You are on page 1of 27

Uma breve apresentação sobre Redes Sociais e suas duas

principais divisões: rede relacional e rede profissional.

Alex Ferreira, Douglas Camargo, Priscila Lira
Escola de Artes, Ciências e Humanidades – Universidade de São Paulo (USP)
São Paulo – SP – Brasil

Resumo. Este artigo tem o objetivo de descrever algumas informações
sobre o que é, quando surgiu e principais características das redes
sociais como um corpo único e das suas duas principais ramificações, a
saber: redes sociais relacionais e redes sociais profissionais, buscando
uma abordagem simples e abrangente.

1. Redes Sociais

As redes sociais virtuais têm sido matéria de capa de revistas de
grande circulação, estão em pauta quase que permanente nos principais
jornais brasileiros, além de, é claro, estarem sendo constantemente utilizadas,
comentadas e trabalhadas na própria Internet. O tema frequenta tanto
ambientes acadêmicos quanto profissionais, são utilizadas por famosos e
desconhecidos, doutores e estudantes. Em pesquisa conduzida pelo IBOPE
(2011) verificou-se que quase todos os internautas brasileiros acessam as
redes sociais virtuais e que elas são o primeiro contato da população de baixa
renda com a Internet.” (KOZESINSKI, MEDEIROS, PEREZ, 2011).
A temática das redes sociais, sempre que lembrada, surge quase
instantaneamente representada por ferramentas como Facebook, Twitter,
Instagram e LinkedIn. De modo que, ao buscar pelas palavras redes sociais
nos principais sistemas de busca da internet os primeiros resultados obtidos, e

uma boa parte do resto, seguramente estão relacionados ao ferramental citado
anteriormente.
Nas pesquisas realizadas em sistemas de busca como Google são
consideradas características como número de cliques, quantidade de pedidos e
solicitações

como

parâmetros

para

ordenar

os

resultados.

Segundo

SivaVaidhyanathan, em seu livro “A Googleização de Tudo – e Por que
Devemos Nos Preocupar”, os sistemas de pesquisa tendem a “[...] dar
preferencia aos sites já estabelecidos, em detrimento dos novos, fazer
classificações toscas, rejeitando modelos mais flexíveis e multidirecionais”. Ou
seja, popularidade é a palavra chave nas pesquisas realizadas por esses
sistemas, e vai além disso,pois, popularidade é o fator que define a
confiabilidade das informações na perspectiva da chamada cultura web, onde
todos podem participar e contribuir democraticamente.
Ou seja, quanto maior o destaque dado a determinado assunto maior o
risco das opiniões sobre o mesmo serem tomadas como fato, ganhando
autenticidade, ou passando a existir. Por exemplo, no caso do estudante da
Unicamp que motivado por uma conversa de bar mandou um e-mail para
amigos dizendo que o vídeo divulgado pela CNN, onde um grupo de palestinos
aparecia comemorando a queda das torres gêmeas de Nova York, conhecidas
como World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, era falso. Pois o
vídeo teria sido gravado 10 anos antes, em outro contexto completamente
diferente do atentado terrorista em Nova York. Essa notícia fez com que duas
semanas depois o presidente internacional da CNN, viesse a publico e em rede
com o reitor da Unicamp, dizer que sim, o vídeo era verdadeiro.
Nesse caso, o presidente de uma mídia internacional como a CNN
precisou vir até o Brasil, responder ao garoto, estudante da Unicamp.Sendo
que tudo começou por uma brincadeira em que o estudante mandou um e-mail
para alguns amigos, dizendo que o vídeo sobre o grupo de palestinos
celebrando a queda das torres gemas era falso,e os amigos que estavam
engajados pelos acontecimentos do 11 de setembro, encaminharam o e-mail
para mais vinte amigos e estes por sua vez mandaram para mais vinte, e mais
vinte.

foi tomada como verdadeira.que foi suficiente para deixar os pais que tinham filhos matriculados no colégio. desencadeou a morte de uma moradora. que foi publicada em uma pagina regional de denuncias dentro do Facebook. Assim. no Guarujá. onde o vídeo recebeu milhares de acessos tornando o caso conhecido por todo o país através da ferramenta de publicação de vídeos chamada Youtube. tornando-se fato. em uma função privada. um ato aparentemente inofensivo ganhou visibilidade e tornou-se antiético devido ao enorme e até certo ponto desconhecido poder da rede. pois estava fora do horário e do local de trabalho. até alcançar o mundo todo. na região de São Paulo. descontentes com a postura da mesma. onde uma professora de uma grande rede de ensino ao ir a uma casa de shows e dançar no palco junto com a banda acaba perdendo o emprego. a informação se difundiu tanto que se espalhou pelo resto do mundo. onde com uma noticia. o crime ocorrido recentemente. uma opinião. Embora. frequentadores da casa de show filmaram o episódio e postaram na internet. Das duas imagens que circulavam pelas redes sociais. a publicação de um vídeo na rede mundial de computadores mudou a sua vida. Onde valores como certo e errado adquirem outras dimensões e podem ser distorcidos ao ponto de trocarem de lugar entre si. e exigirem a sua demissão. também há o exemplo ocorrido na Bahia. de modo que o presidente da empresa precisou vir a publico para comprovar que o vídeo era autentico. por ser parecida com a pessoa das fotos publicadas. após ser amarrada e espancada por outros moradores da mesma da região. litoral paulista. uma era um retrato falado pertencente a um caso ocorrido em 2012. ou uma informação infundada. Logo. e ganhou mais dimensão a medida que foi sendo transmitida e ganhando mais adeptos. De modo análogo. Pois. a professora não tenha feito nada errado legalmente. onde a professora dava aulas. sobre uma sequestradora de crianças. Pois. por julgarem que ela estava dando um mau exemplo. a CNN começou a perder a credibilidade. no Rio de .Desse modo. que não resistiu. Há ainda.

