[Ano

]

Cidadania e Direitos Humanos – Um desafio

Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.cruzeirodovirtual.com.br

Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Unidade: Cidadania e Direitos Humanos – Um desafio MATERIAL TEÓRICO Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.br 2 .cruzeirodovirtual.com.

a comunidade e os diversos segmentos da sociedade. O desafio apresenta-se de duas formas. o momento atual exige a construção da cidadania e a implementação dos direitos humanos como tarefa de urgência. a partir dessa atitude. o indivíduo. sociais e econômicos que assegurem uma vida digna ao ser humano. descobrir os melhores caminhos na busca da transformação social. portanto. estimulando o respeito e a cooperação por uma sociedade com menos desigualdades.com. Há. conhecendo a realidade em suas várias nuances e mudando o que precisa ser mudado para uma vida melhor. exercer o direito de cobrar das instituições do Estado a sua responsabilidade na preservação dos direitos humanos. exercitando uma nova consciência crítica. Há hoje cada vez mais espaços para ações de parceria voltadas ao desenvolvimento sustentado e à realização dos direitos humanos. O desafio essencial de cada um de nós é e sempre será fazer respeitar a nossa condição de ser humano vocacionado a uma vida digna e solidária. para absorvê-las. em 1948. Significa. Os Direitos Humanos Básicos Durante muitas gerações. as causas e os efeitos das situações que precisam ser enfrentadas. Os esforços de todos devem ser dirigidos para a ampliação das expectativas de vida. Impõe-se a cada pessoa o desafio de acreditar .Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Cidadania e Direitos Humanos Ser cidadão significa ter acesso pleno a todos os direitos individuais e políticos.ou voltar a acreditar. à comunidade e à sociedade. se perdeu tal crença . evitando que a existência das pessoas seja abreviada em virtude de condições desumanas. para. e de outro. antes de mais nada. promulgada pela Organização das Nações Unidas (ONU). Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.cruzeirodovirtual. O principal documento internacional sobre direitos humanos é a Declaração Universal dos Direitos. o seu grupo. os direitos humanos básicos dos cidadãos vêm sendo definidos e organizados de forma bastante compreensível. é preciso abrir-se para além dos círculos fechados em que as pessoas normalmente vivem. política. 1. econômica e cultural.na possibilidade de uma sociedade justa e solidária. uma estreita ligação entre cidadania e direitos humanos.br 3 . Ter consciência crítica significa também saber analisar. Um dos direitos citados pelo documento e que constitui referência essencial para todos os demais é: O direito à vida. Mais do que em outras épocas de nossa história. com realismo. abrir-se para as mudanças e capacitar-se. do mesmo modo. De um lado. de todas as formas. Realizá-la implica uma série de atitudes que envolvem.

org/portalz/index. o direito à igualdade destaca-se como tema prioritário logo em seu art. garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida. por exemplo. outros direitos passaram também a ser melhor definidos. trabalho. O princípio de igualdade está na base de qualquer constituição democrática que se proponha a valorizar o cidadão. É uma espécie de dívida. Quem não puder pagar um advogado. Todos os direitos sociais. sem distinção de qualquer natureza.. "todos são iguais perante a lei. segurança.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Tendo como base o direito à vida.br 4 . Na Constituição de 1988. lazer e cultura. a grande responsabilidade de oferecer as condições necessárias para que cada indivíduo possa usufruir de seus direitos humanos. em conjunto. significa. entre outras iniciativas destinadas a assegurar uma vida digna para todos. O Estado. São os chamados direitos individuais ou direitosliberdades. quita a sua parte da dívida quando prioriza investimentos públicos em educação. que prega o direito de uma pessoa não ser considerada culpada antes de a Justiça apurar os fatos com isenção. conhecidos e valorizados como: moradia. Não é diferente com a nossa. que todos são iguais perante a Justiça. proteção ao meio ambiente. ter direito à igualdade? Significa. terá direito à assistência jurídica gratuita.5o. Entre os direitos individuais mais violados incluem-se os que se referem à presunção de inocência.cruzeirodovirtual. econômicos e culturais representam um compromisso permanente dessas duas instâncias para com cada cidadão. mencionados no Art. Acesso em 14/02/2011. pela prática de tortura. saúde. Estado e sociedade têm. A Igualdade http://www. 5o da Constituição da República Federativa do Brasil. Outro conjunto de direitos diz respeito às obrigações da sociedade e do Estado. moradia. por exemplo. informação." Mas o que. por exemplo.. educação. à igualdade à segurança e à propriedade. 2. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.radiozfm. políticos. de fato.php?option=com_content&task=view &id=2079&Itemid=2. assistência e bem-estar de crianças e adolescentes. geração de empregos.1. aviltada. Direitos da Cidadania 2. e a integridade física.com. à liberdade. Alguns deles se referem à individualidade das pessoas. A todos é assegurado o acesso ao Poder Judiciário.

Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Significa que todos são iguais sem distinção de sexo. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. A Lei Federal nº 9. Deste modo. Jovens e idosos. No exercício de funções profissionais. estabelece que o racismo é crime. não é mais. "judeu" ou "japa". Significa que todos são iguais sem distinção de idade. por exemplo.blogspot. O art. Em um regime livre e democrático. • A liberdade de planejamento familiar. prevê que o casal é livre para decidir quantos filhos. com a intenção de ofender a honra de uma pessoa por causa de sua cor. Segundo o texto legal. Acesso em 14/02/2011. obrigando -se apenas a respeitar os princípios da dignidade humana e da paternidade responsável.259. por exemplo.2. Significa que todos são iguais sem distinção de raça. raça ou etnia é atitude que pode ser punida com pena mínima de um ano de reclusão. 226. Uma outra Lei nº 10. durante os quais ela não poderá sofrer qualquer prejuízo de emprego e salário. não podem sofrer qualquer discriminação profissional em virtude de sua condição etária. homossexuais e mulheres não podem ser discriminados com salários menores e restrições na admissão. chamar alguém de "negão". em seu parágrafo 7o. uma lanchonete que proíbe a entrada de negros será punida com a sua interdição ao público e seu dono. de 13 de maio de 1997. responsabilidade exclusiva do marido representar um filho em determinados atos da vida civil. 2. mediante a ruptura do vínculo de casamento.html.br 5 . editada pelo Município de São Paulo. Na nova representação legal da família. religião. Direito à família http://ideiaskids. natal e de licença-maternidade. • Proteção à maternidade.com. práticas racistas são intoleráveis. Entre os seus grandes avanços destacam-se: • A consagração definitiva da possibilidade de divórcio.cruzeirodovirtual.com/2010/11/plano -de-aula-familiaespecialmente. determina a cassação dos alvarás de funcionamento de estabelecimentos comerciais que pratiquem discriminações incompatíveis com a igualdade racial.040. • A igualdade entre homens e mulheres no exercício de direitos e deveres. permitindo aos divorciados a formação legal de uma nova entidade familiar. responsabilizado penalmente. A Constituição Federal de 1988 contribuiu muito para aperfeiçoar as relações familiares e redimensionar o conceito de família. A lei assegura à mulher estabilidade no trabalho nos períodos pré-natal. Ao Estado cabe unicamente fornecer orientação e educação para que cada núcleo familiar possa exercer conscientemente esse direito.

independentemente do nível de escolaridade e do setor de atividade. 2. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.278. A Lei nº 9. Apenas 15% trabalham em indústrias. empregada doméstica e serviço público. na maioria das vezes. como professora de 1o grau. de um homem e uma mulher. direito à alimentação. políticas e sociais do país. de 10 de maio de 1996. entre outras. III . a Constituição facilita a conversão de uniões estáveis em casamentos. Art. Oitenta por cento atuam em profissões consideradas "femininas". Não bastasse a dificuldade de. também o concubina to gera deveres e direitos para o casal .deveres de respeito e consideração mútuos.2o . Nesse aspecto. à partilha de bens e heranças.com. estabelecida com o objetivo de constituição de família. assédio sexual e limitações na ascensão profissional. ainda hoje a mulher enfrenta agressões como demissão por motivo de gravidez.guarda. da Constituição Federal prevê: Art. com a finalidade de regularizar a situação dos casais. a mulher ainda é vítima de discriminações e violações contra seus direitos humanos básicos. A situação torna-se especialmente mais desfavorável entre as mulheres negras e de baixa renda e escolaridade às quais resta tão somente se contentar com o subemprego. pública e contínua.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui • O reconhecimento como entidade familiar da união estável entre homem e mulher. Apenas 70% das mulheres trabalhadoras são assalariadas. sustento e educação dos filhos comuns. a mulher trabalha mais e recebe salários em média 40% menores que homens com a mesma qualificação.cruzeirodovirtual. Uma das mais conhecidas formas de discriminação de gênero observa -se no trabalho. II . Embora constitua a maioria da população brasileira (51%).1o .3. onde há melhor remuneração.respeito e consideração mútuos.br 6 .É reconhecida como entidade familiar a convivência duradoura.assistência moral e material recíproca. Companheiros e conviventes têm agora os seus direitos previstos em lei. ter de conciliar as responsabilidades domésticas com a carreira. A mulher e o direito Apesar da intensa participação nas atividades econômicas.São direitos e deveres iguais dos conviventes: I . que regula o parágrafo 3o do artigo 226. exigência de atestado de esterilização e não gravidez no ato admissional. Além do casamento civil.

