You are on page 1of 36

Minimanual

da Língua
Portuguesa

Minimanual da Língua Portuguesa
Banco Pan
SUMÁRIO
A importância de escrever corretamente

03

A nova ortografia da língua portuguesa

04

Uso do hífen

04

Acentuação Gráfica

07

Uso da crase

08

Uso da Vírgula

13

Concordância Verbal e Nominal

15

Dúvidas Frequentes de Concordância

2

17

Vícios de Linguagem Mais Comuns

28

Lista de palavras para consulta

31

Referências Bibliográficas

33

A importância de escrever corretamente
Escrever corretamente é uma qualidade essencial para os profissionais que precisam
utilizar a comunicação escrita no dia a dia. Enviar um e-mail e produzir um documento
com clareza, correção gramatical e objetividade garantem uma boa imagem de quem
emite a mensagem, além de facilitar a compreensão para quem a recebe. Quem
escreve corretamente é valorizado no mercado de trabalho e na vida pessoal, pois evita
mal-entendidos e torna os processos mais ágeis. No entanto, todos nós podemos, em
algum momento, ter dúvidas de como se escreve corretamente uma palavra ou como
deve ser feita a construção de uma frase. Como a língua portuguesa é composta por
um amplo vocabulário e sua origem foi marcada por influências de outros idiomas,
surgiram especificidades que podem confundir e causar dúvidas. Além disso, toda
língua é formada por um processo histórico que também faz surgirem regras e
características diversas.
Este manual foi elaborado com o objetivo de servir como um guia prático e rápido, que
visa a esclarecer as principais dificuldades em relação ao uso do nosso idioma: regras
gramaticais, ortografia, acentuação, pontuação e concordância verbal e nominal.

Aproveite!

3

1 O hífen será usado quando o primeiro elemento (prefixo) terminar com uma vogal ou consoante igual àquela com que começar a segunda palavra: ERRADO CERTO Antiinflamatório Anti-inflamatório Hiperracista Hiper-racista Microondas Micro-ondas Microônibus Micro-ônibus Superrigoroso Super-rigoroso 4 . Foram reintroduzidas as letras K. em 2009. portanto. 2. o prazo para que as novas regras fossem seguidas era dezembro de 2012. USO DO HÍFEN 3. As principais mudanças estão resumidas a seguir: 1.I. Os jornais. começou a ser implantada no Brasil. com o objetivo de unificar a forma como as palavras são escritas em todos os países que utilizam o idioma. W e Y. revistas e livros já adotaram a nova ortografia. à escrita de algumas palavras. Nada muda em relação à pronúncia ou às normas gramaticais. TREMA: não se usa mais o trema: COMO ERA COMO FICOU Agüentar Aguentar Lingüiça Linguiça Qüinqüênio Quinquênio Tranqüilo Tranquilo 3. a nova ortografia. MUDANÇAS NO ALFABETO: o alfabeto passa a ter 26 letras. restringindo-se. Inicialmente. É apenas uma questão ortográfica. NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESA Em razão de um acordo entre todos os países que usam a língua portuguesa como oficial. mas o prazo oficial foi alterado para 31 de dezembro de 2015.

3. diante de palavras iniciadas por “r” ou “b”. “bem”.2 O hífen será usado quando o segundo elemento começar com “h”: CERTO Anti-higiênico Co-herdeiro Mini-hotel Sobre-humano Super-homem 3. “recém”. “pós”.5 Não se usa hífen quando a última vogal ou consoante do prefixo for diferente da primeira letra da segunda palavra: ERRADO CERTO Auto-avaliação Autoavaliação Auto-escola Autoescola Auto-estima Autoestima Extra-judicial Extrajudicial Infra-estrutura Infraestrutura 5 .4 Com o prefixo “sub”. deve-se usar o hífen: CERTO Sub-regional Sub-bibliotecário 3. “aquém”. “sem”. “ex”. Nada mudou em relação à antiga regra: CERTO Bem-vindo Ex-funcionário Pós-graduação Recém-nascido Sem-terra Vice-diretor 3.3 O hífen sempre será usado diante dos prefixos “além”. “vice”.

Nesses casos.7 e 3.8 Não se usa hífen com os prefixos “co” e “re”.3.6 Não se usa hífen quando o primeiro elemento terminar em vogal e o segundo começar com consoante (atenção aos casos descritos nos itens 3.8): CERTO Anteprojeto Antipedagógico Infravermelho Vasodilatador 3. por força da tradição: CERTO Coadquirido Cooperar Reeditar Reeleição 6 .7 Não se usa hífen se o prefixo termina com vogal e a segunda palavra começa com “s” ou “r”. não será usado o hífen. será acrescentado mais um “s” ou r”. para garantir a sonoridade da palavra: CERTO Antessala Antirreflexo Antirrugas Antissocial Autorretrato Minissaia Minissérie Ultrassom Ultrarresistente 3. mesmo que a segunda palavra comece com a mesma vogal.