Evidentemente. tanto na venda de aparelhos com aplicativos instalados como na evolução estrutural dos aparelhos com intuito de adequarem-se as novas demandas informacionais da rede. era uma fotografia. No entanto. o outro. que são muito antigos e que tinham o que agente podia dizer de um publico muito fiel” (MEIRA.ao ponto de. 2010). como Instagram e WhatsApp. a medida que se fala de tais ferramentas e a medida que estas são usadas. é o Twitter e não esses outros dois jornais. como o Orkut a rede social filiada ao Google. é o próprio funcionamento do processo de aceitação nessas comunidades que em um primeiro momento para que se concretizasse precisaria de um convite de . cria-se um terreno fértil para uma crescente disseminação deinformações infundadas em ferramentas como o Facebook. pois diversos internautas confirmaram a existência da tal sequestradora. aumenta-se a tendência delas serem ainda mais exploradas. Pois.enquanto. ditar novas tendências. “O publico que visita ou usa o Twitter por dia é superior a soma do The New York Times e o Wall Street Jornal.Janeiro. visto que a própria noticia em questão foi forjada. Fatos como esses mostram o extraordinário poder concedido pela popularidade. De modo análogo. um fato que corrobora com o crescimento desses sistemas baseado em sua popularidade cada vez maior. fazerem outras caírem no esquecimento. de modo que. proporcionar o nascimento de outras. um modo de dizer que se concorda ou aprova o conteúdo publicado. como as muitas ferramentas dentro do Github. como o mercado de smartphones. a página de denúncias contava com dois elementos cruciais que corroboraram a noticia divulgada: quantidade de pessoas . tornarem-se referencia sobre determinado assunto como facebook está para redes sociais. e por fim.mais de cinquenta mil curtidas. e a publicação de conteúdo sem o menor fundamento. uma confirmação falsa. em meio à valorização desta em detrimento da credibilidade e do rigor cientifico. Nesse segmento. pertencente a uma pagina de humor do próprio Facebook. que nada mais é que. Para muita gente a forma de entender o mundo do ponto de vista da informação que trafega. que é comunicada.

2010) são definidas pelo seu estilo ou por aquilo que consomem.. em que cada indivíduo é um agente multiplicador. sistemas como esses se difundiram pelo mundo conquistando adeptos e cresceram com uma economia exponencial.] 50% da população brasileira acha que são o que compram. “[. se agente fizer as contas. Nessa perspectiva. . Com o intuito de multiplicar seus usuários e estimular o crescimento das redes como uma reação em cadeia. Se por um lado. o livro que são vistos lendo. consideramos que cada usuário compõe uma representação” (GOFFMAN. por um ambiente favorável ou por consequência inevitável da contemporaneidade. De modo que. ao ingressar no Facebook.. as pessoas gostam de exibir aquilo que acham que define quem são. Até porque o presente é muito estreito.. as pessoas com quem são vistas. e até a praia que frequentam definem quem são e não a expressão de suas emoções. ou seja. e o presente esta desaparecendo em uma velocidade muito grande. a roupa que usam.] Essa asserção se baseia na ideia de que. do que contando historias do passado. ser humano se interessa em publicar historias que ajudem melhorar a sua autoimagem. 2010). sentimento e pensamentos. agente esta aqui agora.há outros que o fazem de modo consciente “[.. Desse modo. 2009). O que nós estamos interessados é contar e construir historias e isso é o mundo em rede” (MEIRA.uma parcela dos usuários das redes de relacionamento expõese inconscientemente por acreditar que detalhes superficiais definem quem são. Outro fator que coopera para criação e continuidade da rede é que as pessoas gostam de “[. Ou seja. vídeos e textos. o presente vai embora o tempo todo.. em geral através de fotos.fazendo com que a rede ganhe vida própria. Nós passamos muito mais tempo fazendo planos. É olhar para futuro e descobrir o que é que nós vamos fazer.. usam e não o que são de fato” (BESSERMAN. investe-se um tempo considerável editando conteúdos relacionados a autoimagem. Desse modo. cada indivíduo seleciona o que vai expor sobre si mesmo com base no critério de como pretende ser visto.] construir historias. E continuam sobrevivendo seja pelo talento dos CEOs.alguém que já é membro.