considerada ainda reduto masculino.br/sol176336/mulher-na-sociedademoderna. ratificada pelo Brasil em 1968. A violência contra a mulher é hoje um problema de âmbito mundial.com.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Em educação. freqüentemente os serviços não são planejados e executados de forma a respeitar as especificidades das mulheres. exceto na área de ciências tecnológicas. A violência manifesta-se em casa e no trabalho sob as formas de exploração. em seu artigo 377.com. • O inciso I do artigo 5o da Constituição Federal de 1988 assegura que "homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações". e o crescente aumento dos casos de mulheres infectadas pelo vírus HIV. não justificando. Na área de saúde. em hipótese alguma. avanços expressivos como a proibição de práticas de controle de natalidade que infelizmente contrastam com o ainda elevado número de mortes provocadas por abortos mal praticados e gravidez de risco. de 13 de abril de 1995.Consolidação das Leis do Trabalho dispõe. no entanto. no entanto. • A CLT . • A Convenção da ONU Sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher (1979). encontra espaço na ignorância e na insuficiência dos esforços do Estado para fazer vigorar as poucas leis de repressão. ratificada pelo Brasil em 1994. estabelece a igualdade de remuneração sem discriminação de sexo. que a adoção de medidas de proteção ao trabalho de mulheres é considerada de ordem pública. • A Lei 9029. Conseqüência do poder e do controle exercido pelos homens. • A Convenção da OIT (100) de 1951.php.cruzeirodovirtual. ratificada pelo Brasil em 1957.br 7 . agressão física e emocional e abuso sexual. poucas foram as conquistas a partir dos anos 80. permanece maior entre as mulheres.terra. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. o que assegura a participação feminina no exercício de cargos públicos. proíbe a exigência de atestados de gravidez e esterilização e outras práticas discriminatórias como o estímulo ao controle de natalidade no momento da admissão. estabelece a igualdade de oportunidades e de tratamento no emprego e na profissão para homens e mulheres. Há. a redução do salário.100/95 dispõe sobre a obrigatoriedade de os partidos políticos inscreverem 20% de mulheres em suas chapas.pf. Veja alguns direitos importantes assegurados às mulheres em leis e convenções internacionais: http://vilamulher. Verificouse uma tendência à igualdade no número de matrículas de meninos e meninas em escolas do 1o grau até o nível superior. O índice de evasão escolar. • A Convenção da OIT (111) de 1958. • O parágrafo 3o do artigo 11 da Lei 9. Acesso em 14/02/2011.

