You are on page 1of 23

Biomas Aquáticos

BIOMAS DE ÁGUA DOCE Limnociclo
1. Águas Lênticas: águas paradas
(lagos,lagoas e charcos)
Ricas em fitoplâncton ( principais produtores)
2. Águas lóticas: águas em movimento
(riachos, córregos e rios)
Pobres em plâncton, com maior concentração
no curso médio, constituído por algas,
moluscos, insetos e peixes.

Águas Lênticas
Os produtores das lagoas são principalmente
representados por algas microscópicas que
formam o fitoplâncton (diatomáceas, cianofíceas,
dinoflagelados etc.)
De menor importância são os vegetais superiores
(geralmente angiospermas) que vivem fixos ao
fundo ou são flutuantes. Os consumidores são
representados pelo zooplâncton, constituído pelos
protozoários, pequenos crustáceos e outros.

Muitos insetos de água doce passam a maior parte de suas vidas como larvas. restos de seres vivos. . folhas. etc. As algas são consumidas por microorganismos.Águas Lóticas Na parte inicial há grande concentração de algas responsáveis pela fotossíntese e que absorvem os nutrientes provenientes de resíduos como pedaços de madeira. vindos da terra. na água.

BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo Os fatores abióticos Os principais fatores abióticos no ambiente marinho são: luz. temperatura. salinidade e pressão hidrostática. .

• C — Zona afótica — é a região geralmente abaixo de 300 metros e que não recebe luz. • B — Zona disfótica — recebe luz difusa e pode chegar a 300 metros.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Luz: • A iluminação diminui com a profundidade e permite a divisão em três zonas: eufótica. disfótica e afótica. • A — Zona eufótica — recebe luz diretamente e geralmente chega até 100 metros. .

.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Temperatura: Nos mares. As maiores diferenças se devem à evaporação da água nos trópicos e fusão do gelo nas regiões polares. sempre devido a uma diferença na intensidade da radiação solar. a temperatura dos oceanos varia horizontal e verticalmente. • Pressão hidrostática: Aumenta de 1 atmosfera a cada 10 metros de profundidade. • Salinidade: A salinidade em oceanos abertos está por volta de 34 a 37% na superfície.

BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo .

representados por peixes. polvos. • Nécton: São os animais livres natantes. . tartarugas etc. nécton e bentos.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo Os fatores bióticos As biocenoses marinhas são classificadas em três grupos: plâncton. mamíferos marinhos.

A — Fitoplâncton — são algas representadas pelas: diatomáceas e dinoflagelados (pirrofitos). B — Zooplâncton — são animais pertencentes aos protozoários. . muitas larvas de crustáceos. de peixes e outros.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Plâncton: São seres que vivem na superfície da água. O plâncton costuma ser dividido em fitoplâncton e zooplâncton. geralmente transportados passivamente pelo movimento das águas.

muitos animais como espongiários. pardas e verdes. Os indivíduos fixos são chamados sésseis e são representados por muitos tipos de algas vermelhas.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Bentos: Correspondem àqueles seres que vivem no fundo do mar. Os animais que se movem no fundo são freqüentemente representados por equinodermos (estrelas-do-mar) e moluscos . fixos ou movendo-se no fundo. corais etc.

Domínio bentônico: refere-se aos fundos oceânicos. .BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo Domínios ou Províncias Domínio pelágico: refere-se à coluna d’água. O substrato pode ser consolidado (ex: rochas) ou inconsolidado (ex: sedimentos arenosos).

microcrustáceos. Apresenta algas.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Província Bentônica: A divisão da província é baseada no relevo submarino e compreende quatro zonas: litorânea. ora submersa. abissal e (hadal). . oxigenada e rica em nutrientes. cracas e mexilhões. A — Zona litorânea — é a zona afetada pelas flutuações das marés. como algas. macrocrustáceos. batial. estando ora emersa. moluscos e peixes. É bem iluminada. São abundantes os organismos fixados em rochas. nerítica.

pela riqueza imensa de plâncton e nécton. nerítica. abissal e (hadal).BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Província Bentônica: A divisão da província é baseada no relevo submarino e compreende quatro zonas : litorânea. principalmente grandes cardumes de peixes. . batial. indo até cerca de 200 metros de profundidade. É a zona de maior importância econômica. B — Zona nerítica — compreende a chamada plataforma continental.

ocupando o chamado talude continental. abissal e (hadal).000 metros de profundidade.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Província Bentônica: A divisão da província é baseada no relevo submarino e compreende quatro zonas : litorânea. C — Zona batial — vai de 200 até 2. batial. Devido à ausência de luz. não existe vegetação e os animais são reduzidos. . nerítica.

A maior profundidade conhecida é a fossa das Ilhas Marianas. batial. com 11.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Província Bentônica: A divisão da província é baseada no relevo submarino e compreende quatro zonas : litorânea. nerítica.000 metros. . D — Zona abissal — estende-se desde 2. abissal e (hadal). E – Zona hadal – profundidade superior a 6.000 metros até as maiores profundidades.034 metros.

e tem o seu início marcado pelo término da plataforma continental. .BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo • Província Pelágica: A província pelágica representa o domínio de águas plenas. A província pelágica apresenta águas cristalinas e poucas formas de vida. constituindo a grande massa de água do alto-mar. Encontra-se afastada da costa. dividido em zona ou província nerítica e província oceânica.

.

É dividido em:  Sistema Litorâneo  Sistema abissal . A profundidade chega a 11 km.BIOMAS DE ÁGUA SALGADA Talassociclo Mares e oceanos correspondem a ¾ da superfície terrestre.

recoberto por plantas herbáceas e arbustivas típicas deste lugar ex. .Restinga – refere-se ao terreno litorâneo arenoso e salino.: cactos e bromélias. .Distrito nerítico – referência à quantidade de água existente na plataforma continental.Sistema litorâneo Corresponde à plataforma continental Das praias até 200 metros de profundidade .

.Sistema abissal .Corresponde a regiões marinhas com mais de 200 m de profundidade.Os seres apresentam adaptações. como: formas estranhas e bioluminescência .

ABISSAL .Sistema abissal LULA GIGANTE .

DISTRITOS .