4. deixaram de ter acentos gráficos. nada muda) 4. ACENTUAÇÃO GRÁFICA 4. Isso ocorre quando há o ditongo “ei” e “oi” nas paroxítonas (quando a penúltima sílaba é tônica): ERRADO CERTO Apóio (verbo) Apoio (verbo) Assembléia Assembleia Celulóide Celuloide Estréia Estreia Heróico Heroico Idéia Ideia Jóia Joia Platéia Plateia O acento é mantido se as palavras forem oxítonas (última sílaba é tônica: papéis. (Lembre-se que.2 Não se usa mais o acento em palavras terminadas em “eem” ou “oo”: ERRADO CERTO Crêem Creem Enjôo Enjoo Lêem Leem Magôo Magoo Vêem Veem Vôo Voo 7 . herói. em razão da nova ortografia. dói.1 Algumas palavras. nas oxítonas.

Eles têm direito à indenização. haverá crase: Com crase = Refiro-me à secretária do gerente administrativo. conforme exemplos a seguir: 1.3 O acento foi mantido quando é necessário distinguir palavras parecidas na forma como são escritas ou faladas em APENAS três casos. Para distinguir o singular e o plural dos verbos “ter” e “vir”: Exemplos: Ele tem direito à indenização.) Sem crase = Pediu a atenção de todos. Ele vem de Curitiba somente para a reunião. (Pediu o silêncio de todos. Se a frase ficar correta com “para a”. (passado) 2. (Peça para a atendente que dedique toda a atenção ao novo cliente. USO DA CRASE Para saber se existe crase. é possível utilizar alguns artifícios: 1. Para distinguir o verbo “pôr” da preposição “por”: Exemplos: Podemos pôr os documentos em ordem alfabética para facilitar o acesso. Eles vêm de Curitiba somente para a reunião. haverá crase: Com crase = Peça à atendente que dedique toda a atenção ao novo cliente. Se na troca ocorrer “ao”. II.4. 3. (Refiro-me ao secretário do gerente administrativo. Troca-se a palavra feminina que aparece depois do “a” por uma palavra masculina de sentido parecido. Para distinguir o passado e o presente do verbo “poder”: Exemplos: Ele pode comprovar o rendimento.) 8 .) 2. Podemos enviar os documentos por e-mail. (presente) Ele pôde comprovar o rendimento. Substitui-se o “a” por “para” ou “para a”.

.) 3. Regras Gerais da Crase: A crase é utilizada apenas diante de palavras femininas: Os documentos foram enviados à empresa. ERRADO CERTO Comunicamos à todos que não Comunicamos a todos que não haverá expediente no dia 14 de haverá expediente no dia 14 de abril. Com crase = Vai à Bélgica (Volta da Bélgica). Sem crase = Vai a Portugal (Volta de Portugal). O diretor está viajando a trabalho. 9 CERTO Enviamos as solicitações a empresas do ramo.) Se a palavra que vier após o “a” estiver no plural. Expliquei a ele a impossibilidade de atendê-lo nessas condições. Sem crase = Vai a Florianópolis (Volta de Florianópolis). Com crase = Vai à cidade de Florianópolis (Volta da cidade de Florianópolis). não se usará crase: ERRADO Enviamos as solicitações à empresas do ramo.Sem crase = Peça a ela para falar urgente com o diretor do departamento. Enviamos as solicitações às empresas do ramo. substitui-se o verbo “ir” pelo verbo “voltar”. estados e países. (Peça para ela falar urgente com o diretor do departamento. Se ocorrer a expressão “voltar da”. ocorre a crase: Com crase = Ele deverá ir à Bahia (Ele deve voltar da Bahia). (“Todos” é palavra masculina. No caso de nomes de cidades. 4. abril.

com exceção de “sábado” e “domingo”: Com crase: Às quintas-feiras. Com crase: As propostas de empréstimo deverão ser encaminhadas até às 15h30. Sem crase: As encomendas só serão aceitas de quinta a sábado. é preciso fazer um balanço das compras da semana.No caso da indicação de horas. “tempo”. haverá crase: Com crase: A reunião está agendada às 13h. ATENÇÃO: Não haverá crase quando a expressão se referir a um período de tempo entre os dias da semana: Sem crase: O atendimento ao público é feito de segunda a sexta-feira. Com crase: Estamos à disposição para atendê-lo. das 10h às 15h. etc. pedem crase se forem femininas: Com crase: Fiquem à vontade para solicitar adequações ao projeto. A mesma regra vale se forem utilizados numerais ordinais para indicar os dias da semana. das 8h às 14h. No caso de indicação dos dias da semana. Com crase: Todos os pagamentos serão feitos à vista. embora esse uso seja menos formal: Sem crase: As encomendas só serão aceitas de 2ª a 5ª. Com crase: Às 14h.. 10 . será feita uma reunião para discutir a nova proposta do cliente. Com crase: Gostaríamos de receber as encomendas às terças-feiras. “lugar”. haverá crase. das 8h às 14h. As expressões que indicam “modo”.

