II Co 7: 14‐ 15). Em nome de Jesus Cristo. ou seja. O que foi isto? Fé. Lc 23: 1‐ 34. não há purificação das obras mortas (Atos 2: 37). Pedro ouve a sua voz. mas usou com misericórdia e amor (Rm 13: 8). os tempos do refrigério pela presença do Senhor. A força da igreja primitiva estava na sua fé. o Espírito era o mesmo (Jo 14: 15‐ 17). Jesus é o refrigério do Crente (Mt 11: 28‐ 30. mas eles não entenderam (Is 6: 9‐ 11. Eles tinham que se arrepender e se converter. Como isso acontece? O Crente pode ter feito a confissão de fé (Rm 10: 8‐ 10). ATOS 3: 19 – Arrependei‐vos. mas havia tempo para o arrependimento. I Tm 2: 5. Atos 3: 17. Veja o coxo: Pedro atribuiu à fé dele. Is 59: 1‐ 2). Mt 28: 18‐20. isso te dou. II Co 4: 3‐ 4). Atos 18: 9‐ 10). participar da ceia (I Co 11: 23‐ 26). Pedro inspirado pelo Espírito Santo aponta para a multidão o caminho para o refrigério (Jo 14: 6. mas não mudei?  A presença do Senhor é que traz o refrigério. Sl 51: 10‐ 17. Se arrepender e continuar fazendo tudo errado? Como alcançar os tempos do refrigério pela presença do Senhor. I Pd 5: 6). Pedro apontou para aquela multidão o caminho (Jo 14: 6. ATOS 3: 17 – E agora. Podemos dizer que ele lembrou e pensou: Minha hora chegou. Por que eles não entenderam. que já dantes vos foi pregado. traz o refrigério (Jo 3: 16). e tempos de refrigério são tempos de avivamentos (Atos 4: 32‐ 37). Ap 22: 12). O arrependimento verdadeiro traz o perdão de Deus (Lc 18: 9‐ 14. Jd 14. Deus não se esqueceu de você (II Sm 9: 1‐ 7). ATOS 3: 18 – Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado: que o Cristo havia de padecer. O que os israelitas.

o Jesus ressurreto (Jo 20: 19‐ 27).  Estes dias do qual esta falando o apóstolo: Nós fazemos parte. o coração dele não tinha lugar para outro (Jo 6: 60‐ 68. vosso Deus. Provavelmente eles pensaram: “Nós o crucificamos. Ez 47: 1‐ 10). Jesus vive (Ap 1: 17‐ 18). Porem. Este Jesus pode estar ao mesmo tempo no céu (Atos 7: 55‐ 56). Rm 1: 16‐ 17). como ele pode dizer: a Ele nós ouviremos” (Is 53: 1‐ 2). Jo 14: 23‐ 26. Jl 2: 13‐ 32. Atos 18: 9‐ 10. Atos 28: 26. não demos credito a sua Palavra. aqueles que não O ouve não são suas ovelhas. estava vivo. independente da sua ascensão. Atos 18: 9‐ 10. Tudo o que foi falado pelos profetas aconteceu (II Pd 1: 20‐ 21). Jr 17: 5‐ 6). que Jesus eles ouviriam em tudo quando que ele disser. mas sim o presente. desde o princípio. falando. morte. Pedro não estava falando do passado (Is 43: 25). Mt 21: 33‐ 41. Jo 15: 26‐ 27). e conduzindo em toda verdade (II Sm 23: 2. ATOS 3: 24 – E todos os profetas. Is 29: 13). Mt 6: 26‐ 32. o pior deles. a graça e o perdão a todos que se achegarem a Ele (Jo 3: 16. Como assim? (II Co 3: 3). Veja que Pedro fala de um refrigério até os tempos da restauração de tudo (Atos 2: 14‐ 21. mas na hora de entregar tudo em suas mãos não confiamos. Mt 11: 1‐ 13). levantará dentre vossos irmãos um profeta semelhante a mim: a ele ouvireis em tudo quanto vos disser. não havia espaço para outro (Mt 13: 44‐ 46). estamos vivendo o tempo da graça (Ef 2: 1‐ 9) do perdão (I Jo 2: 1‐ 2). a família (Sl 128: 1‐ 4). ATOS 