Web Semˆntica a

Ig Ibert Bittencourt
Professor Substituto da Universidade Federal de Alagoas Doutorando da Universidade Federal de Campina Grande

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Roteiro

1 2 3 4 5 6 7

Cen´rio a Introdu¸˜o ca Camadas da Web Semˆntica a Como tirar proveito da Web Semˆntica a Como Come¸ar c Conclus˜es e Perspectivas Futuras o GrOW

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

H´ muito tempo, em 1937... a O avˆ de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; o a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Ol´, gostaria de viajar para a Europa e fazer a turismo em pelo menos 5 pa´ ıses. Eu quero, obrigatoriamente, passar pela Fran¸a c e conhecer Paris. Al´m disso, eu gosto muito de assistir a pe¸as e e c o ´pera.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

H´ muito tempo, em 1937... a O avˆ de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; o a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Ol´, gostaria de viajar para a Europa e fazer a turismo em pelo menos 5 pa´ ıses. Eu quero, obrigatoriamente, passar pela Fran¸a c e conhecer Paris. Al´m disso, eu gosto muito de assistir a pe¸as e e c o ´pera.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

H´ muito tempo, em 1937... a O avˆ de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; o a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Ol´, gostaria de viajar para a Europa e fazer a turismo em pelo menos 5 pa´ ıses. Eu quero, obrigatoriamente, passar pela Fran¸a c e conhecer Paris. Al´m disso, eu gosto muito de assistir a pe¸as e e c o ´pera.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

H´ muito tempo, em 1937... a O avˆ de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; o a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Ol´, gostaria de viajar para a Europa e fazer a turismo em pelo menos 5 pa´ ıses. Eu quero, obrigatoriamente, passar pela Fran¸a c e conhecer Paris. Al´m disso, eu gosto muito de assistir a pe¸as e e c o ´pera.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

H´ muito tempo, em 1937... a O avˆ de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; o a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Ol´, gostaria de viajar para a Europa e fazer a turismo em pelo menos 5 pa´ ıses. Eu quero, obrigatoriamente, passar pela Fran¸a c e conhecer Paris. Al´m disso, eu gosto muito de assistir a pe¸as e e c o ´pera.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

H´ muito tempo, em 1937... a O avˆ de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; o a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Ol´, gostaria de viajar para a Europa e fazer a turismo em pelo menos 5 pa´ ıses. Eu quero, obrigatoriamente, passar pela Fran¸a c e conhecer Paris. Al´m disso, eu gosto muito de assistir a pe¸as e e c o ´pera.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

Ainda em 1937... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Verifica os dias que os navios partem para Europa. ! Faz o roteiro e passa as coordenadas para ele comprar as passagens de trem quando chegar. ! D´ um cat´logo para ele com os locais que tem teatro. a a

5 dias depois, o avˆ de Jo˜ozinho vai ` agˆncia e recebe as o a a e instru¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

Ainda em 1937... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Verifica os dias que os navios partem para Europa. ! Faz o roteiro e passa as coordenadas para ele comprar as passagens de trem quando chegar. ! D´ um cat´logo para ele com os locais que tem teatro. a a

5 dias depois, o avˆ de Jo˜ozinho vai ` agˆncia e recebe as o a a e instru¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

Ainda em 1937... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Verifica os dias que os navios partem para Europa. ! Faz o roteiro e passa as coordenadas para ele comprar as passagens de trem quando chegar. ! D´ um cat´logo para ele com os locais que tem teatro. a a

5 dias depois, o avˆ de Jo˜ozinho vai ` agˆncia e recebe as o a a e instru¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

Ainda em 1937... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Verifica os dias que os navios partem para Europa. ! Faz o roteiro e passa as coordenadas para ele comprar as passagens de trem quando chegar. ! D´ um cat´logo para ele com os locais que tem teatro. a a

5 dias depois, o avˆ de Jo˜ozinho vai ` agˆncia e recebe as o a a e instru¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

T´nel do Tempo... u

Ainda em 1937... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Verifica os dias que os navios partem para Europa. ! Faz o roteiro e passa as coordenadas para ele comprar as passagens de trem quando chegar. ! D´ um cat´logo para ele com os locais que tem teatro. a a

5 dias depois, o avˆ de Jo˜ozinho vai ` agˆncia e recebe as o a a e instru¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

Se prepara para viajar...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

Depois de alguns dias chega a Europa...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

E come¸a a curti¸˜o... c ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

E finalmente de volta ao lar!

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

O tempo passa!

a´ o tempo foi passando... ı

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

:—

... quando de repente ...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

:’(

Come¸a a Segunda Guerra Mundial! c
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Cen´rio a

:’(

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Cen´rio a

:’(

Fim da Segunda Guerra!
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Cen´rio a

Come¸a a Guerra Fria! c

Otan, Tratado de vars´via, corrida espacial, muro de berlim... o

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

Surge a ARPAnet

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

A Guerra Fria passou! :)

ARPAnet tornou-se t˜o in´til que os militares j´ n˜o a a u a a consideravam t˜o importante para mantˆ-la sob a sua guarda; a e Em 1970 o acesso a Arpanet ´ liberado para as Universidades; e Surge a Internet; Em 1980, no CERN, O f´ ısico inglˆs Sir Timothy John e Berners-Lee, inventou a World Wide Web, o HTML e o primeiro servidor HTTP, baseado na id´ia do hipertexto. e ´ fundado o W3C; Em 1994, E Em 1994, ocorre a explos˜o comercial; a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

A Guerra Fria passou! :)

ARPAnet tornou-se t˜o in´til que os militares j´ n˜o a a u a a consideravam t˜o importante para mantˆ-la sob a sua guarda; a e Em 1970 o acesso a Arpanet ´ liberado para as Universidades; e Surge a Internet; Em 1980, no CERN, O f´ ısico inglˆs Sir Timothy John e Berners-Lee, inventou a World Wide Web, o HTML e o primeiro servidor HTTP, baseado na id´ia do hipertexto. e ´ fundado o W3C; Em 1994, E Em 1994, ocorre a explos˜o comercial; a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

A Guerra Fria passou! :)

ARPAnet tornou-se t˜o in´til que os militares j´ n˜o a a u a a consideravam t˜o importante para mantˆ-la sob a sua guarda; a e Em 1970 o acesso a Arpanet ´ liberado para as Universidades; e Surge a Internet; Em 1980, no CERN, O f´ ısico inglˆs Sir Timothy John e Berners-Lee, inventou a World Wide Web, o HTML e o primeiro servidor HTTP, baseado na id´ia do hipertexto. e ´ fundado o W3C; Em 1994, E Em 1994, ocorre a explos˜o comercial; a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

A Guerra Fria passou! :)

ARPAnet tornou-se t˜o in´til que os militares j´ n˜o a a u a a consideravam t˜o importante para mantˆ-la sob a sua guarda; a e Em 1970 o acesso a Arpanet ´ liberado para as Universidades; e Surge a Internet; Em 1980, no CERN, O f´ ısico inglˆs Sir Timothy John e Berners-Lee, inventou a World Wide Web, o HTML e o primeiro servidor HTTP, baseado na id´ia do hipertexto. e ´ fundado o W3C; Em 1994, E Em 1994, ocorre a explos˜o comercial; a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

A Guerra Fria passou! :)

ARPAnet tornou-se t˜o in´til que os militares j´ n˜o a a u a a consideravam t˜o importante para mantˆ-la sob a sua guarda; a e Em 1970 o acesso a Arpanet ´ liberado para as Universidades; e Surge a Internet; Em 1980, no CERN, O f´ ısico inglˆs Sir Timothy John e Berners-Lee, inventou a World Wide Web, o HTML e o primeiro servidor HTTP, baseado na id´ia do hipertexto. e ´ fundado o W3C; Em 1994, E Em 1994, ocorre a explos˜o comercial; a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

A Guerra Fria passou! :)

ARPAnet tornou-se t˜o in´til que os militares j´ n˜o a a u a a consideravam t˜o importante para mantˆ-la sob a sua guarda; a e Em 1970 o acesso a Arpanet ´ liberado para as Universidades; e Surge a Internet; Em 1980, no CERN, O f´ ısico inglˆs Sir Timothy John e Berners-Lee, inventou a World Wide Web, o HTML e o primeiro servidor HTTP, baseado na id´ia do hipertexto. e ´ fundado o W3C; Em 1994, E Em 1994, ocorre a explos˜o comercial; a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

Estamos na Web 1.0...!

Web 1.0

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

H´ n˜o muito tempo assim ... a a O pai de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Eu quero viajar pela Am´rica do Sul e conhecer e v´rios pa´ a ıses, Pretendo tamb´m conhecer Machu Picchu. e Al´m disso, gostaria de dan¸ar tango na e c Argentina.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

H´ n˜o muito tempo assim ... a a O pai de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Eu quero viajar pela Am´rica do Sul e conhecer e v´rios pa´ a ıses, Pretendo tamb´m conhecer Machu Picchu. e Al´m disso, gostaria de dan¸ar tango na e c Argentina.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

H´ n˜o muito tempo assim ... a a O pai de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Eu quero viajar pela Am´rica do Sul e conhecer e v´rios pa´ a ıses, Pretendo tamb´m conhecer Machu Picchu. e Al´m disso, gostaria de dan¸ar tango na e c Argentina.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

H´ n˜o muito tempo assim ... a a O pai de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Eu quero viajar pela Am´rica do Sul e conhecer e v´rios pa´ a ıses, Pretendo tamb´m conhecer Machu Picchu. e Al´m disso, gostaria de dan¸ar tango na e c Argentina.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

H´ n˜o muito tempo assim ... a a O pai de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Eu quero viajar pela Am´rica do Sul e conhecer e v´rios pa´ a ıses, Pretendo tamb´m conhecer Machu Picchu. e Al´m disso, gostaria de dan¸ar tango na e c Argentina.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

H´ n˜o muito tempo assim ... a a O pai de Jo˜ozinho decide fazer uma viagem para tirar f´rias; a e Ele caminha at´ uma agˆncia de turismo e diz: e e Eu quero viajar pela Am´rica do Sul e conhecer e v´rios pa´ a ıses, Pretendo tamb´m conhecer Machu Picchu. e Al´m disso, gostaria de dan¸ar tango na e c Argentina.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

...

Logo depois ... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Vai no site de algumas companhias, liga para outras... e verifica os dias de viagem; ! Vai em v´rios sites e procura passeios hist´ricos para cada pa´ıs a o a visitar; ! Vai nos sites dispon´ıveis de casa de shows na Argentina e envia
e-mails para reservar ingressos.

! Alguns dias depois, com muita dificuldade, a atendente
finaliza suas buscas e liga para o pai Jo˜ozinho. a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

...

Logo depois ... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Vai no site de algumas companhias, liga para outras... e verifica os dias de viagem; ! Vai em v´rios sites e procura passeios hist´ricos para cada pa´ıs a o a visitar; ! Vai nos sites dispon´ıveis de casa de shows na Argentina e envia
e-mails para reservar ingressos.

! Alguns dias depois, com muita dificuldade, a atendente
finaliza suas buscas e liga para o pai Jo˜ozinho. a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

...

Logo depois ... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Vai no site de algumas companhias, liga para outras... e verifica os dias de viagem; ! Vai em v´rios sites e procura passeios hist´ricos para cada pa´ıs a o a visitar; ! Vai nos sites dispon´ıveis de casa de shows na Argentina e envia
e-mails para reservar ingressos.

! Alguns dias depois, com muita dificuldade, a atendente
finaliza suas buscas e liga para o pai Jo˜ozinho. a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

...

Logo depois ... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Vai no site de algumas companhias, liga para outras... e verifica os dias de viagem; ! Vai em v´rios sites e procura passeios hist´ricos para cada pa´ıs a o a visitar; ! Vai nos sites dispon´ıveis de casa de shows na Argentina e envia
e-mails para reservar ingressos.

! Alguns dias depois, com muita dificuldade, a atendente
finaliza suas buscas e liga para o pai Jo˜ozinho. a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

...

Logo depois ... a Atendente da Agˆncia anota tudo, e come¸a o trabalho e c pesado:

! Vai no site de algumas companhias, liga para outras... e verifica os dias de viagem; ! Vai em v´rios sites e procura passeios hist´ricos para cada pa´ıs a o a visitar; ! Vai nos sites dispon´ıveis de casa de shows na Argentina e envia
e-mails para reservar ingressos.

! Alguns dias depois, com muita dificuldade, a atendente
finaliza suas buscas e liga para o pai Jo˜ozinho. a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Punta del Leste!

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Machu Picchu!

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Que maravilha!

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

O tempo passa!

a´ o tempo foi passando... ı

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

Surge o XML A linguagem n˜o descrevia a apresenta¸˜o visual dos dados, a ca mas sua marca¸˜o; ca AJAX, Blogs, ... Google

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

Surge o XML A linguagem n˜o descrevia a apresenta¸˜o visual dos dados, a ca mas sua marca¸˜o; ca AJAX, Blogs, ... Google

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

Surge o XML A linguagem n˜o descrevia a apresenta¸˜o visual dos dados, a ca mas sua marca¸˜o; ca AJAX, Blogs, ... Google

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

Surge o XML A linguagem n˜o descrevia a apresenta¸˜o visual dos dados, a ca mas sua marca¸˜o; ca AJAX, Blogs, ... Google

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

Surge o XML A linguagem n˜o descrevia a apresenta¸˜o visual dos dados, a ca mas sua marca¸˜o; ca AJAX, Blogs, ... Google

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E mas uma vez...!

Web 2.0

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

... Web 2.0 ´ a mudan¸a para uma internet como plataforma, e um e c entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante ´ desenvolver aplicativos que e aproveitem os efeitos de rede para se tornarem quanto mais s˜o a usadas pelas pessoas, aproveitando a inteligˆncia coletiva. e Tim O’Reilly

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

E ent˜o... a

... Web 2.0 ´ a mudan¸a para uma internet como plataforma, e um e c entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante ´ desenvolver aplicativos que e aproveitem os efeitos de rede para se tornarem quanto mais s˜o a usadas pelas pessoas, aproveitando a inteligˆncia coletiva. e Tim O’Reilly

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Hoje em dia... Jo˜ozinho decide fazer uma viagem pela Europa para curtir... a mas tem um problema... N˜o tem muito dinheiro... a Viajar para a Europa e conhecer o m´ximo a poss´ de pa´ ıvel ıses. Visitar Paris. Al´m disso, gostaria muito de ir nas baladas e europ´ias. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Hoje em dia... Jo˜ozinho decide fazer uma viagem pela Europa para curtir... a mas tem um problema... N˜o tem muito dinheiro... a Viajar para a Europa e conhecer o m´ximo a poss´ de pa´ ıvel ıses. Visitar Paris. Al´m disso, gostaria muito de ir nas baladas e europ´ias. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Hoje em dia... Jo˜ozinho decide fazer uma viagem pela Europa para curtir... a mas tem um problema... N˜o tem muito dinheiro... a Viajar para a Europa e conhecer o m´ximo a poss´ de pa´ ıvel ıses. Visitar Paris. Al´m disso, gostaria muito de ir nas baladas e europ´ias. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Hoje em dia... Jo˜ozinho decide fazer uma viagem pela Europa para curtir... a mas tem um problema... N˜o tem muito dinheiro... a Viajar para a Europa e conhecer o m´ximo a poss´ de pa´ ıvel ıses. Visitar Paris. Al´m disso, gostaria muito de ir nas baladas e europ´ias. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Hoje em dia... Jo˜ozinho decide fazer uma viagem pela Europa para curtir... a mas tem um problema... N˜o tem muito dinheiro... a Viajar para a Europa e conhecer o m´ximo a poss´ de pa´ ıvel ıses. Visitar Paris. Al´m disso, gostaria muito de ir nas baladas e europ´ias. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Hoje em dia... Jo˜ozinho decide fazer uma viagem pela Europa para curtir... a mas tem um problema... N˜o tem muito dinheiro... a Viajar para a Europa e conhecer o m´ximo a poss´ de pa´ ıvel ıses. Visitar Paris. Al´m disso, gostaria muito de ir nas baladas e europ´ias. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:)

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

...

´ E quando... Em 2001, Tim Berners-Lee ...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

:D

The Semantic Web: a new form of Web content that is meaningful to computers will unleash a revolution of new possibilities. Web Semˆntica: um novo formato de conte´do para a Web que a u tem significado para computadores vai iniciar uma revolu¸˜o de ca novas possibilidades.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

;)

Web 3.0: A Web Semˆntica a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Introdu¸˜o ca

Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0

O que...

O que a Web Semˆntica vai a proporcionar?

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Lucy precisa marcar uma consulta m´dica para sua m˜e e e a lev´-la ao m´dico. Ou seja: a e
Consulta no hor´rio em que Lucy est´ dispon´ a a ıvel, de preferˆncia pr´ximo da casa da m˜e; e o a M´dico qualificado e pertencer ao plano de sa´de. e u

Lucy usa seu agente, e o seu agente:
Recupera o tratamento prescrito, Procurar os servi¸os m´dicos, verifica os planos de sa´de que c e u pertencem, Verifica consult´rios pr´ximos, o o Casa os hor´rios dispon´ a ıveis com o de Lucy e Marca a consulta.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Como...

Mas como realmente a Web Semˆntica vai funcionar? a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Defini¸˜o ca Web Semˆntica ´ uma extens˜o da Web atual, na qual ´ dada ` a e a e a informa¸˜o um significado bem definido, permitinho que ca computadores e pessoas trabalhem em coopera¸˜o. ca Barnees-Lee, Hendler e Lassila

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

O que significa?

Defini¸˜o ca Web Semˆntica ´ uma extens˜o da Web atual, na qual ´ dada ` a e a e a informa¸˜o um significado bem definido, permitinho que ca computadores e pessoas trabalhem em coopera¸˜o. ca Barnees-Lee, Hendler e Lassila

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Camadas da Wev Semˆntica a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Camadas - URIs e Espa¸o de Nomes c

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

URIs e Espa¸os de Nomes c

Os Padr˜es URI (Uniform Resource Identifiers) e Espa¸os de o c nomes s˜o utilizados para nomear e identificar coisas; a A maneira de identific´-los de forma unica ´ atrav´s dos a ´ e e recursos; Recurso pode ser qualquer coisa (abstrata ou f´ ısica) que tenha um identificador; Existe duas formas de especificar URIs:
1

URIs Relativas: dependem do contexto: http : //www .mochilando.com.br /cidade#nome

2

URIs Absolutas: independem do contexto: cidade#nome http : //www .mochilando.com.br

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Camadas - XML e Esquema XML

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

XML e Esquema XML

XML: eXtensible Markup Language; Linguagem de marca¸˜o consistente, padronizada e ca estruturada de forma a ser processada por um computador; Descreve uma classe de ojetos chamada de documentos XML e o comportamento de aplica¸˜es que processam estes co documentos;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

XML e Esquema XML

XML: eXtensible Markup Language; Linguagem de marca¸˜o consistente, padronizada e ca estruturada de forma a ser processada por um computador; Descreve uma classe de ojetos chamada de documentos XML e o comportamento de aplica¸˜es que processam estes co documentos;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

XML e Esquema XML

XML: eXtensible Markup Language; Linguagem de marca¸˜o consistente, padronizada e ca estruturada de forma a ser processada por um computador; Descreve uma classe de ojetos chamada de documentos XML e o comportamento de aplica¸˜es que processam estes co documentos;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

XML e Esquema XML

XML: eXtensible Markup Language; Linguagem de marca¸˜o consistente, padronizada e ca estruturada de forma a ser processada por um computador; Descreve uma classe de ojetos chamada de documentos XML e o comportamento de aplica¸˜es que processam estes co documentos;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

HTML Vs XML

Tabela: Tabela comparativa entre HTML e XML

Marca¸˜o ca Marca¸˜o Aninhada ca Pessoas Entendem M´quinas Entendem a Info. Estrutural

HTML Sim Sim Sim N˜o a Pouca

XML Sim Sim Sim Sim Sim

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

HTML Vs XML

Tabela: Tabela comparativa entre HTML e XML

HTML Provˆ Formata¸˜o e ca Mesmas Marca¸˜es co Marca¸˜es Padr˜es co o

XML Separa conte´do da apresenta¸˜o u ca Marca¸˜es Diferentes co Marca¸˜es definidas pelo usu´rio co a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Exemplo

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema XML

Linguagem para defini¸˜o da estrutura de documentos XML; ca Sintaxe baseada no pr´prio XML; o Permite reuso de esquemas existentes; Conjunto sofisticado de tipos de dados.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema XML

Linguagem para defini¸˜o da estrutura de documentos XML; ca Sintaxe baseada no pr´prio XML; o Permite reuso de esquemas existentes; Conjunto sofisticado de tipos de dados.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema XML

Linguagem para defini¸˜o da estrutura de documentos XML; ca Sintaxe baseada no pr´prio XML; o Permite reuso de esquemas existentes; Conjunto sofisticado de tipos de dados.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema XML

Linguagem para defini¸˜o da estrutura de documentos XML; ca Sintaxe baseada no pr´prio XML; o Permite reuso de esquemas existentes; Conjunto sofisticado de tipos de dados.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema XML

Linguagem para defini¸˜o da estrutura de documentos XML; ca Sintaxe baseada no pr´prio XML; o Permite reuso de esquemas existentes; Conjunto sofisticado de tipos de dados.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Exemplo

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Limita¸˜es do XML co

Aninhamento de tags n˜o tem significado padr˜o; a a Semˆntica de documentos XML n˜o ´ acess´ por software, a a e ıvel apenas por pessoas; Colabora¸˜o e intercˆmbio s˜o apoiados se existir um ca a a entendimento compartilhado de um vocabul´rio; a A XML ´ mais adequada para colabora¸˜o de baixa e ca granulosidade (comunidade, empresa, etc.)
N˜o ´ adequada para comunica¸˜o global. a e ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Limita¸˜es do XML co

Aninhamento de tags n˜o tem significado padr˜o; a a Semˆntica de documentos XML n˜o ´ acess´ por software, a a e ıvel apenas por pessoas; Colabora¸˜o e intercˆmbio s˜o apoiados se existir um ca a a entendimento compartilhado de um vocabul´rio; a A XML ´ mais adequada para colabora¸˜o de baixa e ca granulosidade (comunidade, empresa, etc.)
N˜o ´ adequada para comunica¸˜o global. a e ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Limita¸˜es do XML co

Aninhamento de tags n˜o tem significado padr˜o; a a Semˆntica de documentos XML n˜o ´ acess´ por software, a a e ıvel apenas por pessoas; Colabora¸˜o e intercˆmbio s˜o apoiados se existir um ca a a entendimento compartilhado de um vocabul´rio; a A XML ´ mais adequada para colabora¸˜o de baixa e ca granulosidade (comunidade, empresa, etc.)
N˜o ´ adequada para comunica¸˜o global. a e ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Limita¸˜es do XML co

Aninhamento de tags n˜o tem significado padr˜o; a a Semˆntica de documentos XML n˜o ´ acess´ por software, a a e ıvel apenas por pessoas; Colabora¸˜o e intercˆmbio s˜o apoiados se existir um ca a a entendimento compartilhado de um vocabul´rio; a A XML ´ mais adequada para colabora¸˜o de baixa e ca granulosidade (comunidade, empresa, etc.)
N˜o ´ adequada para comunica¸˜o global. a e ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Limita¸˜es do XML co

Aninhamento de tags n˜o tem significado padr˜o; a a Semˆntica de documentos XML n˜o ´ acess´ por software, a a e ıvel apenas por pessoas; Colabora¸˜o e intercˆmbio s˜o apoiados se existir um ca a a entendimento compartilhado de um vocabul´rio; a A XML ´ mais adequada para colabora¸˜o de baixa e ca granulosidade (comunidade, empresa, etc.)
N˜o ´ adequada para comunica¸˜o global. a e ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Limita¸˜es do XML co

Aninhamento de tags n˜o tem significado padr˜o; a a Semˆntica de documentos XML n˜o ´ acess´ por software, a a e ıvel apenas por pessoas; Colabora¸˜o e intercˆmbio s˜o apoiados se existir um ca a a entendimento compartilhado de um vocabul´rio; a A XML ´ mais adequada para colabora¸˜o de baixa e ca granulosidade (comunidade, empresa, etc.)
N˜o ´ adequada para comunica¸˜o global. a e ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Camadas - RDF e Esquema RDF

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

RDF

RDF (Resource Drescription Framework) ´ recomenda¸˜o do e ca W3C para representa¸˜o de informa¸˜o sobre recursos da ca ca Web;
Objetos recuper´veis pela Web: Imagem, ´udio, v´ a a ıdeo, etc Recursos: pessoas, artigos dispon´ ıveis em lojas on-line, etc

Declara¸˜o ´ uma tripla: sujeito - predicado - objeto ca e Utiliza sintaxe XML (Herda os seus benef´ ıcios); Principais Fundamentos:
recursos, propriedades e declara¸˜es. co

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Recursos

Um objeto, ou uma “coisa”, do qual que se pode dizer alguma coisa
autores, livros, editoras, locais, pessoas, hot´is, etc. e

Todo recurso tem uma URI associada

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Recursos

Um objeto, ou uma “coisa”, do qual que se pode dizer alguma coisa
autores, livros, editoras, locais, pessoas, hot´is, etc. e

Todo recurso tem uma URI associada

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Recursos

Um objeto, ou uma “coisa”, do qual que se pode dizer alguma coisa
autores, livros, editoras, locais, pessoas, hot´is, etc. e

Todo recurso tem uma URI associada

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Recursos

Um objeto, ou uma “coisa”, do qual que se pode dizer alguma coisa
autores, livros, editoras, locais, pessoas, hot´is, etc. e

Todo recurso tem uma URI associada

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Propriedades

Um tipo especial de recursos
logo s˜o identificadas por uma URI. a

Descreve rela¸˜es entre outros recursos co
Ex.: “escrito por”, “idade” “t´ ıtulo”, etc.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Propriedades

Um tipo especial de recursos
logo s˜o identificadas por uma URI. a

Descreve rela¸˜es entre outros recursos co
Ex.: “escrito por”, “idade” “t´ ıtulo”, etc.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Propriedades

Um tipo especial de recursos
logo s˜o identificadas por uma URI. a

Descreve rela¸˜es entre outros recursos co
Ex.: “escrito por”, “idade” “t´ ıtulo”, etc.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Propriedades

Um tipo especial de recursos
logo s˜o identificadas por uma URI. a

Descreve rela¸˜es entre outros recursos co
Ex.: “escrito por”, “idade” “t´ ıtulo”, etc.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Declara¸˜es co

´ E a associa¸˜o de um recurso a uma propriedade com ca determinado valor Possui trˆs vis˜es e o
Uma tripla, Uma parte de um grafo e Uma parte de um c´digo XML. o

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Declara¸˜es co

´ E a associa¸˜o de um recurso a uma propriedade com ca determinado valor Possui trˆs vis˜es e o
Uma tripla, Uma parte de um grafo e Uma parte de um c´digo XML. o

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Declara¸˜es co

´ E a associa¸˜o de um recurso a uma propriedade com ca determinado valor Possui trˆs vis˜es e o
Uma tripla, Uma parte de um grafo e Uma parte de um c´digo XML. o

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Declara¸˜es co

´ E a associa¸˜o de um recurso a uma propriedade com ca determinado valor Possui trˆs vis˜es e o
Uma tripla, Uma parte de um grafo e Uma parte de um c´digo XML. o

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Conjunto de Triplas

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Grafo

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Documento RDF

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema RDF

RDF permite que usu´rios descrevam recursos em seus a pr´prios vocabul´rios o a
RDF n˜o assume ou n˜o define semˆntica de um dom´ em a a a ınio particular

Para isto, pode-se usar o Esquema RDF que define:
Classes e Propriedades Heran¸a e Hierarquia de classes c Hierarquia de propriedades

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema RDF

RDF permite que usu´rios descrevam recursos em seus a pr´prios vocabul´rios o a
RDF n˜o assume ou n˜o define semˆntica de um dom´ em a a a ınio particular

Para isto, pode-se usar o Esquema RDF que define:
Classes e Propriedades Heran¸a e Hierarquia de classes c Hierarquia de propriedades

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema RDF

RDF permite que usu´rios descrevam recursos em seus a pr´prios vocabul´rios o a
RDF n˜o assume ou n˜o define semˆntica de um dom´ em a a a ınio particular

Para isto, pode-se usar o Esquema RDF que define:
Classes e Propriedades Heran¸a e Hierarquia de classes c Hierarquia de propriedades

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema RDF

RDF permite que usu´rios descrevam recursos em seus a pr´prios vocabul´rios o a
RDF n˜o assume ou n˜o define semˆntica de um dom´ em a a a ınio particular

Para isto, pode-se usar o Esquema RDF que define:
Classes e Propriedades Heran¸a e Hierarquia de classes c Hierarquia de propriedades

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Esquema RDF

RDF permite que usu´rios descrevam recursos em seus a pr´prios vocabul´rios o a
RDF n˜o assume ou n˜o define semˆntica de um dom´ em a a a ınio particular

Para isto, pode-se usar o Esquema RDF que define:
Classes e Propriedades Heran¸a e Hierarquia de classes c Hierarquia de propriedades

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Exemplo de Esquema RDF

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Camadas - Ontologia

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Ontologias

Defini¸˜o ca uma ontologia ´ uma especifica¸˜o formal e expl´ e ca ıcita de uma conceitualiza¸˜o compartilhada ca Expl´ ıcita: defini¸˜es de conceitos, rela¸˜es, restri¸˜es e co co co axiomas; Formal: compreens´ para agentes e sistemas; ıvel Conceitualiza¸˜o: modelo abstrato de uma ´rea de ca a conhecimento; Compartilhada: conhecimento consensual;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Ontologias

Defini¸˜o ca uma ontologia ´ uma especifica¸˜o formal e expl´ e ca ıcita de uma conceitualiza¸˜o compartilhada ca Expl´ ıcita: defini¸˜es de conceitos, rela¸˜es, restri¸˜es e co co co axiomas; Formal: compreens´ para agentes e sistemas; ıvel Conceitualiza¸˜o: modelo abstrato de uma ´rea de ca a conhecimento; Compartilhada: conhecimento consensual;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Ontologias

Defini¸˜o ca uma ontologia ´ uma especifica¸˜o formal e expl´ e ca ıcita de uma conceitualiza¸˜o compartilhada ca Expl´ ıcita: defini¸˜es de conceitos, rela¸˜es, restri¸˜es e co co co axiomas; Formal: compreens´ para agentes e sistemas; ıvel Conceitualiza¸˜o: modelo abstrato de uma ´rea de ca a conhecimento; Compartilhada: conhecimento consensual;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Ontologias

Defini¸˜o ca uma ontologia ´ uma especifica¸˜o formal e expl´ e ca ıcita de uma conceitualiza¸˜o compartilhada ca Expl´ ıcita: defini¸˜es de conceitos, rela¸˜es, restri¸˜es e co co co axiomas; Formal: compreens´ para agentes e sistemas; ıvel Conceitualiza¸˜o: modelo abstrato de uma ´rea de ca a conhecimento; Compartilhada: conhecimento consensual;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Ontologias

Defini¸˜o ca uma ontologia ´ uma especifica¸˜o formal e expl´ e ca ıcita de uma conceitualiza¸˜o compartilhada ca Expl´ ıcita: defini¸˜es de conceitos, rela¸˜es, restri¸˜es e co co co axiomas; Formal: compreens´ para agentes e sistemas; ıvel Conceitualiza¸˜o: modelo abstrato de uma ´rea de ca a conhecimento; Compartilhada: conhecimento consensual;

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

OWL

OWL (Ontology Web Language) ´ recomenda¸˜o do W3C, e ca Possui trˆs tipos de OWL: e
1 2 3

OWL-Lite, OWL-DL e OWL Full.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

OWL

OWL (Ontology Web Language) ´ recomenda¸˜o do W3C, e ca Possui trˆs tipos de OWL: e
1 2 3

OWL-Lite, OWL-DL e OWL Full.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

OWL

OWL (Ontology Web Language) ´ recomenda¸˜o do W3C, e ca Possui trˆs tipos de OWL: e
1 2 3

OWL-Lite, OWL-DL e OWL Full.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

OWL

OWL (Ontology Web Language) ´ recomenda¸˜o do W3C, e ca Possui trˆs tipos de OWL: e
1 2 3

OWL-Lite, OWL-DL e OWL Full.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

OWL

OWL (Ontology Web Language) ´ recomenda¸˜o do W3C, e ca Possui trˆs tipos de OWL: e
1 2 3

OWL-Lite, OWL-DL e OWL Full.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

OWL

OWL (Ontology Web Language) ´ recomenda¸˜o do W3C, e ca Possui trˆs tipos de OWL: e
1 2 3

OWL-Lite, OWL-DL e OWL Full.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Caracter´ ısticas

Para desenvolver ontologias, deve-se:
1 2 3 4

definir classes; organizar as classes em uma taxonomia; definir slots e descrever os valores permitidos; preencher os valores dos slots, atrav´s de instˆncias; e a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Caracter´ ısticas

Para desenvolver ontologias, deve-se:
1 2 3 4

definir classes; organizar as classes em uma taxonomia; definir slots e descrever os valores permitidos; preencher os valores dos slots, atrav´s de instˆncias; e a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Caracter´ ısticas

Para desenvolver ontologias, deve-se:
1 2 3 4

definir classes; organizar as classes em uma taxonomia; definir slots e descrever os valores permitidos; preencher os valores dos slots, atrav´s de instˆncias; e a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Caracter´ ısticas

Para desenvolver ontologias, deve-se:
1 2 3 4

definir classes; organizar as classes em uma taxonomia; definir slots e descrever os valores permitidos; preencher os valores dos slots, atrav´s de instˆncias; e a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Caracter´ ısticas

Para desenvolver ontologias, deve-se:
1 2 3 4

definir classes; organizar as classes em uma taxonomia; definir slots e descrever os valores permitidos; preencher os valores dos slots, atrav´s de instˆncias; e a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Caracter´ ısticas

Para desenvolver ontologias, deve-se:
1 2 3 4

definir classes; organizar as classes em uma taxonomia; definir slots e descrever os valores permitidos; preencher os valores dos slots, atrav´s de instˆncias; e a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Exemplo