as pessoas podem sentir aflição ao visualizar fotos.. O grande Outro é o inconsciente. destacam-se a angústia e a frustração dos usuários que. se as demais pessoas a nossa volta ficarem sabendo da realização desses desejos. por isso mesmo. um jantar com os amigos) é que sentimos nosso desejo realizado.. um passeio para o exterior. interações e postagens feitas por outros usuários. 26) Disponível em: http://www.“[.] Em outras palavras. Neste caso. É uma outra cena.” “[. é notório o fato de que o que é exposto será visualizado e até comentado entre os participantes. Logo.pdf . de compartilharem sua vida com o outro. é preciso mostrar ao Outro que lá fomos. “Em uma reportagem publicada na revista Veja. precisamos que o grande Outro1 esteja presente naquilo que fazemos rotineiramente.] Não basta mais ir a uma festa. e gozar. como mencionamos anteriormente. almejam reações diante de suas postagens e. (GERBASE. por parte dos usuários. ” (COSTA. . Estamos vivendo um momento em que só realizamos nosso desejo (uma plenitude precária.” (Gabriel Arthur). p.. 1 “O grande Outro é a linguagem. Em suma. intitulada A rede da inveja(Vilicic. conforme os pressupostos lacanianos) de comer. 2014). é como se houvesse alguém nos vigiando incessantemente tudo aquilo que fazemos e pensamos (mesmo quando estamos sozinhos). mas que a linguagem seja a condição do inconsciente”. os usuários optam por expor ou não o que pretendem por temerem algumas reações e. vestir. por terem acesso a informações e a fotos de outros participantes sem haver estado presente no momento em que ocorreram determinados acontecimentos ou por não terem uma vida semelhante à suposta vida exposta por esses usuários. por outro lado. apenas no momento do compartilhamento de nossa vida íntima..br/n11a05. apenas no momento em que nossos amigos “curtem” e “compartilham” nosso gozo (uma roupa nova. Segundo a reportagem. por um lado. não há valor. Não que o inconsciente seja a condição da linguagem. 2013).Acesso em 03/08/2013. de forma muito simples. caso contrário. postam determinados conteúdos.” “[.org.circulopsibahia. isto é. sentem inveja do que veem no site. Na psicanálise lacaniana o grande Outro é a própria ordem simbólica..]pois há uma grande necessidade.. por exemplo.

que nesse contexto é o relacionamento humano. Por outro lado. embora seja fácil atualizar-se. o homem não pode ser atualizado . são atualizadas e disponibilizadas periodicamente. se fazem tão importante que embora sejam parte de algo maior. aquilo que vier a ocorrer após a adolescência é visto de modo absolutamente negativo no primeiro momento. De fato. mas está ganhando outra proporção com a Internet” (KOZESINSKI. MEDEIROS. segundo Douglas Adams. Pois. ou seja. aquelas usadas na internet. revolucionou a maneira de se conceber a sociedade” (CASTELLS.. PEREZ. passam menos tempo onde estão fisicamente e cada vez mais com a atenção concentrada nas redes sociais. aquilo que surgiu entre o nascimento e a adolescência do individuo é uma grande oportunidade. 2011) as pessoas passam cada vez mais tempo conectadas. à medida que as ferramentas “ponto com”.. Ao ponto de. proveniente da internet. “[.. Mas. pois o custo da oportunidade de aprender tende a tornar-se cada vez mais alto a medida que se envelhece. LÉVY. Mesmo porque.“[. 1999) De modo que. como se as redes sociais não existissem antes do Facebook. tudo aquilo que já existia quando um individuo nasceu é absolutamente natural para o mesmo. E desse modo. pois o convida a fazer parte do momento em questão. 2010).] A relevância do advento dessas redes sociais é tamanha que alguns estudiosos têm considerado esse fenômeno um dos maiores acontecimentos dos últimos anos. se para muitos nascidos antes da invenção das ferramentas de relacionamentos da internet atualmente é difícil imaginar a vida sem os mesmos para aqueles nascidos após esse marco a dificuldade pode ser demasiadamente maior.] O conceito de rede social não é novo. para ZygmuntBauman em sua leitura da pósmodernidade.. o qual. Em uma reunião entre amigos ou familiares é comum ter alguém conversando com um individuo que não está presente na reunião” (LEMOS. aparecem deveras vezes maior que o todo. redefinirem o próprio conceito das quais foram concebidas. autor de “O Guia do Mochileiro das Galáxias”. até vir a tornar-se habitual.

quando a internet passou a estar disponível para boa parte das pessoas. para as corporações em rede. é extremamente restrito. É a rede aberta. e sites bancários..Marc Benioff. a cultura web se passa a partir da web 2. Depende de quem esta no centro da rede” (MEIRA. onde é possível mais do que inserir e editar conteúdo. como a cuba de hoje. Visto que.0. pelo Big Brother.. pois “[.] Em alguns lugares. Por isso. e uma boa parte do que sai é averiguada também. classificou a interação com a rede mundial de computadores em web 1.0. as .0.0.. só era possível perguntar coisas.] o mundo como um todo é sustentável se todos nós conseguirmos nos adaptar. mas podia ser. digitava-se algo e a rede respondia de alguma forma. Na Web 1. se mostra limitado quanto à capacidade de acompanhar tantas mudanças de paradigmas. como a China de hoje.com. é importante salientar o contexto o qual encontram-se as redes sociais atualmente. publicando vídeos. tornouse possível programar suas próprias ferramentas através de recursos disponibilizados pela web. médio e longo prazo. Ebay. vamos nos adaptar e vamos envolver uma nova forma de perceber o mundo.. fotos. o individuo em rede. em conjunto com cada uma dessas estâncias. que o individuo ganhou o poder de inovar de acordo com a sua vontade.0. mutuamente. presidente-executivo da Salesforce. 2010).. produzir novas ferramentas informacionais..] a coisa mais interessante que vai acontecer para o individuo. mas o mundo a partir de um local. Vale lembrar que tal contexto não é universal.periodicamente. Pois. Isso não é o caso do Brasil. foi na atual web 3. um mundo onde todos nós vamos ter o que dizer sobre todas as coisas [. no curto. salvo algumas exceções como os países cuba e china. 2. imersos nesse contexto pode-se citar como exemplo Google apps e Amazon Web Services.onde o individuo em rede pode interagir e expressar sua opinião livremente. nesse formato pode-se citar Amazon. “[. Mas. para o estado.0 e 3.. O mundo não mais como um local.. áudio produzindo texto em blogs entre outros tipos de dados. vai ser como é que todos nós. Todo o tráfego que entra no país é filtrado por roteadores controlados pelo controle central. pois não distante da máquina em determinado momento começará a dar defeito.

