You are on page 1of 13

1

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE
SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO
CIVIL QUE ENTRE SI FAZEM, DE
UM LADO, JOÃO DA SILVA; E DE
OUTRO,
CARLOS
HENRIQUE
AMORIM.

Pelo presente Instrumento, de um lado João da Silva,
brasileiro, casado, residente e domiciliado na Alameda dos
Canários, 202 – bairro Vila Verde no município de
Campinas/SP, portador da cédula de Identidade com RG nº
000544665 (SSP/RR) e inscrito no CPF/MF nº 131.659.00011, doravante denominado simplesmente CONTRATANTE;
e de outro lado Carlos Henrique Amorim, brasileiro,
divorciado, residente e domiciliado na Rua 2 de Abril, 443 –
bairro Imigrantes, no município de Jundiaí/SP, doravante
denominado simplesmente CONTRATADO, resolvem de
comum acordo firmar o presente Contrato de Prestação de
Serviços de Construção Civil, de acordo com as seguintes
cláusulas e condições:
CLAUSULA PRIMEIRA – DO OBJETO DO CONTRATO
1.1. Constitui objeto do presente contrato a execução pelo
CONTRATADO, sob a modalidade de serviços de mão de
obra da construção residencial de 300 m² (trezentos
metros quadrados) em imóvel de propriedade do
CONTRATANTE, os quais serão executados em plena
conformidade com as disposições da planta do projeto,
nas condições de preços definidos no presente contrato.
CLAUSULA SEGUNDA – DO ESCOPO DOS SERVIÇOS
2.1.
Os serviços de construção da referida residência
serão executados de acordo com as especificações

1. de modo que garanta o bom desempenho e segurança de operadores e de terceiros. no que tange ao pessoal próprio. para reposição e/ou substituição de qualquer equipamento. de terceiros. estando inclusos o fornecimento de mão de obra.2 contratuais. ou seu acessório.1. 3. ou . Organizar e manter a disciplina no canteiro de obras.6. normas e regulamentos do residencial onde encontra-se situado o imóvel do CONTRATANTE. 3. Atender no prazo acordado entre as partes. 3. Fornecer e manter os equipamentos e ferramentas alocados sempre em perfeito estado de conservação e funcionamento. equipamentos e ferramentas necessários à plena execução da obra. respeitando integralmente a Legislação vigente no país e as devidas Normas Técnicas aplicáveis a este tipo de prestação de serviço.1. CLAUSULA TERCEIRA CONTRATADO – DAS OBRIGAÇÕES DO 3.1. observando cuidadosamente e criteriosamente as boas práticas de execução dos serviços de construção civil. 3. e/ou ferramenta que não esteja comprovadamente em condições de atender ao desempenho e segurança dos operadores.4.1995. em especial à NR-18: Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção . Agir de forma diligente e oportuna para atender o CONTRATANTE. O CONTRATADO se compromete a: 3.1. excetuando-se apenas os serviços de construção.1.5. as requisições do CONTRATANTE.1. Acatar todas as disposições.2.

3.9. Empregar métodos de trabalho que usem a boa prática para a boa qualidade final dos serviços e a prestar esclarecimentos solicitados a qualquer momento. bem como visitantes do CONTRATADO. 3. etc. fase ou etapa da execução dos trabalhos. .) por ocasião dos pagamentos dos serviços a serem efetuados pelo CONTRATANTE ao CONTRATADO. 3. IR. Assumir a responsabilidade civil por danos pessoais sofridos de seus empregados ou de empresas ou pessoas contratadas durante a execução dos referidos serviços.10.1.1.1. ou contábil.3 qualquer outro a seu serviço. folha de pagamento.11. 3. Entregar ao CONTRATANTE as devidas cópias de todo documento de acompanhamento de serviços e/ou que venha a ser solicitado por qualquer tipo de fiscalização da obra civil. exonerando a Fiscalização do CONTRATANTE de qualquer responsabilidade.7. FGTS.I’s por seus servidores enquanto estiverem no interior da obra objeto do presente instrumento. Fiscalizar a utilização de E. em especial os comprovantes de recolhimento de tributos e contribuições (GPS.8. Manter um funcionário apto a representá-lo junto ao CONTRATANTE por tempo parcial diário no local da execução dos serviços. referentes ao mês anterior ao da prestação de serviços.1.1. sendo certo que a ausência destes será causa de não autorização de continuidade dos trabalhos. quer seja de natureza técnica. 3. ISSQN.P.

