Ano 1 - N° 1 - Agosto de 2007

V

Biometria proporciona economia e segurança

ocê está recebendo a primeira edição do jornal Impressão Digital da Nitgen do Brasil. O objetivo deste informativo é levar aos leitores informações sobre a tecnologia de biometria por impressão digital, bem como onde e como ela poderá ser aplicada para que sua empresa possa ter o melhor retorno possível do investimento nesta tecnologia que está dominando o mercado mundial. A Nitgen do Brasil é distribuidora exclusiva, para todo o território nacional, dos produtos da marca NITGEN. A sede da empresa está localizada na cidade de Londrina, Norte do Paraná, a uma distância aproximada de 550 quilômetros da cidade de São Paulo. Para um atendimento mais personalizado, a empresa dispõe de representantes comerciais em todos os Estados do Brasil, além de vendedores exclusivos para atender aos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Atendemos aos mais diversos ramos de atividades, como software houses, integradores, empresas de automação comercial e residencial, revendas de informática, indústrias de catracas e controles de acessos. TECNOLOGIA ACESSÍVEL - Biometria é um método de reconhecimento de pessoas baseado em características físicas e comportamentais. Essas características são classificadas como: face, impressão digital, íris, mão, assinatura e voz. As necessidades para utilização de biometria podem ser encontradas em diversos setores, como: órgãos governamentais, sistemas comerciais de gestão, controles de acesso físico e lógico, operadoras de planos de saúde, entre outros ramos de atividade. Utilizado de forma independente ou integrada com outras tecnologias, como SmartCards, chaves de criptografias e assinaturas digitais, a biometria está se fixando como uma tecnologia de economia e segurança. Na autenticação pessoal, a biometria está ficando cada vez mais conveniente e segura que os tradicionais métodos de autenticação, como a utilização de senhas. Isso porque une o evento a um único indivíduo particular já que, diferentemente das senhas, as digitais são únicas para cada pessoa. É conveniente, pois não en-

Usuária da Unimed de Presidente Prudente utiliza o leitor biométrico da Nitgen

volve nada para carregar ou lembrar; precisa, pois utiliza-se de alta tecnologia para autenticação e, o melhor de tudo, está cada vez mais acessível aos usuários, em virtude das constantes reduções de custos. Os leitores da linha USB da Nitgen possuem suporte nas mais diversas linguagens de programação. Nas próximas páginas, o informativo Impressão Digital destaca a bem-sucedida experiência da Unimed de Presidente Prudente, no Oeste paulista, com a implantação dos leitores biométricos da Nitgen no atendimento aos usuários do plano de saúde.

Jornal-nitgen.pmd

1

3/8/2007, 15:31

Unimed de Presidente atendimento com le

M

ais agilidade no atendimento ao usuário e completo controle sobre a liberação de consultas e exames. Estes foram os principais resultados conseguidos pela Unimed de Presidente Prudente depois que foi implantado na rede de atendimento o sistema Nitgen de leitores biométricos. Estimativas indicam que, em 2006, aproximadamente 20% das despesas de atendimento dos planos de saúde envolveram fraudes na liberação de consultas. Outra interessante estimativa de entidades representativas do setor é de que seria possível até uma redução de 3,5% no custo dos planos de saúde através da redução de fraudes realizadas normalmente por consumidores com a “troca de carteirinha”, sempre possível no sistema anterior ao uso da identificação biométrica. “Agora podemos ter segurança de que quem está recebendo o atendimento é efetivamente quem tem direito ao benefício”, explica o vice-presidente da Unimed de Presidente Prudente, o médico urologista Edmilson Longhi. Para ele, a adoção dos leitores da Nitgen também proporcionou maior agilidade no atendimento ao usuário, além do sistema ser encarado como uma ferramenta de controle e gestão que deveria ser utilizada, na sua opinião, não apenas pela Unimed, mas também pelo SUS e outros planos de saúde ou mesmo empresas de outros segmentos. “Já registramos melhorias nos procedimentos administrativos e resultados significativos em termos de economia no nosso custo assistencial. A cooperativa sendo bem administrada proporciona ganhos ao usuário e aos médicos cooperados, que se sentem seguros de estar ligados a uma organização sólida e que investe em tecnologia”, argumenta Longhi. 2

Pelo menos 60% dos usuários da Unimed de Presidente Prudente já tiveram suas digitais cadastradas. Este universo de usuários responde por pelo menos 90% dos atendimentos realizados, o que significa que praticamente todo o sistema de atendimento já está digitalizado. “Escolhemos a tecnologia da Nitgen pela ergonomia, que facilita a leitura das digitais dos usuários, mas principalmente pelo suporte que tivemos na implantação do sistema. Em praticamente uma semana tivemos todo o sistema implementado e funcionando a contento”, relata o coordenador de informática da Unimed de Presidente Prudente, Paulo Roberto Rosa. A redução dos custos assistenciais com a melhoria dos controles de li-

beração de procedimentos pode chegar a 5%. “Mas com 2% de redução, apenas nas consultas, o investimento na tecnologia se paga em menos de seis meses”, analisa, considerando como completamente satisfatórios os resultados da implantação da nova tecnologia. Responsável pelo desenvolvimento de todo o sistema da área de informática da Unimed de Presidente Prudente, Paulo Rosa tem ainda o desafio diário de adequar o atendimento às exigências da ANS – a Agência Nacional de Saúde – que regula e controla as atividades dos planos de saúde no País. Estas exigências ficaram mais rigorosas com o surgimento do padrão TISS – Troca de Informações em Saúde Complementar. Foram cri-