(Embora indique tempo. a palavra “Prazo” é masculina e. Esse é um uso facultativo. não se usa a crase.) Crase diante da palavra “distância”: Só se usa crase diante da palavra “distância” se houver uma distância específica Com crase: O caminhão estacionou à distância de 15 quilômetros da porta principal (distância especificada). Sem crase: Todos os pagamentos serão feitos a prazo. Crase diante de nomes próprios femininos: Ao utilizar a crase diante de um nome próprio feminino.Com crase: Esses terminais devem ser instalados à direita da entrada principal para facilitar o acesso. Certo: Peça a Neusa para que faça o orçamento até amanhã. Com crase: O pedido de demissão deve ser feito à mão. Portanto: Certo: Peça à Neusa para que faça o orçamento até amanhã. (a aquele = àquele) Com crase: Àquela hora. portanto. não havia mais como resolver a pendência. é possível haver crase se os termos que as anteceder exigirem: Com crase: Refiro-me àquele documento que estava sobre a minha mesa ontem. o falante demonstra proximidade em relação à pessoa a quem se refere. (a aquela = àquela) Com crase: Todas as decisões foram referentes àquilo que se espera do departamento (a aquilo = àquilo) 11 . cuja decisão depende de quem escreve. Nessas três palavras. Sem crase: Ele cursou a faculdade a distância.

Diante de pronomes como “este/esse”.5. 12 . Antes da palavra “uma”: Sem crase: Creio que não se deve chegar a uma atitude tão drástica. Com crase: Já dei o recado à senhora. Sem crase: O resultado foi enviado a uma consultora para avaliação. NUNCA se usa a crase: Antes de verbos: Sem crase: Fiquei a imaginar qual seria a melhor saída para esse problema. com exceção de “senhora” e “senhorita”: Sem crase: Peço a Vossa Senhoria que encaminhe o pedido para o setor responsável. Sem crase: Esse erro não deveria ter sido divulgado a ninguém. Sem crase: Estavam lado a lado e não perceberam. “esta/essa”. “qualquer/ninguém”: Sem crase: Fiz referência a esta petição. Em expressões formadas por duas palavras iguais: Sem crase: Ele ficou frente a frente com o acusado. Sem crase: Faremos os pedidos a partir das solicitações do diretor. Sem crase: Desejo a você todas as alegrias. Antes de pronomes de tratamento.

nessa frase. no máximo. Usa-se a vírgula: 2. não pode vir separado por vírgula.III. Os pedidos enviados até deverão ser atendidos. no máximo. ERRADO CERTO Os pedidos enviados até o dia 14. a vírgula é a que mais causa dúvidas. 13 . até o dia 20. esse direito a todos os colaboradores. portanto. Sem vírgula: Passaremos a realizar uma reunião de planejamento às quartas-feiras (expressão que indica tempo está no final da oração). o sujeito do verbo “deverão” e. (expressão que indica modo está no meio da oração). o dia 14 deverão ser atendidos. 1. tempo ou lugar e se estiver no início ou no meio da oração: Com vírgula: Vamos conceder. especialmente. (“Os pedidos enviados até o dia 14” é. Quem precisar de mais informações (SUJEITO) deve procurar o departamento de contas. Não se usa a vírgula entre sujeito e verbo: A empresa que nos contatou (SUJEITO) precisa urgentemente de um retorno sobre o produto. passaremos a realizar uma reunião de planejamento (expressão que indica tempo está no início da oração). USO DA VÍRGULA Entre todos os sinais de pontuação. até o dia 20. Com vírgula: Às quartas-feiras.1 Usa-se vírgula quando existir uma expressão que indique modo.) 2.

etc. aliás. para avaliar a necessidade de mais uma unidade. mesas. Dois deles devem checar as autorizações e o outro. inclusive.2 Usa-se vírgula em orações ligadas com conjunções (mas. capital de Santa Catarina. no entanto. entretanto. inclusive.5 Usa-se vírgula quando o verbo ficar subentendido na oração por já ter sido utilizado anteriormente (chamado de “elipse”): Com vírgula: Vamos indicar três colaboradores para acompanhar esse pedido. Com vírgula: É impossível atender a essa solicitação agora. é preciso que todos tomem ciência das mudanças pelas quais a empresa irá passar. etc. 2. ou seja. cadeiras e impressoras.4 Usa-se vírgula para separar expressões explicativas (além disso.3 Usa-se vírgula em enumerações e para marcar apostos (explicações sobre termos utilizados anteriormente): Com vírgula: É impossível atender a essa solicitação agora. 2. Com vírgula: Estamos num momento de transição.) Com vírgula: A proposta foi remetida ao cliente. porém foi possível adquirir novos computadores. no entanto a resposta não veio no tempo previsto. Com vírgula: Enviamos um correspondente à cidade de Florianópolis. com a confirmação de resposta.): Com vírgula: Já enviamos o pedido ao cliente. todavia. 2. a entrega do produto (não há necessidade de repetir os verbos “deve checar”). isto é. porém avaliamos a possibilidade de rever o contrato futuramente. 14 .2. ou seja. porém.