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Exemplo

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Web Semˆntica a

URIs e Espa¸os de Nomes c XML e Esquema XML RDF e Esquema RDF Ontologia

Exemplo

Mas como tirar proveito da Web Semˆntica? a

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho decide viajar ` Macei´ e participar do a a o ERECOMP-AL 2011 Al´m disso... e Pretende conhecer as maravilhosas praias alagoanas. Ir ao Maikai. Al´m disso, gostaria de conhecer a cultura e alagoana.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho decide viajar ` Macei´ e participar do a a o ERECOMP-AL 2011 Al´m disso... e Pretende conhecer as maravilhosas praias alagoanas. Ir ao Maikai. Al´m disso, gostaria de conhecer a cultura e alagoana.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho decide viajar ` Macei´ e participar do a a o ERECOMP-AL 2011 Al´m disso... e Pretende conhecer as maravilhosas praias alagoanas. Ir ao Maikai. Al´m disso, gostaria de conhecer a cultura e alagoana.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho decide viajar ` Macei´ e participar do a a o ERECOMP-AL 2011 Al´m disso... e Pretende conhecer as maravilhosas praias alagoanas. Ir ao Maikai. Al´m disso, gostaria de conhecer a cultura e alagoana.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho decide viajar ` Macei´ e participar do a a o ERECOMP-AL 2011 Al´m disso... e Pretende conhecer as maravilhosas praias alagoanas. Ir ao Maikai. Al´m disso, gostaria de conhecer a cultura e alagoana.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Em um futuro pr´ximo ... o Jo˜ozinho ent˜o, chega em casa, liga o computador, a a configurara o seu agente e vai durmir. O agente ent˜o: a

! faz a inscri¸˜o no ERECOMP-AL; ca ! recupera, atrav´s de servi¸os, vˆos para a Macei´, com dias, e c o o hor´rios, pre¸os, etc; a c ! verifica roteiros para as belas praias alagoanas, shows no Maikai e reserva ingressos; ! monta o roteiro completo da viagem e imprime ! Logo depois, recupera conte´do hist´rico sobre todos os locais u o
que Jo˜ozinho ir´ visitar. a a
Ig Ibert Bittencourt Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

:)

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Como...

Como o processamento foi feito?

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Servi¸os c

Defini¸˜o ca Servi¸os s˜o por¸˜es de software constru´ c a co ıdas de tal modo que possam ser facilmente vinculadas a outros componentes de software.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Servi¸os c

Defini¸˜o ca Servi¸os s˜o por¸˜es de software constru´ c a co ıdas de tal modo que possam ser facilmente vinculadas a outros componentes de software.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Servi¸os c

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Agentes

Defini¸˜o ca um agente pode ser definido como uma entidade que possui a capacidade de perceber o ambiente, atrav´s de sensores, e agir e no ambiente, atrav´s de atuadores. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Agentes

Defini¸˜o ca um agente pode ser definido como uma entidade que possui a capacidade de perceber o ambiente, atrav´s de sensores, e agir e no ambiente, atrav´s de atuadores. e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Agentes

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Tirar Proveito da Web Semˆntica a

Servi¸os c Agentes

Agentes

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Livros

Breitman, Karin (2005) Web Semˆntica: A internet do a Futuro; Daconta, M. C., et al (2003) The Semantic Web: A Guide to the Future of XML, Web Services, and Knowledge Management Anderson, T. and Whitelock, D (2004) The Educational Semantic Web: Visioning and Practicing the Future of Education

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Livros

Breitman, Karin (2005) Web Semˆntica: A internet do a Futuro; Daconta, M. C., et al (2003) The Semantic Web: A Guide to the Future of XML, Web Services, and Knowledge Management Anderson, T. and Whitelock, D (2004) The Educational Semantic Web: Visioning and Practicing the Future of Education

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Livros

Breitman, Karin (2005) Web Semˆntica: A internet do a Futuro; Daconta, M. C., et al (2003) The Semantic Web: A Guide to the Future of XML, Web Services, and Knowledge Management Anderson, T. and Whitelock, D (2004) The Educational Semantic Web: Visioning and Practicing the Future of Education

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Livros

Breitman, Karin (2005) Web Semˆntica: A internet do a Futuro; Daconta, M. C., et al (2003) The Semantic Web: A Guide to the Future of XML, Web Services, and Knowledge Management Anderson, T. and Whitelock, D (2004) The Educational Semantic Web: Visioning and Practicing the Future of Education

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Ferramentas

Ontologias: Prot´g´ (OWL, SWRL e OWL-S); e e Servi¸os: SWWS (OWL-S); c Agentes: Jade; Programa¸˜o para Web Semˆntica: Jena e Prot´g´OWL-API. ca a e e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Ferramentas

Ontologias: Prot´g´ (OWL, SWRL e OWL-S); e e Servi¸os: SWWS (OWL-S); c Agentes: Jade; Programa¸˜o para Web Semˆntica: Jena e Prot´g´OWL-API. ca a e e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Ferramentas

Ontologias: Prot´g´ (OWL, SWRL e OWL-S); e e Servi¸os: SWWS (OWL-S); c Agentes: Jade; Programa¸˜o para Web Semˆntica: Jena e Prot´g´OWL-API. ca a e e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Ferramentas

Ontologias: Prot´g´ (OWL, SWRL e OWL-S); e e Servi¸os: SWWS (OWL-S); c Agentes: Jade; Programa¸˜o para Web Semˆntica: Jena e Prot´g´OWL-API. ca a e e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Como Come¸ar c

Livros Ferramentas

Ferramentas

Ontologias: Prot´g´ (OWL, SWRL e OWL-S); e e Servi¸os: SWWS (OWL-S); c Agentes: Jade; Programa¸˜o para Web Semˆntica: Jena e Prot´g´OWL-API. ca a e e

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a

O n´mero de eventos em Web Semˆntica tem aumentado; u a Diversas propostas tem aparecido em E-Commerce e E-Learning; Os sites de busca tendem a utilizar esta tecnologia; As camadas de Prova, confian¸a e Assinatura Digital est˜o em c a estudo.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a

O n´mero de eventos em Web Semˆntica tem aumentado; u a Diversas propostas tem aparecido em E-Commerce e E-Learning; Os sites de busca tendem a utilizar esta tecnologia; As camadas de Prova, confian¸a e Assinatura Digital est˜o em c a estudo.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a

