Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia

Administração – 5º Período

TRABALHO DE GESTÃO DE
PROCESSOS

Eunápolis/BA - 2014

2014 . Eunápolis/BA .Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia Administração – 5º Período TRABALHO DE GESTÃO DE PROCESSOS Alunos: Fillipe Andrade e Dimas Rafael Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Gestão de Processos do curso de Administração. da Universidade Unesul Bahia. ministrado pelo professor Ranieri Nascimento.

O que justifica a existência e o uso do MASP na solução de problemas em empresas é o risco. a utilização do MASP contribui para uma melhor gestão. processos ou serviços. Essas abordagens funcionam bem para problemas simples e de baixa complexidade. Apresenta-se como um eficiente e eficaz método científico de gerenciamento. Structured Problem Solving. sobretudo a tentativa-erro. organização e controle dos processos produtivos de empresas dos mais diversos segmentos. Tratase de um roteiro estruturado para resolução de problemas complexos em empresas. O MASP é uma denominação brasileira. baseia-se em ações orientadas por fatos e dados. relacionados a produtos. Em outros países ele possui diversas configurações. O MASP se aplica a problemas complexos. mas não teve sucesso. O método subdivide o ciclo do PDCA em oito fases: . Quality Improvement Process. que é a forma que trabalham os cientistas para descoberta de soluções para todas as áreas do conhecimento humano. intuição e a experimentação. é um método com caminhos lógicos e definidos. por exemplo. como QC-Story. aqueles em que a empresa já fez de tudo para tentar resolvê-los.INTRODUÇÃO O "Método de Análise e Solução de Problemas" constitui-se na utilização conjunta e sistematizada das ferramentas da qualidade. Recurso aplicado em larga escala. problemas crônicos e problemas sistêmicos. por ser estruturado dentro de uma filosofia de trabalho que utiliza-se de evidências objetivas. RELAÇÕES PDCA / MASP O método é uma sistematização do uso do ciclo do PDCA definido de forma mais clara quais etapas e ferramentas utilizar em cada fase. etc. a incerteza e o baixo nível de sucesso de outras abordagens. objetividade e otimização. que prioriza dados e fatos em detrimento de opiniões e que procura o maior benefício ao menor esforço. É nesse contexto que o MASP mostra sua utilidade. É um método que deriva do ciclo PDCA e que possui várias influências da metodologia científica. ou seja. O MASP caracteriza-se pela racionalidade. 8D. O QUE É MASP? O MASP é a abreviatura de Método de Análise e Solução de Problemas. como. mas falham em problemas complicados e difíceis de compreender. variações e denominações. Em outras palavras.

Aqui se deve utilizar o Diagrama de Ishikawa (Diagrama de Causa e Efeito) aliado com o brainstorming. 2 . Por isso. Na fase de identificação do problema é importante definir um indicador e também sua meta. Desdobrar um grande problema em problemas pequenos é sempre uma boa idéia. sempre que possível. tente não levantar causas pois isso pode levar a conclusões precipitadas e bloquear alguma fonte de informações.OBSERVAÇÃO A segunda fase é a fase de Observação do problema. tente pensar na indisponibilidade de cada equipamento. tente apenas definir e delimitar bem o problema. Gráfico de Controle. quando o chefe está olhando ou não. Lembre-se: para resolver um problema não o ataque. 3 . ataque suas causas! 5 . Ao invés de pensar na indisponibilidade de um processo. Priorize as causas com um gráfico de Pareto ou com uma Matriz GUT. geralmente. Nesta fase podem ser usadas ferramentas como brainstorming. É possível que seja necessário capacitar às pessoas com relação a alguma técnica ou conceito necessário nesta fase. Histogramas. Para isso a primeira fase é a Identificação do Problema. Tente observar se o problema ocorre mais à noite ou durante do dia. Nesta fase a equipe de ataque às causas do problema deve delimitar e enunciar muito bem o problema. em seguida. no inverno ou no verão. Uma boa prática é. diagrama de Pareto. Agora é a hora de começar a tirar conclusões sobre os dados e buscar as causas do problema. Novamente. Regressões Lineares etc. desdobrar o indicador. Evite pensar em causas e em sintomas. passar à execução das ações . folha de verificação.IDENTIFICAÇÃO DO PROBLEMA Ao perceber um problema. Ao invés de usar ‘o equipamento quebra frequentemente’ tente utilizar ‘A indisponibilidade do equipamento está acima de 25%’.ANÁLISE Na terceira fase os dados e informações coletados são finalmente analisados.PLANO DE AÇÃO Na última fase do planejamento monta-se um Plano de Ação 5W2H para combater as causas prioritárias.AS FASES DO MASP 1 . 4 . a primeira ação de um gestor é planejar o ataque às causas do mesmo.AÇÃO A quinta fase do MASP é a fase de Execução do plano. Nesta fase dados são coletados e entrevistas são realizadas para tentar obter o maior número de informações possível. a fase cinco se inicia com capacitação e treinamento para.