• Certidão de nascimento. • Prioridade de atendimento nos serviços públicos de Saúde. trabalhadores e consumidores.cruzeirodovirtual.4. É dever dos adultos proteger. orientar e apoiar as crianças e adolescentes para que se transformem em adultos participantes.br 8 . moral. • com a lei.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui 2. entre outros.blogspot. mental. Tratados como prioridade absoluta da Nação. especialmente as oportunidades e facilidades para que se desenvolvam física. espiritual e socialmente. Acesso em 14/02/2011. lazer e entreterimento. • Proteção para crescer dentro de uma família e de uma comunidade. sujeitos políticos. de 13 de julho de 1990) asseguram às crianças e adolescentes brasileiros todos os direitos e deveres inerentes à pessoa humana. e excepcionalmente em uma família substituta. junto com seus familiares e comunidades. Direitos da Criança e do Adolescente http://portalsaude-leospyder. Assistência Social. vir e estar em vias públicas e espaços comunitários.com. profissionalização e orientação para o seu primeiro emprego. Para proteger crianças e adolescentes Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. na medida em que representam o futuro das nossas famílias e comunidades. crianças e adolescentes necessitam de: • Cuidados desde antes de seu nascimento. • Segurança pessoal e social. • Espaço para expressar suas opiniões.com/2010/12/estatuto-da-crianca-edo-adolescente. de acordo • Boa educação escolar.html. • Espaços para brincar. • Participação na vida política. direitos trabalhistas e previdenciários. Planejamento Urbano. encaminhar. • Trabalhar na condição de aprendiz (até os 14 anos). na forma da lei. 227 da Constituição de 1988 e o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069. Educação. • Liberdade. tendo assegurados horário de escola. O art. para expressar sua crença e costumes. praticar esportes. Ir. o que implica atenção especial à gestante.

de 1990. Para cumprir ta l função. mediante citação ou meio equivalente.wordpress.br 9 . resguardando-se o direito de: • Pleno e formal conhecimento da atribuição do ato infracional. • Inclusão em programa comunitário ou governamental. vítimas da omissão da sociedade ou do Estado. • Matrícula em escolas com freqüência obrigatória. cometendo atos infracionais (crimes ou contravenção penal) será submetido.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui em situação de pobreza ou desagregação familiar. 5o. cabe ao Estado promover a defesa do consumidor. Acesso em 14/02/2011. • Direito de solicitar a presença de pais e responsáveis em qualquer fase do processo. podendo confrontar-se com vítimas e testemunhas e produzir todas as provas necessárias à defesa. Direito do Consumidor http://tudodireito. após processo legal. a lei prevê as seguintes medidas de proteção: • Encaminhamento aos pais.com/2010/06/26/conheca -seus-direitoscomo-consumidor/. apoio e acompanhamento. • Defesa técnica de advogado. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.com. que instituiu o chamado Código de Defesa do Consumidor. • Assistência técnica jurídica gratuita e integral aos necessitados. da falta ou abuso dos pais e responsáveis e ainda de sua própria conduta. a medidas sócio-educativas. como medida extrema. diante de tais medidas. • Orientação. De acordo com o art. na forma da lei. inciso XXXII. 2. Se o adolescente. O Código garante ao consumidor. • Requisição de tratamento em saúde.cruzeirodovirtual. responsabilizando-os pela criança. importante conjunto de regras que protege o cidadão no ato da compra de produtos e serviços.5. em família substituta. criou-se a Lei 8078. • Direito de ser ouvido pessoalmente pela autoridade competente. • Igualdade na relação processual. não cumprir os seus deveres de cidadão. • Colocação.

Na assinatura de contratos de qualquer espécie. móveis) é de 90 dias. fabricantes e produtores. Convém guardar alguma prova da reclamação. exigindo documento de entrega do produto para conserto. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. É importante o consumidor saber os prazos que tem para reclamar. Não está impedido de procurar todos ao mesmo tempo. Caso ele venha a cobrar valores não devidos. em produtos não-duráveis (alimentos. o consumidor tem o direito de exigir em dobro o que lhe foi cobrado. esse tipo de cláusula não apresenta valor jurídico. Além do vendedor.cruzeirodovirtual. não é permitido ao comerciante incluir cláusula abusiva. o prazo é de 30 dias. os acréscimos de juros. por exemplo). pode também solicitar um desconto no valor correspondente ao defeito encontrado no produto. nos contratos para pagamento em prestações. Ele pode recorrer a órgãos administrativos como o Procon. especialmente se houver riscos à saúde. • O direito de exigir reparos. podendo ser posteriormente desconsiderada. encerrado. com ou sem financiamento. pode também solicitar um desconto no valor correspondente ao defeito ou o seu dinheiro de volta. O consumidor não pode ser vítima de qualquer forma de propaganda enganosa. são também responsáveis por eventuais defeitos do produto ou serviço adquirido os fornecedores. devendo cada um deles reparar o dano causado. com a qual o consumidor seja obrigado a concordar. • O direito de ser informado. Se preferir.br 10 .Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui • O direito de ser esclarecido sobre as características e especificações dos produtos e serviços que esteja comprando. • O direito de recorrer às instâncias legais toda vez que sentir violados os direitos previstos pelo Código de Defesa do Consumidor.com. Para produtos duráveis (eletrodomésticos. o exato valor das prestações e o valor total da dívida. sobre o preço do produto. Em defeitos facilmente identificáveis. aos juizados de pequenas causas (valores até 40 salários mínimos) ou ao Fórum Cível. Mesmo assinada. contados a partir do momento em que o produto for entregue ou o serviço. O vendedor deve procurar as vias legais de cobrança. a troca de um produto com defeito ou o seu dinheiro de volta. Se preferir. • O direito de o consumidor não ser ameaçado ou constrangido a pagar.

