You are on page 1of 30

SES/MG

FM-UFMG

Cuidando do Recém-nascido
de Alto Risco
Nara Lúcia Carvalho da Silva
Thais Costa Nascentes Queiroz
Maria do Carmo Barros de Melo

Belo Horizonte, 2015

Cuidando do Recém-nascido de Alto Risco
Nara Lúcia Carvalho da Silva, Thais Costa Nascentes Queiroz, Maria do Carmo Barros de Melo

Direitos exclusivos

S586c Silva, Nara Lúcia Carvalho da

Copyright © 2015 by

Cuidando do recém-nascido de alto risco. [livro eletrônico] /

Folium Editorial

Nara Lúcia Carvalho da Silva; Thais Costa Nascentes Queiroz;

Maria do Carmo Barros de Melo. – Belo Horizonte: Folium, 2015.

Av. Carandaí, 161 - sala 702

30130-060 – Belo Horizonte - MG

ISBN: 978-85-88361-95-9

Tel. (31) 3287-1960

1. Assistência ao recém-nascido de alto risco.

e-mail: folium@folium.com.br

2. Cuidados intensivos no período neonatal. I. Queiroz, Thais

Costa Nascentes. II. Melo, Maria do Carmo Barros de. III. Título.

www.folium.com.br

Versão oficial para dispositivos Apple
disponível na iTunes Store: https://itun.es/
i6Yx6KX

CDD 618.920 1
CDU 616-053.2-78
DOI:10.5935/978-85-88361-95-9.2015B001

Todos os direitos autorais estão reservados e protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
É proibida a duplicação ou reprodução desta obra, no todo ou em parte, sob quaisquer formas ou por quaisquer
meios (eletrônico, mecânico, gravação, fotocópia ou outros), sem a permissão prévia, por escrito, da editora.
Versão PDF produzida pela Assessoria de Comunicação da Faculdade de Medicina da UFMG

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE GOVERNO DE MINAS GERAIS – SES-MG Secretário de Estado da Saúde Fausto Pereira do Santos Subsecretária de Políticas e Ações em Saúde Miriam Maria de Souza Superintendência de Redes de Atenção à Saúde Ana Augusta Pires Coutinho Coordenadora da Saúde da Mulher e Rede Cegonha Ana Maria de Jesus Cardoso Coordenação Tele Minas Saúde Simone Ferreira dos Santos .

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Reitor Jaime Arturo Ramires Vice Reitor Sandra Regina Goulart Almeida Pró-reitor de Extensão Benigna Maria de Oliveira FACULDADE DE MEDICINA Diretor Tarcizo Afonso Nunes Vice-Diretor Humberto José Alves .

Neuslene Rievrs de Queiroz. Maria Aparecida Miranda da Silva. Maria do Carmo Barros de Melo. Flavio Alves de Azevedo. Gustavo Cancela Penna. Guilherme Epifânio Silva. Raphael Martius Toledo Rosa Equipe de Apoio Emídia Deslandes. Kaiser Bergmann. Maurício Junior Silva Campos. Maxwel da Silva. Marcos Cunha Resende. Alaneir de Fátima dos Santos Sub-coordenadores Humberto José Alves. Marina Fernandes. Ronilton Gonçalves Nunes . Rosália Morais Torres Equipe Técnica Aline Costa. Juliana Cordeiro Soares Branco. Luciana Magalhães Braga. Daniel Gomes Franchini. Amanda Rafaela Aquino. Janaina Teixeira Nogueira. Danielle Cardoso. Mônica Pena Abreu.Centro de Tecnologia em Saúde / Núcleo de Telessaúde – FM-UFMG Coordenadores Cláudio de Souza.

Isso porque não basta ofertar serviços se não houver boa qualidade nos processos assistenciais. com objetivo de ofertar material didático para as Unidades Neonatais do estado. Nesse sentido. Ana Maria de Jesus Cardoso2 Como enfrentamento ao desafio da redução da taxa de mortalidade infantil. dois pilares têm sido abordados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais: garantia de acesso aos serviços e qualidade de assistência ofertada.PREFÁCIO Miriam Maria de Souza1. O e-Book Cuidando do Recém Nascido de Alto Risco foi resultado da parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais e o Centro de Tecnologia em Saúde (CETES) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. . com vistas ao aprimoramento de práticas e oferta de subsídio para discussões clínicas e atualização da equipe de saúde. a implementação de educação continuada e a utilização de protocolos clínicos baseados nas melhores práticas são estratégias que devem estar incluídas no planejamento das unidades de saúde e presentes em seu funcionamento diário.

Subsecretária de Políticas e Ações de Saúde 2. Coordenadora de Saúde da Mulher e Rede Cegonha .O material está disponível para livre acesso dos profissionais de saúde na página eletrônica da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e do CETES da Faculdade de Medicina da UFMG – Link de acesso 1.

teleconsultorias síncronas diariamente (12 horas por dia de segunda a segunda-feira) para discussão de casos clínicos. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais tem investido recursos buscando a redução da mortalidade infantil e estrategicamente da neonatal. uma parceria com o Centro de Tecnologia em Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. O projeto de Telemonitoramento de UTIs Neonatais. As inovações na área de tecnologia em saúde tem permitido o acesso à melhor qualidade para os cuidados. foi elaborado de forma a contribuir para o suporte assistencial e gerencial às unidades de terapia intensiva e de cuidados progressivos neonatais do Estado de Minas Gerais. acesso à teleconsultorias com especialistas e . exames complementares.APRESENTAÇÃO Nara Lúcia Carvalho da Silva. Maria do Carmo Barros de Melo Caros colegas. Para as instituições que estiveram interligadas à Central de Telemonitoramento foi possível acesso à webconferências mensais.

Trata-se. gerenciais e educacionais.apoio para treinamento e montagem de novas UTIs ou expansão de leitos que estavam sendo implementados no estado. de um projeto que abrangia aspectos assistenciais. A ideia deste e-Book surgiu diante da necessidade de registrar alguns temas abordados em webconferências realizadas e que consideramos primordial para a adequada assistência ao neonato. Uma segunda fase do projeto irá começar e nela temos previsto expansão do serviço para apoio aos pacientes pediátricos admitidos em UTIs e para aqueles em situações de risco e que estejam aguardando vaga em leitos de terapia intensiva. além de apoio diagnóstico e uma maior interação com a Central de Regulação Assistencial de Leitos. A Central de Regulação Assistencial de Leitos do Estado de Minas Gerais interagiu com a Central de Telemonitoramento e com isto buscamos oferecer suporte aos nossos colegas e aos pacientes que necessitavam de transporte ou serviços especiais. portanto. .

a hemorragia ventricular. as infecções. Cuidar do posicionamento e do suporte nutricional é essencial para a sobrevida do recém nascido. a cardiopatia congênita. O trabalho em equipe é fundamental para a adequada assistência em saúde e desejamos que este seja mais um instrumento que permita o crescimento de cada equipe vinculada de alguma forma à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.Selecionamos profissionais com grande experiência profissional e acadêmica. a hemoterapia. Esperamos que seja útil para o dia-a-dia de vocês e que sirva de estímulo para discussões em grupos e atualização. o transporte. Abordar adequadamente a reanimação. Boa interação! . de forma a proporcionar aos profissionais de saúde do estado uma visão mais abrangente dos temas. o suporte ventilatório é mandatório.

Maria Juliana Silvério Nahin Hemoterapia em neonatos Maria Fernanda Giovanardi de Oliveira Nutrição Parenteral em Recém-nascidos Priscila Menezes Ferri Liu Posicionamento do Recén Nascido Roseli Lino Punção Lombar Maria Juliana Silvério Nahin .COLABORADORES Avaliação e tratamento da dor em neonatologia Juliana Oliveira Marcatto Cardiopatias congênitas cianóticas Filomena Camilo do Vale Hemorragia Peri e Intraventricular.

Técnica Eduardo Carlos Tavares .Reanimação Neonatal Thais Costa Nascentes Queiroz Retinopatia do prematuro Nassim da Silveira Calixto Júnior Sepse neonatal Elaine Alvarenga de Almeida Carvalho Suporte Nutricional Enteral Priscila Menezes Ferri Liu Suporte Ventilatório Cefas Gonçalves Pio de Oliveira Suporte Ventilatório Invasivo Cefas Gonçalves Pio de Oliveira Transporte Neonatal Thais Costa Nascentes Queiroz USTF .Indicações e principais patologias Eduardo Carlos Tavares USTF .