. territoriais.. Desde a invenção da escrita. portanto –.] A ideia da rede nos processos de comunicação não é recente. que “neste mundo de mudanças confusas e incontroladas. étnicas. “[. MEDEIROS. Os meiosde comunicação.. interna e externamente. nacionais”. No entanto. Escreve Castells (2006). houve um declínio do movimento dos trabalhadores. Mas. as pessoas tendem a reagrupar-se em torno de identidades primárias: religiosas. “A busca de identidade. com a descentralização das empresas e a sua organização em redes. em rede. O sistema capitalista passou por um processo de reestruturação..condições de contorno que esta complexa ecologia da rede e representada por ela. 1. e a intervenção estatal para desregulamentar os mercados e um aumento da concorrência global. seja coletiva ou individual. alterando a geopolítica global. com uma forte individualização e diversificação das relações de trabalho. o fluxo das mensagens foi abrindo trilhas que iam das fontes até os receptores finais. com objetivos efêmeros. torna-se a fonte básica de significado social e as pessoas cada vez mais organizam seu significado em torno não do que fazem. nos oferece. PEREZ.] Castells (2006) contextualizou historicamente o surgimento das redes que segundo o autor surgiram com o fim da Guerra Fria e com a redução do risco do holocausto nuclear. 2010). desde as tabuinhas de cerâmica utilizadas na Antiguidade.”(MEIRA. Do ponto de vista social. passando pelos papiros e. desde a criação da escrita até o recente desenvolvimento das redes de televisão – por milênios. finalmente.” (KOZESINSKI. a cultura humana tem convivido com a certeza de autonomia das mensagens que passaram a se reproduzir e a alcançar mais leitores num lastro cada vez maior de tempo e espaço. pelo papel.2 Origem das Redes Sociais “[. mas sim no que elas são ou acreditam que são. Os movimentos sociais passaram a ser fragmentados e locais. cada vez mais ajudavam o acúmulo de informação e o . 2011).

foi criar um sistema de comunicação invulnerável a ataques nucleares. cujo objetivo era firmar um método de comunicação infalível. a ARPANET foi usada para a comunicação entre a Universidade da Califórnia em Los Angeles.. e a MILNET. Seguindo mais adiante na linha do tempo.. a Universidade da Califórnia em Santa Bárbara ea Universidade de Utah.]”. dedicada a fins científicos. o sistema tornava a rede independente de centros de comando e controle. principalmente à ataques nucleares. pois foi nesse momento que houve a possibilidade de trocar um maior número de pacotes contendo informações para uso militar e não militar através da rede. orientada diretamente a fins militares. Posteriormente todas essas redes foram privatizadas e passaram a operar sob o único nome de Internet. e foi a partir desses quatro primeiros nós que se iniciou uma revolução em todo o processo de comunicação e informação. o empacotamento da informação não apenas tornou um modelo de sistema poderoso contra falhas como também possibilitou uma autonomia da mensagem. a BITNET”. já que havia um apelo comercial para seu uso. 2014). . Portanto.] Em 1983. na metade do século XXfoi desenvolvida pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada do Departamento de Defesa dos EUA a ARPANET – primórdio da internet. Mais tarde. “[.trânsito por essas trilhas que se tornavam cada dia mais complexas”(COSTA. o Stanford ResearchInstitute.. e – em colaboração com a IBM – de mais uma rede para acadêmicos não-científicos. para que a mensagem procurasse suas próprias rotas ao longo da rede [. 2007). (CASTELLS. houve a divisão entre ARPANET. notemos que a privatização foi um fator contribuinte para a expansão da rede. A National Science Foundation também se envolveu na década de 1980 na criação de outra rede cientifica a CSNET. Conforme explicação de Castells (2007) o “conceito criado por Paul Baran na Land Corporation em 1960-4. Com base na tecnologia de comunicação da troca de pacotes.