1. por isso.5% não pagou a mensalidade (1. No entanto. (O verbo concorda com “clientes” e.. 2. CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL Como regra geral. Verbo no singular: A maioria dos clientes reclama que o atendimento é muito demorado. A concordância se faz no singular em expressões que relatam “partes” (grande parte. há alguns casos especiais. Verbo no singular: 25% do total não conseguiu fazer o pagamento em dia. (O verbo concorda com “total” e. ficou no singular..) Verbo no plural: 25% dos clientes não conseguiram fazer o pagamento em dia. Verbo no singular: Grande parte dos contratos continha erros de digitação graves.IV.5 é menor que 2 e. portanto. a concordância será feita de acordo com o numeral: Verbo no plural: 25% não pagaram as mensalidades. Verbo no singular: 1. foi para o plural) ATENÇÃO: Se não houver um substantivo depois. os verbos.). artigos e adjetivos sempre devem concordar com o substantivo a que se referem. Verbo no singular: 1% não pagou a mensalidade. a maioria. ainda é singular). por isso. 15 . A concordância dependerá do substantivo que vier depois do numeral em expressões fracionárias ou com percentuais.

5. é impessoal. “aluga-se”. Faz três semanas que solicitei uma nova proposta. a concordância será feita de acordo com o complemento do verbo. 16 . é impessoal. Verbo no singular (com preposição): Precisa-se de agentes de atendimento. fazem cinco anos que trabalho na empresa.3. ou seja. Verbo no plural (sem preposição): Verificaram-se todas as possibilidades. faz cinco anos que trabalho na empresa. Fazem três semanas que solicitei uma nova proposta. Havia muitas pessoas interessadas na vaga. O verbo “fazer”. Em construções do tipo “vende-se”. não irá para o plural: Verbo no singular (com preposição): Trata-se de dois pedidos importantes e precisam ser atendido imediatamente. ao indicar tempo. “compra-se”. etc. Havia muitas pessoas para serem atendidas. (chamadas de voz passiva sintética). Existiam muitas pessoas interessadas na vaga. Houve muitos pedidos de financiamento no último mês. Houveram muitos pedidos de financiamento no último mês. Na semana que vem. Se houver preposição. não vai para o plural: ERRADO CERTO Na semana que vem. no sentido de existir. Certo Existiam muitas pessoas para serem atendidas. Verbo no plural (sem preposição): Compram-se carros. 4. Mas o verbo “existir” pode ser usado no plural. não vai para o plural: ERRADO CERTO Haviam muitas pessoas para serem atendidas. O verbo “haver”. ou seja. Haviam muitas pessoas interessadas na vaga.

Ou “Um mês atrás. quanto “atrás” dizem respeito ao passado. “em contradição”. 17 . de um pleonasmo. solicitamos novo orçamento.1 Ao encontro de/ de encontro a A expressão “ao encontro de” significa “de acordo”. solicitamos novo orçamento”. “no sentido oposto”: Certo O desempenho da equipe. (Nesse caso. uma vez que o pagamento já foi feito há cinco dias. As dúvidas mais frequentes de concordância 6. “A” indica tempo futuro: Certo Ela passará na loja daqui a dez minutos para assinar o contrato. Trata-se. A expressão “de encontro a” significa “em sentido contrário”. “em conformidade”. solicitamos novo orçamento”). neste mês. falamos com a cliente e ela relatou sua insatisfação. Certo Estranhamos a cobrança. portanto. veio de encontro com as expectativas.6. “em situação favorável”: Certo Lemos com atenção as sugestões e concluímos que elas vêm ao encontro das necessidades da empresa.2 A / Há “Há” indica tempo passado e pode ser substituído por “faz”: Errado Há um mês atrás. O certo seria: “Há um mês. Há pouco tempo. tanto a expressão “há”. 6.