custos orçados. 618 e 927 do Código Civil brasileiro. ou de terceiros no canteiro de obras.7. 187. produtividade e segurança do CONTRATADO. conforme determina o artigo 19 da Lei n.6. O CONTRATADO assume total e plena responsabilidade pelos serviços contratados do início ao término da obra e recebimento pelo CONTRATANTE.1 e 1. Nos termos dos artigos 186. adotando todas as medidas necessárias à preservação e conservação dos bens das mesmas. Adotar medidas de proteção e salvaguarda das propriedades e instalações dá CONTRATANTE. 3. . 3. de 24 de dezembro de 1966. Garantir o acesso de qualquer Fiscalização a todos os locais do canteiro de obras da prestação de serviços objeto deste contrato.5.4.194. 3. desde que não prejudique os prazos.3. 3. 3. Refazer qualquer parte da obra que não esteja em acordo com o contratado e apresente defeitos e incorreções dentro do prazo previsto para a obra.2.4 3. Permitir acesso do CONTRATANTE e de outras empresas contratadas por esta para executar serviços no canteiro de obras. sem óbice da responsabilidade subsidiária no que toca aos serviços eventualmente terceirizados. e executando-a de acordo com o Cronograma Contratual de execução. 5. recai sobre o CONTRATADO toda a responsabilidade técnica quanto à solidez e segurança acerca dos serviços listados nos itens 1.2 do contrato.

e eventuais equipamentos necessários à prestação de serviço. O CONTRATADO deverá realizar no prazo máximo de 30 dias.1. Assegurar o aceso às dependências de seu imóvel e aos funcionários do CONTRATADO. 4. o número da matrícula CEI que deverá recolher as contribuições de GPS (INSS) para a obra objeto deste contrato.496/77. Obter todas as licenças de qualquer natureza. contados a partir da autorização para início das obras.2.1.1. 4.5. sob sua responsabilidade a Anotação de Responsabilidade Técnica do presente contrato junto ao CREA conforme previsto na Lei nº 6.8.3.1.1.1. O CONTRATANTE se compromete a: 4. exceto às que forem de responsabilidade do CONTRATADO.4. Informar ao CONTRATADO. 4.5 3. em tempo hábil. CLAUSULA QUARTA – DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRANTE 4. apresentando a comprovação para ao CONTRATANTE. integridade e legitimidade do projeto e suas respectivas especificações.1. . O CONTRATANTE responsabiliza-se integralmente pela compatibilização. Realizar os pagamentos de acordo com o Cronograma Financeiro estabelecido em Contrato. inclusive ambientais se for o caso. 4. a fim de que este faça os devidos recolhimentos em tempo hábil. necessárias para a implantação da obra.

CLAUSULA QUINTA – DO PRAZO DE EXECUÇÃO 5.2.2. 4. Em decorrência da suspensão total ou parcial dos serviços pelo CONTRATANTE.6 4. visando reestabelecer o equilíbrio econômico ao projeto. de qualquer natureza.2. 5. Caso haja qualquer tipo de atraso. todos os materiais necessários para garantir a execução da obra.2. Cabe ao CONTRATANTE disponibilizar. de qualquer natureza. ou acréscimos aos serviços determinados neste contrato pelo CONTRATANTE.1.3.1. . ou no andamento das obras. 5. Em decorrência de alterações. adequando-se estas datas e caso o CONTRATADO tenha tido custos adicionais eles serão ressarcidos pelo CONTRATANTE.2. O prazo de execução deste contrato poderá ser prorrogado nas seguintes condições: 5. o cronograma deverá ser revisto. Os serviços serão executados dentro do prazo de 10 (dez) meses a contar da assinatura do presente instrumento.3. desde que a referida suspensão não decorra de ação ou omissão do CONTRATADO.2. 5. que provoquem o atraso no início. por parte do CONTRATANTE na liberação do início das obras. em tempo hábil. Em decorrência de atraso provocado pelo CONTRATANTE.

