You are on page 1of 26

Miologia de músculos posteriores do tórax

:
região superior e inferior.

Graduação pelo Centro Universitário do Norte Uninorte Lauret. Pós Graduado em Fisioterapia Traumáto
Ortopédica Funcional com Ênfase em Terapia Manaul, pela escola de Pós Graduação Fisiocursos
Manaus, pós graduando em didática do ensino superior, Nilton Lins. Atuante como Fisioterapeuta ,
coordenador da Empresa Fisioin Manaus, fisioterapeuta integrante da equipe de reabilitação esportiva
Fisio esporte Manaus. Docente como preceptor do estagio de pós graduação em traumato ortopedia na
IAPES Manaus. Docente na empresa Nilton Lins ministrando as seguintes disciplinas: anatomia humana,
fisiologia humana, biomecânica básica e recursos eletrofototerápicos.

Musculos dorsais cingulares
• Músculo trapézio
• Músculo levantador da escápula
• Músculo rombóide maior
• Músculo rombóide menor
• Músculo sarratil anterior

• Inserção (parte descendente) > clavícula terço acromial • Fincão ou ação > mantém a articulação do ombro e o braço .Músculo trapézio • Origem parte descendente > escama do occipital ( entre as linhas nucal suprema e superior ). processo espinhosos das vértebras cervicais superiores ( sobre o lig. Nucal ).

.Músculo trapézio • Origem ( parte transversa ) > processo espinhosos das vértebras cervicais inferiores e vértebras torácicas superiores. • Inserção ( parte transversa ) > acrômio • Ação ou função ( parte transversa ) adução da escapula.

Músculo trapézio • Origem parte ascendente > processo espinhosos da vértebras torácicas mediais e inferiores • Coluna vertebral bilateral das > partes pela ação transversa ascendente aplaina a cifose da coluna vertebral torácica • Ação > abaixa a escapula e rotação para baixo .

Músculo levantador da escapula • Origem > tubérculos posteriores dos processos transversos das 1 a 4 vértebra cervical • Inserção > ângulo superior e parte imediatamente adjacente da escapula • Ação > levanta a escapula e rotação para cima .

serrátil anterior.Músculo romboide maior • Origem > processo espinhoso das quatro vértebras torácicas superiores • Inserção > ângulo superior e parte imediatamente adjacente da escapula • Ação > com o m. romboide menor. adução e levantamento da escapula. Juntamente com o m. fixa a escapula no tronco. .

Músculo romboide menor • Origem > processo espinhoso da 6 a 7 vértebra cervical • Inserção > margem medial da escápula • Ação > com o m. fixa a escapula no tronco. . romboide maior adução e levantamento da escápula juntamente com o m. serratil anterior.

Músculo serrátil anterior • Origem parte superior > 1 a 2 costelas • Parte média > 2 a 4 costelas • Parte inferior > 5 a 8 e 9 costelas • Inserção parte superior > ângulo superior da escapula • Parte media > margem medial escápula. • Parte inferior > ângulo inferior da escápula .

aperta a escapula contra o tórax • Parte superior > abaixa • Parte inferior > abaixa. juntamente com os mm.• Ação > todas as partes. abdução da escapula. Rombóides. rotação para lateral ( para elevação do braço acima da horizontal ) .

Músculos dorsais da região lombar • Quadrado lombar • Iliopsoas • Psoas menor • Multifidos .

Quadrado lombar • Origem > 12° costela e processo transverso de 1° a 4° vértebras lombares • Inserção : crista ilíaca e ligamento ileolombar • Ação > inclinação homolateral do tronco e depressão da 12° .

Antero versão da pelve e flexão da coluna lombar . crista ilíaca e asa do sacro • Inserção > trocânter menor • Ação > flexão de quadril.iliopsoas • Origem > 2/3 superiores da fossa ilíaca.

Psoas maior • Origem > processo transverso das vértebras lombares. flexão da coluna lombar e inclinação homolateral . corpos intervertebrais das ultimas torácicas e todas lombares • Inserção > trocânter menor • Ação > flexão da coxa.

Psoas menor • Origem > corpo vertebral de T12 e L1 • Inserção > eminência iliopectinea • Ação > flexão da pelve e coluna lombar .

processo transverso das torácicas e processos articulares da C4 à C7 • Inserção > processo espinhoso de 3 a 5 vértebras acima • Ação > estabilização e extensão da coluna vertebral .Multifidos • Origem > em dorso do sacro.

esfíncter do anus e no ponto tendineo central do períneo • Ação > suporta e eleva ligeiramente o soalho pélvico.Região inferior: levantador do ânus • O levantador do anus em geral mostra uma separação em duas partes: pubococcigeo e iliococcigeo. • Origem > entre o ramo superior do púbis e espinha isquiática • Inserção > cóccix. como durante a expiração forçada . resistindo à pressão intra-abdominal aumentada.

Miologia dos músculos anteriores do tórax • Peitoral maior • Peitoral menor • Serratil anterior • Subclávio • Intercostais externos • Intercostais internos .

Músculo intercostal externo • Origem > borda inferior da costela suprajacente ( superior ) • Inserção > borda superior da costela infrajacente ( inferior) • Ação > elevação das costelas ( ação inspiratória ) .

Músculos intercostais internos • Origem > borda inferior da costela suprajacente ( superior ) • Inserção > borda superior d costela infrajacente ( inferior ) • Ação > depressão das costelas ( ação expiratória ) .

Músculos abdominais • Reto anterior do abdome • Abliquo externo do abdome • Obliquo interno do abdome • Transverso do abdome • Diafragma ( profundo ) .

defecação.Reto anterior do abdome • Origem > face externa e inferior da 5° à 7° cartilagens costais e processo xifòide. • Inserção > corpo do púbis • Ação > aumento da pressão intra- abdominal ( expiração. vomito. micção e no parto ) • Fixo no tórax > retroversão da pelve • Fixo na pelve > flexão do tronco .

Abliquo externo do abdome • Origem > face externa das 7 ultimas costelas • Inserção > em região anterior da crista ilíaca • Ação > contração unilateral > rotação com tórax girando para o lado oposto • Contração bilateral > flexão do tronco e aumento da pressão intra-abdominal .

porém realiza rotação do tórax para o mesmo lado .Obliquo interno do abdome • Origem > 3 ultimas cartilagens costais • Inserção > crista ilíaca • Ação > idem ao obliquo externo.

Transverso do abdome • Origem > face interna das ultimas 6 cartilagens costais • Inserção > crista do púbis • Ação > Aumento da pressão intra- abdominal e estabilização da coluna lombar .

.Músculo Diafragma ( profundo ) • O diafragma possui tendões periféricos que se ligam anteriormente ao osso esterno ou ao processo xifóide do esterno. 9ª e 10ª costelas. 8ª. e ápices das 11ª e 12ª que são as costelas flutuantes) e às cartilagens costais correspondentes. lateralmente às seis costelas inferiores (7ª. e posteriormente às três vértebras lombares superiores.