5 Anexo/Anexa Como adjetivo. IMPORTANTE: A expressão “segue em anexo” é um pleonasmo.4 A nível de / Em nível de A expressão “a nível de” não existe. deve ser evitada. 18 . portanto. encaminhamos as procurações devidamente assinadas. 6. Nossos argumentos para a mudança estão em anexo. usado no plural): Eles tinham interesses afins. 6. a palavra “anexo” varia de acordo com o gênero (masculino ou feminino) e o número (singular ou plural): Certo Anexas. nem de acordo com o número. Certo Em anexo. a fim de tornar o processo mais ágil. nem com o gênero). Veja item sobre esse assunto mais à frente neste manual. Nossos argumentos para a mudança estão anexos. A expressão “em anexo” não varia.3 A fim de / Afim “A fim de” significa “com o objetivo de”: Certo Enviamos o pedido. encaminhamos as procurações devidamente assinadas. IMPORTANTE: Mesmo correta. a expressão “em nível de” pouco significa e pode ser excluída da frase sem prejuízo para a informação: Certo A pesquisa mostrou estabilidade nos preços tanto no atacado quanto no varejo. Use “em nível de”: Certo A pesquisa mostrou estabilidade nos preços tanto em nível de atacado quanto de varejo.6. “Afim” significa “semelhante” (geralmente.

pois estávamos desapercebidos (desprovidos de) de dinheiro para tal. Chegamos a São Paulo por volta das 8h.6. não admite preposição: ERRADO CERTO As vendas caíram em 15% no último mês.8 Despercebido/ Desapercebido “Despercebido” é sinônimo de “sem perceber”. 19 .6 Caiu em 15% / Caiu 15% O verbo “cair”. Chegamos no novo fornecedor e fomos atendidos rapidamente. 6. seguido de uma expressão numérica. “desprovido de”: Certo O erro de digitação passou despercebido (sem perceber) por todos. Isso causou muita confusão. As vendas caíram 15% no último mês. “Desapercebido” tem o sentido de “desprevenido”. As vendas aumentaram em 15% no último mês. Não pudemos efetuar o pagamento a tempo. As vendas aumentaram 15% no último mês.7 Chegamos a / Chegamos em O verbo “chegar” exige a construção com a preposição “a” ou “ao”: ERRADO CERTO Chegamos em São Paulo por volta das 8h. 6. assim como “diminuir” e “aumentar”. Chegamos ao novo fornecedor e formos atendidos rapidamente.

na frase. O texto ficaria melhor: “O cliente reclamou que o horário de atendimento não é adequado. este deveria ser estendido até às 18h. Isto é certo: não se pode esperar muito do governo. De acordo com ele. Para indicar uma pessoa/objeto ao qual já se referiu: 20 O cliente reclamou que o horário de atendimento não é adequado. ética e comprometimento. Estes são os nossos valores: respeito. o pronome “este” poderia ser retirado sem prejuízo da informação. Para indicar período de tempo ou local em que se está: Neste mês. faremos a autoavaliação no dia 22. Para indicar algo que ainda será citado: Disto ninguém duvida: ele será promovido em breve. “neste(a)”. De acordo com ele.6. .9 Este / Esse O pronome demonstrativo “este” (assim como “esta”. Esta sala está muito quente. deveria ser estendido até às 18h”. “disto” e “isto”) é usado nas seguintes circunstâncias: PRONOME “ESTE” CERTO Para indicar objeto próximo ao falante (emissor da mensagem): Esta pasta contém muitas informações importantes e deve ser mantida em arquivo. IMPORTANTE: Embora gramaticalmente correto.

transparência.O pronome demonstrativo “esse” (assim como “essa”. agilidade. Disso ninguém tem dúvida. transparência. Esses pilares são o conceito da nossa essência e o caminho para o sucesso! (O pronome “Esses”. ou seja “ele será promovido em breve) 21 .) Para indicar itens já citados. na frase. (O pronome “Isso”. agilidade. resume/retoma o que já havia sido dito. “isso” e “disso”) é utilizado nas seguintes circunstâncias: PRONOME “ESSE” CERTO Para indicar objeto próximo do ouvinte (receptor da mensagem): Esse documento que está na sua gaveta precisa ser guardado com muito cuidado. na frase. ética e respeito. “cordialidade.) Ele será promovido em breve. na frase. “não se pode esperar muito do governo”. ou seja. Isso é certo. resume/retoma o que já havia sido dito. como forma de retomar ou resumir uma informação: Cordialidade. “nesse(a)”. ou seja. (O pronome “Disso”. Não se pode esperar muito do governo. resume/ retoma o que já havia sido dito. ética e respeito”.

haja vista o desempenho da indústria no país.br 6. no entanto. (A expressão “boas notícias” está no plural e. Os brasileiros não têm do que reclamar quando o assunto é crescimento econômico. Os brasileiros não têm do que reclamar quando o assunto é crescimento econômico. não existe a expressão “haja visto”: ERRADO CERTO A economia vai bem. o candidato demonstrou despreparo para o cargo. pois nada está sendo comparado nessa expressão: ERRADO Maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail xxxx@yyyy. CERTO Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail xxxx@yyyy. O cliente reclamou do mau atendimento recebido na loja.6. hajam vista as boas notícias sobre o assunto. A economia vai bem.12 Mal / Mau CERTO “Mal” é o contrário de “bem”: Mal começou a entrevista. “Mau” é contrário de bom: 22 Fizemos um mau negócio. o verbo “haver” deve ser flexionado. deve variar de acordo com o que se refere. a palavra “vista” é sempre invariável. haja visto o desempenho da indústria no país. . Assim. apesar das boas expectativas. Ele foi muito mal avaliado na avaliação semestral. a expressão correta é “mais informações”. Portanto.) 6.11 Mais informações / Maiores informações “Maior” é um comparativo.br.com.com. haja vista as boas notícias sobre o assunto. “Haja”. portanto.10 Haja vista Na expressão “haja vista”.

