You are on page 1of 1

1

Nº 179, quarta-feira, 17 de setembro de 2014
ANEXO
ÁREA: 1 ARTES CÊNICAS - (ART.18, §1º)
14 0406 - FESTA DA PAZ
PROSON AGENCIA DE VIAGENS, TURISMO E
EVENTOS LTDA
CNPJ/CPF: 30.434.187/0001-00
RJ - Barra Mansa
Período de captação: 16/09/2014 a 31/12/2014
14 0146 - O DOM QUIXOTE DE BANGU
Prologo Produções Artisitcas e Cinematograficas Ltda
CNPJ/CPF: 09.488.378/0001-50
RJ - Rio de Janeiro
Período de captação: 16/09/2014 a 31/12/2014

cÁREA: 3 MÚSICA INSTRUMENTAL/ERUDITA (ART.18, §1º)
13 0087 - Deixa-te Modelar - Vozes pela igualdade, amor e a
paz entre os povos!
Simone Medeiros Pinto Pereira
CNPJ/CPF: 004.488.219-07
SC - São José
Período de captação: 01/09/2014 a 30/09/2014
PORTARIA N o- 625, DE 16 DE SETEMBRO DE 2014
O SECRETÁRIO DE FOMENTO E INCENTIVO À CULTURA, no uso das atribuições legais, que lhe confere a Portaria n°
426, de 28 de maio de 2014 e o art. 4º da Portaria nº 120, de 30 de
março de 2010, resolve:

ISSN 1677-7042

13

Art. 1º - Aprovar a alteração da razão social do projeto
abaixo relacionado:
PRONAC: 13 3371 - "Jazz Festival Brasil - Belo Horizonte",
portaria de aprovação n.º 401/13 de 05/08/2013, publicado no D.O.U
em 06/08/2013:
Onde se lê: Cultura Livre Produção e Organização de Eventos Ltda
Leia-se: BRF ENTRETENIMENTO LTDA
Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.
IVAN DOMINGUES DAS NEVES

PORTARIA N o- 626, DE 16 DE SETEMBRO DE 2014
O SECRETÁRIO DE FOMENTO E INCENTIVO À CULTURA, no uso da competência delegada no art. 6º da Instrução Normativa nº 1, de 24 de junho de 2013, resolve:
Art. 1º Tornar pública a relação do(s) projeto(s) apoiado(s) por meio do mecanismo Incentivo a Projetos Culturais do Programa Nacional de Apoio à Cultura (PRONAC), instituído pela Lei nº 8.313, de 23
de dezembro de 1991, que teve a reversão da reprovação do projeto e passa ser aprovado, após recurso, no âmbito desta Secretaria, em observância ao disposto no parágrafo único do art. 70 da Constituição Federal,
no § 1º do art. 20 da Lei nº 8.313, de 1991, e na Portaria nº 86 de 26 de agosto de 2014.
Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.
IVAN DOMINGUES DAS NEVES
ANEXO
PRONAC
09-0581
11-0212

.

Projeto
Proponente
Mostra Internacional de Mú- Lú Araújo Produções Artíssica em Olinda - MIMO
ticas LTDA
Mostra Internacional de
Olinda

Lú Araújo Produções Artísticas LTDA

Ministério da Defesa
GABINETE DO MINISTRO
PORTARIA NORMATIVA Nº 2.325/MD,
DE 16 DE SETEMBRO DE 2014
Estabelece a precedência funcional dos cargos de nível superior da Administração
Central do Ministério da Defesa e dá outras
providências.

O MINISTRO DE ESTADO DA DEFESA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo inciso II do parágrafo único do
art. 87 da Constituição, e tendo em vista o disposto no Decreto nº
7.364, de 23 de novembro de 2010, resolve:
Art. 1o Estabelecer a precedência funcional no âmbito da
Administração Central do Ministério da Defesa, aplicando-se os critérios previstos nesta Portaria Normativa.
Art. 2º A precedência de que trata esta Portaria Normativa
contempla os seguintes níveis:
I - Nível 1: Ministro de Estado da Defesa;
II - Nível 2: Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças
Armadas e Secretário-Geral do Ministério da Defesa, nessa ordem de
precedência;
III - Nível 3: Secretários, Diretor-Geral do Centro Gestor e
Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia e cargos ocupados
por Oficiais-Generais do último posto do serviço ativo;
IV - Nível 4: Chefe de Gabinete do Ministro, cargos ocupados por Oficiais-Generais do penúltimo posto, Arcebispo Militar do
Brasil, Chefe de Gabinete do Estado-Maior Conjunto das Forças
Armadas e Chefe de Gabinete da Secretaria-Geral, nessa ordem de
precedência;
V - Nível 5: Cargos ocupados por Oficiais-Generais do primeiro posto, Consultor Jurídico, Secretário de Controle Interno, Diretores de Departamento e Assessores Especiais do Ministro (civis e
militares);
VI - Nível 6: Chefes de Gabinete, Chefe da Assessoria Parlamentar, Chefe da Assessoria de Comunicação Social, Gerentes, Coordenadores-Gerais e Assessores;
VII - Nível 7: Coordenadores e Assessores Técnicos;
VIII - Nível 8: Assistentes e Assistentes Militares;
IX - Nível 9: Chefes de Serviço, Assistentes Técnicos e
Assistentes Técnicos Militares.
Parágrafo único. A precedência funcional de que trata esta
Portaria Normativa dar-se-á de acordo com os seguintes critérios,
exceto para os cargos previstos no inciso II do caput do art. 2º:
I - entre civis, o maior tempo de nomeação no cargo no
Ministério da Defesa;
II - entre militares, a precedência no posto;
III - entre civis e militares, o maior tempo de nomeação no
cargo no Ministério da Defesa, com aplicação de regra de antiguidade
quanto ao posto exclusivamente para os militares.
Art. 3º A precedência de que trata o inciso I do parágrafo
único do art. 2º é contada a partir da criação ou transferência do cargo
na estrutura regimental do Ministério da Defesa.