3 Redes de relacionamento Atualmente.. apenas uma pequena proporção de pessoas escolhe antecipadamente o programa a que assistirá. profissionais e acadêmicos. como por exemplo a televisão. Todo êxito dessa ferramenta é resumido por Marteleto e Tomaél(2005). objeto bem observado por Castells (2007): “[.a internet se apresenta como uma potência tecnológica no que diz respeito à comunicação e informação. “No ambiente das redes. contudo o ambiente oferece a possibilidade de feedback do receptor da mensagem ao contrário do que acontece com os outros meios de comunicação mais populares.] de acordo com estudos sobre a mídia. não há garantia que tudo ali presente seja verídico ou tenha um conteúdo de qualidade. seja nos momentos de lazer.. E é nesse nicho altamente promissor e versátil que foram desenvolvidas as redes sociais virtuais. as redes sociais cresceram e se tornaram presentes em diversas atividades do dia-a-dia das pessoas. Manuel Castells (2007) define redes sociais como “a formação de um hipertexto e uma metalinguagem que. pela primeira vez na história. pois as pessoas frequentemente gostam de compartilhar o que sabem [. valendo-se das informações às quais passa a ter acesso e que poderão reduzir as incertezas e promover o crescimento mútuo”. Ainda que a informação esteja facilitada através das redes.. a rede de relacionamento mais bem sucedida e popular da atualidade. oral e audiovisual da comunicação humana”. porque cada participante melhora. Diante de um cenário tão abrangente e de certo modo de fácil acesso através da internet.1. . Ainda nesse contexto. tendo como principal agente o Facebook.] o compartilhamento eficiente de informação entre os atores de uma rede.. integra no mesmo sistema as modalidades escrita. o compartilhamento de informação e de conhecimento entre as pessoas é constante. e que no inicio de 2014 comprou o WhatsApp (um aplicativo de mensagens instantâneas para smartphones) por US$ 19 bilhões¹. asseguram ganhos.

3%. “A vitória da internet sobre a TV é ligeira e se dá por apenas 10 minutos: em média.Em geral. tempos a distribuição do tempo que as pessoas gastam nas redes sociais. No gráfico acima. em primeiro lugar. o menos maçante” (CASTELLS. às vezes. 2007). que será extinto. os brasileiros passam 3h39 diárias navegando e 3h29 assistindo à . apresenta 97. a primeira decisão é assistir à televisão. Porém. o Facebook. apenas 0. ainda que as redes sociais e consequentemente a internet ganhem cada vez mais espaço na vida da população brasileira. com mais frequência.8% da preferência e o Orkut. as redes de relacionamento atraem cada vez pessoas sem um objetivo especifico para seu uso. fazendo com que as mesmas gastem um tempo consideravelmente grande com coisas. retirado do site Canaltech. apresenta a menor preferência. improdutivas. pesquisas apontam que a TV ainda é a escolha número um das pessoas¹. Em semelhança ao fenômeno descrito por Castells. depois os programas são examinados até se escolha o mais atrativo ou.

1. [. e também podem somar pontos negativos.] As redes sociais se destacam no levantamento. o que pode somar pontos a favor quanto à publicidade e criatividade. Há uma outra linha de redes que segue um propósito mais profissional frente as citadas anteriormente. para 32% dos respondentes as redes sociais já se tornaram seu principal canal na hora de buscar informação” (OLHAR DIGITAL). podendo ser temporárias ou efetivas. Conforme os dados apresentados. As redes sociais profissionais são ambientes onde a pessoa física ou jurídica se cadastra e aguarda por oportunidades profissionais.. retirado do site Canaltech. .programação. Twitter. como por exemplo. A maioria dos entrevistados diz recorrer ao Facebook para se informar. a criação de memes. o Brasilcaminha para o uso das redes sociais com a finalidade de se obter informações.4 Redes Profissionais Embora quando se fala de redes sociais nos aparece a ideia de Facebook. Orkut e etc. gifs e de outros conteúdos cômicos. Aliás. passando a ocupar a segunda colocação conforme gráfico abaixo. Comoo maior expoente das redes profissionais temos o LinkedIn. que atualmente ultrapassou o twitter em quantidade de usuários.. em vez de procurar espontaneamente por sites de notícias. como causar dependência e prejudicar no rendimento profissional e/ou acadêmico de pessoas de não conseguem se desconectar.

Já o LinkedIn. apenas 21.FM.A partir das redes sociais listadas no gráfico podemos afirmar que o Facebook ocupa o primeiro lugar disparadamente. ou outras redes profissionais.2 anos. uma rede social voltada para multimídia possui a menor média de idade. Já o ASK. que nesse caso em especifico seria uma foto mais formal que em outras rede sociais e por fim.9 que é compatível com o perfil dessa rede social. é possível adicionar os perfis profissionais de outras pessoas em sua página da rede. geralmente apresentado como uma espécie de currículo. ou seja. uma foto. tem uma média de idade de 32. Seja o LinkedIn.1 anos e ocupa o quinto lugar. também é possível adicionar pessoas como “amigos”. nessa descrição geral. temos o perfil pessoal. cujos usuários possuem uma média de idade de 30. a interface não costuma mudar muito. .

uma pesquisa feita pela Robert Half. Com essa possibilidade. (Fonte: Robert Half ) Ranking das empresas que mais usam redes sociais em recrutamentos. De acordo com a especialista em recursos humanos. avaliação profissional e pessoal na hora da contratação. o usuário deve estar ciente da exposição que seus dados e informações. Embora não seja algo generalizado no meio. Várias empresas usam dessas redes como um meio para busca de informações profissionais e até mesmo pessoais a respeito do candidato. foram entrevistados 2. aponta o Brasil na primeira colocação em uso de redes sociais em recrutamentos profissionais. por exemplo.819 mil executivos de 13 países. 21% das empresas nacionais confirmaram o uso. é importante manter informações relevantes sobre a formação e experiências . pois é possível que determinado conteúdo de seu perfil possa denegrir sua imagem perante determinada empresa. Redes como o Facebook. podem e são utilizadas por organizações para recrutamento. Avaliação Profissional e Pessoal por meio de Redes Sociais As redes sociais como um todo. Jacqueline Resch. são alvos dessa pesquisa. sendo importante saber usar tal ferramenta como uma aliada e não inimiga. realizada em 2010.2. empresa de recrutamento.