br 11 . não podendo ser retirado à força ou sob qualquer outra forma. a não ser por ordem judicial. Do mesmo modo. Convém ainda levantar informações no Fórum Cível de quem se está adquirindo o imóvel: se houver qualquer ação de execução contra o indivíduo. o candidato a proprietário deve consultar a Prefeitura para averiguar se todos os impostos e taxas estão em dia. No cartório. • se quiser sair antes do fim do contrato. podendo o contrato ser revisto após três anos.245. Quem estiver morando em imóvel do qual não seja proprietário também tem seus direitos. O locatário interessado em permanecer no imóvel só o deixará mediante ação judicial de despejo. Convém. Se forem obrigados a deixá-lo. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. saber um pouco mais a respeito de alguns direitos relacionados à questão da moradia.com. O valor do aluguel será fechado de comum acordo entre as partes. portanto. Direito à Moradia http://www. corre -se o risco de posteriormente o imóvel vir a ser penhorado. • o contrato de locação pode ser verbal. Os inquilinos não podem ser retirados do local. de 1991. pois. antes de mais nada. caso as partes combinem não fazer ajustes antes deste período. deverá avisar o locador por escrito com 30 dias de antecedência. o cidadão brasileiro ou é proprietário do imóvel onde mora ou está na posse ou ainda paga aluguel. É importante também a quem paga aluguel conhecer alguns dos direitos assegurados pela Lei 8.html. O locatário não está autorizado a alugar ou emprestar o imóvel a terceiros sem concordância expressa do proprietário.cruzeirodovirtual.6. será mais fácil provar quem tem razão. Mas o ideal é que seja escrito. Acesso em 14/02/2011.com/2011/01/moradia-sao-paulo. no caso de divergências futuras.mundodacana. verificar a regularidade deste junto ao Cartório de Registro de Imóveis da região onde está situado. Construir habitações populares é um dever do Estado cujo cumprimento precisa ser exigido e fiscalizado pelo cidadão. que regula as locações de imóveis residenciais urbanos. terão direito à indenização pelas eventuais benfeitorias necessárias realizadas. o interessado poderá se certificar de que não há empecilho para comprar com segurança e obter o registro em seu nome.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui 2. Consolidar o país como um Estado Democrático de Direito. Quem pretende adquirir um imóvel deve. Em geral.

com. • Garantia de ensino noturno regular adequado ao estudante trabalhador. da pesquisa e da criação artística. • Cabe aos pais ou responsáveis conhecerem o processo pedagógico. • A criança e o adolescente.br 12 .html. portadores de deficiência. importando em responsabilidade da autoridade competente (art. 53. parágrafo 2º). atendimento no ensino fundamental por meio de programas suplementares.7. em imóvel com até 250 metros quadrados. Direito à Educação http://ederdantas. há pelo menos cinco anos. s artigos 53 e 58 do Estatuto da Criança e do Adolescente asseguram a todas as crianças e adolescentes o direito à educação em escola pública e gratuita mais próxima de sua residência inclusive para aqueles que não puderem iniciar os estudos na idade apropriada. o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho. Isso será muito útil em caso de processo judicial. É importante que o posseiro tenha provas de que está morando lá de boa-fé. o posseiro poderá se tornar proprietário mediante processo judicial denominado usucapião. têm direito a atendimento especializado em creches.com/2010/11/direito-educacao-basica. preferencialmente na rede regular de ensino. alimentação e assistência à saúde. de 0 a 6 anos de idade em creche e pré- • O adolescente tem direito à educação visando ao p leno desenvolvimento de suas capacidades.cruzeirodovirtual. Atendimento às crianças. Acesso em 14/02/2011. 2. mansa e pacificamente. bem como acesso aos níveis mais elevados do ensino.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui No caso de posse. pré-escola. destacam-se: • escola. material didático.blogspot. a educação é um direito de todos e dever do Estado e da família. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. Entre os direitos constitucionais ligados à educação. bem como participarem das propostas educacionais em entidades específicas. transporte. se estiver morando com a família. O não oferecimento de ensino obrigatório pelo poder público ou a sua oferta irregular configuram desrespeito a um direito constitucional. De acordo com o artigo 205. localizado em áreas urbanas.