BRAINSTORMING O brainstorming (tempestade de idéias) é uma técnica de grupo empregada para incentivar o pensamento criativo e auxiliar um grupo a obter o máximo de idéias no menor tempo possível.PADRONIZAÇÃO Nesta fase as ações que tiveram um impacto positivo no ataque às causas do problema devem ser padronizadas.Utilizar as experiências individuais e coletivas da equipe para desenvolver idéias com maior profundidade. . CÍRCULOS DE CONTROLE DE QUALIDADE . explicitar suas causas e efeitos. 6 . Esse tipo de ambiente ajuda os membros da equipe a: . os resultados alcançados e os documentos gerados são reunidos em um único documento que é divulgado a toda a organização e arquivado para referências futuras. gerando se possível uma nova forma de operar o processo. Esta verificação leva em conta os resultados obtidos. . É um componente importante de várias ferramentas da qualidade.Obter um volume maior de idéias do que se produziria individualmente. Para efeitos de padronização podem ser utilizados os POP’s e os Fluxogramas. Essa técnica promove um debate entre os membros da equipe a fim de exporem suas idéias sem barreiras psicológicas.Gerar uma variedade de idéias diferentes daquelas que se pensa normalmente. . claro. FERRAMENTAS DE QUALIDADE As ferramentas da qualidade são instrumentos que possibilitam evidenciar os problemas.Expressar suas idéias.descritas no Plano de Ação. sempre que um problema semelhante surgir há informações sobre como atacar suas causas. A partir de então este documento passa a fazer parte do capital intelectual da empresa. estabelecer prioridades das melhorias a serem adotadas e gerenciá-las. 7 . o cumprimento das metas.CONCLUSÃO Finalmente na fase oito toda a experiência obtida. a eficácia das ações e. Costuma ser utilizado como a primeira etapa para facilitar a coleta de dados verbais ou a geração de idéias para ajudar a solucionar um problema. os prazos e custos despendidos. 8 .VERIFICAÇÃO Na fase seis é feita a verificação das ações executadas.

