Socialtech Bootcamp ::www.porLo.evenLbrlLe.

com/
B é l u e i F a l c ã o & N u n o N a c h a u o L o p e s
LnLerprlse Soclal 1echnoloav SLraLeav

Socialtech Bootcamp ::www.porLo.evenLbrlLe.com/
A Int er net const i t ui a mai or
exper i ênci a psi col ógi ca e
sóci o- humana. . . est á na
al t ur a de pensar como um
pr odut or e não como um
mar ket er .
Demasi ados esf orços
em soci al medi a são
i nt ei rament e
baseados em
f errament as e
t áct i cas. "Nós t emos
uma est rat égi a no
Yout ube" é uma
f rase que ouvi mos
di ari ament e, mas
apenas o Yout ube
t em uma est rat égi a
Yout ube. Para os
rest ant es de nós -
aquel es que envi am
os vídeos - o
Yout ube é uma
t áct i ca que aj uda a
al cançar uma
est rat égi a. E "nós
t emos de cri ar uma
pági na de Fãs no
Facebook" não é
est rat égi a nenhuma.
31 MAIO
Por t o Pal áci o Congr ess Hot el & SPA
Revi t al i ze as suas comuni cações, a sua empr esa e apr enda como ut i l i zar as novas
f er r ament as de Soci al Medi a, i mpl ement ando t áct i cas bem t est adas na sua empr esa. Tr at a-
se de assumi r o cont r ol o par a f azer cr escer o seu negóci o numa das al t ur as mai s
t ur bul ent as, quer dos t empos act uai s, quer num f ut ur o pr óxi mo.
O Boot camp é um event o pr esenci al de um di a e mei o, r eal i zado no Por t o Pal áci o Hot el
Congr ess & SPA, Por t o, Por t ugal , cont ando com t r ansmi ssão di r ect a do event o.
Conf er i r - l he- emos o poder de desenvol ver e i mpl ement ar uma est r at égi a sól i da, l ogo que
sai a do event o, conduzi ndo consi go, passo- a- passo. For necer - l he- emos t odo o equi pament o
com um gui a, pr ont o a ser i mpl ement ado assi m que chegue ao seu escr i t ór i o.
Os par t i ci pant es pr esenci ai s t er ão o benef íci o acr esci do de pr i var com Consul t or es de Soci al
Medi a enquant o f azem net wor ki ng com out r os 12 execut i vos.
Par a mai s i nf or mações cont act e o escr i t ór i o CMI vi a 800- 264- 835.

Socialtech Bootcamp ::www.porLo.evenLbrlLe.com/
SOCIAL MEDIA DESMISTIFICADA
Medi ant e a panópl i a l i t er ár i a acer ca de Soci al Medi a e Web 2. 0, nunca
f oi t ão i mpor t ant e e ur gent e compr eender ver dadei r ament e o mundo de
medi a di gi t al em que vi vemos - demasi ados t er mos t écni cos e mar ket i ng
CASE STUDIES RELEVANTES
Gui á- l o- emos pel os meandr os da ut i l i zação de Soci al Medi a - o bom, o
mau e o f ei o.
ESTRATÉGIA A IMPLEMENTAR
Ser - l he- á dado o poder de desenvol ver e i mpl ement ar uma est r at égi a
sól i da l ogo que sai a do event o, conduzi ndo- o, passo- a- passo, e
f or necendo- l he equi pament o com um gui a, pr ont o a ser i mpl ement ado
l ogo que chegue ao seu escr i t ór i o.
Os Seus Anf i t r i ões
HÉLDER FALCÃO, f undador do BNI em Por t ugal e CEO da CMI-
Cont act Management Int el l i gence. Tr abal hou com or gani zações
t ai s como: Hot el NH Par que, Igni t e Por t ugal , AERLIS, Pr odi gus,
BNI, Ecademy, e XING, ent r e out r os, no desenvol vi ment o de
est r at égi as em Soci al Medi a par a os seus negóci os. Todas est as
or gani zações const at am enor mes r et or nos at r avés das
est r at égi as de Soci al Medi a e de net wor ki ng empr esar i al .

NUNO MACHADO LOPES, Co- Fundador & CEO Si l k Cl ub.
Par t i l har á consi go o modo como a sua empr esa ut i l i zou as
f er r ament as em Web 2. 0 par a aument ar as vendas ( 140% num
ano) na sua empr esa dur ant e o per íodo económi co mai s di f íci l .
Desenvol veu a pr i mei r a Pós- Gr aduação em Soci al Medi a par a a
Uni ver si dade Lusíada e, mai s r ecent ement e, par a o ISGB -
Mar ket i ng & Soci al Medi a i n Banki ng. A sua ampl a exper i ênci a
no t er r eno f ar - l he- ão compr eender os pr ós e os cont r as de
i nt egr ar Soci al Medi a na sua or gani zação.

Socialtech Bootcamp ::www.porLo.evenLbrlLe.com/
makingsocialmediamatter

For Executi ves & Entr epr eneur s
Heldei Falcão 8 Nuno Maclado Lopes

Socialtech Bootcamp ::www.porLo.evenLbrlLe.com/
Proerama
Enterpr|se Soc|al Technoloey Strateey
1. Análise e Desenvolvimento de Objectivos para alavancagem das tecnologias sociais
a. Criar uma análise da presença actual da empresa nos social media
b. Definição de objectivos mensuráveis para o uso da Social Tech (alguns exemplos)
c. Pesquisa de Mercado

2. Identificação de catalizadores (evangelistas) no lado do cliente e selecção de equipa
interna Social Tech
a. Identificação dos Recursos Humanos responsáveis na organização pela implementação,
formação e utilização – constituição de equipa Social Tech
b. Apresentação e formação, pelo consultor, de "Gestão de Rede de Contactos em Social
Media" para equipa núcleo

3. Criação de Directivas de Governance
a. Directivas detalhadas de standards a seguir
b. Desenvolvimento de metodologia de RH para aferição do cumprimento das directivas
c. Implementação do plano estabelecido – formação interna

4. Medição e processo de ROI
a. Desenvolver sistemas de medição do progresso de Social Tech
b. Análise ROI da campanha Social Tech

5. Processo de Gestão de Reputação Online
a. Pesquisar estado actual da presença online, depois desenvolver objectivos a alcançar
b. Implementar um processo de audição interno: processo interno com vista à monitorização
da imagem e posicionamento da organização
c. Implementar um processo de compromisso: Plano de Acção de Resposta
d. Implementar um proceso de GRO: Quantas vezes mencionado? Qual o ratio sentimental?

6. Crowdsourcing – quem é responsável na organização?
a. Pesquisa de mercado
b. Colaboração
c. Ferramentas

7. Implementação das Ferramentas de Social Media
a. Criação de documento de standards

8. Usabilidade e Segurança de Social Media
a. Identificação de perigos de segurança
b. Prestação de formação em segurança
c. Monitorização do uso

9. Desenvolvimento de projectos piloto
a. Identificar três a cinco projectos piloto que estão contextualizados com os objectivos
b. Atribuir responsabilidade dos projectos piloto aos membros específicos da equipa Social
Tech
c. Documentar cada piloto projecto numa sílaba que defina as acções específicas a serem
testadas
d. Implementar os projectos piloto, rever, ajustar e repetir

ó
Socialtech Bootcamp ::www.porLo.evenLbrlLe.com/

Programa
Invest i ment o da Est rat égi a de Negóci o em Soci al Medi a
SESSÃO DA MANHÂ 31 MAIO
Soci al Medi a
Int r odução a Soci al Medi a
O que é?
Por que é i mpor t ant e?
Como al avancá-l o?

SESSÃO DA TARDE 31 MAIO
Const r ui r uma Est r at égi a
Ef i caz de Soci al Medi a
Par t i l ha/ debat e de exper i ênci as da
empr esa de cada par t i ci pant e
Revi são do pr ocesso de 12 passos
Est abel eci ment o dos obj ect i vos par a a
empr esa
Sel ecção da equi pa Soci al Tech
Def i ni ção de 3 a 5 pr oj ect os pi l ot o
O Fut ur o da Tecnol ogi a Soci al
Per gunt as & Respost as

O event o i ncl ui 1 (um) l ugar na sal a pr i vada do Por t o Pal áci o Congr ess Hot el & Spa ou
Cent r o de Congr essos Second Li f e. Incl ui t odos os sl i des em f or mat o di gi t al , manual de
i nst r uções com est r at égi a pr ont a a i mpl ement ar no di a segui nt e, gr avação na ínt egr a
do event o em DVD al t a qual i dade. Incl ui t odas as r ef ei ções. A sessão é em Por t uguês,
sendo ut i l i zados vár i os vídeos e est udos de caso naci onai s e i nt er naci onai s. Est a é uma
est r at égi a poder osa par a a sua equi pa de mar ket i ng, r ecur sos humanos, comuni cação e
i magem, vendas, r el aci onament o com o cl i ent e, expansão de mar ca. Não se t r at a de
como const r ui r uma pági na no Facebook, um per f i l no Li nkedi n ou act i var uma cont a
no Twi t t er . Fal amos de Est r at égi a de 5 anos em t ecnol ogi a soci al , que i ncl ui sel ecção
de equi pa soci al t ech, gest ão de r eput ação onl i ne, cr owdsour ci ng, pr oj ect os pi l ot o,
ent r e out r os.
Ant es de chegar
Tr aga o seu por t át i l e r eencami nhe o cor r ei o!
Conheça a agenda dos event os Boot camp a nível
naci onal aqui : www. soci al t echboot camp. com
EARLY BI RD DI SCOUNT
at é dia 21 de Maio.
• 1500 por pessoa,
limit ado a 12 no t ot al;
• 1900 por pessoa mais
10 com acesso ao
webinar;
• 450 por pessoa via
webinar 3D no cent ro
convenções em Second
Life.
RECISTE-SE