justificando o eventual atraso no prazo estabelecido anteriormente e de comum acordo estabelecer. por escrito de maneira urgente ao CONTRATANTE.00 (duzentos reais). capazes de influir no andamento dos serviços. Em virtude de alterações contratuais de qualquer natureza que implique no efetivo atraso na execução dos serviços. Serão acrescidos ao prazo estabelecido pelo Cronograma constante neste contrato. 5.7 5. CLAUSULA SEXTA – DO PREÇO CONTRATUAL 6.1. 5. e devidamente assinada.000.4. .6. comprovadamente.3. o CONTRATADO se obriga a comunicar. os dias que o serviço estiver paralisado.4. Em virtude de ação ou omissão do CONTRATANTE.2. Pela execução dos serviços o CONTRATANTE pagará ao CONTRATADO a quantia de R$ 60. desde que reconhecidos pela fiscalização do CONTRATANTE. 5.2.00 (sessenta mil reais) / valor m² = R$ 200. devido às chuvas e suas consequências.000. 5. que seja por escrito.7. Por conveniência das partes e através de deliberação tomada de comum acordo.00 (sessenta mil reais) que correspondem à seguinte descrição: a) Área Total (300 m²) – R$ 60.2. por escrito. o novo prazo e condições. Ocorrendo quaisquer circunstâncias referidas nesta cláusula.

Os pagamentos serão realizados de forma parcelada.4. CLAUSULA SÉTIMA – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 7. sob qualquer título ou pretexto. que sejam criados.1. serão considerados pelas partes. decretos. especificações técnicas e cópias de documentos fornecidos ao CONTRATADO são de propriedade do CONTRATANTE. a este a referida alteração dos valores. contribuições. tributos. Sempre que houver alterações no projeto solicitadas pelo CONTRATANTE dos valores e prazos contratuais. tendo sua ocorrência quinzenalmente. 6. ou extintos após a data base de assinatura deste contrato e que impactem nos preços contratados. 6.3. Todos os desenhos. não podendo superar o prazo máximo de 20 (vinte) meses. ou feriados. nem tampouco se tiver que utilizar equipamentos ou outros recursos da mesma natureza. Não caberá ao CONTRATADO.8 6. cabe ao CONTRATADO informar. portarias. alteração na remuneração aqui avençada. inclusive caso o CONTRATADO necessite realizar tarefas e trabalhos em horários noturnos. ou domingos. Quaisquer leis. isentados. 6. de forma que uma das partes não seja beneficiada em detrimento da outra. ou que uma leve vantagem comercial considerável. convenções ou encargos legais aplicáveis a este contrato. por escrito. alterados. promovendo os referidos ajustes nos parâmetros contratuais diretamente afetados. impostos.5. que impliquem em pagamento de hora-extra aos operadores. Tal documentação será fornecida ao CONTRATADO para fins limitados de uso por ele na execução da sua prestação de serviços e não .2.

juros de 1% (um por cento) ao mês e as devidas correções monetárias. . Quaisquer sustações. sempre calculados per rata dia. emails. ofícios. CLÁUSULA OITAVA – DAS PENALIDADES 8. inclusive nas hipóteses não previstas no presente instrumento. Quaisquer das partes que descumprirem as cláusulas deste contrato ficam sujeito à multa contratual no valor de 1% (um por cento) ao mês do valor total do contrato. Qualquer omissão ou tolerância das partes em exigir o estrito cumprimento dos termos e condições do presente Contrato. 8. sendo que o CONTRATADO deve guardá-los no canteiro de obras. 7. retenções ou atrasos realizados pelo CONTRATANTE de modo indevido serão objeto de aplicação de multas de 2% (dois por cento) ao mês. 7.2. não constituirá renúncia.1. pelo Índice Geral de Preço de Mercado – IGPM/FGV.4. atas de reunião ou diário de ocorrências) e devem ser guardadas pelas partes.2. Aplicam-se ao presente Contrato as disposições do Código Civil e do Código de Defesa do Consumidor naquilo em que lhe forem compatíveis. Estabelece-se que a comunicação entre as partes será sempre por escrito por qualquer meio (cartas.3. 7. ou em exercer uma prerrogativa dele decorrente. nem afetará o direito da parte de exercê-lo a qualquer tempo.9 poderá ser usado para quaisquer outros fins sem o prévio consentimento do CONTRATANTE por escrito. não podendo em hipótese alguma exceder o valor de 10% (dez por cento) no acumulado da obrigação.