após o ocorrido. formados por colaboradores geralmente de uma mesma área. É utilizado para identificar os fatores que contribuem para um problema. correção e prevenção. PLANO DE AÇÃO 5W2H O plano de ação 5W2H permite especificar de maneira clara e objetiva cada ação. URGÊNCIA E TENDÊNCIA. com o objetivo de resolver problemas. Normalmente estes grupos utilizam técnicas de resolução de problemas a exemplo do brainstorming. diagrama de Ishikawa e Análise de Pareto. foi criado um grupo chamado de Grupo de Análise de Produtos Não conforme. Torna-se necessário uma análise de cada causa associada para confirmar sua contribuição na falha. a partir de uma média aritmética simples ou ponderada dos itens considerados. quando (When). . É um método de determinar prioridades para implantação de ações visando à solução de um problema ou execução de um projeto. Seu uso possibilita a identificação das causas associadas a um resultado indesejado. utilizando-se uma escala.Os Círculos de Controle de Qualidade (CCQ) são grupos de discussão visando melhorias. diagrama de causa e efeito ou diagrama espinha de peixe é a representação gráfica que estrutura as informações sobre causas prováveis de um determinado problema. Urgência e Tendência. Os critérios descritos na figura levam em consideração o ambiente produtivo do artigo em questão. A aplicação da matriz visa priorizar um conjunto de itens. identificando suas causas e sugerindo soluções viáveis. levando-se em consideração o que (What) será feito. selecionados no brainstorming. Esses critérios podem variar de acordo com o sistema a ser aplicado. No caso da organização. A adoção de técnicas e ferramentas que possam identificar problemas ou oportunidades no desempenho da organização é imprescindível para que a mesma possa desenvolver a totalidade de sua potencialidade como organização produtiva com práticas dos conceitos de Qualidade Total. que visa à verificação das causas de refugos de produtos e relaciona seus defeitos a problemas ações de contenção. podendo-se dar peso para priorizar as ações corretivas e preventivas. um resultado e para analisar uma cadeia de processos. Em alguns casos. para os critérios Gravidade. DIAGRAMAS DE CAUSA X EFEITO – ISHIKAWA Diagrama de Ishikawa. MATRIZ GUT – GRAVIDADE. um efeito indesejado pode ser originado de uma ou mais falhas em todas as ramificações. usualmente de um a cinco.

métodos. etc. As atividades relacionadas com a qualidade . a gestão da qualidade é um fator decisivo na sobrevivência das organizações. Em termos práticos. CONCLUSÃO Na busca pela competitividade. podemos dizer que 80% dos problemas são causados por 20% das causas (máquinas. por que (Why). prático e desperdício de cada atividade na rotina administrativa. pessoas.. por quem (Who). como (How) e quanto (How much).).onde (Where). É uma ferramenta de gestão que divide claramente o que é estratégico. MATRIZ DE IMPORTÂNCIA E URGÊNCIA A matriz de importância e urgência relacionam as atividades que surgem no dia a dia e permite priorizar os esforços onde realmente importa. PARETO O princípio de Pareto diz-nos que a maioria dos efeitos está relacionada com um número reduzido de causas. materiais.

pdf . Sua utilização proporciona as organizações um processo de gestão voltado para ações corretivas e preventivas de forma a detectar os problemas e propor ações com foco na melhoria contínua. por isso é necessário uma gestão com base em fatos e dados que possam analisar e solucionar os problemas existentes.aedb.uma das metodologias utilizadas para auxiliar os gestores na identificação dos problemas é o Método de Análise e Solução de Problemas (MASP).A verdadeira função do controle da qualidade é analisar. Está associada à percepção de excelência nos serviços.br/seget/artigos08/143_Artigo%20-%20MASP%20%20SEGET%202008%20v3.Após a utilização das ferramentas da qualidade. O que poderá tornar as empresa mais competitivas. pesquisar e prevenir a ocorrência de problemas e defeitos. O mesmo tem como foco à identificação dos problemas e conseqüentemente elaboração de ações corretivas e preventivas de forma a eliminar ou minimizar os problemas detectados. pode-se concluir que a ferramenta MASP – Método para Análise e Solução de Problemas – pode ser utilizada para solucionar problemas diversos. aplicáveis à metodologia sistematizada pelo MASP. BIBLIOGRAFIA • http://www.são amplas e consideradas essenciais para o sucesso estratégico. Considera-se que este método deve ser disseminado como forma de melhoria de todos os processos em qualquer empresa. Dentro do universo da gestão da qualidade.

yahoo.br/qualidade/aulas/aula06B-MASP.pdf • http://br.com/question/index?qid=20090615161555AAjfZXT .answers.marco.• www.eng.