Direitos dos Idosos http://emersonfialho.com/2010/04/09/charge-direito-dos-idosos-nosonibus/.9.cruzeirodovirtual. obriga os órgãos da administração direta e indireta e empresas privadas a adequarem os seus projetos. o percentual varia de 1 a 5%. Mas infelizmente isso nem sempre ocorre devido principalmente à falta de oportunidades iguais no trabalho e à inadequação os bens e serviços coletivos. como todo cidadão.br/cgdcr/default.com.php?reg=12&p_secao=21&PHPSESSI D=621f0a99f1c2005d878da8023f92a266. Acesso em 14/02/2011. do Distrito Federal e dos Municípios. o adolescente e o portador de deficiências. violação crueldade e Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. tem direito a levar uma vida normal. parciais. edificações e mobiliário ao uso de pessoas portadoras de deficiência. O portador. discriminação. Veja o que diz a Legislação: • A Lei 9. Como a criança. de 18 de setembro de 1992 determina a garantia de 5% dos cargos e empregos em concursos públicos às pessoas portadoras de deficiências. Os indivíduos portadores de deficiências auditiva. com acesso igual à saúde. totais.8. pedagógicas e sociais necessárias à sua plena integração na sociedade. informação. dos Estados. Estes são alguns dos direitos básicos assegurados ao idoso pela Constituição Federal de 1988. educação.086. mental. gratuidade nos transportes coletivos e isenção de imposto de renda na aposentadoria ou pensão paga pela Previdência da União. de 3 de março de 1995. Direitos das Pessoas Portadoras de Deficiências http://ong. 2. visual ou múltipla necessitam de reabilitação por meio de um conjunto de terapias e serviços que envolvem atividades médicas. física. direitos que apesar de garantidos pela Constituição quase sempre são desrespeitados. Acesso em 14/02/2011. trabalho e lazer.wordpress.br 13 . Nas empresas privadas.com.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui 2.portoweb. • A Lei Complementar 683. temporárias. o idoso não pode sofrer qualquer forma de negligência. Voto facultativo. congênitas ou adquiridas. dependendo do número de funcionários. Dados da ONU – Organização das Nações Unidas – estimam que uma em cada dez pessoas apresenta algum tipo de deficiência. possuindo limitações funcionais permanentes.

garante ao idoso o benefício de um salário mínimo mensal se ele comprovar não dispor de recursos para sua subsistência nem família capaz de mantê -lo. pela família ou pela empresa em que trabalha. observando itens importantes como carência. a sua participação na comunidade. que faz atendimento gratuito. Mediante convênios ou contratos.br 14 . 2. recomenda-se que o usuário dos serviços fique atento aos seus direitos de paciente e consumidor. Direito à Saúde http://variasanas. preço por faixa etária e tempo de internação em UTI. Independentemente de ter contribuído com a seguridade social. convém que o interessado analise com cuidado e atenção o contrato proposto pela empresa. Cabe à família. convênio ou seguro de saúde privado. Para assegurar o direito do cidadão brasileiro à saúde. No momento de aderir a um pla no de saúde. a Constituição Federal de 1988 criou o SUS – Sistema Único de Saúde.9040). assegurando o seu bem-estar. Acesso em 14/02/2011. o cidadão pode obter assistência médica de duas outras formas: • recorrendo ao serviço particular de profissionais de hospitais. considerada uma das questões sociais prioritárias do país. Nos dois casos.com/2010/08/intercambio-seguro-saudepb4. abrangência de cobertura. da Constituição Federal.10. • aderindo a um plano. que integra todas as ações dos serviços públicos federais. procurando orientação e aconselhamento em instituições como o Conselho Estadual de Saúde ou. entre outras normas. pago diretamente pelo interessado. Os serviços de plano de saúde apresentam alto índice de reclamaçãp no Procon.html.cruzeirodovirtual. obrigando-se a cumprir o regulamento do sistema que. toda pessoa acima de 60 anos tem direito à assistência social pública sempre que dela necessitar.blogspot. se sentir-se lesado.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui agressão. defendendo a sua dignidade e preservando o seu direito à vida.282. no Procon (solicitar ainda cartilha "Direitos do Paciente" pelo telefone 011. laboratórios. inciso V. prevê a obrigatoriedade de internação dos pacientes SUS no limite dos leitos disponíveis. serviços privados de saúde podem se credenciar ao SUS. clínicas e consultórios médicos. ao Estado e à sociedade amparar e proteger as pessoas idosas. doenças excluídas. Além do SUS. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. O artigo 203. estaduais e municipais de saúde.com.

Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Nunca é demais lembrar: a Lei Orgânica da Saúde (Lei Federal 8080/90). contami nar as fontes de captação de água e produzir poluição atmosférica. tem também a obrigação de não agredir mananciais. É dever do Poder Público zelar pela preservação da qualidade de vida da população. 3. a uma cidade limpa e a um ar de melhor qualidade. Se o cidadão tem direito à água pura e saudável. Faça deles instrumentos úteis. cuja execução o cidadão pode e deve fiscalizar todos os dias. inclusive para medicamentos. por outro provoca impactos na qualidade de vida do cidadão ao destruir a cobertura vegetal do solo.com. autoridades públicas e cidadãos. procure orientação. . A coleta e o tratamento de esgotos. lazer e esportes. portanto. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. cultura. impermeabilizar as margens dos rios. sob qualquer justificativa. se por um lado. o recolhimento e a distribuição correta do lixo.br 15 . Na d úvida. traz evidentes benefícios sócio-econômicos. Qualidade de Vida Aos poucos as pessoas têm se dado conta de que a melhor qualidade de vida depende de um conjunto de ações de saneamento básico. caracterizada pela existência de maior compromisso e do compartilhamento de direitos e deveres. A crise desse modelo e a busca de uma proposta de desenvolvimento sustentado vêm exigindo de todos. e melhorando os serviços de transporte. A legislação brasileira estimula a organização da comunidade em conselhos populares de saúde. É expressamente proibida. invadir mananciais. o ar puro e livre de poluentes. Um sistema de transportes insuficiente. Esteja atento para que nenhuma taxa extra seja cobrada por instituições privadas integrantes do SUS. Utilize. interferindo no direito de ir e vir e transitar pela cidade.cruzeirodovirtual. a água limpa e as áreas verdes são responsabilidades do Poder Público. de não jogar lixo nas ruas e de regular o motor de seu automóvel. Especialmente os habitantes das grandes cidades sofrem no dia-a-dia os efeitos de um modelo de desenvolvimento urbano que. garante gratuidade de todos os serviços assistenciais prestados na rede pública. plenárias de saúde ou fóruns de saúde. prejudica a locomoção entre a casa e o trabalho. ampliando o número de equipamentos urbanos de saúde. os dispositivos legais para preservar o seu direito e o de sua família à saúde. vigilância sanitária e proteção do meio ambiente. por exemplo. a cobrança de despesas complementares ou adicionais. saúde. assim como o Código de Saúde do Estado de São Paulo. trabalhadores e dirigentes da área de saúde. uma reformulação no modo de pensar e agir. A Lei Orgânica do Município também estabelece a criação de conselhos municipais de saúde com representação paritária entre população.

com.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Anotações _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.br 16 .cruzeirodovirtual.

br 17 .dhnet.com.cruzeirodovirtual.Unidade: CidadaniaUnidade: e Direitos Humanos – Um Colocar o nome da desafio unidade aqui Referências Guia Cidadania e Comunidade.htm#CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS: UM DESAFIO URGENTE .org. Governo do estado de São Paulo.br/dados/guias/dh/br/sp/gcidadan. SENAC/CIC-Centro de Integração da Cidadania. Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www. http://www. Acesso em 14/02/2011. 1997.

br .edu.com.cruzeirodovirtual.cruzeirodosul. 868 01506-000 São Paulo SP Brasil Tel: (55 11) 3385-3000 Campus Virtual Cruzeiro do Sul | www.www.br Campus Liberdade Rua Galvão Bueno.