6. A máquina está parada há três dias e. IMPORTANTE: A oração acima ficaria melhor se a expressão “na medida em que” fosse substituída por “porque” ou “pois”: “A pesquisa deve ser feita antes de 15 de dezembro. pois solicitava dois produtos diferentes. Certo Ele usou o mesmo ofício para solicitar auxílios diferentes. Certo A pesquisa deve ser feita antes de 15 de dezembro. O cliente retornou. O ofício foi redigido incorretamente. O cliente retornou e exige providências urgentes em relação à cobrança indevida.13 Mesmo A expressão “o mesmo” tornou-se um vício.6. na medida em que estaremos em férias coletivas a partir do dia 20. pois estaremos em férias coletivas a partir do dia 20”. 23 . O mesmo exige providências urgentes em relação à cobrança indevida. ERRADO CERTO O ofício foi redigido incorretamente. à medida que os novos processos forem implantados. “À medida que” indica proporção: Certo Será necessária uma reavaliação. “Mesmo” só pode ser usado diante de um substantivo. a mesma está com falha na conexão. O mesmo solicitava dois produtos diferentes.14 Na medida em que/ À medida que “Na medida em que” é uma expressão explicativa. em razão da grande quantidade de usos equivocados. A palavra “mesmo” nunca deve substituir o nome de um objeto ou de uma pessoa. de acordo com o técnico. de acordo com o técnico. o problema é uma falha na conexão. A máquina está parada há três dias e.

“Aonde” é utilizado quando se refere a um movimento: CERTO “Onde” é utilizado para lugar fixo. Esta é a empresa onde trabalhei por muitos anos. 6. em Ribeirão Preto (SP). Visitamos a nova sede. mais à frente neste manual. Paga-se a alguém: Certo O departamento pagou ao prestador de serviços o equivalente a duas diárias. onde as atividades irão começar no próximo mês. pois não houve divisão: ERRADO O pagamento foi feito em parcela única. 24 CERTO O pagamento foi feito de uma vez.17 Parcela Única A palavra “parcela” significa “parte”. O funcionário pagou a refeição e solicitou o reembolso. se é “única”. . não pode haver “parcela”. Logo.15 Onde/Aonde “Onde” é utilizado para lugar fixo. Onde você mora? “Aonde” é utilizado quando se refere a um movimento: Aonde você pretende chegar com essa atitude? Aonde você vai com tanta pressa? IMPORTANTE: “Onde” só pode ser usado para se referir a lugares. 6. “divisão”.6. Veja o item sobre vícios de linguagem.16 Pagar o/Pagar ao Certo A empresa pagou o salário aos funcionários sem atraso.

18 Por que/ Porque/ Por quê/ Porquê CERTO “Por que” (separado) tem o sentido de “por qual razão”. vem acompanhado de “o” ou “um”: Gostaríamos de saber o porquê da demora em enviar o pedido. 6. a reforma poderá ser iniciada na próxima semana. senão chegará atrasado. “Senão” (junto) é utilizado para indicar uma contrariedade. “por qual motivo”. caso contrário chegará atrasado). É utilizado em perguntas ou quando um questionamento estiver subentendido: Por que você não ainda não enviou esse pedido? Gostaríamos de saber por que esse pedido ainda não foi enviado. com sentido de “a razão”. Por quê? “Porquê” (junto. a reforma poderá ser iniciada na próxima semana).6. porque aguardamos a aprovação do diretor. (Caso não chova. “por qual motivo”.19 Se não / Senão CERTO 25 “Se não” (separado) é utilizado para indicar uma possibilidade. “o motivo”. . Pode ser substituído por “caso não”: Se não chover. Pode ser substituído por “caso contrário”: Você deve ir agora. com acento circunflexo) tem também o sentido de “por qual razão”. “Por quê” (separado. Tem o sentido de “pois”: O pedido ainda não foi enviado. (Você pode ir. “Porque” (junto) é explicativo. mas apenas é utilizado sozinho ou ao final das frases: O pedido não foi enviado. com acento circunflexo) é um substantivo. Geralmente.