CPF/CNJP
07.688.405/0001-03
07.688.405/0001-03

Resumo do Projeto
A MIMO é dedicada à música erudita e instrumental.
É realizada desde 2003, no interior das igrejas do
Sítio Histórico de Olinda, Pernambuco. Totalmente
gratuita.
A Mostra Internacional de Música em Olinda, é dedicada à música erudita e instrumental, realizada no
precioso ambiente das igrejas históricas de Olinda e
Recife (PE) e João Pessoa (PB). Oferecida gratuitamente ao público, a MIMO também abriga
um festival de cinema com temática musical e atividades educativas para diversos níveis de aprendizado, proporcionando especialização para iniciantes e
músicos profissionais.

Art. 4º O disposto nesta Portaria Normativa não prejudica,
em cada caso, a observância das prescrições contidas no Decreto nº
70.274, de 9 de março de 1972.
Art. 5º O Chefe de Gabinete do Ministro divulgará, periodicamente, a lista de precedência de que trata o art. 2º desta
Portaria Normativa.
Art. 6º A precedência de que trata esta Portaria Normativa
não afeta o exercício de competências funcionais dos cargos que
menciona.
Art. 7º Esta Portaria Normativa entra em vigor na data de
sua publicação.
Art. 8º Fica revogada a Portaria Normativa nº 2.055/MD, de
3 de agosto de 2012.
CELSO AMORIM

COMANDO DA MARINHA
TRIBUNAL MARÍTIMO
SECRETARIA-GERAL
ATA DA 6.922ª SESSÃO ORDINÁRIA
REALIZADA EM 11 DE SETEMBRO DE 2014 (QUINTA-FEIRA)
Presidência do Exmo. Sr. Juiz Vice-Almirante MARCOS NUNES DE
MIRANDA, Secretária do Tribunal, a Bacharela DINÉIA DA SILVA.
Às 13h30min, presentes os Exmos. Srs. Juízes, FERNANDO
ALVES LADEIRAS, MARIA CRISTINA DE OLIVEIRA PADILHA, MARCELO DAVID GONÇALVES, SERGIO BEZERRA DE
MATOS, NELSON CAVALCANTE E SILVA FILHO e GERALDO
DE ALMEIDA PADILHA, foi aberta a Sessão. Sem impugnação, foi
aprovada a Ata da Sessão anterior, distribuída nos termos do art. 31
do Regimento Interno.
PUBLICAÇÃO DE ACÓRDÃOS
24.148/2009, 25.474/2010, 26.583/2011, 27.992/2013,
28.265/2013 da Exma. Sra. Juíza Maria Cristina de Oliveira Padilha;
26.261/2011, 27.119/2012, 27.180/2012, 27.571/2012, 27.583/2012,
28.048/2013, 28.057/2013, 28.070/2013, 28.145/2013, 28.161/2013,
28.199/2013, 28.279/2013, 28.330/2013, 28.337/2013, 28.371/2013,
28.382/2013, 28.425/2013, 28.439/2013, 28.445/2013, 28.501/2013,
28.512/2013, 28.516/2013, 28.542/2013 do Exmo. Sr. Juiz Marcelo
David Gonçalves; 24.116/2009 do Exmo. Sr. Juiz Fernando Alves
Ladeiras; 25.205/2010, 26.069/2011, 26.108/2011, 26.214/2011,
26.584/2011, 28.156/2013, 28.257/2013, 28.317/2013, 28.336/2013,
28.349/2013, 28.367/2013, 28.381/2013, 28.397/2013, 28.403/2013,
28.438/2013, 28.480/2013, 28.492/2013 do Exmo. Sr. Juiz Sergio
Bezerra de Matos; 25.639/2011, 26.715/2012, 26.729/2012,
26.942/2012, 26.956/2012, 27.536/2012, 28.038/2013, 28.245/2013,
28.305/2013, 28.347/2013, 28.355/2013, 28.365/2013, 28.378/2013,
28.432/2013, 28.496/2013, 28.535/2013 do Exmo. Sr. Juiz Nelson
Cavalcante e Silva Filho; 26.134/2011, 27.412/2012, 28.058/2013,
28.247/2013, 28.551/2014 do Exmo. Sr. Juiz Geraldo de Almeida
Padilha.