O foco das organizações na hora de buscar por informações nas redes sociais pode ir mais para a parte de referências. comentários. referências e outros métodos tradicionais ainda têm a preferência na hora da avaliação. ou em casos como o Facebook e até mesmo Twitter. Mensagens preconceituosas. onde pelo tamanho da mesma. como atividades realizadas. após isso. com a autorização.anteriores e procurar usar o idioma de maneira correta. o convívio com os funcionários é mais intenso e próximo. criadora do serviço. histórico e experiências passadas. porém é . são as empresas de pequeno ou médio porte que vão atrás destas informações. não é de se surpreender com o surgimento de plataformas próprias para facilitar e automatizar tal pesquisa. e até gostos pessoais. fotos provocativas e referências a bebidas e drogas foram os principais pontos indicados pelas empresas. dois profissionais de RH avaliam as informações e então por último. os candidatos recebem solicitações para autorizar a coleta de informações em suas principais redes sociais. a empresa recebe os relatórios e escolhe o que achar mais adequado. dinâmicas. entrevistas. As informações coletadas por redes sociais auxiliam em detalhes na hora da contratação. a ferramenta coleta os dados. oferece alguns planos com diferentes preços além de uma demonstração para as organizações poderem entender melhor como a ferramenta funciona antes de adquiri-la. para o lado pessoal. Muitas vezes. são práticas simples que colaboram para usar suas redes sociais em favor do candidato. 35% dos empregadores já haviam decidido não contratar um candidato baseado no conteúdo postado em seu perfil em redes sociais. A empresa Social Figures. Com essa nova vertente de avaliações profissionais. no caso de redes como o Linkedin. ainda assim. Segundo estudo feito pela Harris Interactive. surgem então serviços como o social highlight. serviço de Recrutamento e Seleção que promete funcionar em quatro passos: A empresa com vaga disponível passa uma lista de candidatos para a ferramenta avaliar. fazendo com que tais informações sejam essenciais para prever como será o convívio com um futuro empregado.

O Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado (Ibramerc) realizou uma pesquisa a respeito do uso das redes sociais com 251 empresas de médio e grande porte que resultou em: 65% dessas empresas já utilizam as redes sociais como ferramentas de comunicação com clientes e prováveis clientes. podendo então interagir. 3. Com esse interesse. Além disso. entender e influenciar seus clientes.importante que os candidatos tenham em mente que o seu conteúdo exposto online pode ser um diferencial na hora da escolha. . é cada vez mais comum observar empresas usarem as redes sociais como forma de se aproximar com o consumidor. o qual grande parte dos consumidores despendem maior parte do seu tempo online. Apesar de apenas poucas serem realmente populares. Redes e Midias Sociais Atualmente é difícil encontrar qualquer pessoa que não tenha como acessar a internet e que não esteja em alguma rede social. existem dezenas espalhadas pela internet com diversos fins. é importante para as empresas estar presente nesse ambiente.

(Fonte:Ibramec) Com a utilização dessa mídia social. gerando uma melhoria no atendimento ao cliente. sem aumentar o seu custo. sendo então um meio acessível e prático para o uso em campanhas de marketing e publicidade pelas organizações. . a empresa pode usar desse método para comercializar seus produtos e serviços além de expandir seu alcance e promover o nome da marca. A grande maioria dos sites de redes sociais oferecem contas gratuitas.

é importante a contratação de um especialista na área com conhecimentos em Marketing digital para obter melhores resultados. Nisso. 10% de desconto em sua loja virtual a cada gol que o Brasil sofresse na partida. que figurou em notícias de grandes jornais e portais online quanto passou confiança aos seus clientes com a confirmação por parte da organização que mesmo após o inesperado resultado a promoção iria ocorrer. Na partida entre Brasil e Alemanha. presentes no Facebook. divulgando seu produto de forma mais eficaz e diretamente para seu publico alvo. . Por meio de ferramentas como fanpages. pode ser indicado prejuízo por parte da empresa. Ainda sendo um caso à parte. Optando por um perfil corporativo. O resultado foi um amplo placar para Alemanha. o apelo causado pela ampla divulgação nas redes sociais sobre a oferta oferecida. gerou além do término do estoque da empresa. possuía cerca de sete mil seguidores. é possível realizar um marketing mais próximo do usuário. a editora paulista Lote 42 prometeu em sua página do Facebook. um alto ganho de publicidade online. é um exemplo do poder que as redes sociais podem proporcionar para as empresas. é possível criar postagens criativas e bem elaboradas conseguindo interagir com o publico. Entretanto. O fato não só expandiu o nome da empresa. Primeiramente ao observar o fato. A editora se baseou na média de gols que a seleção brasileira estava sofrendo na copa.Um exemplo recente ocorreu na semifinal da copa do mundo de 2014 disputada no dia sete de julho. durante 24 horas. que marcou sete gols. que visando um desconto de 10% ou 20%. A página que horas antes do jogo. vendeu seus produtos a um preço muito inferior de seu valor real. que chegava a no máximo um gol por partida. chegou a mais de trinta e sete mil em pouco mais de dois dias.

