You are on page 1of 16

Tema 1

SERVIÇOS PRELIMINARES DE CONSTRUÇÃO

Procedimentos e Verificações

Construção de Edifícios III
Prof. Dr. Generoso De Angelis Neto

1 INTRODUÇÃO
►Serviços Preliminares
• Disponibilidade de instalações provisórias
• Demolições
• Retirada de resíduos e movimentação de terra

2 VERIFICAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DE
INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS
► Instalação de Força e Luz
• Quantidade e potência dos equipamentos → necessidades
• Obtenção
→ não existe rede local
→ existe rede monofásica
→ existe rede trifásica
• Capacidade e segurança
• Fontes alternativas (diesel)

1

682: 1977 (Contratação.►Instalações Hidro-sanitárias • Quantidade e qualidade compatíveis ao uso • Rede pública x fontes alternativas → perfuração de poços → compra de água • Reservação •Para os esgotos → Rede pública → Fossas sépticas e sumidouros 3 VERIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIZINHANÇA ► Registro das Condições • Relatório técnico específico → fotografias e datas • Registro em cartório 4 SERVIÇOS DE DEMOLIÇÃO ► Aproveitamento como instalações provisórias ► Atividade perigosa → proteção dos operários e transeuntes ► Ocorre na ordem inversa da construção. NBR 5. execução e supervisão de demolições) e Resolução CONAMA 307/2002 ► Cuidados pessoais da equipe de demolição • trabalhar em um único pavimento • garantir iluminação adequada • usar roupas adequadas • evitar acúmulo de sobrecargas • escorregar em vez de arremessar materiais e peças demolidas • não demolir a peça em que se está trabalhando • usar EPI’s • aspergir com água para reduzir a poeira 2 . sempre que possível ► Instrumentos regulatórios → NR 18.

800 m3 de argila compactada. 4.5 m → edifícios com recuo do passeio menor que 3m. compactação e acabamentos executados a fim de passar-se de um terreno no estado natural para uma nova conformação topográfica desejada.300 caminhões de 6 m 3 = 25 dias úteis de trabalho) ► “caminho crítico” da obra ► momento certo para a realização das atividades de escavação → plano de ataque da obra 3 . descarga. altura maior que 6m ou 2 pavimentos → galeria de proteção no passeio 5 SERVIÇOS DE MOVIMENTAÇÃO DE TERRA “É um conjunto de operações de escavação. com 1% de declividade (250 m 3 de argila compactada. transporte.600 m3 = 1. plataformas ou galerias de proteção → edifícios com mais de quatro pavimentos: plataforma de proteção → edifícios com recuo do passeio maior que 3m: tapume com altura superior a 2. tecnológicos e econômicos) → terreno de 20x50m.59 de empolamento = 400 m 3 = 70 caminhões de 6m3 = 2 dias de trabalho) → terreno de 20x50m. 1.1 Importância da movimentação de terra em obras de edifícios ► função (recursos humanos. carga.► Verificações adicionais que antecedem a demolição • condições do imóvel a ser demolido • existência de depósitos de materiais inflamáveis • condições dos imóveis vizinhos → qualidade e interferências • desativar instalações existentes • proteger as construções vizinhas • adotar dutos de descarga • depósito de resíduos da demolição • transporte dos resíduos até o destino final • utilização de tapumes.” 5.59 de empolamento = 7. 1. com 2 subsolos de 800 m 2 cada (pé direito de 3m.

escolha dos equipamentos para escavação e transporte → Mais utilizada: SPT – Standard Penetration Test → resultados ► Cota do fundo da escavação (cota do pavimento mais baixo. características da edificação) → características do solo. tipo de fundação) ► Seqüência executiva do edifício → plano de ataque ► Níveis da vizinhança → interferências com as construções vizinhas e possíveis contenções a serem utilizadas ►Projeto do canteiro → compatibilizar as necessidades do canteiro com as necessidades da escavação 5. bob-cat ► unidades de transporte → caminhões 4 . enxadas e picaretas ► mecânicos → pá-carregadeira.2 Fatores que influenciam o projeto de movimento de terra ► Sondagem do terreno → função (vulto. clam-shell. posição do lençol freático. escavo-carregadeira.5.3 Tipos de movimento de terra ► Corte → mais desejável. menores problemas com recalques ► Aterro → compactação: função (nível de exigência) ► Corte + Aterro → menor distância de transporte 5.4 Equipamentos usualmente utilizados na escavação ► manuais → pás. retroescavadeira. espessuras das camadas.

EQUIPAMENTOS Pá-carregadeira EQUIPAMENTOS Escavadeira 5 .

EQUIPAMENTOS Retro-escavadeira EQUIPAMENTOS Clam-shell 6 .