Este documento pode ser verificado no endereço eletrônico http://www.in.gov.br/autenticidade.html,
pelo código 00012014091700013

Valor Solicitado
1.573.887,00

Valor Aprovado
1.492.017,00

Valor Captado
551.500,00

1.493.920,00

1.458.420,00

850.000,00

REPRESENTAÇÃO RECEBIDA
Nº 28.469/2013 - Acidente e fato da navegação envolvendo
o BM "LINDALVA", em processo de inscrição, ocorrido no rio Madeira, Humaitá, Amazonas, em 16 de julho de 2013.
Relator: Exmº Sr. Juiz Fernando Alves Ladeiras. Revisor:
Exmº Sr. Juiz Nelson Cavalcante. Autora: Procuradoria Especial da
Marinha. Representado: Braz de Jesus Miranda dos Santos (responsável pela embarcação).
JULGAMENTOS
Nº 25.522/2010 - Fato da navegação envolvendo a balsa
"VITÓRIA CLEDNA" e um veículo, ocorrido no rio Ivipani, Areia
Branca, Rio Grande do Norte, em 22 de abril de 2010.
Relatora: Exmª Srª Juíza Maria Cristina Padilha. Revisor:
Exmº Sr. Juiz Sergio Bezerra de Matos. Autora: Procuradoria Especial da Marinha. Representados: Edivaldo Fernandes Sobrinho (comandante) - Revel e José Gerônimo Reis de Souza (condutor do
veículo), Adv. Dr. Eduardo Duílio Piragibe (DPU/RJ). Decisão unânime: julgar procedente, em parte, a representação de autoria da
Procuradoria Especial da Marinha, fls. 113/116 e considerando o fato
da navegação, previsto no art. 15, alínea "e", da Lei nº 2.180/54 e
suas consequências, como decorrente da conduta imprudente de José
Gerônimo Reis de Souza, 2° representado, condenando à pena de
Repreensão, prevista no art. 121, inciso I, c/c os artigos 124, inciso
IX e 127-Caput, todos os artigos da Lei nº 2.180/54, com redação
dada pela Lei nº 8.969/94. Isento das custas processuais. Exculpado o
1° Representado Edivaldo Fernandes Sobrinho.
Nº 26.438/2011 - Acidentes da navegação envolvendo o BM
"BRINCAR DE VIVER", ocorridos no porto do Turista, Prado, Bahia, em 02 de janeiro de 2011.
Relator: Exmº Sr. Juiz Fernando Alves Ladeiras. Revisora:
Exmª Srª Juíza Maria Cristina Padilha. Autora: Procuradoria Especial
da Marinha. Representados: Prevtur Prevcaixa Turismo e Lazer Ltda.,
(proprietária/armadora) e Benedito Santana de Matos (mestre/condutor), Adv. Dr. Fernando Wiliam de Souza (OAB/MG 49.984). Decisão unânime: julgar os acidentes da navegação, tipificados no art.
14, letras "a" (água aberta, seguida de naufrágio) e "b" (defeito na
embarcação), como decorrentes de negligência dos Representados,
acolhendo, em parte, os termos da Representação da D. Procuradoria
Especial da Marinha e considerando as circunstâncias e consequências dos fatos apurados, agravante e atenuantes, com fulcro nos artigos 121, incisos I e VII, 124, incisos V e IX, 127, 135, inciso IV e
139, inciso IV, letras "a" e "d", aplicar a ambos a pena de repreensão
cumulativamente com à pena de multa de R$ 5.000,00 (cinco mil
reais) para a 1a representada, Prevtur Prevcaixa Turismo e Lazer
Ltda., proprietária da embarcação "BRINCAR DE VIVER" e à pena
de multa de R$ 500,00 (quinhentos reais) ao 2° representado, Benedito Santana de Matos, Comandante. Custas proporcionais às penas
de multa. Medidas Preventivas e de Segurança: retirar de tráfego a
embarcação até que seja apresentada com seus flutuadores estanques
e atenda às demais normas da Autoridade Marítima. Oficiar à Capitania dos Portos da Bahia, agente local da Autoridade Marítima,
para as sanções aplicáveis, a infração ao art. 13, do RLESTA, pela
falta de um tripulante a bordo, em desacordo com o estabelecido no
Cartão de Tripulação de Segurança e para que verifique a necessidade
do cumprimento do Memorial Descritivo, a luz das normas em vigor.
Às 14h35min os trabalhos foram suspensos, tendo sido reiniciados às 15h15min.

Documento assinado digitalmente conforme MP n o- 2.200-2 de 24/08/2001, que institui a
Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil.