You are on page 1of 6

Psicologia Clínica Adulta

Trabalho de PCP

Alunos: Ana Rebeca Cabral

Duarte, Gabriel Raeder Gonçalves, João

Victor Pinheiro Sanchez, Lucas Gomes Faria
Turma: A

Introdução .

. Desenvolvimento Entrevista feita com Rossana dos Santos Lima Raeder no dia 04/05/2016 Grupo: Qual a faixa etária que você atende e por que você escolheu trabalhar com ela? R. Por meio de diversas abordagens. principalmente. proporcionar o autoconhecimento do paciente. normalmente entre 25-50 anos de idade. Raeder: Eu atendo apenas adultos. Escolhi atender apenas adultos porque acho mais simples lidar com pessoas que já tem uma maior experiência com a vida e que tem uma maior liberdade. buscando informar detalhes sobre rotina de trabalho. Para isso. a terapia cognitiva e a terapia comportamental.A psicologia clínica pode ser considerada a área da psicologia destinada a investigar e. foi realizada uma entrevista com a psicóloga Rossana dos Santos Lima Raeder. principalmente por influência de profissionais que eu respeito e por ser um conteúdo que se assemelha a mim no modo de me posicionar. muitas vezes na psicologia clínica infantil os pais das crianças ficam tentando regular o trabalho do psicólogo e não sei lidar bem com esse tipo de atitude. quais seus desafios. como a psicanálise. Através deste trabalho. intervir no âmbito da saúde mental. o psicólogo clínico possui a responsabilidade de aperfeiçoar aspectos interpessoais e intrapessoais. a minha visão de mundo está muito relacionada ao psicodrama. abordando assuntos como o motivo de escolha desta área de atuação. realizar orientação familiar e vocacional e promover psicodiagnósticos. qual o tempo médio de formação de um psicólogo clínico da área adulta. tempo de formação. sou psicodramatista. Raeder: O método que eu uso é o psicodrama. Grupo: Qual o método ou abordagem psicológica você utiliza? E por quê? R. o grupo tem a intenção de expor ao máximo está área de atuação da Psicologia Clínica na faixa etária adulta. qual a carga horária exigida. por conta de uma série de fatores. benefícios e desafios da profissão. entre outros.

Raeder: O mais gratificante é você ver realmente que seu trabalho lucrou êxito e que a pessoa que tá ali na sua frente teve mais acesso a própria vida. Você tem que desenvolver o que a gente chama no psicodrama de “tele”. mas ela é . trabalhei em estabelecimento bancário. Se colocar no lugar do outro. de forma criativa. mais pertinentes aquele momento. na rede Sara e áreas administrativas. habilidade pra lidar com as diferenças. evitar preconceito. acho que as pessoas tão se especializando pouco para atuar. Grupo: Você já trabalhou ou pensou em trabalhar em outra área? R.Grupo: Quais são os maiores obstáculos enfrentados no dia-a-dia na sua profissão? R. através do outro. as pessoas estão estudando pouco. Acho que essa é a preocupação. não exclusivamente desse tipo de profissional. manejo. Eu acho que a gente não é uma única coisa. Capacidade da ação. Acho que a psicologia é uma profissão muito bem exercida por pessoas já amadurecidas e que tem um conhecimento a mais. Raeder: Um dos grandes obstáculos que se enfrentam no dia-a-dia da profissão é conseguir se adaptar a várias realidades diferentes em um mesmo dia. E psicologia é uma área que você precisa estudar muito. Raeder: Eu acho que a maior de todas as habilidades e competências é a capacidade empática. de forma espontânea. Raeder: Eu acho que o problema da atuação clínica adulta no Brasil é a formação. Raeder: Eu trabalhei em várias áreas. Grupo: O que você acha mais gratificante na profissão? R. acho que todas as áreas. Outro obstáculo é conseguir ter o bom senso de saber diferenciar o que é seu e o que é do outro e não levar os problemas dos pacientes para sua casa como seus. aquelas profissões eram mais convenientes. que é o olhar pelo outro. mas psicologia principalmente por que você lida com o ser humano. trabalhei em hospital. diminuindo o sofrimento dela. Grupo: Quais são as habilidades e competências essências para exercer a profissão? R. eu acho que em algum momento da minha vida aquelas atuações. afinal nessa área você atende pessoas diferentes com comportamentos diferentes. Grupo: Quais são os maiores obstáculos da atuação clínica adulta no Brasil? R. acho que estudam pouco. e conseguiu se posicionar ali de forma diferente.