resolver problemas e queixas fazendo com que a mesma ganhe respeito e confiança do publico. as empresas ganham um melhor relacionamento com seus clientes. uma questão bastante pontual nas grandes empresas é o uso por parte dos funcionários dessas ferramentas no horário de trabalho e o peso no rendimento dos mesmos. . a empresa interage diretamente com o publico em seu meio de convívio online e nisso. Sendo então as redes sociais uma grande oportunidade de obter importantes resultados dentro do Marketing de mídias sociais. Ocorre então um estreitamento entre a relação com a empresa e seus clientes. 4. Redes Sociais por parte dos funcionários Com a ampla expansão do uso das redes sociais. podendo então sanar dúvidas.Fonte: Midiatismo Com o perfil corporativo. a empresa consegue obter um feedback em tempo real sobre seus processos. muito maior que por um telefone ou e-mail. atualizá-los sobre novidades.

1 mil executivos norte-americanos.. a ideia do bloqueio do acesso a essas páginas nem sempre pode ser a melhor ideia [. 30% confirmaram o uso da internet para fins pessoais e em redes sociais como maior razão para distração dos funcionários. Um jogo aberto com uma conversa franca é mais bem aceito” (BORGE.. 2014) Entre as preocupações por parte de diretores e gerentes é a saída de informações sigilosas e a deturpação da imagem da empresa. com o mesmo objetivo em mente: maior produtividade[. Antes do surgimento das redes sociais apareceram outros elementos tecnológicos que desviaram o foco dos trabalhadores.] (OLIVEIRA. “[.]” (AMADEU.] As redes sociais presentes na internet são apenas ...] Quando o computador foi disseminado nas empresas. O mesmo ocorreu com o surgimento da internet em si. “[. É valido lembrar que esse efeito das redes sociais nada mais é que um reflexo de nossa realidade. no começo do século passado. Foram entrevistados 2.. a navegação pelas redes sociais e essa socialização com colegas vem sendo o principal fato a diminuir o tempo de trabalho dos funcionários durante o expediente.Conforme pesquisa realizada pela Robert Half. [. Porém segundo gerentes e supervisores. mas uma meta geral de empreendedores dos últimos cem anos..). A diferença é que a preocupação fisiológica ‐ visando a maior produtividade ‐ se expandiu para psicológica. que pode ser causada pelo uso displicente da ferramenta por parte do funcionário. [.. 2010)..] A criação de um ambiente de trabalho livre de interferências não é novidade.. houve casos de perda de produtividade porque funcionários gastavam tempo com o jogo de cartas conhecido como Paciência. Quando as grandes fábricas.. então é inevitável. procuravam adaptar o trabalhador na linha de montagem à melhor posição para martelar e parafusar.. não faziam nada de muito diferente do que as grandes corporações fazem hoje em dia. O bloqueio nos computadores acaba sendo mal-visto pelos colaboradores e esse clima de proibição gera resultado piores..] “Grande parte dos funcionários tem acesso à internet por smartphones. social e econômica.

que desse modo é vista como a vilã . .enquanto sua causa real permanece não reconhecida: a falta de motivação presente no trabalho...uma expansão das redes humanas que existem desde que começamos a viver em grupos.]” (AMADEU. Muitas vezes a queda do desempenho no trabalho é interpretada como uma decorrência do uso dessa tecnologia . [. 2010). A melhor maneira de lidar com a utilização ou não dessas redes no local de trabalho tende a ser o dialogo. pois a motivação do uso dessas ferramentas durante o expediente pode ter raízes mais profundas.

M. Disponível em: <http://www.usp.com.Empresas brasileiras são mais rápidas no recrutamento. 2010. de 2011.br/celacc/ojs/index.2014. L..br/negocios/noticias/empresas- brasileiras-sao-mais-rapidas-recrutamento-582302> Acesso em 01 de jul. S.Referências Bibliográficas ALTERMANN.br/comunicacao-digital/qual-a- diferenca-entre-redes-sociais-e-midias-sociais> Acesso em 01 de jul. A.Ativismo a Partir das Redes Sociais.midiatismo. 2014.abril. A. São Paulo: CELACC / ECA – USP. .php/blacc/article/viewFile/426/373 > Acesso em: 22 de jun. BESSERMAN. H. BERBER. CASSIANO.uol...Qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais?.K. 13 de abr..Uso de redes sociais no trabalho prejudica rendimento de funcionário? .pdf > Acesso em: 17 de jun. FEDICHINA. Disponível em: <http://www2. 2014. Disponível em: <http://www.. Machado. 2011. Disponível em: <http://exame.fea.. A. CARVALHO. ERAS A. 2014. CPFL Cultura.br/vyaestelar/redes_sociais.com. Disponível em <http://www.com.br/semead/14semead/resultado/trabalhosPDF/871. S. M. D. Palestra Invenção do contemporâneo. L. São Paulo: XIV SemeAD Seminário em administração. & GOZZI.htm> Acesso em 09 de jul..O consumidor e o indivíduo na era da transição. BALDAN. de 2014. Out.usp.ead.A Estratégia de Relacionamento com o Cliente por meio das Redes Sociais.