3: 21 – O qual convém que o céu contenha até os tempos da restauração de tudo. a salvação na sua casa? (Atos 16: 31)? Ou você necessita de um refrigério espiritual? Você quer sentir o refrigério do qual Pedro esta falando? Pedro esta falando da presença do Senhor Jesus Cristo no coração daqueles que se convertem verdadeiramente (Lc 24: 13‐ 32. não terá direito a estes privilégios e serão totalmente exterminados (Hb 12: 12‐ 29.20). Is 34: 16). Hb 13: 20. ATOS 3: 23 – E acontecera que toda alma que não escutar esse profeta será exterminada dentre o povo. pois com certeza o livro recomendado pelo Espírito Santo será a Bíblia (Js 1: 8. . Jesus permanece o mesmo e nada mudou (Hb 13: 8). Jesus não está preso nas palavras dos profetas. alivio (Jo 14: 18) e paz (Jo 14: 26‐ 27). receber o perdão de Deus é benção. Os profetas. Vocês não O ouviram no passado. Pedro estava tomado pela presença de Jesus. Podemos entender como significado para refrigério: Refrescante (Ez 36: 25). Lc 4: 14‐ 19. desde Samuel. mas agora. Refrigério de Deus é benção. mas sim do presente (Hb 4: 1‐ 7). Jesus continua a sua obra através do Espírito Santo. Mt 28: 18‐ 20. O que queremos mais?Por que vivemos ansiosos. Lc 10: 17‐ 20). ressurreição e ascensão de Cristo (Is 53: 1‐ 12). não esperamos (Jr 17: 9. Esta nova oportunidade que Jesus estava dando a eles. Dias maravilhosos que Deus reservou para mim. Pedro completamente controlado pelo Espírito Santo (I Sm 10: 6‐ 7) recorre a Palavra de Deus para mostrar a multidão que Moisés já tinha profetizado sobre Jesus (Dt 18: 15). O mesmo Jesus que se faz presente entre as multidões (I Co 15: 3‐ 6). e só ele poderia através de sua onipresença. para você. Ele está dando a todos (Mt 11: 25‐ 30). Mt 23: 33‐ 39). desde Samuel e todos que vieram depois falaram sobre estes dias (Sl 110: 1‐ 13. Ap 3: 20). I Jo 4: 6). Lc 24: 13‐ 32). Ap 22: 17. é um tempo de bênçãos. Is 1: 1‐ 2. Jo 4: 23‐ 24). Por que dizemos que confiamos em Deus. por isso todos os acontecimentos o motivava a falar de Cristo (Lc 6: 45. ensinado. estar retido no céu e mesmo assim enviar a o refrigério através de sua presença (Atos 3: 19. Mt 25: 1‐ 13). não adoramos (Mt 6: 33. e está acontecendo (Mt 24: 35). Deus vos dá uma nova oportunidade (Lc 4: 14‐ 21) . ATOS 3: 22 – Porque Moises disse: O Senhor. Atos 4: 1‐ 12). Jesus está vivo pronto para trazer o refrigério (Jo 7: 35‐ 37. Pedro diz a multidão: O pobrema não é passado. Jo 4: 23‐ 24). Jesus é o pastor da Igreja (Jo 10: 14‐ 16.  Entre os pecados. Jesus Cristo é o refrigério que você precisa (Rm 5: 1‐ 11). lembrando. se faz presente também entre dois (Mt 18: 19‐ 20). nada O impede de trazer o refrigério aos que se convertem verdadeiramente (Jo 14: 18). dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas. Era necessário que a multidão reconhecesse os seus pecados (Atos 3: 19). Mq 5: 2. Jesus permanece no coração e na vida do crente (Mt 28: 18‐ 20. Quando o homem esta totalmente sob o domínio do Espírito Santo ele não vai recorrer a livros estratégicos com o mais puro conhecimento humano de Deus. Sl 139: 1‐ 7). Estamos vivendo o tempo do