SUMÁRIO 01 Hemorragia Peri e Intraventricular do Prematuro Transporte Neonatal 09 02 Punção Lombar neonatal USTF – Técnica 10 03 Reanimação Neonatal USTF – Indicações e Principais Patologias 11 04 Suporte Ventilatório Posicionamento do Recém Nascido 12 05 Suporte Ventilatório Invasivo Cardiopatias Congênitas Cianóticas 13 06 Retinopatia do prematuro Sepse Neonatal 14 07 Nutrição Parenteral em Recém-nascidos Avaliação e Tratamento da Dor 15 08 Suporte Nutricional Enteral .

mas tentando garantir um futuro melhor para ele e os seus familiares/cuidadores. no diagnóstico e na conduta nas hemorragias peri e intraventricular é fundamental para o pediatra que lida com os RNs.HPIV Toque no vídeo abaixo para assistir Pensar nas causas.Aula 1 Hemorragia Peri e Intraventricular do prematuro . Maria Juliana Silvério Nahin Médica neurologista pediátrica (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . Convido vocês para assistir essa apresentação e avaliar na beira do leito do paciente pensando no presente. O prognóstico e o desenvolvimento futuro dependem da abordagem adequada.

Aula 2 Punção Lombar neonatal Toque no vídeo abaixo para assistir Pensar nas causas. Convido vocês para assistir essa apresentação e avaliar na beira do leito do paciente pensando no presente. Maria Juliana Silvério Nahin Médica neurologista pediátrica (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . O prognóstico e o desenvolvimento futuro dependem da abordagem adequada. no diagnóstico e na conduta nas hemorragias peri e intraventricular é fundamental para o pediatra que lida com os RNs. mas tentando garantir um futuro melhor para ele e os seus familiares/cuidadores.

Médica gastroenterologista e hepatologista pediátrica. (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . Thais Costa Nascentes Queiroz Instrutora do Curso de Reanimação neonatal e do Curso de Transporte do Recém-nascido de Alto Risco. entretanto os pediatras têm de estar atentos pois manobras de reanimação podem ser necessárias de maneira inesperada.Aula 3 Reanimação Neonatal Toque no vídeo abaixo para assistir Muitos RN nascem com boa vitalidade. O conhecimento e a habilidade em reanimação neonatal é mandatório para todos os profissionais que atendem neonatos em sala de parto.

O pediatra e o neonatologista devem pensar de forma cautelosa ao indicar oxigenoterapia e formas não invasivas de oferta de suporte ventilatório. O RN tem muitas particularidades que exigem um tratamento especial em relação aos pacientes das demais faixas etárias.Aula 4 Suporte Ventilatório Toque no vídeo abaixo para assistir O suporte ventilatório é fundamental para a sobrevida de pacientes graves. Cefas Gonçalves Pio de Oliveira Médico intensivista pediátrico (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) .

assim como algumas novidades publicadas recentemente. Convido todos a analisar e refletir sobre essa apresentação. Saber indicar. Cefas Gonçalves Pio de Oliveira Médico intensivista pediátrico (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) .Aula 5 Suporte Ventilatório Invasivo Toque no vídeo abaixo para assistir Alguns RN dependem de suporte ventilatório invasivo para sobreviver. Alguns conceitos fundamentais serão apresentados. saber manipular os parâmetros e decidir quanto à interrupção é uma arte.

caso ainda não tenham. exigindo controle e tratamento em algumas situações. Nassim da Silveira Calixto Júnior Médico oftalmologista (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . Alguns conceitos básicos e algumas novidades serão apresentadas. Não deixem de acessar a aula.Aula 6 Retinopatia do prematuro Toque no vídeo abaixo para assistir A retinografia no RN tem indicações claras. mas garantindo a saúde visual futura do RN. Aproveitem para tentar organizar a rotina do seu serviço.

Professora de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG . o seu uso propiciou a sobrevida de muitos pacientes. forma de progressão. efeitos adversos e como fazer o controle laboratorial. É necessário pensar sobre as indicações e contraindicações.Aula 7 Nutrição Parenteral em Recém-nascidos Toque no vídeo abaixo para assistir A nutrição parenteral foi uma grande descoberta na área médica. mas existem muitas considerações especiais sobre essa faixa etária que precisam ser analisadas. O RN tem muitos ganhos com esse tipo de suporte nutricional. Priscila Menezes Ferri Liu (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) Médica gastroenterologista e hepatologista pediátrica.

Convido todos a refletir junto comigo sobre esta forma de terapia nutricional. Professora de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . A alimentação enteral tem as suas indicações e é considerada uma grande aliada para a recuperação. tipo e quando fazer a transição para a dieta oral. Dúvidas sempre existem em relação ao início. volume.Aula 8 Suporte Nutricional Enteral Toque no vídeo abaixo para assistir O suporte nutricional adequado do RN é fundamental para a sua evolução. Priscila Menezes Ferri Liu Médica gastroenterologista e hepatologista pediátrica. intervalo.