Jornal-nitgen.pmd

2

3/8/2007, 15:31

nte Prudente melhora m leitores da Nitgen
Longhi: “O leitor biométrico é uma ferramenta de controle e gestão”

Paulo Rosa e a evolução do impresso para a tela de preenchimento on line: “O investimento em biometria se paga em menos de seis meses”

A recepcionista Adriana: leitor é visto como evolução pelo usuário

ados padrões de transações eletrônicas que normatizaram, por exemplo, as autorizações on line de procedimentos como consultas e exames entre as unidades credenciadas e a Unimed. Os formulários impressos foram substituídos por telas informatizadas com preenchimento simplificado e códigos dos procedimentos já cadastrados no banco de dados. Agora o novo desafio envolve o controle e a segurança na transmissão destes dados e a Unimed de Presidente Prudente, ao adotar os sistemas informatizados que envolveram a instalação dos leitores biométricos, já larga na frente para atender a mais esta exigência da ANS. “ Vamos ter que implementar certificações digitais e pretendemos

continuar contando com o suporte e a tecnologia da Nitgen também neste processo. Aliás, temos recebido a visita de representantes de Unimeds de outras regiões interessados em conhecer nosso sistema, um sinal de que nosso esforço em aprimorar o atendimento ao usuário tem dado resultados”, avalia Paulo. Este esforço é reconhecido pelas unidades credenciadas, como o Laboratório de Análises Clínicas Marlene Spir, que está totalmente integrado ao sistema Unimed de atendimento. A recepcionista Adriana Maiolini Costa, com uma experiência de 20 anos na atividade, não tem saudade da papelada que tinha que preencher antigamente ao atender uma liberação de exame. “Melhorou muito. Hoje, o atendimento é mui-

to mais rápido e simples. O leitor é visto pelo usuário como um avanço tecnológico e principalmente as crianças adoram quando têm que colocar o dedinho para serem identificadas”, explica. A Unimed de Presidente Prudente está completando 35 anos de atividades atendendo atualmente a mais de 90 mil “vidas”, como denominam, no universo dos planos de saúde, os usuários atendidos. Com uma população de 230 mil habitantes, a cidade é um pólo regional na área médica que abrange uma população de mais de 600 mil pessoas. “Temos que evoluir constantemente, como pólo regional, tanto como empresa como no atendimento médicohospitalar”, conclui o médico Edmilson Longhi. 3

Jornal-nitgen.pmd

3

3/8/2007, 15:31

Nitgen participa da Exposec 2007

Padrão “ANSI/INCITS 378-2004” para as Unimeds de todo o Brasil
Obedecendo a determinação da Unimed do Brasil quanto ao padrão de biometria a ser adotado por esta instituição no processo de intercâmbio entre as cooperativas de todo o País, a Nitgen do Brasil é a primeira empresa a liberar em seu SDK o p a d r ã o “A N S I / I N C I T S 3 7 8 2004”, que estabelece o formato de troca de dados de minúcias da impressão digital. Esta solução permite a independência de fornecedor e não compromete a troca de dados entre as unidades que já utilizam soluções biométricas.

Estande da Nitgen na Exposec: setor movimenta US$ 900 milhões por ano

Nitgen do Brasil marcou presença na última Exposec – Feira In ternacional de Segurança –, principal evento do setor no País e que aconteceu de 29 a 31 de maio no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. O setor de segurança eletrônica gera

A

atualmente, no Brasil, 770 mil empregos diretos e indiretos e reúne mais de sete mil empresas que movimentam cerca de US$ 900 milhões por ano. Veja abaixo alguns dos produtos apresentados pela Nitgen na última Exposec.

Leitores da Nitgen são homologados pela GrFinger da Griaule
Temos a imensa satisfação de informar que os leitores de impressão digital da Nitgen já são suportados pelo kit de desenvolvimento biométrico GrFinger, da Griaule Biometrics. Esta parceria vem atender às inúmeras solicitações de usuários destes fornecedores.

Finger Print Hamster II

Mouse com leitor de impressão digital

Finger Print Hamster

INFORMATIVO DA NITGEN DO BRASIL Av. Tiradentes, 501 – Twin Business Towers – 7° andar – Londrina (PR). CEP 86070-000 Fone: (43) 3374 4701 www.nitgen.com.br Diretoria: Luiz Eduardo Santos Pacheco Carvalho e Claudio Roberto Pablos Gerência Comercial: Osmar Braga – osmar@nitgen.com.br

Uma publicação AMPLA EDITORA Av. Maringá, 813, sala 503 – Londrina (PR). CEP 86060-000 Fone: (43) 3327 1622 amplaed@sercomtel.com.br

4

Jornal-nitgen.pmd

4

3/8/2007, 15:31