EQUIPAMENTOS Bob-cat EQUIPAMENTOS Dumper 7 .

e tempo de ciclo do caminhão) 5. maior volume de solo) ► Aluguel de equipamento → as máquinas são pagas por hora e os caminhões por viagem. transporte de menor volume por caminhão ► Empreitada por viagem → pagamento por caminhão retirado. preço da máquina incluso no preço da viagem. cota do fundo. da produtividade da máquina. tipo de solo. Inconvenientes: controle dos caminhões (volume e número) 5. Inconvenientes: sujeira e riscos ao empreiteiro contratado (dias parados.6 Dimensionamento dos serviços → sem máquinas paradas e sem caminhões esperando na fila ► Número de máquinas → função (espaço disponível) ► Número de caminhões → função (n° de máquinas trabalhando.7 Controle do serviço ► Cota do fundo da escavação (teodolito.5. mangueira) ► Inclinação dos taludes (gabarito inclinado) 8 . Inconvenientes: lentidão nos serviços.5 Sistemas de contratação dos serviços ► Empreitada global → remuneração pelo volume total do serviço – escavação e retirada do material → necessário conhecer a topografia.

Generoso De Angelis Neto 1 INTRODUÇÃO ► Considera-se que os Serviços Preliminares estejam concluídos e que os projetos sejam suficientes para esta etapa ► Locação do edifício → é a transferência para o terreno do que foi projetado em escala reduzida ► Métodos de Locação → função (tipo do edifício) 2 INÍCIO DO PROCESSO DE LOCAÇÃO ► Baseado no projeto de localização ou de implantação ► Referenciar o edifício a partir de um ponto conhecido e definido previamente → o alinhamento da rua → poste → ponto deixado pelo topógrafo → lateral do terreno ► Existência de um referencial fixo a partir do qual seja possível definir o perímetro da edificação e seus recuos com relação aos limites do terreno 9 . Dr.Tema 2 LOCAÇÃO DE OBRAS DE EDIFICAÇÕES Procedimentos e Verificações Construção de Edifícios III Prof.

além de equipamentos eletrônicos ► Teodolito → definir precisamente 2 alinhamentos mestres ortogonais entre si 10 . alvenaria. definição do eixo central dos elementos ► Distâncias → trena de aço ou de plástico armada com fibra de vidro ou ainda com aparelhos eletrônicos ► Coordenada altimétrica → transferência de nível de um ponto origem (referência) para aquele que se quer demarcar → aparelho de nível.2. as faces das estruturas ► Cuidados especiais na locação dos elementos iniciais → reflexos no restante da obra → estruturas. nível de mangueira e fio de prumo. régua de referência e trena. tubulões. sapatas ► Locar as estruturas intermediárias. como blocos e baldrames ► Locar inicialmente os eixos e se necessário. revestimentos ► Demarcação dos pontos no terreno → a partir do referencial definido considerando-se 3 coordenadas → 2 planimétricas e 1 altimétrica.1 Por onde iniciar a locação ► Iniciar pelos elementos de fundação → estacas.

80m.5 x 10cm) espaçados de 1.20m da construção.5 x 7. régua. afastada de 1.50m acima do nível do solo • tabeira em patamares para terrenos acidentados 11 . é colocada ao redor do edifício a ser locado. ou ainda um misto entre os dois tipos ► Processos topográficos → obras de grande extensão ou em estruturas pré-fabricadas → maior precisão ► Processos manuais → edifícios de pequena extensão. nível de mangueira.5 ou 7. que servirão de suporte para as linhas (arame recozido ou nylon) que definirão os elementos demarcados • Devidamente nivelada. com altura de 0.2 Como materializar a demarcação ► Depende do porte do edifício e das condições topográficas do terreno → aparelhos topográficos como teodolito e nível.50 a 1. construídos por processos convencionais ELEMENTOS AUXILIARES NA DEMARCAÇÃO ► Tabeira ou gabarito • são tábuas (15 a 20cm) fixadas em pontaletes de madeira (7. fio de prumo e trena.2.40 a 1.

12 .

ELEMENTOS AUXILIARES NA DEMARCAÇÃO ► Cavaletes • utilizados na locação de edifícios de grandes projeções → auxílio de equipamentos topográficos • podem se deslocar com maior facilidade ► Piquetes • utilizados para a materialização no terreno do eixo das peças a serem executadas → eixo de estacas e tubulões ► Cruzamento das linhas planimétricas → ponto de locação transferido ao solo com fio de prumo → cravação de piquete ► Medição das coordenadas → tomar sempre a mesma origem. marca-se suas faces ► Verificação e conferência dos eixos demarcados antes da execução das etapas seguintes 13 . após. com medidas acumuladas → evitar erros ► Marca-se o centro dos elementos com pregos maiores ou pintura.

14 .

15 .

Até a próxima! BOM DIA A TODOS! 16 .