Médica gastroenterologista e hepatologista pediátrica . As afecções perinatais dependem de fatores evitáveis associados às condições da criança no nascimento e à qualidade da assistência durante a gravidez e o parto. Convido vocês para acessarem a aula. Thais Costa Nascentes Queiroz Instrutora do Curso de Reanimação neonatal e do Curso de Transporte do Recém-nascido de Alto Risco. Para a redução da mortalidade neonatal por causas evitáveis e para prevenir as sequelas que podem comprometer o desenvolvimento do RN é importante o acesso ao transporte neonatal adequado e oportuno. infelizmente a mortalidade neonatal ainda é responsável por cerca de 70% da mortalidade infantil.Aula 9 Transporte Neonatal Toque no vídeo abaixo para assistir (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) No Brasil.

Eduardo Carlos Tavares Médico neonatologista Professor de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . A técnica é relativamente simples e a experiência na realização do exame é que garante a segurança para o diagnóstico. A técnica é descrita de forma simples propiciando embasamento para o pediatra geral entender o exame.Aula 10 USTF – Técnica Toque no vídeo abaixo para assistir A ultrassonografia transfontanelar cada vez mais está acessível para o pediatra.

podendo mudar o prognóstico e a evolução de acordo com a abordagem a ser realizada. Eduardo Carlos Tavares Médico neonatologista Professor de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . O pediatra geral deve saber indicar e identificar as principais patologias para a partir daí saber quando encaminhar.Aula 11 USTF – Indicações e principais patologias Toque no vídeo abaixo para assistir A USTF tem indicações claras e precisas e o diagnóstico de patologias no RN é essencial. como proceder e como orientar a família.

Esse tema é simples. para promoção do adequado desenvolvimento motor e neurológico e para evitar complicações posturais como por exemplo lesões de pele. mas amplo e deve ser discutido em toda a unidade neonatal.Aula 12 Posicionamento do Recém Nascido Toque no vídeo abaixo para assistir Conhecer o RN e as suas necessidades de forma individualizada para o melhor posicionamento no leito é fundamental para a garantia da estabilidade fisiológica. O conforto do RN deve ser garantido! Roseli Lino Enfermeira do Hospital Dia e Maternidade Unimed BH (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) .

Os leitos são limitados e a decisão deve ser tomada após discutir o caso com o especialista.Aula 13 Cardiopatias Congênitas Cianóticas Toque no vídeo abaixo para assistir As cardiopatias congênitas são sempre uma grande preocupação para os profissionais de saúde envolvidos no cuidado do RN. As dúvidas são em geral sobre como diagnosticar. Em alguns casos. a maior dificuldade é quando é necessário intervenção precoce e a transferência para um centro de referência. quando indicar ecocardiograma ou correção cirúrgica. Filomena Camilo do Vale Médica cardiologista pediátrica (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) .

desconforto respiratório. dificuldade de alimentação. O diagnóstico precoce envolve a suspeita de choque séptico em todo RN com taquicardia. tônus ou cor alterados e perfusão capilar reduzida. Professora Adjunta do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG . Elaine Alvarenga de Almeida Carvalho (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) Médica pediatra e neonatologista.Aula 14 Sepse Neonatal Toque no vídeo abaixo para assistir A sepse neonatal ainda é uma das principais causas de mortalidade neonatal. Convido você para acessar a aula e discutir com sua equipe sobre esse tema. como corioamnionite ou ruptura prolongada de membranas. especialmente na presença de histórico materno de infecção.

Vários métodos e estratégias de tratamento são utilizados. Convido vocês a refletir sobre esse tema e a discutir com a sua equipe o que pode ser feito na sua unidade.Aula 15 Avaliação e Tratamento da Dor em Neonatologia Toque no vídeo abaixo para assistir Nas últimas décadas o estudo da dor avançou muito. Juliana Oliveira Marcatto Enfermeira do Hospital Dia e Maternidade Unimed BH (Para assistir os vídeos do arquivo PDF é necessário estar conectado à internet) . A conduta deve ser pensada de forma a aliviar ou abolir a dor. propiciando avaliação e intervenção com dados acurados. evitando alterações fisiopatológicas no RN.

Composto por Optima e Avenir LT Std.es/i6Yx6KX Versão PDF produzida pela Assessoria de Comunicação da Faculdade de Medicina da UFMG . Projeto Gráfico: Gabriel Ruggio ISBN: 978-85-88361-95-9 Belo Horizonte. 2015 Versão oficial para dispositivos Apple disponível na iTunes Store: https://itun.