5. pelo Índice Geral de Preço de Mercado – IGPM/FGV. o CONTRATADO poderá rescindir o presente contrato de prestação de serviço sem que perca o direito de recebimento das parcelas em atraso.6. bem como juros de 1% (um por cento) ao mês com base no referido valor e as devidas correções monetárias.4. 8. O pagamento ocorre em até 03 (três) dias úteis do prazo de rompimento deste contrato. desde que seja devidamente comunicado. No caso de ocorrer o rompimento do contrato ou sua suspensão. 8. a título de multa rescisória. Neste caso.10 8. a parte que rescinde deve pagar à outra parte a importância de 10% (dez por cento) do valor estimado do restante do contrato. caberá aplicação de multa de 02% (dois por cento) ao mês sobre o valor ainda não pago do contrato. 8.3. Caso a CONTRATADO não cumpra o prazo final estabelecido pelo presente instrumento. de uma para a outra parte e que se tenha sempre garantido o pleno direito de defesa e do contraditório. ele deve comunicar à outra. No caso de uma das partes incorrer em multas. por escrito. por qualquer das partes. estas serão devidas de pleno direito e poderão ser cobradas pela outra parte. sempre calculados per rata dia. por escrito. CLAUSULA NONA – DA ACEITAÇÃO DOS SERVIÇOS . Caso o CONTRATANTE venha por qualquer motivo atrasar até 03 (três) parcelas dos referidos pagamentos. por qualquer razão. com antecedência mínima de 15 (quinze) dias.

o CONTRATANTE comunica formalmente ao CONTRATADO.5. não atingem os casos de ocorrência de eventuais vícios redibitórios da prestação dos serviços previstos no . dar-se-á por tácita a aceitação. de acordo com os prazos acordados para tal entre as partes.11 9. O CONTRATADO comunicará ao CONTRATANTE. quando houver o término dos serviços objeto deste contrato. contados a partir da data de recebimento do termo de recebimento da obra.1. 9. 12.6.4 e 12. exceto os problemas decorrentes de mau uso ou de má conservação. sendo certo que decorrido tal prazo sem qualquer manifestação. Decorrido o prazo acima. Procedidas às devidas correções apontadas e constatada a execução fiel e devida da obra.2. o Termo Definitivo de Recebimento será emitido no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis pelo CONTRATANTE. falhas ou omissões imputáveis exclusivamente ao CONTRATADO. 9. 9. por escrito e este sana as irregularidades apontadas. por escrito. quando comunicado por escrito pelo CONTRATANTE. Os prazos avençados nas Cláusulas 12.5.4. 9. o CONTRATANTE entrega ao CONTRATADO o termo de recebimento provisório da obra no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis. quando for o caso. Caso a obra apresente algum defeito.3. vício. parcial ou integralmente. 9. cabe ao CONTRATADO executar quaisquer ajustes necessários à obra.2. Há uma carência de 90 (noventa) dias para a aceitação definitiva da obra.

CLAUSULA DÉCIMA-PRIMEIRA – SOLUÇÂO DE CONTROVÉRSIAS E FORO 11. da Comarca de Mogi Mirim/SP para dirimir qualquer lide oriunda do presente Contrato.1 As partes de comum acordo elegem o Fórum Distrital de Artur Nogueira. venham a ser verificados nos serviços. os quais serão regidos pelos artigos 441 a 446 do Código Civil. para os mesmos efeitos. ficando obrigado a reparar.12 presente contrato. que no decurso do prazo de 05 (cinco) anos.1. 10. por estarem assim justas e contratados. a partir da data do termo de recebimento definitivo da obra. conforme previsto no Código Civil Brasileiro. O CONTRATADO responderá por quaisquer correções. E. O prazo estabelecido na presente cláusula não atinge os casos de ocorrência de eventuais vícios redibitórios da prestação dos serviços previstos no presente contrato. . assinam as partes o presente Contrato.2. com renúncia expressa de qualquer outro por mais privilegiado que seja. às suas custas e dentro do prazo acordado entre as partes. os quais serão regidos pelos artigos 441 a 446 do Código Civil. segurança e solidez dos serviços prestados por ele próprio ou de terceiros. CLAUSULA DÉCIMA – DA GARANTIA 10. toda e qualquer irregularidade da obra. exceto àquelas de correntes de mau uso ou desconformidade com as instruções e especificações. na presença de 02 (duas) testemunhas. em 02 (duas) vias de igual teor e forma.

__________________________ João da Silva Contratante _______________________ Carlos Henrique Amorim Contratado Testemunhas: __________________________ ___________________________ Nome: RG: Nome: RG: . 03 de abril de 2014.13 Quinta-feira.