Nas clinicas particulares. quer dizer. Então.favorecida para essas pessoas. Eu acredito que após você fazer uma boa especialização. uma ou duas vezes de eu deixar a porta destrancada. Então a terapia tem um papel essencial pro psicólogo para mantê-lo realmente num papel profissional e com saúde. Grupo: Quais dicas você pode nos dar para termos um maior êxito na profissão? . Raeder: A terapia para o psicólogo eu acredito que é essencial para que ele dê conta dessas questões que vêm pro consultório todos os dias. na vida pessoal dele até porque ele é um ser humano e ele também tem problemas. E muitas vezes as histórias que entram no consultório batem com as dele. Grupo: Quanto tempo leva para o profissional se inserir no mercado de trabalho? R. mas não foi em todos os momentos que eu quis trabalhar com ela. talvez seja mais fácil. contra-transferência. de convenio. aí começa um processo de transferência. em 1 ou 2 anos. de ter mais medo e tal. Porque tem paciente que tem o comportamento mais delicado. você já está inserido no mercado. A minha experiência é que o próprio mercado que eu escolhi. Hoje é a área que eu me identifico e estou dando o meu melhor. é uma área de estudo que eu sempre gostei. Raeder: Eu entendo o termo “se estabilizar” como atender um número de pacientes que te gere uma renda acessível. Grupo: Você já se sentiu ameaçada frente à algum cliente? R. No meu caso comecei aos 30 anos. Raeder: Aconteceu já. Grupo: Qual a importância da terapia para o psicólogo? R. no meu caso em torno de 2 ou 3 anos. depende do caminho que cada profissional vai escolher. você acaba se misturando muito com o outro. Grupo: Quanto tempo leva para um profissional se estabilizar no mercado de trabalho? R. me colocou no mercado com alguma rapidez. Raeder: Para se inserir no mercado é relativo. Mas isso faz parte da nossa profissão.

Em relação ao lado profissional.com/2011/07/o-que-e-psicologia-clinica. não seria diferente para o psicólogo que precisa conhecer os diversos estudos da mente humana. é necessário que haja uma base teórica ampla. A especialização também é essencial para afunilar as suas habilidades e focá-las na área de interesse. a grande carência de algumas áreas da psicologia é a falta de profissionais especializados e competentes. então estudem bastante. por estar preparado. um currículo mais denso. O estudo é a base de um bom trabalho. sendo assim. que facilita a entrada no mercado de trabalho. que ajuda os adultos a alcançarem um maior acesso à sua própria vida.html />. Felipe de.psicologiamsn. Conclusão A Psicologia Clínica adulta é uma área muito reconhecida. que acarreta num melhor ambiente para o paciente.R. gera: conhecimento. por isso tantos adultos procuram os psicólogos. Acesso em: 4 de maio 2016. para solucionar diversos problemas apresentados. Ou seja. sejam eles teóricos ou práticos. . O que é Psicologia Clínica?. para que o sucesso na carreira de Psicologia clínica seja alcançado. Esse esforço baseia-se em muitas horas dedicadas aos estudos. Referências SOUZA. suas relações e sua saúde mental. Raeder: Estudem muito. o que exige mais esforços dos estudantes e dos profissionais. Um bom profissional precisa saber resolver os problemas em sua profissão. nunca parem de estudar. os degraus para alcançar o objetivo de ser um bom profissional da Psicologia começam quando há o ingresso no curso. Cada vez se torna mais difícil atender às demandas do mercado de trabalho. Disponível em:< http://www. 2011. conforto.