refrigério (Jl 3: 18. Jesus permanece na igreja. a rejeição ao filho de Deus (Atos 3: 13‐ 15. não nos prostramos (Fp 2: 9‐ 10). aqueles que não O ouvir e não O aceitar. Ap 20: 11‐ 15. Is 55: 1‐ 3). Qual o refrigério que você precisa? O refrigério para você é uma cura (Is 53: 1‐ 1‐ 5). I Pd 5: 1‐ 4). Quando Pedro falou a Palavra profetizada por Moisés e na Palavra dizia. Jo 14: 21‐ 23). Vivo presente na igreja e no crente vinte quatro horas (Mt 28: 18‐ 20. para nós (Lc 10: 17‐ 24. todos quantos depois falaram. Atos 4: 19‐ 20. também anunciaram estes dias. não reverenciamos (Fp 2: 11. Pedro traz a multidão ouvinte o entendimento: Este Jesus o qual eles rejeitaram e crucificaram. Atos 16: 31). um milagre (Atos 3: 6). dos três anos do ministério de Jesus (Lc 23: 33‐ 34). Os profetas falaram desde o principio do sofrimento. na correria buscando suprir a necessidades pelas nossas próprias forças? (Mt 6: 24‐ 25. não fazem parte do seu rebanho (Jo 10: 25‐ 27. graça é benção. descanso (Gl 3: 14‐ 15). na terra e embaixo da terra (Lc 23: 33‐ 43. Pedro esta falando da necessidade deles ouvirem a Jesus agora (Ap 3: 20). Jesus se faz presente em qualquer lugar. Neste momento da pregação. Jo 16: 7‐ 14). Fp 2: 9‐ 7).

Rm 11: 1‐ 17. Atos 4: 12. Não deixe passar estas oportunidades. só depois caiu sobre os gentios (Atos 10: 1‐ 45. dizendo: Deus ressuscitou Jesus e enviou a vós conforme promessa feita aos nossos pais (Atos 3: 13‐ 25). chegou graça a rejeição dos judeus (Mt 21: 33‐ 43. Jesus é a única oportunidade de você desfrutar da graça de Deus (Ef 2: 1‐ 8). Vocês foram os primeiros a ver que este Jesus o filho do carpinteiro (Mt 13: 54‐ 55). para que nisso vos abençoasse. Gl 3: 8‐ 14). Rm 9: 25‐ 28). o Cristo. Fp 2: 9‐ 11). primeiro o enviou a vós. o Espírito Santo caiu primeiro sobre os judeus (Atos 2: 1‐ 4 e 38). a salvação era primeiro para eles. e vos desviasse. A rejeição deles nos beneficiou. primeiro seria com os judeus (Mt 15: 21‐ 26). Jesus é a única oportunidade de salvação (Jo 3: 16. dando assim a vós uma nova oportunidade de se arrepender e se converter (Atos 2: 38‐ 39). das vossas maldades. Pedro cheio do Espírito Santo continua a sua pregação impactante. Jesus homem era judeu (Jo 4: 19‐ 22. I Ts 4: 23‐ 17. Jesus é a única oportunidade de se obter o perdão de Deus (Rm 10: 8‐ 13.ATOS 3: 25 – Vós sois dos profetas e do concerto que Deus fez com nossos pais dizendo a Abraão: Na tua descendência serão benditas todas as famílias da terá. As profecias eram direcionadas para eles. Lc 2: 39‐ 42). O concerto que Deus prometeu fazer com toda humanidade. era promessa para eles (Is 11: 1‐ 10). Ap 22: 12) . Jesus é a única oportunidade que você têm de receber este refrigério mencionado no texto (Atos 3: 19). Atos 11: 1‐ 17. era o Cristo vivo (Ap 1: 17‐ 18). Todas as informações teológica que existe veio dos Judeus (Mq 4: 1‐ 2). Se a salvação chegou até nós hoje. Rm 5: 1‐ 11(). Tudo que temos e que sabemos a respeito de Deus e sua obra veio dos judeus (Rm 9: 13‐ 24). a cada um.  ATOS 3: 26 – Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus. você não terá outra (Mt 25: 1‐ 10.