O n´mero de eventos em Web Semˆntica tem aumentado; u a Diversas propostas tem aparecido em E-Commerce e E-Learning; Os sites de busca tendem a utilizar esta tecnologia; As camadas de Prova, confian¸a e Assinatura Digital est˜o em c a estudo.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a

O n´mero de eventos em Web Semˆntica tem aumentado; u a Diversas propostas tem aparecido em E-Commerce e E-Learning; Os sites de busca tendem a utilizar esta tecnologia; As camadas de Prova, confian¸a e Assinatura Digital est˜o em c a estudo.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a

O n´mero de eventos em Web Semˆntica tem aumentado; u a Diversas propostas tem aparecido em E-Commerce e E-Learning; Os sites de busca tendem a utilizar esta tecnologia; As camadas de Prova, confian¸a e Assinatura Digital est˜o em c a estudo.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

World Wide Wisdom Web

Web agents Web mining and farming Web information retrieval

Web knowledge management Web intelligence infrastructure Social network intelligence

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

World Wide Wisdom Web

Web agents Web mining and farming Web information retrieval

Web knowledge management Web intelligence infrastructure Social network intelligence

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

World Wide Wisdom Web

Web agents Web mining and farming Web information retrieval

Web knowledge management Web intelligence infrastructure Social network intelligence

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

Conclus˜o e Perspectivas Futuras a O que ainda

World Wide Wisdom Web

Web agents Web mining and farming Web information retrieval

Web knowledge management Web intelligence infrastructure Social network intelligence

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

O que ´ e

GrOW (Grupo de Otimiza¸˜o da Web); ca Tem por objetivo a constru¸˜o de sistemas que otimizem a ca web; contextos de pesquisa a serem trabalhados s˜o desde a variados....
e-learning, e-commerce, e-gov, entre outros...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

O que ´ e

GrOW (Grupo de Otimiza¸˜o da Web); ca Tem por objetivo a constru¸˜o de sistemas que otimizem a ca web; contextos de pesquisa a serem trabalhados s˜o desde a variados....
e-learning, e-commerce, e-gov, entre outros...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

O que ´ e

GrOW (Grupo de Otimiza¸˜o da Web); ca Tem por objetivo a constru¸˜o de sistemas que otimizem a ca web; contextos de pesquisa a serem trabalhados s˜o desde a variados....
e-learning, e-commerce, e-gov, entre outros...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

O que ´ e

GrOW (Grupo de Otimiza¸˜o da Web); ca Tem por objetivo a constru¸˜o de sistemas que otimizem a ca web; contextos de pesquisa a serem trabalhados s˜o desde a variados....
e-learning, e-commerce, e-gov, entre outros...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

O que ´ e

GrOW (Grupo de Otimiza¸˜o da Web); ca Tem por objetivo a constru¸˜o de sistemas que otimizem a ca web; contextos de pesquisa a serem trabalhados s˜o desde a variados....
e-learning, e-commerce, e-gov, entre outros...

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Projetos

ArCo: Arcabou¸o de Comunidades; c GraW: Gradua¸˜o na Web; ca ArCo Live; GraW Mobile; ForBILE: Framework para Constru¸˜o de Ambientes ca Interativos de Aprendizagem.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Projetos

ArCo: Arcabou¸o de Comunidades; c GraW: Gradua¸˜o na Web; ca ArCo Live; GraW Mobile; ForBILE: Framework para Constru¸˜o de Ambientes ca Interativos de Aprendizagem.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Projetos

ArCo: Arcabou¸o de Comunidades; c GraW: Gradua¸˜o na Web; ca ArCo Live; GraW Mobile; ForBILE: Framework para Constru¸˜o de Ambientes ca Interativos de Aprendizagem.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Projetos

ArCo: Arcabou¸o de Comunidades; c GraW: Gradua¸˜o na Web; ca ArCo Live; GraW Mobile; ForBILE: Framework para Constru¸˜o de Ambientes ca Interativos de Aprendizagem.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Projetos

ArCo: Arcabou¸o de Comunidades; c GraW: Gradua¸˜o na Web; ca ArCo Live; GraW Mobile; ForBILE: Framework para Constru¸˜o de Ambientes ca Interativos de Aprendizagem.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Projetos

ArCo: Arcabou¸o de Comunidades; c GraW: Gradua¸˜o na Web; ca ArCo Live; GraW Mobile; ForBILE: Framework para Constru¸˜o de Ambientes ca Interativos de Aprendizagem.

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Equipe

Equipe composta por:
3 4 2 8 Professores da UFAL, estudantes de doutorado (UFCG e LNCC), estudante de mestrado (UFAL e PUCRS), estudante de gradua¸˜o (UFAL). ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Equipe

Equipe composta por:
3 4 2 8 Professores da UFAL, estudantes de doutorado (UFCG e LNCC), estudante de mestrado (UFAL e PUCRS), estudante de gradua¸˜o (UFAL). ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Equipe

Equipe composta por:
3 4 2 8 Professores da UFAL, estudantes de doutorado (UFCG e LNCC), estudante de mestrado (UFAL e PUCRS), estudante de gradua¸˜o (UFAL). ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Equipe

Equipe composta por:
3 4 2 8 Professores da UFAL, estudantes de doutorado (UFCG e LNCC), estudante de mestrado (UFAL e PUCRS), estudante de gradua¸˜o (UFAL). ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Equipe

Equipe composta por:
3 4 2 8 Professores da UFAL, estudantes de doutorado (UFCG e LNCC), estudante de mestrado (UFAL e PUCRS), estudante de gradua¸˜o (UFAL). ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Equipe

Equipe composta por:
3 4 2 8 Professores da UFAL, estudantes de doutorado (UFCG e LNCC), estudante de mestrado (UFAL e PUCRS), estudante de gradua¸˜o (UFAL). ca

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a

GrOW

O que ´ e Projetos Equipe

Obrigado

Obrigado!

Ig Ibert Bittencourt

Web Semˆntica a