20 Sessão/seção/cessão CERTO “Sessão” é utilizada no sentido de “horário”. diga que o relatório deve ser enviado ainda hoje. diga que o relatório deve ser enviado ainda hoje.21 Somos quatro pessoas / somos em quatro pessoas O verbo “ser” não admite o complemento com “em”: ERRADO CERTO Na área de treinamento. somos quatro pessoas responsáveis por todo o serviço. “tempo de duração”: Haverá duas sessões para apresentação dos novos produtos: às 13h e às 16h. 6. “Cessão” é o “ato de ceder”: A cessão dos equipamentos para a entidade facilitará o trabalho assistencial. Na área de treinamento. avise a ele que precisamos de algumas informações. avise a ele que precisamos de algumas informações. Se você o vir. somos em quatro pessoas responsáveis por todo o serviço. “evento”. 6. Quando vir o Pedro. utiliza-se “vir”: 26 ERRADO CERTO Quando ver o Pedro. Se você o ver. incerteza ou hipótese (futuro do subjuntivo). . “Seção” é sinônimo de “departamento”: Os colaboradores da seção de faturamento devem assistir à apresentação das 16h.6.22 Ver / Vir VERBO VER: para expressar uma suposição.

traga os documentos. João é um dos que mais trabalham para o sucesso do projeto Ela é uma das que resistiu às pressões. chegue antes do horário do almoço.VERBO VIR: para expressar uma suposição. Quando vier a São Paulo. Ela é uma das que resistiram às pressões.23 Um dos que / Uma das que Com as expressões “um dos que”/ “uma das que”. Se vier até aqui. utiliza-se “vier”: ERRADO CERTO Quando vir a São Paulo. incerteza ou hipótese (futuro do subjuntivo). 6. Se vir até aqui. traga os documentos. o verbo deve vir no plural: 27 ERRADO CERTO João é um dos que mais trabalha para o sucesso do projeto. chegue antes do horário do almoço. .

inclusive Juntamente com Todos foram unânimes Encarar os problemas de frente Surpresa inesperada Comparecer pessoalmente A seu critério pessoal Seguindo em frente Planejar antecipadamente Outra alternativa Resultado obtido Segue em anexo (se está anexo.V. Pleonasmo ou Tautologia É um erro que consiste na repetição de uma mesma ideia por meio de duas ou mais palavras: ERRADO Elo de ligação Certeza absoluta Nos dias 8. VÍCIOS DE LINGUAGEM MAIS COMUNS 1. necessariamente irá “seguir”) 28 . 9 e 10.

Vamos estar enviando o pedido até a próxima sexta-feira. 29 . Se quiser expressar uma ação no futuro. eu estava telefonando para corrigir o erro (ação que já estava ocorrendo no passado. Ou Enviaremos o pedido até a próxima sexta-feira.2. É errado utilizá-lo para indicar ações futuras. “endo” e “indo”. Ou Verificarei a possibilidade de agendamento da reunião. no momento em que a pessoa chegou). Só deve ser utilizado quando a ação se referir a algo que está acontecendo no momento presente ou que estava acontecendo em um determinado momento. Vou verificar a possibilidade de agendamento da reunião. Quando ele chegou. Vamos enviar o pedido até a próxima sexta-feira. Gerundismo O gerúndio é a forma que os verbos adquirem quando terminados em “ando”. use: Vou estar verificando a possibilidade de agendamento da reunião. ERRADO CERTO Estou verificando a possibilidade de agendamento da reunião (ação no presente).

“Onde” “Onde” deve ser utilizado apenas para se referir a lugares. 30 . Certo: Este é o lugar onde deve ser instalada a nova impressora. DICA IMPORTANTE: No caso de dúvida. Fomos convocados para uma reunião em que serão explicadas as mudanças A pesquisa mostrou muitos aspectos positivos. é possível usar “em que”. Certo: A nova loja será instalada onde antes ficava um restaurante. Mesmo para se referir a lugares. você pode optar por não utilizar a palavra “onde”. A pesquisa mostrou muitos aspectos positivos. “no qual” ou “na qual”. Certo Muitas pessoas vieram visitar as novas instalações. nas quais passamos a atender a partir de segunda-feira. onde devemos focar nossas ações. ERRADO CERTO Fomos convocados para uma reunião onde serão explicadas as mudanças.3. nos quais devemos focar nossas ações.

LISTA DE PALAVRAS USUAIS PARA CONSULTA E: A: • • • • • • • • • • Aguentar Anteontem Anti-inflamatório Antirrugas Antissocial Apoia / apoio (verbo apoiar) Assembleia Autoescola Autoestima Autopeça B: • • • • • Bem-vindo Bicampeão Bilíngue Biodegradável Boia C: • • • • • • • • Cinquenta Consequência Contra-atacar Contrassenso Convém (singular) // Convêm (plural) Cooperação Coreia Creem D: • • • • 31 Deliquente Detém (singular) // Detêm (plural) Dia a dia Doo • • • • • Estreia Europeia Exceção Extracurricular Extraoficial F: • Frequente • Fim de semana G: • Geopolítica • Guia prático • Guincho H: • Hábil • Hiperativo • Hiperdosagem • Hiperinflação Hipermercado I: • • • • Ideia Infraestrutura Inter-racial Inter-regional J: • Jabuticaba • Jiló • Joia .