editora terá de vender livros 70% mais baratos. 2012.copa-do-mundo.usp. Acessado em 17 de jun..No Que Você Está Pensando? – Redes Sociais e Sociedade Contemporânea.1525666> Acesso em 09 de jul.50 no.. GUIMARÃES.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-14112007-141115/ptbr. de. DOLZAN. Empresasvol.com.Por Promoção na copa. 2014. L. V.3 São Revista de Administração Paulo jul. Letras e Ciências Humanas de São Paulo. Castilho. Disponível em: <http://esportes. B... PEREZ. 2014./set. C. Redes Sociais na Criação e Mortalidade de Empresas. KONTIC.revistas.br/scielo.COSTA.por-promocaona-copa-editora-tera-de-vender-livros-70-mais-baratos.br/revusp/article/view/34891> Acesso em 17 de jun. O Uso das Redes Sociais Virtuais como Ferramenta de Comunicação de Marketing pelo Mercado Editorial. G.usp.php > Acesso em: 17 de jun.Inovação e Redes Sociais: A Indústria da Moda em São Paulo. 2010 de Disponível em:<http://www. de O. Tese de Doutorado apresentada ao Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia. São Paulo: XIV SemeADSeminario em administração. de 2014. M.teses. São Paulo: Revista USP n° 92. 2014. .php?script=sci_arttext&pid=S003475902010000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. M.scielo. Dossiê Redes Sociais.br/noticias/futebol... G. KOZESINSKI.estadao.A. outubro de 2011. M. Disponível em: <http://www. & VALE. MEDEIROS JR. R. Disponível em: <http://www.

LIBÓRIO.folha. Disponível em: < http://www..uff. TOMAÉL M. Redes Sociais: Posições dos Atores no Fluxo da Informação. Disponível em: <http://classificados.questoesemrede. M.com. de 2014. de 2014.scielo.com. 2014.. Disponível em: <http://www. .html> Acesso em: 01 de jul.br/semead/14semead/resultado/trabalhosPDF/1153..br/empregos/2013/09/1343861-empresalanca-ferramenta-para-rastrear-redes-sociais-de-candidatos-a-empregos.ead. MARTELETO.pdf> Acesso em: 18 de jun. I. R.shtml> Acesso em 01 de jul. B.usp. A. R. LIMA. de 2014.fea..pdf?sequence=1 > Acesso em: 03 de jul. M. de 2014.br/2012/06/as-redes-sociais-vem-tomando- uma-grande.A influencia das redes sociais no meio profissional. Disponível em: <http://www. Disponível em:< http://repositorios..marketinginovador..Empresa lança ferramenta para rastrear redes sociais de candidatos a empregos. LIMA.br/pdf/ci/v30n1/a09v30n1 >Acesso em: 02 de jul.uol. D.empresassa.A importância do Marketing de Redes Sociais para empresas.com/importancia-marketing-deredes-sociais-para-empresas/> Acesso em: 01 de jul.br/repositorios/bitstream/handle/1234567 89/327/GT3_Tomael_Marteleto. Análise de Redes sociais: aplicação nos estudos de transferência da informação. MARTELETO. 2014.Disponível em <www.

Disponível em: <http://www.1.& TEIXEIRA.br/scielo. Jan.Palestra CPFL Cultura - 23 de abril de 2010. M. P.usp.br/semead/10semead/sistema/resultado/an_resumo.com. A.a sp?cod_trabalho=252> Acesso em: 17 de jun. OLIVEIRA.ead. de 2014. L. S.fea.Disponível em: <http://www.. de 2014.13 no.br/Institucional/SalaDeImprensa/Releases/CPFL-Culturapromove-discussao-sobre-sustentabilidade-e-consumo--em-CampinasSP>../Mar.O poder do indivíduo na sociedade em rede.Estabelecimento de Dimensões em Redes Sociais por meio da relação entre a teoria dos seis mitos e a teoria da conversão do conhecimento. MIGUELL..tecmundo. L. G.akatu. de 2014.br/empresas-einstituicoes/53694-perfis-em-redes-sociais-sao-quesitos-essenciais-avaliadospor-empregadores.. de 2014. 2009Disponível em: <http://www. SILVEIRA.org.scielo.Perfis em redes sociais são quesitos essenciais avaliados por empregadores. da & RIGOLON. . M. Disponível em: <http://www. Acesso em: 10 de abr. RAMON. S.php?script=sci_arttext&pid=S141565552009000100004> Acesso em: 17 de jun. V.htm> Acesso em: 01 de jul. Valores organizacionais e criação do conhecimento organizacional inovador. M. P.MEIRA. Curitiba:Revista de Administração Contemporânea vol. A. G.

html> Acesso em: 01 de jul.com. .com/bom-dia-brasil/noticia/2011/09/perfil-nasredes-sociais-influencia-avaliacao-profissional-diz-pesquisa.de 2014.uol. RESCH. Brasileiro passa mais tempo na internet que na TV. de 2014. J.globo.REDAÇÃO CANALTECH.br/noticia/internet/LinkedIn-passa-Twitter-e-agora-e-asegunda-rede-social-mais-usada-no-Brasil/> Acesso em: 02 de jul.2014.com.Perfil nas redes sociais influencia avaliação profissional. Disponível em: < http://olhardigital. Disponível em: <http://g1. Disponível em: < http://canaltech.br/noticia/40701/40701 > Acesso em: 02 de jul.. REDAÇÃO OLHAR DIGITAL. diz pesquisa.LinkedIn passa Twitter e agora é a segunda rede social mais usada no Brasil.