R: L: • • • • Leem Linguiça Liquidez Logística M: • Macroeconomia • Mal-entendido • Mão-de-obra Microcomputador • Microeconomia • Micro-ondas • Micro-ônibus • Microssistema • Minissaia • Multiuso N: • Neoliberal • Neossocialista • Nipobrasileiro S: • Semi-intensivo • Seminovo • Sequência • Superaquecimento • Supereconômico • Superexigente Superproteção • Super-resistente • Superinteressante Socioeconômico T: • Tramoia • Tranquilo U: • Odisseia • Ultramoderno • Ultrarresistente • Ultrassom P: V: O: • • • • • • • • • • 32 • Recém-lançado • Recém-inaugurado • Rubrica Papel-moeda Para-brisa Para-choque Para-raio Paranoia Paraquedista Perdoo Pós-graduação Pré-requisito Preexistir • • • • • Veem Viagem Viajem (verbo: “caso eles viajem”) Vice-presidente Voo Z: • Zoo .

Centro de Pesquisa. 2009. GRION. Lúbia Scliar. Gramática mínima. Laurinda.Referências Bibliográficas ABREU. 2001. São Paulo: Edicta. ZILBERKNOP. AZEREDO.cpdec. Dileta Silveira.br) Redação: Fabiano Ormaneze Todos os direitos autorais reservados ao CPDEC 33 . Antônio Suárez. 400 erros que os executivos cometem ao falar e ao redigir. MARTINS. Porto Alegre: Sagra Luzzatto. 22 ed. 2003. São Paulo: Publifolha. 2002. Português instrumental. Elaboração Geral: CPDEC. Desenvolvimento e Educação Continuada (www. Escrevendo pela nova ortografia.com. José Carlos. Cotia: Ateliê Editorial.

As solicitações foram feitas à empresas que conseguiram entregar os documentos atualizados. A nova identidade visual foi escolhida numa reunião onde estavam presentes todos os diretores. 2. 13. 12. 14. Ninguém entendeu por que o funcionário pediu demissão às vésperas da aposentadoria. E 34 ) . E. pois acreditava que o modelo antigo ainda fosse melhor. Foi encontrado uma incoerência nas informações. C. ficou muito resistente. 7. O colaborador foi advertido por desrespeito às normas institucionais. pois o mesmo não estava no estacionamento. 4. O pagamento dos honorários deve ser feito em parcela única. Muitos departamentos estão com obras de infra-estrutura. C. 3. ( ) 12. Gostaria que me explicasse porque você fez essa solicitação de novos computadores. O plano de carreiras foi implantado à medida que a organização crescia. no que diz respeito a reparos antiinfiltração. C. E. Ao ver a nova proposta. ( ) 2. 5. ( ) 10. C. principalmente. ( ) 3. ( ) 16. ( ) 9. Estamos à disposição para ajudá-lo a resolvê-la. ( ) 5. E. C. 11. ( ) 14. ( 11. E. ( ) 6. E. ( ) 4. 9. 6. 10. ( ) 8. E. C. 16. 15. 8. Fazia cinco anos que trabalhava na empresa quando foi promovido ao cargo de diretor. Ele não pôde ver o carro que desejava comprar. C. ( ) Respostas: 1. ( ) 15. E. O curso foi oferecido a todos os colaboradores que trabalham com softwares livres. ( ) 7. E. Informamos que. A maioria dos jovens não conseguiu responder às questões da entrevista. não serão aceitos pedidos por telefone. Só poderemos aceitar os pedidos feitos de segunda a quinta-feira até às 17h. à partir de 1° de janeiro.QUIZZ – Teste seus conhecimentos: Marque C para “Certo” e E para “Errado”: 1. ( ) 13.

Foi encontrada uma incoerência nas informações. Ele não pôde ver o carro que desejava comprar. 12. 9. Muitos departamentos estão com obras de infraestrutura. no que diz respeito a reparos anti-infiltração. a partir de 1° de janeiro. principalmente.Correção das frases erradas: 1. . pois o veículo não estava no estacionamento. 8. 35 CPDEC – Centro de Pesquisa. As solicitações foram feitas a empresas que conseguiram entregar os documentos atualizados. 15. Estamos à disposição para ajudá-lo a resolvê-la. Desenvolvimento e Educação Continuada. Gostaria que me explicasse por que você fez essa solicitação de novos computadores. pois acreditava que o modelo antigo ainda fosse melhor. O pagamento dos honorários deve ser feito de uma única vez. 7. Informamos que. 16. ficou muito resistente. 2. não serão aceitos pedidos por telefone. A nova identidade visual foi escolhida numa reunião à qual estavam presentes todos os diretores 4. Ao vir a nova proposta.